Professores categoria “O” que participaram da greve não podem ser dispensados

25/04/2012 at 13:15 125 comentários

Em resposta ao ofício encaminhado pela APEOESP solicitando pro­vidências em relação à dispensa de professores da categoria “O” que participaram da greve nacional realizada em março de 2012, aSecretaria da Educação orienta que haja suspensão da aplicação do ato de extinção contratual.

Em despacho encaminhado à APEOESP, a Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos da S.E. (antigo DRHU) esclarece que:

(…) os dias de paralisação devem ser tidos como faltas, justificadas (se para tanto houver pedido por parte do interessado) e com desconto do vencimento do dia, mesmo à falta de previsão estadual específica (mas porque há previsão constitucional e federal), mantido o vínculo jurídico contratual entre o Estado e o con­tratado (…)

Portanto, as dispensas são ilegais. A APEOESP reforça orientação aos professores que estão sofrendo constrangimento e/ou ameaças de dispensa que justifiquem as faltas, em requerimento (veja modelo ao lado), informando que ocorreram em razão da greve.

A Diretoria da APEOESP está em negociação com a S.E. para garantir a retirada das faltas do prontuário mediante reposição das aulas.

MODELO DE REQUERIMENTO

ILUSTRÍSSIMO SENHOR DIRETOR DA ESCOLA ESTADUAL

“_________________________________________”

(Nome)___________________________________________________, brasileiro(a), (estado civil)_________________, professor(a), portador(a) da cédula de identidade R.G. n.º____________________, inscrito(a) no CPF/MF sob o n.º_____________________, residente e domiciliado(a) à (Rua, Avenida, Travessa, Alameda etc)___________________________________________, n.º_____, (complemento)______, (Bairro)___________________, (Município)___________________/SP, (CEP)_____________, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Senhoria, no exercício regular do direito previsto no artigo 5º, incisos XXXIII e XXXIV da CF/88 e artigo 239 da Lei 10.261/68, informar que exerceu seu regular direito de adesão ao movimento grevista dos professores da rede, conforme comunicado previamente à Secretaria da Educação por meio do Sindicato representativo da categoria, motivo da sua ausência ao trabalho a partir de ___________.

É claro que o direito dos servidores públicos à greve está assegurado pelo artigo 37, VII da Constituição Federal e deverá ser exercido observando as disposições da Lei 7.783/1989, conforme decidiu o Supremo Tribunal Federal no Mandado de Injunção n.º 712-PA.

Assim, a sua ausência ao trabalho em razão da participação na greve não pode gerar penalidades, sobretudo a rescisão do seu contrato de trabalho, tampouco podem ser admitidas quaisquer formas de constrangimento do requerente, pelo mesmo motivo, isso nos termos do artigo 6º, § 2º e parágrafo único do artigo 7º da Lei 7.783/89, com as modificações introduzidas pelo STF.

Por isso, serve o presente para comunicar que as ausências ao trabalho se deram em razão da greve e requerer seja respeitado o exercício desse direito, abstendo-se essa autoridade da imposição de qualquer constrangimento ou penalidade ao requerente em razão disso.

Ressalte-se, por fim, que em hipótese nenhuma poderá a Administração Pública recusar-se a protocolar a petição, nos termos do artigo 24 da Lei nº 10.177/98.

Termos em que,

Pede e aguarda DEFERIMENTO.

Local ____________________ Data _____/_____/_____

 

______________________________________

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Professores aprovam calendário de mobilizações 1º de maio: dia internacional de luta de todos os trabalhadores

125 Comentários Add your own

  • 1. Ana  |  25/04/2012 às 13:55

    Prezada Profª Bebel,

    Procede a informação que no pagamento de maio, os ex-Ls terão descontado os dias de dezembro? Obrigada e parabéns pela sua luta.

    Responder
    • 2. apeoesp  |  28/04/2012 às 12:49

      Prezada professora Ana,
      Muito obrigada. O departamento jurídico só poderá agir caso o desconto se concretize ou seja publicada uma informação oficial sobre o assunto. Vamos questionar a Secretaria da Educação.
      Bebel

      Responder
      • 3. Matheus B Lima  |  28/04/2012 às 15:24

        Olá Bebel sou professor da extinta categoria L, agora sou categoria O, “o governo q valoriza os profissionais da educação” descontou do meu pagamento os últimos 10 dias de 2011. É muito revoltante a situação que educação se encontra, e ver na imprensa o discurso de q esse governo valoriza a educação.

      • 4. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:58

        Prezado professor Matheus,
        A APEOESP conquistou em janeiro liminar para que o desconto não fosse feito. O governo recorreu. Há, ainda, o caminho da ação individual para que o dinheiro seja devolvido. Procure o departamento jurídico na subsede.
        Bebel

    • 5. Maria Luiza dos Santos  |  30/04/2012 às 23:31

      Sim no meu hollerit já descontaram R$316,00

      Responder
      • 6. apeoesp  |  01/05/2012 às 00:35

        Prezada professora Maria Luiza,
        Você deve procurar o departamento jurídico.
        Bebel

  • 7. RICARDO  |  25/04/2012 às 15:32

    ATENÇÃO – PRÓXIMA CHAMADA PEB-II PREVISTA P/ 2ª QUINZENA DE MAIO

    CEI – DIR. REG. SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (INTERIOR)

    VAMOS SAIR JUNTOS PARA A SESSÃO DE ESCOLHA DE VAGAS.

    E-mail: homemcriativojr@gmail.com

    GEOGRAFIA

    Responder
  • 8. Marcio Augusto  |  27/04/2012 às 04:36

    Por favor, ajudem, é possível a APEOESP oficiar a SEE com objetivo de solicitar concurso para Professor PEB I? Quero lecionar, mas não na condição desumana e degradante da categoria “O”. Esta atitude foi feita por outro sindicato no que se refere ao cargo de diretor, por favor, presidenta, ajude estes professores já que o direito a concurso já foi garantido ao PEB II.

    Responder
    • 9. apeoesp  |  28/04/2012 às 12:09

      Prezado professor Marcio,
      Temos reivindicado concursos para PEB I constantemente. Para renovar a reivindicação na próxima reunião com o secretário.
      Bebel

      Responder
  • 10. Professora  |  27/04/2012 às 23:00

    Bebel,
    O que aconteceu afinal na reunião com o SPPREV?

    Responder
    • 11. apeoesp  |  28/04/2012 às 11:43

      Prezada professora,
      Nada conclusivo. Vamos levar o caso à PGE e prosseguir com a ação judicial.
      Bebel

      Responder
      • 12. Cidadão eleitor  |  28/04/2012 às 23:59

        Pois é, antigamente, os legisladores aprovavam na surdina, na calada da noite, enquanto os que trabalhavam um dia inteiro, dormiam o sono dos justos, leis para nos prejudicar, para nos golpear, agora eles descumprem a lei, na cara dura, no clarão do dia e ainda dizem que estão com a razão, negociam o inegociável!
        Até quando, pacatos cidadãos, vamos ficar inertes ao cheiro de latrina que invade o nosso ar?
        O que estamos vivendo, principalmente aqui neste estado com este governo, é algo perigosíssimo!
        Pra quê assembleia legislativa se leis não são cumpridas?
        Pra quê judiciário que não faz o papel de guardião do cumprimento das leis?
        A única coisa que sobra é um executivo ditador?

  • 13. karuana  |  27/04/2012 às 23:55

    Sabe tenho nojo de tudo isso, tenho vergonha de fazer parte desse pais tão corrupto e com pessoas tão inescrupulosas o manipulando… voçês se reunem, discutem, e discutem e nem sequer tentam resolver ou amenizar a situação catastrofica da educação nesse pais… é vergonhoso o modo como os professores são tratados nas escolas, é nojento o jeito que essas crianças são descartadas nas escolas como se fossem animais em dia de banho…
    Os estudiosos dizem coisas lindas da educação sem nunca terem entrado dentro da sala de aula publica, e dizem que os professores devem ser diversificados, pesquisadores, e como? Com esse salario de fome, dando aulas em 3 periodos, com alunos cada vez mais agressivos e desinteressados, cada vez mais desdenhando e banalizando a educação, os politicos só veem a educação no papel, porque a teoria é linda, mas a pratica é um abate, alias, eles nem conhecem a verdadeira pratica da educação, pois falar de algo que só se conhece pela televisão, atras de uma mesa com um computador é facil, encarar uma escola de periferia onde os alunos só vem para comer é que é bem pratico não acha?…
    As escolas só recebem material e mais material, temos a impressão que nós professores não estamos fazendo nada na escola, por isso mandam mais material para nos GUIAR, é uma vergonha, pois na verdade não é de material que as escolas precisam é de ESTRUTURA, salas equipadas, computadores que funcionem, sala do acessa que funcione, internet que exista, e não de salas com 50 alunosém um espaço que cabe 20, que não tem biblioteca, sala de leitura, ( alias a população é tão ignorante que quando os politicos dizem que tem isso nas escolas, eles acreditam e nem sequer perguntam aos seus filhos, alias nem conversam com seus filhos), precisamos de LIMITES para esses jovens que vem para as escolass em nenhuma educação e acham que nós professores somos CUIDADORES, pois o governo dá esmolas como bolsa familia, bolsa alimentação, vale gás e o diabo de vales e mais vales para calar a boca da sociedade e nós professores que nos formamos temos que tomar ciodado para falar com um aluno pois senão somos processados por constrangimento e sabe la o que mais… mas ninguem nos constrange quando um aluno manda a gente tomar sabe se la onde gratuitamente, ninguem ve um aluno chamar um professor de merda e dizer que a culpa é da familia, coitado temos que compreender, a mae trabalha e não tem tempo, e nós? nós também trabalhamos e temos filhos na escola e nem por isso deixamos nossos filhos sair por ai agredindo verbalmente quem quer que seja….
    Acredito que enquanto a escola for considerada um deposito de filhos, e ser considerada OBRIGATORIA por conta dos VALES da vida dados por esses governos, a educação só caminhara para tras, e se hoje alunos gritam com professores, batem, e levam até armas na escola, o que se dirá daqui a, não precisa muito, mas 5 anos? Seremos literalmente CUIDADORES de uma creche de GENTE GRANDE, por que hoje a escola já perdeu o seu objetivo principal, o de ensinar, preparar pára a vida e passamos a cuidar de nossas proprias vidas, de sermos babá pois a familia não pode perder os miseraveis beneficios que os governos dão para calar a boca destes.

    Literalmente, eu não quero saber de nada do que dizem nessas reunioes, pois é bem isso voçês nunca dizem nada, nada do que é verdadeiramente urgente, sabe porque? porque isso requer gastos, e gastar com a sociedade requer roubar menos, e roubar menos requer começar a ser honesto, e honestidade, segundo a opnião publica, é a ultima coisa que esse pais esta precisando… agora … e inno futuro….

    PUBLIQUE POR FAVOR

    Responder
    • 14. apeoesp  |  28/04/2012 às 11:40

      Prezado(a) professor(a) Karuana,
      Estranhamente, sua conclusão não condiz com seu texto, que está muito correto e com o qual concordo. A educação não é mesmo prioridade para os governantes. Nós, profissionais da educação, não somos considerados, nem valorizados. Os alunos não recebem os conteúdos que merecem, nem têm a estrutura de que necessitam nas escolas para aprenderem de fato. A eudcação infantil, em muitos lugares, está relegada a um quarto plano, como se não fosse uma fase essencial da formação de nossos alunos.
      Entretanto, você se refere no final a “suas reuniões”; ou seja, envolve o sindicato em tudo isto, como se não estivéssemos, justamente, lutando para que isto mude. Agora, isto não vai mudar porque estivemos na Secretaria conversando com o secretário da Educação. Muita coisa é assim por descaso, mas muita coisa é assim porque eles querem que assim seja. Por isso, não basta que esperemos que as coisas mudem. Dezenas de milhares de professores nas ruas, na frente da SEE, debates nas escolas, pressão nas regiões, tudo isto ajudaria a mudar a situação. Cada um precisa fazer a sua parte. Não em benefício do sindicato, mas de si mesmo, dos alunos, da educação.
      Bebel

      Responder
  • 15. Claudia  |  28/04/2012 às 12:14

    Cara Bebel,
    está provisionada na fazenda a folha de pagamento referente ao mês de maio. Porem, estranhamente para mim não veio a GAm. Será porque agora sou categoria O? Mas, não sou professora do mesmo jeito?
    E pior, para uma professora amiga minha que tambem é ex-L, veio descontado o mês de Dezembro, o qual ele disse que não descontaria.
    é muita falta de vergonha e humilhação.

    Responder
    • 16. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:08

      Prezada professora Cláudia,
      Por favor, procure o departamento jurídico na subsede da APEOESP para receber orientação sobre como proceder.
      Bebel

      Responder
  • 17. Maria Luiza dos Santos  |  28/04/2012 às 12:29

    Bom dia.
    Acabo de ver meu hollerit de maio e para minha surpresa descontaram R$ 316,44 referente ao mês de dezembro de 2011. Deve ser uma terça parte do meu salário de dezembro, pois era da categoria “L” que o Governo dispensou. E agora o que fazer? Recorrer a quem? Até do 13º eles descontaram.
    Aguardo,
    Maria Luiza

    Responder
    • 18. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:08

      Prezada professora Maria Luiza,
      Por favor, procure o departamento jurídico na subsede da região.
      Bebel

      Responder
  • 19. Pedro  |  28/04/2012 às 12:38

    Olá Bebel,

    na folha de pagamento referente 4/2012 vieram descontos referentes a dezembro de 2011, pois estava enquadrado na categoria L e agora sou O. Lembro ter lido sobre o ganho na justiça da Apeoesp referente estes descontos. Aguardo um retorno, obrigado.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:10

      Prezado professor Pedro,
      Conforme noticiamos, a APEOESP conquistara liminar contra o desconto.O Estado recorreu e derrubou. Resta o caminho da ação individual pela devolução do dinheiro. procure a subsede da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 21. Antonio  |  28/04/2012 às 13:09

    Olá Bebel, primeiramente gostaria de parabenizá-la pelo grande empenho e disposição que a apeoesp tem em lutar pelos nossos direitos.
    Bom, eu era categoria L e fui dispensado no dia 17/12/2011. Me efetivei no dia 01/02/2012 e nesse mês o meu holerite que está no site da fazenda apareceu desconto das aulas de 18 a 31 de dezembro de 2011.
    Esse governo diz que preza tanto pela qualidade na educação, mas acaba totalmente com o moral de quem age diretamente com os alunos. Como sempre, nós professores somos desrespeitados na educação publica. Tenho hoje um cargo efetivo com jornada integral e 22 aulas no preve objetivo ( particular). Por essas 22 aulas no particular eu ganho bem mais que em 40 horas no estado.
    Isso é lamentável.
    Obrigado pelo espaço.
    Prof. Antonio

    Responder
    • 22. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:13

      Prezado professor Antonio,
      Obrigada pelas suas palavras.
      No nosso entender, este desconto é ilegal. Procure o departamento jurídico na subsede da APEOESP.
      Estou de acordo com você: este governo não tem qualquer compromisso com a educação.
      Bebel

      Responder
  • 23. Rogério Melo  |  28/04/2012 às 14:06

    Pois o desconto aconteceu…
    Professores ex-Ls receberam o desconto do mês de dezembro de 2011.
    E agora? O que fazer?

    Responder
    • 24. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:03

      Prezado professor Rogério,
      Por favor, procure a subsede da APEOESP para eventual ação individual pela devolução deste calor.
      Bebel

      Responder
  • 25. marcos  |  28/04/2012 às 14:16

    .GOSTARIA DE SABER O QUE ACONTECEU, O ESTADO DESCONTOU RS 300,00 DO MEU SALARIO REFERENTE A 17/12/2011 A 31/12/2011 , CONTA NO HOLERITE COMO REPOSIÇÃO, EU ERA PROFESSOR DA CATEGORIA L ,POR FAVOR QUERO ESCLARECIMENTO . ESSE DESCONTO VEIO AGORA NO MES DE MAIO

    Responder
    • 26. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:01

      Prezado professor Marcos,
      Consideramos este desconto ilegal. Procure o departamento jurídico na subsede de sua região.
      Bebel

      Responder
  • 27. Fabiana  |  28/04/2012 às 15:41

    Bebel, meu marido era categoria L até ano passado, se efetivou e qual foi a surpresa que no salario deste mes que está provisionado descontaram os dias do fila de ano de 21 a 31 de dezembro, só que fazendo as contas ano passado ele tinha somente 10 aulas ou seja tirava em torno de 600,00 reais e agora ele tem 30 aulas, quando notamos que veio um desconto de 252 reais ou seja ele pagou os 10 dias do ano passado já no ato, mas pecebemos que eles estão descontando em cima do salario de hoje que é bem maior em relação ao correto de dezembro, será que eles só vão descontar esta vez ou virão mais descontos? eles não falam em quantas parcelas será feito esse estorno, veio descontado 10%, onde me informar?

    Responder
    • 28. apeoesp  |  01/05/2012 às 03:00

      Prezada professora Fabiana,
      Consideramos este desconto ilegal e injustificável. Seu marido deve procurar o departamento jurídico na subsede da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 29. Alex Santos  |  28/04/2012 às 17:06

    Prezada prof Karuana, concordo plenamente com suas colocações, pois é o que vivenciamos todos os dias nas escolas de periferia. O site da SEE é um engôdo e todos sabemos disso; só mostram meia dúzia de escolas onde têm infraestrutura. A realidade e falta de estrutura é gritante em todo o estado, mas isso não é divulgado e sabemos o porquê.
    Mas, como a Bebel citou: somos nós professores que podemos dar um basta nesta situação e dar o exemplo a nossos alunos de que sempre deverão lutar por dignidade, desmascarando as mentiras passadas à população. Lute e ensine-os a lutar. não desanime, pois assim, demonstrará que entrou para a área da educação com intuito de melhora-la.
    Não sou de defender sindicato. Todas as reivindicações são conseguidas através de lutas no sistema capitalista, e a história nos comprova isso.

    Responder
    • 30. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:52

      Prezado professor Alex,
      Justamente. O papel do sindicato é ajudar a organizar e conduzir essas lutas.
      Bebel

      Responder
  • 31. ENIO ROMEU DOS SANTOS  |  28/04/2012 às 17:56

    Prezada MARIA iZABEL, estou preocupado pois cogita- se fortemente em colocar cameras dentro da sala de aula., aqui na ESCOLA Leoncio Pimentel em ITABERÁ-SP. Pertenço a D.E DE Itararé- sp. Isso é legal??? O argumento é pra conter a indisciplina, e aí se a classe fizer bagunça é culpa do professor??? AGUARDO UMA RESPOSTA.

    Responder
    • 32. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:50

      Prezado professor Enio,
      Não há impedimento legal à colocação de câmeras. Obviamente, pode ser contestado o uso de câmeras nos banheiros, por exemplo. Não nos parece que câmeras vão resolver os problemas da escola estadual, mas não há lei que as impeça.
      Bebel

      Responder
  • 33. Cleber  |  28/04/2012 às 21:36

    Que palhaçada é essa com os categoria “O” antigos “L”, é uma falta de consideração, tive descontado nesse mes cerca de 170 reais, é o fim da picada, e o que a Apeoesp irá fazer? a Apeoesp disse que tinha ganhado na justiça que não iria realizar esses 11 dias de desconto de 20/12/11 a 31/12/11, estamos aguardando uma resposta da Apeoesp quanto ao caso…

    Responder
    • 34. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:30

      Prezado professor Cleber,
      O que dissemos, como está registrado, é que havíamos ganho uma liminar. Liminar é uma decisão provisória da justiça, mas o Estado recorreu. A luta judicial prossegue. Resta ainda a opção pela ação individual para devolução do valor descontado.
      É importante que a indignação se volte contra o Estado, que está fazendo o desconto, e não contra o sindicato, que luta contra este desconto.
      Bebel

      Responder
  • 35. Ana  |  28/04/2012 às 22:31

    Prezada Profª Bebel,

    Infelizmente, o desconto referente ao mês de dezembro dos ex-Ls já consta no próximo pagamento. Sou associada e confio no sindicato. Espero que algo possa ser feito. Obrigada e continuo confiando!

    Responder
    • 36. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:25

      Prezada professora Ana,
      Continuamos lutando judicialmente. Resta também a opção pela ação individual para ressarcimento do valor descontado. Procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 37. Tatiana  |  28/04/2012 às 23:42

    Olá Bebel, sou da antiga categoria L e veio descontado o mês de dezembro neste pagamento referente a abril o que fazer?

    Responder
    • 38. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:41

      Prezada professora Tatiana,
      Procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 39. Rose  |  28/04/2012 às 23:43

    Boa Noite a todos!

    Prezada Bebel,
    Estive olhando meu pagamento hoje e para minha surpresa…R$ 1.295,85 de desconto provavelmente referente ao encerramento do contrato dos ex Cat. L. em Dezembro. Pergunto, é correto este desconto? isso já não tinha sido acordado em não descontar?

    Segue informações de meu pagamento agora para o mês de maio

    Tipo da Folha
    FOLHA NORMAL – 04/2012 Data Pagamento
    08/05/2012

    02.045 CARGA HOR/SUPL – ENSINO MEDIO R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 689,13 –
    02.045 CARGA HOR/SUPL – ENSINO MEDIO A 073 AULAS 02/03/2012 A 31/03/2012 725,92 +
    02.045 CARGA HOR/SUPL – ENSINO MEDIO N 140 AULAS 01/04/2012 A 30/04/2012 1.392,18 +
    02.054 GTCN – ENSINO MEDIO R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 75,24 –
    02.054 GTCN – ENSINO MEDIO A 029 HORAS 02/03/2012 A 31/03/2012 70,72 +
    02.054 GTCN – ENSINO MEDIO N 030 HORAS 01/04/2012 A 30/04/2012 73,16 +
    02.070 AULAS SUBSTITUICAO ENSINO MEDIO R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 40,54 –
    04.130 GAM – GRATIF.ATIVIDADE MAGISTERIO R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 36,48 –
    12.020 AUXILIO TRANSPORTE R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 39,59 –
    12.020 AUXILIO TRANSPORTE N 022 VALOR 01/04/2012 A 30/04/2012 161,56 +
    12.033 ADIC.LOCAL EXERC. ENSINO MEDIO R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 163,72 –
    12.033 ADIC.LOCAL EXERC. ENSINO MEDIO A 073 AULAS 02/03/2012 A 31/03/2012 164,25 +
    12.033 ADIC.LOCAL EXERC. ENSINO MEDIO N 140 AULAS 01/04/2012 A 30/04/2012 315,00 +
    12.061 ALE – AULAS SUBST. ENSINO MEDIO R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 9,63 –
    13.005 CORRECAO MONETARIA – 13 R VALOR 17/12/2011 A 31/12/2011 4,79 –
    23.020 13. SALARIO – RRA R 10,00 PERC. 17/12/2011 A 31/12/2011 84,59 –
    70.009 INSS N 9,00 PERC. 04/2012 147,34 –
    70.012 IMPOSTO DE RENDA NA FONTE N DEPTE 04/2012 4,80 –
    Depósito FGTS
    FGTS 13º Salário
    Base Contr.Prev./INSS
    1.637,11 Total Vencimentos
    2.902,79 Total Descontos
    1.295,85 Líquido a Receber
    1.606,94

    Responder
    • 40. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:15

      Prezada professora Rose,
      O desconto não é correto. Estamos lutando contra ele na justiça. Também é possível ingressar com ação individual para devolução do valor descontado. Entre em contato com o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 41. Karina  |  29/04/2012 às 03:28

    No dia 20/01 no site da APEOESP saiu uma noticia que os
    professores categoria L e O que tiveram o pagamento integral em Janeiro referente o mês de Dezembro não precisariam devolver parte do pagamento, porque a APEOESP tinha conseguido uma liminar que proibia o governo a cobrar esse valor, só que isso não aconteceu só esperaram a poeira baixa, para cobrar olhando o demonstrativo de pagamento do dia 08/05/2012 observei que eles estão cobrando os valores pago em janeiro. Sinceramente estou muito decepcionada eles estão me cobrando mais do que me pagaram em Janeiro eu recebi 1.856,72, eles estão me cobrando 1.090, não posso acreditar que a APEOESP NÃO VAI FAZER NADA, já que tem uma liminar a nosso favor perdemos o direito ao uso do IAMSPE e agora mais essa, sem palavras pela consideração que esse governo tem pelos professores contratados.

    Responder
    • 42. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:22

      Prezada professora Karina,
      A APEOESP conquistara liminar contra o desconto. O governo recorreu. Resta a opção pela ação individual para devolução do valor descontado. Procure o departamento jurídico na subsede. Quanto à APEOESP não fazer nada, creio que se trata de uma suposição injusta e infundada, pois a APEOESP tem lutado incessamente contra os desmandos do Estado.
      Bebel

      Responder
  • 43. Edna  |  29/04/2012 às 10:39

    Prezada profª Bebel
    Parabéns pela sua incansável luta.
    Tenho uma dúvida e gostaria de sua orientação.
    Em 2007 já tinha pontuação necesária para evolução por via não
    academica e por motivos alheios, a mesma só foi requerida em
    julho de 2009.
    A secretária da minha escola me informou que o intersticio seria
    contado a partir da vigência, porém consultando a internet obtive
    informações que o intersticio era contado pelo tempo e data dos
    do ultimo documento apresentado para evoução anterior.
    Se minhas consultas estiverem corretas tenho direito a evolução.
    Se a secretária estiver correta, tenho que
    esperar mais de dois anos.
    Por favor, me oriente se a contagem da evolução é a partir do
    último documento ou intersticio anterior ou se é a partir da vigência
    anterior.
    Obrigada.

    Responder
    • 44. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:09

      Prezada professora Edna,
      Acredito que você esteja correta e a secretária da escola não. Por favor, procure o departamento jurídico pelo telefone 11.33506214 ou na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 45. carlos  |  29/04/2012 às 13:40

    Bebel, o governador avisou q irá dobrar o vale refeição a partir do mês q vem. Como possuo dois cargos no estado, estou acima do teto 2600 e não receberei como não recebo o benefício. Tal teto é legal pois em outras carreiras o salario e muito maior e msm assim os funcionarios recbem o auxílio. Há algo q se possa fazer.

    Responder
    • 46. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:07

      Prezado professor Carlos,
      Por favor, procure o departamento jurídico na sua subsede para verificar se alguma medida judicial pode ser tomada neste caso.
      Bebel

      Responder
  • 47. cesar  |  29/04/2012 às 13:48

    OLÁ, NESTE MÊS DE MAIO/2012 A FAZENDA ESTÁ EFETUANDO DESCONTOS REFERENTE AO PERÍODO DE 21/12/2011 A 31/12/2011 DOS ANTIGOS PROFESSORES CAT. L , SEGUNDO APEOESP ESTES VALORES NÃO PODERIAM SER DESCONTADOS DIANTE AÇÃO PROPOSTA POR ESTE SINDICATO. QUAL A SOLUÇÃO?

    Responder
    • 48. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:06

      Prezado professor César,
      O Estado recorreu da liminar. Estamos lutando na justiça contra estes descontos. Você também pode ingressar com ação coletiva pela devolução do valor descontado. Entre em contato com o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 49. Professor Juliano  |  29/04/2012 às 13:55

    Olá sra Bebel… após incansáveis 3 meses está provisionado a minha folha de pagamento, porém, sou da antiga categoria L e ele estornou R$1.500 referente aos dias 17/12 à 31/12, estorno este que não deveria ter acontecido, então assim, me estornam o que não era para ser estornado e além de tudo até hoje não recebi nada referente as férias… como devo proceder?

    Responder
    • 50. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:04

      Prezado professor Juliano,
      Estamos lutando na justiça contra estes descontos. Você também pode ingressar com ação coletiva pela devolução do valor descontado. Entre em contato com o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 51. cesar  |  29/04/2012 às 13:57

    ONDE POSSO ENCONTRAR A INTEGRA DESSA DECISÃO QUE IMPEDE OS DESCONTOS DA EXTINTA CATEGORA L ? NO PERÍODO DE 21/12/2011 A 31/12/2011?

    Responder
    • 52. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:02

      Prezado professor Cesar,
      Entre em contato com o departamento jurídico na sua subsede. O governo recorreu da decisão e a luta jurídica prossegue. Há, também, a possibilidade de ação individual para que o valor seja restituido.
      Bebel

      Responder
  • 53. Douglas  |  29/04/2012 às 15:35

    Sou professor efetivo porém em Dezembro eu era categoria L e meu demonstrativo de pagamento do mês de Maio a fazenda descontou os 15 dias do mês de Dezembro.

    Responder
    • 54. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:04

      Prezado professor Douglas,
      Estamos lutando na justiça contra estes descontos. Você também pode ingressar com ação coletiva pela devolução do valor descontado. Entre em contato com o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 55. Drika  |  29/04/2012 às 15:58

    Olá Bebel, como vai?
    No meu holerite veio os descontos de dezembro, como proceder?
    (descontos de 17/12/2011 A 31/12/2011)

    Atenciosamente,
    Adriana Rosa

    Responder
    • 56. apeoesp  |  01/05/2012 às 00:47

      Prezada professora Drika,
      Procure o departamento jurídico para ajuizar mandado de segurança individual.
      Bebel

      Responder
  • 57. fernanda  |  29/04/2012 às 16:22

    Acabei de entrar no site da folha de pagamento e para minha surpresa estão descontando cerca de 600 reais refente aos dias 20/12/2011 a 30/12/2011. Gostaria de saber como proceder sou , oyu antiga categoria L e até onde sei esse desconto não estava previsto.Por favor nos oriente ,pois não vou aceitar já não recebemos as nossas férias e agora esse desconto, estão achando mesmo que somos um bando de palhaços, ou melhor palhaços não pois o salário de palhaço por aí anda em alta. professora Fernanda

    Responder
    • 58. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:01

      Prezada professora Fernanda,
      Você deve procurar o departamento jurídico na subsede para definir que medidas tomar para ressarcimento do valor descontado.
      Bebel

      Responder
  • 59. Josiane Mágio  |  29/04/2012 às 17:09

    Prezada profª Bebel,
    Olhei meu pagamento provisionado e consta os descontos referentes aos dias de dezembro, em que a extinta categoria L foi dispensada. Quem era categoria L terá uma amarga surpresa.

    Responder
    • 60. apeoesp  |  01/05/2012 às 02:00

      Prezada professora Josiane,
      Por favor, procure o departamento jurídico na subsede para definir que medidas tomar para ressarcimento deste valor.
      Bebel

      Responder
  • 61. Prof. Marie  |  29/04/2012 às 17:09

    Boa tarde, Bebel! Comentando a dúvida da professora Ana, já vi no site da folha de pagamento que foram descontados, em maio, os dias de dezembro. É isso mesmo, esses descontos estão certos? Observei, tbem, que não constam os quinquênios (tenho 2 ).
    Sou ex-L, e como cat. O, não tenho direito a recebê-los?
    Desde já, muito obrigada pela atenção!

    Responder
    • 62. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:58

      Prezada professora Marie,
      Muitos procedimentos do Estado em relação ao professor da categoria O são ilegais. Procure o departamento jurídico para definir que medidas devem ser tomadas.
      Bebel

      Responder
  • 63. Rúbia  |  29/04/2012 às 17:54

    Bebel veio descontado no meu holerite do dia 17/12 a 30/12, não tinha ficado certo que não haveria desconto referente a esse período?

    Responder
    • 64. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:53

      Prezada professora Rúbia,
      Conseguimos uma decisão judicial favorável, mas o governo recorreu. Continuamos a batalha na justiça. Resta, também, a opção pela ação individual para que os valores sejam devolvidos. Procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 65. Elsa  |  29/04/2012 às 20:36

    Cara Bebel a algum tempo vi algo aqui no seu blog sobre não descontar os dias de dezembro pagos aos antigos L, enfim isto aconteceu fiquei tres meses sem pagagamento e quando recebi não me pagaram nenhuma correção monetária e agora veio o desconto do mes de dezembro e tiveram a cara de pau de cobrar correção monetaria.
    O que fazer?

    Responder
    • 66. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:50

      Prezada professora Elsa,
      Conseguimos uma liminar na justiça, mas o Estado recorreu. Vamos continuar a luta judicial. Resta, ainda, a opção pela ação individual para ressarcimento destes valores. Procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 67. André  |  29/04/2012 às 20:43

    Boa tarde, Bebel.
    Tenho um dúvida e gostaria de saber se você pode me esclarecer.
    Sou professor categoria “O”. Necessito, devido a um problema, tirar uma licensa saúde e, talvez, logo em seguida, uma outra. eu tenho direito? Acredito que sim, porém o diretor de uma das escolas que leciono disse que se fizer isso eu perco as minhas aulas.
    Obrigado.

    Responder
    • 68. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:48

      Prezado professor André,
      Você tem direito a licença-saúde. Para verificar as condições do benefício, entre em contato com 11.33506214 ou com o departamento jurídico, na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 69. Cristiane  |  29/04/2012 às 20:59

    Olá Bebel, acabei de consultar meu holerith de maio e consta mais de 1000,00 de descontos referente ao período de 17/12 a 31/12/2011. Sou da antiga categoria L. Vcs não haviam ganhado ação para não descontarem?!?! Isso está certo?!?!

    Responder
    • 70. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:46

      Prezada professora Cristiane,
      O governo conseguiu recorrer e estamos prosseguindo a ação judicial. Também há a opção pela ação individual. Procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 71. ARNALDO  |  29/04/2012 às 21:16

    Boa noite, Bebel.
    Fiquei muito surpreso ao olhar o meu holerit e ver que foi descontado de uma só vez o período de 20/12/11 a 30/12/11 para mim que era da famosa categoria L que agora sou O.
    Não tinha ficado acertado que o desconto seria parcelado e como é que eles descontam de uma única ver e nem nos dão nenhuma satisfação?

    Responder
    • 72. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:44

      Prezado professor Arnaldo,
      Houve uma liminar, da qual o governo recorreu. Vamos continuar lutando na justiça. Resta, ainda, a opção pela ação individual. Procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 73. joaquim  |  29/04/2012 às 22:52

    CADE A APEOESP QUE FALOU QUE NÃO IRIA DESCONTAR O DINHEIRO DOS ANTIGOS CATEGORIA L DE DEZEMBRO !! VERGONHA

    Responder
    • 74. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:38

      Prezado professor Joaquim,
      Creio que o respeito é a base para um relacionamento digno. A APEOESP não “falou” que não haveria desconto. Houve decisão liminar da justiça, da qual o governo estadual recorreu. Vamos continuar a batalha judicial. Resta, ainda, a possibilidade de ações individuais. Os professores que desejarem utilizar esta via devem procurar o departamento jurídico nas subsedes.
      Vergonha mesmo, professor, é o Estado agir desta forma contra os professores.
      Bebel

      Responder
  • 75. Marcia  |  29/04/2012 às 23:19

    URGENTE, por favor, alguém me explique, pois em alguns jornais estavam escrito que os professores da categoria extinta não poderiam ter desconto em folha de pagamento por conta de terem sidos dispensados antes da data prevista pelo Governador, o que eu vou fazer, não possuo outro emprego, e ainda estou contratada por apenas 10 meses, perdi oito anos de trabalho, ( cai de categoria), e ainda tenho somente 16 aulas e ganho menos que dois salários, e veio 838 reais de desconto referente aos dias 20/12/2011 a 31/12/2011…

    Responder
    • 76. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:34

      Prezada professora Marcia,
      O governo conseguiu recurso para manter o desconto. Vamos recorrer desta decisão, mas você pode ingressar com ação individual. Procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 77. Cleber  |  30/04/2012 às 01:04

    Olá Bebel, sou cat. O aprovado, antigo L, para o mês de maio esta vindo um desconto para mim de 170,00 reais referente a dezembro de 2011, de 20 a 31/12, o que devemos fazer?

    Responder
    • 78. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:28

      Prezado professor Cléber,
      Conseguimos uma liminar contra este desconto, mas o governo recorreu. Procure o departamento jurídico na subsede para eventual ação individual.
      Bebel

      Responder
  • 79. BRUNA  |  30/04/2012 às 01:17

    ESTOU MUITO DECEPCIONADA COM VCS DA APEOESP SEMPRE ACHEI QUE VCS LUTASSEM PELO BOM ANDAMENTO DA EDUCAÇÃO, MAS APOS ALGUMAS ATITUDES EU PERCEBI QUE ESTAVA ENGANADA. AONDE EU TRABALHO, UM PROFESSOR MUITO CRITICO ME DISSE QUE A APEOESP SÓ SERVE DE PALANQUE POLITICO E ANDA LADO A LADO COM O GOVERNO. EU FALEI QUE ELE ESTAVA LOUCO E QUE DESTA VEZ TINHAMOS GANHADO ALGUMAS LIMINARES E QUE O GOVERNO SERIA OBRIGADO A CUMPRIR, ELE AINDA FALOU QUE IRIA “PELADO” TRABALHAR SE VOLTASSE A ATRIBUIÇÃO DE AULA E QUE VCS DA APEOESP JÁ SABIAM QUE NÃO DAR EM NADA ESSA GREVE. FUI A UNICA NA MINHA ESCOLA QUE ADERIU A GREVE E O QUE ACONTECEU? NADA.
    ESTOU MUITO TRISTE COM ESSA SITUAÇÃO E ESSE PROFESSOR AINDA ME DISSE QUE NÃO ADIANTARIA RECLAMAR PARA VCS QUE NÃO RESOLVERIA NADA E AINDA POR CIMa VCS ENSURARIAM MEUS COMENTARIOS. O QUE EU DEVO FAZER? DEVO ACREDITAR NELE OU DEVO CONTINUAR ACREDITANDO EM VCS POR FAVOR ME AJUDE

    Responder
    • 80. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:26

      Prezada professora Bruna,
      Espero que você tenha percebido que sua mensagem contém o causa da nossa dificuldade em conseguir conquistar mais vitórias e mais avsanços para a nossa categoria. Quando diz que foi a única na sua escola que aderiu à greve, você identifica nosso maior problema na atualidade, mas não se dá conta disso. Os professores não estão se unindo para lutar em prol de todos. Muitos permanecem de fora da luta, apenas criticando o sindicato; no entanto, sempre que há vitórias e benefícios, tamvbém colhem esses resultados. Deixam de perceber, entretanto, que ao se afastarem da luta, não estão prejudicando o sindicato, mas a si mesmos. Peço que você reflita sobre isto. Se a situação não é boa, pense na mesma situação sem a existência no nosso sindicato. Você realmente acredita que nossa luta não produz nenhum efeito? Acha que teríamos tido algum reajuste salarial se não tivéssemos brigado por isto? Pensa que a GAM teria sido incorporada aos salários e a GG também, se não fossem váriops anos de luta para que todas as gratificações fossem incorporadas? E quanto à quarentena do professor da categoria O, que era de 200 dias e hoje é de 40 (e lutamos para que acabe)? E quanto ao contrato do categoria O, que era de apenas 1 anos e hoje pode chegar a 2 (e queremos que mude a forma de contratação, que é indigna da nosss profissão)? Há outras questões, que não são ideais, mas são fruto de nossa mobilização, e não apenas da estrutura do sindicato, mas de cada professor que, como você, tem brios e se recusa a aceitar a situação como está e luta para mudar.
      Peço a você que não se deixe levar pela opinião mal-informada de pessoas que apenas querem justificar sua própria falta de amor-próprio de valorização da profissão que abraçaram, sempre alegando que “não vale a pena lutar”. Você deve, isto sim, ter orgulho de não ter se omitido. Você deve ter orgulho de ter se diferenciado de uma “massa” de pessoas acomodadas que, quem sabe amanhã, voltem a lutar, como talvez tenham lutado em algum outro momento. Pessoas como você, se dispõem a tomar uma atitude, mesmo que momentaneamente sozinhas, é que fazem a história. Nossa luta não se resume a uma batalha, mas virão outras, talvez dezenas delas, até que consigamos vitórias mais robustas e resultados mais vistosos. Mas eles virão, desde que não cessemos de lutar.
      Pense nisto, professora.
      Bebel

      Responder
  • 81. Edna  |  30/04/2012 às 03:23

    Olá bebel
    No pagamento de maio/12. os extintos L tiveram descontos provenientes dos dias de dezembro!

    Obrigada.

    Responder
    • 82. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:09

      Prezada professora Edna,
      Procure imediatamente o departamento jurídico para verificar que ação pode ser feita para ressarcimento dos valores descontados.
      Bebel

      Responder
  • 83. Jonas Ap Silva  |  30/04/2012 às 04:49

    Sra Maria Izabel, gostaria de saber o que será feito sobre os descontos em folha de pagamento do mês de maio, referentes a 20-30 de dezembro de 2011, já estamos sem férias, quando mandei o requerimento de ferias se quer deram atenção, na diretoria de Itapecerica da Serra, com uma desculpa sobre nossas férias serem pagas um ano antes, o que é estranho levando em conta que só recebemos feria em um ano se no anterior trabalhos com aulas atribuídas de janeiro a dezembro. Mas voltando ao foco inicial, acho que eu assim com todos os professores gostaria de saber sobre o porquê estão descontando algo que já havia nos assegurado que não seria descontado e se temos como reaver ou tomar uma atitude sobre esse assunto.
    Desde já agradeço a resposta da senhora.

    Responder
    • 84. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:06

      Prezado professor Jonas,
      O Estado recorreu da liminar. As disputas jurídicas oferecem às partes várias possibilidades de recursos e adiamentos. A ação coletiva prossegue, mas resta ainda a opção da ação individual. Procure o departamento jurídico.
      Bebel

      Responder
  • 85. ARNALDO  |  30/04/2012 às 13:12

    Este mês eu quase fiquei devendo pro Estado sendo que, tive um desconto de R$680.75 referente ao mês de dezembro, que eu pensei que seria descontado em parcelas.
    O que é isso que estão fazendo?
    E ainda querem que os professores trabalhem contente?

    Responder
    • 86. apeoesp  |  01/05/2012 às 01:01

      Prezado professor Arnaldo,
      O sindicato ingressou com ação coletiva contra esse desconto, conseguimos liminar, mas o Estado recorreu. A ação prossegue e estamos lutando por sentença definitiva que obrigue o Estado a devolver os valores. Também há o caminho da ação individual. Procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Creio que não foi a sua intenção, mas sua mensagem parece afirmar que desejamos que “os professores trabalhem contentes”. Evidentemente consideramos que os procecimentos do Estado são indignos, prejuidicam os professores e a educação pública. Por isso vamos intensificar uma campanha em defesa dos professores da categoria O, conforme deliberação da nossa assembleia do dia 20/04.
      Bebel

      Responder
  • 87. Silvio  |  30/04/2012 às 15:20

    Oi Presidenta bom dia!
    Verifiquei hoje meu demonstrativo de pagamento referente ao mês de abril, foram feitos descontos referente ao mês de dezembro e não me pagaram o GAM. Sou ex categoria L.

    Responder
    • 88. apeoesp  |  01/05/2012 às 00:52

      Prezado professor Silvio,
      Por favor, procure o departamento jurídico.
      Bebel

      Responder
  • 89. Jones Freitas  |  30/04/2012 às 15:38

    Como pode ver Sra. Presidenta Bebel, o combinado do não desconto na folha de pagamento dos dias pagos de Dezembro de 2011 foram, foram descontados. Infeliz do homem que acredita no homem, esse é o principal motivo que os professores não acreditam mais em nada. Nem em ações contra o governo, nem no governo, nem em promessas, nem em reivindicações. Desculpe a vcs que fazem que fazem de tudo para isso mudar. Mais a maior culpa é do governo (sistema), das leis fracas de nosso País, dos professores desacreditados da atual condição do nosso Sindicato, tenho pesquisado e visto como o nosso Sindicato, principalmente em 1998 tinha força de lutar e conquistar e do infeliz reflexo que algumas ações tiveram resultado na nossa atual realidade. Sabe o que escutei essa semana depois de levar minhas papeladas para mudança de categoria, que esse trâmite devido as instâncias acerca dos recursos que demoraria 3 anos para a fusão. Não me peçam mais para entrar com recurso, pois se chegamos na condição que nem nosso próprio Estado de Direito não saber de nossos próprios direitos!!!! Acredito na Justiça Divina e nas pessoas que são honradas para o seu Reino. Nas que falam respostas fidedignas e que essas respostas realmente aconteçam. Gostaríamos de ter respostas objetivas, estamos cansados de subjetividades e incosistências nessas ações. Sei de todo calendário, fiquei esperando por muito tempo ações da Apeoesp no bairro de Ermelino Matarazzo, Pq. Guarani, Jd. das Carmélias, Cid. A. E. Carvalho, entre outros, aonde por minha própria vontade tenho ajudado a conseguirmos chegar em uma grande mobilização. Mas pude perceber que realmente uma só andorinha não pode fazer verão, aonde uma ovelha fora do seu pasto não pode haver rebanho e aonde uma águia não poderá mais voar mais alto se a mesma não tiver como ser renovada. Bebel para isso acontecer preciso trocar nossas vestes, mudarmos nossos pensamentos, não olharmos para a nossa realidade, estarmos juntos na presença de Deus e crermos que esse mal (Governo) possa ser exterminado. Na Biblia diz: Nossa briga não é contra o sangue e nem contra a carne e sim contra as potestades e os principados que rodeiam esse mundo tenebroso!!!!Sou dizimista fiel e creio que meu Deus irá entrar com providência, pois o inferno está consumindo o fruto dessa terra, sabe porque? porque ainda não se fechou a boca desse devorador, que é o Governo do Estado de São Paulo!!! Creio eu que Deus está esperando um posicionamento, uma atitude maior e que nós não poderemos mais nos corromper e nem fazermos nenhum tipo de pacto com esse inimigo que nos rodeia. Pois Bebel se isso existir, iremos rodeiar, sitiar, mas não poderemos tomar posse do que queremos, pois entraremos em luta contra nós mesmos. Vamos vigiar e orar!!!!!!!Fique na Paz do Senhor Jesus abençoada!!!

    Demonstrativo de Pagamento
    Nome
    JONES MARTINS DE FREITAS Reg.Sistema(RS)/ PV
    13.588.357/ 03 Reg.Geral DC
    00028191137 C.P.F.
    270042658/ 46

    PIS/ PASEP
    124678911-45 Cargo/ Função Atividade
    F/6407-PROFESSOR EDUCACAO BASICA I Categoria
    CONTRATADO L.C. 1093/2009

    Reg. Retrib.
    08 Esc./ Tab. Vencimento
    20 Ref./ Grau – Faixa/ Nível
    001/ A

    Município
    100 U.C.D.
    02.23 Unidade Frequência
    69018 – EE SAID MURAD

    Banco
    001-B. BRASIL Agência
    7040 – JARDIM BELEM – S PAULO Conta Corrente
    100039 X

    Aux. Alimentação
    020 Tipo da Folha
    FOLHA NORMAL – 04/2012 Data Pagamento
    08/05/2012

    Código Denominação Nat. Qtde. Unid. Período Valor
    02.044 CARGA HOR/SUPL – 5 A 8 SERIE N 120 AULAS 04/2012 1.030,80 +
    02.044 CARGA HOR/SUPL – 5 A 8 SERIE R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 88,51 –
    02.048 SDOC – 5 A 8 SERIE N 019 AULAS 01/03/2012 A 31/03/2012 163,21 +
    02.049 SDOC – ENSINO MEDIO N 061 AULAS 01/03/2012 A 31/03/2012 523,99 +
    02.068 AULAS SUBSTITUICAO 1 R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 14,75 –
    02.069 AULAS SUBSTITUICAO 5 R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 36,87 –
    04.130 GAM – GRATIF.ATIVIDADE MAGISTERIO R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 7,00 –
    12.020 AUXILIO TRANSPORTE R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 8,61 –
    12.020 AUXILIO TRANSPORTE N 018 VALOR 01/04/2012 A 30/04/2012 96,72 +
    12.032 ADIC.LOCAL EXERC. 5 A 8 SERIE N 120 AULAS 04/2012 270,00 +
    12.032 ADIC.LOCAL EXERC. 5 A 8 SERIE R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 24,34 –
    12.059 ALE – AULAS SUBST.1 R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 4,05 –
    13.005 CORRECAO MONETARIA – 13 R VALOR 23/12/2011 A 31/12/2011 0,83 –
    23.020 13. SALARIO – RRA R 10,00 PERC. 23/12/2011 A 31/12/2011 14,67 –
    70.009 INSS N 9,00 PERC. 04/2012 161,73 –
    70.012 IMPOSTO DE RENDA NA FONTE N DEPTE 04/2012 7,63 –
    97.050 APEOESP-SIND.PROF.ENSINO OFIC.E.S.P N VALOR 04/2012 23,85 –
    97.185 BANCO DO BRASIL S/A N VALOR 04/2012 651,29 –

    Depósito FGTS
    FGTS 13º Salário
    Base Contr.Prev./INSS
    1.796,98 Total Vencimentos
    2.084,72 Total Descontos
    1.044,13 Líquido a Receber
    1.040,59

    Alteração de Exercício/ Cargo em Comissão
    Legenda da Natureza (Nat.)
    N = Normal D = Devolução E = Estorno
    A = Atrasado R = Repos

    Responder
    • 90. apeoesp  |  01/05/2012 às 00:47

      Prezado professor Jones,
      Como já foi dito aqui, o sindicato luta pelos seus associados, mas não faz as regras. A luta na justiça é assim mesmo, com idas e vindas.Nosso papel é continuar lutando para que os valores descontados sejam ressarcidos aos professores. Você pode, ainda, procurar o departamento jurídico para ajuizar mandado de segurança individual.
      Bebel

      Responder
  • 91. valdemir  |  30/04/2012 às 18:36

    Olá BeBel,
    venho informar que acabei de verificar o holerith de maio e veio desconto referente aos dias posteriores ao termino das aulas q ñ poderiam ser descontados do mês de dezembro.
    Sou ex-L.
    Valdemir

    Responder
    • 92. apeoesp  |  01/05/2012 às 00:40

      Prezado professor Valdemir,
      Como foi noticiado aqui, a APEOESP conquistou liminar para que o desconto não fosse feito. O Estado recorreu. Somente com a sentença definitiva a nosso favor esses valores terão que ser ressarcidos. Ao mesmo tempo, você deve procurar o departamento jurídico para verificar a possibilidade de ajuizar ação individual.
      Bebel

      Responder
  • 93. Regina  |  30/04/2012 às 20:33

    Cara Bebel, sou da extinta categoria L e acabei de ver meu pagamento de maio na internet, realmente está descontando o pagamento de dezembro,recebi .700 reais de pagamento com o desconto de mais de mil reais em folha. Cadê a justiça? Não estava certo que não poderiam descontar o pagamento de dezembro. Não sei o que fazer.

    Responder
    • 94. apeoesp  |  01/05/2012 às 00:37

      Prezada professora Regina,
      O Estado recorreu. Será necessário aguardar o fim do processo e nossa sentença definitiva para que o Estado restitua o que foi descontado. Você também pode procurar o departamento jurídico para verificar a possibilidade de ajuizar ação individual.
      Bebel

      Responder
      • 95. joaquim  |  01/05/2012 às 23:52

        o certo é a apeoesp entrar coletivo, pois o problema é igual para todos, e pagamos o sindicato para isso !! temos que restituir de volta com juros e temos que receber as nossas férias !!

      • 96. apeoesp  |  02/05/2012 às 03:06

        Prezado professor Joaquim,
        Tanto é o certo que a APEOESP ingressou com ações coletivas nos dois casos. No caso das férias, a justiça não aceitou; daí a necessidade das ações individuais. No caso dos descontos, entramos com ação, ganhamos liminar, mas o Estado recorreu. Também por isso a necessidade de ações individuais para que se tente a devolução do dinheiro.
        Bebel

  • 97. Jogeo  |  01/05/2012 às 20:11

    Podia ter informado que o estado recorreu, porque pelo visto, pela quantidade de reclamações aqui e pelas respostas dadas, somente a Apeoesp e o estado sabiam que o estado recorreu e que os descontos viriam logo.

    Agora fica aí pedindo para os professores protocolarem isto ou aquilo e confiarem. Confiar em quem?

    Quando o terremoto está vindo, a primeira providência é avisar aos desavisados.

    Fala sério, descontos de mais de 1000,00!!!

    Responder
    • 98. apeoesp  |  02/05/2012 às 14:02

      Prezado professor Jogeo,
      Na realidade, hoje o departamento jurídico pode verificar junto ao TJSP que o Estado não ingressou com o agravo, como pensávamos durante o feriado. Assim, os descontos são completamente ilegais. Estamos peticionando hoje ao juiz da causa para que os descontos sejam cancelados e o dinheiro devolvido.
      Bebel

      Responder
  • 99. Thiago  |  01/05/2012 às 22:17

    Boa Noite Bebel, sou professor categoria O e trabalhei durante todo o ano de 2010. tenho direito a férias? O secretário da minha escola informou que não pode fazer mais nada, já que meu antigo contrato nao existe mais. Obrigado

    Responder
    • 100. apeoesp  |  02/05/2012 às 03:19

      Prezado professor Thiago,
      No nosso entendimento, tem, sim.Mas precisa primeiro fazer um requerimento, exigir resposta por escrito e, diante da negativa, procurar o departamwento jurídico, na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 101. gustavo  |  01/05/2012 às 23:54

    isso o joaquinho falou tudo ……temos que receber o dim dim de volta e receber as féiras, e vc apeoesp.. vai entrar na justiça ou vai ficar perder mais essa !! sindicato fraco

    Responder
    • 102. apeoesp  |  02/05/2012 às 03:04

      Prezado professor Gustavo,
      Acredito que a base de uma crítica é a boa informação. O sindicato já ingressou com ação coletiva, em janeiro, conseguimos liminar, mas o Estado recorreu. Prosseguimos com a ação coletivas. Entretanto, também há o caminho da ação individual. Se for do seu interesse, procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 103. tais  |  02/05/2012 às 00:12

    boa noite…o auxílio morto de fome…veio referente a que mês?pois veio 80 reais referente a abril? e fevereiro e março? não deveria ter vindo esse valor triplicado?esse governo é ridículo,nojento,como um país que quer ser desenvolvido faça isso para o profissional mais importante do mundo sem professor não há outras profissões…GOVERNO ASQUEROSO…

    Responder
    • 104. apeoesp  |  02/05/2012 às 03:08

      Prezada professoras Taís,
      Acredito que você tenha razão. Por favor, ligue para 11.33506214 ou procure o departamento jurídico na sua subsede para melhor orientação sobre procedimentos neste caso.
      Bebel

      Responder
  • 105. Eliana  |  02/05/2012 às 00:13

    Boa Noite. Bebel
    Sou categoria O e recebi férias referentes apenas ao ano de 2011. Protocolei na escola um requerimento solicitando o pagamento referente ao ano de 2010; fui informada que não tenho direito e que no ano que vem, também não receberei, só serão pagas as férias em 2014 (no término do contrato) de forma indenizatória.
    Este procedimento está correto?
    Obrigada.

    Responder
    • 106. apeoesp  |  02/05/2012 às 02:59

      Prezada professora Eliana,
      O procedimento não está correto. Exija esta resposta por escrito. Depois dirija-se ao departamento jurídico, na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 107. Professor Danilo  |  02/05/2012 às 00:29

    Descontaram 1200 do meu salário, uma vergonha.

    Responder
    • 108. apeoesp  |  02/05/2012 às 02:58

      Prezado professor Danilo,
      Ingressamos com ação coletiva, ganhamos liminar, mas o governo recorreu. Você pode tentar uma ação individual para que seja feita a devolução do dinheiro. Por favor, procure o departamento jurídico na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 109. Neide Alves Dos Santos  |  02/05/2012 às 00:50

    Prezada Bebel,sou peb I da extinta categoria L,vi meu pagamento de maio pela internet, e constatei que não recebi:auxílio transporte, meus três quinquênios e minha evolução, está correto perder todos esses benefícios por ser agora categoria O?

    Responder
    • 110. apeoesp  |  02/05/2012 às 02:57

      Prezada professora Neide,
      No nosso entendimento, esta atitude do governo é ilegal. Por favor, procure o departamento jurídico, na sua subsede.
      Bebel

      Responder
  • 111. Alvaro  |  02/05/2012 às 03:02

    BOA NOITE, A TODOS.
    Realmente o nosso demonstrativo de pagamento deveria ser chamado de DESMOTIVO DE PAGAMENTO, pois cadê mês que recebemos ou seja quando começamos a receber é uma surpresa. As Leis Trabalhistas com o GOVERNO NÃO FUNCIONAM, só serve para pequenos empresários. Pagam nos atrasados, sem direito a juros pelo atraso e quando querem cobrar dizendo que recebemos a mais ainda cobram correção monetária conforme está nos nossos DESMOTIVO DE PAGAMENTO. E as nossas férias que não veio, conforme a SECRETARIA DA ESCOLA, nós já recebemos no ano passado, como pode isso, falei prá SECRETARIA, ONDE JÁ SE VIU, RECEBER ANTES DE TRABALHAR. Cadê os nossos direitos, nossa valorização, nossa motivação para poder trabalhar dignamente. Passa ano e entra ano, ficam inventando novas leis, novas resoluções para a nossa CATEGORIA. Na ESCOLA que estou os professores que entraram pelo CONCURSO, TRÊS JÁ PEDIRAM EXONERAÇÃO, pois não conseguiram ficar até o final do 1º BIMESTRE. Realmente ao somar o desconto que o GOVERNO está fazendo vai dar quase o mesmo valor que recebemos.
    Fui F, passei prá L e agora sou O, conforme essas LEIS E RESOLUÇÕES, que esses GOVERNOS o fazem.

    Responder
    • 112. apeoesp  |  02/05/2012 às 13:58

      Prezado professor Alvaro,
      Você está corretíssimo. Não podemos ficar a mercê de um governo que não cumpre leis e decisões judiciais, mas as aplica quando são contra nós.
      Quanto ao caso dos descontos nos salários, estamos peticionando hoje ao juiz da causa para que sejam cancelados e o dinheiro devolvido.
      Bebel

      Responder
  • 113. cesar  |  02/05/2012 às 11:27

    Prezada Bebel, segundo a sentença tivemos ganho liminarmente,
    mesmo o governo recorrendo a liminar continua valendo, portanto
    impede que ocorra os descontos, salvo se o governo tenha derrubado a liminar, ocorreu isso? caso contrario enquanto não derrubada a liminar não pode ocorrer o desconto, só após o ganho eventual do mérito por parte do governo.
    explique direito essa situação. Acredito ser inviavel cada professor entrar individualmente questionando esses descontos. Cabe ao sindicato informar ao Juiz da ação, que os descontos estão ocorrendo enquanto sob os efeitos da liminar.

    Responder
    • 114. apeoesp  |  02/05/2012 às 13:52

      Prezado professor César,
      Leia texto que publiquei nesta quarta-feira sobre este assunto. A APEOESP está peticionando ao juiz da ação.
      Bebel

      Responder
  • 115. silena  |  02/05/2012 às 14:52

    Quanto descaso com nós professores, Bebel recebi um desconto de 872 reais no salário de maio, nada das férias pois era da infeliz categoria L, vou a minha sub-sede e sempre escuto que devo aguardar que estão sendo tomadas medidas cabíveis, estou desacreditada de tudo e ainda recebi o vale coxinho com 4 reais, isso é educação?Isso é um FALTA DE EDUCAÇÃO!ISSO SIM!

    Responder
  • 116. Glória P. Bonatti Rosa  |  03/05/2012 às 01:13

    Bebel
    Sou ex categoria L e percebi que não foi descontado a contribuição sindical.Como proceder já que pretendo requerer na justiça os direitos adquiridos de 23 anos de trabalho.

    Responder
    • 117. apeoesp  |  05/05/2012 às 13:34

      Prezada professora Glória,
      Não há relação entre um coisa e outra.
      Bebel

      Responder
  • 118. rosa celia alves silva  |  03/05/2012 às 18:14

    oi bebel porque o auxilio alimentação não de diereitos a todos professores , pois so professor tem evolução e quinquenios é cortado o direito ao auxilio alimentação voce acha isto correto?

    Responder
    • 119. apeoesp  |  05/05/2012 às 13:08

      Prezada professora Rosa,
      Obviamente não achamos isto correto. Basta acompanhar a trajetória do nosso sindicato para verificar que lutamos contra tudo isso. Quem promove essas injustiças é o governo.
      Bebel

      Responder
  • 120. MARCOS  |  03/05/2012 às 20:17

    NO ESTADO ESTAMOS NESSE JOGO DE EMPURRA EMPURRA ,NINGUEM FAZEM NADA A NOSSO FAVOR, PARA QUE PAGAMAMOS UM SINDICATO SE CADA VEZ QUE PASSA A EDUCAÇAO ESTÁ PIOR ,A PARTIR DE 2007 COMEÇARAM COM A CATEGORIA L E AOS POUCOS FORAM TIRANDO TUDO .HOJE ENCONTRAMOS NESSA CATEGORIA O E ACABARAM COM PLANO DE SAUDE, FERIAS , ABONADAS ,UM CONTRATO QUE NAO VALE NADA ,MUITO HUMILHANTE UM PROFESSOR FAZER UMA GRADUAÇÃO E FICAR JOGADO PELO SISTEMA INÚTIL . SO VEJO O SINDICATO PEDIR PARA ENTRAR COM AÇÃO, FAZER REQUERIMENTO E NAO MUDA NADA EM NOSSAS REIVINDICAÇOES. EU COMO MUITOS COLEGAS ERAMOS DA CATEGORIA F, E HOJE ESTAMOS COMO CONTRATADOS, COM O UM PROFISSIONAL EM VEZ DE EVOLUIR NA CARREIRA ESTA FAZENDO AO CONTRARIO. CADÊ AS AÇOES QUE APEOESP ENTRA E NUNCA SAI NADA.

    Responder
    • 121. apeoesp  |  05/05/2012 às 13:04

      Prezado professor Marcos,
      Compreendo sua indignação, mas não posso aceitar que o senhor atribua à APEOESP a responsabilidade pelos desmandos do governo. Nossa obrigação é lutar contra tudo isso, e estamos fazendo. Nossa obrigação é ingressar com as ações judiciais, quando cabe, mas não somos os juízes. E temos vencido, sim, muita coisa. Não empurramos nada para ninguém, sabemos de nossas obrigações e as cumprimos. Temos lutado, desde o início, contra a “sopa de letras” em que o governo transformou nossa categoria. E temos chamado todos os professores às ruas, às assembleias, às vigílias e pressão na Assembleia Legislativa. Claro que o senhor tem comparecido a todos esses momentos e tem visto o nosso empenho na luta contra todos estes desmandos. Como pode, então, dizer que nada estamos fazendo? A indignação é justa, mas tem que se voltar contra aqueles que estão cometendo as injustiças, e não contra o sindicato que luta contra elas. Não fazemos as regras judiciais e não estamos no governo para decidir as questões. Nosso papel é pressionar o governo e, se ele não ceder, levar as questões à Justiça, para que decida. E isto estamos fazendo.
      Bebel

      Responder
  • 122. Jones Freitas  |  03/05/2012 às 21:26

    Vc imagina que todas as vezes que teremos que entrar com ações, pagaremos 50,00 reais, já entrei com duas ações e até gostaria com mais 300 açoes para acabar com esse governo mas nós não temos mais dinheiro,,será que vcs não podem ver isso, ficamos 3 meses sem receber,,,,snceramente Bebel as vezes acredito que esqueceu de nós,,,,ainda mais não recebemos férias, não temos mais iamspe, gam, quinquênio, evolução, e outros beneficios….Não queremos ver mais todos esses problemas precisamos de soluções FIDEDiGNAS. Vimos aqui nesse site dizer sim que ganhou ação sobre o não desconto do pagamento referente a Dezembro de 2011, nem fomos avisados como disse outro Professor dizendo!!!!Estamos cansados desse blog pião!!!!

    Sabe o quer dizer FÉ: Firme fundamento das coisas que cremos mais não vemos. Acreditamos sim no Sindicato, mas não faça nós começarmos a nos acreditar!!!! Já faz tempo que estamos aqui vendo tantas promessas, tantas ações e tantas reclamações e não estamos vendo resultados. Infeliz naquela que fala muito do pouco que sabe!!!

    Jones Freitas

    Responder
    • 123. apeoesp  |  05/05/2012 às 12:56

      Prezado professor Jones,
      O valor de R$ 50,00 cobre apenas parte ínfima das custas de um processo individual. Nas ações coletivas a APEOESP não cobra nada dos associados e elas também tem custas muito altas. As mensalidades dos associados são para cobrir todas as despesas do sindicato com as lutas dos professores e não apenas na área jurídica. Se abríssemos mão da taxa de R$ 50,00, pelo volume de ações individuais que são impetradas, comprometeríamos irremediavelmente as finanças do sindicato.
      Bebel

      Responder
  • 124. Masa  |  20/09/2012 às 03:11

    prezados srs.

    Sou Licenciada em Filosofia e Bacharel em Teologia. Me formei no meio do ano de 2011 e consegui em 2012 abrir portaria em uma escola estadual, como professora eventual, bem…de todas as matérias, embora seja professora da area humanas. No final de agosto do mesoa no, fui procurada pela direção me oferecendo para atribuição 4 aulas de geografia (já que o professor teria abandonado a sala) dissram-me que seria de muito valia para o meu cargo e pontos e bla,bla,bla….no memso mes, a escola soi designada para abrir 3 salas de supletivo-EJA e teria matérias como geografia e história. Neste meio tempo as aulas foram mandadas para atribuição e a direção pediu para que eu tentasse pega-las (19 aulas). Quando fiz a inscrição para professora emergencial na DE, disseram-me que poderia dar aulas de história,filosofia e ensino religioso e que eu era PEB II. Aí que esta o problema, meus holerites tem vindo como F/6407-PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I- CONTRATADO LC 1093/2009, mas se sou PEB II, porque esta vindo desta forma, como PEB I e também não sei qual a categoria que sou- “F” ou “O”? outro detalhe…a direção me informou que como sou eventual, e não trabalhei nas férias, meu salario vai estar sempre dois meses atrasados, em agosto não recebi os vencimentos de junho, recebi somente em setembro, e em outubro receberei ainda referente a agosto. Porque isso, se no começo já tive que esperar dois meses para receber?
    Tudo isso me constrange muito, fora ser muitas vezes taxada de incopetente como professora. Muitas vezes passo até 12 horas na minha casa ( e isso não recebo nada) preparando aulas,pesquisando, corrigindo exercicios , isto é, seja lá qual for a matéria, vou preparada para a sala de aula. Estou dando aulas da minha àrea (história) e também fora dela (geografia- a pedido da imploração da diretoria da escola), desta forma, ninguem pode me acusar de incopetente, sendo queestou dando sangue e suor pelo meu cargo. E ainda recebo como PEB I. Por favor me explique se possível.

    Responder
    • 125. apeoesp  |  21/09/2012 às 21:35

      Prezada professora Masa,
      Algumas informações me parecem evidentes:
      1) você é PEB II;
      2) você pertence à categoria O
      3) você não pode continuar recebendo salários atrasados por problemas administrativos do Estado.
      Por favor, ligue para 11.33506214 e informe-se sobre como proceder. Em geral, tudo se inicia com um requerimento para que regularizem sua situação. Diante da negativa, provavelmente deverá ingressar com mandado de segurança individual para preservar seus direitos.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,803,933 hits

%d blogueiros gostam disto: