Comentários sobre a resolução 8 da SE

24/01/2010 at 02:10 239 comentários

Com relação a alguns comentários postados sobre a resolução 8 da Secretaria da Educação, e sem pretender esgotar as perguntas, dúvidas e afirmações postadas, gostaria de recuperar alguns fatos.

Tão logo anunciado o projeto de lei 19/09, que criou o provão, a APEOESP se mobilizou, chamou os professores à luta, realizou assembleias, atos e vigílias na Assembléia Legislativa e conseguiu a realização de audiência públicas na ALESP para  discutir com o secretário este projeto e também o 20/09 (concursos públicos).

Naquele momento, com a correlação de forças existente, conseguimos prorrogar a permanência dos chamados “categoria L” na rede até final de 2011, desde que obtenham aulas (pois seriam todos demitidos no final de 2009, não podendo ser contratados novamente pelo período de 200 dias). Conseguimos também obter a edição de decreto do governador estabelecendo a periodicidade de 4 anos para a realização de concursos públicos, com o compromisso de realização de mais concursos até o final  de 2011, para que todos os temporários tenham a chance de efetivar-se.

Infelizmente, a amplíssima maioria de deputados estaduais favoráveis ao governo garantiu a aprovação da lei do provão (LC 1093/09). Ainda assim, não cessamos de denunciar seu caráter excludente e de lutar contra este provão, pois, é importante lembrar, ele tinha caráter eliminatório, ou seja, quem não obtivesse a pontuação mínima, equivalente ao acerto de 50% das questões da prova, seria sumariamente demitido (no caso dos “categoria L”), ou seria afastado da sala de aula (“categoria F”), sem participar da atribuição de aulas.

Antes da realização da prova, pressionamos a Secretaria da Educação para que mudasse o caráter para classificatório, mas o governo não cedeu naquele momento. Conseguimos, porém, que o tempo de serviço pudesse compor a pontuação mínima da prova, para os PEB II que acertassem 32 questões para os PEB I que acertassem 24 questões.

Durante o processo de realização da prova, constatamos inúmeros problemas e também, como já prevíamos em função da bibliografia definida pela SEE, que a prova fora difícil frente ao pouco tempo disponibilizado para os professores estudarem. Constatamos também um grande volume de professores que, por variados motivos, não puderam fazer a prova, especialmente na Uninove da Vila Maria, na capital, à qual 600 professores não conseguiram chegar a tempo devido à realização de atividades que congestionaram o trânsito na região.

A APEOESP, em pleno período de natal e ano novo, convocou, organizou e mobilizou os professores. 4 mil professores atenderam ao chamado do sindicato e estiveram na assembleia do dia 15 de janeiro na Praça da República, em pleno recesso escolar. Tal mobilização levou a Secretaria a comprometer-se com o caráter classificatório da prova, confirmado pela resolução 8 e , também, com a possibilidade de justificativa para os que não se inscreveram na prova ou nãoa realizaram. Isto permite resolver os casos dos professores que não conseguiram chegar à Uninove, por exemplo, assim como dos professores doentes e outros casos.

É importante frisar o seguinte: o provão eliminaria sumariamente todos os professores que não atingiram a pontuação mínima. Ou seja, sequer participariam da atribuição e, no caso dos chamados “categoria L”, seriam simplesmente desligados. Hoje, embora em listas separadas, todos poderão pleitear aulas.

Obviamente, o maior ou menor sucesso dependerá da(s) disciplinas, da região, da pontuação de cada um na prova, mais o tempo de serviço, mais os títulos. Há, portanto, boas possibilidades de os professores que já estão na rede obterem aulas no processo, tendo em vista o tempo de serviço, do qual não dispõe os professores chamados “categoria O”, que pretendem ingressar. É preciso, portanto, aguardar a publicação das listas, verificando a exata localização de cada um.

Reproduzo, a seguir, parte do texto do Fax Urgente que está disponível no site da APEOESP (www.apeoesp.org.br):

Ficam estabelecidos dois blocos para a atribuição, ambos organizados por ordem de “categorias”: primeiro “F”, depois “L” juntamente com os “O”. No primeiro bloco estarão os que atingiram ou superam 32 pontos e, no segundo, os demais. Os integrantes do primeiro bloco escolhem suas aulas e, somente após esgotadas suas possibilidades, passam a escolher os do segundo bloco.
Professores “categoria F” que não obtiverem aulas, esgotadas todas as possibilidades, ficarão afastados das salas de aula com jornada mínima (10 horas + 2 horas de HTPC), desenvolvendo “atividades de suporte às ações pedagógicas que permeiam as aulas regulares e às aulas dos projetos da Pasta, na forma estabelecida em legislação específica” (que a S.E. ainda não publicou).

Os professores que não se inscreveram ou não realizaram a prova poderão requerer justificação da ausência junto às Diretorias de Ensino, anexando documentação comprobatória das razões que os levaram a não se inscreverem ou a não fazerem a prova, até o dia 29/01. Orientamos todos os professores a protocolarem seus pedidos, mesmo aqueles que já enviaram seus documentos à APEOESP. Já há compromisso da S.E. de justificar os casos dos professores que não conseguiram chegar aos locais de provas por motivos de força maior (caso da Uninove Vila Maria, na Capital) e professores doentes. A APEOESP vai reivindicar que todas as justificativas sejam aceitas e que, em casos excepcionais, haja prazo para recurso.

Os professores que justificarem participarão da atribuição no segundo bloco, com tempo de serviço e títulos.

A resolução afirma que a nota obtida nos próximos concursos públicos, se maior que 50% das questões do concurso, poderá substituir a nota do provão para os professores que não atingiram a pontuação, para efeito das próximas atribuições de aulas. Os professores que atingiram a pontuação ou que obtiverem a nota superior a 50% em concurso público estarão definitivamente dispensados de fazer o provão. Os demais deverão participar do provão, nos próximos anos, até atingirem a pontuação.

A partir deste momento será definido o calendário aprovado pela diretoria com assembleia no início de março.

Reunião com o secretário

Na reunião com o secretário da Educação (terça-feira, 26/01) a APEOESP levará uma série de questões para o aprimoramento da resolução, atendendo aos interesses da categoria.

About these ads

Entry filed under: Artigos. Tags: .

Resolução SE 8, de 22-1-2010 A Folha antecipa a campanha eleitoral

239 Comentários Add your own

  • 1. Paty  |  24/01/2010 às 02:47

    Bebel, ainda estou com o sindicato.Mas NÃO CONCORDO COM ESSA ATRIBUIÇÃO.Ela tirará sim, muitos professores com tempo de serviço da rede, principalmente nas Areas de Humanas.O que pleiteavamos, e eramos a maioria sim, era Lista unica, todos estariam ali classificados, entre aprovados ou não.Mas dessa forma, foi mais uma vez cruel.

    Responder
  • 2. jailson  |  24/01/2010 às 03:47

    Boa noite e obrigado pela luta pela causa do professorado. Bom gostaria de sanar uma dúvida: Sou profesor de Ed. Física categoria F mas minha portaria está como PEB I, como procedo para Migrar para PEB II, sem perder a estabilidade? É possível?

    Responder
    • 3. Fátima de Oliveira Pioli  |  27/01/2010 às 14:58

      Olá, Jailson…Minha situação é a mesma que a sua. Eu fui à Apeoesp regional, daqui da minha cidade, e junto à advogada, entrei com o pedido de passar de PEB-I para PEB-II, sem peerder a categoria F, já que em 2007 eu tinha aulas atribuídas. Estou aguardando a resposta do processo. Você pode se orientar junto ao departamento jurídico da Apeoesp para ver se o procedimento deverá ser o mesmo. Um abraço. Fátima.

      Responder
  • 4. Tadeu  |  24/01/2010 às 12:51

    Esta Resolução foi muito providencial; reconheceu os esforços dos que fizeram a prova é foram aprovados.

    Sou professor categoria “O” e esta será a primeira vez que terei a oportunidade de conseguir aulas na atribuição;

    Obtive uma boa pontuação na prova; tive que levar esta prova muito a sério, pois era uma possibilidade real de obter pontos que de outra forma não conseguiria.

    Responder
    • 5. Ana Maria  |  25/01/2010 às 15:20

      Você está de parabéns… Quem se esforça sai na frente… Tomara que você pegue ótimas aulas…

      Responder
  • 6. Roseli  |  24/01/2010 às 13:18

    Concordo com a Paty, muitos professores que se dedicaram anos à educação do estado estão sendo mais uma vez desvalorizados.
    Isso porque a educação é à base da sociedade.

    Responder
    • 7. apeoesp  |  24/01/2010 às 14:07

      Prezada professora,
      Entre a imposição inicial do governo e a situação atual, avançamos, pois não haveria sequer a chance de quem não atingiu a pontuação participar da atribuição. Entretanto, a política do governo é de desvalorizar mesmo o professor e a educação. Neste ano temos a oportunidade de mudar isto de vez.
      Bebel

      Responder
    • 8. Ana Maria  |  25/01/2010 às 15:21

      E porque ainda não passaram num concurso público? Se tem tantos anos, já deveriam ser efetivos…

      Responder
  • 9. CLEIDE  |  24/01/2010 às 13:28

    EM RELAÇÃO A REPORTAGEM: SP ADMITE TER DE USAR PROFESSOR REPROVADO. OU SEJA,COM NOTA VERMELHA. E AFIRMA QUE AS DISCIPLINAS COM MAIOR DEFICIT SÃO FÍSICA E MATEMÁTICA. PORTANTO, TENHO CERTEZA QUE ESSAS DISCIPLINAS QUE FAVORECEU PARA QUE ELE MUDASSE ESSA RESOLUÇÃO. OU SEJA, CHEGUEI A CONCLUSÃO QUE NÓS NÃO SOMOS REPROVADOS E SIM APROVADOS PRINCIPALMENTE PELOS NOSSOS ALUNOS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO. ELE, PAULO RENATO AFIRMA NA FOLHA DO DIA 23 QUE: UM ATENUANTE PARA O DESEMPENHO DOS DOCENTES, FOI A DIFICULDADE DAS PROVAS “COMPLEXAS E LONGAS”. E A PROVA DE MATEMÁTICA COM 60 QUESTÕES COM CÁLCULOS? BEBEL, POR FAVOR NA REUNIÃO NO DIA 26 COLOQUE A QUESTÃO: MUITOS PROFISSIONAIS IRÃO FICAR SEM EMPREGO COM ESSA MANEIRA DE CLASSIFICAR. ISTÓ É, OS PROFISSIONAIS DA ÁREA DE HUMANAS NÃO SOU DA ÁREA DE HUMANAS, E SIM DE EXATAS MAS ESTOU SOLIDÁRIA COM MEUS COLEGAS. NÃO É JUSTO TANTO ESFORÇO PARA PAGAR UMA FACULDADE PARTICULAR E SERVIR O ESTADO E DEPOIS SER JOGADO FORA. PEÇA TAMBÉM PARA QUE ELES FAÇAM UMA PESQUISA E VERIFIQUE SE EXISTEM ALGUM PROFISSIONAL QUE FEZ SUA LICENCIATURA NA USP , UNICAMP,ETC E QUE ESTEJAM NA ESCOLA PÚBLICA. CASO NÃO HÁ AUMENTE A HORA AULA PARA TRINTA REAIS QUE ELES VIRÃO E OS PROFISSIONAIS DE NOTA VERMELHA SAIRÃO. ESTÁ RESOLVIDO O PROBLEMA.

    Responder
  • 10. Thompson  |  24/01/2010 às 14:50

    Essa nova resolução não resolveu a situação dos professores temporários, a forma de “prova classificatória” não tem classificação, pois onde entra a vida funcional do professor que leciona há muitos anos?

    Responder
    • 11. apeoesp  |  24/01/2010 às 17:23

      Prezado professor,
      A classificação está no fato de que, antes, os professores que não atingiram a pontuação sequer participariam da atribuição. Agora, participam, embora em lista separada, e, quem tiver mais tempo de serviço, está em melhores condições de obter aulas que os demais.
      Nós, da APEOESP, lutamos pelo concurso público, para acabar com este elevado número de professores temporários, disputando aulas todo início de ano. Nós nos posicionamos contra esta prova desde o início e continuamos contra ela. Quem a criou foi o governo, auxiliado pela sua bancada de deputados estaduais, assim como criou a “promoção por mérito” e tantas outras medidas e se nega a atender nossas reivindicações salariais, educacionais, profissionais.
      O governo tem a caneta e tem o poder. Por isto, estamos apontando a perspectiva da greve para o início das aulas, para obrigá-lo a negociar, por força de grande mobilização. Mais ainda, neste ano, temos nas mãos o poder de mudar os rumos da educação no Estado. Espero que cada um de nós saiba usá-lo.
      Bebel

      Responder
  • 12. Oliveira.  |  24/01/2010 às 15:10

    Prezada Bebel em primeiro lugar quero parabenizar pela sua garra; Gostaria de saber se os professores que fizeram mais que 32 pontos ficariam dispensados dos próximos provões.

    Responder
    • 13. apeoesp  |  24/01/2010 às 17:24

      Prezado professor,
      Obrigada pelo seu apoio. Precisamos de cada vez mais união para resistir aos ataques do governo e avançar.
      Sim, ficam dispensados.

      Responder
  • 14. Vanda  |  24/01/2010 às 15:28

    Correta esta nova atribuição, quem conseguiu tirar até 32 pontos agora pode participar “de verdade”, pois agora é lei. Assim como será é mais justo para quem estudou e se esforçou.

    Responder
  • 15. Prof. Monteiro  |  24/01/2010 às 16:49

    Embora preocupado com a situação de alguns colegas que terão mais dificuldades nesta atribuição de aulas, entendo que a nova resolução minimizou sim o impacto de tudo o que poderia acontecer, ao mesmo tempo que também levou em consideração aqueles que obtiveram a aprovação na referida prova. O melhor caminho agora é a preparação para o concurso de efetivação, entretanto, cabe também aos professores que não passaram nesta prova, “provar”, desculpe a redundância, ao Sr. Governador do que podem, conquistando a aprovação na primeira oportunidade que tiverem (prova de promoção, concurso, etc). Já que o Governo não nos valoriza, comecemos nós mesmos a fazer isso, pois que o fará por nós?

    Responder
  • 16. juliana ventura de novais  |  24/01/2010 às 17:26

    naõ entendi muito bem a ordem da classificação…
    os professores L aprovados ficarão na frente dos F reprovados?
    aguardo resposta
    beijos

    Responder
    • 17. apeoesp  |  25/01/2010 às 14:30

      Prezada professora,
      Pelo que consta na resoução, sim.
      Bebel

      Responder
  • 18. Marina Ortega  |  24/01/2010 às 18:08

    Gostaria de saber se os professores que fizeram mais que 32 pontos ficariam dispensados dos próximos provões.
    Isso é valido também para a categoria L?Grata,no aguardo.

    Responder
    • 19. apeoesp  |  24/01/2010 às 18:24

      Prezada professora,
      Ficam dispensados dos próximos provões os chamados “categoria F”.
      Bebel

      Responder
  • 20. Renata Almeida  |  24/01/2010 às 18:51

    Leciono desde 95 , mas me afastei em 2007 e retornei em 2008 como categoria L . Achei injusto não me comunicarem quando voltei de tal mudança ( eu poderia ter o direito de escolher) já que em 2009 o governo chamou vários professores afastados para eles não mudarem para a categoria L. GOSTARIA DE SABER SE POSSO RECORRER PAREA VOLTAR A SER CATEGORIA F.

    Responder
    • 21. apeoesp  |  24/01/2010 às 18:58

      Prezada professora,
      Por favor, procure o departamento jurídico da APEOESP para saber se há esta possibilidade.
      Bebel

      Responder
  • 22. pedro  |  24/01/2010 às 20:48

    Boa noite Bebel.
    Pelo que entendi o professore que obtiver nota superior a 50% no concurso público não precisará fazer o provão nos anos seguintes. Minha pergunta é: isso vale para todas as categorias F, L, O etc.? desde já agradeço a atenção.

    Responder
    • 23. apeoesp  |  25/01/2010 às 12:19

      Prezado professor,
      Vale para o “categoria F”.
      Bebel

      Responder
  • 24. miriam  |  24/01/2010 às 21:19

    ACHEI UM ABSURDO A RESOLUÇÃO SER CLASSIFICATORIA DA FORMA COMO ESTA, POIS ASSIM FICOU SENDO ELIMINATORIO DA MESMA FORMA ONDE HAVERÁ DUAS LISTAS UMA DE APROVADOS E OUTRA DE REPROVADOS ASSIM VAI DESCRIMINAR OS PROFESSORES, SENDO QUE SOMOS TODOS PROFESSORES.
    ESPERO SINCERAMENTE QUE A APEOESP NO DIA DA REUNIÃO DIA 26/01/2010 REVEJA ESTA PARTE, POIS PODERIA SAIR UMA LISTA UNICA COM A NOTA DA PROVA E A SUA PONTUAÇÃO, NÃO SERIA MAIS JUSTO?

    Responder
    • 25. apeoesp  |  25/01/2010 às 12:37

      Prezada professora,
      Nossa luta é não apenas pela classificação mais justa possível, como é também contra a própria prova. Estamos lutando por isto, sem cessar, desde que o governo anunciou esta prova, ainda em projeto de lei, no prmeiro semestre de 2009. Com a lei aprovada, a luta se tornou mais difícil, ainda assim, conseguimos algumas alterações importantes, como a utilização do tempo de serviço para compor a pontuação da prova e, agora, que ela não elimine sumariamente os que não obtiveram esta pontuação. Continuamos lutando, inclusive poruma série de outras reivindicações que unem todaa nossa categoria, como reajuste salarial. Por isto apontamos a greve para o início do ano letivo, para dar um basta a este governo que prejudica os professores e a escola pública.
      Bebel

      Responder
  • 26. miriam  |  24/01/2010 às 21:23

    EU GOSTARIA DE INFORMAR A APEOESP QUE NÃO FOI DIVULGADO QUE A PROVA DE PROMOÇÃO DOS EFETIVOS IRIA VALER TAMBEM COMO UMA SEGUNDA CHANCE PARA QUEM NÃO PASSOU NA PRIMEIRA PROVA, SÓ DEPOIS DA RESOLUÇÃO DO DIA 23/01/2010 FOI QUE SAIU QUE VALERIA ESSA PROVA COMO SUBSTITUIÇÃO DA PRIMEIRA PROVA E AGORA A INCRIÇÃO JA FOI E AGORA COMO FICA

    Responder
    • 27. apeoesp  |  25/01/2010 às 12:45

      Prezada professora,
      Em primeiro lugar, a APEOESP é contra esta “promoção”, da mesma forma que é contra o provão dos ACTs.
      A diferença é quenoprovão a participação é obrigatória, sob pena de perda do emprego, para os “categoria F”; na “promoção’, a inscrição é voluntária, decisão de foro íntimo.
      Orientamos a categoria a não se inscrever, pois esta promoção divide ainda mais a nossa categoria, permitindo reajuste salarial apenas para uma parte e arrebenta a nossa carreira, que já é tão deficiente.
      Acreditamos que o governo, nesta resolução, colocou esta possibilidade para incentivar os professoresq a fazerem a prova da promoção, pois muitos que se inscreveram (porque foram informados de que era obrigatória) não pretendem fazê-la.
      Nós, da APEOESP, não vamos incentivar nenhum professora a participar desta promoção; ao contrário, pedimos a todos que não participem.
      Bebel

      Responder
  • 28. ROBERTO  |  24/01/2010 às 21:28

    Por favor, até agora não consegui entender minha situação. Sou categoria S. Trabalho como eventual desde março de 2006. Gostaria muitíssimo de saber se só poderei dar aulas como eventual ou estarei classificado na lista de atribuições de aulas. Fiz 45 pontos no processo seletivo. Mas até agora ninguém soube me responder e em quase nenhum lugar se fala sobre a categoria S. Só se falam em F, L e O.
    Por favor me ajudem!!

    Responder
    • 29. apeoesp  |  25/01/2010 às 12:47

      Prezado professor,
      Para efeito da atribuição, você estará colocado junto com os chamados “categorias L e O” na primeira lista.
      Bebel

      Responder
  • 30. Clair  |  24/01/2010 às 21:50

    Bebel, a apeoesp tem ação na justiça pleiteando a anulação da prova? Há a possibilidade de ocorrer o que ocorreu o ano passado, quando se cancelou a prova no último instante?

    Responder
    • 31. apeoesp  |  25/01/2010 às 12:48

      Prezada professora,
      A ação está em andamento; não podemos prever o que pode ocorrer.
      Bebel

      Responder
    • 32. Lyard L. Ferreira  |  01/02/2010 às 14:58

      Cara Bebel,
      é interessante ver a revolta do sindicato com o resultado das provas classificatórias, que eu também não acredito ser o processo ideal para o ingresso dos professores, mas acho melhor do que estava antes.
      É dificil acreditar que o mesmo sindicato que havia aceito a “provinha” (como vocês a chamavam), acho que em outubro ou novembto, agora queira cancelar o processo na justiça.
      Acho um total desrespeito com os professores que conseguiram uma boa pontuação na prova torná-la classificatória, fico pensando qual o motiivo de tantos professores, com muitos anos de magistérios, não conhecerem pelo menos algumas partes da bibliografia, afinal o professor não deve ler, se atualizar?
      Realmente é muito triste assistir a tudo isso! Professores que não acertaram nem 30 questões na prova entrarem em sala de aula, fica parecendo um descaso com a qualidade da educação, já não basta a falta de investimento do estado??
      Deixo aqui registrada minha indignação, não com a instituição sindicato, mas com algumas das atitudes tomadas pelas pessoas que o cordenam.
      Obrigado.

      Responder
  • 33. SIMONE AP O DIAS  |  24/01/2010 às 23:58

    BOA NOITE, POR FAVOR GOSTARIA DE SABER , EU SOU PROFESSORA FUNDAMENTAL I , EU ACERTEI 29 QUESTÕES E TENHO MAIS DE QUINZE MIL PONTOS SOU CATEGORIA F. EU ESTAREI NA LISTA DOS APROVADOS OU DOS NÃO APROVADOS.
    DESDE JÁ AGRADEÇO A ATENÇÃO
    BJS

    Responder
    • 34. apeoesp  |  25/01/2010 às 13:58

      Prezada professora,
      Estará na primeira lista.
      Bebel

      Responder
  • 35. JOSÉ RENATO  |  25/01/2010 às 00:16

    Bebel, não concordo com essa Resolução (…)… que prejudicou os temporários que se dedicam há anos na educação.
    O tribunal tem que anular a (…) dessa prova.
    Caso contrário faremos GREVE JÁ.
    Os (…) do Sr Secretário Paulo Renato Souza e do Governador José Serra devem fazer concursos classificatórios para a efetivação dos temporários e acabar definitivamente com essa PATIFARIA, pois todo ano é esse PESADELO.
    Esperamos que o Sindicado consiga atender nossas reivindicações. Abraço.

    Responder
  • 36. amelia santos de oliveira  |  25/01/2010 às 00:23

    Olha Bebel, sinceramente….. eu vou ficar desempregada, pois tenho 21 pontos e acertei só 23……..ao meu ver esta resolução veio bem a calhar p os professores novos, eu vou ficar sem nada, só com 12 aulas. Pelo q entendi, até chegar minha vez, já esgotou as aulas, a ai fico na escola com 12 aulas?………..e depois aqueles professores q largam aulas e vão para escolas particulares, prefeituras…………uma “segunda, se tiver atribuição”, eu não poderia participar?????, meu deus é muito injusto, eu tenho tempo de serviço. Gostaria de saber, pque tem professor em um segundo momento q vai deic=xar as aulas e ficar no municipio, em particulares, eu poderei com 12 aulas, se nao pegar aulas na 1 atribuiçao, participar dessa outra, se tiver….., pois todo ano tem a 1 atribuição, ai professor se afasta por licença saude, ou fica com poucas aulas no estado, ou vai para direçao da escola, coordenação, eu não vou poder pegar aulas? se tiver uma 2 atribuição, meu deus!!!!!………….q governo mais ditador…..me explica Bebel….. bjos!.nada contra o sindicato tá, estou revoltada é com esse governo despota q temos, q dividiu a categoria, e duas listas aff!…………mas fazer oq né, tem que ter um basta, MAS PARA ISSO É PRECISO OS PROFESSORES NOVOS VELHOS COMEÇAR ANO LETIVO COM GREVE…………..OU ESTÃO SATISFEITOS COM O SALARIO, VALE COXINHA DE 4 REAIS………….É MAIS UNIAO. EU SICERAMENTE PRECISO DAS AULAS, CAREÇO, E AGORA PELO Q VEJO SÓ VOU FICAR COM 12. q DEUS NOS AJUDE.

    Responder
    • 37. apeoesp  |  25/01/2010 às 14:17

      Prezada professora,
      Quem criou esta situação foi o governo, com o provão. O que conseguimos é que você possa participar da atribuição para tentar obteras aulas. Inicialmente, iria diretamente para as 12 horas, fora da sala de aula.
      Temos que dar um basta a toda esta política do governo, por isto, convocamos a categoria para a geve no início do ano letivo.
      Bebel

      Responder
  • 38. Prof. Antônio Mattes Cunha  |  25/01/2010 às 00:28

    O que esperar dos futuros cidadãos que serão formados nas escolas paulistas? Como é possível pensar que havrá pessoas com discernimento e conhecimento para modificar nossas estruturas política, econômica e social se o órgão representativo dos docentes, responsáveis em grande medida pela formação dos alunos, arregimenta maracutaias para manter privilégios de pessoas não concursadas? Como admitir que processos seletivos sejam coocados de lado, que o tempo de serviço prestado de forma temporária, valha mais que o conhecimento? Não me convence o argumento de que uma prova não possa avaliar, visto que os ingressantes em carreiras através dos vestibulares assim são avaliados e assim formam nossos acadêmicos e profissionais. Não me convence dizer qu o governo é arbitrário. Não me convence isentar a parcela que não é pequena da culpa na má formação dos discentes do professor.

    O que vejo aqui é a luta pelos privilégios de uma parcela que não é efetiva na profissão e sim temporária, e “temporária” há muito tempo, em detrimento (e não complementando) o direito pela educação de qualidade.

    Medidas do governo que poderiam ser muito proveitosas para a melhoria da educação de 5 MILHÕES de alunos da rede paulista são barradas para o benefício dos 48% dos professores que não atingiram o mínimo que variou de 24 a 40 questões numa avaliação que compreendia conhecimentos de sua própria área de formação e atuação.

    Parabéns às vitórias do sindicato, fomentando uma educação de pior qualidade, mas mantendo a prioridade de seus associados nas atribuições de aula. Não espero respostas e nem fornecerei réplicas a esse comentário, visto que sou minoria dentre os que acessam esse espaço, mas como professor, pai, educador e cidadão, sinto-me agredido por essas medidas: não porque ficarei sem aulas, já que sou efetivo, mas por ver que minha agora confirmada utopia de uma educação melhor para todos cada vez mais se encerra. (não venham me dizer dos salários, das salas lotadas e tudo mais… estou me referindo ao que está ao meu alcance, que é ministrar aulas com competência. Sei dos baixos salários, já sabia quando me licenciei, e, apesar de acordar que precisam ser melhores, não uso a baixa remuneração como desculpa para o mal desempenho de minha função).

    É triste, mas, mais uma vez, esse é o resultado…

    Responder
    • 39. Tadeu  |  25/01/2010 às 16:50

      Professor, concordo com tudo que disse. Eu sou professor eventual a dois anos e esta será a minha chance de conseguir aulas na atribuição, pois fiz o mínimo….respondi questões que devem estar na mente do professor, pois são conhecimentos específicos de sua área….Não fiz mais do que minha obrigação.

      Responder
    • 40. manoel  |  27/01/2010 às 09:55

      bom dia,
      parabéns pelo comentário, esclarecido e muito consciente nas palavras. Infelizmente o que restou é uma divisão de professores que não conseguiram atingir a prova querendo colocar obstáculos para os melhores colocados, OS MAIS NOVOS ENTÃO… estão sendo colocados como culpados por uma pontuação baixa e por isso as diretorias de ensino estão encontrando meios para cancelar as inscrições de estudantes concluintes de 2009, exigindo documentos impossíveis de serem apresentados na data específica, é o que esta acontecendo na diretoria regional sul 1, exigiram diplomas dos alunos concluintes do final de 2009, mesmo sabendo que existe um prazo para emissão deste documento por parte da faculdade, o certificado não vale nada… é uma pena que queiram atrapalhar os que menos tem a ver com a classificação.

      Responder
      • 41. apeoesp  |  27/01/2010 às 10:02

        Prezado professor,
        Muito obrigada. Vou checar a informação que está me dando e cobrar posição da SE.
        Nossa luta não acaba aqui. Ao contário, está apenas começando.
        Bebel

  • 42. maria  |  25/01/2010 às 01:44

    Bebel, li à respeito da “prova por mérito” .Quem atingir mais que 50 pontos poderá utilizar p/ atribuição ( além de pontução através de concurso, etc..). Pois bem, nós categoria F, fomos autorizados a participar desta “promoção por mérito”, desde que além de algumas exigências teríamos que permanecer por mais de 4 anos na mesma UE. Como alguém da categoria F pode permanecer na mesma UE se ficamos com as aulas que restam? Todos os anos trocamos de sede, e raras vezes conseguimos permanecer na mesma UE. Somente os readaptados e estáveis conseguem essa façanha. Conclusão: ACT não participará dessa Prova.
    PS. Isso não quer dizer que concordo com essa “Promoção por Mérito”.
    Será que me fiz entender?
    Obrigada Bebel!

    Responder
    • 43. apeoesp  |  25/01/2010 às 14:19

      Prezada professora,
      Sua mensagem foi clara.
      Bebel

      Responder
  • 44. Mauricio  |  25/01/2010 às 04:03

    NÃO POSSO ACREDITAR BEBEL QUE O SINDICATO VAI ACEITAR ESSE ACORDO DE SEPARAÇÃO DE REPROVADOS E APROVADOS.SENDO ASSIM ELA SE DESCARACTERIZA CLASSIFICATÓRIA E TORNA MESMO ELIMINATÓRIA. OS PROFESSORES COM MAIOR PONTUAÇÃO É FATO ESTÃO NESSA TAL SEGUNDA LISTA E DEPOIS DE MUITOS ANOS FICARAM SEM AULAS.ISSO É UMA INJUSTIÇA DEPOIS DE TANTO TEMPO.DIA 26/01 HAVERÁ UM ENCONTRO ENTRE SINDICATO E SEE E ESSE É O MOMENTO PARA REVERTER ESSE DRAMA DA VIDA DE MUITOS COLEGAS.POR DEUS MUDEMOS ESSE CAMINHO. ABRAÇOS, POIS EU SEI QUE SUA LUTA TAMBEM NÃO ESTA SENDO FÁCIL. mAURICIO.

    Responder
  • 45. apeoesp  |  25/01/2010 às 12:53

    Prezado professor,
    Você poderá participar da atribuição de aulas na primeira lista, após os chamados categoria “F”.
    Bebel

    Responder
    • 46. apeoesp  |  06/02/2010 às 18:45

      Prezada professora,
      Não precisará mais fazer a prova.
      Bebel

      Responder
  • 47. Prof. Antônio Mattes Cunha  |  25/01/2010 às 12:59

    Espero, ao menos, que a diversidade de opiniões possa chegar a outros leitores que não a senhora Izabel. Não vejo razões para que meu desabafo seja censurado, como parece estar sendo.

    Responder
    • 48. apeoesp  |  25/01/2010 às 13:36

      Prezado professor,
      Não há nenuma censura. Estou respondendo aos comentários, mas são muitos.
      Bebel

      Responder
  • 49. Ana Carolina  |  25/01/2010 às 13:02

    A listagem única será divulgada apenas após reunião da Apeoesp com a SEE ou será mantida a data de amanhã (26/01)?

    Responder
    • 50. apeoesp  |  25/01/2010 às 13:34

      Prezada professora,
      O govero está irredutível. Seu critério é de duas listas: uma para os que conseguiram a pontuação (F, L, O) e outra para os que não conseguiram, na mesma ordem. Todos participam da atribuição de aulas,portantoa prova deixa de ser eliminatória. Ainda não sabemos quando serão divulgadas.
      Bebel

      Responder
      • 51. Ana Carolina  |  25/01/2010 às 15:32

        E a negociação que acontecerá na reunião com a SEE prioriza o que? (vamos considerar a prova como parte da nota, supondo que ela não será anulada). A APEOESP, ainda que contrária a prova, tem que negociar com os elementos possíveis, eu entendo, mas vocês pedirão uma lista única que não divida em categorias F, L e O, ou uma lista que não divida em aprovados e reprovados, mas que mantenha estabilidade para os Fs?

        Penso que o mais correto, considerando tempo de serviço, prova e títulos, seria uma lista onde não houvesse divisão em cetegorias.

      • 52. apeoesp  |  25/01/2010 às 15:55

        Prezada professora,
        Nossa luta foi e é clara: não aceitamos a divisão em “categorias” que o governo impõe, muito menos em “aprovados” e “reprovados”, quenão existem em processos classificatórios. Toda a nossa pressão é neste sentido. Avançamos muito, se considerarmos como era o provão inicialmente: 50% de acertos (sem uso do tempo de serviço), eliminação sumária dos que não atingissem a pontuação, nenhum novo prazo para justificativas de não inscrição ou não realização da prova.
        O que pode resolver, mesmo, esta situação é a realização de concursos públicos para que todos possam efetivar-se, acabando com esta “loteria” da atribuição de aulas para milhares de temporários todos os anos.
        Vamos nos unir todos e dar um basta a este governo em uma grande greve em março.
        Bebel

      • 53. LUCAS  |  26/01/2010 às 16:42

        QDO SAIRÁ A LISTA DE CLASSIFICAÇÃO

      • 54. apeoesp  |  26/01/2010 às 19:00

        Prezado professor,
        Acredito que lista saia ainda hoje.
        Bebel

      • 55. Prof.Mario - DE-SBC  |  26/01/2010 às 23:25

        Que sentido tem fazer greve em março uma vez que as aulas já teriam sido atribuidas???? Vc acha que o excelentissimo sr governador iria pegar todas as aulas de volta e refazer a atribuição???? Não acredito e parafraseando Camões, neste momento “Inês já é morta”. A greve ou manifestação deveria acontecer é antes.
        O que deveria ter acontecido é a derrubada desta prova excludente.

        Lamentável.

      • 56. apeoesp  |  27/01/2010 às 02:40

        Prezado professor,
        A greve de março não tem relação exclusiva com a atribuição de aulas. O movimento que queremos fazer é por uma conjunto de reivindicações, que inclui reajuste salarial, incorporação das gratificações com extensão aos aposentados, implementação da jornada de trabalho prevista na lei do piso salarial nacional, formação continuada no local de trabalho e, também, claro, contra provões e provas de mérito que dividem nossa categoria e causam injustiças e desrespeito ao direitos dos professores. Será um basta global a toda esta política do governo e esperamos poder unir todos os professores; por isto, queremos organizá-la devidamente e não realizar algo que não tenha a amplitude e a força necessárias.
        Bebel

      • 57. TANIA  |  25/01/2010 às 21:32

        EU CONCORDO COM O GOVERNO, ACHEI JUSTO EM PARTES, POIS NUNCA VI PROCESSO SELETIVO CONSIDERAR TEMPO DE SERVIÇO. ATÉ ENTÃO SÓ TINHA VISTO TÍTULOS VALEREM NA CONTAGEM. FIQUEI FELIZ PELA PROVA SER CLASSIFICATÓRIA, MAS O QUE ME DEIXA REVOLTADA É OUVIR COMENTÁRIOS COMO OS OUVI NA FILA DO BANCO.
        DUAS SENHORAS ESTAVAM FALANDO O SEGUINTE: ” EU SABIA QUE NÃO ÍA DAR EM NADA, O IMPORTANTE É TER MINHAS AULINHA, DEPOIS EU TIRO LICENÇA MÉDICA”.
        EXISTE PROFESSORES E PROFESSORES. SÃO PESSOAS ASSIM QUE ACABAM COM A NOSSA CATEGORIA.

  • 58. Márcio José  |  25/01/2010 às 14:03

    Mandei uma mensagem acima, explicando minha situação e a senhora dise q me encaixo na segunda lista. Essa lista pertence aos aprovados?
    Obrigado

    Responder
    • 59. apeoesp  |  25/01/2010 às 14:26

      Prezado professor,
      Não concordamos com o uso dos termos “aprovados” e ‘reprovados’. Isto não existe em processos classificatórios e diremos isto à SEE.
      Repito a resposta que lhe dei anteriormente:
      Você poderá participar da atribuição de aulas na primeira lista, após os chamados categoria “F”.
      Bebel

      Responder
  • 60. Kelly  |  25/01/2010 às 16:08

    Sra. Isabel:

    Por que meu comentário não foi postado???
    Acho que foi porque ao invés de escrever classificatória, digitei eliminatória.
    Corrigindo: Classificatória, sim , mas com justiça para aqueles que estudaram e se prepararam!!!

    Responder
  • 61. Jose Mariano Bonfim Perez  |  25/01/2010 às 16:10

    Enfim consegui um canal de acesso para manifestar o meu desapreço pela tal resolução .
    UMA EXCELENTE NOTICIA . FICOU COMO CLASSIFICATÓRIA A REFERIDA PROVA . mas não se noticiou nas entrelinhas que tinha que ter os 32 pontos .A maioria das pessoas com quem conversei aqui em araraquara , não fizeram 32 e sim 31 .Mais uma vez se ve a necessidade de realmente abandonar a carreira da educação .
    Senão vejamos : depois de muitos anos de dedicação se ve na frente a porta se fechando por causa de um misero ponto .RESUMINDO A INDIGNAÇÃO : BRADA SE A TODOS OS VENTOS QUE FOI UMA VITORIA A INSIGNIFICANTE CONQUISTA DE SER CLASSIFICATÓRIA ESTA PROVA .PARABENS QUE ESTE TIPO DE PROCEDIMENTO E COMPORTAMENTO SEJA ETERNO PARA A EDUCAÇÃO .PORQUE REALMENTE CADA POVO TEM O QUE MERECE .PARABENS PELA SUA ATUAÇÃO INSIGNIFICANTE Ó PRESIDENTA .PARABENS PELA SUA SUBSEDE DE ARARAQUARA , QUE REPRESENTA BEM A SUA ATUAÇÃO .
    UM VERDADEIRO ENGANO QUANTO AO PROCEDIMENTO DE ASSOCIAÇÃO OU NÃO SEI PARA QUE UTILIDADE TENS .
    PARABENS POR ESTA ESMAGADORA VITORIA , NÃO SEI PARA QUE E NO QUE SERVIRA UMA CLASSIFICAÇÃO SE AO MESMO TEMPO É EXCLUDENTE .PARABENS 32 PONTOS .PARABENS AOS AFORTUNADOS QUE OBTIVERAM OS 32 PONTOS E PARABENS PARA MIM , UM VERDADEIRO INCOMPETENTE PROFISSIONAL , QUE ESTOU NA REDE JA HA VARIOS ANOS , POR NÃO TER CONSEGUIDO OS 32 PONTOS OU SEI LA QUANTOS PONTOS QUE REALMENTE FIZ .

    OXALA SEJA BENDITO .
    NÃO HA MAL QUE PERDURE PARA SEMPRE .

    Responder
    • 62. apeoesp  |  25/01/2010 às 16:32

      Prezado professor,
      Os avanços que conseguimos devem ser vistos em relação à situação anterior. Em nenhum momento dissemos que a SEE eliminaria a prova como critério para a atribuição. Estamos tentando isto pela via judicial. Mas, antes, a pontuação não permitia usar o tempo de serviço – conseguimos pudessem usá-la os professores com mais de 32 acertos (PEBII) e mais de 24 acertos (PEBI). Antes, a prova eliminaria sumariamente os professores com baixa pontuação; sequer poderiam participar da atribuição. Isto não torna a prova melhor. Continuamos contra ela, contra a promoção por mérito e temos que derrotar o conjunto da política deste governo. O que conseguimos foi que aprova deixasse de ter caráter eliminatório e, ao menos, abrisse a possibilidade da classificação para a atribuição. A decisão de ser em duas listas foi do governo.
      Ninguém bradou a todos os ventos vitória esmagadora ou coisa assim, mas até 15/01 milhares de professores simplesmente nem poderiam tentar obter aulas, pois estavam de antemão eliminados.
      Todo o sistema está errado e temos lutado contra ele todos os dias, o ano todo.
      Bebel

      Responder
  • 63. regis  |  25/01/2010 às 16:30

    Sou categoria F e fiz 32 pontos em que lista estarei?

    Responder
    • 64. apeoesp  |  25/01/2010 às 16:58

      Prezado professor,
      Na primeira lista, se tiver tempo de serviço para alcançar os 40 pontos na prova.
      Bebel

      Responder
  • 65. Tadeu  |  25/01/2010 às 16:33

    Não concordo com essas ameaças de greve em março; também não concordo que haja mais mudanças com relação as atribuições de aula; o governo, por conta da necessidade de professores (mesmos os que não atingiram a média) cedeu muito, pois a prova era eliminatória. O que tenho notado é que muitos professores que acreditaram que o sindicato iria conseguir anular a prova, simplesmente não estudaram e não deram a mínima para a prova; agora estão amargando, pois ficarão na segunda chamada.
    Sou contra a greve porque não tem por objetivo melhorar a Educação e sim buscar beneficiar os professores que não conseguiram a média na prova…e que são a minoria, visto que a maioria dos professores passaram.

    Responder
    • 66. apeoesp  |  25/01/2010 às 16:56

      Prezado professor,
      Você está equivocado ao se colocar contra a greve. Ela não é “apenas” quanto a este injusto provão. Ela reivindica reajuste salarial para todos (não apenas para os que passarem na prova de “mérito”); reivindica condições de trabalho, fim das avaliações excludentes, carreira, jornada de trabalho adequada, formação continuada no local de trabalho; enfim, tudo aquilo que o governo não faz. É pela melhoria da educação, sim, porque o professor é o principal agente do processo educativo.
      Bebel

      Responder
  • 67. Tadeu  |  25/01/2010 às 16:58

    GOSTARIA DE SABER DO SINDICATO,

    Se as coisa continuassem como estavam em 2009 com relação às atribuições de aulas, o sindicato iria promover organização de greve………..Saiba que eu finalmente vou pegar aulas e não vou entrar nessa não…..pois quem são prejudicados mesmos são os alunos…não é o governo.

    O sindicato deveria parar de defender apenas um lado dos professores…..deixam de lado os professores ingressantes por que?????

    Responder
    • 68. apeoesp  |  25/01/2010 às 17:04

      Prezado professor,
      A APEOESP defende o conjunto dos professores, há anos sem reajuste salarial, com carreira inadequada, jornada de trabalho estafante, péssimas condições de trabalho e sujeitos a tantas medidas excludentes do governo.
      Desta forma, defende também os alunos e a escola pública, pois professores motivados, bem remunerados, respeitados e valorizados levam a educação a um patamar mais elevado de qualidade.
      Bebel

      Responder
      • 69. Ana  |  25/01/2010 às 19:16

        Concordo que há necessidade de melhores salários, mas não creio que pagar melhor e definir planos de carreira sejam a maior parte da solução dos problemas da educação.

        E, infelizmente, a greve “pressiona” o governo, mas quem é prejudicado mesmo são os alunos, que não tem essas aulas devidamente repostas e as “vitórias” por reajustes acabam sendo ínfimas.

  • 70. DANILO  |  25/01/2010 às 17:35

    PREZADA PRESIDENTA, DEPOIS DE LER OS COMENTÁRIOS VOU FAZER UMA COLOCAÇÃO.
    NEM TODOS OS PROFESSORES QUE PASSARAM NA PROVA SÃO PROFESSORES NOVOS E ESTUDANTES, E NEM TODOS REPROVADOS SÃO PROFESSORES ANTIGOS.

    ESTOU DIZENDO ISSO PQ DEPOIS DE LER OS COMENTÁRIOS, PARECE QUE TODOS OS PROFESSORES NOVOS VÃO ESTAR EMPREGADO E TODOS OS ANTIGOS DESEMPREGADOS.
    PRIMEIRAMENTE NÃO TEM COMO SABER SE O PROFESSOR VAI ESTAR OU NÃO DESEMPREGADO SE AINDA NEM SAIU OS RESULTADOS DA PROVA, E MAS, NÃO SOU A FAVOR DE DUAS LISTAS, MAS É UMA REGRA QUE FOI CRIADA PELO GOVERNO, E O FATO DE SER UMA LEI NÃO É FÁCIL MUDAR.
    EU ENTENDO A AFLIÇÃO DE MUITOS PROFISSIONAIS QUE SE JULGAM PREJUDICADOS, MAS APESAR DE AINDA NÃO SER ASSOCIADO DA APEOESP ADMITO QUE ELES CONSEGUIRAM VÁRIOS AVANÇOS NA PROVA COMO POR EXEMPLO USAR O TEMPO DE SERVIÇO PARA COMPLETAR A NOTA.
    PARA FINALIZAR, MESMO SE AMANHÃ A APEOESP NÃO CONSEGUIR NENHUM AVANÇO COM RELAÇÃO AO GOVERNO, NÃO TEM COMO NEGAR QUE A APEOESP LUTOU ATÉ O ÚLTIMO MOMENTO!

    UM ABRAÇO!

    Responder
    • 71. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:58

      Prezado professor,
      Obrigada. É reconfortante saber que você, como muitos professores, percebe o nosso esforço e o nosso compromisso com a categoria e com a escola pública.
      Bebel

      Responder
  • 72. Vanda  |  25/01/2010 às 18:00

    Concordo plenamente com o professor Antonio Mattes ( 36). Todos sabiam desta “prova”mas, não levaram a sério. Concordo também que muitos são resistentes as mudanças que não estão sendo tão ruins assim. O mundo gira e os alunos mudam, não podemos mais ficar parados.

    Responder
  • 73. DANILO  |  25/01/2010 às 18:29

    ALGUMAS PESSOAS ESTÃO DIZENDO NO BLOG , QUE O FATO DE TER DUAS LISTAS, SÓ PREJUDICA O PROFESSOR QUE HÁ MUITO TEMPO ESTÁ NA REDE ESTADUAL DE ENSINO, MAS A VERDADE É UMA SÓ, QUEM SERÁ PREJUDICADO É O PROFESSOR QUE ACERTOU MENOS DA METADE DA PROVA I NDEPENDENTE DE SER NOVO OU ANTIGO NA REDE ESTADUAL DE ENSINO.

    Responder
  • 74. JULIANA VENTURA DE NOVAIS  |  25/01/2010 às 18:39

    gostaria de uma resposta mais clara…
    os professores da categoria L aprovados passarão na frente dos F aprovados?
    aguardo resposta

    Responder
    • 75. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:55

      Prezada professora,
      Não. Os da “categoria F” escolhem primeiro.
      Bebel

      Responder
  • 76. DANILO  |  25/01/2010 às 19:00

    bebel me responda por favor:

    Na lista dos aprovados um estudante pode passar do caegoria L se obtiver nota maior?

    Responder
    • 77. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:50

      Prezado professor,
      Sim, mas o “categoria L” tem a vantagem do tempo de serviço. O governo está colocando estas duas “categorias” juntas, mas estamos insistindo junto à SEE que são situações diferenciadas.
      Bebel

      Responder
  • 78. Ana Carolina  |  25/01/2010 às 19:19

    Gostaria de saber quantos pontos vale cada questão? Sou categoria F tenho 15 anos de serviço acertei 30 questôes,como ficará minha situação?

    Responder
    • 79. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:47

      Prezada professora,
      Você estará na segunda lista. Se não obtiver aulas, ficará na escola, com jornada de 12 horas semanais, mas fora da sala de aula, cumprindo funções que ainda serão determinadas.
      Terá que participar do provão no próximo ano.
      Bebel

      Responder
  • 80. JULIANA VENTURA DE NOVAIS  |  25/01/2010 às 21:14

    entendi a posição da apeoesp mas ainda temos dúvidas
    se eu como L estarei na primeia lista depois dos F, quem então estará na segunda lista? Os que não atingiam 50% na média sendo qualquer categoria F, L ou O?

    Responder
    • 81. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:43

      Prezada professora,
      Na primeira lista estarão os que atingiram a pontuação exigida; na segunda, os demais. Em ambas a ordem é: F, depois L e O.
      Bebel

      Responder
  • 82. JULIANA VENTURA DE NOVAIS  |  25/01/2010 às 21:39

    o q não tem remédio…remediado está…
    vamos então nos prepararmos para o concurso….
    vcs vão oferecer algum material para estudarmos?
    beijos

    Responder
    • 83. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:42

      Prezada professora,
      A APEOESP publicará Caderno de Educação com material preparatório ao concurso e oferecerá cursos na Capital, Grande São Pauloe todas as regiões.
      Bebel

      Responder
  • 84. TANIA  |  25/01/2010 às 21:57

    POR FAVOR SENHORA SECRETÁRIA, AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA PARA PROFESSOR?
    FICO SEM PALAVRAS…

    Responder
  • 85. Reginaldo Silva  |  25/01/2010 às 22:03

    No meu entendimento todos que tiraram notas abaixo de 50% da prova deveriam fica classificados na lista dos reprovados, já não existe mais motivo para que os professores que tiveram menos de 50% (32 questões) somar o tempo de casa para atingir o minimo estabelecido, analisem comigo ao se tornar classificatória a resolução 8 SE praticamente anula aquela resoluçaõ que permitia a soma do tempo de serviço para atingir os 40 pontos, além do mais o governo deveria ter feito uma retificação no edital do processo seletivo e não fez, parece que vivo numa MONARQUIA.

    Responder
    • 86. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:32

      Prezado professor,
      O seu posicionamento é contraditório com o que deseja a maioria dos professores. Nossa luta é por uma classificação geral, embora considerando a nota do provão, que é um dado da realidade. Mas o governo decidiu, justamente, fazer duas listas: uma para os que obiveram a pontuação, outra para os que ficaram abaixo dela. Mas o tempo de serviço, até o limite de 20% da pontuação, será considerado, sim, para compor esta pontuação e definir quem fica em cada lista.
      Bebel

      Responder
  • 87. ROSA MARIA DOS SANTOS  |  25/01/2010 às 22:41

    BOA NOITE !
    AO LER ALGUNS DEPOIMENTOS,PODE ENTÃO PERCEBER QUANTAS DUVIDAS AINDA PERDURAM EM RELAÇÃO A ATRIBUIÇÃO DE AULAS ANO 2010.
    ACREDITO EU QUE O GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO , MAIS UMA VEZ ESTÁ CONSEGUINDO DESESTRUTURAR OS PROFISSIONAIS DA AREA DA EDUCAÇÃO , COMPROMETENDO GRANDEMENTE O EMOCIONAL DOS MESMOS.
    PORTANTO DEVEMOS NOS UNIR NÃO REALIZANDO PROVAS PARA AUMENTO DE SALÁRIOS E SIM UM GRANDE MANIFESTO EM PROL DE UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE.
    PARABÉNS APEOESP ,OBRIGADA POR ESTAR LUTANDO POR NÓS PROFESSORES.
    BOA SORTE !!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
    • 88. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:28

      Prezada professora,
      Obrigada. Palavras como as suas são importantes neste momento.
      A luta é de todos nós, e vamos vencer.
      Bebel

      Responder
  • 89. FÁTIMA  |  25/01/2010 às 22:45

    SRA BEBEL COM ESSA NOVA RESOLUÇÃO, COMO FICA OS VICE DIRETORES E OS COORDENADORES PEDAGÓGICOS QUE NÃO ATINGIRAM A NOTA, MAS TEM A GARANTIA DAS 12 AULAS POR SEREM CATEGORIA F. CONTINUA NO CARGO. COMO ANO PASSADO. VICE COMO VICE E COORDENADOR COMO COORDENADOR MESMO.OU TERÁ QUE IR NA ATRIBUIÇÃO E PEGAR 10 AULAS?
    OBRIGADA POR ESCLARECER ESSA DÚVIDA CRUEL.

    Responder
    • 90. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:27

      Prezada professora,
      Vou encaminhar sua dúvida ao departamento jurídico e ao próprio secretário, na reunião de amanhã.
      Postarei a resposta aqui mesmo.
      Bebel

      Responder
  • 91. Diego  |  25/01/2010 às 23:08

    Isso é caráter classificatório? Haha!
    Não há classificação.

    Responder
    • 92. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:24

      Prezado professor,
      Há, sim, classificação, embora em duas listas. Eliminatório era o caráter inicial da prova, quando os que não atingiram a pontuação sequer participariam da atribuição. A fórmula da SEE não é a que reivindicamos, mas é lamentável que o senhor não distinga a diferença entre eliminação e classificação.
      Bebel

      Responder
  • 93. Cleidis Meire Marques  |  26/01/2010 às 00:25

    Gostaria de saber o procedimento pra recorrer , para participar da atribuicao de aulas, pois fiquei presa no transito no dia 20/12/2009 por mais de tres horas, mesmo tendo saido de casa com mais de tres horas de antecedencia..nao consegui chegar em tempo habil pra realizar a prova em Guarulhos, pois moro em Sao Paulo..E fui informar que esta resolucao me da direito a recorrer, para partcipar da atribuicao de aulas.. Sou prof. de Classe especial

    Responder
    • 94. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:20

      Prezada professora,
      Deve se dirigir à Diretoria de Ensino onde se inscreveu até 29/01 e protocolar um requerimento de justificativa da ausência.
      Bebel

      Responder
  • 95. fabiana buarque stein  |  26/01/2010 às 00:38

    Oi, boa noite Bebel, e boa sorte lá com o Cara-pálida Pulo Renato, aff!!!, estou arrazada, e mais triste ainda de ver professores mais jovens criticar tantos os ofas mais velhos, Meu Deus, para onde foram os valores, ÉTICA. Pois é Bebel nós professores velhos do Estado,os dinossauros como os aprovados estão dizendo, enfim, eles tem muito q aprender, enfim, nós depois dessa resolução fomos jogados às traças, descartados como mercadoria de quinta, e difamados por outros da categoria, os mais jovens. Não há respeito dentro da categoria o q vejo são pessoas individualistas e extremamente egoistas. É uma alienação total, ética então passou longe, Eu Bebel não passei….., e nós professores velhos eu tenho 21 anos de Estado, dedicação, esforço, uma vencedora e corajosa, pois neste sistema falido q é a educação de SP, há que ser muito valente e corajoso, falar comos os jovens aprovados falam, difamam é fácil…….quero ver na pratica, ai o bicho pega. Mas tudo bem, tenho montes de amigos q se dedicaram e muito a educação, gente com 25 anos, estão para se aposentar, com 20, 15.10 e por ai vai.Será que o aluno realmente é vitima???………sim o aluno é vitima desse governo q exclui, e vem arrotar q a educação de SP está otima, está nada. E professores velhos, são tão vilo~es assim?..somos taõ despreparados, incompetentes, dinossauros?, burros? e´meus filhos mais adiante vcs verão a realidade do ensino publico. Jose Serra e Paulo Renato mascaram a realidade de seus interesses pela educação, q eles dizem ótima,ele GOVERNO JOSE SERRA MASI PAULO RENATO SÃO RESPONSÁVEIS POR ESTA INSTITUIÇÃO FALIDA Q É EDUCAÇÃO, MAS QUERIAM JOGAR EM ALGUEM, E ESSE ALGUE, É O PROFESSOR, OS VELHOS DE PREFERECIA. Se o aluno não aprende a culpa é do professor q não sabe ensinar, se não sabe fazer contas, a culpa é sempre do professor. E isso não vai mudar enqro a cabeça de professor não mudar, é hora de união e não de atritos e xingamentos, ninguem merece ser tratado assim, eu reprovei e não xinguei ninguem, porque respeito eudcadores novos e velhos, tbém sou velha no Estado, mas não é uma prova excludente que vai avaliar minha capacidade intelectual., eu dou conta do recado e conheço professores novos que tbém dão conta, já ensinei várias coisas a professores q começam lecionar, é ai q está a solidariedade,agora o Jose serra queria isso, foi intencional, jogar professor novo contra velho e conseguiu o a queria, eu vou ficar desempregada, mas tenho saúde e vou trabalhar em outra coisa. Bebel, vc me desculpe com relação a categoria nova ter te faltado com tanto desrespeito =, e com nós professores mais velhos eu fico envergonhada por eles. Mas enfim eles tem muito q aprender. Eu sou contra a resolução, mas se a apeoesp conseguir alguma coisa amanha dia 26/01 seria bom demais, acho q pe utopia da minha cabeça. Vcs já conseguiram fazer da prova classificatoria, agora com lei fica dificil e a gente entende. Pois a tal provinha é lei, e os deputados estaduais,mais SEE, são tudo pau mandado do Serra. E parabens professores aprovados…………………, e boa sorte nas aulas e salas super lotadas, indiciplina total, CONSELHO……, NÃO É FÁCIL NÃO, VIU!, PREPAREM-SE.NÃO SONHE COM UMA ESCOLA LIDA MARAVILHOSA, TUDO PROPAGANDA ENGANOSA!, E BOA SORTE, BEBEL E APEOESP EM GERAL.NOSSA, É REVOLTATANTE COMO ESSE SERRA É TRUCULENTO E DITADOR……, QUERIDOS PROFESSORES APROVADOS, PARABÉNS, MAS POR FAVOR NÃO VOTEM NESTA PESTE PARA PRESIDENTE OK!, E CAROS AMIGOS OFAS ANTIGOS Q COMO EU FICARÃO SEM AULAS, NÃO VAMOS FICAR TRISTES NÃO, CABEÇA ERGUIDA TÁ, PQUE DIAS MELHORES VIRÃO, TENHO FÉ. CORAGEM AMIGOS, NO FIM DÁ TUDO CERTO ALGUMA ALULINA A GENTE PEGA!, BOA SORTE A VCS TÁ. E NOVOS AGUENTEM O ROJÃO, ESCOLA PUBLICA É UM CÁOS. OBRIGADA BEBEL…………..DESABAFEI, FORA SERRA E PAULO RENATO! DESTRUIDORES DA EDUCAÇÃO EM SP.

    Responder
    • 96. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:19

      Prezada professora,
      Obrigada pelo apoio, pela compreensão e, sobretudo pela disposição de luta.
      Bebel

      Responder
  • 97. Emylli  |  26/01/2010 às 01:18

    Bebel, esse acordo só serviu para mostrar nossa indignação com o governo que aí esta…Esperamos que você consiga argumentar em nosso favor com esse secretário, pois você esta nos representando e sabe o que a maioria pleiteia nesse momento, e, certamente não é pais e mães de famílias depois de tantos anos, desempregados em massa com esse tal carater Eliminatório sim, pois de Classificatorio mas me parece uma boa maquiagem para disfarce do problema real.Abraços.

    Responder
    • 98. apeoesp  |  26/01/2010 às 01:38

      Prezada professora,
      Vamos argumentar, sim. Entretanto, gostaria de lembrar que, para além da maquiagem de que você fala, há diferença entre o caráter eliminatório, em decorrência do qual todos os que não obtiveram a pontuação estariam simplesmente fora do processo, e o classificatório, embora não da forma que gostaríamos. Muitos professores que estariam fora da atribuição agora poderão obter aulas.
      No mais, concordo com você: este é um governo intolerante e autoritário, que não vê as pessoas por trás dos números e das estatísticas.
      Bebel

      Responder
  • 99. maria  |  26/01/2010 às 02:09

    Estou imaginando a CATÁSTROFE que irá acontecer nas UEs. Professores que conseguiram aulas menosprezando os colegas que ficaram fora. (Digo isso pois tenho visto a postura de muitos colegas aqui neste blog). A humilhação de muitos colegas com anos de serviço e com grande capacidade, tendo que mediar conflitos. Além de não saber como sustentar suas famílias, pois a grande maioria já ultrapassou os 40 anos e já estão “velhos demais ” para o mercado de trabalho. Resultado: Depressão, problemas cardíacos e até algo pior. Peço a Deus que ilumine a cabeça de nossos governantes e dos novos colegas que entrarão em sala de aula pela primeira vez. Aluno não é mercadoria, nem nós professores.
    Mantenho meu apoio a todos prejudicados e principalmente meu respeito.
    Bebel, espero que isso seja lembrado na sua negociação.
    Boa Sorte!

    Responder
    • 100. apeoesp  |  26/01/2010 às 09:53

      Prezada professora,
      Temos dito isto reiteradamente a este governo, que se mantém insensível aos nossos argumentos, pois não respeita a nossa categoria. Por isto, temos que dar um basta a tudo isso com uma grande greve no início de março.
      Bebel

      Responder
  • 101. JULIANA VENTURA DE NOVAIS  |  26/01/2010 às 02:56

    onde encontraremos esse “Caderno a Educação “?
    abraços

    Responder
    • 102. apeoesp  |  26/01/2010 às 09:51

      Prezada professora,
      Será encaminhado ás subsedes da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 103. TEREZA  |  26/01/2010 às 10:36

    ESSA MALDITA LISTA DEVERIA SAIR DEPOIS DO DIA 31 DE JANEIRO COMO PODE TODOS OS PROFESSORES ESTANDO DE FERIAS TER QUE FICAR ATENTO PARA VER LISTA DE CLASSIFICAÇÃO ISSO A APEOESP NÃO PENSA PROFESSOR MERECE MESMO TANTA HUMILHAÇÃO.

    Responder
    • 104. Camila  |  28/01/2010 às 12:49

      Nossa!!!! Nem dos seus interesses você quer cuidar???? Que porcaria!!!! Tomara que não fique numa sala de aula…

      Responder
  • 105. Fernanda  |  26/01/2010 às 10:53

    Bebel,
    gostaria de saber se hoje sai a lista de classificação dos professores OFAs.
    Muito obrigada.

    Responder
    • 106. apeoesp  |  26/01/2010 às 11:15

      Prezada professora,
      Ainda não temos esta informação.
      Bebel

      Responder
  • 107. Benedito  |  26/01/2010 às 10:59

    A assembleia ddos professores do dia 29, tem que ser mantida a diretoria da Aepoesp não pode decidir sozinha pelas questões pertinentes aos professores aja visto que muitos aida se encontram descontentes com os resultados. E esta assembleia pode ser um impulso a mais para a nossa greve em março. um abraço Benedito

    Responder
  • 108. silvana  |  26/01/2010 às 11:36

    Bebel
    Bom dia!
    gostaria de saber se a iinformação de que os estudantes e tecnólogos que passaram na prova dos acts. serão classificados na 1ª lista?
    se for verdade é o caos.

    Responder
    • 109. apeoesp  |  26/01/2010 às 11:56

      Prezada professora,
      Esta é a regra desde quando o governo criou o provão. Mas só participariam da atribuição professores que acertassem 50% das questões. Lutamos para preservar os professores com tempo de serviço, conseguindo que este fosse considerado para compor a pontuação, para quem tivesse acertado 40% das questões e conseguimos.
      No início, também a prova simplesmente eliminaria quem não obtivesse a pontuação mínima. Sequer participaria da atribuição, não haveria, portanto, segunda lista. O governo recuou até este ponto: classificatória (sem eliminar ninguém da possibilidade de participar da atribuição), mas em duas listas.
      Caos, mesmo, é termos um governo como este, que cria medidas que prejudicam o professor com apoio e uma grande maioria de deputados na Assembleia Legislativa.
      Bebel

      Responder
      • 110. Reginaldo Silva  |  26/01/2010 às 13:50

        Sra bebel erolou e não eclareceu a dúvida do professor, afinal o estudante que acertou mais de 50% vai pegar aula na frente do professor habilitado que foi reprovado.

      • 111. apeoesp  |  26/01/2010 às 18:55

        Prezado professor,
        Se há algo que não sou é de enrolar.
        Há duas listas. Uma dos professores e candidatos que atingiram a pontuação que o governo estipulou e escolhem primeiro. Outra, dos demais professores, que escolhem depois.
        Não inventamos esta regra e lutamos contra ela, mas o governo está intransigente, como sempre foi. Entretanto, originalmente, esta segunda lista nem existiria. Foi a nossa luta que conquistou isto.
        Bebel

  • 112. Shirley  |  26/01/2010 às 12:39

    Acho que devemos lutar contra este govrno, para eliminar esta prova. Ano de eleição, temos que cobrar, os professores que estão na lei pre estaveis, tinha que não necessitar da prova

    Responder
  • 113. Gerson Oliveira  |  26/01/2010 às 12:45

    Prezados, só resta uma coisa, lutar contra este governador nas eleições. Lutar por estabilidade dos professores que estão na rede, sem esta prova. Já estamos velho e sem tempo de lutar contra os jovens que estão saindo da faculdade e com tempo. Temos familia pra cuidar.

    Temos que conseguir jogar contra ele na eleição, para ele pagar o que está fazendo.
    A APEOESP tem de lutar muito, pois ele está conseguindo enfraquecer o sindicato, pois divide os professores. Este é o objetivo.

    Responder
  • 114. CLAUDIO MARQUES  |  26/01/2010 às 12:52

    FIZ UMA OBSERVAÇÂO SOBRE A SITUAÇÂO DOS ACTS
    POREM NÂO ESTOU A VISUALIZAR O MESMO ……………..
    PORQUE OCORRE TAL FATO SRTA.BEBEL ??????

    Responder
    • 115. apeoesp  |  26/01/2010 às 18:52

      Prezado senhor,
      Seu comentário foi publicado.
      Bebel

      Responder
  • 116. Paty  |  26/01/2010 às 13:23

    Como anda o processo contra a prova?
    Obrigada.

    Responder
    • 117. apeoesp  |  26/01/2010 às 18:53

      Prezada professora,
      Corre na Justiça, ainda sem decisão.
      Bebel

      Responder
  • 118. Marina Ortega  |  26/01/2010 às 14:14

    Prezada BEBEL.
    Onde está a lista de classificação?Teve alguma mudança de datas e não estamos sabendo?Essa lista saí hj?
    No aguardo e grata.
    PROFA MARINA.

    Responder
    • 119. apeoesp  |  26/01/2010 às 18:58

      Prezada professora,
      Acredito que a lista ainda saia hoje.
      Bebel

      Responder
  • 120. Nadir Alves  |  26/01/2010 às 18:09

    Não gostei dessa “segunda lista”, afinal se há tantos professores competentes, com tantos “anos de dedicação” à educação, porque não conseguiram passar nos concursos anteriores e agora nessa prova. Acho que precisam se reciclar e aceitar que tem gente melhor e mais capaz do que eles. Concordo com o prof. Antônio Mattes. A OAB pode selecionar seus profissionais, por que a Secretaria da Educação não?

    Responder
    • 121. apeoesp  |  26/01/2010 às 19:01

      Prezada professora,
      A senhora não gostou da segunda lista mas os professores lutaram por ela e a conquistaram. Nós também não gostamos nada, nada deste provão que pretende retirar da educação pública muitos professores experientes e dedicados, como se fossem peças descartáveis.
      Bebel

      Responder
  • 122. Edna  |  26/01/2010 às 18:15

    Presidenta Bebel,

    Gostaria muito saber se há um planejamento específico no que diz respeito à divisão por categorias. Acredito que este seja o momento oportuno para reivindicarmos que esta divisão seja derrubada. Afinal, como podemos ver tanto os professores iniciantes como os experientes, estão sofrendo com essa classificação absurda que a SEE aprovou através de resoluções.
    Sou a favor da igualdade de condições para trabalhar com honestidade e empenho!

    Desde já agradeço.

    Responder
    • 123. apeoesp  |  26/01/2010 às 19:03

      Prezada professora,
      Esta é a nossa luta. Quanto mais gente conseguirmos colocar em praça pública, e quanto mais adesão tivermos à greve que estamos prevendo para o início do ano letivo, maior a possibilidade de darmos um basta a tantas políticas opressivas e injustas contra os professores.
      Bebel

      Responder
  • 124. Fernanda  |  26/01/2010 às 18:18

    Bebel,
    estamos todos cansados, esgotados. Que féiras legal o governo nos proporcionou!!!
    Quando sai a classificção da Vunesp, isto é , se vai sair!!!
    E a lista de classificação dos professores não ia sair hoje????
    Estamos todos cansados!!!!
    Muito obrigada.

    Responder
    • 125. apeoesp  |  26/01/2010 às 19:03

      Prezada professora,
      Estamos aguardando. Esperamos que ainda saia hoje.
      Bebel

      Responder
  • 126. CLAUDIO MARQUES  |  26/01/2010 às 18:56

    GOSTARIA DE SABER O QUE MUDOU EM RELAÇÂO AO ANO PASSADO

    VEJAMOS ; NO ANO PASSADO VOCÊS FORAM A JUSTIÇA PARA CANCELAR

    A PROVA DOS ACTS .;NO ENTANTO ESSE ANO VOCÊS ACEITARAM E AINDA

    COMEMORAM DIZENDO QUE FOI UMA VITORIA [ ACEITAR A CANGA ]

    IMPOSTA PELO GOVERNO SERRA .

    PORQUE ???? O QUE MUDOU ?????????

    O QUE O GOVERNO ESTA FAZENDO É HUMILHAR OS PROFESSORES ACTS

    SENDO AUTORITARIO E JOGANDO TODA CULPA DO PESSIMO ENSINO SOBRE

    OS PROFESSORES ……. O QUE NÃO ENTENDO É ; PORQUE VOCÊS ACEITARAM

    TAL SITUAÇÂO ????…..

    NÃO SOU PROFESSOR . MAS ESTOU INDIGNADO COM TAL ATITUDE DA APEOSP.

    COMEMORAR A SUBMISSÂO E NÂO TOMAR PROVIDENCIA CONTRA TAL COISA É

    NO MINIMO ESTRANHO …PORQUE ????????????????????????????????????????

    Responder
  • 127. DANILO  |  26/01/2010 às 19:06

    PREZADA PRESIDENTA. TUDO BEM? ESPERO QUE SIM!

    GOSTARIA DE SABER SE NA REUNIÃO DE HOJE FICOU CONFIRMADA AS DUAS LISTAS?

    DESDE JÁ AGRADEÇO O ESFORÇO DO SINDICATO!

    Responder
    • 128. apeoesp  |  26/01/2010 às 19:12

      Prezado professor,
      Tudo bem. Desejo tudo de bom para você também.
      Mais tarde, no site da APEOESP, sairá publicado boletim completo sobre a reunião, com os diversos pontos tratados.
      Ficaram, sim, confirmadas as duas listas.
      Reproduzirei as informações completas no blog, dentro de algum tempo.
      Bebel

      Responder
  • 129. DANILO  |  26/01/2010 às 19:27

    OBRIGADO PRESIDENTA PELAS INFORMAÇÕES, INFELIZMENTE MUITAS PESSOAS NÃO RECONHECEM A ÓTIMA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO QUE A SENHORA FORNECE À CATEGORIA COM ESSAS INFORMAÇÕES.
    VOU FICAR AGUARDANDO NOVAS PUBLICAÇÕES NO BLOG.

    Responder
  • 130. Roseli gonçalves  |  26/01/2010 às 20:26

    Obrigada !!!
    Bebel por esclarecer todas as dúvidas!!!

    Responder
    • 131. apeoesp  |  26/01/2010 às 21:43

      De nada, professora. É minha obrigação ao menos tentar.
      Bebel

      Responder
  • 132. Daniela Ferraz  |  26/01/2010 às 21:54

    Boa noite,sra Bebel
    Estou acompanhando todas as mensagens e pecebi algo???Estão falando em mudanças,2 listas,classificações,quem vai pegar primeiro…Enfim,só queria que me explicasse,por favor,como um concurso em andamento,pode ser mudado sua resoluçao,após a realização das provas?Isso não inconstitucional???Obrigada e aguardo resposta

    Responder
    • 133. apeoesp  |  26/01/2010 às 22:20

      Prezada professora,
      Primeiro, não se trata de concurso, mas de uma prova. Segundo, as mudanças foram negociadas com a SEE e estas mudanças foram objeto de resoluções da própria SEE. Terceiro, contra a nossa opinião, haverá duas listas: quem atingiu ou superou a pontuação estabelecida pela SEE terá a prerrogativa de escolher primeiro, mas ninguém será excluido da atribuição, como o governo pretendia inicialmente.
      Bebel

      Responder
  • 134. Prof.Mario - DE-SBC  |  26/01/2010 às 23:16

    Cara presidenta, boa noite.

    Cadê a vitória da APEOESP????

    Vejo que a SEE somente divulgou a relação dos F’s e L’s que conseguiram acertar o mínimo da prova, ou seja, 40 pontos. Nesta relação não sai as outras categorias (O’s, S’s e sei lá mais quem) Além disto cadê a relação dos F’s e L’s que não conseguiram acertar as 40 questões????

    No meu ponto de vista o carater desta provinha ainda continua sendo eliminatório, caso não fosse deveria sair uma listagem só, vc concorda comigo???

    Pelo visto a nossa manifestação do dia 15/01 não valeu de nada.

    Sinto-me decepcionado e desiludido, e até que me prove o contrário esta prova esta sendo sim eliminatória, porque sou categoria L e por falta de 2 pontos, porque acertei apenas 38 questões e tenho apenas 1 ano de magistério não poderei sequer atuar como eventual em sala de aula.

    Atenciosamente.

    Responder
    • 135. apeoesp  |  27/01/2010 às 02:33

      Prezado professor,
      O compromisso da S.E. quanto a uma segunda lista foi reafirmado na reunião de 26/01 pelo secretário da Educação e ela está prevista na resolução 8. Aguarde a publicação.
      Quanto ao mais, você poderá concorrer à atribuição de aulas na segunda lista e, segundo informações que colhemos, poderá também tentar aulas como eventual, caso não consiga obter aulas na atribuição.
      Bebel

      Responder
  • 136. marcos  |  26/01/2010 às 23:45

    voces não farão nada para que ocorra uma unica lista na categoria f ou l pelo visto acho que não. por favor em minha opinião senhora gostaria que o meu sindicato lutasse por uma lista unica na categoria f os que foram aprovados com os que não foram e a pontuação decidiria tudo não concorda

    Responder
    • 137. apeoesp  |  27/01/2010 às 02:46

      Prezado professor,
      Sugiro que o senhor releia os boletins disponíveis no site da APEOESP e os textos deste blog, além do Jornal da APEOESP (também disponível no site), antes de afirmar que o sindicato não fará nada pela lista única. Lutamos desde o primeiro momento, até o limite do possível. A prova é um dado da realidade e conseguimos impedir que ela eliminasse da atribuição os professores que não obtiveram a pontuação, assim como havíamos conseguido que 20% da pontuação, para quem acertou 40% das questões, fosse completada com o tempo de serviço.
      Isto é resultado de luta e mobilização e não de “não fazer nada”.
      Bebel

      Responder
  • 138. marcos  |  26/01/2010 às 23:47

    mas como participarei da primeira lista se chamarão os da categoria l?

    Responder
    • 139. apeoesp  |  27/01/2010 às 02:47

      Prezado professor,
      Não sei qual foi sua pontuação, mas se não obteve os pontos necessários, participará da atribuição na segunda lista.
      Bebel

      Responder
      • 140. marcos da silva  |  29/01/2010 às 23:09

        minha pontuação é de 30,114 e a prova foi 24 participarei antes da lista do L

  • 141. CLAUDIO MARQUES  |  26/01/2010 às 23:53

    SE É P/ ELOGIAR A SRA . PRESIDENTA [ BEBEL ] O COMENTARIO É PUBLICADO E MANTIDO .
    POREM SE É CRITICA….. NADA DE PUBLICAR ……..
    PORTANTO VAMOS ELOGIAR E NÂO CRITICAR A SRA.PRESIDENTA .POIS A MESMA NÂO SABE O QUE É DEMOCRACIA ……………………………………………………………
    SE NÂO FOR VERDADE , ONDE ESTA PUBLICADO O COMENTARIO QUE FIZ ????????????????????

    Responder
    • 142. apeoesp  |  27/01/2010 às 03:49

      Prezado senhor,
      Seu comentário foi publicado onde o senhor o postou, ou seja, entre os comentários do texto “Qualidade de ensino vai decair com Serra, afirma sindicalista”.
      Não estou à procura de elogios, mas também não me sinto obrigada a ler e divulgar seus insultos, pois respeito os leitores e leitoras deste blog.
      Não publicarei mais mensagens suas deste teor.
      Bebel

      Responder
  • 143. Marcelo  |  27/01/2010 às 00:27

    PREZADA PRESIDENTA-

    Gostaria de esclarecer uma duvida, comecei a dar aulas no dia 20/02/09
    dei aulas o ano todo mas apenas como EVENTUAL não tendo nenhuma aula atribuida, e na secretaria da escola me informaram que sou da categoria I, pelo que andei lendo esta categora foi extinta.Não consegui
    aprovação nesta famigerada prova,minha dúvida e a seguinte ,como tive
    somente aulas como EVENTUAL sem aulas atribuidas a qual CATEGORIA
    EU ME ENQUADRO???Aguardando uma resposta agradeço desde ja a tua atenção,,e parabelizo por esta grande vitória..obrigado..

    Responder
    • 144. apeoesp  |  27/01/2010 às 03:40

      Prezado professor,
      Provavelmente você estará entre os chamados “categoria O”, na segunda lista.
      Bebel

      Responder
  • 145. Denise Perella  |  27/01/2010 às 00:57

    Bebel vc sabe dizer quando saira a segunda lista,a que saiu hj é apenas dos professores classificados.
    Grata

    Responder
    • 146. apeoesp  |  27/01/2010 às 03:38

      Prezada professora,
      É preciso aguardar. Deve sair na sequência.
      Bebel

      Responder
  • 147. maria  |  27/01/2010 às 02:04

    Gostaria de saber minha nota da prova pois não passei para o rascunho do gabarito. O Site da VUNESP não divulgou. Na minha DE somente 58 “F”de minha banca atingiram os 40 pontos. Quando entro com meu nome p/verificar minha classificação individual não existe pontuação nenhuma. Sou categoria F. Será que o DRHU ainda está atualizando o Site?
    Obrigada

    Responder
  • 148. TEREZA  |  27/01/2010 às 05:32

    A GREVE DEVE COMEÇAR NO PRIMEIRO DIA DE ATRIBUIÇÃO TODOS OS PROFESSORES EFETIVOS QUE CONHEÇO FALAM QUE PARTICIPARAM DA PROVA PARA AUMENTO SALARIAL. O SINDICATO TEM QUE COLOCAR A POPULAÇÃO A PAR DA SITUAÇÃO DOS PROFESSORES. ESCUTO FALAR DE MUITOS PROFESSORES QUE VÃO CAIR FORA DA APEOESP.

    Responder
    • 149. apeoesp  |  27/01/2010 às 10:36

      Prezada professora,
      Greve sem preparação e mobilização é fracasso certo.
      A categoria é maior que os professores temporários e temos que unificar todos se queremos ser vitoriosos. Ademais, a greve só é possível se há aulas, pois é a paralisação do trabalho.
      Bebel

      Responder
  • 150. TEREZA  |  27/01/2010 às 05:35

    A GREVE TEM QUE SER LOGO OS DOENTES PROFESSORES NÃO PODE ESPERAR. TEM MUITA GENTE QUE VAI CAIR FORA DA APEOESP E ESTA CERTO.

    Responder
    • 151. apeoesp  |  27/01/2010 às 10:44

      Prezada professora,
      Gostaria que me explicasse por que “cair fora da Apeoesp” ajudaria a melhorar a situação dos professores. temo que uma posição como esta, que parece tão radical, sirva mesmo é para fortalecer o governo.
      Bebel

      Responder
  • 152. DANILO  |  27/01/2010 às 09:51

    BOM DIA PRESIDENTA; CONVERSEI COM VÁRIOS COLEGAS QUE ACERTARAM MENOS DE 40 QUESTÕES E MAIS DE 32 E TERIIAM TEMPO DE SERVIÇO PARA SOMAR NA NOTA, PORÉM O NOME NÃO APARECE NA LISTA QUE SAI NA SEE. COMO PODEMOS RECORRER SE A VUNESP NÃO DIVULGA O RESULTADO DA NOSSA PROVA? NÃO ENTENDO COMO UMA FUNDAÇÃO IGUAL A VUNESP NÃO ESTÁ SENDO TRANSPARENTE.A SENHORA COMO REPRESENTANTE DA CLASSE TEM COMO VERIFICAR SE SAÍRA OU QUANDO SAÍRA O RESULTADO NA VUNESP?AGRADEÇO PELA ATENÇÃO COM NOSSA CLASSE.

    Responder
    • 153. apeoesp  |  27/01/2010 às 10:04

      Prezado professor,
      Sua informação é importante. Vamos verificar junto à SEE.
      Bebel

      Responder
  • 154. CLAUDIO MARQUES  |  27/01/2010 às 13:46

    SRA. PRESIDENTA [ BEBEL ] JAMAIS OU EM TEMPO ALGUM FUI GROSSEIRO OU MAL EDUCADO COM
    A SRA. , APENAS EXPRESSEI MINHA OPINIÃO SOBRE ESSA POLEMICA QUE DIRETAMENTE ENVOLVE A SRA.
    POIS É PUBLICO E NOTÓRIO SEU ENVOLVIMENTO NESSA PELEJA [ GOVERNO X PROFESSORES ] APROVEITO
    PARA FAZER UMA OBSERVAÇÂO PESSOAL SOBRE A SRA . ÉS UMA MULHER INTELIGENTÍSSIMA E BELA ,POREM
    É DE POUCA PACIÊNCIA …..//// . …SEMPRE.COM MUITO RESPEITO EXPRESSO MINHA OPINIÃO SRA. BEBEL

    Responder
    • 155. apeoesp  |  27/01/2010 às 14:08

      Prezado professor,
      Sou enfática nas causas que defendo. Também não pretendo ser grosseira nem impaciente. Apenas desejo que as coisas fiquem bem claras, no interesse da nossa categoria e da educação.
      Bebel

      Responder
  • 156. CLAUDIO MARQUES  |  27/01/2010 às 15:10

    SRA. PRESIDENTA [ BEBEL ]
    POR GENTILEZA ME ESCLAREÇA UMA DUVIDA , APEOESP. IMPETROU MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA
    O GOVERNO [ AUTORITÁRIO ] P/ ANULAR A PROVINHA OU NÃO ??
    LEMBRO QUE NO ANO PRÓXIMO PASSADO ESSA AÇÂO FOI AGILIZADA COM ENORME RAPIDEZ E OBTEVE SUCESSO ., PORTANTO SE FOI REALIZADO TAL PROCEDIMENTO , PORQUE NADA ACONTECEU ATE A PRESENTE DATA ……………SEMPRE COM MUITO RESPEITO DESEJO SUCESSO EM VOSSA EMPREITADA

    Responder
    • 157. apeoesp  |  27/01/2010 às 16:53

      Prezado senhor,
      Há ação judicial em curso.
      Bebel

      Responder
  • 158. Professora Priscila  |  27/01/2010 às 15:27

    Estou preocupada pq tem uma lista no site da educação q saiu com a data do dia 26 com o nome dos q participarão da atribuição, mas meu nome não está lá, gostaria de saber se os nomes daquela lista é somente de quem passou na prova, ou se ja estão la , os d quem não passou.?!?
    Eu infelizmente não passei, estudei muiiiiito , mas não deu, sou da categoria S , faz 6 anos q trabalho para o estado as vezes como ACT outras de eventual , e gostaria de saber direito sobre o q vai acontecer comigo.
    Muito obrigada

    Responder
    • 159. apeoesp  |  27/01/2010 às 17:50

      Prezada professora,
      Acreditamos que seja a primeira lista (os que obtiveram a pontuação). Aguardamos a segunda lista.
      Bebel

      Responder
  • 160. regis  |  27/01/2010 às 18:50

    gostaria de uma informação não estou conseguindo acessar a segunda lista, já foi divulgado se não quando será

    Responder
    • 161. apeoesp  |  27/01/2010 às 18:56

      Prezado professor,
      Estamos aguardando a divulgação da segunda lista.
      Bebel

      Responder
  • 162. victor  |  27/01/2010 às 20:10

    Bebel, a segunda lista sai ainda hoje????????????????????

    Por enquanto só saiu a primeira!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
    • 163. apeoesp  |  27/01/2010 às 20:50

      Prezado professor,
      Não conseguimos ainda obter uma explicação para a demora. Estamos aguardando a publicação.
      Bebel

      Responder
  • 164. CLAUDIO MARQUES  |  28/01/2010 às 11:55

    SRA.PRESIDENTA ; BOM DIA
    QUERO COM TOTAL ISENÇÂO , FAZER ALGUMAS COLOCAÇÔES PARA SUA APRECIAÇÂO E ANALISE
    A]……..TENHO OBSERVADO PROFESSORES UNIDOS EM GRUPOS SE REUNINDO E DECIDINDO
    ENTRAREM NA JUSTIÇA [ PROFESSORES ACTS FILIADOS APEOÉSP ]COM ARGUMENTO DE NÃO ESTAREM SENDO DEFENDIDOS POR ESSE SINDICATO ,MUITOS DELES DIZENDO QUE SE DESFILIARÃO POIS NÃO ESTÃO SENTINDO SE REPRESENTADO EM SEUS ANSEIOS QUE É O CANCELAMENTO DA FAMIGERADA PROVA.; DESTA FORMA FORTALECERÃO OGOVERNO NO SEU OBJETIVO QUE É DESTRUIR ESSE SINDICATO
    B] ……..UMA DAS COLOCAÇÔES DOS MESMO É QUE INICIARAM SUAS CAMINHADAS COM ZERO PONTO E APÓS LONGOS E SOFRIDOS ANOS DE RENUNCIAS ,TRABALHANDO EM DIVERSAS ESCOLAS , GALGANDO DEGRAU POR DEGRAU ATÉ CHEGAR NA POSIÇÂO QUE HOJE CONQUISTARAM [ OS NOVOS PROFESSORES NÃO QUEREM FAZER TAL CAMINHADA E NÃORESPEITA O QUE ASSIM O FIZERAM ] O GOVERNO DESTRÓI O TRABALHO DE ANOS E OFERECE COMO RECOMPENSA A HUMILHAÇÂO ,DESCASO INDIFERENÇA ETC…ETC…TENHO
    C]……..TENHO OUVIDO A OPNIAO DEADVOGADOS QUE DEFENDEM E INDICA O CAMINHO DA JUSTIÇA ARGUMENTANDO QUE O TRABALHADOR NÃO PODE SER EXPOSTO AO RIDÍCULO , SER HUMILHADO OU SER COLOCADO EM POSIÇÂO DE CONSTRANGIMENTO; FATO ESSE QUE OCORRERA POIS AO COLOCAR O PROFESSOR EM UMA ESCOLA [ COM DOZE AULAS ] NÃO PODENDO ADMINISTRAR AULA , SERA MOTIVO DE CHACOTA DOS DEMAIS, SOFRENDO TODO TIPO DE HUMILHAÇÂO TAIS COMO ; AI ESTA O INCOMPETENTE REPROVADO ,O INCAPAZ , AQUELE QUE NÃO SABE DAR AULA ETC…ETC,,,SENDO QUE NÃO É VERDADE , POIS ESSE PROFESSOR NA MAIORIA DOS CASOS É CHEFE DE FAMÍLIA , SENDO OBRIGADO A TRABALHAR POR TRÉS PERÍODO PARA TENTAR SOBREVIVER COM UM SALARIO MISERÁVEL E NÃO TENDO TEMPO PARA ESTUDAR A REFERIDA PROVA
    D]……..SEM DUVIDA ESSE ASSUNTO É POLEMICO E TODOS ESTAO A DEFENDEREM SUAS CONQUISTA ,NÃO SE IMPORTANDO COM A SITUAÇÂO UM DO OUTRO ,CAUSANDO TRISTEZA E DESANIMO A SOCIEDADE COMO UM TODO, MAS ACREDITO EM SUA SABEDORIA SRA. BEBEL PARA POR UM BASTA NESSA OPRESSÃO E JUNTAMENTE COM SEUS PARES , POR UM FIM EM TAL INJUSTIÇA……………………………………………
    QUE O GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO ILUMINE E GUARDE A SRA. ……………………………………..

    Responder
    • 165. apeoesp  |  28/01/2010 às 12:16

      Prezado professor,
      Anos de omissão do governo criaram uma situação de conflitos de interesses na nossa categoria devido ao grande número de professores temporários. A atribuição de aulas é um momento em que este conflito fica exarcebdo.
      A criação do provão acentuou ainda mais este problema e as “categorias” criadas pelo governo aprofundaram ainda mais a divisão. Isto se completa com a ‘promoção por mérito”, que afeta a todos.
      A grande questão é que o governo, desta vez, legalizou o provão. Há uma lei aprovada na ALESP. Não é mais um simples decreto. O caminho da justiça não é mais tão fácil. Nosso objetivo de impedir que a prova continuasse a ser eliminatória foi alcançado. Todos participam da atribuição, embora em listas separadas.
      A solução para a situação atual são os concursos públicos para efetivar a todos.Eles avaliam a capacidade profissional de cada um e criam condições para um melhor planejamento da educação pública e para a vida profissional dos professores. Também a formação continuada agrega mais qualidade ao processo educativo.
      O governo e a mídia querem, de fato, desqualificar os professores. Somente nossa união, e não a divisão, pode impedi-los.
      Obrigada,
      Bebel

      Responder
    • 166. Ana Maria  |  29/01/2010 às 14:57

      Nossa!!!! Porque você não vai falar com o Serra e resolve tudo então? Com tanta sabedoria e segurança você deveria ser professor da USP.

      Responder
  • 167. regis  |  29/01/2010 às 00:05

    O provão tem carater classificatório certo, dessa forma como sou categoria F tenho por direito 12 horas aula, então como era coordenador no ano passado e fui até então reconduzido para ser novamente esse ano, como fica minha situação se não conseguir aulas na atribuição, pois estou na segunda lista, continuo como coordenador ou não poderei ser? Já que no ano anerior só necessitava para ser coordenador de 10 aulas atribuidas e ter aprovação na prova de para coordenação.
    Desde já grato pela atenção!

    Responder
    • 168. apeoesp  |  29/01/2010 às 00:23

      Prezado professor,
      Fizemos consulta ao DRHU sobre situações como esta e nos foi dito que os professores F que não obtiverem aulas poderão permanecer na função de coordenadores. Vamos reconfirmar esta informação.
      Bebel

      Responder
  • 169. CLAUDIO MARQUES  |  29/01/2010 às 00:22

    BOA NOITE BEBEL …………………………………
    TENHA UMA OTIMA NOITE E UM LINDO DIA

    Responder
    • 170. apeoesp  |  29/01/2010 às 03:02

      Prezado professor,
      Obrigada. Desejo o mesmo.
      Bebel

      Responder
  • 171. marcos  |  29/01/2010 às 01:02

    professora Bebel a nota das provas já sairam pode-me dizer se sabe quando saíra a classificação dos ofas que não atingiram os requisitos

    Responder
    • 172. apeoesp  |  29/01/2010 às 03:05

      Prezado professor,
      Estamos aguardando. Devem estar finalizando.
      Bebel

      Responder
  • 173. TEREZA  |  29/01/2010 às 09:59

    O SINDICATO TEM QUE FAZER ALGUM MANIFESTO PARA REVERTER ESSA CLASSIFICAÇÃO COMO PODE PROFESSOR COM 15 20 25 ANOS FICAR SEM AULA E AINDA SER CHAMADO DE REPROVADO OU FICAR NA SEGUNDA LISTA POR FAVOR CONTE SO OS PONTOS E CLASSIFICA PARA ACABAR COM ESSA TORTURA O CONCURSO NAO ESTA chegando

    Responder
  • 174. TEREZA  |  29/01/2010 às 10:27

    PROFESSORA BEBEL EM MARÇO VAI TER POUCO PROFESSOR PARA A GREVE TEM QUE SER ANTES DA ATRIBU~IÇÃO NO PRIMEIRO DIA DE ATRIBUIÇÃO DOS OFAS . CUIDADO O SINDICATO VAI FICAR SEM ASSOCIADOS…;

    Responder
    • 175. apeoesp  |  29/01/2010 às 11:30

      Prezada professora,
      Lamento sua opinião sobre o esvaziamento do sindicato (que não ocorrerá).
      Esclareço que só é possível haver greve se os professores estiverem trabalhando.
      Espero que toda esta revolta se tranforme em energia para combater o governo, no momento da nossa greve. É disto que precisamos para vencer.
      Bebel

      Responder
  • 176. Tadeu  |  29/01/2010 às 11:46

    Estou fazendo minha inscrição para o CONCURSO DO ESTADO…
    No formulário perguntam se você já foi funcionário do Estado….O que eu respondo…sim ou não????? Sou professor “”O”” eventual desde 2008………Sou funcionário público???…….Questionam sobre funcionário público contratado…..e qual função…….posso colocar Função professor Eventual???????

    O que eu respondo?????seria melhor deixar em branco??????

    Obrigado pela atenção.

    Responder
    • 177. apeoesp  |  29/01/2010 às 17:54

      Prezado professor,
      Perguntam para saber se você já foi efetivo, mas aconselho responder que sim, para que, eventualmente, seu tempo de serviço seja levado em conta para algo.
      Também pode deixar em branco, se achar melhor.
      Bebel

      Responder
  • 178. Clair  |  29/01/2010 às 14:17

    Bebel, tem meu apoio total no caso de realização de greve, afinal quem consegue sobreviver ganhanado R$7,00 h/aula?

    Responder
  • 179. Clair  |  29/01/2010 às 14:21

    ” a Secretaria Estadual da Educação vai realizar concurso, no dia 28/3, para preencher 10 mil vagas atualmente ocupadas por temporários. Os aprovados passarão pela Escola de Formação de Professores, fazendo um curso de quatro meses. Serão contratados os que forem aprovados também nessa etapa. Com essa medida, o governo reforça a estabilidade do corpo docente com novos professores efetivos e mais bem preparados.
    Pergunta: não é mais possível prestar a prova para obter “um pontinho” como ocorria em anos anteriores?

    Responder
  • 180. MARLI  |  29/01/2010 às 15:17

    Boa Tarde….
    gostaria de saber quando sairá a lista da segunda classificação OFAS 2010 (quem não atingiu a nota do Provão).
    Aguardo retorno
    Grata

    Marli

    Responder
    • 181. apeoesp  |  29/01/2010 às 18:44

      Prezada professora,
      Temos informações de que a lista teria saído.
      Estamos verificando.
      Bebel

      Responder
  • 182. carlos  |  29/01/2010 às 18:26

    querida presidenta, a segunda lista (da da luta da apeoesp) ja iria existir sim,seria as 10 aulas e 2 htpcs podendo completar sendo eventual.mesmo assim vossa senhoria acredita que a atribuiçao possa chegar ate a segunda lista? que vitoria e essa ?a senhora e muito educada respondendo os colegas em suas duvidas ….mais cade os resultados……e os recursos da apeoesp?
    queridos colegas e triste trabalhar uma vida inteira na educacao e sem avisar,mudam o jogo ,te chamam de professor burro (pois nao passou na provinha) te colocam na segunda lista ( onde nao tera mais aulas para te atribuirem) e ter que escutar o simdicato dizer que isto e uma vitoria de luta….da classe…….que vergonha….lamento muito meus colegas…pelos anos dedicados e futuro tirado.

    Responder
    • 183. apeoesp  |  29/01/2010 às 20:55

      Prezado professor,
      Procuro mesmo ser educada em minhas respostas, pois esta é minha obrigação ao me relacionar com os professores.
      Entretanto, professor, os resultados da luta da APEOESP aparecem, sim, embora você não os reconheça.
      Há, sim uma segunda lista, professor, mas ela antes não existiria. Não adianta trabalharmos com hipóteses. Há várias, mas a realidade é que o provão existe, apesar da nossa luta e do nosso esforço que, espero, tenha sido seu também.
      Estivemos em luta contra este provão desde o primeiro instante. Passamos tardes, noites, madrugadas na Assembleia Legislativa tentando evitar que a lei fosse aprovada. Espero que o senhor tenha estado lá conosco.
      A solução não está em desmerecer o trabalho do sindicato, mas em trabalharmos mais ainda, mais unidos ainda, para mudar definitivamente a política educacional no estado de São Paulo.
      Bebel

      Responder
  • 184. marTA  |  29/01/2010 às 19:18

    BOA TARDE BEBEL!!!!!!
    SOU PROFESSORA CATEGORIA F PASSEI NESSE ULTIMO PROCESSO SELETIVO . GOSTARIA Q VC ME ORIENTASSE A RESPEITO DA DESIGNAÇAÕ DO PROFESSOR COORDENADOR….
    BOM O ANO PASSADO ESTAVA COM UMA CLASSE PELO ARTIGO 22 E ESTAVA DESGNADA COMO COORENADORA, FUI RECONDUZIDA MAS NO FINAL DO ANO PERDI A DESEGNAÇAÕ DEVIDO PERDER A SALA PELO ARTIGO 22. MAS NO DECORRER DO ANO PASSADO APROVEITEI FIZ ALGUNS CONCURSOSS DE PROFESSOR COOORDEADOR FEITO POR OUTRA DIRETORIAS, TENHO 1 APROVADO. GOSTARIA DE SABER SE EU POSSO USAR ESSA ULTIMA APROVAÇÃO PARA DESGNAÇAÕ DE COOORENADOR ESSE ANO? BEBEL AGURDO SUA RESPOSTA MUITO ANCIOSA…..

    Responder
    • 185. apeoesp  |  29/01/2010 às 21:28

      Prezada professora,
      Solicitei esclarecimentos à assessoria jurídica para lhe dar uma resposta correta.
      Bebel

      Responder
  • 186. Roseli  |  29/01/2010 às 20:21

    Diante de tantas incertezas com relação à atribuição, surgiu-me uma dúvida: fiquei afastada do estado três meses (outubro, novembro e dezembro/2008) e retornei em fevereiro de 2009, mesmo assim sou agora da categoria L, após vinte anos de estado?

    Obrigada.

    Responder
    • 187. apeoesp  |  29/01/2010 às 21:16

      Prezada professora,
      Infelizmente, este governo não considera as pessoas por trás das siglas que ele cria para nos dividir.
      Vamos realizar um grande movimento e uma forte greve para mudarmos o rumo da educação no nosso estado.
      Bebel

      Responder
  • 188. Maria José  |  29/01/2010 às 21:21

    A 2ª lista não saiu, a única alteração foi dos Titulares de Cargo em relação ao”22″. Acredito que a 2ª lista só será publicada após o julgamento dos recursos dos colegas que não fizeram a provinha. Conclusão só deverá sair na próxima semana.
    Que férias não é?
    Bebel, você concorda comigo?
    Pela lógica, se irão lançar duas listas eles terão que aguardar o recurso.
    Até mais,

    Responder
    • 189. apeoesp  |  29/01/2010 às 21:25

      Prezada professora,
      O que você diz faz sentido. Continuemos aguardando.
      Bebel

      Responder
  • 190. Maria José  |  30/01/2010 às 01:02

    a segunda lista sai dia 4…

    e) 04/02/2010 – divulgação da classificação dos docentes e candidatos à contratação de conformidade com o disposto no artigo 5º da Resolução SE – 8, de 22-01-2010;

    Responder
  • 191. CLAUDIO MARQUES  |  30/01/2010 às 03:07

    Quando nada parece ajudar, eu vou e olho o cortador de pedras martelando sua rocha talvez cem vezes sem que nem uma só rachadura apareça. No entanto, na centésima primeira martelada, a pedra se abre em duas e eu sei que não foi aquela a que conseguiu, mas todas as que vieram antes. Jacob Riis
    TENHA SUCESSO E UM OTIMO FIM DE SEMANA BEBEL
    MUITA PAZ ……………………………………………

    Responder
    • 192. apeoesp  |  30/01/2010 às 14:45

      Obrigada. Para você também.
      Bebel

      Responder
  • 193. Gustavo  |  30/01/2010 às 03:20

    Sra. Isabel você sabe como ajudar seus associados a entrar com recursos nas Diretorias Regionais. Tentei enviar mensagens para você mas você bloqueou a mensagem. de que lado você esta? na medida que o governo tornou a prova classificatória e em duas listas , na lei neste caso abre a brecha e da para entrar com recursos. É só a apeoesp enviar o modelo para seus associados. Se você não tomar essa providencia vou dar meu email para seus associados. Gosta
    ria que fizesse comentário.

    Atenciosamente

    ria que fizesse comentário.

    Responder
    • 194. apeoesp  |  30/01/2010 às 14:53

      Prezado professor,
      Só poss publicar formulários oficiais da nossa entidade.
      Há possibilidade de recursos para professores que realizaram a prova e não concordam com a nota, devendo demonstrar os indícios de erro.
      Há possibilidade ainda de recursos para justificar ausência ou não comparecimento à prova.
      O tipo de requerimento que você deseja que eu publique não terá qualquer efeito, pois é um requerimento que equivale à anulação da prova, o que está na esfera judicial.
      Por outro lado, o que ficou estabelecido é que a primeira lista contém os nomes dos professores que obtiveram a pontuação estabelecida pela SEE. Se você obteve a pontuação e não está na lista, deve recorrer demonstrando isto; se não obteve a pontuação, deverá figurar na segunda lista, a ser publicada em 04/02.
      Bebel

      Responder
  • 195. Celina  |  30/01/2010 às 12:50

    Alunos que estão no último semestre ou tecnólogos estão na primeira lista, assim como professores não habilitados em outras situações. Como pode isso? A Apeoesp já tomou alguma providência?
    Agradeço a atenção e aguardo uma resposta.

    Responder
    • 196. apeoesp  |  30/01/2010 às 14:43

      Prezada professora,
      A regra da atribuição, considerando que a prova não foi anulada, ainda, pode ocasionar estas situações.
      Qualquer professor que se sentir prejudicado deve procurar o departamento jurídico para eventual ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 197. ANA MARIA DOS SANTOS BUENO SANTOS  |  14/02/2010 às 15:18

    BOM DIA!!!!!
    SOU DA CATEGORIA F ESTOU NO ESTADO DESDE 1988 COMO PEBII, POREM HA DOIS ANOS DESIGNADA NA COORDENAÇÃO. FIZ A PROVA E ACERTEI 29 QUESTOES QDO FUI ESCOLHER AULAS NA SEXTA FEIRA DIA 12/02 APESAR DE TER 75,641 PONTOS SENDO UMA DAS PRIMEIRAS NAO TINHA MAIS AULA DE HISTORIA E GEOGRAFIA. ME OBRIGARAM A PEGAR 3 AULAS DE ENSINO RELIGIOSO E ISSO EM DUAS ESCOLAS. COMO FIZ DUAS PROVAS DE COORDENADORA E PASSEI EM AMBAS GOSTARIA DE SABER COMO FICA MINHA SITUAÇÃO. O DIRETOR JA FEZ MINHA RECONDUÇÃO E IRIA FICAR LA ESTE ANO NOVAMENTE. AS PROVAS QUE FIZ PRA ASSUMIR A COORDENAÇÃO SIMPLISMENTE NAO VALEM MAIS NADA??????? POR FAVOR ME ORIENTE. SEGUNDO O SUPERVISOR QUE ME ATRIBUI AULAS ME DISSE QUE SAIRA UMA NOVA RESOLUÇÃO SOBRE OS COORDENADORES QUE NAO PASSARAM NA PROVA POREM SAO F. VC SABE ALGO A RESPEITO?????????? MUITO OBRIGADA. E PARABENS PELO SEU EXCELENTE TRABALHO. BEIJOS

    Responder
    • 198. apeoesp  |  14/02/2010 às 21:42

      Prezada professora,
      Obrigada por suas palavras.
      Quanto ao seu caso, nosso entendimento é que deverá permanecer na coordenação, pois o provão foi realizado para a atribuição de aulas.
      Procure o departamento jurídico para orientação mais precisa.
      Bebel

      Responder
  • 199. teresinha kroeff daglhai  |  14/02/2010 às 18:58

    bebel fiz 35 pontos na prova e tenho 2074 dias na ue eu estava na primeira lista dia 26/01/2010 me tiraram e me colocaram na segunda pedi informação para o dhru e eles me mandaram 3 resoluções,com a calculadora da apeoesp eu estou na primeira lista,fiquei chateada de estar na segunda,tudo bem sou readaptada mas se tenho direito de star na primeira porque não

    Responder
    • 200. apeoesp  |  14/02/2010 às 21:25

      Prezada professora,
      Entre em contato com o departamento jurídico. À primeira vista, você deveria estar na primeira lista.
      Bebel

      Responder
  • 201. miriam  |  15/02/2010 às 01:39

    OS PROFESSORES NÃO SÃO VALORIZADOS SOCIALMENTE COMO MERECEM, NÃO ESTÃO NOS NOTICIÁRIOS DA TV, VIVEM NO ANONIMATO DA SALA DE AULA, MAS SÃO OS ÚNICOS QUE TEM O PODER DE CAUSAR UMA REVOLUÇÃO SOCIAL.COM UMA DAS MÃOS ELES ESCREVEM NA LOUSA, COM A OUTRA, MOVEM O MUNDO, POIS TRABALHAM COM A MAIOR RIQUEZA DA SOCIEDADE: A JUVENTUDE.CADA ALUNO É UM DIAMANTE QUE, BEM LAPIDADO, BRILHARÁ PARA SEMPRE.
    PROFESSORES HOJE ESTOU MUITO TRISTE COM A NOSSA CATEGORIA , POIS FOMOS JOGADOS NO LIXO COMO UM PAPEL USADO, DEPOIS DE ANOS SE DEDICANDO A NOSSA EDUCAÇÃO, VI AMIGOS DE 10,15,20,25 ANOS DE SALA DE AULA SEM AULAS. ESSA CLASSIFICAÇÃO FOI DESONESTA, POIS NÃO LEVOU EM CONTA O NOSSO TEMPO. VOCÊS QUE PASSARAM NA NOSSA FRENTE UM DIA VÃO SER JOGADOS NO LIXO COMO NÓS E AÍ VAI DOER, ESSE GOVERNO ESTÁ MASSACRANDO NÓS EDUCADORES E TODOS TEMOS QUE NOS UNIR E FAZER VALER DOS NOSSOS DIREITOS, LEEM O TEXTO ACIMA OLHA O NOSSO PODER É SÓ USAR.
    NÃO SOU CONTRA A PROVA MAIS QUE CLASSIFICASSE TODOS COM OS ACERTOS DA PROVA E O TEMPO DE SERVIÇO E NÃO COMO FOI FEITO E QUE A PROVA TERIA QUE SERVIR COMO UM TERMOMETRO PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO E NÃO EXCLUIR, FALAM DE EXCLUSÃO E O QUE FIZERAM COM NÓS PROFESSORES EXCLUSÃO.

    UM ABRAÇO E DIVIDO COM TODOS ESSA EXCLUSÃO,POIS ME SINTO UM LIXO

    Responder
  • 202. gerson Oli  |  15/02/2010 às 18:42

    A luta da “prova” deverá ser encarada como um guerra, após a liminar o governo está se achando vencedor. A grande batalha é conseguir um meio de eliminar a prova para o proximo ano. A APEOESP na minha opinião deve solicitar uma palestra com cada candidato e conseguir dele um compromisso de fim da provinha.
    Tmos que trabalhar bem anes do fim ano.

    Vai ser um jogo de estrategia.

    Bom trabalho..

    Responder
  • 203. Shirley Cristina  |  15/02/2010 às 19:08

    Apeoesp possui cursos para preparar o professor para o concurso ? Na região de Campinas ?

    Responder
    • 204. apeoesp  |  16/02/2010 às 11:07

      Prezada professora,
      Estamos distribuindo revista preparatória. Sobre os cursos e a revista, procure a subsede.
      Bebel

      Responder
  • 205. teresinha kroeff daglhai  |  15/02/2010 às 21:33

    teresinha -fiz a prova de merito fiz 29 acertos sei que é dificil eles darem aumento de salario como esta a ação no supremo quanto a questao da incostitucionalidade refente a vinculo de aumento com prova,como esta a ação me pode informar

    Responder
    • 206. apeoesp  |  16/02/2010 às 11:24

      prezada professora,
      A ação está em curso.
      Bebel

      Responder
  • 207. israel rodrigues de souza  |  15/02/2010 às 21:33

    Dou meus parabéns sobre o seu ponto de vista. Mas, não queria ficar só nisso, pois durante as atribuições de aulas presenciei um absurdo por parte de um integrante do SINDICATO – um senhor conhecido como Toledo, muito conhecido em Limeira, após ser interpelado por uma professora sobre a situação dos OFAS categoria F que não passaram na prova, esse senhor disse a professora voces são um bando de burros, não passaram na prova e depois vem encher nossa paciencia. Pergunto: que sindicalista é esse? Desequilibrado e só pelo fato de ser afetivo trata os professores desta maneira. Esse é mais um dos motivos que faz muitos professores se desfiliares. Uma pessoa dessa não pode integrar o quadro deste sindicato. O fato foi presenciado por vários professores que sairam do local indignados.

    Prof. ISRAEL

    Responder
    • 208. apeoesp  |  16/02/2010 às 11:25

      Prezado professor,
      Vamos averiguar o fato. É inaceitável.
      Bebel

      Responder
  • 209. SILVIA SARDINHA  |  17/02/2010 às 01:42

    PREZADA BEBEL, QUAL SUA OPINIÃO PARA O PROXIMO ANO ? VAMOS DERUBAR A PROVINHA OU NÃO ? FALE DE CORAÇÃO.

    Responder
    • 210. apeoesp  |  17/02/2010 às 10:37

      Prezada professora,
      Aprova está prevista em lei, não é fácil derrubá-la, mas nossa união e mobilização podem ser capazes de grandes conquistas. No dia 5 de março, queremos realizar uma grande assembleia e deflagar um movimento forte, que leve o governo a negociar conosco o atendimento de nossas reivindicações. Não há fórmula pronta. Nossa luta é que produz resultados.
      Bebel

      Responder
  • 211. Silvia Regina  |  17/02/2010 às 01:48

    Prezada Bebel, tenho 21 anos e talvez como disse o membro da apeoesp citado num comentário acima devo ser burra, mas tudo bem. Passado o terror não estou me preocupando muito com o concurso, pois se passar acho que não vão chamar todos, pois vai mudar de governo.

    Mas se a “provinha” não cair como ficaremos, tem como a apeoesp criar um preparatorio para os dinosauros, conseguirem passar na provinha e dormir melhor.
    Essa é a unica ajuda que solicito.
    Aproveito para parabeniza-la pela luta, foi bonito de ver.

    Responder
    • 212. apeoesp  |  17/02/2010 às 10:34

      Prezada professora,
      Obrigada pelo apoio.
      Certamente vamos organizar materiais e cursos para auxiliaros professores, enquanto durar esta prova. na de dezembo, não houe tempo hábil.
      Vamos prosseguir lutando para que a situação melhore para todos nós.
      Bebel

      Responder
  • 213. ana  |  17/02/2010 às 10:56

    A Apeoesp, ao invés de ficar nessa batalha onde se a categoria F não for prejudicada a L e a O será, ou vice versa, poderia lutar para que o proximo ano as coisas mudem, agora fica essa situação incomoda, pois quem trablha a mais tempo se acha por direito das aulas, quem é novo tbem quer suas aulas, afinal estudou para isso e merece seu lugar ao sol e o que acontece é uma classe em guerra , onde nem parece que todos são professores, para os F reprovados apesar de pouco mas vão ganhar.Agora lutar para habilitados pegar aula na frente de alunos , ai sim, pq é justo , agora do resto já virou palhaçada, lute para o ano que vem, ai sim vcs verão resultados…
    bj

    Responder
    • 214. apeoesp  |  17/02/2010 às 16:29

      Prezada professora,
      Estamos lutando para alterar as coisas ainda neste ano, mas, evidentemente, a luta não para. Dia 5 de março tem assembleia na Praça da República, às 15 horas. Vamos conversas com nossos alunos e seus pais. Vamos fechar as escolas e realizar uma grande assembleia para dar um basta a tantos desmandos deste governo.
      Bebel

      Responder
  • 215. Eduardo Antonio Gonçalves  |  17/02/2010 às 13:16

    Prezada presidente
    Sei que a luta é justa,mas seria muito mais justo a APEOESPter feito a lição de casa e ter orientado aos professores que estudassem para a prova. Ou melhor ainda ter preparado um material como as antigs revistas para os concursos que tinhamos anteriormente, enm isso temos mais para o concurso atual.
    Incentivem aos professores que eles precis~~ao saber o que diz a lei, e não ficar olhando para o alto vendo as nuvens passarem. Nós professores temos que estar sempre estudando, e não ficar parado no tempo. Tem um monte de professor que com a aprovação da 1010, achou que estava garantido no funcionalismo público, que pena não é bem isso que diz a lei. Em nenhum momento verifiquei membros da diretoria indo nas escolas para orientar esses professores, a diretoria da APEOESP é omissa, guanto aos seus deveres.
    Infelismente o professorado paulista tem menos conhecikento das leis que regem o seu trabalho, deveres e direito do que qualquer cobrador de ônibus, a diferença é que o sindicato dos motorista e cobradores de ônibus são atuante, e não só quando há interesse político excluso por trás das paralizações e tentativa de greve.
    Saiam da cadeira da sede central e comessem a comparecer nas escolas e vocês veram que possui professores que não sabe nem o por que esta dando aula, ou pior ainda não sabe nem o que estão ensinando.
    A APEOESP tem que deixar de discutir política partidária nas assembleias e discutir política educacional, que é bem diferente do que vem acontecendo.

    Responder
    • 216. apeoesp  |  17/02/2010 às 16:23

      Prezado senhor,
      Me desculpe, mas acho que o senhor fala do que não conhece. Nas assembleias da APEOESP os professores não discutem política partidária; discutem seus direitos e reivindicações e forma de assegurá-los, discutem a qualidade da escola pública e como melhorá-la. Mas há um governo, composto por determinado partido e que nos tem atacado de todas as formas possíveis. Não estamos discutindo política partidária e sim os assuntos pertinentes à nossa categoria.
      Na verdade, seu discurso contra greves e movimentos reivindicatórios é que está me parecendo muito próximo de um determinado partido…
      Quanto à preparação para a prova, como já expus exaustivamente aqui mesmo neste blog, não houve tempo hábil, já que o governo anunciou uma blbliografia muito extensa por volta do dia 10 de novembro, para uma prova que se realizou no dia 13 de dezembro. Aliás, uma das razões para que muitos professores, envolvidos com o fechamento do ano e reposição de aulas, não tivessem obtido o êxito desejado.
      Bebel

      Responder
  • 217. PROFESSOR-JOAO CARLOS DIAS  |  18/02/2010 às 20:26

    prezada presidente bebel

    Professora Bebel.
    Minha dúvida é a seguinte, farei o Concurso de Professor do Estado de Sp, para o Cargo de Educação Física.
    Sou categoria I, tenho 39 pontos, no chamado PROVÃO DOS ACTS, realizado em 13 de dezembro de 2009.
    Caso eu seja aprovado no Concurso do Estado, com 50% de acertos, muda algo na minha vida, pelo menos eu tenho condições de entrar na CATEGORIA F?
    Abraços.
    Obrigado por me ajudar BEBEL.
    Admiro o teu trabalho nesta Luta Árdua.
    Abraços e Beijos.
    Joao Carlos Dias de Souza
    PROFESSOR EDUCAÇÃO FÍSICA
    Sorocaba- SP

    Responder
    • 218. apeoesp  |  19/02/2010 às 02:41

      Prezado professor,
      Obrigada pelo apoio.
      O concurso não mudará sua categoria para F, enquanto permanecer temporário. Procure o departamento jurídico para verificar se é possível ingressar com ação para esta mudança. Entretanto, o melhor, mesmo, é que seja aprovado e se torne um professor efetivo. Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 219. PROFESSOR-JOAO CARLOS DIAS  |  18/02/2010 às 20:32

    Prezada Professora BEBEL.
    Aqui é o Professor João Carlos Dias de Souza, quando eu for a São Paulo-Capital eu quero te procurar na APEOESP e te dar um abraço, mostrando minha admiração pelo teu trabalho.
    Que é força de luta, que é força que o nosso Sindicato nos representa a toda categoria.
    Eu sempre que posso participo das Assembléias quando o Sindicato convoca a categoria.
    Bom, tenho outra dúvida.
    Eu abri minha primeira portaria em AGOSTO de 2007, sendo que a LEI da ESTABILIDADE DOS OFAS, entrou em rigor em JULHO de 2007.
    Será que eu posso entrar com RECURSO para eu ser beneficiado pela LEI da ESTABILIDADE?
    Abraços por me ajudar.
    Força nesta luta, acredito no teu trabalho.
    bjos. JOAO CARLOS – SOROCABA- SP

    Responder
  • 220. PROFESSOR-JOAO CARLOS DIAS  |  18/02/2010 às 20:35

    prezada professora BEBEL.

    A LEI DA ESTABILIDADE foi criada em julho de 2007.
    Eu abri minha primeira portaria em AGOSTO de 2007, será que eu posso entrar com RECURSO para eles verem meu caso?
    Por favor desde já peço muito esta informação.
    Obrigado desde já.
    JOAO CARLOS DIAS DE SOUZA
    Professor Educação Física – Sorocaba

    Responder
    • 221. apeoesp  |  19/02/2010 às 02:43

      Prezado professor,
      Por favor, procure o departamento jurídico para verificar se há esta possibilidade.
      Bebel

      Responder
  • 222. eliane canise  |  19/02/2010 às 12:44

    interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria .

    É SÓ ISSO QUE A SENHORA FALA .SÓ NÃO VENHA DEPOIS FINGIR QUE ESTÁ PREOCUPADA COM A EDUCAÇÃO .. A MÁSCARA CAIU …
    .
    interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria .

    Responder
    • 223. apeoesp  |  19/02/2010 às 14:02

      Prezada senhora,
      Lamentável seu método. Como pode extrair uma frase de todo um contexto e tentar me desqualificar? Não leia apenas o que lhe interessa; leia tudo o que é escrito. Por outro lado, interesses da categoria, no caso de educadores, são também interesses da educação, ou a senhora considera – como o governo Serra – que professor, na escola, é apenas um detalhe? Escola não é prédio, carteira, lousa (embora tudo isto falte também). Escola são sobretudo as pessoas que nela estudam e trabalham, e suas necessidades têm que ser atendidas, sim.
      Bebel

      Responder
  • 224. marcia  |  19/02/2010 às 21:43

    Prezada BEBEL
    Me ajude por favor sou categoria L e nao pude realizar a prova
    por motivo de doença, protocolei na DE da minha cidade e justifiqueia ausencia
    mas fui informada pela dirigente responsável que nao valia paraos L só para os F a justificativa ; e me disse ainda que ese ano eu naõ poderi dar aula e nem substituir
    por favor me de uma resposta
    Grata até
    marcia

    Responder
    • 225. apeoesp  |  21/02/2010 às 12:05

      Prezada professora,
      Por favor, procure o departamento jurídico. Há uma brecha para ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 226. eliane canise  |  19/02/2010 às 23:02

    Inclusive os estudantes e bacharéis ,srta Bebel , que você e seu sindicato estão fazendo de tudo para prejudicá-los ?

    Professor não é mero detalhe mesmo ,tanto que precisam ter competência … e não apenas uma carteirinha de sindicato

    A senhora não tem idéia de quanto essa perseguição contra estudantes ,bacheréis e afins está prejudicando a imagem da Apeoesp.

    Por mais disfarçado que seja , o discurso no fundo é :

    “interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria interesses da categoria ” .

    REPITO, A MÁSCARA CAIU .E NÃO ADIANTA CULPAR O GOVERNO SERRA .TODO MUNDO SABE QUE ELE É UM ESCROTO ,MAS UMA COISA É UMA COISA ,OUTRA COISA É OUTRA COISA .

    PS 1 : ja sou licenciada .Mas tenho vergonha na cara para garantir meu emprego por mérito ,não por liminar .

    PS 2 : Já admirei a senhora um dia, mas hoje em dia ….

    Grata

    Eliane C.

    Responder
    • 227. apeoesp  |  20/02/2010 às 20:50

      Prezada professora,
      A luta para que seja respeitada a habilitação dos professores não tem nada a ver com perseguir ninguém. Trata-se de uma luta árdua dos educadores, consignada na LDB, e que não pode ser jogada no lixo pelo governo Serra nem por ninguém.
      A senhora, como licenciada, como educadora, deveria defender a qualidade do ensino e não aceitar que uma prova qualifique alguém para ministrar aulas em detrimento daqueles que buscaram a formação específica para isto.
      Bebel

      Responder
  • 228. Marcia de Laossa Oliveira Faustino  |  20/02/2010 às 11:09

    Gostaria de saber o seguinte: Fui reprovada na prova do ofa, mas acertei mais de 50% na prova de promoção. Vou ter que fazer a prova do ofa no final do ano?

    Responder
    • 229. apeoesp  |  20/02/2010 às 20:46

      Prezada professora,
      Não. Segundo a resolução 8/2010, a nota da promoção supre a nota do provão.
      Bebel

      Responder
  • 230. dalva  |  21/02/2010 às 11:53

    Bom dia Bebel, é verdade quem passou não precisa fazer a prova de novo? Pois eu sou categoria F e fiz 34 na prova, somados os meu tempo de serviço obtive a pontuação desejada, então não farei mais a prova nos próximos anos? Aguardo respostas.Abços e parabéns pelas conquistas,pois sempre confiei no sindicato.

    Responder
    • 231. apeoesp  |  21/02/2010 às 18:28

      Prezada professora,
      Todos os professores que atingiram a pontuação mínima ficam dispensados de fazer a prova novamente.
      Bebel

      Responder
  • 232. dalva  |  21/02/2010 às 12:01

    Bebel, quero saber se não farei mais essa provinha,pois fiz 34 e juntando o meu tempo de serviço obtive a pontuaçao desejada, é fato? Não presisarei fazer mais a prova? Aguardo respostas. Abraços.

    Responder
    • 233. apeoesp  |  21/02/2010 às 18:27

      Prezada professora,
      Todos os professores que atingiram a pontuação mínima estão dispensados de fazer a prova novamente.
      Bebel

      Responder
  • 234. wilson  |  22/02/2011 às 01:06

    Olá a todos, minha dúvida é a seguinte: Não fiz a prova, por ter chegado atrasado, só que eu fui aprovado no concurso de 2010. No artigo 6º da resolução dá a entender que eu posso participar das atribuições.Será que entendi direito ou não? Alguém poderia me ajudar? Minha categoria é: “L”. Obrigado.

    Responder
    • 235. apeoesp  |  24/02/2011 às 01:31

      Prezado professor Wilson,
      Não podem participar da atribuição professores que não participaram da prova, a não ser que seja aberta nova exceção, como em 2010. Entretanto, recomendo que compareça à atribuição, quando houver, pois com a escassez de professores em determinadas disciplinas (não sei se é o caso da sua), você eventualmente pode conseguir aulas.
      Bebel

      Responder
  • 236. EDUARDO MOURA DA SILVA  |  12/01/2012 às 13:54

    Olá Bebel, tenho uma dúvida, sou F mais me encontro afastado desde do dia 14/12/2011 até o dia 14/02/2012, poderei participar normalmente da atribuição de aula no dia 27/01/12

    Responder
    • 237. apeoesp  |  12/01/2012 às 21:48

      Prezado professor Eduardo,
      Os professores afastados não participam da atribuição inicial.
      Bebel

      Responder
  • 238. EDUARDO MOURA DA SILVA  |  13/01/2012 às 16:40

    Olá Bebel obrigado pela resposta, mais tenho outra estou no programa Escola da Família,como fica a minha situação não quero voltar para o Programa estou afastado, a escola pode me tirar do Programa Escola da Família.

    Responder
    • 239. apeoesp  |  14/01/2012 às 22:06

      Prezado professor Eduardo,
      Você não pode participar da atribuição inicial e poderá, sim, não ser reconduzido ao programa.
      Bebel

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 2,991,033 hits

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 401 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: