Secretaria altera resolução sobre Professor Mediador

24/01/2011 at 14:07 230 comentários

Diário Oficial do Estado – 21 de janeiro de 2011

Resolução SE-1, de 20-1-2011

Dispõe sobre o exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário do Sistema de Proteção Escolar e dá providências correlatas

O Secretário da Educação, à vista do disposto na Resolução SE nº 19, de 12 de fevereiro de 2010, que institui o Sistema de Proteção Escolar na rede estadual de ensino de São Paulo e dá providências correlatas, e considerando: a necessidade de dar prosseguimento à implementação gradativa desse sistema, tendo em vista a eficácia e a eficiência de suas ações em escolas da rede pública estadual; a importância da função do Professor Mediador Escolar e Comunitário para o aprimoramento do sistema, resolve:

Art. 1º – O artigo 7º da Resolução SE nº 19, de 12 de fevereiro de 2010, passa a ter a seguinte redação:

“Art. 7º – Na implementação das ações específicas do Sistema de Proteção Escolar, a escola poderá contar com até 2(dois) docentes para atuarem como Professor Mediador Escolar e Comunitário, cujas atribuições consistem, precipuamente, em:

I – adotar práticas de mediação de conflitos no ambiente escolar e apoiar o desenvolvimento de ações e programas de Justiça Restaurativa;

II – orientar os pais dos alunos, ou responsáveis, sobre o papel da família no processo educativo;

III – analisar os fatores de vulnerabilidade e de risco a que possam estar expostos os alunos;

IV – orientar a família, ou responsáveis, quanto à procura de serviços de proteção social;

V – identificar e sugerir atividades pedagógicas complementares, a serem realizadas pelos alunos fora do período letivo;

VI – orientar e apoiar os alunos na prática de seus estudos.” (NR)

Art. 2º – Para o desempenho das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário serão atribuídas 30 (trinta) horas semanais, sendo 25 (vinte e cinco) horas em atividades com alunos e 5 (cinco) horas de trabalho pedagógico, das quais 2 (duas) horas exercidas na escola, em atividades coletivas, e 3 (três) horas em local de livre escolha do docente, mantida, para o readaptado, a carga horária que já possui.

§ 1º – Cabera ao Diretor de Escola distribuir a carga hora?ria do docente de acordo com o horário de funcionamento da unidade escolar, em 5 (cinco) dias úteis da semana, e obedecendo ao limite ma?ximo de 8 (oito) horas dia?rias de trabalho, incluídas as Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo.

§ 2º – A distribuição da carga horária de trabalho deverá prever a disponibilização de até 4 (quatro) horas quinzenais ou 8 (oito) horas mensais a serem cumpridas em reuniões de planejamento e avaliação, agendadas pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar.

Art. 3º – Os professores que desempenharão as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário serão selecionados pelos responsáveis pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar, juntamente com a Comissão de Atribuição de Classes e Aulas da Diretoria de Ensino, ouvida a equipe gestora da escola e observada, para a seleção, a seguinte ordem de prioridade:

I – titular de cargo docente da disciplina de Psicologia, que se encontre na condição de adido, classificado na própria escola, sem descaracterizar essa condição;

II – titular de cargo docente da disciplina de Psicologia, que se encontre na condição de adido, classificado em outra unidade escolar da mesma Diretoria de Ensino, sem descaracterizar essa condição;

III – titular de cargo docente de qualquer disciplina, que se encontre na condição de adido, classificado na própria escola, sem descaracterizar essa condição;

IV – titular de cargo docente de qualquer disciplina, que se encontre na condição de adido, classificado em outra unidade escolar da mesma Diretoria de Ensino, sem descaracterizar essa condição;

V – docente readaptado, da própria escola, com perfil adequado à natureza das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, portador de histórico de bom relacionamento com alunos e com a comunidade, e desde que respeitado o rol de atribuições estabelecido pela Comissão de Assuntos de Assistência à Saúde – CAAS; VI – docente ocupante de função-atividade abrangido pelo disposto no § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº 1.010, de 1º de junho de 2007, e que se encontre na situação prevista no inciso II do artigo 1º das Disposições Transitórias da Lei Complementar 1.093, de 16.7.2009:

a) da própria escola;

b) de outra unidade escolar, da mesma Diretoria de Ensino;

VII – docente ocupante de função-atividade, abrangido pelo disposto no § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº 1.010, de 1º de junho de 2007, e que se encontre na situação prevista no inciso V do artigo 1º das Disposições Transitórias da Lei Complementar nº 1.093, de 16.7.2009:

a) da própria escola;

b) de outra unidade escolar, da mesma Diretoria de Ensino.

§ 1º – Os docentes a que se referem os incisos VI e VII deste artigo somente poderão desempenhar as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário quando, ao final do processo regular de atribuição de classes e aulas, de que trata a Resolução SE nº 77, de 17 de dezembro de 2010, se encontrarem sem classes ou aulas atribuídas ou com carga horária compatível com a prevista no art. 2º desta resolução.

§ 2º – Os órgãos centrais da Pasta divulgarão oportunamente instruções relativas aos procedimentos a serem adotados pelas Diretorias de Ensino no processo de seleção dos docentes candidatos ao exercício da função de Professor Mediador Escolar e Comunitário e das escolas que serão contempladas.

Art. 4º – O exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário deverá ser revisto pelo Diretor da Escola sempre que a unidade escolar apresentar aulas disponíveis de qualquer das disciplinas da matriz curricular da unidade e o docente apresentar a habilitação/qualificação necessária à ministração dessas aulas.

Art. 5º – Excepcionalmente poderão ser reconduzidos para o exercício de 2011, em continuidade, os docentes que já se encontrem no exercício das atribuições, após avaliação de seu desempenho, que seja considerado satisfatório, observada a jornada de trabalho prevista no art. 2º desta resolução e a legislação vigente sobre contratação por tempo determinado, de que trata o artigo 115 da Constituição Estadual.

§ 1º – A avaliação de desempenho de que trata o caput deste artigo será realizada por Comissão composta pela Direção da unidade escolar, pelo Supervisor de Ensino da escola e pelo Supervisor de Ensino responsável pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar.

§ 2º – Caso a Comissão não recomende a recondução do docente, em decorrência de incompatibilidade com o plano de trabalho elaborado pela escola, o Supervisor de Ensino responsável pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar poderá, se for o caso, propor a recondução do Professor Mediador Escolar e Comunitário em outra unidade escolar da mesma Diretoria de Ensino, ouvida a equipe gestora da escola de destino.

§ 3º – A recondução dos docentes que já se encontram no exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário ocorrerá previamente à seleção de novos docentes de que trata o art. 3º desta resolução.

Art. 6º – Os docentes selecionados para o exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário serão capacitados e observarão, no desenvolvimento dessas atribuições, metodologia de trabalho a ser definida por esta Pasta, estando previstas as seguintes atividades de supervisão e formação em serviço:

I – apresentação de relatórios sobre as atividades desenvolvidas, para análise e discussão pela equipe gestora da escola e pelos responsáveis pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar;

II – participação em cursos e Orientações Técnicas centralizadas e descentralizadas.

Parágrafo único – A frequência e o desempenho nos cursos e orientações técnicas centralizadas e descentralizadas, oferecidas para a capacitação dos docentes selecionados para o exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, constituem elementos condicionantes para a recondução prevista no caput do art. 5º desta resolução.

Art. 7º – O Professor Mediador Escolar e Comunitário que, no desempenho das suas atribuições, deixar de observar a metodologia do projeto ou o plano de trabalho proposto pela escola, perderá, a qualquer momento, por decisão fundamentada do Diretor de Escola, ouvido o Supervisor de Ensino responsável pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar, a carga horária relativa ao projeto, assegurados, previamente, a ampla defesa e o contraditório.

Art. 8º – Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário e, em especial, o inciso II do art. 1º da Resolução SE nº 29, de 19.3.2010.

About these ads

Entry filed under: Artigos. Tags: .

S.E.E. vem cumprindo liminar e nomeação está suspensa APEOESP entra na Justiça para garantir atribuição nas DREs

230 Comentários Add your own

  • 1. Elvis  |  24/01/2011 às 23:01

    Achei perfeito o secretário autorizar a reconduçao do professor mediador para 2011.
    Nao teria lógica passarmos participarmos das inscriçoes novamente,memso pq ja tivemos cursos de capacitaçoes durante o ano de 2010.

    Resposta
  • 2. Renato  |  25/01/2011 às 00:27

    Melhor que nada; mas, na prática, seguramente, sequer atenuará os problemas críticos de indisciplina e violência crônicos em quase totas as escolas públicas do estado. O problema é ESTRUTURAL. Isso é óbvio. Realidade se combate com realismo, e isso nunca é mostrado para a opinião pública, a grande mídia. Aí fica muito difícil mesmo. Essa é a encrenca, até agora jogada debaixo do tapete :

    Resposta
  • 3. Josiane  |  25/01/2011 às 01:58

    Olá
    Gostaria que houvessem reivindicações quanto à classe de professores que fazem parte do “artigo 22″, com todo o respeito as demais categorias, mas a nossa é a mais excluída… vejam não podemos participar de nada, não podemos substituir outros professores quando faltam, não podemos participar dos projetos da pasta (Escola da Família, Fundação Casa, Supletivos…), não podemos ter “Carga Suplementar”, e muito menos participar da atribuição para “Professor Mediador”! Sou efetiva como PEB I, formada em Serviço Social e Filosofia (este ano iniciarei Pedagogia na UNESP), tenho Aperfeiçoamento em Educação Inclusiva pela USP, e mesmo assim não vejo perspectiva de melhora!!!! Sinto-me “humilhada”, sou Efetiva e não tenho os mesmos direitos dos demais professores, tudo bem dirão que pelo fato de ter conseguido o artigo 22 já seria privilégio demais!!! Concordo, porém passei 3 anos na minha sede em Mogi das Cruzes, me mudei para a cidade sozinha (sou do interior – Bauru), fiquei um ano longe da minha filha, só depois consegui trazê-la para a cidade, não tinha quem a olhasse (8 anos de idade, na ocasião), fui assaltada, fiquei deprimida e mesmo assim não me vejo a categoria do artigo 22 valorizada!!!!!

    Resposta
    • 4. apeoesp  |  25/01/2011 às 12:42

      Prezada professora Josiane,
      Vamos levar em consideração suas ponderações para discussão com o secretário da Educação.
      Bebel

      Resposta
  • 5. Josiane  |  25/01/2011 às 02:17

    Em relação ao artigo 22, já pensei em fazer um abaixo-assinado, sei lá unir as forças desta sub-categoria tão menosprezada, realmente entra ano e sai ano, não tenho perspectiva de melhora financeira, há sem contar que também houve impedimento para a “Prova de Mérito”, capacitações das quais não pude participar, pois pertencia a outra Diretoria de Ensino, não podemos participar de atribuições como OFAS em disciplinas contrárias (pois já possuímos um cargo (qual a vantagem???)) fui aprovada para o concurso de PEB II em Filosofia que também sedizia que seria regionalizado, e o que aconteceu???? Não seguiram o “Edital” (Em Bauru foram aprovados cerca de 22 professores, mas…) Já fui Assistente Social do CRAMI (órgão que atua contra a violência infântil e de jovens), da antiga FEBEM (exonerei), do CIAM (órgão que atua contra a violência feminina), fui professora de Educação Infantil no municipio de Bauru (e exonerei em função do Estado), troquei tudo pela a Educação Estadual … e o que recebo???? Exclusão Funcional, sou tolhida, a categoria “dos 22″, é realmente deixada em segundo plano…Garantir a permanência do artigo 22 é importante, porém não basta, queremos ser iguais, ter as mesmas oportunidades! Essa visão, não pertence à mim, em especial, mas à um grupo de professores que como eu partilham da mesma necessidade, já nos reunimos em Bauru, e pretendemos que outras cidades também discutam a questão. Contamos com o apoio do sindicato!

    Resposta
    • 6. apeoesp  |  25/01/2011 às 12:43

      Prezada professora Josiane,
      Em todos os momentos em que o professor se sentir prejudicado por restrições impostas pelo Estado, deve recorrer ao departamrntyo jurídico da APEOESP para que faça prevalecer seus direitos.
      Bebel

      Resposta
    • 7. Carla  |  28/01/2011 às 11:21

      Sou Cat. F, e concordo com suas reivindicações. Já fiquei muito tempo preocupada com a situação do professor OFA e sei pelo que vc está passando, hoje mesmo com a função de professor-mediador, ainda não me sinto segura no Estado.
      A todo momento eles alteram tudo de acordo com eles acham melhor.
      Fica difícil trabalhar dessa maneira.Querem tanto transformar a escola em um empresa e esquecem que a escola não é como uma empresa auto-motiva (onde há peças, acessórios e maquinaria)lidamos com seres humano, que vivem em suas vidas fatores cheios de incertezas e problemas.
      Não é como uma peça que dá defeito que jogamos fora ou tentamos reciclar. Há peças que não podem ser modificadas.
      Não somos NÚMEROS, somos PESSOAS e merecemos RESPEITO.
      SOU SOLIDÁRIA AO SEU PEDIDO JOSIANE, POIS É O MESMO DE MUITAS AMIGAS MINHAS.

      Resposta
  • 8. Celia Beatriz A Davanço  |  25/01/2011 às 18:38

    Gostaria de saber como fazer estes cursos de professor mediador, pois minha categoria não fica sabendo porque acho que nem existo, tendo em vista que chego a das mais de 100 aulas eventuais por mes a categoria de eventual não é considerada.
    Porém, considero que tenho perfil de ser professor mediador gostaria muito de participar, para quem sabe num futuro próximo possa vir a ser um.

    Resposta
    • 9. apeoesp  |  25/01/2011 às 21:20

      Prezada professora Célia,
      O professor eventual não está incluido entre aqueles que podem ser professor mediador. Entretanto, protocole uma solicitação neste sentido junto à unidade escolar (suponho que você seja vinculada a mais de uma) e aguarde resposta. Em função de uma negativa, tente uma solução junto ao departamento jurídico da APEOESP.
      Bebel

      Resposta
    • 10. rose  |  28/01/2012 às 04:04

      procure sua diretoria e faça seu cadastro com um supervisor da area de professor mediador…a inscriçao é sempre em janeiro

      Resposta
  • 11. nivaldo  |  26/01/2011 às 13:43

    Olá gostaria de saber quando vai a atribuição do professor mediador pois no ano de 2010 fui mediador na minha UE.Ou seja a minha diretora pode me reconduzir no cargo uma que ela manifestou que eu e a outra mediadora continuariamos no cargo pois fizemos um bom trabalho na UE. Muito obrigado

    Resposta
    • 12. apeoesp  |  27/01/2011 às 02:10

      Prezado professor Nivaldo,
      Sim, você pode ser reconduzido.
      Bebel

      Resposta
  • 13. alessandra rita campos  |  27/01/2011 às 00:56

    Gostaria de saber como vai ficar a condição do professsor mediador categoria “o”, pois ocupeia função de professora mediadora . O secretário desligou todos os da categoria “o”, fica complicado pois ficamos inseguros, sem segurança pra continuar a desenvolver o trabalho que venho desenvolvendo.
    caso vc possa me informar fico grata.

    Resposta
    • 14. apeoesp  |  27/01/2011 às 01:34

      Prezada professora Alessandra,
      A APEOESP está estudando se há medida judicial possível neste caso.
      Bebel

      Resposta
  • 15. Odila  |  27/01/2011 às 17:43

    Boa tarde!
    Os professores categoria F que não atingiram a nota mínima constam na listagem de classificação normalmente.
    Isso procede? Não seria uma listagem para os aprovados e outra para os reprovados?
    Obrigada

    Resposta
    • 16. apeoesp  |  27/01/2011 às 18:42

      Prezada professora Odila,
      O correto é a publicação de uma lista separada. Que indícios você possui de há pessoas que não atingiram a nota mínima na lista dos “aprovados”?
      Bebel

      Resposta
  • 17. Débora Andreotti dos Santos  |  27/01/2011 às 21:20

    Estou bastante decepcionada com vocês, a maioria dos professores associados com certeza são efetivos, mas parece que não, pois defendem apenas os OFA.
    Por que não defendem os efetivos de poderem participar da escolha do professor mediador? Parte das aulas poderíamos trabalhar em sala, e não ser afastada de todas, e tem mais o projeto da sala de leitura também foi proibido aos efetivos.
    Veja só dou aulas há mais de 25 anos e me acho apta para exercer qualquer atividades acima citada, mas não posso sou efetiva.
    É como se fosse punida por ter passado no concurso. Em minha escola houve redução de sala de aula, e com um pé na aposentadoria sou obrigada a viajar para trabalhar, e com certeza se tivesse meu cargo na minha escola não iria me aposentar daqui há três anos.
    Por favor olhe pelos efetivos que estão sendo discriminados pela SEE, queremos os mesmos direitos.

    Resposta
    • 18. apeoesp  |  27/01/2011 às 22:33

      Prezada professora Débora,
      A APEOESP está lutando por todos. O departamento jurídico está analisando todas as possibilidades de ações judiciais e estamos levando todos os assuntos ao conhecimento da Secretaria.
      Bebel

      Resposta
    • 19. Katia  |  28/01/2011 às 02:53

      Como tem gente egoísta no mundo, essa raça podre de efetivos só pensa em querer tudo pra eles, por isso estão sempre na merda!!!!!! E o pior, querem continuar na merda.

      Resposta
      • 20. angel  |  14/03/2013 às 17:25

        Você deveria conhecer melhor as pessoas antes de emitir esse tipo de opinião. Estamos todos no mesmo barco e enquanto ficamos perdendo tempo agredindo uns aos outros a situação de todos só piora.

    • 21. Katia  |  28/01/2011 às 02:56

      E tem mais… já que tá com o pé na aposentadoria querida, deixa os mais kovens trabalhar, vá viajar, fzr trico, sei lá, vá ser feliz, sai dessa vida, deixa de mesquinhez!

      Resposta
  • 22. Viviane  |  27/01/2011 às 23:10

    Olá, Gostaria de saber, sobre como fica os professores contratados, no ano de 2010. Será que eles poderão atuar este ano de 2011, ou terão que ficar os duzentos dias corridos sem poder trabalhar?

    Resposta
    • 23. apeoesp  |  28/01/2011 às 01:36

      Prezada professora Viviane,
      O período de afastamento dos 200 dias foi suspenso pela SEE. Você poderá participar da atribuição de aulas.
      Bebel

      Resposta
  • 24. Katia  |  28/01/2011 às 02:59

    E sobre a mediação, vai poder ser reconduzido categoria O?

    Resposta
    • 25. apeoesp  |  28/01/2011 às 13:05

      Prezada professora Kátia,
      Sim, não há mais razão para que não o seja. Em caso de algum prejuizo cabe ação judicial.
      Bebel

      Resposta
  • 26. Jair Gonçalves da Rocha  |  28/01/2011 às 15:59

    Sou Categoria L, e Fui PMEC, mediador em 2010, porem meu indice foi menor que 50% na prova de classificação, entreguei toda documentação para continuar sendo Mediador em 2011, mesmo não tendo tirado nota minima, posso ser reconduzido e ocupar novamente a função de Mediador.
    Grato.

    Resposta
    • 27. apeoesp  |  28/01/2011 às 16:55

      Prezado professor Jair,
      Como questionamos essa prova como critério para atribuição, entre em contato com o departamento jurídico para verificar se algo pode ser feito, legalmente falando.
      Bebel

      Resposta
  • 28. Tânia  |  28/01/2011 às 19:19

    oi !!! fui professora mediadora em 2010 gostei, fiquei feliz que poderemos, ser reconduzidos. Já estava até ficando doente de angustia 200 dias sem dar aula e sem receber quem pode ficar??? Parabéns a Apeoesp e aos professores categoriaO por esta vitoria sei que ainda é pouco. Pelo tanto de reclamações dos meus amigos professores mas mesmo assim devemos saber agradecer as pequenas vitorias e saber que a luta continua e não podemos nos dividir em l, f, o este extenso alfabeto. Bjos

    Resposta
    • 29. apeoesp  |  28/01/2011 às 19:47

      Prezada professora Tânia,
      A reclamação é um direito e a crítica nos faz avançar, mas devemos ter entre nós a confiança de que estamos do mesmo lado e devemos nos manter unidos. A união é a nossa maior arma.
      Bebel

      Resposta
    • 30. silvia  |  16/03/2011 às 00:27

      Olá Tânia,
      Vc pode me dar sugestões sobre como trabalhar com os alunos como mediadora?

      Resposta
  • 31. Katia  |  28/01/2011 às 22:16

    Bem, então o que está claro é que o categoria O vai ser reconduzido, porém tem que estar aprovado? No caso de ter feito 32 pontos em 2010 e ter ido melhor na prova anterior com 41 pontos, o que pode acontecer? Mesmo não tendo atingido 40 pontos, vou poder continuar mediadora em 2011, categoria O? Obrigada.

    Resposta
    • 32. apeoesp  |  29/01/2011 às 03:54

      Prezada professora Katia,
      O professor categoria O, como o L, só tem contrato se tiver atingido a nota mínima. Estamos com ação para rever a nota mínima do L, pois no caso do O o processo é seletivo, portanto eliminatório.
      Bebel

      Resposta
  • 33. Katia  |  29/01/2011 às 23:02

    Ok,E como eventual? Portaria de eventual aberta desde 2007, pode trabalhar?

    Resposta
    • 34. apeoesp  |  29/01/2011 às 23:43

      Prezada professora Kátia,
      Sim, pode.
      Bebel

      Resposta
  • 35. Katia  |  30/01/2011 às 00:50

    Olha, só mais uma pergunta e creio que tudo estará esclarecido, tive informações em minha cidade que com 32 pontos e sendo categoria O, poderei continuar na mediação este ano, pois os contratos serão refeitos fazendo com que se estenda por 2 anos, de modo que se torna independente a nota da última prova, ou até mesmo que seria considerada a nota do ano anterior. Isso procede? E há possibilidades de realmente continuar na mediação? Obrigada.

    Resposta
    • 36. apeoesp  |  30/01/2011 às 12:00

      Prezada professor Kátia,
      O professor categoria O não se beneficia na nota do ano anterior e precisa ser aprovado no processo seletivo (prova) todos os anos.
      Poderá participar da avaliação para recondução, excepcionalmente neste ano, desde que tenha atingido a nota mínima na prova.
      Veja o artigo 11 da Resolução SE 3, de 2011:
      Art. 11 – O processo de atribuição de aulas aos docentes que irão atuar nas Salas de Leitura, como Professor Mediador Escolar e Comunitário do Sistema de Proteção Escolar, ou no Programa Escola da Família, ocorrerá após o processo regular de atribuição de aulas e observado o disposto nas respectivas resoluções específicas e demais atos complementares.

      § 1º – É vedada a atribuição de aulas desses projetos aos docentes contratados por prazo determinado, nos termos da Lei Complementar nº 1.093, de 16 de julho de 2009, e aos admitidos em caráter temporário de que trata o parágrafo único do artigo 25 do mesmo diploma legal.

      § 2º – Das avaliações com vistas às reconduções previstas nas resoluções específicas poderão participar os docentes de que trata o § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº 1.010, de 1º de junho de 2007 e os abrigados pelo parágrafo único do artigo 25 da Lei Complementar nº 1.093/2009.

      § 3º – Excepcionalmente, poderão ser reconduzidos, até o final do ano letivo, desde que avaliados positivamente, os docentes contratados por prazo determinado e que alcançaram os índices mínimos fixados para a última prova do processo seletivo.

      Resposta
  • 37. Maria das Graças  |  30/01/2011 às 15:56

    Fiquei muito feliz em ser reconduzida, Graças à Deus a tortura acabou…Agora poderemos trabalhar novamente, ou melhor dar continuidade ao nosso trabalho pois se ficássemos penalizados nada teria sentido, tudo teria sido em vão.

    Resposta
  • 38. Paula Cristina  |  30/01/2011 às 18:13

    Boa tarde,
    Deve estar havendo um conflito nas informações. Por favor, quero explicações quanto à recondução do Professor Mediador, pois li as respostas acima e vejo que a categoria O pode ser reconduzida mesmo sem aprovação na provas.
    § 3º – Excepcionalmente, poderão ser reconduzidos, até o final do ano letivo, desde que avaliados positivamente, os docentes contratados por prazo determinado e que alcançaram os índices mínimos fixados para a última prova do processo seletivo.
    Aqui não diz nada de aprovado ou não. Sou O e acertei 38 na prova. Desenvolvi meu trabalho e a escola tem interesse em continuar comigo e eu na mesma escola. Então, como temos que agir diante disso.
    Aguardo resposta.
    Grata,

    Paula

    Resposta
    • 39. apeoesp  |  30/01/2011 às 22:32

      Prezada professora Paula Cristina,
      A exigência está no trecho:
      “e que alcançaram os índices mínimos fixados para a última prova do processo seletivo”.
      Outra coisa é quanto a agir em relação ao problema. Você deve procurar o departamento jurídico para verificar se cabe mandado de segurança neste caso.
      Bebel

      Resposta
  • 40. Paula Cristina  |  30/01/2011 às 18:24

    Continuando:

    A prova é classificatória e não eliminatória. Estava bem claro no edital, por isso, não entendo esse conflito de leis.
    Não pode haver duas leis para a mesma categoria. Se posso ser reconduzida por classificação, não cabe aqui a eliminação.
    Isso sem falar no gasto que o Estado teve com a capacitação dos mediadores. Também o trabalho foi iniciado e precisa dar continuidade. No meu caso, eu vesti a camisa e fiz muito além das especificações. Trabalhei horas a mais com alunos, pais e consegui reunir parceiros para a escola. Não posso ser impedida da recondução pq acertei 38. Li toda a resolução várias vezes e vi que depende da aprovação dos gestores. Caros colegas, as pessoas que produzem as leis no Estado, precisam conhecer a realidade dos professores e das escolas, para depois formularem suas resoluções. Não posso deixar o meu trabalho agora. Mesmo de férias ainda estou envolvida. Como ficarão as escolas que os mediadores estão impedidos? Haverá perdas financeiras e psicológicas. Foi traçado planos a serem alcançados e elos foram estabelecidos. Eu tenho orgulho de ser mediadora e não é porque não acertei 40 questões que sou incapaz. Meu trabalho é reconhecido e dos outros professores também. Peço a gentileza que sejam a nossa voz na luta, pois minha escola e tenho certeza que as outras também, cresceram com a mediação.

    Grata,

    Paula

    Resposta
    • 41. apeoesp  |  30/01/2011 às 22:36

      Prezada professora Paula,
      Temos concordância com a sua argumentação. O Estado (leia-se: sobretudo o governo Serra/Goldman) criou uma parafernália de leis que conflitam entre si e prejudicam o professor e a escola. Lutamos muito contra essas leis e continuamos lutando. O caso que vcê apresenta é típico. Se a escola e a comunidade estão sendo beneficiadas, por que existe uma lei que impede a continuidade desse trabalho. É injusto com todos. Entretanto, as relações do Estado com os professores é regida por essas leis. Resta buscar no departamento jurídico alguma solução, se houver. De nossa parte, vamos levar o assunto, mais uma vez, ao novo secretário da Educação.
      Bebel

      Resposta
    • 42. Katia  |  30/01/2011 às 23:09

      Paula,
      Obrigada por suas palavras nos representando, estou na mesma situação que você e quero encontrar uma solução, pois fiz 32 pontos e também vejo que fiz um excelente trabalho, continuo envolvida e quero continuar na minha escola, entendi claramente que a prova era classificatória e agora temos as informações da Bebel aqui que contradiz com nosso entendimento, caso você encontre uma solução, por favor, me avise, afinal, esta semana já se iniciam as atribuições. Obrigada.

      Resposta
  • 43. Katia  |  30/01/2011 às 20:15

    E a nota de corte não será 32 pra categoria O?

    Resposta
    • 44. apeoesp  |  30/01/2011 às 22:43

      Prezada professora Kátia,
      A nota de corte, como você chama, é de 40 pontos para todos.
      Bebel

      Resposta
    • 45. Silvana  |  22/02/2012 às 18:17

      Kátia,

      Vc é categoria O aprovada na provinha e foi reconduzida?

      Resposta
  • 46. Katia  |  30/01/2011 às 22:10

    Excluíram minha pergunta: 32 pontos garante a mediação ao categoria O? Desculpe, mas é tudo muito confuso, saiu resolução de que 32 pontos é considerado aprovado.

    Resposta
    • 47. apeoesp  |  30/01/2011 às 22:29

      Prezada professora Katia,
      Na verdade, o acerto de 32 questões na prova, para o professor PEB II, é o mínimo para que se possa somar o tempo de serviço (até 8 pontos), completando os 40 pontos (nota mínima da prova). Ou seja, a pessoa que obteve 32 acertos na prova terá que ter um tempo de serviço superior a cinco anos e meio para compor os 40 pontos.
      Então, é necessário não confudir 32 acertos na prova com os 40 pontos (nota mínima), que pode ser obtida usando o tempo de serviço.
      Bebel

      Resposta
  • 48. Paula Cristina  |  31/01/2011 às 11:21

    Caros colegas,

    Liguei na Secretaria da Educação em São Paulo, explicando a minha situação. Liguem também. Se não nos unirmos não saberão que existimos ( 0800 770 0012 ). Expliquem do trabalho desenvolvido, de outros mediadores da mesma situação, do interesse na escola em vocês e vocês na escola. Temos que nos manifestar para que algo seja feito.
    Katia, vamos nos comunicando e Bebel contamos que será nossa voz a quem é devido. Convidem a Secretaria para conhecerem nosso trabalho e tenho certeza se surpreenderão. Não tenham receio de ligar, eles são muito educados. Fui atendida pela D. Ana Maria e depois o próprio Felipe me ligou. Me aconselhou ligar no DRHU e rever minha situação. Tudo o que está ao meu alcance estou fazendo, pois quero continuar. Para falar a verdade, foi uma das experiências mais significativas da minha vida.
    Grata,

    Paula

    Resposta
    • 49. apeoesp  |  31/01/2011 às 14:18

      Prezada professora Paula,
      Temos levado à SEE constantemente todos os casos que demonstram os prejuizos dessa prova ao desenvolvimento do ensino em SP. Mais uma vez, vamos fazê-lo.
      Bebel

      Resposta
    • 50. João  |  31/01/2011 às 16:54

      Ei Paula, você conseguiu falar no drhu? Tem o número pra passar? Obrigada, Katia

      Resposta
      • 51. Paula Cristina  |  01/02/2011 às 17:55

        Katia,

        Tudo deu certo e fui reconduzida. Agora precisa mudar essa lei de quarentena, para que continuemos no próximo ano.
        Espero ter ajudado a todos.

        Grata pela atenção de vocês,

        Paula Cristina

  • 52. oliveira  |  31/01/2011 às 14:57

    em 2008 ao me dirigir ao trabalho sofri um acidente na BR e fiquei de licença saude para tratamento por 6 meses, gostaria de saber se estes 6 meses que estive afastado podem ser descontados da contagem de tempo de serviço,pois comigo aconteceu isto e fiquei bem para tras na classificação

    Resposta
    • 53. apeoesp  |  31/01/2011 às 18:05

      Prezado professor Oliveira,
      Toda licença é descontada do tempo de serviço efetivo.
      Bebel

      Resposta
  • 54. Katia  |  31/01/2011 às 16:56

    Sou Katia, não Joao.

    Resposta
    • 55. apeoesp  |  31/01/2011 às 20:01

      Desculpé,
      O nome e o e-mail aparecem automaticamente. Você usou o e-mail de uma pessoa chamada João?
      Bebel

      Resposta
  • 56. Katia  |  31/01/2011 às 22:31

    Acho que foi um incidente, meu marido chama João e ele estava fazendo perguntas em outra página, desculpe, sou a Kátia.

    Resposta
    • 57. apeoesp  |  31/01/2011 às 22:41

      Prezada professor katia,
      Ok.
      Bebel

      Resposta
  • 58. Glória  |  31/01/2011 às 22:45

    Bebel
    Eu não encontrei o comentário que fiz hoje sobre a mudança de categoria.O que foi que aconteceu que não apareceu?

    Resposta
    • 59. apeoesp  |  31/01/2011 às 22:57

      Prezada professora Glória,
      Foi publicado e respondido.
      Bebel

      Resposta
  • 60. Magda de Oliveira Fernandes  |  02/02/2011 às 15:35

    Quero saber, se fazendo parte de projetos em escola ETI poderei participar das atribuiçoes de professor mediador?

    grata!

    Resposta
    • 61. apeoesp  |  02/02/2011 às 20:10

      Prezada professora Magda,
      À primeira vista me parece que há vedação, mas sugiro que busque uma melhor orientação no departamento jurídico, na sua subsede.
      Bebel

      Resposta
  • 62. tatiane  |  02/02/2011 às 15:51

    fui mediadora 2010 gostei muito , porém não obtive a nota mínima na prova sou da categoria L,gostaria de saber se posso ser reconduzida para o cargo.

    Resposta
    • 63. apeoesp  |  02/02/2011 às 18:36

      Prezada professora Tatiane,
      Infelizmente, não. Você pode consultar o departamento jurídico sobre possibilidades de alguma ação judicial a respeito.
      bebel

      Resposta
  • 64. tatiane  |  02/02/2011 às 20:56

    eu gostaria de saber:
    a prova foi classilicatoria ou eliminatória?
    esse departamento juridico é na apeoesp?
    grato!!

    Resposta
    • 65. apeoesp  |  02/02/2011 às 23:28

      Prezada professora Tatiane,
      A prova não é eliminatória. Todos podem participar da atribuição, em momentos diferentes.
      O departamento jurídico é da APEOESP.
      Bebel

      Resposta
  • 66. tatiane  |  02/02/2011 às 21:07

    eu gostaria de saber:
    a prova foi classificatória ou eliminatória?
    esse departamento juridico é na apeoesp?
    e se costuma demorar esses processo?
    grato

    Resposta
    • 67. apeoesp  |  02/02/2011 às 23:30

      Prezada professora Tatiane,
      A prova não é eliminatória. Todos podem participar da atribuição, em momentos diferentes.
      O departamento jurídico é da APEOESP.
      Processos podem demorar, dependendo do juiz.
      Bebel

      Resposta
  • 68. tatiane  |  02/02/2011 às 23:54

    ??? não entendo mas nada! se a prova não é eliminatória porque não posso ser reconduzida ?? dois pesose duas medida ???

    Resposta
    • 69. apeoesp  |  03/02/2011 às 01:51

      Prezada professora Tatiane,
      Você está confundindo duas coisas. Todos participam da atribuição, mas os projetos têm regras próprias, apesar da nossa opinião em contrário.
      Bebel

      Resposta
  • 70. Valine  |  03/02/2011 às 02:17

    Olá, estou um pouco confusa…
    Fui professora Mediadora no ano de 2010, sou categoria O, seria reconduzida… mas não passei na prova. Neste caso posso ou não ser reconduzida a função??!
    Obrigada!

    Resposta
    • 71. apeoesp  |  03/02/2011 às 13:46

      Prezada professora Valine,
      Infelizmente, não.
      Bebel

      Resposta
  • 72. Valine  |  03/02/2011 às 02:20

    Sou categoria O, receberei férias bônus e alguns outros direitos?

    Resposta
    • 73. apeoesp  |  03/02/2011 às 14:19

      Prezada professora Valine,
      Nop caso do bônus, não há restrições na lei, desde que tenha efetivo exercício de 180 dias na escola. Entretanto, o Estado resiste a pagar, logo você precisa ingressar com ação judicial.
      No caso das férias, apenas se você tiver tido 12 meses de exercício.
      Bebel

      Resposta
  • 74. valquiria  |  03/02/2011 às 15:15

    Olá , tenho uma duvida sobre a cat O e mediador.
    No caso já está tudo certo ou poderá ter mudanças… pois em minha DE as atribuiçoes para mediador será 04/03 tenho chance ainda de poder ser reconduzida…estou muito triste com essa situação.

    Resposta
    • 75. apeoesp  |  03/02/2011 às 16:52

      Prezada professora Valquíria,
      Sim, tem chances.
      Bebel

      Resposta
      • 76. valquiria  |  03/02/2011 às 17:16

        esqueci de um detalhe naum atingi a nota no processo seletivo. msm assim tem chance de mudanças para atribuiçao deste cargo.e as outras u.e tbem estao aguardando ou já está certo e atribuiram para outros professores.obrigada adorei participar.

      • 77. apeoesp  |  03/02/2011 às 22:26

        Prezada professora Valquíria,
        Você poderá participar das atribuições de aulas que ocorrerem ao longo do ano, a partir de 10/02. Uma lista sairá publicada com os professores que não atingiram a nota mínima.
        Bebel

  • 78. Valine  |  03/02/2011 às 15:49

    Obrigada pelas informações Bebel!!

    Resposta
    • 79. apeoesp  |  03/02/2011 às 16:40

      Prezada professora Valine,
      Disponha.
      Bebel

      Resposta
  • 80. Valine  |  04/02/2011 às 13:33

    Eu era categoria L em 2009 (eventual), em unho de 2010 peguei Mediação e virei O, ouvi rumores de que minha antiga portaria como L está aberta ainda, é verdade? Poderei trabalhar como eventual caso não consiga atribuir aulas??

    Resposta
    • 81. apeoesp  |  04/02/2011 às 14:20

      Prezada professora Valine,
      Segundo consulta que fiz ao departamento jurídico, sim.
      Bebel

      Resposta
  • 82. valquiria  |  04/02/2011 às 19:44

    por favor me responda…. saiu um novo edital pra seleçao do professor mediador em minha DE . Naum serei entao reconduzida msm… Naum teve mais nenhuma mudança… Passa para q vcs analisem minha situação . obrigada.

    Resposta
    • 83. apeoesp  |  05/02/2011 às 11:22

      Prezada professora Valquìria,
      Peço que procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Resposta
  • 84. Elizabeth  |  06/02/2011 às 15:37

    Sou categoria F em 2010 fiquei como orientador da Sala de Leitura, não consegui passar na prova, poderei ser reconduzida?

    Resposta
    • 85. apeoesp  |  07/02/2011 às 12:58

      Prezada professora Elizabeth,
      Sim, poderá, desde que avaliada positivamente no projeto.
      Bebel

      Resposta
  • 86. Valine  |  11/02/2011 às 15:50

    Bebel, por favor tire-me outra dúvida… Como não poderei ser reconduzida como Mediadora, pois não passei na “provinha”, e sim continuarei como eventual, você sabe me dizer se vou continuar com a portaria de categoria O aberta ainda, ou terei que abrir outra?? Estou na dúvida quanto ao contrato ser extinto ou não, cada hora uma informação diferente, estou totalmente perdida…
    Obrigada!

    Resposta
    • 87. apeoesp  |  12/02/2011 às 11:15

      Prezada professora Valine,
      O mais importante é que você tem o direito de participar das novas atribuições. Novo contrato será feito, se for o caso.
      Bebel

      Resposta
  • 89. Luci  |  13/02/2011 às 20:29

    Em 2010 trabalhei como PMEC,categoria O,meu trabalho foi satisfatório,entretanto este ano, não serei reconduzida,por não atingir 40 pontos.Acho injusto,pois professores mediadores da categoria F,mesmo não aprovados,foram reconduzidos.Por favor,se tiver novidade ,comunique. grata Luci

    Resposta
    • 90. Katia  |  14/02/2011 às 12:34

      Luci,Estou também na mesma situação e aguardando que algo seja feito com máxima urgência!Tudo que souber a respeito, vamos aproveitar o espaço aqui pra postar e passar as informações.

      Resposta
    • 91. Silvana M. Franceschini  |  01/02/2012 às 23:08

      Eu passei na prova, tive projeto apresentado em São Paulo e dois aprovados pelo Prodesc, e mesmo assim não puderam me reconduzir.
      Todo trabalho jogado no lixo, fora que já conheço os alunos, famílias e comunidade.
      Ninguém pode fazer nada!!!

      Resposta
      • 92. apeoesp  |  02/02/2012 às 18:17

        Prezada professora Silvana,
        Consulte o departamento jurídico sobre a possibilidade de que algo possa ser feito. F 11.3350.6214.
        Bebel

  • 93. Lucia  |  17/02/2011 às 03:57

    Algum de vcs colegas poderiam orientar para que possa entregar o proj. P.M.E.C? Não sei por onde começar entendem? Por exemplo o q.devo enfatizar? É extenso? Ou devo ser objetiva?
    Obrigada.

    Resposta
  • 94. Katia  |  17/02/2011 às 23:23

    Cara Lucia,
    Na verdade, pelo menos aqui no meu caso, só tivemos que apresentar projeto na conclusão do curso que fizemos online, mas pode ser que agora tenha mudado algo e não esteja sabendo ainda, mas faça algo bem sucinto, pois é o que precisa. Boa sorte aí!

    Resposta
  • 95. tatiane  |  21/02/2011 às 17:11

    boa tarde.
    fui prof.mediadora em 2010 e não passei na provinha,mas fui reconduzida em 2011,só que eu não pude participar da atribuição na minha escola sede,porque me dizeram que eu não tinha vinculo com a escola eu gostaria de saber se isso é verdade se eu sendo prof.mediador eu não faço parte da escola.

    Resposta
    • 96. apeoesp  |  22/02/2011 às 03:16

      Prezada professora Tatiane,
      No meu entendimento, você teve vínculo com a escola. Procure o departamento jurídico para verificar o que deve ser feito.
      Bebel

      Resposta
  • 97. Valine  |  22/02/2011 às 13:36

    Ué!!! Não pude ser reconduzida como PMEC, pois não passei na “provinha”; li numa pergunta acima que a colega Tatiane foi reconduzida, gostaria de saber por que eu não….?? Agora fiquei sem entender………….

    Resposta
  • 98. Valine  |  22/02/2011 às 13:37

    Ah, eu mesma perguntei acima… mas acabei de obter a resposta… não fui reconduzida porque sou categoria O. Obrigada.

    Resposta
  • 99. Marilei  |  28/02/2011 às 17:20

    Gostaria de uma informaçao, minha filha é da categoria F não aprovada e foi obrigada a pegar 15 aulas em uma cidade distante daqui. Ela tem dois filhos pequenos e essa situação é praticamente inviável.
    Minhas dúvidas são as seguintes: se ela desistir dessas aulas, deixará de ser categoria F e passará a ser categoria O? Poderá atuar com eventual?
    Ela poderá fazer a inscrição para professor mediador? Como funciona esta inscrição no caso dela?
    Me ajude a esclarecer essas dúvidas, por favor.
    Obrigada.

    Resposta
    • 100. apeoesp  |  01/03/2011 às 19:54

      Prezada professora Marilei,
      Infelizmente, não há solução. Se desistir das aulas será considerada demissionária. Também não pode ser mediadora por não ter obtido a nota mínima na prova.
      Bebel

      Resposta
  • 101. Nádia  |  01/03/2011 às 20:54

    olá, por favor , sou categoria F vou começar atuar como professora mediador, posso completar minha carga horaria? e atingir 40h?
    obrigada

    Resposta
    • 102. apeoesp  |  10/03/2011 às 09:21

      Prezada professora Nádia,
      Sim, pode.
      Bebel

      Resposta
  • 103. Lais  |  02/03/2011 às 23:08

    Bebel como a escola deve proceder pra ter dois professores mediadores

    Resposta
    • 104. apeoesp  |  10/03/2011 às 09:20

      Prezada professora Laís,
      De acordo com o item 6.3 da Instrução Conjunta CENP-DRHU, de 9-4-2010, a\baixo, “6.3 – a unidade escolar somente contará com um segundo Professor Mediador Escolar e Comunitário quando funcionar em no mínimo 3 (três) turnos, com pelo menos 10 (dez) classes em cada turno”.
      Bebel

      Resposta
  • 105. Paulo Sérgio  |  12/03/2011 às 23:26

    Prezada presidenta bebel, boa noite.
    Gostaria de saber se há possibilidade em haver mudanças nessa resolução que impede o professor categoria O (o meu caso) de concorrer à vaga de professor mediador, pois a Resolução SE-3 de 28-1-2011, precisamente no art. 11, parágrafo § 1º, reza o seguinte: – É vedada a atribuição de aulas desses projetos aos docentes contratados por prazo determinado, nos termos da Lei Complementar nº 1.093, de 16 de julho de 2009, e aos admitidos em caráter temporário de que trata o parágrafo único do artigo 25 do mesmo diploma legal. …
    Mas se formos avaliar o número de inscritos que foram deferidos para o número de escolas contempladas perceberemos que faltam profissionais para ocuparem as vagas remanescentes. Estou completando quatro anos na área da Educação e penso ter habilidade para exercer as funções de um professor mediador, mas sou impedido por causa de uma letra, a saber: O.
    Eu agradeço pela atenção e empenho pela categoria. Sem mais, Paulo Sérgio.

    Resposta
    • 106. apeoesp  |  13/03/2011 às 13:37

      Prezado professor Paulo Sérgio,
      As possibilidades estão relacionadas com a nossa capacidade de mobilização. Ajude a mobilizar a categoria para uma grande assembleia no dia 1º de abril para que possamos conquistar as mudanças que queremos.
      Bebel

      Resposta
  • 107. Paulo Sérgio  |  12/03/2011 às 23:27

    Prezada presidenta bebel, boa noite.
    Gostaria de saber se há possibilidade em haver mudanças nessa resolução que impede o professor categoria O (o meu caso) de concorrer à vaga de professor mediador, pois a Resolução SE-3 de 28-1-2011, precisamente no art. 11, parágrafo § 1º, reza o seguinte: – É vedada a atribuição de aulas desses projetos aos docentes contratados por prazo determinado, nos termos da Lei Complementar nº 1.093, de 16 de julho de 2009, e aos admitidos em caráter temporário de que trata o parágrafo único do artigo 25 do mesmo diploma legal. …
    Mas se formos avaliar o número de inscritos que foram deferidos para o número de escolas contempladas perceberemos que faltam profissionais para ocuparem as vagas remanescentes. Estou completando quatro anos na área da Educação e penso ter habilidade para exercer as funções de um professor mediador, mas sou impedido por causa de uma letra, a saber: O.
    Eu agradeço pela atenção e empenho pela categoria. Sem mais, Paulo Sérgio.

    Resposta
    • 108. Silvana M. Franceschini  |  01/02/2012 às 23:10

      Passei na prova, tive projeto apresentado em São Paulo e dois aprovados pelo Prodesc, e mesmo assim não puderam me reconduzir, sou categoria O.
      Todo trabalho jogado no lixo, fora que já conheço os alunos, famílias e comunidade.

      Resposta
  • 109. Paulo Sérgio  |  13/03/2011 às 00:12

    Prezada presidenta bebel, boa noite.
    A Resolução SE-3 de 28-1-2011, precisamente no art. 11, parágrafo § 1º, reza o seguinte: – É vedada a atribuição de aulas desses projetos aos docentes contratados por prazo determinado, nos termos da Lei Complementar nº 1.093, de 16 de julho de 2009, e aos admitidos em caráter temporário de que trata o parágrafo único do artigo 25 do mesmo diploma legal.
    Eu, Paulo Sérgio, gostaria de saber se há possibilidade em haver mudanças nessa resolução que impede o professor categoria O (o meu caso) de concorrer à vaga de professor mediador, pois se formos avaliar o número de inscritos que foram deferidos para o número de escolas contempladas perceberemos que faltam profissionais para ocuparem as vagas remanescentes. Estou completando quatro anos na área da Educação e penso ter habilidade para exercer as funções de um professor mediador, mas sou impedido por causa de uma letra, a saber: O.
    Eu agradeço pela atenção e empenho pela categoria. Sem mais, Paulo Sérgio.

    Resposta
  • 110. Maria Plaza  |  28/03/2011 às 15:06

    Boa tarde ,sou professora há mais de 15 anos, trabalhei na rede Estadual durante 5 anos na década de 90 no colégio Ataliba de Oliveira, sou formada em Ciências Socias e pós graduada pela USP, participei de vários projetos Socias em ONGs. No final do ano (2010) passei no concurso de atribuição de professores do Estado e me candidatei no projeto de Pasta – Professor Mediador. – na Diretoria Centro Sul, onde obtive 7 lugar na pré classificação. Só que infelizmente pertenço a categoria O, o que me impede de concorrer a está vaga e, segundo informações da Diretoria de Ensino, não há professores suficientes para complementar o quadro de professor mediador. Desta forma, já solicitaram a aprovação para esses professores pré classificados. Tenho experiência profissional que pode vir a contribuir muito para a melhoria de ensino da rede Estadual. Gostaria de saber se haverá possibilidade de concorrer a está função.

    Grata
    Prof. Maria Aparecida Dangl Plaza

    Resposta
    • 111. apeoesp  |  29/03/2011 às 19:52

      Prezada professora Maria,
      Estamos conversando todos esses assuntos com o secretário. Ele diz que não fará mudanças neste ano, mas promete rever tudo isso para o ano que vem. Mas não vamos ficar esperando. Assembleia no dia 1/4. Todos lá.
      Bebel

      Resposta
  • 112. Maria Plaza  |  30/03/2011 às 20:34

    Cara Bebel, liguei para a SPEC (Supervisão de Proteção Escolar e Cidadania), eles me informaram que esse problema só se resolverá no ano que vem, como vc disse mesmo.

    Bom vamos lutar e torcer.

    Obrigada pelo retorno.

    Abraços

    Resposta
    • 113. Silvana  |  22/02/2012 às 18:22

      Maria vc tem o telefone do SPEC, por favor?
      Grata

      Resposta
  • 114. Adriana  |  10/05/2011 às 14:59

    Gostaria de saber, qual é a real função do professor mediador, na minha escola a Maediadora diz que ela pode interferir pedagogicamente, pode e deve interferir na aula do professor, ela diz que a função dela se assemelha a do professor coordenador. Gostaria de saber se isso procede.

    Grata

    Resposta
    • 115. apeoesp  |  15/05/2011 às 11:41

      Prezada professora Adriana,
      Não procede. A função do professor mediador é a de ajudar a resolver os conflitos e encaminhar soluções. Pode contribuir para melhorar a aprendizagem do aluno na medida em que o ajude a superar causas de suas dificuldades, mas ele não interfere na coordenação pedagógica da escola.
      Bebel

      Resposta
  • 116. Diego  |  12/05/2011 às 19:00

    Olá, boa tarde! Sou professor mediador pertencente a categoria L, fui reconduzido em 2011. Segundo a legislação as categorias L e O irão acabar no fim de 2011. No ultimo edital de inscrição para mediador, só abriram vagas para o professor da categoria F. Gostaria de saber se há impedimento legal em 2012 para recondução de professores contratados (Cat. L e O). Obrigado.

    Resposta
    • 117. apeoesp  |  15/05/2011 às 12:02

      Prezado professor Diego,
      Naturalmente o sindicato está lutando para que a lei 1093/09 seja extinta e que todos permaneçam na rede estadual com dignidade. Se a lei permanecer, ainda assim vamos lutar na justiça para os professores que têm designação como professor mediador permaneçam na função.
      Bebel

      Resposta
  • 118. Adriana Morais  |  24/05/2011 às 15:06

    Bom Dia,

    Eu gostaria de saber como é feito e aceito o professor mediador?
    Existe uma comissão que avalia qual o professor que será mediador ou não? Quem compõe? Gostaria de ter mais informações sobre a seleção.

    Obrigada

    Resposta
    • 119. apeoesp  |  25/05/2011 às 12:50

      Prezada professora Adriana,
      O artigo 3º da Resolução SE 1 de 2011 diz:
      Art. 3º – Os professores que desempenharão as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário serão selecionados pelos responsáveis pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar, juntamente com a Comissão de Atribuição de Classes e Aulas da Diretoria de Ensino, ouvida a equipe gestora da escola e observada, para a seleção, a seguinte ordem de prioridade:
      Bebel

      Resposta
  • 120. lalau  |  21/06/2011 às 20:47

    quem é fomado em direito e faz pós graduação latu-sensu em direito aplicado a educação pode dar aulas? ou ser mediador? ou tem que fazer licenciatura?……….

    Resposta
    • 121. apeoesp  |  24/06/2011 às 14:33

      Prezado professor Lalau,
      Poderá ministrar aulas apenas na ausênciza de qualquer professor habilitado nos termos da LDB.
      Bebel

      Resposta
  • 122. lucivelo  |  13/08/2011 às 16:44

    Enquanto isso, o professor efetivo continua sendo prejudicado!!!! A discriminação é enorme e o sindicato apoia estes procedimentos. Por que não podemos participar do processo de atribuição de professor mediador, professor responsável pela sala de leitura, reforço na jornada, não na carga suplementar, projetos das escolas de período integral, etc??? O JUSTO seria TODOS TEREM ESTA OPORTUNIDADE!!! Ou então que se façam concursos para estas funções virarem cargo, aí sim, seria MUITO MAIS DEMOCRÁTICO. É papel da entidade lutar por TODOS IGUALMENTE!!!

    Resposta
  • 123. Rosangela  |  18/10/2011 às 02:12

    Boa noite ,gostaria de saber se professor mediador tem todos os direitos de um pof normal com aulas?Por ex:6 abonadas,licença maternidade de 6 meses,IAMSPE,e outras mais de direitos do prof normal.Pois minha diretora me convidou para ser mediadora para 2012 e necessito saber desses detalhes.Há e as ferias sao iguais aos dos prof. Janeioro e julho?

    Resposta
  • 124. TT  |  16/12/2011 às 19:52

    Oi sou professora mediadora de Junho de 2010 até os dias atuais, passei no processo seletivo fui bem avaliada pela escola e novamente volto a questão categoria O. Não posso,ser reconduzida porque??? ai meu Deus !!!! até quando vou aguentar todo final ano a mesma coisa . E respondendo a pergunta da amiga Rosangela não eu não tinha direito a IAMSPE , 2 abonadas po ano e ganho como PB I mesmo sendo PEB II . Agora este ano pode mudar por isso, que todo mundo quer ser mediador :(

    Resposta
    • 125. apeoesp  |  21/12/2011 às 15:06

      Prezada professora Tania,
      A informação preliminar que temos é que poderá ser reconduzida.
      Bebel

      Resposta
    • 126. Silvana M. Franceschini  |  02/02/2012 às 15:52

      O mesmo aconteceu comigo colega, estou muito triste, fiz um ótimo trabalho, as ocorrências no ROE diminuiram em 46%, tive projetos apresentados em São Paulo, mas como não somos considerados como profissionais e sim como categoria também não fui reconduzida, eu e todos que trabalharam comigo acham uma isanidade por parte da Secretaria do Estado investir em cursos, conferências e depois que já criamos vínculos afetivos na escola e comunidade somos substituidos, com certeza se fosse uma empresa priada não jogariam investimentos fora, mas se tratatando de órgão público não mexem nos bolsos deles.

      Resposta
  • 127. Joseany  |  22/12/2011 às 17:17

    E quando teremos uma informação concreta a respeito da recondução do professor mediador.
    Tomara que dê tudo certo, e que nós sejamos reconduzidos novamente.
    Para Deus, nada é impossível!

    Resposta
    • 128. apeoesp  |  24/12/2011 às 13:18

      Prezada professora Joseany,
      Estamos aguardando as normas para a atribuição de aulas.
      Bebel

      Resposta
  • 129. Lara  |  04/01/2012 às 20:49

    fui mediadora 2010 gostei muito , porém não obtive a nota mínima da prova sou da categoria L,mesmo assim fui reconduzida para o cargo em 2011,porém o pesadelo voltou…mais uma vez não consiguei os 50% será que corro risco novante de não ser reconduzida,mesmo fazendo um bom trabalho…estou muito triste…
    E a categoria L como vai ficar ? vai vira O ?
    gostaria de saber se posso ser reconduzida para o cargo.

    Resposta
    • 130. apeoesp  |  06/01/2012 às 12:08

      Prezada professora Lara,
      Com sua mudança de categoria (passará a ser candidata a contratação, portanto, categoria O), há muitas dúvidas sobre situações como esta. Solicito procurar uma orientação mais precisa junto ao departamento jurídico da APEOESP.
      Bebel

      Resposta
  • 131. Eliana Fontoura  |  05/01/2012 às 18:56

    Sou prof mediadora , desde que começou esse projeto……agora na minha escola, se a atribuição for na casa eu sou a primeira, então nesse caso ,,,,eu terei que deixar a mediacão onde já foi informada que serei reconduzida e pegar aula……..???/ A atribuic’~ao vai ser na casa mesmo….sou categoria F aprovada!!1

    Resposta
    • 132. apeoesp  |  06/01/2012 às 19:02

      Prezada professora Eliana,
      Será na sua sede de frequencia. No nosso entendimento, você pode fazer a opção. Consulte o departamento jurídico da APEOESP.
      Bebel

      Resposta
  • 133. Vilma  |  12/01/2012 às 00:58

    Sou professora mediadora categoria 0, VOU PODER SER RECONDUZIDA, qual lei vai me garantir esse direito, e porque nós não recebemos ferias.? Um abraço

    Resposta
    • 134. apeoesp  |  12/01/2012 às 11:56

      Prezada professora Vilma,
      Poderá, sim. Quanto às férias, se não forem pagas, procure o departamento jurídico para ajuizar ação,
      Bebel

      Resposta
  • 135. tt  |  14/01/2012 às 18:31

    Maria Izabel obrigada por responder as perguntas sou categoria O e sonho com dia em que teremos férias não só no dinheiro, mas, com a paz garantida que teremos para onde voltar estou nisso há cinco anos e cada vez muda um coisa e infelizmente nem sempre para melhor Passei no concurso, mas na minha disciplina falta aulas Historia , tenho muitos amigos que já não querem mais essa vida de nunca saber como vai ser amanhã eles falam para desistir, mas como desistir de algo que escolhi por amor, mas preciso me sustentar comer, vestir, enfim. Estou como mediadora categoria O passo sempre nas provinhas aguardando que Deus ilumine a cabeça dos nossos Governantes e que vocês continuem sempre fazendo a gentileza de nos manter informados e que lute pelos nossos direitos e que continue como mediadora até que venha outro concurso desta vez a nível estadual, pois regional não deu abraços;)

    Resposta
    • 136. apeoesp  |  14/01/2012 às 22:25

      Prezada professora Tt,
      Obrigada pela confiança. Continuamos lutando e perseverando, pois acreditamos na escola pública e na força da nossa união para que as coisas mudem.
      Bebel

      Resposta
  • 137. Tony  |  16/01/2012 às 08:10

    Querida Bebel
    Sou professor mediador e não fui reconduzido em 2010, mudando de unidade escolar. Em 2011, aconteceu a mesma coisa, novamente não fui reconduzido. Agora estou com receio pq comentaram que o Professor Mediador não pode ser “cessado” por duas vezes, isso quer dizer que terei q declinar da Mediação…Isso procede?

    Resposta
    • 138. apeoesp  |  16/01/2012 às 11:05

      Prezado professor Tony,
      Não enxontrei nenhum dispositivo que indique que professores na sua situação não possam ser reconduzidos. Apenas está indicado que a recondução depende de avaliação pela comissão responsável.
      Bebel

      Resposta
  • 139. TT  |  18/01/2012 às 16:51

    Sou categoria O e até agora nem sinal de férias e gostária de saber como fica a situação do professor mediador cAtegoria O fui bem avaliada trabalhei no começo até 2011 fui reconduzida na epoca porque tinha passado na prova . Passei novamente fui bem avaliada pela escola e por alunos e pais tivemos curso a distância elaborei um projeto trabalhei pra caramba sem convênio e agora vejo que sem férias e agora corro risco de perder tudo so por uma questão de categoria . Gente mande uma luz por Deus obrigada

    Resposta
    • 140. apeoesp  |  18/01/2012 às 18:02

      Prezada professora Tania,
      Quanto ao pagsamento das férias, você deve procurar o departamento jurídico da APEOESP para uma ação individual.
      Você pode ser reconduzida como professora mediadora.
      Bebel

      Resposta
    • 141. Silvana M. Franceschini  |  02/02/2012 às 15:54

      Você consiguiu ser reconduzida, mesmo sendo categoria O?

      Resposta
    • 142. Silvana  |  22/02/2012 às 18:24

      Exatamente como eu tive projeto escolhido para ser apresentado em São Paulo, todos na escola goastariam que eu continuasse o trabalho e agora eles vem dar valor para a categoria não para o potencial do profissional.
      Vc tem alguma novidade?

      Resposta
  • 143. Lia  |  18/01/2012 às 19:58

    Bebel sou categoria f aprovada e mediadora , trabalhei muito fui bem avaliada pela escola o diretor ate já me disse que serei reconduzida, acontece que agora a atribuição é na casa , e na escola tem aula na minha área a ser atribuida como faço…………trabalhei, trabalhei e agora vou ter que pegar aula…..e nao continuar na mediacäo??? Pelo amor de Deus , responda me ….estou ansiosa…..obrigada…

    Resposta
    • 144. apeoesp  |  18/01/2012 às 20:32

      Prezada professora Lia,
      Havendo aula disponível, terá que assumí-las. Havendo ainda horário compatível, poderá continuar como mediadora.
      Bebel

      Resposta
  • 145. Mario Roberto  |  20/01/2012 às 01:13

    Bebel, fui PMEC em 2010 e 2011 e fui reconduzido por minha diretora com o aval da supervisora para 2012 porém, como sou da extinta categoria L, depois que passei a ser categoria O fui desligado da função de PMEC e só fui informado deste fato agora dia 18/01, quando retornei para exercer minha função. Gostaria de saber com devo proceder, uma vez que passei na provinha, fiz e participei de diversos cursos de mediação e capacitação para exercer esta função, além de possuir um amplo relacionamento com os alunos e a comunidade, adquiridos nestes quase 2 anos de PMEC.
    Desde já agradeço a atenção e aguardo um breve retorno
    Mario

    Resposta
    • 146. apeoesp  |  20/01/2012 às 18:26

      Prezado professor Mário,
      Procure o departamento jurídico para ajuizar ação em defesa do direito adquirido. É uma tese. Não signfica que será aceita pelo juiz.
      Bebel

      Resposta
  • 147. Luis Alberto de Moraes  |  23/01/2012 às 20:32

    Prezada,
    O artigo 6º da Resolução 07/2012 dá a entender que a única exigência para continuidade na função de Professor Mediador é ter avaliação satisfatória segundo relatório da escola. E no meu entendimento, isso independe da categoria do docente. Sou categoria “O” e fui reconduzido; no entanto fui informado pela Diretoria de Ensino, que NÃO POSSO continuar na função. Peço vosso precioso esclarecimento a respeito deste impasse, já que a minha interpretação da resolução, mostra exatamente o contrário.
    Muito obrigado!

    Resposta
    • 148. apeoesp  |  24/01/2012 às 15:13

      Prezado professor Luis,
      A resolução não inclui os professores da categoria O entre aqueles que podem exercer a função, mas acredito que a SEE continuará flexilizando, como já fez em 2011. Portanto, a recondução é possível.
      Bebel

      Resposta
  • 149. andreia ap ventura  |  24/01/2012 às 04:37

    sou professora categoria “f”, fui professora mediadora 2011, foi um ano legal, adorei, fiz os trabalhos, cursos, fui muito elogiada durante o ano, gostei muito e gostaria de continuar em 2012, porém no final do ano passado descobri que estava grávida, ou seja, junho, jullho licença. primeira pergunta, quais os critérios para a recondução? eles podem só alegar que não querem me reconduzir? tem que dar um parecer, fundamentar a “não recondução”? não pesa nada os cursos, a qualificação que me deram? qual a possibilidade de continuar?caso seja dispensada, 2013 poderei me inscrever novamente?

    Resposta
    • 150. apeoesp  |  24/01/2012 às 13:23

      Prezada professora Andreia,
      A recondução depende de uma avaliação dos responsáveis pelo programa na sua DRE, mas você tem todas as chances de continuar.
      Bebel

      Resposta
  • 151. tania  |  26/01/2012 às 19:34

    Bebel desculpe bater na mesma tecla mas, conforme professor Luiz a Legislação que saiu dia 19/01 não fala que não poderemos ser reconduzidos como mediadores alguém já leu ela??? Sou O você já sabe e acho que é muito triste ter conseguido tantas coisas ao logo desse tempo como mediadora e agora ver outra professora assumindo por questão de categória ;( para que serviu passar processo seletivo ou mesmo fz o curso de capacitação ou trabalhar tanto sendo que no fim morrerei na praia . Gostária de saber de você já que para DE não existimos, se estão colocando nossas aflições no conhecimento de quem pode mudar isso ??? e gostária de saber qual a diferença de um mediador O com educador da escola da familia que vai ser reconduzido . Obrigada

    Resposta
    • 152. apeoesp  |  27/01/2012 às 02:09

      Prezada professora Tania,
      É o contrário. A resolução diz quem pode ser. É possível que possam ser reconduzidos pois estes projetos tem sido flexibilizados.
      Bebel

      Resposta
  • 153. Anna  |  28/01/2012 às 15:18

    Bom dia Bebel…Fui PMEC em 2010 e fui reconduzida em 2011,eu era categoria L e agora O,não passei na provinha do estado porém fui bem avaliada por toda equipe gestora da escola,ontem dia 25 a minha diretora me informou que séria uma pena,mas eu não poderia ser reconduzida pq não passei na provinha.Eu gostaria de saber se tem como reverter o meu caso.

    Resposta
    • 154. apeoesp  |  28/01/2012 às 20:12

      Prezada professora Anna,
      Sua única alternativa, agora, é tentar a via judicial. Veja com o departamento jurídico da APEOESP se isto é viável.
      Bebel

      Resposta
  • 155. Renata  |  29/01/2012 às 12:46

    Sou professora ofa aprovada fiz a inscrição de professor mediador, me chamaram antes da atribuição de aula de 2012. Quando citei a escola onde trabalho me disseram que a vaga já era de outro professor que a diretora tinha sugerido. Então a minha dúvida é , a vaga de mediadora poderia ser minha, pois de acordo com a resolução, segue uma ordem , 1º ofa aprovados, com sede na unidade ou prevalece professores com cartas marcadas.

    Resposta
    • 156. apeoesp  |  29/01/2012 às 13:43

      Prezada professora Renata,
      A Resolução estabelece uma ordem a ser seguida:
      Artigo 2º – Para a seleção dos docentes que desempenharão as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, deverá ser observada a seguinte ordem de prioridade:

      I – titular de cargo docente da disciplina de Psicologia, que se encontre na condição de adido, classificado na própria escola, sem descaracterizar essa condição;

      II – titular de cargo docente da disciplina de Psicologia, que se encontre na condição de adido, classificado em outra unidade escolar da mesma Diretoria de Ensino, sem descaracterizar essa condição;

      III – titular de cargo docente de qualquer disciplina, que se encontre na condição de adido, classificado na própria escola, sem descaracterizar essa condição;

      IV – titular de cargo docente de qualquer disciplina, que se encontre na condição de adido, classificado em outra unidade escolar da mesma Diretoria de Ensino, sem descaracterizar essa condição;

      V – docente readaptado em exercício na escola, que seja detentor de perfil adequado à natureza das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário e que apresente histórico de bom relacionamento com alunos e com a comunidade, verificada a compatibilidade do seu rol de atribuições, estabelecido pela Comissão de Assuntos de Assistência à Saúde – CAAS;

      VI – titular de cargo docente, classificado preferencialmente na própria escola, ao qual se venha atribuindo, por mais de um ano letivo, somente a carga horária correspondente à Jornada Reduzida de Trabalho docente;

      VII – docente ocupante de função-atividade, abrangido pelo disposto no § 2º do artigo 2º da Lei Complementar Nº 1.010/2007, e que se encontre na situação prevista no inciso II do artigo 1º das Disposições Transitórias da Lei Complementar Nº 1.093/2009:

      a) da própria escola;

      b) de outra unidade escolar, da mesma Diretoria de Ensino;

      VIII – docente ocupante de função-atividade, abrangido pelo disposto no § 2º do artigo 2º da Lei Complementar Nº 1.010/2007, e que se encontre na situação prevista no inciso V do artigo 1º das Disposições Transitórias da Lei Complementar Nº 1.093/2009:

      a) da própria escola;

      b) de outra unidade escolar, da mesma Diretoria de Ensino.

      Bebel

      Resposta
  • 157. Renata  |  29/01/2012 às 12:56

    A minha dúvida continua, depois de não poder ser mediadora na escola onde tenho sede, e sabendo que a vaga está lá para outro professor acabei pegando as aulas que tinham. É possível reverter isso de acordo com a resolução.

    Resposta
    • 158. apeoesp  |  29/01/2012 às 13:44

      Prezada professora Renata,
      Entre em contato com o departamento juridico para verificar o procedimento: F 11 33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 159. tania  |  29/01/2012 às 16:15

    Gente vou ser reconduzida com professora mediadora categoria O sim ou não ??? passei na prova e quero muito voltar mudou alguma coisa??

    Resposta
    • 160. apeoesp  |  29/01/2012 às 19:28

      Prezada profesora Tania,
      Seguindo rigorosamente a resolução, não. Mas já houve flexibilidade no ano passado.
      Bebel

      Resposta
  • 161. Renata Barbosa lima  |  31/01/2012 às 10:19

    Pelo que entendi se não passar na prova,não tem como ser mediadora,sendo da categoria O.

    Resposta
    • 162. apeoesp  |  31/01/2012 às 18:11

      Prezada professora Renata,
      Pela resolução, nem mesmo passando na prova.
      Bebel

      Resposta
  • 163. Luana  |  02/02/2012 às 01:41

    Mudou novamente a carga horária do professor mediador, gostaria de saber das 40 horas semanais?
    Como serão pagas essas horas?
    -Hora aulas de 50 min e ou hora relógio, sendo que trabalhando 8 horas a mais, sem a participação nos htp., e também sem a gratificação dos EF e EM, como ficará a situação em nossa folha de pagamento?

    Resposta
    • 164. apeoesp  |  02/02/2012 às 14:55

      Prezada professora Luana,
      A SEE afirma que paga pelas 40 horas. O assunto está sendo estudando pelo departamnto jurídico da APEOESP.
      Bebel

      Resposta
  • 165. tt  |  09/02/2012 às 23:55

    Categoria V alguém explica?? está letra nova. Ele começou no A e vai até final :( que é isso gente ??? vergonhaaaaaaaaaaaaaaaa era O passei processo seletivo mas não fui reconduzida como mediadora por causa de uma letra agora sou V que é isso ??? aguardo resposta.

    Resposta
    • 166. apeoesp  |  11/02/2012 às 09:43

      Prezada professora tt,
      Categoria V é professor(a) eventual.
      Bebel

      Resposta
  • 167. Ivanilde Aparecida Felippe Borges  |  17/02/2012 às 15:28

    Fui professora mediadora durante o ano de 2011 e reconduzida ao cargo em 2012, mas, infelizmente, descobri que estava com câncer de mama. Fui “obrigada” a tirar licença de 3 meses por conta do tratamento que não está sendo fácil. Acabei de receber a notícia que não poderei atuar no cargo de professora mediadora, por conta da licença (o permitido é somente 1 mês), e que voltarei a receber por 10 horas/aulas que a minha categoria proporciona(sou da categoria F). Estou arrasada, com uma doença horrível, gastando muito e agora com um salário muito menor. Existe alguma lei para pacientes com essa doença continuarem a receber o mesmo valor até que tudo volte ao normal?

    Resposta
    • 168. apeoesp  |  18/02/2012 às 13:31

      Prezada professora Ivanilde,
      Sinto muito pela sua doença e espero que você se recupere muito bem. Quanto ao seu caso, pela especificidade, sugiro que procure o departamento jurídico na sua subsede, ou pelo telefone 11.33506214, para verificar que medida jurídica pode ser tomada para resguardar seus direitos numa situação tão especial.
      Bebel

      Resposta
  • 169. Cleusa  |  20/02/2012 às 04:48

    Gostaria de saber qual a carga horária do professor mediador comunitário atual, pois alguns comentam em 33 horas ?
    E qual o salário mensal, há curso de capacitação?

    Resposta
    • 170. apeoesp  |  22/02/2012 às 18:35

      Prezada professora Cleusa,
      O assunto é disciplinado pela Resolução SE 7, de 2012:
      Artigo 1º – O Professor Mediador Escolar e Comunitário exercerá suas atribuições com carga horária correspondente à da:

      I – Jornada Integral de Trabalho docente; ou

      II – Jornada Inicial de Trabalho docente.

      § 1º – O Diretor de Escola procederá à atribuição da carga horária destinada ao projeto compatibilizando-a com a carga horária constituída de aulas que o docente já possua, observado, no somatório, o limite máximo de 40 (quarenta) horas semanais.

      § 2º – Caberá ao Diretor de Escola distribuir a carga horária do docente de acordo com o horário de funcionamento da unidade escolar, em 5 (cinco) dias úteis da semana, respeitado o limite máximo de 8 (oito) horas diárias de trabalho, incluídas as Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo.

      § 3º – A distribuição da carga horária de trabalho deverá prever a disponibilização de até 4 (quatro) horas quinzenais, ou 8 (oito) horas mensais, a serem cumpridas em reuniões de planejamento e avaliação, agendadas pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar.

      § 4º – Quando se tratar de docente readaptado, o Professor Mediador Escolar e Comunitário cumprirá a carga horária que já possui, fixada na respectiva apostila de readaptação, observado o disposto nos §§ 2º e 3º deste artigo.

      Informe-se sobre cursos e orientações técnicas na sua escola ou DRE.

      O salário corresponde ao do professor com mesma carga horária.
      Bebel

      Resposta
  • 171. ADRIANA REGINA DE LIMA  |  02/03/2012 às 11:30

    Olá Bebel,me ajude por favor ,trabalhei como pmec em 210 e 2011 e reconduzida para 2012,mas infelizmente sou categoria o,tem como reverter essa situação estou muito triste.Beijos Adriana

    Resposta
    • 172. apeoesp  |  02/03/2012 às 13:56

      Prezada professora Adriana,
      Procure o departamento jurídico na sua subsede para verificar o que pode ser feito no seu caso.
      Bebel

      Resposta
  • 173. ADRIANA REGINA DE LIMA  |  07/03/2012 às 02:04

    Olá Bebel,tudo bem!
    muito obrigada por esclarecer nossas dúvida,você é um anjo,será que poderia por gentileza tirar uma dúvida.Entrei em 91 no estado sou pebl e perdi o vinculo em 14/07/2007 fui para a categoria o ,no ano de 2008 e 2009 não consigui nada não tive nenhum vínculo,voltei como pmec em 2010 já nesta letra o e agora estou sem nada.Tem como reverter minha categoria,desde já agradeço a oportunidade de esclarecimento.
    Beijos
    Adriana

    Resposta
    • 174. apeoesp  |  07/03/2012 às 02:53

      Prezada professora Adriana,
      Obrigada pelas suas palavras.
      Quanto à sua dúvida atual, você pode entrar em contato com o departamento jurídico na sua subsede, expor a sua situação e verificar que possibilidades existem.
      Bebel

      Resposta
  • 175. marines  |  14/03/2012 às 01:02

    Algum de vcs colegas poderiam orientar para que possa entregar o proj. P.M.E.C? Não sei por onde começar entendem? Por exemplo o q.devo enfatizar? É extenso? Ou devo ser objetiva?
    OBRIGADA.

    Resposta
  • 176. Lidia Soares  |  14/03/2012 às 13:53

    Boa Dia!

    Fui reconduzida para a função de PMEC 2012, mas estou pretendendo sair desse projeto, estou querendo pegar minhas aulas, como eu devo proceder? obrigada

    Resposta
    • 177. apeoesp  |  15/03/2012 às 01:46

      Prezada professora Lidia,
      Solicite que entre em contato com o telefone 11.33506214 para receber informações e orientações.
      Bebel

      Resposta
      • 178. marines  |  15/03/2012 às 10:23

        OI LIDIA TUDO BEM ?
        PORQUE VC NÃO GOSTOU , POR FAVOR ME ORIENTA ESTOU NA DUVIDA SE DEIXO MINHA AULAS PARA SER MEDIADOR?
        OBRIGADA

  • 179. Lidia Soares  |  15/03/2012 às 14:39

    Bom Dia!

    Eu liguei neste numero que a senhora pediu, mas a atendente não soube me explicar. Obrigada

    Resposta
    • 180. apeoesp  |  16/03/2012 às 02:32

      Prezada professora Lidia,
      Lamento. Por favor, procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Resposta
  • 181. Lidia Soares  |  16/03/2012 às 14:42

    Bom Dia!

    Marines… pelo que foi passado vc não pode abandonar aulas para ser professor mediador, pois os supervisores falam que a prioridade é sempre as aulas, e também é arriscado vc perder sua categoria. Mas a questão de gostar ou não, vai de cada um… no começo eu estava empolgada… mas ai eu percebi que a realidade é outra, fiquei muito decepcionada com certas situações que passei, e também pra ser mediador… a direção gosta que vc fique sempre disponivel para o que der e vier…em certas escolas o mediador é praticamente um ajudante geral, e a todo momento este cargo fica aberto a criticas, e fora a lavagem cerebral que certos diretores fazem se algum mediador não aceitar a seus caprichos se é que vc me entende kkkk, mas fica a seu critério… se vc realmente pretende ser um mediador peça orientações na sua diretoria de ensino. abraços e boa sorte

    Resposta
    • 182. marines  |  22/04/2012 às 01:02

      OI LIDIA TUDO BEM ?
      ACABEI FICANDO SÓ COM MINHAS HORAS DE PERMANENCIA. COMO O SALÁRIO É POUCO FIZ O PROCESSO SELETIVO DE PMEC E FUI PARA UMA DETERMINADA ESCOLA . NA PRIMEIRA SEMANA ATÉ GOSTEI MAIS AGORA TUDO QUE VC DISSE AI NO TEXTO É TUDO VERDADE.
      ESTOU SOZINHA QUALQUER COISA QUE ACONTEÇE ME CHAMA ATÉ MESMO SE UM ALUNO JOGA BOLINHA DE PAPEL NO OUTRO VC ACREDITA. JA ESTU PENSANDO EM ATÉ DESSITIR NÃO ESTOU TENDO APOIO NEM DA DIREÇÃO E NEM DAS COORDENADORA ELAS SE TRANCA EM UMA SALA SÓ VOU VER QDO ESTOU INDO EMBORA.
      É OUTRA REALIDADE NOS FICAMOS DE MÃOS ATADA.
      ESTOU DESMOTIVADA DE TUDO ,
      UM GRADE ABRAÇOS

      Resposta
      • 183. lucivelo  |  23/04/2012 às 02:49

        Mas pelo que você está dizendo ou você esperava ser tratada como alguém superior a qualquer professor ou quando você atua como professora o tratamento recebido pela equipe gestora é muito diferente deste, o que não corresponde à realidade para muitos colegas.

  • 184. gustavo  |  18/04/2012 às 23:46

    Sou professor efetivo de biologia e gostaria de ser mediador… posso?

    Resposta
    • 185. apeoesp  |  20/04/2012 às 00:31

      Prezado professor Gustavo,
      Sim, pode.
      Bebel

      Resposta
  • 186. NANDO  |  26/05/2012 às 01:41

    VCS NAO VAI FAZER NADA PRA MUDAR A CATEGORIA DE QUEM CAIU ? DE L PRA O ? NINGUEM FALA SOBRE ISSO, ERA PROFESSOR MEDIADOR E AGORA?

    Resposta
    • 187. apeoesp  |  27/05/2012 às 13:47

      Prezado professor Nando,
      Não entendi sua pergunta e creio que você está mal informado, apesar de todo o tempo decorrido desde a divisão dos professores em “categorias” L e O.
      Vamos recapitular: Em 2007 o governo criou a lei 1010/07 (SPPrev). Todos os OFAs seriam remetidos para o INSS e estariam sujeitos a demissão em dezembro de 2007. Lutamos, conseguimos um contato do então ministro do Trabalho, Luiz Marinho, com o governador José Serra, e conseguimos impedir. O trabalho dos OFAs foi considerado de natureza permanente e foram considerados estáveis 80 mil professores. Entretanto, o governo estabeleceu que só teriam direito a este benefício os que estavam em efetivo exercício em 2 de junho de 2007. Os deputados, cuja maioria absoluta apoia o governo, aprovaram a lei desta maneira, apesar do nosso movimento.
      Desde então, temos ajuizado centenas de ações judiciais individuais para que os professores excluídos da estabilidade, que o sistema da SEE batizou de “catagoria L”, sejam considerados como “categoria F” (estáveis).
      Além disso, quando o governo enviou a lei complementar 1093/09 para votação na ALESP, lá estávamos nós de novo, lutando pelos professores da categoria “L” e chamamos todos os professores a estarem conosco. Novamwnte, a redação original da lei previa o desligamento de todos estes professores no final de 2009. Outra vez, conseguimos aprovar uma emenda que estendeu este prazo até final de 2011.
      Em 2011, durante todo o segundo semestre, lutamos junto à SEE para que os atuais professores da categoria L também ficassem estáveis até a aposentadoria. Ou seja, não seriam contratados novos categoria L, mas os atuais estariam garantidos até o final de seu trabalho na rede. Convocamos várias assembleias, mas, infelizmente, os próprios professores da categoria L não compareceram em peso, reduzindo nosso poder de pressão.
      Assim, o que estava previsto na lei 1093/09 se consumou.
      Hoje, estamos discutindo com a SEE a necessidade de acabar com essa vergonha que é a contratação pela lei 1093/09 e já denunciamos também o caso à OIT, solicitando que o órgão interfira junto ao governo estadual. Também estamos preparando campanha de mídia sobre a questão, sobre a qual nossos materiais nunca deixaram de falar.
      Portanto, professor, não posso concordar com o tom e o teor de sua pergunta, insinuando que não fizemos nada. Muito foi feito, e mais poderíamos fazer se tivéssemos contado com mais professores da própria categoria L na luta.
      Bebel

      Resposta
  • 188. geny  |  05/06/2012 às 11:16

    as de paralizaçao do mes de março 15;16 e 17.ja foram descontados esses dia em maio.um abraço

    Resposta
    • 189. apeoesp  |  07/06/2012 às 13:21

      Prezada professora Geny,
      Estamos em negociações com o secretário da Educação para reposição e pagamento destes dias e posterior retirada das faltas.
      Bebel

      Resposta
  • 190. MARGARIDA  |  13/09/2012 às 14:45

    GOSTARIA DE SABER SE POSSO ASSUMI A FUNÇÃO DE PROFESSORA MEDIADORA COM A INSCRIÇÃO DE 2011 ,ONDE PASSEI MAS NÃO TIVE INTERESSE NA ÉPOCA MEU NOME SAIU NA NA LISTA E SEGUNDO LUGAR ,A ESCOLA ONDE LECIONO A DIRETORA ME CONVIDOU , MAS A MINHA DUVIDA É SE POSSO ASSUMIR AGORA EM 2012 COM A INSCRIÇÃO DE 2011 .

    Resposta
    • 191. apeoesp  |  14/09/2012 às 12:43

      Prezada professora Margarida,
      No nosso entendimento, sim. Entretanto, você pode obter melhor informação pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 192. vanessa  |  30/09/2012 às 00:07

    Gostaria de saber se haverá concurso de peb ll na disciplina de sociologia.

    Resposta
    • 193. apeoesp  |  30/09/2012 às 01:47

      Prezada professora Vanessa,
      Todos os indícios que colhemos junto à SEE indicam que sim.
      Bebel

      Resposta
  • 194. Wilson  |  20/11/2012 às 03:22

    Prezada senhora Bebel, cordiais saudações.
    Bem, fui professor na rede estadual do ano de 1992 a 1997, depois retornei apenas em 2011, gostaria de saber se pelos anos que lecionei como contratado, posso ter algum benefício junto a categoria, ou seja, atualmente sou “o”, e soube que muitos daquela época que estavam na mesma situação que eu, se tornaram “L”, isso é possivel?
    Obrigado!

    Resposta
    • 195. apeoesp  |  20/11/2012 às 11:33

      Prezado professor Wilson,
      Sua situação é mais complicada, por ter estado na rede apenas até 1997, mas sugiro que procure o departamento jurídico na subsede de sua região, ou ligue para 11.33506214.
      bebel

      Resposta
  • 196. maria aparecida  |  02/12/2012 às 22:51

    Penso que os secretários da Educação vai exigir dos prof.. categoria (F) já bastante sucateados que vá estudar direito, constitucional, e direito humanos, direito criminal para realizar um trabalho que seria exclusivamente de psicólogos e psiquiatras, assistentes sociais, cientistas sociais e ainda vara da infância e juventude.

    Os prof. já anda doente segundo pesquisas há um grande números afastados do trabalho .

    Resposta
    • 197. Iocléres  |  22/12/2012 às 02:04

      Sou Categoria F, assumi a Mediação e aula cumprindo 19 HA na mediação e mais 10 aulas em 2012.
      Porém ao peguntar sobre a minha recondução, me informaram que ficaria com a mediadora que está há mais tempo na UE. Este professor passou no concurso e assume inicio do ano e estava de licença maternidade e é categoria O e não havia passado na prova. Disseram que este professor assumiria e que alguma forma voltaria, pois tem criança pequena e assumiria a mediação novamente. Isto está correto? Não existe período probatório? Qual é a nova mudança na Resolução 19 para este ano 2013? Qual é o número de alunos que comporta 2 mediadores?
      grata
      Iocléres

      Resposta
      • 198. apeoesp  |  23/12/2012 às 10:46

        Prezada professora Iocleres,
        Não tenho respostas imediatas para suas perguntas. Não houve novas alterações na resolução. Você precisa de uma orientação jurídica. A partir de 2 de janeiro ligue para 11.33506214 ou procure o(a) advogado(a) na sede central.
        Bebel

      • 199. Iocleres  |  24/12/2012 às 00:04

        Obrigada!

        Professora Ioccleres

  • 200. Iocleres  |  22/12/2012 às 17:27

    Bebel!
    A resolucao 19′ houve alguma mudanca para 2013?
    Grata
    iocleres

    Resposta
    • 201. apeoesp  |  23/12/2012 às 10:41

      Prezado professor Iocleres,
      Até o momento não temos conhecimento de nenhuma alteração nas resoluções SE 19/2010 e SE 01/2011.
      Bebel

      Resposta
  • 202. Jael Vieira Macedo  |  29/01/2013 às 00:02

    Boa Noite
    Meu nome é Jael e gostaria de tirar uma dúvida, quando se está ocupando a função de mediador, se tem o direito de tirar licença saúde ou gestante, sem perca salarial? Se puderem me esclarecer ficarei agradecida.

    Resposta
    • 203. apeoesp  |  29/01/2013 às 12:27

      Prezada professora Jael,
      Todo professor em atividade no estado tem o direito a licença. Quanto ao salário, solicite que entre em contato com o telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 204. Ubirajara Soares  |  30/01/2013 às 23:25

    Quais são os impedimentos para o exercicio de professor mediador, sendo, Categoria F – aprovado, com 32 aulas semanais, estou sendo impedido pela DE de Jacarei, com este argumento.
    E.T- onde encontro os impedimentos que norteiam ou embasam o exercicio do Professor mediador?

    Resposta
    • 205. apeoesp  |  01/02/2013 às 00:56

      Prezado professor Ubirajara,
      Não encontrei na resolução esta limitação. Procure o departamento jurídico na sua subsede para melhor esclarecimento ou ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 206. Nádia  |  11/03/2013 às 14:34

    Por favor estou com uma grande duvida, estou em uma unidade escolar e gostaria de ir para outra unidade escolar, ambos os gestores concordam, eu posso?

    Resposta
    • 207. apeoesp  |  14/03/2013 às 09:58

      Prezada professora Nádia,
      Você pode fazer a tentativa. Requeira, com a anuência dos gestores.
      Bebel

      Resposta
  • 208. Carla  |  08/04/2013 às 20:27

    Por favor, sou PMEC deste o ano passado , mas estou planejando engravidar e tenho que ter a certeza de que a licença maternidade não me tirará o direito de continuar como professora mediadora , uma vez que me disseram que atuando em projeto não se pode tirar licença, pois perde a função. Ou seja, posso ficar tranquila em tirar licença maternidade e voltar a minha mesma função após? Obrigada pela atenção ! Aguardo ansiosamente!

    Resposta
    • 209. apeoesp  |  10/04/2013 às 00:13

      Prezada professora Carla,
      Por favor, entre em contato com o departamento jurídico na sua subsede ou ligue para 11.33506214 para esclarecer esta dúvida, pois a resolução específica não trata deste aspecto.
      Bebel

      Resposta
  • 210. Willian  |  19/06/2013 às 21:06

    OLÁ BEBEL ESTOU INSCRITO NO PROJETO DE PASTA – PROFESSOR MEDIADOR COMUNITÁRIO, DESDE O ÍNICIO DO ANO DE 2013, E NA MINHA DIRETORIA DE ENSINO ESTA ABRINDO NOVAS INSCRIÇÕES, EU TENHO QUE ME INSCREVER NOVAMENTE????QUERO TENTAR A VAGA DE PROFESSOR MEDIADOR COMUNITÁRIO EM UMA ESCOLA QUE JA TEM 1, EU POSSO????SER O 2º PROFESSOR MEDIADOR….TENHO ESSAS DÚVIDAS….

    Resposta
    • 211. apeoesp  |  20/06/2013 às 02:37

      Prezado professor William,
      Por favor, para tirar essas dúvidas ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
      • 212. Willian  |  22/06/2013 às 00:12

        AO LIGAR PARA ESSE TELEFONE …QUAL O HORÁRIO DE ATENDIMENTO….

      • 213. apeoesp  |  23/06/2013 às 12:30

        Prezado professor William,
        O atendimento ocorre no horário comercial, de segunda a sexta.
        Bebel

    • 214. Diego  |  20/06/2013 às 03:57

      Sou mediador inscrito e atuante e digo que se você está inscrito em qualquer projeto da pasta, não precisa fazer inscrição novamente.

      Resposta
  • 215. angela  |  21/06/2013 às 15:13

    Bom dia,preciso saber se a professora mediadora se afastar em licença gestante ela perde a função???se perder vai receber por quantas horas???por 9 de permanencia ou por 40 horas??/AGUARDO A RESPOSTA O MAIS BREVE POSSIVEL
    OBRIGADA

    Resposta
    • 216. apeoesp  |  23/06/2013 às 12:48

      Prezada professora Angela,
      Para obter uma melhor resposta, sugiro que ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 217. Mary Ferreira  |  12/09/2013 às 01:30

    Olá Bebel, boa noite.
    Gostaria de saber se o docente Categoria F com projeto de pasta ( recuperação) pode tirar licença saúde para cirurgia?

    Resposta
    • 218. apeoesp  |  14/09/2013 às 10:34

      Prezada professora Mary,
      Todo professor com vínculo permanente com o Estado tem direito a licença. Informe-se melhor no departamento jurídico, na subsede, ou pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 219. Soeli Tavares Mariza  |  29/10/2013 às 23:52

    Olá,sou professora titular de cargo e no ano que vem ficarei adida em minha sede,pois muitas salas serão fechadas.Gostaria de saber se posso pleitear o cargo de mediadora,pois pelo que li na resolução a prioridade para essa função é de titulares de cargo adidos.Atualmente já há alguém ocupando essa função na escola,mas na resolução também aparece o seguinte: 3º – A recondução dos docentes que já se encontram no exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário ocorrerá previamente à seleção de novos docentes de que trata o art. 3º desta resolução. Gostaria de saber também se há a possibilidade de ter dois mediadores.Por favor aguardo resposta.

    Resposta
    • 220. apeoesp  |  02/11/2013 às 12:56

      Prezada professora Soeli,
      Tudo depende da realidade de cada escola. Sugiro que procure a diretora ou o gestor responsável pelo projeto na sua escola e manifeste seu interesse, obtendo as informações necessárias.
      Bebel

      Resposta
  • 221. Reinaldo Rodrigues  |  11/02/2014 às 01:43

    Boa noite, sou professor aprovado no concurso peb II Filosofia, estou assumindo neste inicio de ano (2014) umA carga horária Inicial cuja escola tem 16 aulas e receberei pelas 19. Poderei acumular o cargo para professor mediador nestas condições?

    Resposta
    • 222. apeoesp  |  16/02/2014 às 15:01

      Prezado professor Reinaldo,
      Poderá tentar, para completar a jornada escolhida. Oriente-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 223. carmen  |  23/02/2014 às 00:20

    sou professora mediadora,gostaria de desistir para ser PCAGP, eu possso.

    Resposta
    • 224. apeoesp  |  23/02/2014 às 13:10

      Prezada professora Carmen,
      Em princípio, não. Não pode desistir de aulas atribuídas, a não ser por motivo de licença ou outro afastamento. Verifique junto ao departamento jurídico se há alguma saída (fone 11.33506214).
      Bebel

      Resposta
  • 225. vãnia vasconcelos  |  26/04/2014 às 02:06

    Ser efetivo é castigo!!Não pode pegar mediação( cargo light) e nem sala de leitura( não fica na sala de aula). Quando vocês vão rever isso???Um professor com mais de 20 anos tem menos privilégio que um novato ACT!!!

    Resposta
    • 226. apeoesp  |  27/04/2014 às 14:39

      Prezada professora Vânia,
      Deixo seu comentário para reflexão de todos. Apenas lembro que a função do professor, aquilo que nos fez investir na nossa formação e escolher esta profissão, é ministrar aulas, não permanecer em sala de leitura ou mediar conflitos. Creio que o privilégio do educador é ministrar aulas e formar seus alunos. Para isto deve ser bem remunerado e ter condições de trabalho. Esta é a nossa luta.
      Bebel

      Resposta
      • 227. lucivelo  |  27/04/2014 às 15:01

        “Privilégio do educador é ministrar aulas” desde que os privilégios de sala de leitura e mediação permaneçam unicamente ao alcance da cat. F, não é Bebel?? Desde o começo da criação dessa cat. percebi seu favorecimento e agora todos estão enxergando, que bom!

      • 228. apeoesp  |  03/05/2014 às 12:43

        Prezada professora Lucivelo,
        Deixo sua opinião para que seja avaliada pelos próprios professores da categoria F que acompanham este blog. Mas é preciso que se diga que lutamos pelo conjunto da categoria, tendo conseguido incorporação das gratificações, reajustes, direito de escolha de aulas na atribuição (medida judicial), ampliação das possibilidades de remoção, mudanças na carreira (memorial e novas possibilidades de evolução pela via não acadêmica) e outros itens que afetam os professores efetivos; fim da obrigatoriedade da prova para os professores da categoria F; redução da quarentena dos professores da categoria O para 40 dias (medida judicial), fim do caráter eliminatória da prova para a categoria O, direito ao IAMSPE para este segmento (em fase de elaboração do projeto); para os aposentados conseguimos a extensão dos bônus de 2000, 2001 e 2002. Há muitos outros itens, mas estes demonstram que não privilegiamos nenhum segmento e lutamos por todos.
        Bebel

  • 229. Eliana Carvalho  |  28/04/2014 às 03:56

    Bebel, quanto tempo o professor mediador pode afastar para tratamento de saúde, sem ser dispensado????

    Resposta
    • 230. apeoesp  |  03/05/2014 às 13:03

      Prezada professora Eliane,
      Enquanto o professor está legalmente em licença-saúde, não pode ser dispensado. Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 3,333,021 hits

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 427 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: