Revisão dos valores da aposentadoria por invalidez

09/04/2012 at 01:56 12 comentários

Conforme já havíamos divulgado, a Emenda Constitucional 70, publicada no Diário Oficial da União em 30/03, estabelece novos critérios para o cálculo e a correção dos proventos da aposentadoria por invalidez dos servidores que ingressaram no serviço público até a data da publicação da EC 41 de 2003 (19/12/2003). Segundo artigo 1º da Emenda 70, os aposentados por invalidez terão o direito de receber seus proventos calculados com base na remuneração do cargo em que se der a aposentadoria e não mais pela média.

Além disso, a Emenda assegura paridade aos aposentados por invalidez , ou seja, os proventos e pensões desses servidores serão revistos na mesma proporção e na mesma data, sempre que se modificar a remuneração dos servidores em atividade.

About these ads

Entry filed under: Artigos. Tags: .

SPPREV comete ilegalidade na contagem de tempo para aposentadoria APEOESP se reuniu com o Secretário da Educação no dia 9 de abril

12 Comentários Add your own

  • 1. andre poá  |  10/04/2012 às 21:01

    queria saber mais detalhes dessa reunião! no que essa reunião com o secretario foi aproveitável?

    Resposta
    • 2. apeoesp  |  12/04/2012 às 02:58

      Prezado professor André,
      Publiquei relato da reunião aqui no blog.
      Bebel

      Resposta
  • 3. Prof Triste  |  10/04/2012 às 23:54

    É triste esse brasil, sou professor do estado de sp há um ano e me sinto envergonhado pelas minhas condições de trabalho. Os professores de Brasília- DF estão em greve desde 2 de Abril e ganham salário base de R$ 3.360,00.

    Resposta
  • 4. Professor categoria "O" demitido  |  11/04/2012 às 02:22

    Olá Bebel,
    Hoje eu e mais 3 amigos professores categoria “O”, que estivemos os 3 dias em greve 14, 15 e 16 de março, fomos comunicados que nossos contratos estão sendo instintos, pois as 3 faltas caracterizam a rescisão contratual, a diretora informou que são ordens da diretoria de ensino, entrei em contato com a diretoria e ninguém sabe o que realmente vai acontecer, fui informado que não deveria nem entrar em sala de aula amanhã, depois de muita conversa com a diretora, ela pediu para que entremos em sala de aula amanhã e que até a tarde ela esperará resposta da diretoria, se nada for falado por eles, ela fará um documento com a rescisão de nossos contratos, o que fazer?, pois fiquei sabendo que em outras diretorias de ensino não está sendo assim.
    Minha diretoria de ensino é de Caieiras, aguardo retorno urgente!
    Obrigado!!!

    Resposta
    • 5. apeoesp  |  12/04/2012 às 02:51

      Prezado professor categoria “O” demitido,
      Esta sitauação foi apresentada para o secretário e reafirmada na tarde desta quarta-feira. Estamos aguardando retorno.
      Bebel

      Resposta
      • 6. lobo  |  12/04/2012 às 16:06

        EM QUANTO NÃO TIVER UMA POLITÍCA ECONÔMICA SOCIAL NO BRASIL SOBRE EDUCAÇÃO E SALARIAL PARA OS TRABALHADORES ,SOBRE A FOME EDUCAÇÃO, SAÚDE,COM OS SALÁRIOS DOS APOSENTADOS SENDO REDUZIDO NÃO TEREMOS JUSTIÇA SOCIAL ÉNTRA ANO SAIR ANO QUE OS APOSENTADOS PEDI O SEU PODE DE CAMPRA NO BRASIL, O GOVERNO BRASILEIRO ESTA FAZENDO A MESMA COISA QUE OS PAÍSES EUROPEUS, REDUZINDO CUSTOS EM SIMA DOS APOSENTADOS BRASILEIROS

  • 7. Francisco Emilio Lupatini  |  12/04/2012 às 00:18

    Mesmo sendo professor estadual aposentado por invalidez do RS, gosto muito de teu Blog…e esta última notícia que li sobre a Emenda Constitucional nº 70 de 29 /03/2012 que dá a paridade dos proventos dos inativos a dos ativos e de receber os mesmos reajustes nas datas em que os da ativa receberem é uma grande notícia, foi feita a justiça, estou muito feliz, pois estava recebendo um salário mínimo, pois, perdi os triênios, difícil acesso e foi reduzido meu vencimento básico. Estou muito feliz…obrigado pela notícia…e que Deus te ilumina neste Blog e no teu mandato da APEOESP Maria Isabel. “Sucesso”

    Francisco Emilio

    Resposta
    • 8. apeoesp  |  12/04/2012 às 02:10

      Prezado professor Francisco,
      Muito obrigada pelas suas palavras. Fico muito feliz por este espaço estar sendo útil aos professores, pois é esta mesma a sua finalidade.
      Bebel

      Resposta
  • 9. Indignado com SPPREV  |  15/04/2012 às 03:45

    Oi Bebel tudo bem?Vcs ai da Apeoesp sabem o que acontece naquela SPPREV,olha cada vez que vamos precisando de atendimento ligado a setores que são administrados pelo poder público é de sentir vontade de chorar,lembro do DPME que ficavam as vezes meses para publicar as licenças,muitas vezes os professores estão lá doentes pq seu médico assistente lhe concedeu 90 dias e após terem passado pela perícia ,esperavam coisa de 80/85 dias qdo não passavam bem mais que isso e ficavam decepcionados,pq o DPME concedia apenas 8 dias e demoravam ,mais que o período de licença para publicar.Hoje vejo a dificuldade é que para tentar um contato com SPPREV,depois de ser aposentado,ligo sempre na DE e pergunto como está meu processo,eles dizem que encaminharam para o SPPREV,ligando lá nenhuma notícia,aguarde está em análise!Perguntei a atendente,análise onde?Ela respondia na sua DE,lá ia eu ligar na DE e falavam já ancaminhamos para o SPPREV,ligava DRHU que agora tem outro nome,seu processo está no SPPREV,vai mês ,vêm mês e nada.Estou aposentado recebendo o valor do último salário.Bebel o que pode ser feito para que o SPPREV nos atenda com dignidade?Conversando com uma senhora da Apeoesp,ela me falava que estão devoldendo processos de aposentadoria ,pq eles não compreendem a lei ,vejo que alguns direitos, na sua maioria sempre concedidos com pedidos judiciais.Eu ainda posso falar ao telefone,ainda consigo escrever e as pessoas que sabemos não podem contar mais com estes recursos e são sozinhas.Converse com Governador se possível, pois aquilo é uma vergonha.Sei que muitas coisas melhoraram lá no DPME, pq vcs da Apeoesp ficaram em cima ,pressionem o Governador pois aquele SPPREV está uma CALAMIDADE.

    Resposta
    • 10. apeoesp  |  15/04/2012 às 15:59

      Prezado professor Indignado,
      Estamos em cima. Estamos solicitando uma reunião com a SPPrev e já levamos o problema ao secretário da Educação.
      Bebel

      Resposta
    • 11. Maria Lídia G. dos Santos  |  19/04/2014 às 06:26

      Vergonha, calamidade, é muito pouco, isso nem nome tem, eu hoje me sinto como se tivessem cortado as minhas pernas sem anestesia, estou mutilada e sem saber como resolver, quase não consigo andar, tenho que usar muletas, fiz mastectomia radical e perdi a capacidade do braço direito por causa do câncer e rompimento dos tendões, perdi meu chão e o salário óóóóóóóóó

      Resposta
      • 12. apeoesp  |  20/04/2014 às 12:38

        Prezada professora Maria Lídia,
        Você deve procurar o departamento jurídico ou solicitar que alguém de sua confiança o faça. Mais que uma questão de direitos, seu caso me parece uma questão humanitária. Verifique em http://www.apeoesp.org.br o telefone e endereço da subsede de sua região.
        Boa sorte.
        Bebel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 3,334,596 hits

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 427 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: