Parabéns, professores!

09/03/2012 at 02:48 52 comentários

Os resultados do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo – SARESP, divulgados no dia 8 de março, mostram um ligeira melhora na aprendizagem dos estudantes em Matemática e Português na rede estadual de ensino.

Embora o avanço seja modesto, considero que toda melhora na educação deve ser reconhecida e valorizada, para que novos avanços sejam alcançados.

Diante dos resultados, que atribuo sobretudo ao esforço e dedicação dos professores, mesmo trabalhando em condições que estão muito longe de serem ideais, devemos nos perguntar: existem mesmo professores reprovados na rede estadual de ensino, como costumeiramente alardeiam determinados meios de comunicação e autoridades educacionais?

Em torno de 50% dos professores da rede estadual são Ocupantes de Função Atividade (OFA), ou seja, professores que ainda não foram aprovados em concurso público. Parte deste contingente, inclusive, é contratada por tempo determinado, os chamados professores da “categoria O”. Os professores OFA são submetidos a uma prova que não capta verdadeiramente a sua capacidade profissional.

Para mim, os professores estão aprovados, porque diante de todas as dificuldades que enfrentam, e não são poucas, conseguem se desdobrar para melhorar a aprendizagem de seus alunos, superando situações que não dependem de sua vontade e para as quais o professor, sozinho, não consegue soluções.

Claro, a estagnação da aprendizagem dos estudantes no ensino médio não é boa, mas ela decorre principalmente do fato de que este nível de ensino não atende às expectativas dos jovens. Também é verdade que os demais níveis de ensino não são compatíveis, hoje, com as necessidades e expectativas dos estudantes, mas as crianças se adaptam mais facilmente ao processo, enquanto os jovens desejam muito mais do que aquilo que é possível realizar entre quatro paredes, no espaço restrito da sala de aula.

Os jovens do ensino médio querem usar na vida escolar as novas tecnologias e meios de comunicação e pesquisa que já utilizam no seu cotidiano. Querem utilizar a internet e outros espaços virtuais voltados para o processo ensino-aprendizagem. Nas escolas, querem inovação, querem laboratórios, mais espaços de convivência e troca de experiências.

O que vemos é que a escola pouco ou nada oferece a esses jovens. Ao contrário, há uma realidade que praticamente convida este jovem a se retirar da escola. Muitos acabam se convencendo de que é melhor ir fazer outra coisa, trabalhar, e depois retornar aos estudos na Educação de Jovens e Adultos para obter o diploma.

Reverter esta situação deve ser um compromisso não só do governo, mas um esforço de todos aqueles que se preocupam com a atual situação da educação básica e querem encontrar caminhos para superá-la, sobretudo nós, educadores.

No ensino médio, em particular, é preciso um olhar mais cuidadoso em relação aos conteúdos curriculares e a forma de organizá-los e trabalhá-los no cotidiano escolar. É preciso adotar e aprimorar cada vez mais a prática da interdisciplinaridade, tornando o processo ensino-aprendizagem rico, dinâmico e atraente para os jovens. É preciso concatenar cada vez mais a dinâmica escolar com a realidade do estudante fora da escola, principalmente no caso do ensino médio noturno, onde a maioria trabalha.

Para que a escola pública estadual possa atingir a qualidade necessária, é preciso valorizar o professor, assegurando salários dignos e condições de trabalho. Elas passam por condições estruturais, ambientais, equipamentos, material pedagógico, remuneração digna e, também, uma jornada de trabalho bem composta, na qual exista tempo para que ele desenvolva adequadamente as necessárias atividades complementares à tarefa de ensinar. Precisamos, portanto, que seja aplicada em sua integralidade a lei 11.738/2008 (lei do piso), que destina no mínimo 1/3 da jornada de trabalho docente para atividades extraclasses.

Neste tempo, além de elaborar suas aulas, atualizar-se, elaborar e corrigir provas e trabalhos, o professor deve participar de programas de formação continuada na própria unidade escolar, em convênio com as universidades públicas. É o momento das universidades devolverem para as escolas públicas todo o investimento que nelas é feito pela sociedade. Esta interação, por outro lado, cria oportunidades para que os professores das escolas estaduais interfiram e contribuam para a formação inicial dos novos profissionais.

Nós, professores da rede estadual de ensino, temos compromisso com a educação pública e não cessamos de lutar. Por isso estamos em campanha para que seja aplicada a jornada do piso. Vamos à greve nos dias 14, 15 e 16 de março, realizando uma grande assembleia em 16 de março, às 14 horas, no Palácio dos Bandeirantes, para pressionar o governo a cumprir a lei.

Com união, compromisso e mobilização os professores, juntamente com outros segmentos sociais, querem mudar a educação no Estado de São Paulo.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Orientação sobre convocação para planejamento escolar Nenhum professor pode ser penalizado em razão de greve

52 Comentários Add your own

  • 1. Gilberto  |  09/03/2012 às 14:51

    Bom dia Bebel, gostaria de saber se o desempenho do 5º ano refere-se somente às escolas estaduais ou se estão tbm as escola municipais e particulares?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  10/03/2012 às 12:18

      Prezado professor Gilberto,
      Os resultados se referem às escolas públicas estaduais.
      Bebel

      Responder
    • 3. Hugo Ricardo  |  13/03/2012 às 19:16

      Profa. Bebel.
      Corre que os professores ex-L não terão direito a bônus este ano. Correto esta informação?

      Responder
      • 4. apeoesp  |  14/03/2012 às 02:24

        Prezado professor Hugo,
        Não temos nenhuma informação neste sentido. Caso se confirme, estudaremos a melhor medida judicial a ser tomada para assegurar os direitos de todos.
        Bebel

  • 5. ericleslealEricles  |  09/03/2012 às 17:10

    Parabéns, Bebel! Você mandou bem!

    Responder
    • 6. apeoesp  |  10/03/2012 às 12:14

      Prezado professor Ericles,
      Muito obrigada.
      Bebel

      Responder
  • 7. Luciana  |  09/03/2012 às 19:53

    É verdade Bebel, é uma pena mesmo nossos colegas Ofas terem de ser submetidos a essa avaliação ridícula todos os anos.Mesmo porque, o que não entendo é: esses professores fazem provas e depois as DEs abrem inscrições em caráter emergencial para contratação de novos professores. E esses mesmos que não contrato nessa emergencia não são submetidos a nenhuma avaliação.Então qual o fundamento desta avaliação?

    Responder
    • 8. apeoesp  |  10/03/2012 às 11:53

      Prezada professora Luciana,
      Não há fundamento algum. A verdadeira avaliação é o concurso público. Todo mundo já entendeu isto, menos a SEE.
      Bebel

      Responder
      • 9. lia  |  13/03/2012 às 13:22

        Eu passo em todas as provinhas e não sei pra que se as atribuições são terríveis, aliás este ano está pior. Passei no concurso também, espero que me chamem antes de eu desistir dessa profissão…

  • 10. Rodrigo  |  09/03/2012 às 21:10

    Presidente, e a folha suplementar para o professores da categoria O, sairá ou não neste mês?

    Responder
    • 11. apeoesp  |  10/03/2012 às 11:48

      Prezado professor Rodrigo,
      O governo informou, inclusive pelos meios de comunicação, que haverá folha suplementar na segunda quinzena de março.
      Bebel

      Responder
  • 12. Mônica  |  09/03/2012 às 23:21

    Olá Bebel,gostaria que você me orientasse,onde leciono a coordenadora está usando do poder para coagir os professores,o que devemos fazer.Obrigado.

    Responder
    • 13. apeoesp  |  10/03/2012 às 11:44

      Prezada professora Mônica,
      Um ou mais professores devem procurar o departamento jurídico da APEOESP, na subsede, para iniciar procedimento contra o assédio moral.
      Bebel

      Responder
  • 14. Cleber  |  10/03/2012 às 11:00

    Olá Bebel, sou cat. O, antigo L, como fomos dispensados em dezembro, e não tivemos vinculo em janeiro, não tivemos pagamento em fevereiro, até ai tudo certo, o que não é certo que inicei minhas aulas no dia 1ºde fevereiro, e não tivemos pagamento em março, e ate o momento o secretario da escola ainda não conseguiu lançar minhas aulas no “sistema”, com isso nem em Abril nao iremos ter pagamento referentes aos meses de fevereiro e março, gostaria que a Apeoesp verificasse o que esta ocorrendo, pois tenho certo que com juros é que não vai ser pago esses meses. Obrigado!!

    Responder
    • 15. apeoesp  |  10/03/2012 às 11:26

      Prezado professor Cleber,
      A informação do governo, inclusive aos jornais, é a de qua os dados estão sendo digitados e de qua haverá folha suplementar na segunda quinzena de março. Você tem a alternativa de requerer na escola por escrito o pagamento destes valores e, havendo indeferimento ou não resposta, ingressar com mandado de segurança por meio do jurídico, na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 16. Fernanda  |  10/03/2012 às 12:02

    Bom dia,
    Como irão pagar na segunda quinzena se as escolas não podem digitar as aulas? Se não digitarem as aulas nos próximos dias, nosso pagamento só será realizado em maio.

    Responder
    • 17. apeoesp  |  10/03/2012 às 12:05

      Prezada professora Fernanda,
      Os professores devem realizar pressão para que todas as aulas sejam digitadas. Vamos também entrar em contato com a SEE.
      Bebel

      Responder
  • 18. Fornitani  |  10/03/2012 às 14:09

    Bom dia,
    Bebel tem alguma noticias do bônus???
    Obrigada

    Responder
  • 21. Ana Santos  |  10/03/2012 às 16:13

    Prezada Presidente, a senhora leu a carta aberta do Ministro da Educação divuldada no site anexo? Se leu, quai são as suas considerações sobre ela?

    Site : http://diariodaeducacao.com.br/

    Obrigada pela atenção
    Profa Ana

    Responder
    • 22. apeoesp  |  12/03/2012 às 01:03

      Prezada professora Ana,
      Sim, já li e divulguei resposta. Considero a carta do secretário lamentável e recheada de inverdades. Veja aqui mesmo no blog a íntegra de nossa resposta.
      Bebel

      Responder
  • 23. Marta  |  10/03/2012 às 18:30

    Bebel..os ingressantes do concurso também terão direito a folha suplementar para receber o pagamento de fevereiro?

    Responder
    • 24. apeoesp  |  12/03/2012 às 00:57

      Prezada professora Marta,
      Segundo informação divulgada pelo governo, sim.
      Bebel

      Responder
  • 25. CRIS  |  10/03/2012 às 18:54

    BEBEL, ASSIM COMO EU VARIOS PROFESSORES OFAS F QUE PEGARAM SUBSTITUIÇÃO NO DIA 26 DE FEVEREIRO SÓ RECEBERAM O PAGAMENTO DAS AULAS LIVRES, VC SABE DIZER SE SAIRÁ FOLHA SUPLEMENTAR ?
    GRATA

    Responder
    • 26. apeoesp  |  12/03/2012 às 00:56

      Prezada professora Cris,
      O governo anunciou folha suplementar para a segunda quinzena de março.
      Bebel

      Responder
  • 27. marcos  |  10/03/2012 às 20:55

    Cara Presidenta, sou ingressante 2012, gostaria de participar do processo de remoção, sei que por lei, por estar em estágio probatório não tenho o direito, mas, como associado da apeoesp, como devo proceder para participar dessa remoção 2012?.
    Devo entrar com mandato de segurança junto a apeoesp? ou tento realizar a inscrição e quando for indeferida, recorrer a apeoesp.
    Por favor me ajude!
    Obrigado !!!

    Responder
    • 28. apeoesp  |  12/03/2012 às 00:53

      Prezado professor Marcos,
      Você deve procurar o departamento jurídico da APEOESP para receber orientação sobre como proceder, por meio de ação individual.
      Bebel

      Responder
  • 29. Jair  |  11/03/2012 às 02:06

    EStive na folha de pagamento da Diretoria de Ensino e fui informado que folha complementar ou suplementar só existe quando algo ja foi digitado e tem que ser acertado. No caso dos contratados somente serão digitados dados na segunda quinzena de março, com probabilidades de pagamento somente em abril. Por favor devo acreditar em quem ? Em quem trabalha direto com isto ou no sindicato ? Por devemos pressionar por algo que é nosso direito ? Se todos os categorias ” O ” estão com a mesma duvida não seria plausivel uma resposta convincente ? Com relação a Greve na região de Osaco nada se comenta.
    Atenciosamente:
    Jair

    Responder
    • 30. apeoesp  |  12/03/2012 às 01:20

      Prezado professor Jair,
      Se todos os nossos direitos estivessem sendo respeitados, não haveria necessidade de greve, mobilizações, ações judiciais. Não se trata de acreditar ou não. Quem anunciou que haverá folha suplementar no final de março foi a Secretaria da Educação e a ela cabe assumir a responsabilidade pela informação que passou aos jornais (Agora e Diário de S Paulo). Quanto a nós, devemos, sim, pressionar e lutar pelos nossos direitos. Você pede resposta convincente. Quem deve dar respostas convincentes é a SEE, pois é sua responsabilidade providenciar o pagamento dos professores.
      Bebel

      Responder
  • 31. Bene Silva  |  11/03/2012 às 16:56

    Oi você sabe se vai ter folha suplementar esse mês para os professores da Categoria O? Comecei a trabalhar no dia 01/02 e até agora não recebi nada…

    Responder
    • 32. apeoesp  |  12/03/2012 às 01:32

      Prezado professor Bene,
      O governo anunciou que haverá folha suplementar na segunda quinzena de março.
      Bebel

      Responder
  • 33. Cleber  |  11/03/2012 às 20:25

    Essa história de pagamento para os cat. O no final de março é fajuta!!!! É MENTIRA, as escolas não estão conseguindo lançar as aulas, e na na sexta feira dia 09 o secretario ainda nem conseguiu lançar, e a APEOESP ta falando em pagamento ??? é como disse a Fernanda se não abrir o sistema nos proximos dias nem em abril teremos os pagamentos referentes a fevereiro e março e a APEOESP não esta fazendo nada, parece até que ta defendendo o governo falando em pagamento na segunda quinzena….segunda quinzena de quando…isso sim….

    Responder
    • 34. apeoesp  |  12/03/2012 às 01:40

      Prezado professor Cléber,
      Primeiro, vamos desmisturar as coisas: não é a APEOESP que está falando em folha suplmentar, mas a própria SEE, diretamente para nós (fonte da CGRH) e para a imprensa (Agora e Diário de S. Paulo). Quanto à APEOESP não fazer nada, trata-se de uma conclusão sua, eivada de má fé, que não corresponde à realidade. A APEOESP está fazendo o que lhe compete, que é pressionar o governo. Se tiver sugestão de outro procedimento, por favor, apresente-o para que possamos analisá-lo. Quem defende o governo, objetivamente, é quem ataca o sindicato que luta contra os ataques deste governo.
      Bebel

      Responder
  • 35. flavio eduardo mazetto  |  11/03/2012 às 22:13

    Só não podemos nos esquecer aqui, para manter a boa e questionadora dialética sempre ativa, que a melhoria efetiva das condições educacionais passa pela ruptura e fim destes esquemas autoritários, meritocráticos e alienantes de avaliação, que só fazem reproduzir os métodos neoliberais da educação. Infelizmente, falta-nos muito militância contra estes aspectos aparentemente neutros, mas que carregam todo uma carga prejudicial para a educação, visto serem engrenagem da logica neoliberal na educação. Exemplo disto, é que nós professores ainda não conseguimos fazer uma crítica devastadora contra a própria prova de méritos e continuamos aceitando calmamente o Saresp (pois fica sempre a esperança do bônus – o que atrapalha em muito nossa luta por melhores condições educacionais). Uma militância mais efetiva passa por uma critica radical de todos os mecanismos neoliberais (que reproduzem a logica capitalista na sociedade) e não apenas por ficar reclamando do mandatário no governo. Ainda falta uma apreensão mais global dos mecanismos diversos que destroem qualquer educação efetivamente emancipadora.
    abraços
    flavio eduardo mazetto

    Responder
  • 36. sergio  |  11/03/2012 às 23:20

    Bebel, o que mais tem é coordenador assediando professores pois muitos se aham donos das aulas e da escola.Fui humilhado por um deles e fui ao sindicato conversar com o advogado e não aconteceu nada.Fui orientado a não denunciar o assedio moral.Fiquei decepcionado.Pensei até em procurar um advogado particular.Acho que o sindicato precisa estar mais presente nas escolas defendendo os professores.Em uma escola que eu leciono a diretora disse que iria dar falta justificada quando o professor abonar e não tiver substituto para ele.Isso pode?

    Responder
    • 37. apeoesp  |  12/03/2012 às 01:52

      Prezado professor Sérgio,
      Por favor, poderia informar de que advogado se trata, pelo e-mail presiden@apeoesp.org.br. Envie aos cuidados da assessoria da Presidência.
      Bebel

      Responder
  • 38. Alfredo  |  13/03/2012 às 23:54

    Quando sa´rá definição a respeito do Bônus? Onde posso consultar se terei direito?

    Responder
    • 39. apeoesp  |  14/03/2012 às 02:17

      Prezado professor Alfredo,
      O governo informou que publicará a lista na segunda quinzena e realizará o pagamento no final do mês.
      Bebel

      Responder
  • 40. nivaldo fulini  |  14/03/2012 às 00:40

    Boa Noite .

    Bebel sou prof. mediador desde quando começou o projeto nas U.E.e nesse ano quando fomos reconduzidos na função novamente nosso supervisor nos disse que nossa carga a partir de01/02/2012 é de 40horas mas ainda estamos recebendo pela caraga horaria de 2011e hoje a secretaria me disse que não consegue lançar as 40 horas pelo segundo mês consecutivo, poxa temos nossas contas a pagar; ou estamos sendo passado pra trás mais uma vez. Será que vcs tem como saber o que está acontecendo.Muito obrigado pela atenção, sou da Guarulhossul

    Responder
    • 41. apeoesp  |  14/03/2012 às 02:15

      Prezado professor Nilvaldo,
      Essa é a situação a que a SEE levou o sistema de ensino. Uma bagunça atrás da outra. Vamos cobrar da CGRH solução para este problema.
      Bebel

      Responder
  • 42. Eduardo  |  14/03/2012 às 01:54

    Prezada, Bebel

    Gostaria de saber se a previsão de quando irá ter um novo concurso, gostaria de ficar por dentro para ir me preparando tem alguma notícia visto que o prazo do concurso está terminando?

    Obrigado

    Responder
    • 43. apeoesp  |  14/03/2012 às 02:12

      Prezado professor Eduardo,
      O governo anunciou um novo concurso para o segundo semestre, mas nossa posição é a de que os atuais aprovados devem ser chamados.
      Bebel

      Responder
  • 44. Kel Candido  |  14/03/2012 às 13:33

    Gostaria de saber se os professores de categoria O terão direito ao bônus.

    Responder
    • 45. apeoesp  |  15/03/2012 às 01:52

      Prezada professora Kel,
      Apesar de sermos contrários à política de bônus, defendemos os mesmos direitos para todos os professores. Caso não seja pago, recorra ao departamento jurídico da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 46. Jones Freitas  |  14/03/2012 às 23:21

    Bebel mas uma vez está acontecendo problemas na nossa digitação. As secretárias das escolas não estão conseguindo digitar as aulas dos ex-Ls, por favor entre em contato com o GGrh para ver iso pra gente!!! Só Jesus mesmo,,,
    Estamos juntos na greve sempre!!!!!
    Essa história que o pessoal não está passando é triste, não estão passando mesmo, mas se cada professor tomasse consciência da importância desse greve e mobilizasse sua própria escola já não estariamos fazendo nossa parte. Vamos professores, levantem-se precisamos de a ajuda de todos!!!!!!

    Retroceder nunca e render-se jamais. Deus está enviando seus anjos com espadas desembainhadas de dois gumes ao nosso favor. Eu louvo a Deus por sua vida Bebel. Que Deus te abençoe!!!

    Responder
  • 47. Sandra Regina dos Santos  |  19/03/2012 às 01:32

    Profa. Bebel
    Penso que esse bônus é ridículo e muito me espanta o sindicato ser conivente com esse circo.

    Responder
    • 48. apeoesp  |  20/03/2012 às 04:01

      Prezada professora Sandra,
      Creio que a senhora está muito mal indformada sobre as posições da APEOESP. A APEOESP é radicalmente contra a política de bônus e defendemos reajuste salarial para todos os professores. Desafio-a a mostrar qualquer posição do sindicato a favor do bônus.
      Bebel

      Responder
      • 49. Sandra Regina dos Santos  |  24/03/2012 às 03:56

        Cara Bebel o simples fato de vc parabenizar os professores por uma pequena melhora no Saresp já é uma mostra. Vc está parabenizando o que? Se estamos cansados de saber que esse desempenho não depende só dos professores mas sim do perfil do aluno, das condições pessimas de trabalho a qual somos submetidos, esse salário miserável, um vale alimentação ridículo… E vai ano vem ano a situação só piora e a senhora vem parabenizar por conta de uma avaliação que no meu ponto de vista só mede o desrespeito do governo para com os professores.

      • 50. apeoesp  |  25/03/2012 às 04:01

        Prezada professora Sandra,
        Felizmente a maior parte dos professores não reage como a senhora ao elogia e ao reconhecimento de uma colega, que hoje exerce a função de presidenta do sindicato, mas que também tem vivência da sala de aula e de todos os problemas da rede estadual de ensino.
        Espero que a senhora tenha a capacidade de perceber que estou reconhecendo o valor dos professores e sua dedicação à escola pública. Então, por que sua atitude desagregadora? Por que quer brigar comigo? Não confunda o desrespeito do governo com a luta do nosso sindicato.
        Bebel

      • 51. Sandra Regina dos Santos  |  26/03/2012 às 01:57

        Não estou brigando e sim monstrando meu ponto de vista já que faço parte do sindicato ao qual a senhora preside e contribuo financeiramente. Já que a senhora está parabenizando os colegas que receberão o bônus por dedicação o que vai dizer aos que não conquistaram o tal prêmio, que foram menos dedicados a escola pública. Essa era minha dúvida desde o princípio, agora não mais.

      • 52. apeoesp  |  27/03/2012 às 16:02

        Prezada professora Sandra,
        Sugiro que leia (ou releia) meu texto. Em nenhum momento ele se refere ao bônus. Ele parabeniza os professores pelo trabalho que realizam nas escolas estaduais.
        Bebel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,803,933 hits

%d blogueiros gostam disto: