Regras para pré-inscrição para a prova promoção na carreira

11/05/2012 at 15:21 146 comentários

Reproduzo Comunicado da SEE com as regras para  pré-inscrição para a prova de promoção na carreira. Esclarecemos que a promoção da carreira é um dos pontos que estão sendo discutidas na comissão paritária de gestão da carreira, deixando a prova de ser a única forma de promoção.

Diário Oficial do Estado de São Paulo

 

Quarta-feira, 9 de maio de 2012

 

Comunicado

PROCESSO DE PROMOÇÃO / 2012 – EDITAL DE ABERTURA DE PRÉ-INSCRIÇÃO PARA PROVA.

 

O Coordenador da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos, da Secretaria de Estado da Educação, nos termos da Lei Complementar estadual 1.097, de 27-10-2009, alterada pela Lei Complementar estadual 1.143, de 11-07-2011, regulamentada pelo Decreto estadual 55.217, de 21-12-2009, torna pública a abertura de pré-inscrição para prova – Processo de Promoção, dos integrantes do Quadro do Magistério.

 

I – DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR DA PROVA E CONCORRER À PROMOÇÃO DA FAIXA I PARA FAIXA II.

 

1. Aparticipação na prova, considerando como data base o dia 30-06-2012, está condicionada ao atendimento dos requisitos a seguir relacionados:

 

1.1 Encontrar-se em efetivo exercício na data base;

 

1.2 Ser titular de cargo efetivo ou servidor abrigado pelo § 2º, do artigo 2º, da LC 1.010/2007, em um dos seguintes cargos:

 

a) Professor Educação Básica I;

 

b) Professor Educação Básica II;

 

c) Professor II;

 

d) Diretor de Escola;

 

e) Supervisor de Ensino;

 

f) Assistente de Diretor de Escola; ou

 

g) Coordenador Pedagógico.

 

1.3 Ter cumprido o interstício mínimo de 4 anos (1.460 dias), por período contínuo ou não no exercício do cargo/ função;

 

1.4. Estar classificado numa mesma unidade de ensino ou administrativa há pelo menos 1.168 (um mil, cento e sessenta e oito) dias, nos termos do artigo 6º, do Decreto 55.217/2009;

 

1.5. Computar, observado o artigo 8º, do Decreto 55.217/2009, o mínimo de 2.304 (dois mil, trezentos e quatro) pontos de assiduidade.

 

II – DA PRÉ-INSCRIÇÃO

 

1. Apré-inscrição ocorrerá no período de 14-05-2012 a31-05-2012, iniciando-se às 9h do dia 14-05-2012 e encerrando – se às 18h do dia 31-05-2012, horário de Brasília.

 

2. Serão utilizados para pré-inscrição os dados constantes no Sistema de Cadastro Funcional da Secretaria da Educação.

 

2.1 – A apuração dos requisitos necessários à pré-inscrição será obtida no Cadastro Funcional e de Frequência, estando o candidato isento de apresentação de qualquer documento.

 

3. O candidato deverá inscrever-se através do endereço eletrônico http://drhunet.edunet.sp.gov.br/PortalNet/, acessar o item “Promoção”, confirmar os dados constantes da Ficha de Pré-Inscrição on-line, conforme os procedimentos estabelecidos abaixo:

 

3.1 – O candidato digitará o login e senha, e obterá o Formulário Personalizado contendo dados pessoais, devendo preencher os dados relativos à opção pelo campo de atuação/ disciplina em que deseja realizar a prova.

 

4. O candidato poderá se inscrever para participação na prova, conforme segue:

 

4.1 – Para o campo de atuação Classe;

 

4.1.1 – O docente titular de cargo da disciplina Educação fará a prova do campo de atuação Classe.

 

4.2 – Para o campo de atuação Aulas, nas disciplinas de:

 

Língua Portuguesa, Inglês, Arte, Educação Física, Matemática, Ciências Físicas e Biológicas, Biologia, Física, Química, História, Geografia, Filosofia, Psicologia, Sociologia, Alemão, Espanhol, Francês, Italiano e Japonês.

 

4.3 – Para o campo de atuação Educação Especial, na respectiva área de deficiência – Auditiva, Física, Mental e Visual.

 

4.4 – Para o campo de atuação Suporte Pedagógico: Diretor de Escola e Supervisor de Ensino.

 

4.4.1 – O Coordenador Pedagógico e o Assistente Diretor de Escola farão a prova de Diretor de Escola.

 

5. O candidato que acumula cargo, em campo de atuação diverso, desde que atenda todas as exigências da legislação para cada cargo ou função atividade, poderá concorrer ao Processo de Promoção, separadamente, em cada situação funcional.

 

6. O candidato que acumula cargo, no mesmo campo de atuação, no caso de Professor Educação Básica II, desde que atenda todas as exigências da legislação para cada cargo ou função atividade, poderá concorrer ao Processo de Promoção conforme segue:

 

6.1 – Titular de 2 cargos de mesma disciplina, realizará uma única prova;

 

6.2 – Titular de 2 cargos de disciplina diversa, realizará uma única prova, devendo optar por uma das disciplinas.

 

7. O candidato que acumula cargo, no mesmo campo de atuação, poderá concorrer ao Processo de Promoção realizando a prova somente na disciplina do cargo que atenda todos os requisitos previstos.

 

8. O candidato, ao inscrever-se, deverá optar, na Ficha de Pré-inscrição on-line, por uma Diretoria de Ensino para a realização da prova.

 

8.1 Nos casos de acúmulo de cargo, o candidato procederá conforme segue:

 

8.1.1 Se acumula dois cargos de Professor Educação Básica II, poderá optar por uma Diretoria de Ensino.

 

8.1.2 Se acumula cargo, Professor Educação Básica I com Professor Educação Básica II, a Diretoria de Ensino de opção deverá ser a mesma.

 

8.1.3 Se acumula cargo, Professor Educação Básica II com Suporte Pedagógico, a Diretoria de Ensino de opção poderá ser diversa.

 

8. ASecretaria de Estado da Educação não se responsabiliza por solicitação de pré-inscrição não recebida por motivos de inconsistência de dados, de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

 

9. O descumprimento das instruções para pré-inscrição implicará a não efetivação da mesma.

 

10. O candidato que deixar de realizar a prova, não será classificado e, consequentemente, não será promovido.

 

III- PRÉ-INSCRIÇÃO DO CANDIDATO COM DEFICIÊNCIA.

 

1. Ao candidato com deficiência, que pretenda fazer uso das prerrogativas facultadas na Lei Complementar estadual 932/2002 e do disposto no Decreto federal 3.298/99, é assegurado o direito de participar no presente Processo de Promoção no período previsto no item 1, do inciso II, do presente Edital, desde que conste no protocolo de pré-inscrição – via Internet, que o candidato tenha declarado que se encontre nessa condição, especificando o tipo e o grau da deficiência.

 

1.1 – As informações relativas serão obtidas do cadastro Funcional, desde que devidamente atualizado pela unidade de classificação.

 

2. O atendimento às condições solicitadas ficará sujeito à análise de viabilidade e razoabilidade do pedido.

 

3. O candidato com deficiência que não realizar a pré-inscrição conforme instruções contidas neste Edital, não poderá impetrar recurso em favor de sua condição.

 

IV – DA PROVA

 

1. As provas serão realizadas no mês de julho e as datas, locais e horários serão confirmados em Edital de Convocação.

 

2. O Processo de Promoção constará de prova que versará sobre os perfis de competências e habilidades requeridos para integrantes do Quadro do Magistério da rede estadual, de acordo com a bibliografia estabelecida na Resolução SE 70, de 26-10-2010 e na Resolução SE 13, de 3–3-2011.

 

3. Aprova será constituída de duas partes, sendo:

 

3.1 – 1ª parte objetiva, composta de 60 questões, avaliadas de 0 (zero) a 10 pontos;

 

3.2 – 2ª parte dissertativa, composta de 1 questão, avaliada de 0 (zero) a 10 pontos.

 

4. No caso de Professor de Educação Básica II, a parte objetiva será composta por questões referenciadas ao perfil específico a cada disciplina e à parte geral, comum a todas as áreas, conforme Resolução SE 70/2010 e Resolução SE 13/2011.

 

4.1 – A parte dissertativa versará sobre a parte geral, comum a todas as áreas.

5. As notas da 1ª parte da prova e da 2ª parte da prova serão somadas, obtendo-se a média aritmética que será considerada como nota do candidato na prova.

 

5.1 – Atendidas as exigências legais, poderá ser beneficiado com a Promoção 1 servidor, de cada uma das faixas das classes de docentes, docente em extinção, suporte pedagógico e suporte pedagógico em extinção, quando o contingente total de integrantes de cada uma destas faixas  for igual ou inferior a 4 – §5º, do artigo 4º, da LC 1.097/09.

About these ads

Entry filed under: Artigos. Tags: .

Esclarecimentos sobre o pagamento de bônus para os aposentados SP precisa de uma nova política para o ensino médio

146 Comentários Add your own

  • 1. José Oswaldo Camara Pereira  |  11/05/2012 às 19:16

    Boa tarde Profª Bebel….
    Por favor, gostaria de saber, se quem já passou na primeira prova de promoção por mérito, poderá participar dessa, ou o interstício ainda não acabou. Também gostaria de cumprimentá-la pela luta que vem desempenhando a favor de nossa categoria Obrigado!

    Resposta
    • 2. apeoesp  |  12/05/2012 às 10:49

      Prezado professor José Osvaldo,
      Muito obrigada. É preciso cumprir o interstício.
      Bebel

      Resposta
      • 3. José Oswaldo Camara Pereira  |  12/05/2012 às 12:16

        Prezada Bebel, o que eu queria saber é se o tempo do interstício mudou, pois houve uma reformulação no plano de promoção por mérito, antes quem passava recebia 25%,e apartir de agora serão apenas 10 %, tendo a possibilidade de mais promoções, não é isso?

      • 4. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:29

        Prezado professor José Oswaldo,
        Não mudou o interstício, mas o índice, que passa a 10,5% para todos os que obtiverem a nota mímima.
        Bebel

      • 5. joswaldocamara@yahoo.com.br  |  14/05/2012 às 17:23

        Quer dizer, mais uma vez o governo está nos enganando, pois essa prova de promoção que já era totalmente injusta e descabida, sofreu mais um golpe, pois se ele diminuiu a porcentagem de aumento e não o interstício, quem lucrou com isso?

      • 6. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:18

        Prezado professor Joswaldo,
        Continuamos sendo contra esta prova como único critério para a promoção. Na comissão paritária, estamos discutindo novas possibilidades, mais justas e que tenham repercussão na qualidade do ensino. Apenas registrar que, pelo menos, não há mais o limite de 20% para a promoção. Quem obtriver a nota mínima, será promovido.
        Bebel

    • 7. Ricardo  |  19/05/2012 às 20:17

      Fiquei confuso, para participar da faixa I para II interstício é de 4 anos.Da faixa II para III, e demais faixas é de 3anos, logo quem passou para faixa II em 2010 poderá fazer a prova em 2013. Isto esta correto?

      Resposta
      • 8. apeoesp  |  20/05/2012 às 18:12

        Prezado professor Ricardo,
        Em 2014. É preciso cumprir o interstício para fazer a prova.
        Bebel

  • 9. Alex Santos  |  11/05/2012 às 21:00

    Categoria O não tem direito a nada. Não terá vinculo nunca, pois a cada ano tem que mudar de escola obrigatoriamente. Mais uma discriminação da categoria.

    Resposta
    • 10. apeoesp  |  12/05/2012 às 10:46

      Prezada professor Alex,
      Sim, a forma de contratação é injusta e discriminatória. Estamos em campanha para mudar isto. Denunciamos o caso à OIT.
      Bebel

      Resposta
  • 11. mara  |  11/05/2012 às 21:03

    a respeito da “promoção de carreira” como está ficando a questão dos títulos…
    ?

    Resposta
    • 12. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:30

      Prezada professora Mara,
      Trata-se da promoção pela via acadêmcia. Títulos de mestrado e doutorado levam para o 5º nível. Está sendo discutida na comissão paritária da carreira a ampliação das possibilidades de titulação para qualquer área da educação.
      Bebel

      Resposta
      • 13. mara  |  14/05/2012 às 18:02

        sim, mas nas novas normas os títulos atingirão os últimos níveis (7 e 8) como acontece agora (4 e 5)???

      • 14. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:12

        Prezada professora Mara,
        Não. Há consenso na comissão que a aquisição dos títulos de mestrado e doutorado não devem marcar o fim da carreira. Assim, a tendência é que a evolução permaneça onde hoje se encontra (níveis 4 e 5). Estão sendo criadas novas formas de evolução e promoção até os níveis 7 e 8.
        Bebel

  • 15. angeline  |  11/05/2012 às 21:05

    Fiquei sabendo que o estado irá fazer outro concurso para PEBII.
    e O CONCURSO VIGENTE??? terá uma nova chamada????

    Resposta
    • 16. apeoesp  |  12/05/2012 às 10:45

      Prezada professora Angeline,
      Está prevista nova chamada para junho.
      Bebel

      Resposta
    • 17. André  |  12/05/2012 às 18:27

      angeline tambem li varias reportagens e not sobre este novo concurso q acontecera no seg semestre, mas nd foi dito sobre nova chamada em junho, pelo menos eu nao li nada e nem encontrei algo sobre o assunto na net

      Resposta
      • 18. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:05

        Prezado professor André,
        O governador anunciou no dia 4 de janeiro que chamaria mais 9 mil professores concursados até o final deste semestre.
        Bebel

  • 19. juliana  |  12/05/2012 às 00:25

    Mais um ano em que serei excluída de melhorar meu salario!! Belo plano de carreira!

    Resposta
    • 20. apeoesp  |  12/05/2012 às 10:43

      Prezada professora Juliana,
      Este plano de carreira é muito ruim mesmo. Por isso, estamos negociando novas possibilidades de evolução e promoção na comissão paritária. Este trabalho deve ser concluido em junho.
      Bebel

      Resposta
    • 21. André  |  12/05/2012 às 18:29

      é um plano de mer…a , eu tambem estou impedido de fazer

      Resposta
  • 22. mariaaparecida  |  12/05/2012 às 01:35

    Amável profª Bebel, sou muito grata por ter coragem que eu e muitos colegas não têm.
    Quero dizer-lhe que graças a Deus e a vcs a minha diferença de quase 700 reaisa já esta em folha suplementar 2ª feira tenho meu dinheiro sagrado para pagar minhas diividas e desfazer o emprestimo que eu ia toma.
    Se tiver que devolver algo p o governo proponho 10 parcelas de 70 reais r
    mto obgda feliz dia das Mães! sua colega Cida

    Resposta
    • 23. apeoesp  |  12/05/2012 às 10:41

      Prezada professora Cida,
      Muito obrigada pelas suas palavras. Na verdade, que se sente muito feliz sou eu e toda a direção e equipe da APEOESP por podermos cumprir nosso papel de defender os professores em todos os momentos. A luta é dura, e toda vitória tem que ser comemorada mesmo, pois prepara novas conquistas. Feliz dia das mães também para você.
      Bebel

      Resposta
  • 24. CLAYTON  |  12/05/2012 às 13:20

    OLÁ BEBEL NESSA PROVA DE MÉRITO TODOS QUE FOREM APROVADOR VÃO RECEBER O AUMENTO OU APENAS 20%??
    OBRIGADO.

    Resposta
    • 25. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:21

      Prezado professor Clayton,
      Todos os conseguirem a nota mímima recebem 10,5%.
      Bebel

      Resposta
    • 26. TATIANA  |  19/10/2012 às 22:36

      Olá, Isto quer dizer que sempre haverão professores ganhando mais que outros. Os professores que fizeram a prova nos dois primeiros anos terão sempre salário mais alto. Não é isso? TOTALMENTE INJUSTO.

      Resposta
      • 27. apeoesp  |  20/10/2012 às 11:50

        Prezada professora tatiana,
        Sim, é injusto mesmo. O sistema criado pela SEE é injusto desde a origem. Porém, era ainda mais injusto quando impunha um limite de 20% dos professores para o direito ao reajuste, mesmo que um número muito maior obtivesse a nota mínima. Para nós, a promoção na carreira não deveria ser feita por meio de uma prova, nem com essas regras.
        Bebel

  • 28. Paul-halfpeter_hotmail.com  |  12/05/2012 às 14:52

    Olá Bebel, tudo bem? Gostaria de saber de você se as regras para a promoção por merecimento, vale a anterior (20% melhor classificado) ou a nova que dá direito a todos que conseguirem nota 6 sendo 10,5%. Obrigado e feliz dias das mães. Atenciosamente Half

    Resposta
    • 29. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:16

      Prezado professor Paul,
      Obrigada. São 10,5% para todos os que obtiverem a nota mínima.
      Bebel

      Resposta
  • 30. flavio eduardo mazetto  |  12/05/2012 às 15:11

    Apesar de entender toda a luta que vem sendo desenvolvida, mesmo levando em conta toda a limitação contextual em vista do sucateamento da profissão professor (ótica financeira, divisão da categoria em letras, desvalorização institucional da educação), gostaria de dizer que, no meu entendimento, este tipo de notícia não poderia vir desacompanhado de uma estridente crítica contra a lógica que se instala na própria concepção de educação. não se trata de a prova ser a única forma de promoção, mas da manutenção de um perspectiva meritocrática que remete em última instância no sentido da vitória da esfera neoliberal na educação. A questão é que precisamos insistir na nocividade de aderir a tal ponto de vista, pois se trata de mais um elemento que vem sendo desenvolvido para sucatear e privatizar (mesmo que através de nuances) a educação paulista. Assim, o 1/3 de aulas não é aplicado pela mesma razão que se aplica a prova meritocrática, todavia a nossa classe de professores não tem compreendido isto como deveria. e a ofensiva neoliberal não para por aí. que historia é esta de projeto aula interativa por meio de “”””””” parceria publico privada””””””? gostaria muito de esclarecimento, pois é temeroso encontrar no título de um projeto algo de uma potencialidade tão nefasta como a ideia de PPP: um passo largo para perspectiva ainda mais privatizantes na educação (privatização significa mais precarização do trabalho – é o que já acontece com a categoria “O”. Vamos abrir o olho, pois estamos perdendo a luta teórica (não estou dizendo que não há manifestações contrárias, mas o problema é sua reduzida eficacia para o conjunto do professorado – onde estão os panfletos semanais para discutir isto com a classe), o que dificulta sobremaneira a luta mais prática.
    flavio

    Resposta
    • 31. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:14

      Prezado professor Flávio,
      É conhecida e reconhecida a posição da APEOESP contra esse tipo de prova. Cumprimos apenas nosso dever de informar aos associados que foi publicada esta norma.Independentemente da nossa posição, em anos anteriores milhares de professores acorreram a este expediente para melhorarem seus salários. Não tiramos uma política agressiva de tentar impedir isto, pois consideramos que se trata de uma decisão individual, pois significaria o sindicato dizer ao professor que abra mão de uma melhoria salarial, o que não é prudente, face aos baixos salários que são pagos.
      Em contrapartida, lutamos por reajustes salariais lineares para todos, sem exceção, inclusive aposentados. E na comissão da carreira, estamos discutindo novas formas de promoção, baseadas na experiência e no tempo de serviço do professor e não em uma prova.
      Bebel

      Resposta
  • 32. André  |  12/05/2012 às 18:25

    Bebel ingressei este ano como titular, mas ja lecionava ha quatro anos era da cat F, por nao estar na mesma unidade escolar nao poderei realizar a prova? que raio de gov é este

    Resposta
    • 33. apeoesp  |  13/05/2012 às 15:06

      Prezado professor André,
      Por regras como essa é que não concordamos com esta prova de mérito. Na comissão paritária da carreira estamos discutindo outras formas de promoção.
      Bebel

      Resposta
  • 34. ZEZE  |  12/05/2012 às 20:11

    Gostaria muito de ficar sabendo quanto por cento vai receber a mais quem passar nessa prova de merito. Obrigada por tudo.

    Resposta
    • 35. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:57

      Prezada professora Zezé,
      O índice é de 10,5% de reajuste sobre o salário base.
      Bebel

      Resposta
  • 36. andre  |  12/05/2012 às 22:01

    esse plano de carreira é ridículo. se faltar 2 vezes ao mês, só terá direito a fazer a prova em 7 anos em média. fora PSDB.

    Resposta
    • 37. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:54

      Przeado professor André,
      Estamos discutindo na comissão paritária da carreira mudanças em relação a isto e novas formas de promoção na carreira.
      Bebel

      Resposta
  • 38. Maria N  |  12/05/2012 às 23:47

    Por favor, gostaria de saber se as regras serão as mesmas para a promoção quanto à nota (6) e se somente passarão 20% dos candidatos inscritos?

    Resposta
    • 39. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:51

      Prezada professora Maria,
      Não existe mais o limite de 20% e o reajuste passou para 10,5%.
      Bebel

      Resposta
  • 40. Rose  |  13/05/2012 às 00:48

    Bebel, é verdade que essa é a última edição da Prova Mérito? Não terá mais? Ouvi dizer que a avaliação será feita pelo diretor (como no passado).

    Obrigada.

    Resposta
    • 41. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:50

      Prezada professora Rose,
      Estão sendo discutidas na comissão paritária outras formas de promoção, além da prova, mas não se trata de avaliação pelo diretor. Por enquanto a prova se mantém.
      Bebel

      Resposta
  • 42. Denise Antonio  |  13/05/2012 às 05:02

    Prezada Bebel
    Aqui quem fala é uma professora desesperada da categoria O que não recebe salario a 4 meses!!!! Isso mesmo, faz 4 meses que não recebo.Me oriente o que fazer!!!!!!!!!
    att Denise Maria Antonio

    Resposta
    • 43. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:44

      Prezada professora Denise,
      Você deve encaminhar seus dados e seu relato para presiden@apeoesp.org.br para que possamos remeter à SEE.
      Bebel

      Resposta
  • 44. matéria desastre na educação  |  13/05/2012 às 11:20

    Senhora presidenta, das provas que houveram eu não participei de nenhuma , por entender que ainda vigora da orientação da assembleia passada de não participar da prova de mérito.Inclusive eu denunciei qui em minha cidade diretores que fizeram a prova, gente da oposição e situação, eu estou aguardando uma nova assembleia para que vocês suspendam essa orientação, pois para quê ter uma orientação se a maioria dos professores não estão seguindo inclusive os diretores do sindicato(CR)?
    Enquanto eu aguardo pacientemente e disciplinadamente tem gente se fazendo de morto e participando dessa política meritocrática do PSDB.Se os que fazem tem coragem de ir lá fazer a prova, que tenham coragem de propor também que a orientação de participar valha para todos e derrubem a orientação da assembleia que orientou o professor a não participar dessa política de mérito, é mais justo, leal e sincero para com ele e para com a categoria, e para como gente igual a mim que obedece a orientação do sindicato e da assembleia.
    Benedito

    Resposta
    • 45. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:43

      Prezado professor Benedito,
      As posições do sindicato continuam em vigor. A decisão de participar é de foro íntimo; não temos como impedir e não tiramos uma política de piquetes ou outra forma de pressão sobre cada indivíduo para que não participe. Na comissão paritária da carreira, estamos discutindo outras formas de promoção, que não a prova. No momento seguinte, quando pudermos discutir e modificar a lei como um todo, discutiremos inclusive a própria prova.
      Bebel

      Resposta
  • 46. Vanilda  |  13/05/2012 às 13:19

    Não podemos esquecer que somos contra a prova!!!!!!
    Não devemos fazer, aprovamos em assembléia.
    É ASSIM QUE A LUTA CONTINUA!!!!!!!!!!
    Só a luta muda a vida.

    Resposta
    • 47. apeoesp  |  13/05/2012 às 14:40

      Prezada professora Vanilda,
      Não esquecemos as posições da entidade e dos professores. Estamos cumprindo nosso dever de informar. Por outro lado, estamos discutindo na comissão paritária da carreira novas formas de promoção, além da prova. No momento posterior, quando pudermos discutir e modificar a lei como um todo, discutiremos também a pertinência desta prova.
      Bebel

      Resposta
  • 48. Sebastião Miguel  |  13/05/2012 às 15:36

    Bebel, Feliz dia das mães!

    Foi devolvido nosso pagamento ora descontados pelo governo. Está em folha suplementar cerca de 980,00 reais. Obrigado mais uma vez ao jurídico da Apeoesp.

    Bebel, com relação a prova de mérito – como posso me inscrever se ainda continuo no sistema ccomo categoria “O”? -Já saiu em D.O que voltarei a ser “F”,

    DIRETORIA DE ENSINO –
    REGIÃO DE TABOÃO DA SERRA
    Portaria do Dirigente Regional de Ensino,
    de 13-04-2012
    Tornando sem Efeito AS PORTARIAS DE ADMISSÃO CUMPRINDO
    AÇÃO DE PROCEDIMENTO ORDINÁRIO CONFORME
    PROCESSO NÚMERO 003499-81.2010.8.26.0053 13ª VARA DE
    FAZENDA PÚBLICA DE SÃO PAULO, EM NOME DE SEBASTIÃO
    MIGUEL DE OLIVEIRA FILHO RG 20 937 634, PEB II, SQC-F-I, QM,
    CLASSIFICADO NA EE ALEXANDRINA BASSITH NO MUNICÍPIO
    DE EMBU DAS ARTES, CONFORME SEGUE ABAIXO:
    PORTARIA DE DISPENSA 038/2009, VIGÊNCIA 16-02-2009-
    D.O. DE 20-02-2009- EE PROF. ALIPÍO DE OLIVEIRA E SILVA;
    ADMISSÃO 020/2009, VIGÊNCIA 16-02-2009-D.O. DE 07-03-
    2009; DA EE PROF. ALIPIO DE OLIVEIRA E SILVA; DISPENSA
    TIPO 6 VIGÊNCIA 19-12-2011- D.O. DE 20-01-2012 E CONTRATO
    CATEGORIA “0” NÚMERO 99/2012 VIGÊNCIA 01-02-2012-D.O.
    DE 21-02-2012 DA EE ALEXANDRINA BASSITH.

    Resposta
    • 49. apeoesp  |  14/05/2012 às 01:40

      Prezado professor Sebastião,
      Não é preciso agradecer. O sindicato apenass cumpre seu papel. Gostaríamos de poder resolver com muita presteza todas as situações que prejudicam os professores, mas não depende de nossa vontade.
      Quanto à sua situação, é necessário que consulte o departamento jurídico, pois envolve questões jurídicas específicas. Talvez seja necessário um mandado de segurança para a inscrição.
      Bebel

      Resposta
  • 50.  |  13/05/2012 às 15:54

    Boa tarde, gostaria de saber se na falta do professor titular o professor auxiliar assume a sala ou continua no apoio dos alunos com dificuldades juntamente com um professor eventual? Qual é a legislação que rege o professoe auxiliar? Estão me colocando sozinha com os alunos na falta dos professores, isso é legal. Abraços.

    Resposta
    • 51. apeoesp  |  14/05/2012 às 01:55

      Prezado(a) professor(a) Jô,
      A legislação não prevê esta situação. O professor auxiliar tem tarefas específicas quanto aos alunos com dificuldades de aprendizagem. Sugiro que procure a sua subsede, relate a situação e, se necessário, obtenha auxília jurídico.
      Bebel

      Resposta
  • 52. rogeria  |  13/05/2012 às 21:44

    Bebel,

    Como é a contagem de pontuação para a prova? quano operído da contagem? Os quatro anos anteriores?

    Abç

    Resposta
    • 53. apeoesp  |  14/05/2012 às 01:32

      Prezada professora Rogéria,
      O perído de contagem são os anos que compõem o interstício (4 ou 3 anos).
      Bebel

      Resposta
  • 54. rogeria  |  13/05/2012 às 21:50

    Bebel,

    As faltas abonadas contam para o critério de assiduidade? Como eu sempre tirei as seis abonadas por ano, então não vou alcançar a pontuação mínima (80% da pontuação máxima)? Quem tirou as seis abonadas no ano só alcança 50% da pontuação máxima (seis meses com uma falta dá 29 ponto em cada mês).

    Veja:

    Decreto Nº 55.217/2009

    Artigo 7º – Entende-se por assiduidade ao trabalho o somatório de, pelo menos, 80 % (oitenta por cento) do máximo de pontos da tabela de frequência, constante do Anexo que integra este decreto no período fixado como interstício para a promoção a que esteja concorrendo.

    Parágrafo único – A pontuação máxima possível a que se refere o “caput” deste artigo será:

    1. 2.880 (dois mil, oitocentos e oitenta) pontos, considerado o interstício de 4 (quatro) anos;

    2. 2.160 (dois mil, cento e sessenta) pontos, considerado o interstício de 3 (três) anos.

    É assim?

    Abç

    Resposta
    • 55. apeoesp  |  14/05/2012 às 01:31

      Prezada professora Rogéria,
      Infelizmente, é verdade. Por isso somos contra os critérios para esta prova e, na comissão paritária da carreira, estamos discutindo outras formas de promoção na carreira e uma nova tabela de assiduidade.
      Bebel

      Resposta
      • 56. rogeria  |  14/05/2012 às 17:39

        Bebel,

        absurdo, isso não é critério de assiduidade, é critério de escravidão. estou pasma por acabar de descobrir que sou uma professora faltosa e decomprometida e que mereço ficar estacionada na carreira só pq tirei todas as abonadas…

      • 57. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:14

        Prezada professora Rogéria,
        A Comissão Paritária da Carreira está discutindo a revisão de tudo isto.Infelizmente só valerá para as próximas, mas haverá outras formas de promoção além da prova.
        Bebel

  • 58. Silvia Miranda  |  13/05/2012 às 23:15

    Boa noite Bebel (URGENTE)
    Gostaria que você verificasse o calendário de 2012, pois com o planejamento nos dias 07, 08 e 09/ 03 e o ponto facultativo no dia 30/04 não terá como ter os 200 dias letivos (PEB I).
    Minha pergunta é se saiu alguma coisa sobre o planejamento ser dia letivo e de efetivo exercício ou se teremos de repor esses dias em julho (sabe que a partir do dia 16 podemos ser convocados), porque é o que está sendo comunicado na escola, e como será digitado agora as notas/aulas é melhor verificar antes que o leite derrame.
    Abraço Silvia Miranda

    Resposta
    • 59. apeoesp  |  14/05/2012 às 01:25

      Prezada professora Silvia,
      A resolução SE 84, de 2012, diz:
      Altera dispositivos da Resolução SE Nº 44/2011, que dispõe sobre a elaboração do calendário escolar anual das escolas da rede estadual de ensino

      O Secretário da Educação, à vista do que lhe representaram a Coordenadoria de Gestão da Educação Básica e a Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos, resolve:

      Artigo 1º – Os incisos II e III do artigo 5º, da Resolução SE Nº 44/2011, passam a vigorar com a seguinte redação:

      Artigo 5º – …………………………………………………………………
      ……………………………………………………………………………………….

      “II – atividades de planejamento/replanejamento, avaliação, revisão e consolidação da proposta pedagógica, em 3 dias do 1º semestre e nos 2 últimos dias úteis de julho;

      III – período para o processo inicial de atribuição de aulas, de até 7 dias úteis, antecedendo ao início do ano letivo;” (NR)

      Artigo 2º – Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

      Para nós os dias de planejamento escolar são dias de efetivo exercício. Entretanto vamos verificar junto à SEE.
      Bebel

      Resposta
  • 60. andrepoasp  |  14/05/2012 às 13:20

    Bebel, bom dia, gostaria de alguns esclarecimentos sobre a comissão paritária da carreira.

    Quando ela termina?

    O que foi decidido entre as partes será aplicado na prática?

    Resposta
    • 61. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:28

      Prezado professor André,
      Ela termina seus trabalhos (primeira etapa) em junho. Já bastante modificações, para melhor, na avaliação acadêmica, não acadêmica e promoção, criando várias formas de evolução e progressão para os professores. Todas estas mudanças terão efeitos práticos já no segundo semestre. A natureza das mudanças é contribuir para o trabalho coletivo na escola (embora os professores pontuem individualmente) e possibilitar que todas as facetas do trablaho do professor, do supervisor e do diretor sejam consideradas para que ele progrida na sua carreira, além de seu itinerário formativo. Na etapa seguinte, no segundo semestre, discutiremos a carreira em seu conjunto, inclusive alterações na lei complementar 836/97.
      Bebel

      Resposta
  • 62. andrepoasp  |  14/05/2012 às 13:26

    Bebel, bom dia, se a porcentagem mudou de 25% para 10,5 %, para prova do mérito, não é injusto alguns terem recebido 25% e agora os que passarem na prova só receber 10,5%? Qual a posição do sindicato sobre este ponto de vista?

    Resposta
    • 63. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:23

      Prezado professor Andre,
      Nossa posição, expressa quando o projeto tramitou em 2011, foi a de manter 25% para todos os que obtivessem a nota exigida na prova e criar outras formas de promoção.
      Bebel

      Resposta
      • 64. Marcos  |  15/05/2012 às 16:33

        Mas haverá caminho jurídico, como fica o direito adquirido, eu deveria prestar a prova pela velha regra, ou não faz sentido isto? Quero 25%, mais uma fragmentação ninguém aguenta, agora teremos os 25% mais ricos…um absurdo tudo isto, desde que ingressei em 2007 é uma novidade a cada ano…

      • 65. apeoesp  |  16/05/2012 às 09:21

        Prezado professor Marcos,
        de fato, as políticas deste governo não têm continuidade nem coerência. Entretanto, não há direito adquirido neste caso, pois uma nova lei foi votada pela ALESP.
        Bebel

  • 66. dirceu  |  14/05/2012 às 20:44

    bebel sou professor readaptado categoria F posso fazer a prova?

    Resposta
    • 67. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:10

      Prezado professor Dirceu,
      Sim, se preencher os requisitos exigidos.
      Bebel

      Resposta
  • 68. Cidadão  |  14/05/2012 às 23:40

    Bebel, e quanto ao assunto da licença-saúde descontada para o tempo de aposentadoria? Como ficou essa situação!

    Resposta
    • 69. apeoesp  |  15/05/2012 às 01:01

      Prezado professor Cidadão,
      Tivemos reunião com o presidente do SPPrev e apresentamos nossa posição quanto à ilegalidade que vem sendo praticada. Há divergências dentro do próprio governo. A Procuradoria Geral do Estado deve emitir parecer sobre a questão. Solicitamos reunião à PGE mas ainda não obtivemos ressposta.
      Bebel

      Resposta
  • 70. juliana  |  15/05/2012 às 01:04

    Bebel,
    O salario dos professores daqui um tempo ficará muito diferente um do outro por conta desta maldita promoção, cada um com um valor diferente, mais tarde poderemos entrar com alguma ação para pelo menos igualar os salarios?

    Resposta
    • 71. apeoesp  |  16/05/2012 às 10:21

      Prezada professora Juliana,
      Sempre questionamos esta promoção por diversos motivos, inclusive por este. Há questionamento (ADIN) no STF, da qual participamos. Por ora, é lei e está sendo cumprida. De toda forma, a carreira diferencia mesmo salários, dependendo da evolução de cada um, mas questionamos que isto seja feito exclusivamente por uma prova, no caso da promoção.
      Bebel

      Resposta
  • 72. Magali de Cássia Merenda  |  15/05/2012 às 02:50

    Cara Bebel

    Agora no final de maio terei uma evolução funcional pela via não acadêmica . Gostaria de saber, caso possa fazer a prova de mérito e passe, se poderei pedir as duas evoluções(por via não academica e por mérito)? Aguardo primeiro ver se consigo me inscrever e passar na prova de mérito? Um grande abraço. Prof. Magali

    Resposta
    • 73. apeoesp  |  16/05/2012 às 10:13

      Prezada professora Magali,`
      Pode sim. Uma é evolução (vertical), outra é promoção (horizontal).
      Bebel

      Resposta
  • 74. Marina  |  15/05/2012 às 14:03

    Bebel, fiz a prova em 2010 atingi a pontuação 6,3 não consegui a promoção no ano seguinte estava na mesma escola sem mudança nenhuma como atingi a pontuação em 2011, não pude fazer pois não tinha assiduidade 2, nunca falto, não chego a tirar nem as 6 faltas abonadas, então não mereci participar da promoção.
    Será que essa ano poderei participar e contarei com a nota da prova de 2010.

    Resposta
    • 75. apeoesp  |  29/05/2012 às 19:37

      Prezada Professora Marina
      Em face da mudança na Lei Complementar nº 1.097/2009 introduzida pela Lei Complementar nº 1143/2011, a nota da prova de promoção de anos anteriores não mais poderá ser utilizada.
      Bebel

      Resposta
      • 76. waldemar antonio dini  |  02/08/2012 às 15:59

        Não poderá nem usar a nota de 2010 para atribuição de 2013.Porque eu não passei na prova para atribuição de aula 2009, mas passei na prova de promoção ao mérito em 2010 e valeu para a atribuição de aulas em 2011. Se eu não passar nesta prova de promoção 2012 ficarei impedido de participar da atribuição de aula em 2013. Sou categoria F.

      • 77. apeoesp  |  07/08/2012 às 19:24

        Prezado professor Waldemar,
        Você pode usar a nota do mérito para substituir a nota da prova dos OFAS. Mas uma nota ruim na prova de mérito não o prejudicaria na atribuição de aulas.
        Bebel

  • 78. Paulo  |  16/05/2012 às 00:35

    Mestrado e Doutorado não serão reenquadrados nos novos níveis VII e VIII? Que outras formas de titulação um professor pode alcançar? São poucos os professores com tal titulação que permanecem na Rede e, agora que existe a possibilidade de uma maior valorização da continuidade dos estudos dos professores, Estado e sindicatos que integram a comissão paritária estão em comum acordo? Não esperava outra proposta!

    Resposta
    • 79. apeoesp  |  16/05/2012 às 03:17

      Prezado professor Paulo,
      Para nós, a titulação não deve ser o critério definidor de uma carreira. Elevar a titulação a esta condição seria desconsiderar os professores que, por diversas razões, não têm condições de obter esses títulos. A titulação continuará a ser valorizada da forma que já e novas possibilidades de evolução, que valorizarão e pontuarão o trabalho coletivo na escola, a experiência, o trabalho cotidiano do professor e sua dedicação à escola.
      Bebel

      Resposta
  • 80. Junior  |  16/05/2012 às 15:13

    Prezada Presidenta, gostaria de tirar uma dúvida, estou em estágio probatório e semestralmente faço doação de sangue, a dúvida é se posso usar o atestado para descansar o dia, sem comprometer minha avaliação de estágio.

    Abraços

    Prof Junior

    Resposta
    • 81. apeoesp  |  29/05/2012 às 19:39

      Prezado Professor Júnior
      Parabenizando-o pela boa ação, informo que a dispensa de ponto no dia em que comprove o funcionário doação de sangue é considerada efetivo exercício para todos os fins e efeitos legais, nos termos do que dispõe o inciso XII do artigo 78 da Lei nº 10.261, de 28 de outubro de 1968.
      Bebel

      Resposta
  • 82. Eduarda  |  16/05/2012 às 16:40

    Olá presidenta, tenho todos os requisitos para prova do mérito, mas ao tentar me inscrever aparece uma mensagem (CPF não selecionado para prova), como posso recorrer?

    Abraços

    Resposta
    • 83. apeoesp  |  17/05/2012 às 02:08

      Prtezada professora Eduarda,
      Você deve protocolar na sua escola requerimento dirigido à Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos (CGRH), expondo o problema e exigindo solução e resposta por escrito. Se não resolver, dirija-se ao departamento jurídico na subsede, levando cópias destes documentos.
      Bebel

      Resposta
  • 84. Helio  |  16/05/2012 às 18:11

    Utilizei um certificado de lato sensu para evolução via não acadêmica no meu primeiro cargo.
    Posso utilizar o mesmo certificado para evolução via não acadêmica no segundo cargo?
    Eu sou titular em 2 cargos ; 1 de ciências e outro de química

    Resposta
    • 85. apeoesp  |  17/05/2012 às 02:05

      Prezado professor Hélio,
      Não, o certificado pode ser utilizado apenas uma vez.
      Bebel

      Resposta
  • 86. edna  |  16/05/2012 às 20:02

    Boa Tarde !
    Bebel me esclareça por favor: Sou Ex- “L” , hoje “O” , como tabalho com projeto estou na mesma escola a 4 anos vou poder fazer a prova de promoção? Muito obrigado.

    Resposta
    • 87. apeoesp  |  17/05/2012 às 01:57

      Prezada professora Edna,
      O regime de trabalho do professor da categoria O é de tempo determinado. Logo, não pode prestar a prova de promoção. Para saber como agir, procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Resposta
  • 88. Cleodete Domingues da silva  |  16/05/2012 às 23:22

    Dete.
    Bebel.
    boa noite!
    Bebel ,gosria de saber porque só os professores tem que fazer prova para ter aumento de salário.Sendo que outros servidores não é necessário.

    Resposta
    • 89. apeoesp  |  17/05/2012 às 01:36

      Prezada professora Cleodete,
      Esta é a pergunta que fizemos e repetimos quando lutamos contra a aprovação da lei que criou a prova de mérito. Foram dias e noites de vigílias e mobilizações na Assembleia Legislativa para que a lei não fosse aprovada, mas os deputados da base do governo eram, e ainda são, folgada maioria naquela casa e a aprovaram. Agroa, na comissão paritária da carreira, estamos criando alternativas para que esta não continue sendo a única forma de promoção.
      Bebel

      Resposta
  • 90. Ana  |  17/05/2012 às 19:57

    O item 1 do edital de abertura do processo de promoção traz como título “I – DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR DA PROVA E CONCORRER À PROMOÇÃO DA FAIXA I PARA FAIXA II”. A prova é para todas as faixas ou só de 1 para 2? Isso ficou confuso. Se for para todas (depois da faixa 2), veja se estou certa: tempo mínimo- 876 dias; assiduidade 1728 pontos.
    Obrigada e aproveito para agradecer ao sindicato pelas lutas e conquistas.

    Resposta
    • 91. apeoesp  |  18/05/2012 às 01:17

      Prezada professor Ana,
      É que ainda não transcorreu o interstício de 4 anos para aqueles que passaram da faixa I para a faixa II possam agora passar da II para a III.
      Obrigada pelas suas palavras.
      Bebel

      Resposta
      • 92. Ana  |  18/05/2012 às 14:45

        Obrigada pela resposta. Então para concorrer para as outras faixas é preciso 4 anos? Achei que eram 3 anos, como está no decreto 55.217/2009. Mais uma vez agradeço a atenção.

      • 93. apeoesp  |  20/05/2012 às 18:42

        Prezada professor Ana,
        Você tem razão. São 4 anos da primeira para a segunda faixa.
        Bebel

  • 94. Rosângela  |  17/05/2012 às 22:52

    Boa noite, Bebel
    Em primeiro lugar parabenizo-a pela sua determinação,pelo seu espírito de luta, pois acredito,assim como você, que não são as pedras no caminho que vão nos fazer desistir de nossa caminhada.Ao contrário do que pensam muitos, a cada tombo que levamos nos levantamos mais fortalecidos, pois saberemos onde pisar para não tropeçar outra vez.
    Acho muito importante termos este espaço para esclarecimento de dúvidas, desabafos e interação com muitos que não conhecemos, mas que lutam por uma mesma causa e tenho certeza que as injustiças cometidas, por parte do governo, principalmente com os colegas da categoria O, cada um de nós professores sentimos tudo como se fosse na própria pele.
    Em relação à prova de “mérito”, se porventura o professor tiver a infelicidade de ir mal nesta tal prova isso significa dizer que ele é um péssimo profissional e que não merece ter este aumento exorbitante em seu salário, mesmo que ele tenha “dado o sangue” em seu trabalho.

    Resposta
    • 95. apeoesp  |  18/05/2012 às 01:13

      Prezada professora Rosângela,
      Falta muita coisa a este governo; sobretudo, falta sensibilidade e compromisso com a educação. Tratam mal e não valorizam os professores porque se recusam a entender que o professor é a figura essencial no processo educativo. Sem professor, não há educação formal, não há formação. Mas, como você diz, estamos na luta e não vamos nos intimidar. Parabéns pela sua mensagem.
      Bebel

      Resposta
  • 96. maria  |  18/05/2012 às 12:16

    Bom dia,
    Bebel, cancelei meu contrato de categoria “O” na rede estadual,pois fui chamada pra assinar um contrato na prefeitura de sp, no mesmo horário das aulas q eu tinha no estado. Fui informada que, nesse caso, durante o ano de 2012 não poderei nem mesmo eventuar e devo esperar o processo seletivo de 2013. Isso confere?

    Resposta
    • 97. apeoesp  |  20/05/2012 às 18:39

      Prezada professora Maria,
      Sim, a norma é esta.
      Bebel

      Resposta
  • 98. Carla  |  19/05/2012 às 23:01

    Professora Bebel, se possível gostaria de saber qual a lei (ou decreto…) que trata da mudança na % do aumento na prova de promoção, de 25% para 10%…agradeço antecipadamente, abraços.
    Carla.

    Resposta
    • 99. apeoesp  |  20/05/2012 às 18:10

      Prezada professora Carla,
      Lei complementar 1143/2011.
      Bebel

      Resposta
  • 100. Floripes Chiarelo Spirladelli  |  20/05/2012 às 11:49

    Bom dia, Bebel!
    Eu era PEB I categoria F e tinha conseguido o beneficio da prova do mérito, este ano efetivei como PEB II e perdi-o, Gostaria de saber se tenho de entra com recurso para garantir-lo ou se não tenho mesmo direito a recebe-lo.
    bjos
    Flora

    Resposta
    • 101. apeoesp  |  20/05/2012 às 18:07

      Prezada professora Floripes,
      Consideramos que você tem direito a receber. Procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Resposta
  • 102. niltonio cesar pirondi  |  21/05/2012 às 13:33

    presada presidenta, gostaria de saber se a nota que tirei na primeira prova valerá para esta. obrigado

    Resposta
    • 103. apeoesp  |  22/05/2012 às 02:34

      Prezado professor Niltônio,
      Não vale.
      Bebel

      Resposta
  • 104. Bruno  |  22/05/2012 às 15:44

    Olá, bom dia!
    Sou categoria F, quando clico em inscrição para prova do mérito aparece “O número do CPF não é candidato a promoção”, nunca fiz a promoção por mérito e tenho o tempo na mesma escola para fazer.

    O que eu devo fazer?

    Resposta
    • 105. apeoesp  |  23/05/2012 às 00:18

      Prezado professor Bruno,
      Protocole imediatamente na escola requerimento dirigido à CGRH (ex-DRHU) sobre esta situaação. Peça resposta por escrito. Se não houver solução, procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Resposta
  • 106. cleide  |  23/05/2012 às 02:47

    Bebel, olá
    professores ofas que passar na prova de mérito poderá utilizar a nota para substituir na prova classificatória, caso não tenha passado…

    Resposta
    • 107. apeoesp  |  25/05/2012 às 02:49

      Prezada professora Cleide,
      Sim, pode utilizar no próximo ano.
      Bebel

      Resposta
  • 108. Berenice gomes  |  23/05/2012 às 13:45

    vejo tanta gente preocupada com esta prova, na minha opinião esta é uma burrocracia do governo que só existe por que nos professores permitimos, segundo, se há esta prova deveria ser aberta a todos e não ter um monte de exigências absurdas, passe quem estudou mais então, nosso salário sempre será uma mixaria isto tudo é um paliativo e tiração de onda da nosso cara, não resolve nossos problemas.

    Resposta
  • 109. LEANDRO  |  25/05/2012 às 13:40

    Bom dia, Bebel
    Gostaria de saber o seguinte: Em 2009 fiz a prova do Ofa e tirei nota que precisou juntar com o tempo de serviço com a prova de mérito em 2010 consegui a nota que com a conversão de cálculos sou professor categoria F aprovado. Mas não consegui o aumento devido a não ter o tempo de permanência na Unidade Escolar. A minha pergunta é: esta nota ficou congelada e poderá ser usada agora? E se eu tirar uma nota baixa eu entro na atribuição de 2013 como reprovado ou como já fui aprovado em uma prova permanece a maior e entro sempre como aprovado?
    Grande abraço!

    Resposta
    • 110. apeoesp  |  25/05/2012 às 19:04

      Prezado professor Leandro,
      Voc~e está aprovado e não precisa fazer a prova novamente.
      Bebel

      Resposta
  • 111. Emília C. D. Cardelli  |  09/07/2012 às 23:55

    Boa noite,sra.presidenta:Por favor,uma informação: No gdae está escrito “candidato”.Posso considerar-me inscrita na prova de mérito.Obrigada. Sou sua fã. Abraços.

    Resposta
    • 112. apeoesp  |  10/07/2012 às 15:44

      Prezada professora Emília,
      Sim. Você está na condição de candidata à promoção pela prova de mérito.
      Bebel

      Resposta
  • 113. Luiz H A Guimarães  |  11/07/2012 às 16:40

    Fiz a pré-inscrição para a prova, porém a inscrição não foi confirmada devido a pontuação no quesito assiduidade. Assim questiono como posso verificar minha pontuação e se é possível entrar com alguma ação ou algo para reverter a situação?

    Resposta
    • 114. apeoesp  |  12/07/2012 às 02:28

      Prezado professor Luiz,
      Para tirar suas dúvidas e melhor orientação, entre em contato com o telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 115. Maria Margareth V. oliveira  |  24/07/2012 às 16:22

    Não é bem um comentario e sim uma pergunta…Gostaria de saber que dia vai ser a prova, e como fico sabendo onde vou fazer?, pois eu não consigo saber nada pela drhunet.edunet

    Resposta
    • 116. apeoesp  |  25/07/2012 às 00:37

      Prezada professora Maria,
      A prova será realizada no dia 27/07. Mais informações: http://www.vunesp.com.br.
      Bebel

      Resposta
  • 117. waldemar antonio dini  |  26/07/2012 às 14:41

    Bom dia, Bebel
    Gostaria de saber o seguinte: Em 2009 perdia a prova do Ofa. Mas fui aprovado na prova de mérito em 2010 consegui a nota que com a conversão de cálculos sou professor categoria F aprovado. Mas não consegui o aumento devido. A minha pergunta é: esta nota ficou congelada e poderá ser usada agora? E se eu tirar uma nota baixa na prova promoção ao mérito eu entro na atribuição de 2013 como reprovado ou como já fui aprovado em 2010 eu entro sempre como aprovado?
    Grande abraço!

    Resposta
    • 118. apeoesp  |  28/07/2012 às 13:24

      Prezado professor Waldemar,
      Uma vez aprovado, você está dispensado de fazer a prova novamente.
      Bebel

      Resposta
  • 119. Rosi  |  31/07/2012 às 16:10

    Bebel, pertenço aos professores categoria F reprovados, qual é a nota mínima que preciso na prova do mérito para ser incluída na lista dos professores aprovados?
    Atenciosamente!

    Resposta
    • 120. apeoesp  |  02/08/2012 às 02:17

      Prezada professora Rosi,
      Deve ter uma nota igual ou superior a seis.
      Bebel

      Resposta
  • 121. queiroz_luz@yahoo.com.br  |  01/08/2012 às 19:50

    GOSTARIA DE SABER SE NA PROVA DE PROMOÇÃO 2012, TEM QUE TIRAR 6,0 PONTO NO MINIMO PARA A PROMOÇÃO, QUE TIROU 6 PONTOS NA PROMOÇÃO POR MÉRITO 2011, PODE CONSIDERAR A NOTA DA PROVA DE 2011, SE FOR MAIOR….

    Resposta
    • 122. apeoesp  |  02/08/2012 às 02:57

      Prezado professor Queiroz,
      A nota deve ser igual ou superior a 6,0.Não está claro se valerá a maior nota.
      Bebel

      Resposta
  • 123. Vanessa de Sousa  |  02/08/2012 às 02:11

    Em 2011 fui aprovada e recebia o mérito, pela minhas contas dava 22,2% e não os 25%, porem este ano me efetivei e mudei da faixa 3/a par 1/a, ou seja, perdi o mérito, na qual este mês recebi os atrasados, no entanto ao fazer as contas percebi que havia 10,5 % de aumento apenas e mais 5,2% que acredito ter sido o aumento salarial. O que devo fazer. Não tenho mais direito ao suposto 25%?

    Também tinha alguns descontos em folha referentes a a aulas que declinei e agora parou de descontar, não sei se acabou ou não! Mas acredito que não.

    Resposta
    • 124. apeoesp  |  07/08/2012 às 19:36

      Prezada professora Vanessa,
      No nosso entendimento, você tem direito ao reajuste já conquistado na prova anterior. Tanto para essa questão, quanto para o problema dos descontos, procure o departamento jurídico da APEOESP na subsede ou pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 125. waldemar antonio dini  |  02/08/2012 às 15:36

    Boa Tarde Bebel.
    Minha dúvida, esta prova de promoção 2012 é só para a nível de promoção, não vai interferir com a atribuição de 2013 ou se eu não conseguir a média 6 fico impedido de escolher aula em 2013, pois sou categoria F. Grato

    Resposta
    • 126. apeoesp  |  07/08/2012 às 19:19

      Prezado professor Waldemar,
      Não. Não há relação entre essas duas coisas.
      Bebel

      Resposta
  • 127. Cleonice da Silva  |  15/08/2012 às 13:40

    Bom dia Bebel, em 2010 eu passei na prova mérito e aparentemente também deveria estar recebendo o aumento relacionado a prova, no mês de maio quanto veio o retroativo eu recebi dos meses atrasados e veio descontos totalizando R$0,00 para receber, mais agora quando fui comparar meu sálario com o de outros professores qual não foi minha supresa ao perceber que recebo o sálario base igual ao que não tem o mérito, tem como vc me informar qual é o sálario base de quem tem o mérito?? Grata

    Resposta
    • 128. apeoesp  |  16/08/2012 às 14:21

      Prezada professora Cleonice,
      Voc~e deve agendar uma conversa com o(a) advogado(a) da sua subsede, munida de seus holerites, para que o caso seja analisado com detalhes.
      Bebel

      Resposta
  • 129. Edson de O.Ramos  |  24/08/2012 às 22:44

    Fui aprovado na prova do merito de 2010 e no de 2011 – estive impedido de inscrição – sómente em 2012 – fiz a prova do merito e não atingi a nota – Gostaria de saber se há ainda a opção de validade de 2010 – para 2012

    Resposta
    • 130. apeoesp  |  25/08/2012 às 14:45

      Prezado professor Edson,
      No nosso entendimento, sim. Porém, para uma melhor informação sobre esta situação particular, por favor, ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Resposta
  • 131. Marcia Maria Marangon Moreira  |  11/09/2012 às 23:05

    Por favor, gostaria de saber quando sai o resultado do concurso de promoção do QM (prova mérito)

    Resposta
    • 132. apeoesp  |  12/09/2012 às 03:05

      Prezada professora Marcia,
      Amanhã teremos reunião com o secretário e vaos questionar este ponto.
      Bebel

      Resposta
  • 133. Marcia Maria Marangon Moreira  |  19/09/2012 às 22:51

    Boa noite, gostaria de saber se vocês já tem uma posição sobre o resultado do concurso de promoção do QM (prova mérito).Desde já agradeço.

    Resposta
    • 134. apeoesp  |  23/09/2012 às 12:01

      Prezada professora Marcia,
      Ainda não. Estamos cobrando da SEE, sempre. O pagamento será retroativo à data legal (julho).
      Bebel

      Resposta
  • 135. Vani Aparecida da Fonseca  |  19/10/2012 às 04:02

    Olá!!!! se o professor conseguiu pontuação de 5,67 na prova de mérito, essa nota será arredondada como temos que fazer com nossos alunos? A nota da prova de mérito de 2010 valerá para quem não atingiu a média da prova desse ano? Muito obrigada… Em 2010 participei da prova e não fui classifica devido o tempo na UE e no ano de 2011 não pude nem fazer a inscrição. Isso tem que parar,,,,,Que política é essa??????????????????

    Resposta
    • 136. apeoesp  |  20/10/2012 às 12:24

      Prezada professora Vani,
      Não há arredondamento e a nota anterior não pode mais ser utilizada. Somos contra esta política “de mérito”. Queremos outras formas de promoção e estamos discutindo isto na comissão paritária da carreira.
      Bebel

      Resposta
  • 137. Maria Eliane  |  24/10/2012 às 15:09

    Bebel, sempre fui uma professora muito comprometida, trabalho este ano com uma sala de segundo ano em que todos estão lendo, atribuo a isto, além do mérito deles, o meu, pois planejei atividades e fiz intervenções pontuais para que eles chegassem ao final do ano como estão.Infelizmente no último dia 16 tive uma decepção muito grande com o resultado da prova de mérito.Fiz 47 pontos na parte objetiva, totalizando 7,83 e obtive nota 3 na dissertativa, nota esta que gostaria de questionar por acreditar que contemplei o que eles pediam,fiquei com a média 5,42(questionável).Desde este dia morri um pouco, me senti refém de um sistema que não me dá direito de defesa(revisão da parte dissertativa).Uma prova cuja a questão dissertativa estava equivocada pois não temos aluna
    pesquisadora do Programa Bolsa Alfabetização nos terceiros anos, somente nos segundos anos .Mesmo assim respondi a questão pensando nas hipóteses da escrita e acredito ter escrito o essencial para orientar uma bolsista na aplicação da sondagem.O que faço?Será que um dia teremos boas expectativas quanto a profissão?

    Um grande abraço!!!

    Resposta
    • 138. apeoesp  |  25/10/2012 às 12:11

      Prezada professora Maria Eliane,
      Você tem toda a razão. Por isto a APEOESP sempre se manifestou contra esta prova, pela subjetividade. Um prova de conhecimentos, ainda mais com este peso para a parte dissertativa, não pode determinar se um(a) professor(a) terá ou não reajuste salarial.
      Há o agravante de que não cabe recurso para a parte dissertativa e, para piorar, o judiciário costuma não julgar este tipo de caso, dizendo que não lhe cabe “substituir a banca examinadora”.
      A orientação do departamento jurídico é que você peça vistas da prova para tentar estabelecer com clareza razões para discordar da nota, para que se possa ter alguam base para formular eventual recurso judicial.
      Bebel

      Resposta
  • 139. cleuza alves da silva  |  05/02/2013 às 01:40

    Bebel, obrigada por este espaço tão importante para nós, as mudanças no sistema são tão instáveis e faz com que as dúvidas sempre surjam, gostaria de saber se há previsão de prova para promoção este ano e se quem prestou em 2010 já cumpriu o tempo para poder prestar outra este ano.
    Um abraço e obrigada.

    Resposta
    • 140. apeoesp  |  05/02/2013 às 08:44

      Prezada professora Cleuza,
      Obrigada. Fazemos o esforço para que este espaço seja útil a todos e todas. Quanto à promoção, ainda não há calendário. Quem prestou a rpova em 2010 poderá prestar nova prova (se está continuar a ser a única forma de promoção) no ano que vem.
      Bebel

      Resposta
  • 141. fatima  |  12/02/2013 às 22:37

    Olá Bebel,
    Estou requerendo licença prêmio para fev., mar e abril, mas estou preocupada em ser impedida de fazer a prova por mérito que tenho direito este ano. Já existe alguma orientação para este ano?
    Desde já agradeço
    Fatima

    Resposta
    • 142. apeoesp  |  14/02/2013 às 13:05

      Prezada professora Fátima,
      Ainda não, mas as licenças são descontadas.
      Bebel

      Resposta
      • 143. fatima  |  14/02/2013 às 22:22

        Olá Bebel.
        Agradeço a atenção desde já.
        Por favor, veja se entendi bem: gozando a licença prêmio, que é de direito por 5 anos de trabalho sem faltas alem das abonadas, posso ser impedida de participar do processo de evolução através da prova mérito?
        Fatima.

      • 144. apeoesp  |  16/02/2013 às 11:01

        Prezada professora Fátima,
        Sim, é isso mesmo. É absurdo, não é? Por isso todos os anos contestamos judicialmente este decreto do governador.
        Bebel

  • 145. angela eliana colombi furigo  |  21/05/2013 às 03:54

    Olá, professora!
    Por favor, quem passou na prova do mérito em 2010 poderá fazer a prova em 2013? Qual é o período de interstício da faixa III para IV?
    Obrigada!

    Resposta
    • 146. apeoesp  |  22/05/2013 às 01:53

      Prezada professora Angela,
      da faixa II para a faixa III o interstício é de quatro anos, assim como para as posteriores.
      Bebel

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Em quem você vai votar no dia 26 de outubro?

Participe da nossa enquete. Não é pesquisa, mas uma enquete para aferição de intenção de voto.

Para participar, clique aqui

Total dos votos consignados

Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 3,331,565 hits

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 427 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: