JUIZ DETERMINA QUE A SEE CUMPRA A LIMINAR DA LEI DO PISO EM 48 HORAS

20/01/2012 at 21:59 245 comentários

O Juiz Luiz Manoel Fonseca Pires, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo considerou que a Resolução SE 8, de 19/01/2012 não cumpre a liminar concedida à APEOESP para aplicação imediata da composição da jornada de trabalho docente prevista na lei federal 11.738/2008 (lei do piso salarial profissional nacional).

No mesmo despacho, o Juiz determinou ainda que o Secretário Estadual da Educação cumpra, em 48 horas, a liminar na sua integralidade, ou seja, nos moldes defendidos pela APEOESP e acatados pelo judiciário. Caso isto não se cumpra, o secretário estadual da Educação poderá ser responsabilizado e até mesmo preso. Também o Ministério Público emitiu parecer corroborando a posição da APEOESP, o que significa já um posicionamento com relação ao mérito da questão. Assim, toda atribuição de aulas realizada em desacordo com a liminar ora reafirmada, não terá qualquer valor.

Reproduzimos, abaixo, a íntegra do despacho do juiz:

Compete à autoridade impetrada cumprir a liminar que foi concedida – e mantida pelo Egrégio Tribunal de Justiça de São Paulo. Determinou-se (fls. 203) que a autoridade impetrada “(…) organize a jornada de trabalho de todos os professores da rede pública de São Paulo para o ano letivo de 2012 e seguintes independentemente do regime de contratação, em conformidade com o disposto no art. 2º, § 4º, da Lei nº 11.738/08”. O art. 2º, § 4º, da Lei nº 11.738/08 dispõe que na composição da jornada de trabalho deve-se observar o limite de 2/3 da carga horária para o desempenho de atividades em interação com os alunos, e o restante em outras atividades pedagógicas. No entanto, a autoridade impetrada busca com a aritmética transformar o que foi dito. A conta sobre 40 horas semanais encontra em seus 2/3 o número aproximado de 26 horas, o equivalente a 26 aulas nos termos do art. 10, § 1º, da Lei Complementar Estadual nº 836/97 que estipula que da hora de trabalho com duração de 60 minutos deve-se considerar que 50 deles são dedicados à tarefa de ministrar aula. É a lei, portanto, que prescreve, como ficção jurídica, a hora aula na qual 50 minutos são de aula efetiva. Os 10 minutos faltantes, tal como o terço que se prevê sem interação imediata em aula, não é para outro motivo a não ser conferir disponibilidade de tempo – remunerada – para as inúmeras atividades que se desdobram fora da classe, tal como atendimento aos alunos, elaboração das próprias aulas e outras tantas atividades pedagógicas. Ao desprezar a ficção jurídica de uma hora aula correspondendo a 50 minutos em classe (nos termos do art. 10, § 2º, da Lei Complementar 836/97) o que faz a autoridade impetrada é desconsiderar o próprio regime democrático. O acesso à tutela judicial é um direito fundamental (art. 5º, XXXV, da Constituição Federal) cuja pretensão, ainda em sede liminar, mas relevante para evitar grave lesão ao direito dos servidores públicos, foi acolhida, e o recurso interposto ao Egrégio Tribunal de Justiça de São Paulo não a modificou. Portanto, persistir em desobedecer a ordem judicial – insisto: depois de ter a autoridade impetrada exercido igualmente o seu direito de recorrer à instância superior – representa ainda ameaça séria à República enquanto Estado Democrático de Direito. Confiro então, e pela última vez, 48 horas para o integral cumprimento da ordem judicial com a organização da jornada de trabalho nos termos como solicitado pela impetrante. Em caso de descumprimento, responderá a autoridade impetrada, em esfera própria, por sua resistência ao cumprimento da ordem judicial.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

SEE deseduca ao descumprir decisão judicial Orientações para o processo de atribuição de aulas

245 Comentários Add your own

  • 1. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  20/01/2012 às 22:07

    AGORA , ESTOU UM POUCO FELIZ, pois se o HERMAN NÃO CUMPRIR O DESPACHO do juiz LUIZ MANOEL DA FONSECA JÁ sabe o que vai acontecer na segunda feira cedo. NÃO precisa nem eu dizer………..ordem juducial.

    Responder
  • 2. ROBERTO  |  20/01/2012 às 22:10

    E AGORA JOSÉ???

    Responder
    • 3. Maricell  |  21/01/2012 às 11:57

      Pois é, Prof. Roberto…. Seria algo mais ou menos assim:
      E agora José? E agora Geraldo?
      A Apeoesp apoiou,
      O Professor acordou,
      O Juiz despachou
      A Justiça mandou
      E agora SEE?

      Ditadura nunca mais!

      “Todos juntos somos fortes, somos flexa e somos arco,
      Todos nós no mesmo barco, não há nada a temer”
      Ao nosso lado há a Apeoesp e a Justiça
      Que fará nosso direito prevalecer.

      Parabéns a TODOS!

      Responder
      • 4. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:13

        Prezada professora Maricell,
        Obrigada.
        Bebel

      • 5. Leandro Maranghetti Lourenço  |  22/01/2012 às 23:01

        Goste! heheheh

  • 6. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  20/01/2012 às 22:10

    AGORA SEE. O JOGO virou para o nosso lado dos professores.

    Responder
  • 7. Maricell  |  20/01/2012 às 22:15

    Tinha Fé nisso, Maria Izabel! Eles tentaram… sabíamos que iriam tentar, mas o que é de lei, tem que ser cumprido.
    Espero que a Secretaria da Educação não mais tente burlar a lei como tentaram, pois tal atitude seria, no mínimo, ridícula.
    Parabéns Maria Izabel, parabéns sindicato, parabéns aos professores que acreditaram que essa vitória (mais uma) seria possível.
    Abraços,
    Maricell

    Responder
    • 8. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:38

      Prezada professora Maricell,
      Muito obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 9. manoel nazareno da silva  |  20/01/2012 às 22:15

    Força, companheiros e companheiras! Nunca ganhamos nada de “mão beijada”! Então, a luta é diária e, como diz o poeta, a nossa missão é “quebrar todo dia um grilhão dessa corrente”!!!

    MANOEL NAZARENO DA SILVA
    PROFESSOR – MACAU-RN

    Responder
  • 10. profgarcia  |  20/01/2012 às 22:17

    Parabéns a Diretoria da Apeoesp e a todos professores que lutam e continuam a lutrar pela dignidade dos professores…

    Responder
    • 11. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:37

      Prezado professor Garcia,
      Agradeço em nome da diretoria da APEOESP. Nossa união é a nossa força.
      Bebel

      Responder
  • 12. Francisco Brossi  |  20/01/2012 às 22:19

    Chupa Alckimin

    Responder
  • 13. Maricell  |  20/01/2012 às 22:23

    Sério mesmo, e com o devido respeito, eu daria um beijo nesse Juiz pela forma do despacho proferido

    Responder
  • 14. Mary Ferreira  |  20/01/2012 às 22:24

    Bebel…….será que agora o ESTADO vai cumprir de acordo com o que a APEOESP regeu? Ou seja: na interpretação REAL da LEI…..sem isso de reduzir apenas 1 aula e ter 48 horas de trabalho??
    Nossa………….hj eu fiquei aflitaaa o dia todooo!!
    Será q agora vaiii?

    Responder
    • 15. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:35

      Prezada professor Mary,
      A resolução 8 caiu por terra. Terá que cumprir a lei.
      Bebel

      Responder
      • 16. Luciano  |  22/01/2012 às 01:22

        Olha… realmente!!! se isso se concretizar na segunda feira, TODOS os professores devem se filiar a este SINDICATO… inclusive EU!!!!

        PARABENS A TODOS!!!

  • 17. Giomário Nunes Torres  |  20/01/2012 às 22:27

    BEBEL VC É 10!

    ESTOU AMANDO ESSE INICIO DE ANO, TENHO CERTEZA QUE O NOSSO SINDICATO VAI GANHAR MUITO! ESTAMOS DENTRO DA LEI E VAMOS VENCER!

    PARABÉNS APEOESP, PARABÉNS BEBEL, EITA MULHER BATALHADORA!

    Responder
    • 18. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:35

      Prezado professor Giomário,
      Obrigada. O apoio e a luta de todos são fundamentais para a vitória.
      Bebel

      Responder
  • 19. Claudio Romualdo  |  20/01/2012 às 22:28

    Que bom, vou dormir tranquilo, por enquanto, estou feliz, e aqueles que me disseram que a apeoesp não faria nada, parabéns

    Responder
    • 20. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:34

      Prezado professor Cláudio,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 21. Junior  |  20/01/2012 às 22:36

    Arrasou!!!!! Bebel e equipe jurídica da APEOESP, parabéns pela nova conquista, em tempo recorde.
    Desejo é que prendam esse sr. secretário por improbidade administrativa! E outra: a ditadura acabou há anos!!!

    Responder
    • 22. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:34

      Prezado professor Junior,
      Obrigada pelos cumprimentos e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 23. Danilo  |  20/01/2012 às 22:44

    Agora estamos com esperança.

    Responder
  • 24. JOÃO  |  20/01/2012 às 22:44

    Parabéns… PELA AGILIDADE

    Responder
    • 25. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:32

      Prezado professor João,
      Obrigada. Estamos juntos na luta.
      Bebel

      Responder
  • 26. Aida Jamal  |  20/01/2012 às 22:45

    Espero que desta vez a lei seja cumprida de fato.

    Responder
  • 27. Cristina Kika  |  20/01/2012 às 22:46

    Ufa, vai ter que cumprir …

    Responder
  • 28. Ronaldo Camillo Rigante  |  20/01/2012 às 22:48

    Professores..olhem aqui…quentinha!!!

    Responder
  • 29. Nadya  |  20/01/2012 às 22:48

    Agora gostei de ver!parabens para a apeoesp e para o juiz ! nao podemos aceitar coisas arbitrarias e nos lamentar, a luta luta nao pode parar!

    Responder
    • 30. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:31

      Prezada professora Nadya,
      Obrigado pelas suas palavras e pelo seu apoio.
      Bebel

      Responder
  • 31. Renan Lara  |  20/01/2012 às 22:52

    Basta nos recusarmos a participar da atribuição proposta pelo estado e exigir a aplicação do Piso, pronto, simples assim, a Lei está do nosso lado.

    Responder
  • 32. Clayton  |  20/01/2012 às 22:53

    ESSA EU GOSTEI , REALMENTE DEVERIA SER PRESO MESMO, BEBEL VC É DEMAIS MESMO , PARABENS !!! SERA QUE A SEE AINDA VAI TENTAR MANIPULAR NOVAMENTE ??

    Responder
    • 33. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:29

      Prezado professor Clayton,
      Obrigada pelo seu apoio.
      Bebel

      Responder
  • 34. silvana  |  20/01/2012 às 22:54

    Parabéns Bebel, espero que esse secretário da educação ponha-se no lugar dele e faça cumprir a determinação judicial. Espero também que boas notícias cheguem até nós a respeito de nossos direitos que esses infelizes nos tiraram, mas será por pouco tempo.

    Responder
  • 35. Aline  |  20/01/2012 às 22:56

    Boa Noite Bebel!!!
    O Estado vai cumprir a liminar do artigo 22?
    Obrigada!

    Responder
    • 36. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:28

      Prezada professora Aline,
      A liminar está em vigor. O Estado ainda pode recorrer.
      Bebel

      Responder
  • 37. Lucia  |  20/01/2012 às 22:59

    GRAÇAS A DEUS QUE ISSO ACONTECEU! OBRIGADA APEOESP!

    Responder
    • 38. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:27

      Prezada professora Lucia,
      Obrigada pelo seu apoio.
      Bebel

      Responder
  • 39. Edna  |  20/01/2012 às 22:59

    Parabéns,Bebel!!! Sei que tem se empenhado muito para que todos tenham seus direitos garantidos. ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

    Responder
    • 40. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:27

      Prezada professora Edna,
      Obrigada. A luta é de todos.
      Bebel

      Responder
  • 41. rosa maria  |  20/01/2012 às 23:02

    “representa ainda ameaça séria à República enquanto Estado Democrático de Direito. ”
    nEM TUDO ESTÁ PERDIDO NESSE PAÍS. A JUSTIÇA AINDA RESGUARDA O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.O SINDICATO ESTÁ DE PARABENS!

    Responder
    • 42. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:25

      Prezada professora Rosa Maria,
      Muito obrigada pelo seu apoio.
      Bebel

      Responder
  • 43. Lilandra Miranda Rocha  |  20/01/2012 às 23:04

    Agora nos resta esperar…
    Parabéns ao sindicato pela luta!

    Responder
    • 44. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:25

      Prezada professora Lilandra,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 45. Sebastião Savian  |  20/01/2012 às 23:06

    Querida presidenta:

    Por que a APEOESP, em sua liminar, não atribui nenhuma aula em HPTL aos professores com jornada reduzida. Por acaso quem tem essa jornada não faz jus a um tempo para preparação de aulas, correção de provas, etc como qualquer outro professor?
    Gostarei muito saber qual foi o raciocínio utilizado, já que isso não altera em nada a situação atual, em relação ao tempo em HTPL.
    Muito obrigado pela atenção.

    Responder
    • 46. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:24

      Prezado professor sebastião,
      Porque temos que seguir a lógica da lei 836. Qualquer mudança que propusésemos aí poderia abrir margem a pretextos para alterações na lei, que só pode ser feita com o voto dos deputados, hoje em recesso.
      Bebel

      Responder
      • 47. Ana Mariza  |  21/01/2012 às 16:25

        Pois é, meu medo é que essa lei mude e que as horas pedagógicas de livre escolha passe a ser na escola, ou seja, é possível que tenhamos que cumprir as 40 HORAS na escola= 26 aulas, 6 HTPC e 8 HTPL, tudo na escola, o que será ruim, pois não temos computadores e nem um espaço adequado para preparar as aulas. Não adianta dizer que a lei não pode mudar, porque pode, é só votar, o que pode acontecer cedo ou tarde. Não acho que a SE vai deixar barato para os professores, pois muitos vão querer usar essas 8horas para trabalhar em outras escolas. Tomara que tudo dê certo!

  • 48. Heitor  |  20/01/2012 às 23:09

    Cara Bebel,
    mais uma decisão a favor da lei, da educação e dos professores conseguida graças a ação firme da Diretoria da Apeoesp que não esmoreceu com você a frente! Estamos todos de parabéns! Evoé!! :)))))
    E olha que o secretário da educassão do alckmin corre o risco de ser …#

    Responder
    • 49. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:23

      Prezado professor Heitor,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 50. João  |  20/01/2012 às 23:11

    Parabéns para esse juíz! Acho que ele entende mais de educação que o secretario da educação!!!
    Vamos camaradas, parabéns Bebel!
    RECUAR, RESISTIR E AVANÇAR!!!!

    Responder
    • 51. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:22

      Prezado professor João,
      Obrigada pelo apoio. O juiz merece todos os nossos cumprimentos.
      Bebel

      Responder
  • 52. Cleiton  |  20/01/2012 às 23:11

    Parabéns ao SINDICATO!

    Responder
    • 53. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:22

      Przeado professor Cleiton,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 54. Babi Baviro  |  20/01/2012 às 23:25

    E aí???

    Responder
    • 55. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:21

      Prezada professora babi,
      Leia texto sobre a atribuição de aulas que publiquei hoje no blog.
      Bebel

      Responder
  • 56. Cristiane  |  20/01/2012 às 23:26

    Que seja feita a JUSTIÇA! Esse governozinho não pode achar que está acima da lei. Parabéns ao Juiz e à Apeoesp. Estamos juntos!

    Responder
  • 57. Fonseca  |  20/01/2012 às 23:43

    Infelizmente na minha escola esse papel não serve de nada…a diretora falou que só acata o que estiver em DO.

    Responder
    • 58. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:18

      Prezado professor Fonseca,
      Avise sua diretora que descumprimento de liminar judicial pode implica em graves complicações.
      Bebel

      Responder
  • 59. Rivaldo Santos  |  20/01/2012 às 23:44

    Segundo a tucanada acanalhada, os professores do Estado São Paulo já estavam trabalhando de acordo com a jornada de 2/3 em sala de aula, mas não tinham ciência. Explico: a SEE fez a conta sobre 48 aulas totalizando os 100% e 32 aulas perfazem 66,6% (2/3). kkkkkk…. Portanto só estava em desacordo em apenas 01 única aulinha.

    Responder
  • 60. dirceu  |  20/01/2012 às 23:48

    no twiter Padula diz que o governo nao foi nem notificado só o será na segunda-feira. e que cabe recurso. esperar pra ver…

    Responder
    • 61. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:15

      Prezado professor Dirceu,
      Não cabe recurso. A atribuição com base na resolução 8 não tem nenhum valor. O TJSP não está para brincadeiras.
      Bebel

      Responder
  • 62. Monica  |  21/01/2012 às 00:05

    Olá Bebel será que ele cumprirá agora, sem nenhum golpe, para nos dar um susto? Beijos.

    Responder
    • 63. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:13

      Prezada professora Monica,
      Terá que cumprir.
      Bebel

      Responder
  • 64. Rita  |  21/01/2012 às 00:06

    Parabéns pela garra, por toda a sua luta .O meu muito Obrigada por tudo.

    Responder
    • 65. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:12

      Prezada professora Rita,
      Obrigada. A luta é de todos e o mérito também.
      Bebel

      Responder
  • 66. suraya caram  |  21/01/2012 às 00:08

    Bebel,

    Deus está do nosso lado…não seria diferente…ELE é justo !
    Parabéns !!!! e Obrigada…de verdade… Tudo o que vc tem feito por nós só pode reverter em bênçãos pra vc e os seus…Vc é um gigante!!!

    abraços,

    Suraya

    Responder
    • 67. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:11

      Prezada professora Surya,
      Obrigada pelas suas palavras e pelo seu apoio constante.
      Bebel

      Responder
  • 68. Roseli Aparecida da Costa  |  21/01/2012 às 00:09

    Admiro a competência da Presidenta Bebel… Passei a ler constantemente os conteúdos da Apeoesp desde 2011. Que a SEE cumpra a lei e que tenhamos um desfecho digno para essa pouca consideração às leis e à Educação… Abraço, Bebel e amigos professores!

    Responder
    • 69. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:11

      Prezada professora Roseli,
      Obrigada pelas suas palavras e pelo seu apoio.
      Bebel

      Responder
  • 70. Leda Paixão  |  21/01/2012 às 00:22

    DEUS SEJA LOUVADO!!! ESSE GOVERNO ACHA Q SOMOS BURRO D CARGA!!!

    Responder
  • 71. gilberto  |  21/01/2012 às 00:29

    A APEOESP deverá escrever um artigo parabenizando o juiz que concedeu esta liminar e publicar em matéria paga em toda a imprensa escrita e falada. Há muito não se via um representante da lei tão consciente, justo, democrático e conhecedor da realidade educacional do Estado de São Paulo.

    Responder
    • 72. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:10

      Prezado professor Gilberto,
      Os juízes que deram a liminar e os despachos estão todos de parabéns. Vamos considerar sua sugestão.
      Bebel

      Responder
  • 73. Leda Paixão  |  21/01/2012 às 00:29

    PARABÉNS AO SINDICATO POR MAIS ESSA CONQUISTA E ISSO AI…. NÃO PODEMOS ACEITAR MAIS ISSO….. VALEU!!

    Responder
    • 74. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:09

      Prezada professora Leda,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 75. Fabricia  |  21/01/2012 às 00:32

    Será que segunda feira a lei vai ser cumprida ou vai continuar este absurdo

    Responder
    • 76. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:08

      Prezada professora Fabrícia,
      Não tem alternativa. A lei terá que ser cumprida.
      Bebel

      Responder
  • 77. Rogério  |  21/01/2012 às 00:40

    oi Maria Izabel! Sou professor categoria O ( antigo L) e tenho acompanhado a luta nos ultimos dias com a SEE através de meios judiciais. Parabéns e é muito bom saber que nosso sindicato sempre é a favor dos direitos dos professores. Gostaria de saber que com essa liminar concedida pelo juiz a favor dos professores, deverá ser cumprida até segunda? A SEE pode simplesmente ignorar? Por que parace que pelo fato de ser um orgão do governo eles mesmos fazem suas leis?Ja que essa interpretação e divulgação hoje sexta-feira 20/01 é uma manobra feita em cima da hora para não dar tempo até o dia da atribuição. E agora como fica no dia da atribuição? A SEE vai ignorar a liminar e começar o ano letivo assim mesmo?E se o secretário não cumprir? Eles irão levar por meio judicial o ano todo?

    Responder
    • 78. apeoesp  |  21/01/2012 às 04:06

      Prezado professor Rogério,
      Obrigada.
      O governo não pode ignorar a liminar. A atribuição não terá valor. Leia o último texto que postei no blog.
      Bebel

      Responder
  • 79. Rogério  |  21/01/2012 às 01:05

    O diario de SP ja deu crédito em: http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/10689/Educacao+de+SP+tem+48h+para+cumprir+jornada

    Responder
  • 80. Maria  |  21/01/2012 às 01:07

    Parabéns, Maria Izabel.
    Agora “senti firmeza”!

    um abraço!

    Responder
    • 81. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:59

      Prezada professora maria,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 82. Rosi  |  21/01/2012 às 01:07

    cara Bebel,é muito bom saber que existe alguém que ainda pensa em nós professores honestos e trabalhadores e como todo Brasileiro não desiste de lutar NUNCA.Quem sabe seria a chance de ter os professores categoria L também ESTÁVEIS.Que todo este vento que estamos passando nos traga força para continuarmos neste trabalho que muitas vezes é somente e tão somente nosso ideal.Obrigada por tudo

    Responder
    • 83. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:58

      Prezada professora Rosi,
      Obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Estamos procurando lutar por todos os professores.
      Bebel

      Responder
  • 84. JONES MARTINS DE FREITAS  |  21/01/2012 às 01:16

    ESSE GOVERNO É IGUAL UMA CRIANÇA DESOBEDIENTE, NÃO ATENDE O QUE SE PEDE POR DIREITO, NÃO ESQUENTA BEBEL ELES IRÃO FICAR DE CASTIGO LOGO LOGO, DEIXA SÓ O POVO SABER DISSO, A INFLUÊNCIA QUE NÓS TEMOS EM TRANSMITIR PARA OS PAIS DE ALUNO SOBRE ESSES ACONTECIMENTOS, PRINCIPALMENTE O QUE NÃO SE CHEGA AOS SEUS OUVIDOS….. DEIXA CONOSCO QUE AOS POUCOS IREMOS EDUCÁ-LOS. ESSA MASCARA IRÁ CAIR!!!!

    Responder
  • 85. Mary Ferreira  |  21/01/2012 às 01:16

    Bebel…..
    Está na LEI……HORA/AULA…..50 minutos + conta como 60!
    É problema DELES se não estão afim de pagar 50 como se fosse 60…é sacanagem deles contar estes 10 minutos como trabalho extraclasse….porém……mesmo contando desta forma,,,,,GENTE a LEI é CLARAAA……estipula que da hora de trabalho com duração de 60 minutos deve-se considerar que 50 deles são dedicados à tarefa de ministrar aula. É a lei, portanto, que prescreve, como ficção jurídica, a hora aula na qual 50 minutos são de aula efetiva….
    PSDB….quer formar cidadão….SURDO….CEGO….e MUDO….que futuro é esse? Ele acha que nós não temos senso críticoo?? Que somos IGNORANTES…..que não sabemos….LER….ESCREVER…INTERPRETAR….RACIOCINAR….pelo amor de DEUS….se perdermos esta…..é o fim da PICADA!!!

    Responder
  • 86. JULIANA  |  21/01/2012 às 01:29

    QUERO PARABENIZAR A APEOESP PELA LUTA POR ESSA CAUSA QUE É A LEI DO PISO, NÃO PODEMOS DAR MOLE PARA ESSE GOVERNO QUE MASSACRA E DESVALORIZA O PROFESSORADO. CONTINUEMOS NA LUTA APEOESP!!!!!!

    Responder
    • 87. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:57

      Prezada professora Juliana,
      Obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 88. Valter Rabaquim  |  21/01/2012 às 01:41

    Ola Bebel parabens pela mobilização. Então quer dizer que ou ele cumpre a jornada como tem que ser ou não tera atribuição ??? cabe recurso novamente ??? ou é isso ou nada ???

    Responder
    • 89. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:56

      Prezado professor Valter,
      Não cabe mais recurso na instância estadual. Tem que cumprir. O secretário corre o risco de prisão.
      Bebel

      Responder
  • 90. andre  |  21/01/2012 às 01:48

    Parabéns a APEOESP e o poder judiciário.

    Responder
    • 91. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:54

      Prezado professor André,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 92. Rogério  |  21/01/2012 às 01:50

    Que bom que alguns meios de comunicação estão falando a verdade. “Governo Alckmin descumpre ordem judicial sobre Lei do Piso dos professores ”

    http://www.redebrasilatual.com.br/radio/programas/jornal-brasil-atual/governo-alckmin-descumpre-ordem-judicial-sobre-lei-do-piso-dos-professores/audio_view

    Responder
  • 93. Rogério  |  21/01/2012 às 01:53

    Folha de SP. “Justiça obriga SP a alterar jornada de professores fora de sala”

    http://www1.folha.uol.com.br/saber/1037441-justica-obriga-sp-a-alterar-jornada-de-professores-fora-de-sala.shtml

    agora só falta falar na tv em!!

    Responder
  • 94. Benedito  |  21/01/2012 às 01:56

    Senhora Presidenta, esse governo já brincou demais! Perdeu mais uma, já está na hora de uma grande panfletagem no centro das cidades denunciando esse governo neo-liberal que quer economizar com a educação para salvar banqueiros e desviar dinheiro para campanhas eleitorais desse ano.
    Além disso , mostrar que já ganhamos por várias vezes na justiça e esse malandro recorreu, perdeu e não quer aplicar a lei do piso.
    Precisamos denunciar esse governo na OAB, e entrar com processo
    improbidade adminstrativa contra Geraldo Alkmim. E Ainda, denunciar os estafetas do governo que ficam tentando arrumar maracutaia para que o governo ganhe tempo e não cumpra com a lei.Quem não cumpre a Lei , e tenta infringira Lei é bandido e lugar de bandido é na cadeia.
    Benedito

    Responder
    • 95. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:53

      Prezado professor Benedito,
      Obrigada pela sua contribuição. Vamos discutir todas as ideias nas instâncias do sindicato.
      Bebel

      Responder
  • 96. Débora  |  21/01/2012 às 02:19

    Boa noite!Me filiarei a APEOESPE amanhã mesmo, pois vocês merecem minha confiança sobretudo minha admiração em favor de uma educação de qualidade.Parabéns, a bandeira de vocês será a minha bandeira.Não sei o que seria dos professores paulistas sem vocês diante destes tiranos da educação.

    Responder
    • 97. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:52

      Prezada professora Débora,
      Seja bem vinda. Obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 98. Roberto  |  21/01/2012 às 02:25

    Confesso que já estava descrente dos sindicatos do Brasil, mas diante de uma defesa da educação de qualidade tão plausível,devo continuar a acreditar na APEOESP e em sua diretoria contra os próximos capítulos do anseio da decadência da educação paulista protagonizada pelo PSDB.Parabéns a todos pelo belíssimo trabalho!
    Bravo!!!!

    Responder
    • 99. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:51

      Prezado professor Robeerto,
      Obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 100. MARILENA  |  21/01/2012 às 02:33

    PARABÉNS APEOESP , a justiça tarda mais não falha.
    Só peço que isso também aconteça aos outros processos ganhos (como a GAM), que o SPPREV vem ignorando para que os pagamentos virem precatório. O descumprimento dos pagamentos , até quando isso Bebel, é uma vergonha. O STJ da causa ganha e não se cumpre. Isso tem que acabar.
    Sei que a apeoesp vem tratando destes casos e faz muito bem o seguimento dos processos. . Mas, espero que os senhores
    magistrados comecem a agir ao pé da letra, fazendo que a Lei se cumpra sem tanta demora , cobrando com mais agilidade, afim de não prejudicar quem aguarda a anos soluções para acertos de contas.
    É uma vergonha o que o PSBD faz com a nossa EDUCAÇÃO.
    Devemos agradecer e reconhecer ao TJ e ao juízes que deram um ponto final nesta situação. Afinal Lei é Lei e deve ser cumprida.
    Isso mostra que não estamos sós….
    Obrigada mais uma vez.

    Responder
  • 101. Mary  |  21/01/2012 às 03:18

    Parabéns Bebel por essa vitória!!! Adooooorei!!!

    Responder
    • 102. apeoesp  |  21/01/2012 às 03:45

      Prezada professora Mary,
      Obrigada. É de todos.
      Bebel

      Responder
  • 103. Angélica  |  21/01/2012 às 04:42

    Olá, Bebel! Confesso que andei desanimada com a APEOESP pois os frutos colhidos pela luta não satisfaziam completamente os anseios dos professores.Veja a discrepância salarial oriunda de avaliações que elevam apenas vinte por cento dos professores ao título de especialistas, sendo que os mesmos trabalham com as mesmas turmas e com a mesma pedagogia, posto que todos seguimos as mesmas apostilas.e os mesmos métodos sugeridos pelo material. As avaliações citadas não são estímulo, pelo contrário, são convites para o desânimo frente as comparações salariais e porque não dizer, descriminação da classe pelo sistema que separa. Sobre as atribuições de aulas, soube que diretorias de ensino do estado estão comunicando às escolas a atribuir no mesmo sistema dos anos anteriores. Mas hoje é um dia especial, especial pela vitória do nosso Sindicato no tocante a Lei do piso salarial. Parabéns, Bebel ! Fico na expectativa até a breve atribuição. Beijos!

    Responder
    • 104. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:49

      Prezada professora Angélica,
      Nosso sindicato realiza todo o esforço possível para defender todos os segmentos da nossa categoria e procuramos sempre aperfeiçoar este trabalho, com a colaboração de todos.
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 105. andre  |  21/01/2012 às 04:43

    Temos que parabenizar também os advogados da apeoesp, se puder citar os nomes destes que certamente foram fundamentais, a eles meus cumprimentos.

    Responder
    • 106. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:47

      Prezado professor André,
      Obrigada. A partir das definições oriundas da diretoria da APEOESP, nosso corpo de advogados tem realizado realmente um ótimo e competente trabalho.
      Bebel

      Responder
  • 107. Ana Lídia  |  21/01/2012 às 04:45

    Encantada com a postura do Senhor Juiz.!!!

    Excelentíssimo.

    ” Discursos comovem, exemplos arrastam”

    Gostaria de poder formar alunos tal o Nosso Senhor Juiz:
    compromissado com a responsabilidade social.

    Responder
  • 108. andre  |  21/01/2012 às 04:48

    Acima de tudo, essa luta, nos tornou mais unidos. hoje sabemos o que queremos e fortalecidos com a apeoesp se precisar teremos uma das maiores greves de professores.

    Responder
  • 109. emerson  |  21/01/2012 às 07:07

    Parabens Bebel e toda a Diretoria pela conquista …………….

    Responder
    • 110. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:39

      Prezado professor Emerson,
      Obrigada. Agradeço em nome de toda a diretoria.
      Bebel

      Responder
  • 111. emerson  |  21/01/2012 às 07:07

    Valeu a pena votar em voce e na sua Dieretoria Bebel parbens parabens parabens

    Responder
    • 112. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:38

      Prezado professor Emerson,
      Muito obrigada pela apoio.
      Bebel

      Responder
  • 113. Daniela  |  21/01/2012 às 10:33

    Prezada Maria Izabel

    Parabéns a você pela sua determinação, parabenizo também ao departamento jurídico da apeoesp, o sindicato que defendeu a nossa categoria e ao MM Juiz Luiz Manoel Fonseca Pires, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo.

    Obrigada

    Responder
    • 114. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:35

      Prezada professora Daniela,
      Obrigada pelas palavras de apoio e incentivo. A luta é de todos nós.
      Bebel

      Responder
  • 115. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  21/01/2012 às 10:39

    PREZADA MARIA izabel, PARABENS a EQUIPE JURIDICA DA APEOESPE E A VOCE. Acabou a lua de mel do GERALDO com o funcionalismo público. O sr Herman demonstrou que não sabe negociar e não entende ainda esta delicada pasta da EDUCAÇAO paulista. NÃO É DO RAMO.

    Responder
    • 116. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:34

      Prezado professor Enio,
      Obrigada mais uma vez pelo seu apoio.
      Bebel

      Responder
  • 117. Roberta  |  21/01/2012 às 10:42

    Esse governo que afirma não ter professor para cumprir a lei!!! mas é claro que não tem mesmo, só esse mês mandou em torno de 12 mil embora…

    Responder
  • 119. Fabiano  |  21/01/2012 às 10:59

    Parabéns Bebel, ontem fiz campanha no twitter para que as pessoas
    soubessem das maracutaias do governo. Estava discutindo com o Padula no momento em que entrei no site da apeoesp e tomei conhecimento da liminar, mandei várias mensagens para ele informando-o do despacho do juiz…o homem que estava cheio de marra sumiu!!! rsss Essa conta deles é muito absurda!!!!

    Responder
    • 120. suraya caram  |  21/01/2012 às 13:36

      Prof. Fabiano ,

      Na noite anterior , ficamos com o Padula no Twitter até quase meia-noite , porque ele havia dito que falaria sobre a nova jornada.Falou mesmo …mas em vários momentos deixou clara sua ironia . Exemplo foi uma profa. que disse: “desta maneira é mais fácil arrumar marido que pegar aulas” , a resposta dele foi: ” que vc seja abençoada !” Várias vezes ele disse; ao perceber nossa irritação ” Por que agredir” Já , ontem, houve um momento em que o Padula disse: “lá vem eles com essa história de 26 h de novo…” Disse ainda: ” Fantasia , ficção ” .Noutro momento ele disse quanto ao cumprimento em 48h: ” não fomos informados oficialmente …cabe recurso . Os procuradores tomarão providências”
      Ontem , à noite, o Sr. secretário de Educação disse que “se não houvesse tido tanto alarido , a classe teria aceitado e ficaria feliz…”
      Pode? Abraço,

      Responder
  • 121. andre  |  21/01/2012 às 10:59

    Bebel existe algum deputado, que mesmo em recesso esta acompanho este processo e ao nosso a favor?

    Responder
    • 122. apeoesp  |  21/01/2012 às 11:32

      Prezado professor André,
      Desconheço neste momento qual deputado está acoompanhando este processo, lembrando que o poder legislativo pouco tem a fazer sobre o caso agora, pois está na efera judicial.
      Bebel

      Responder
  • 123. Dalva  |  21/01/2012 às 11:29

    Bom dia Bebel, sempre acreditei na sua luta, em favor de nós professores, vc Bebel que sempre admirei, agora, mais do que nunca continuarei a admirá-la, pelo seu caráter e responsabilidade qdo se trata em defender a nossa classe.
    Parabéns por mais essa vitória gigantesca, desejo tudo de bom pra vc e seus famiares,Bebel vc é guerreira e nunca esmorece e ñ deixa nós professores desapontados e sim, sempre fala q devemos lutar pelos nossos direitos, parabéns por mais essa conquista! Adoreiiiiiiiiiiiiii.
    Abraços e parabéns mais uma vez!
    Dalva.

    Responder
    • 124. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:14

      Prezada professora dalva,
      Muito obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 125. Wanderley José  |  21/01/2012 às 11:35

    A Apeoesp fez o seu papel como representante legal dos professores. Cabe agora, aos professores seguirem as deliberações de nossas assembleias caso o governo não respeite a lei.

    Responder
  • 126. Professor Rodrigo  |  21/01/2012 às 11:51

    Olá Bebel, sou professor de história e defendo que as lutas de classe sejam realizadas por meio da legalidade. Gostei muito dessa vitória, ela além de ser digna da legislação ainda fortalece nossa classe. Agora para completar nosso rol de conquistas, só falta revogar a lei 1093, pois sou categoria O e fui e sou muito prejudicado por esta lei, desde não ter direito ao IAMSPE até mesmo correr o risco de estar desempregado a força. Entretanto mediante esta vitória, sei que a diretoria de fato,ao contrário do que falam muitos radicais, não faz coloio com o governo e sei que a diretoria e nós professores estaremos empenhados em lutar também pela revogação desta lei 1093, que nos segrega e nos desune! Mais uma vez, parabéns pela nossa vitória! Viva os professores Paulistas!!

    Responder
    • 127. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:15

      Prezado professor Rodrigo,
      Muito obrigada.
      Bebel

      Responder
  • 128. Ricardo  |  21/01/2012 às 12:11

    O STF, ao julgar constitucional, na integralidade a Lei do Piso, nos salvaguardou esse direito sagrado… o Governo do Estado, tentou burlar a Lei, com manobras, mas o sindicato e o TJSP monstraram que existe LEI e que a Democracia é o império da LEI !!! Cumpra-se…

    Responder
  • 129. Sebastião Miguel  |  21/01/2012 às 12:29

    Os colegas já disseram tudo!
    Bebel critico em alguns momentos, mas você está de parabéns juntamente com o jurídico.

    Responder
    • 130. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:10

      Prezado professor Sebastião,
      Muito obrigada.
      Bebel

      Responder
  • 131. carlos  |  21/01/2012 às 12:35

    Cara presidentaaa! parabéns a vc e ao sindicato que tanto fez por nossa classe nesse inicio de ano.So esperamos q todos os professores aprendam a reconhecer o valor dessa instituição tão importante a nós educadores que é o nosso sindicato. “Ruim” com ele , impossível viver sem ele. Apenas uma sugestão: se for realmente acatada a decisao do tribunal, que tal os professores organizarem uma homenagem a esse juiz corajoso. Um apitaço com aplausos quando ele sair do trabalho cairia bem.

    Responder
    • 132. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:09

      Prezado professor Carlos,
      Obrigada pelo apoio. Vamos considerar sua sugestão.
      Bebel

      Responder
  • 133. FULVIO ALBIERO  |  21/01/2012 às 12:49

    Professora Bebel,
    Estou muito feliz com as duas vitórias conquistadas pela APEOESP: a aplicação da Lei do Piso e pelo não estorno ao pagamento do mês de dezembro dos professores categoria L. Sou da extinta categoria L e até antes das duas decisões, eu não enxergava no magistério outra coisa senão o caos. Mas as vitórias me fizeram acreditar que há esperança, que nada esta perdido e o mais importante de tudo: a JUSTIÇA existe. Muito obrigado pela esperança dada, de poder acreditar de que novas melhorias poderão surgir para os professores da extinta categoria L e para os demais colegas.

    Responder
    • 134. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:08

      Prezado professor Fulvio,
      Muito obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 135. Vívian  |  21/01/2012 às 13:00

    É uma verdadeira Epopeia o texto deste juiz!!!!!!!

    Parabéns professores, afinal, merecemos!!

    Responder
  • 136. Sergio Luiz  |  21/01/2012 às 13:01

    Parabéns Bebel pelo seu grande esforço em nos ajudar, estou muito grato por tudo. Mas que cálculo maluco esse do Padula. kkkkkk.

    Responder
    • 137. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:05

      Prezado professor Sérgio,
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 138. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  21/01/2012 às 13:14

    o sr FERNANDO PÁDULA SEMPRE FOI CONTRA NÓS PROFESSORES PAULISTAS.

    Responder
  • 139. andre  |  21/01/2012 às 13:29

    Bebel qual a possibilidade, de fazer a implantação da jornada do piso, equiparando o tempo da aula equivalente nos três períodos, ou seja, não seria melhor que as aulas do ensino vespertino e matutino fossem igual ao do período noturno, apenas passando de 6 para 7 aulas, acabando com a diferença do tempo de trabalho entre os professores em sala de aula.

    Responder
    • 140. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:02

      Prezado professor André,
      O que ocorre é que no período noturno não cabem seis aulas. As soluções aritméticas do governo, até o momento, não deram conta de resolver os problemas pedagógicos da rede. Se não houver uma discussão séria sobre currículo e tempos e espaços nas escolas, incluindo mais flexibilidade na duração das aulas, continuaremos nesta confusão.
      Bebel

      Responder
  • 141. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  21/01/2012 às 13:32

    prezada MARIA izabel, voltei a me preocupar, pois a SEE diz que vai recorrer a PROCURADIRIA GERAL DO ESTADO. O juiz LUIS MANOEL DA FONSECA JÁ NÃO DISSE EM SEU DESPACHO que seria pela ultima vez. ELES DA SEE estao brincando com nos e a JUSTIÇA . aguardo um comentario seu.

    Responder
    • 142. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:59

      Prezado professor Enio,
      A PGE já recorreu uma vez e perdeu.
      Bebel

      Responder
  • 143. Arthur Malaspina  |  21/01/2012 às 13:47

    http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,juiz-da-48h-para-governo-de-sp-cumprir-liminar-da-jornada-dos-professores,825237,0.htm

    No estadão está dizendo isso:

    “A Secretaria Estadual da Educação afirmou, em nota, que ainda não foi notificada oficialmente sobre a decisão do juiz e que, “se for, tomará providências por meio da Procuradoria-Geral do Estado”.

    Ainda de acordo com a pasta, a atribuição de aulas terá início na segunda-feira para “não comprometer o início do ano letivo, em 1.º de fevereiro”.

    Se houver notificação judicial sobre o tema, o governo estadual paulista afirma que adotará as medidas cabíveis.”

    Quais seriam essas medidas cabíveis? Eles podem realmente requerer ao procurador geral? Isso poderia mudar alguma coisa?

    Responder
    • 144. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:57

      Prezado professor Arthur,
      A liminar existe desde novembro. O despacho do juiz apenas a reafirma e manda cumprir. O Estado não precisa recebê-la para estar obrigado a cumprir a liminar.
      Por outro lado, estamos em uma batalha jurídica. É preciso aguardar as providências jurídicas da SEE para podermos responder.
      Bebel

      Responder
  • 145. Jones Freitas  |  21/01/2012 às 13:51

    Parabéns mulher guerreira, seria uma honra conhecê-la, não iremos esquecer esse episódio. O que fico triste é com o descaso de muitos professores que ainda viajando não sabem do que está acontecendo, pois só sabem que atribuição começa no dia 23/01 – segunda feira. Precisam entrar até Domingo na Mídia de Massa ( Televisão já). Vcs já tem algo marcado para esse final de semana quero acompanhar,, por favor Bebel passe o horário, canal para nós professores…..Muito Obrigado…

    Jones Freitas

    Responder
    • 146. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:56

      Prezado professor Jones,
      Obrigada.
      O programa de TV da APEOESP vai ao ar pela Rede TV domingos às 17h35. Por ser gravado, não contém os acontecimentos de sexta-feira.
      Bebel

      Responder
  • 147. noemi lima  |  21/01/2012 às 14:07

    PARABÉNS BEBEL! EM RELAÇÃO À CONTRATAÇÃO DE MAIS 50 MIL DOCENTES, SERÃO CONTRATADOS EM CARÁTER TEMPORÁRIO OU EFETIVO? OU AS DUAS COISAS? POR FAVOR, EXPLIQUE ESSA QUESTÃO.
    DESDE JÁ AGRADEÇO E DESEJO PARABÉNS A TODOS VOCÊS
    ASS:NOEMI.

    A atribuição de aulas marcada para segunda-feira foi confirmada. A SEE informou que ainda não foi notificada oficialmente sobre a decisão judicial. Após a notificação, caberá à Procuradoria Geral do Estado tomar as medidas cabíveis. Com a decisão judicial, o governo pode ser obrigado a contratar mais de 50 mil professores, conforme estimativa citada no processo.

    Responder
    • 148. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:52

      Prezada professora Noemi,
      Obrigada.
      A liminar existe desde novembro. O despacho do juiz apenas a reafirma e manda cumprir. O Estado não precisa recebê-la para estar obrigado a cumprir a liminar.
      Quanto à contratação de professores terá que ser como temporários e também ampliando a carga horária de todos os professores que puderem. Haverá aulas para todos.
      Bebel

      Responder
  • 149. Mara Cristina Teixeira  |  21/01/2012 às 14:24

    Olá a todos, olá Bebel
    Gente, foi mesmo de barbada!!!!!!!!!! Chupaaaaaaaa Alkmin!!!!!! AGORA, precisamos ficra BEM ATENTOS, pois CERTAMENTE teremos, como sempre, os SERVENTES da SEE (vulgo DIRETORES) USANDO CONTAS ESTAPAFÚRDIAS PARA MANTER A JORNADA ANTIGA!!!! Segunda vai ser um “pega prá capar” essa atribuição!!!!! Vamos ficar ATENTOS, gente!!!!! O que vai ter de diretor que vai dizer que VALE O QUE A SECRETARIA PUBLICOU E NÃO O DESPACHO DO JUIZ, não vai ser brincadeira!!!!! VAMOS FICAR ALERTAS E DENUNCIAR – se necessário COM NOMES DE ESCOLAS, DIRETORIAS DE ENSINO E DE DIRETORES – os que não cumprirem o que a justiça já nos deu POR DIREITO pois, APESAR DE TUDO, AINDA EXISTEM LEIS NESTE PAÍS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  • 150. Daniel Andreoti  |  21/01/2012 às 15:19

    Presada Bebel eu te amo!!!
    Chorei tanto qdo soube que os categoria O ficariam se aula e agora temos apenas 40 dias de quarentena vc é o máximo..
    Quase parei de dar aulas mas agora tenho esperança
    Deus te abençoe sou professor á um ano mas amo a apeoesp sou de Piracicaba já peguei até as suas aulas no Gallo
    Deus te abenço não tenho palavras para expressar a minha alegria

    Responder
    • 151. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:34

      Prezado professor Daniel,
      Muito obrigado pelo apoio e pelas suas palavras. Vamos continuar lutando juntos.
      Bebel

      Responder
  • 152. Daniel Andreoti  |  21/01/2012 às 15:21

    Acredito na vitória de vcs
    Conseguiremos as 26 aulas
    Deus abenço a todos , obrigado por lutar tanto
    Vcs sao um exemplo um dia quero poder lutar tbem e fazer parte da história da educação assim como vc Bebel e a apeoesp faz

    Responder
    • 153. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:33

      Prezado professor Daniel,
      Obrigada pelo apoio. Estamos em uma batalha jurídica, lutando com tudo o que temos.
      Bebel

      Responder
  • 154. Leonor  |  21/01/2012 às 15:35

    Bebel, no estadão, um dos recortes é esse:
    A Secretaria Estadual da Educação afirmou, em nota, que ainda não foi notificada oficialmente sobre a decisão do juiz e que, “se for, tomará providências por meio da Procuradoria-Geral do Estado”.
    Ainda de acordo com a pasta, a atribuição de aulas terá início na segunda-feira para “não comprometer o início do ano letivo, em 1.º de fevereiro”.
    Se houver notificação judicial sobre o tema, o governo estadual paulista afirma que adotará as medidas cabíveis.

    Por que ainda não houve notificação ao governo? O que a procuradoria poderia fazer neste caso? Que medidas o governo ainda pode adotar? A questão já não está ganha? Quero saber porque há um resistência muito grande por parte das D.E.
    Obrigada

    Responder
    • 155. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:32

      Prezda professora Leonor,
      Este raciocínio da SEE é equivocado. O que o juiz fez foi reafirmar a liminar que está em vigor desde novembro. No despacho ele diz que a liminar já deveria estar sendo cumprida. Portanto a base para a atribuição de aulas é a liminar e não a resolução 8. Ter recebido até o momento ou não o ofício do juiz não muda este fato. As autoridades podem ser punidas por não cumprirem a liminar e não em função do ofício do juiz.
      Bebel

      Responder
  • 156. Prof Claudio Grácia  |  21/01/2012 às 16:27

    Parabéns Bebel e toda diretoria da Apeosp.

    Responder
    • 157. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:27

      Prezado professor Carlos,
      Muito obrigada. Obrigada pelo apoio. Continuamos na luta.
      Bebel

      Responder
  • 158. Karina Drude Puga Rui  |  21/01/2012 às 16:40

    Boa Tarde!

    Em primeiro lugar quero parabenizar a Apeoesp e o Excelentíssimo juiz. pelo senso de justiça que muitos nesse país ainda não tem.
    A SEE disse não ter sido ainda notificada.E caso for, tomaria as medidas cabíveis.
    Isso pode trazer algum atraso na atibuição para segunda feira?
    Quais medidas cabíveis poderiam tomar?

    Responder
    • 159. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:26

      Prezada professora Karina,
      Sim, pode, dependendo da atitude da SEE. Leia neste blog texto mais recente com orientações para a atribuição de aulas. Nele está anexo modelo de requerimento que deve ser protocolado na atribuição de aulas.
      Bebel

      Responder
  • 160. danielle  |  21/01/2012 às 16:43

    O Estado diz que não sabe de nada, será que isso vai virar mesmo?

    Responder
    • 161. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:02

      Prezada professora Danielle,
      A liminar existe desde novembro. O despacho do juiz apenas a reafirma e manda cumprir. O Estado não precisa recebê-la para estar obrigado a cumprir a liminar.
      Bebel

      Responder
  • 162. Priscila  |  21/01/2012 às 17:25

    Congratulations!!! Congratulations!!!
    Aos advogados responsáveis por esse despacho do juiz. Pois fundamentaram muito bem seus pedidos na lei.
    O nome dos advogados que redigiram o mandado deve ser divulgado!!! Quem são eles? Eles merecem reconhecimento.
    E, ao senhor juiz Luiz Manoel Fonseca Pires, que fez valer a lei em nosso país. Sinal de que há esperança pra esse Brasil injusto. Parabéns!!!
    Quisera nós estarmos estarmos cercados de governantes desse nível!!!
    Parabéns!!!Parabéns!!!Parabéns!!!

    Responder
    • 163. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:21

      Prezada professora Priscila,
      O departamento jurídico da APEOESP constitui uma equipe na qual todos contribuem para o resultado final. O departamento jurídico atua a partir das definições oriundas da diretoria da APEOESP. Portanto, agradeço em nome de todos seus cumprimentos e o apoio à luta, que é de todos nós.
      Bebel

      Responder
  • 164. Fabio de Melo  |  21/01/2012 às 18:47

    Parabéns a Apeoesp! Apenas tenho uma indagação: a Procuradoria do Estado ainda pode recorrer ao STF sobre este caso?

    Responder
    • 165. apeoesp  |  22/01/2012 às 12:15

      Prezado professor Fábio de Melo,
      A liminar está em vigor. Não sabemos que passos a SEE pretende dar, nem seus resultados.
      Bebel

      Responder
  • 166. Mariana Rosseto Santos  |  21/01/2012 às 20:25

    Nós professores de Matemática da rede do Estado de São Paulo deveríamos propor ao Secretário Herman o dia “M”, Dia da Matemática, destinando esse evento a ele e sua equipe gestora exclusivamente, pois demonstraram vergonhosamente desconhecer os principais fundamentos da Matemática que é o de ser uma Ciência de base para as outras, com foco na sua aplicação para dignificar a vida do ser humano e NÃO BURLAR AS LEIS NEM SUBESTIMAR A JUSTIÇA…A propósito o Secretário está bem alheio também ao que venha a ser hora de atividade pedagógica, pois 10 minutos de deslocamento fisico de uma sala para outra não caracteriza a aprendizagem digna que nosso aluno tem o direito de receber. Agora fica aqui uma questão a se pensar: será que os responsáveis pelas estatísticas do SARESP, IDESP, entre outros são essas mesmas pessoas aí que criaram uma jornada de trabalho medíocre e burra? Pois se o forem é bem possível que o problema dos baixos indíces de Matemática no Estado de São Paulo estejam ligados diretamente a falta de competência da mesma, já que a ausência de competências leitoras e de cáuculos estão mais que provadas por parte da SEE não acham?

    Responder
  • 167. SILMARA PAULA DOS SANTOS  |  21/01/2012 às 22:00

    cara PRESIDENTA MARIA IIZABEL; o que vai acontecer se a SEE recorrer a tal PROCURADORIA GERAL?

    Responder
    • 168. apeoesp  |  22/01/2012 às 11:55

      Prezada professora Silmara,
      A PGE já recorreu da liminar em dezembro e perdeu.
      Bebel

      Responder
  • 169. silvia miranda  |  22/01/2012 às 00:44

    Boa noite Bebel

    Já enviei para os professores que conheço e alguns diretores sobre o despacho do juiz, e pedi que enviem para os outros professores, mais uma vez PARABÉNS a todos que lutaram até o fim.
    Bebel gostaria de saber sobre a liminar do art 22. Você havia informado que o governo poderia recorrer até o dia 19, mas na resposta que você deu para Aline (32), você informou que ele ainda pode recorrer.
    Você poderia esclarecer melhor, meu indeferimento foi por TRE e por entrar com recurso na DE e não online, o supervisor disse que não tenho direito de participar do art 22.
    Se puder me esclarecer eu agradeço.

    Responder
    • 170. apeoesp  |  22/01/2012 às 11:41

      Prezada professora Aline,
      Sim, ainda pode recorrer porque não havia, até sexta, sido notificado.
      No swu caso específico, deve solicitar esclarecimentos ao departamento jurídico.
      Bebel

      Responder
  • 171. Prof Renato  |  22/01/2012 às 07:51

    SEREI CENSURADO EM MEU COMENTÁRIO, MAS VOU POSTA-LO ASSIM MESMO,VCS ACHAM MESMO QUE VAI ACONTECER ALGUMA COISA, NAO POSSO ACREDITAR QUE EXISTEM PESSOAS TÃO “PURAS DE CORAÇÃO”,, VAI ACONTECER SIM A ATRIBUIÇÃO PARA OS TITLARES DE CARGO E DEPOIS PARA OS OFAS, E ASSIM POR DIANTE.
    JÁ ESTO ESCTANDO ESSA CONVERSA DA APEOESP, HÁ MAIS DE DEZ ANOS E O QUE ACONTECEU? NADA, JÁ FIZ GREVE, JÁ FUI NAS PARALIZAÇÕES E O QUE ACONTECEU? NADA.
    ESSA APEOESP,SÓ FICA ENGANANDO OS PROFESSORES,COM ESSAS FALSAS VITÓRIAS ISSO PORQUE ELES TEM QUE JUSTIFICAR O DINHEIRO RECEBIDO DOS ASSOCIADOS.
    PESSOAL VAMOS ABRIR OS OLHOS, NÃO SE DEIXEM ENGANAR COM ESSAS NOTICIAS INCOMPLETAS E COM UMA SÉRIE DE INVERDADES.
    PS – SEI QUE A SENHORA MARIA IZABEL VAI CENSURAR MEU COMENTARIO,MAS EU VOU MANDA-LOS ATÉ VCS PUBLICAREM

    Responder
    • 172. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:30

      Prezado professor Renato,
      Não vejo nenhuma razão para censusar seu comentário. Ele não significa qualquer tipo de ameaça à nossa luta, pois não encontra nenhum amparo na realidade. O papel do sindicato é lutar e defender a nossa categoria, que é inteligente e sabe acompanhar os acontecimentos. Ela também reconhece quando alguém pretende atrapalhar a sua sua luta e tenta enfraquecer a sua organização. Saberá, com certeza, perceber que essa pessoa está fazendo o jogo do governo, tentando causar confusão justamente no momento em que a entidade avança e que a Secretaria está em grandes dificuldades para continuar atacando os professores, sendo a todo momento desautorizada pela Justiça.
      Bebel

      Responder
      • 173. Prof Renato  |  22/01/2012 às 22:49

        PRIMEIRO SOU ASSOCIADO DESDE SINDICATO DESDE 2003, COMO DISSE FUI A TODAS AS PARALIZAÇÕES E MANIFESTAÇÕES CONTRA OGOVERNO, ATÉ O DIA QUE UM ASSOCIADO DA APEOESP OS FAMOSOS “FRENTES”,FOI ATÉ A ESCOLA AONDE EU TRABALHAVA E COMEÇOU FAZER CAMPANHA POLITICA EM FAVOR DO PSTU E DA CANDIDATA HELOISA HELENA, DESTE DIA EM DIANTE EU PERCEBI QUE VCS SÃO FILIADOS A PARTIDOS POLITICOS.
        VCS NÃO TEM A MENOR VONTADE DE RESOLVER OS PROBLEMAS DA EDUCAÇÃO ISSO PORQUE SE RESOLVER OS PROBLEMAS NÃO PRECISA MAIS DE SINDICATO, NÃO É MESMO?
        ACHO VALIDO QUESTIONAR NA JUSTIÇA,TUDO QUE VCS ACHAM ERRADO, O QUE EU NÃO CONCORDO É ILUDIR AS PESSOAS COM FALSAS PROMESSAS.
        É BEM TIPICO DE VCS QUANDO NÃO TEM ARGUMENTO, DIZER QUE A PESSOA É FAVORAVEL AO GOVERNO, QUE TRABALHA EM FAVOR DO PSDB.
        VCS FAZEM ISSO, PORQUE COMO A SENHORA MESMO FALOU NOSSA CATEGORIA NÃO É “INTELIGENTE”.
        PARA DE ILUDIR AS PESSOAS E DIGAM A VERDADE, COMO FALEI ANTERIORMENTE, INFELIZMENTE NÃO VAI ACONTECER NADA, E SENHORA SABE PORQUE, PORQUE OS PROFESSORES SÃO EGOISTAS, E ALÉM DO MAIS MUITOS GANHAM DINHEIRO DEMAIS PELO QUE TRABALHAM.
        PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO SÓ TEM UM JEITO É A CHAMADA GREVE BRANCA.

      • 174. apeoesp  |  23/01/2012 às 12:43

        Prezado professor Renato,
        Todos nós, cidadãos brasileiros, podemos ser filiados a partidos políticos, entretanto, considero errado que dirigentes ou conselheiros façam poítica partidária no espaço de atuação do sindicato. O sindicato é instrumento de organização dos professores e luta pelos interesses da categoria e pela melhoria da escola pública.
        Nós, da APEOESP, não iludimos ninguém. Nossas campanhas são claras e cristalinas em seus propósitos, suas reivindicações e as decisões são tomadas em praça pública e reuniões públicas e abertas. O sindicato luta, sim, para resolver os problemas da educação, pois nós, que o dirigimos e que nele militamos, também somos professores e sofremos todas as consequências das políticas educacionais.
        Primeiro, quanto a dizer que a nossa categoria não é inteligente, obviamente foi um erro de digitação que já corrigi. Basta ver o contexto da frase.
        Bebel

  • 175. Maricell  |  22/01/2012 às 13:14

    Maria Izabel, bom dia! Dia de muito trabalho para vocês, bem sei, pelas tantas dúvidas que aindam pairam para muitos, sobre o assunto em questão. Para ajudar a confundir, a UDEMO postou a seguinte orientação aos Diretores de Escola:

    Colega,

    A Apeoesp está orientando seus associados a protocolarem Requerimento na Escola e na Diretoria de Ensino, contra a nova jornada dos docentes. O fundamento seria a Lei Federal nº 11.738/08 e o acórdão do Supremo Tribunal Federal na ADI nº 4167 – DF.

    Não vamos, neste momento, questionar o mérito da demanda da Apeoesp, mas o Requerimento deverá ser indeferido, pois, nesses casos, o Diretor e o Dirigente Regional seguem as normas e as ordens emanadas diretamente de seus superiores. E essas ordens e normas estão na Resolução SE 8, de 19/1/2012.

    Portanto, ao receber o Requerimento do interessado, você deverá despachá-lo, nos seguintes termos:

    Indefiro, com fundamento no Artigo 241, II, da Lei nº 10.261/68 e na Resolução SE nº 8, de 19/1/2012.

    Datar e assinar.
    ———————————–

    O que fazer nesse caso?

    Responder
    • 176. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:17

      Prezada professora Maricell,
      A UDEMO está se comportanto como órgão do governo. Mantemos nossa orientação. A atribuição com base na resolução 8 é ilegal.
      Bebel

      Responder
  • 177. Maricell  |  22/01/2012 às 13:29

    Obrigada Bebel! Pelo visto amanhã será um dia de muito mais trabalho ainda para a Apeoesp. Peço a Deus que dê forças a vocês da Apeoesp para a semana de atribuição que se inicia, peço a Deus que todos os professores NÃO aceitem imposições por medo ou comodismo e peço a Deus que tudo aconteça conforme aJustiça determinou. Caso não se cumpra, penso que GREVE seria nossa única alternativa.
    Deus abencõe vocês e toda nossa categoria.
    Abraços

    Responder
    • 178. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:48

      Prezada professora Maricell,
      Será um dia intenso para todos nós.
      Obrigada pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 179. Ivone  |  22/01/2012 às 13:29

    QUERO TBM PARABENIZAR A APEOESP PELA LUTA POR ESSA CAUSA QUE É A LEI DO PISO, NÃO PODEMOS ACEITAR AS IMPOSIÇÕES ESSE GOVERNO QUE MASSACRA E DESVALORIZA E HUMILHA O PROFESSORADO. CONTINUEMOS NA LUTA APEOESP!!!!!! E AGORA MAIS QUE NUNCA JUNTAR NOSSAS FORÇAS PARA QUE POSSAMOS DERRUBAR ESSA LEI QUE EXTINGUIU NÓS PROFESSORES CATEG. L E POSSAMOS TER DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA. OBRIGADA BEBEL POR MAIS ESSA VITÓRIA E QUE MUITAS POSSAM VIREM. AMÉM

    Responder
    • 180. apeoesp  |  22/01/2012 às 13:47

      Przeada professora Ivone,
      Muito obrigada pelas suas palavras e pelo apoio.
      Bebel

      Responder
  • 181. Cristiane  |  22/01/2012 às 14:00

    Provérbios 21
    Como corrente de águas é o coração do rei na mão do Senhor; ele o inclina para onde quer.
    Todo caminho do homem é reto aos seus olhos; mas o Senhor pesa os corações.
    Fazer justiça e julgar com retidão é mais aceitável ao Senhor do que oferecer-lhe sacrifício.
    A execução da justiça é motivo de alegria para o justo; mas é espanto para os que praticam a iniqüidade.
    Provérbios 21:15

    Mais uma vez o sobrenatural prevalece…..uma situação destas só
    DEUS, o Criador dos céus e da Terra, Juiz Supremo poderia intervir.
    A Ele toda a glória e louvor.
    A APEOESP, ficamos satisfeitos de ver cumprirem seu papel.
    Ao Juiz Luis Manoel Fonseca Pires já tem o meu voto para candidato a Presidente da República!

    O diabo teve que engolir a derrota sem um gole dágua…….rs

    Responder
  • 182. SILMARA PAULA DOS SANTOS  |  22/01/2012 às 15:56

    prezada MARIA IZABEL; os advogados da apeoespe podem pedir a prisão do HERMAN E DO PÁDULA Caso eles não aceitem a ordem judicial do juiz LUIS Manoel da FONSECA Pires da 3 vara da FAZENDA???? AGUARDO COMENTÁRIO.

    Responder
    • 183. apeoesp  |  22/01/2012 às 17:09

      Prezada professora Silmara,
      A própria justiça estadual tomará esta providência.
      Bebel

      Responder
  • 184. Cleber  |  22/01/2012 às 19:11

    Olá Bebel, que dia e hora que vence o prazo de 48 horas para se cumprir a lei , e a partir de qual momento o Herman e o Padula podem ser presos?

    Responder
    • 185. apeoesp  |  22/01/2012 às 22:46

      Prezado professor Cleber,
      Vence nesta noite, mas obviamente o cumprimento da liminar deve se dar na atribuição de aulas.
      Bebel

      Responder
  • 186. Gessica  |  22/01/2012 às 19:19

    Bebel, li na final da notícia que fala sobre essa decisão judicial no site do Estadão, e lá existe o seguinte trecho “A Secretaria Estadual da Educação afirmou, em nota, que ainda não foi notificada oficialmente sobre a decisão do juiz e que, “se for, tomará providências por meio da Procuradoria-Geral do Estado”.”
    O que gostaria de saber é: se ela alegar à Procuradoria que não tem condições de pagar ou sei lá… inventar qualquer coisa…. a Procuradoria pode estipular prazos, ou fazer acordos, para o cumprimento da lei, de modo que a atribuição aconteça como está na resolução 8 da SEE?
    Att

    Responder
    • 187. apeoesp  |  22/01/2012 às 22:45

      Prezada professora gessica,
      A Procuradoria é órgão do próprio governo. Ela teria que convencer a justiça, mas o juiz já rejeitou estes argumentos.
      Bebel

      Responder
  • 188. Valter Dos santos rabaquim  |  22/01/2012 às 22:32

    Ola bebel li hoje nos jornal que o governo assim que for notificado dessa liminar adotara medidas cabiveis .
    quais sao as medidas cabiveis ??? existe como eles irem ate a procuradoria geral do estado para anular essa decisão sinceramente o que achas que eles irão fazer ?? existe alguma artimanha juridica que eles poderam fazer afim de não cumprir essa lei ???

    abaixpo segeu o link do jornal

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,justica-obriga-sp-a-mudar-jornada-extraclasse-de-docente-,825311,0.htm

    Responder
    • 189. apeoesp  |  23/01/2012 às 01:19

      Prezado professor Valter,
      A liminar está em vigor desde novembro e foi confirmada em dezembro. A SEE não precisa ser notificada deste ofício do juiz para cumprir a liminar. O ofício apenas alerta que a liminar deve ser cumprida em 48 horas antes que haja consequências para as autoridades da SEE.
      Não sabemos o que a SEE pretende fazer, mas vamos continuar defendendo a liminar e a lei.
      Bebel

      Responder
  • 190. JOÃO  |  22/01/2012 às 23:27

    BOA NOITE ! NO TWITTER O SR FERNANDO PADULA FALA EM ALTERAR A MATRIZ, PODERIA SER…?

    A ideia propagada de passar a entrar 26 vezes no lugar de 33, prejudica os alunos e prof. Vai passar de 6 p5aulas de 60′ (50’e10)menos aulas

    Responder
    • 191. apeoesp  |  23/01/2012 às 01:25

      Prezado professor João,
      O senhor Padula está empenhado em pregar o tumulto. O que ele diz é fácil de falar e difícil de fazer. Ele acredita que a rede vai aceitar passivamente uma barbaridade como essa? Como vai fazer caber todas as disciplinas necessárias? É só conversa.
      Bebel

      Responder
  • 192. sergio  |  23/01/2012 às 00:04

    Bebel: acho que não vai virar nada.Acha que esse gov erno vai aceitar perder assimm?duvido.Esperem para ver.

    Responder
    • 193. apeoesp  |  23/01/2012 às 01:34

      Prezado professor Sérgio,
      Tampouco nós vamos aceitar perder.
      Bebel

      Responder
  • 194. Bel  |  23/01/2012 às 00:31

    E como as escolas vão proceder amanhã de manhã, uma vez que já há escolas que fizeram “atribuições prévias”, conforme a lei da SEE, e anunciaram inclusive redução de jornada contra a vontade do profissional, terrorismo puro?

    Responder
    • 195. apeoesp  |  23/01/2012 às 01:13

      Prezada professora Bel,
      Atribuições prévias não valem nada, assim como atribuições em desacordo com a liminar da justiça. Vamos em todos os lugares fazer valer a lei.
      Bebel

      Responder
  • 196. Mõnica Correia da Silva  |  23/01/2012 às 01:32

    Sugestão : dona Bebel, pegue seus púpilos e coloque um em cada escola, essa atribuição vai ferver…. e não se trata de partido politico ou chapas, isso no momento nao é nosso, e nossa categoria clamando por justiça

    Responder
    • 197. apeoesp  |  23/01/2012 às 01:56

      Prezada professora Monica,
      Não tenho pupilos. A APEOESP é uma instituição com história, diretoria, centenas de conselheiros estaduais e representantes de escolas e vamos estar presentes à atribuição de aulas para defender os direitos da nossa categoria. Nosso sindicato não defende nenhum partido político.
      Bebel

      Responder
  • 198. Marcos a Rocha  |  23/01/2012 às 02:23

    Valeu professores, apeoesp , seus advogados. e Senhor Juiz LUIZ MANOEL DA FONSECA .

    Responder
  • 199. Mônica dos Anjos  |  23/01/2012 às 02:31

    Bebel, parabéns!!

    Será que nós remanescentes deste concurso de efetivos seremos chamados, pois vai ser preciso mais professores e este vence em janeiro de 2013, por favor lutem pelos nossos direitos.

    Mônica dos Anjos

    Responder
    • 200. apeoesp  |  23/01/2012 às 09:01

      Prezada professora monicsa,
      Obrigada.
      Lutamos por isto.
      Bebel

      Responder
  • 201. Luis  |  23/01/2012 às 06:00

    Senhora Maria Izabel,
    Espero que na escola que leciono há dois anos, EE Sólon Borges dos Reis – DE Centro Oeste, os representantes do sindicato apareçam, porque eles aparecem apenas nas eleições sindicais.

    Responder
    • 202. apeoesp  |  23/01/2012 às 08:56

      Prezado professor Luis,
      A orientação é para que a APEOESP esteja presente em todos os locais.
      Bebel

      Responder
  • 203. Mauricio  |  23/01/2012 às 11:55

    E a atribuição já está rolando…
    Do jeito que o governo quer!!!

    Responder
    • 204. apeoesp  |  23/01/2012 às 11:57

      Prezado professor Maurício,
      A atribuição com base na resolução SE 8, de 2012, não tem valor legal, pois a justiça não reconhece esta resolução como válida. Se desejar, o professor ou a subsede podem lavrar boletim de ocorrência registrando a irregularidade. Descumprindo a liminar, a SEE terá que refazer a atribuição.
      Se necessário, vamos à greve para que o governo cumpra a lei.
      Bebel

      Responder
  • 205. Lucas  |  23/01/2012 às 12:41

    A atribuição em Cotia sp , não mudou está de acordo com SE 8. O governo continua a fazer o que quer…

    Responder
    • 206. apeoesp  |  23/01/2012 às 13:53

      Prezado professor Lucas,
      A atribuição de aulas que a SEE está realizando não tem qualquer valor. A liminar está em vigor e vencido o prazo de 48 horas que, segundo o TJSP, passou a contar desde as 8 h de hoje, poderá haver punição ao secretário da Educação e a atribuição terá que ser refeita.
      Bebel

      Responder
  • 207. marta  |  23/01/2012 às 12:54

    OLÁ BEBEL.
    SOU CAT. O E NÃO PASSEI NA PROVA.
    GOSTARIA DE SABER QUANDO INICIARÁ A ATRIBUIÇÃO PARA OS PROFESSORES QUE NAO PASSARAM NA PROVA????
    OBRIGADA.
    MARTA

    Responder
    • 208. apeoesp  |  23/01/2012 às 13:58

      Prezada professora Marta,
      Ao longo do ano, após a atribuição inicial.
      Bebel

      Responder
  • 209. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  23/01/2012 às 13:06

    dPREZADA MARIA iZABEL. ONDE está a justiça de SÃO PAULO? DIGA olhando nos olhos do Meritissimo juiz LUIZ Manoel FONSECA Pires que não existe crédito para sua ordem judicial. È REVOLTANTE.

    Responder
    • 210. apeoesp  |  23/01/2012 às 14:01

      Prezado professor Enio,
      A APEOESP notificará o juiz sobre o desrespeito à ordem judicial. Por outro lado, a atribuição de aulas que a SEE está realizando não tem qualquer valor. A liminar está em vigor e vencido o prazo de 48 horas que, segundo o TJSP, passou a contar desde as 8 h de hoje, poderá haver punição ao secretário da Educação e a atribuição terá que ser refeita.
      Bebel

      Responder
  • 211. Robson  |  23/01/2012 às 13:26

    É, se o governo vencer essa, ficara provado que a justiça e o sindicato não tem a menor força, e que quem manda é mesmo o governador. Por isso espero que a justiça se cumpra, pra que haja ainda um pouco de fé em nosso sistema.

    Responder
    • 212. apeoesp  |  23/01/2012 às 13:29

      Prezado professor Robson,
      A luta prossegue. A atribuição de aulas que a SEE está realizando não tem qualquer valor. A liminar está em vigor e vencido o prazo de 48 horas que, segundo o TJSP, passou a contar desde as 8 h de hoje, poderá haver punição ao secretário da Educação e a atribuição terá que ser refeita.
      Bebel

      Responder
    • 213. Heitor  |  23/01/2012 às 13:52

      Quanto derrotismo…e a luta mal começou 😦

      Responder
  • 214. Luciano  |  23/01/2012 às 13:43

    Todos estão seguindo o publicado no DO…. minha diretora nao quiz assinar a carta recomendada… mas temos representantes na escola da APEOESP. Orlândia SP

    Responder
    • 215. apeoesp  |  23/01/2012 às 15:07

      Prezado professor Luciano,
      As atribuições até aqui não tem valor. Estamos notificando o juiz do descumprimento da liminar.
      Bebel

      Responder
  • 216. Maricell  |  23/01/2012 às 13:44

    Bom dia, Bebel.
    O problema maior na atribuição é o fato de que pouquíssimos professores estão seguindo as orientações do nosso sindicato e aceitando a imposição do que foi passado pela SEE aos diretores de escola. Acomoda-se porque “dá trabalho” ou “é perda de tempo” lavrar boletim de ocorrência pelo descumprimento de ordem judicial. Muitos ainda criticarão o sindicato, como se apenas o sindicato tenha que resolver tudo. Uma pena. Enquanto todos nós professores não acreditarmos que uma luta se vence com união e determinação, pouco conseguiremos em termos de maior reconhecimento e respeito por parte do governo.
    Continuo a admirar o trabalho e luta da Apeoesp.
    Abraços,
    Maricell

    Responder
    • 217. apeoesp  |  23/01/2012 às 15:08

      Prezada professora Maricell,
      As atribuições realizadas até aqui não tem nenhum valor legal. Estamos comunicando o juiz do descumprimento da liminar.
      Bebel

      Responder
  • 218. Cleber  |  23/01/2012 às 14:00

    O que a APEOESP vai fazer hoje e amanhã? nada? vai esperar passar as 48 horas e deixar fazer a atribuição do seu jeito?

    Responder
    • 219. apeoesp  |  23/01/2012 às 14:26

      Prezado professor Cléber,
      Como sempre, a APEOESP não deixa de agir. Estamos notificando o juiz sobre o não cumprimento da liminar.
      Bebel

      Responder
  • 220. daniela medeiros  |  23/01/2012 às 14:02

    quero saber quando teremos a anulação dessa vergonha que é a atribuição. porque na escola todos fomos prejudicados por conta da reduçao involuntaria de aulas…

    Responder
    • 221. apeoesp  |  23/01/2012 às 14:25

      Prezada professora Daniela,
      Estamos notificando o juiz sobre o descumprimento da liminar. Esta resolução é ilegal.
      Bebel

      Responder
  • 222. Cleber  |  23/01/2012 às 14:50

    E a resolução sobre o Programa Escola da Família quando vai sair? Ninguem sabe informar quando vai ser a atribuição do PEF e se cat. L aprovado poderá ser reconduzido para 2012? Bebel, conseguiram averiguar algo sobre o programa? Obrigado!

    Responder
    • 223. apeoesp  |  23/01/2012 às 18:33

      Prezado professor Cleber,
      O professor categoria F pode ser reconduzido ao programa. Veja na DRE a data da atribuição.
      Bebel

      Responder
  • 224. nadya  |  23/01/2012 às 14:51

    na ee domingos quirino ferreira, diretoria sul 1, fizemos os requerimentos e vamos encaminhar a subsede. a atribuiçao foi feita de acordo com a resoluçao 08. fizemos nossa parte e acreditamos no sindicato e na justiça. esperamos a concretizaçao da liminar do juiz.

    Responder
  • 225. daniela medeiros  |  23/01/2012 às 15:11

    ainda dentro desta questão. nós ganhamos por hora relogio? porque em quase 10 anos de magisterio so ouvi dizer que ganhamos por hora aula. e hora aula ha muito foi condicionada pela propria SEE como sendo 50 min. bem antes da resolução de 2006 – fique claro -. outra coisa. a atual resolução anula a de 2006 mas, pode uma resolução anular um decreto como o de 2008? que reafirmava a resolução de 2006?obrigada

    Responder
    • 226. apeoesp  |  23/01/2012 às 18:44

      Prezada professora Daniela,
      A resolução 8 está cheia de irregularidades. A começar porque modifica as jornadas de trabalho instituidas pela lei 836, não apenas a sua composição interna. Uma resolução não pode se sobrepror a uma lei, ou decreto. A resolução também contraria a liminar concedida à APEOESP, como afirmou o próprio juiz.
      A APEOESP solicitou a anulação de todo o processo por descumprimento da liminar. O juiz decidirá na quinta-feira.
      Bebel

      Responder
  • 227. daniela  |  23/01/2012 às 19:01

    bebel, eu sei que estou sendo chata mas quem não sabe tem que perguntar. na escola onde eu trabalho somos em duas professoras de historia e as duas optaram por carga horaria completa – as atuais 32 (?) – ocorre que eu sou a primeira a escolher e a quantidade de aulas não dava dois cargos completos. a diretora atribuiu 24 para cada uma. ai tem a pergunta que todos se fizeram. não tinha que atribuir as 32 pra quem escolhe primeiro e o restante de aulas para a a outra e esta completaria em outra escola, ou o procedimento da diretora esta equivocado?
    mais uma vez desculpe pela amolação…

    Responder
    • 228. apeoesp  |  23/01/2012 às 19:18

      Prezada professora Daniela,
      Sim, o procedimento correto é o que você explanou. Por favor, entre em contato com o departamento jurídico.
      Bebel

      Responder
  • 229. Cleber  |  23/01/2012 às 20:26

    E o cat. L que estava em 2011 poderá ser reconduzido ao programa escola da família?

    Responder
    • 230. apeoesp  |  24/01/2012 às 15:15

      Prezado professor Cléber,
      O professor da categoria O (que inclui os professores da ex-categoria L) não estão incluidos entre os que podem participar. Mas acredito que se já houve flexibilização no ano passado, ela continuará neste ano.
      Bebel

      Responder
  • 231. SILMARA PAULA DOS SANTOS  |  23/01/2012 às 20:35

    caros colegas ingressantes e demais professores conhecam via google o SR, todo poderoso FERNANDO Padula., o homem que não obedece nem as leis desses pais.

    Responder
  • 232. Matheus  |  23/01/2012 às 23:45

    A lista da classificação dos candidatos aprovados sai quando?

    Responder
    • 233. apeoesp  |  24/01/2012 às 15:07

      Prezado professor Matheus,
      Estamos questionando a CGRH, mas não ainda não obtivemos resposta.
      Bebel

      Responder
  • 234. andre  |  24/01/2012 às 01:48

    segundo a reportagem da folha o governo recorreu de novo!

    Bebel a “SEE” pode levar o caso para a esfera federal?

    Ou ao supremo?

    http://comentarios.folha.com.br/comentarios?comment=296291&skin=folhaonline&anchor=4788517#anc4788517

    Responder
    • 235. apeoesp  |  24/01/2012 às 13:42

      Prezado professor André,
      Não pode recorrer à esfera federal.
      O recurso não é contra a liminar. O governo não pode recorrer da liminar. O recurso tenta provar que a resolução 8 atende à liminar, mas, no nosso entendimento, tem poucas chances de ser aceito.
      Bebel

      Responder
  • 236. Samuel E Pri Gomide  |  24/01/2012 às 14:28

    Vc tem posts muito elucidativos. O facebook é uma ferramenta muito importante de disceminação de idéias. Use os recursos para que seja facilitado um compartilhamento das suas idéias no face.

    Responder
    • 237. apeoesp  |  24/01/2012 às 18:02

      Prezado professor Samuel,
      Em geral, os textos tem sido disseminados pelos diretores da APEOESP no Facebook, mas vamos considerar sua proposta.
      Bebel

      Responder
  • 238. marta  |  24/01/2012 às 15:51

    OLÁ BEBEL, EU ERA CATEGORIA L QUE AGORA É O. NESTE MES DE JANEIRO RECEBI O SALARIO INTEGRAL REFERENTE A DEZEMBRO/2011. GOSTARIA DA SABER SE TEMOS DIREITO DE RECEBER AS FÉRIAS EM FEVEREIRO/2012 REFERENTE A JANEIRO OU POR CONTA DA MUDANÇA DE CATEGORIA NAO TEMOS DIREITO DE RECEBER EM FEVEREIRO?
    OBRIGADA.
    MARTA

    Responder
    • 239. apeoesp  |  24/01/2012 às 17:50

      Prezada professora Marta,
      Você tem direito às férias mas o governo não tem a intenção de pagar. É preciso ação judicial por meio do departamento jurídico da APEOESP.
      Não há salário relativo a janeiro, pois não há vínculo neste mês.
      Bebel

      Responder
  • 240. andre  |  24/01/2012 às 16:33

    Bebel quem avalia o recurso é o mesmo juiz que concedeu a liminar?

    Se a liminar tem prazo para ser aplicada em 48 horas e o RECURSO TEM prazo para ser deferido ou indeferido?

    Responder
    • 241. apeoesp  |  24/01/2012 às 17:31

      Prezado professor André,
      Não. É um desembargador. Geralmente é decidido com rapidez.
      Bebel

      Responder
    • 243. apeoesp  |  25/01/2012 às 11:23

      Prezado professor Thiago,
      Ainda há luta no campo judicial. Poderemos ir à greve.
      Você pode contribuir para esta luta. Ingresse com mandado de segurança individual e incentive mais colegas a fazê-lo.
      Bebel

      Responder
  • 244. Simone  |  24/01/2012 às 21:16

    Bebel, boa noite!

    O desembargador ja se posicionou a favor do governo do estado. E agora? Perdemos? A resposta do juiz na pp 5 feira não terá valor?

    Obrigada

    Responder
    • 245. apeoesp  |  25/01/2012 às 11:18

      Prezada professora Simone,
      A decisão pró-governo é provisória. Não há despacho do juiz nesta quinta. A decisão ficou para segunda. Governo ainda poderá ter que refazer a atribuição.
      Você pode contribuir para esta luta. Ingresse com mandado de segurança individual e incentive mais colegas a fazê-lo.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,862,445 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em Temer, inimigo da educação, ve…

%d blogueiros gostam disto: