APEOESP URGENTE 86: CER aprova encaminhamentos para a greve

18/12/2012 at 12:14 42 comentários

A reunião do Conselho Estadual de Representantes (CER) realizada no dia 14/12/2012, sexta-feira, definiu encami­nhamentos para a concretização da decisão da 5ª Conferência Estadual de Educação, que apontou a realização de uma greve da categoria no mês de abril de 2013, caso o go­verno insista em não negociar nossa pauta de reivindicações, oferecendo apenas respostas negativas ou evasivas para nossas solicitações.

O calendário aprovado prevê Reuniões de Representantes, do CER e um Dia Estadual em Defesa dos Professores da Categoria “O” em datas a serem definidas no mês de fevereiro de 2013. Também serão realizados em março a III Caravana Estadual em Defesa da Educação; reuniões nas es­colas com estudantes e pais; panfletagens e diálogo com a população; campanha de mídia (rádios, jornais, TV, internet e outros meios) e outras atividades de preparação da greve. O CER de fevereiro definirá a data da primeira assembleia do ano.

O CER aprovou a realização de uma for­te campanha de eleição de Representantes de Escola, com o slogan “100% das escolas com Representantes”. O objetivo é assegu­rar que em cada escola esteja presente um(a) representante da APEOESP para organizar reuniões entre os professores, divulgar os materiais da entidade, colocar em debate a nossa situação e conscientizar a categoria da justeza e necessidade do movimento.

Na pauta de reivindicações que pode nos levar à greve estão, entre outros pontos:

Ÿ- Reajuste salarial, recomposição do reajuste previsto pela lei complementar 1143/2011 e reposição das perdas, da ordem de 36,74%;

Ÿ- Fim da remoção ex-officio e da desig­nação de professores das Escolas de Tempo Integral;

Ÿ- Que todos os professores possam optar pelo regime de dedicação exclusiva, inde­pendente de lecionar ou não em Escolas de Tempo Integral;

Ÿ- Implementação da jornada do piso (no mínimo 33% para atividades extraclas­ses), na perspectiva dos 50%;

Ÿ- Melhores condições de trabalho;

Ÿ- Políticas de promoção da saúde e pre­venção do adoecimento dos professores;

Ÿ- Fim da lei das faltas médicas;

Ÿ- Condições dignas de contratação e tra­balho para todos os professores;

Ÿ- Continuidade do atendimento do pro­fessor da categoria “O” pelo IAMSPE;

Ÿ- Fim dos descontos de faltas e licenças mé­dicas para efeito de aposentadoria especial.

O CER aprovou também:

Ÿ- Ampla campanha nos meios de comu­nicação contra o estabelecimento de convênios do Poder Público com ONGs de caráter privatista, como a ICE Brasil, do empresário pernambucano Marcos Magalhães. Contra políticas de privatiza­ção da escola pública.

Ÿ- A realização de perícias médicas deve continuar a ser atribuição da Secretaria da Saúde. A APEOESP deve propor a realiza­ção de uma audiência pública na Assem­bleia Legislativa para discutir o Projeto de Lei Complementar 33/2012, que altera o Estatuto dos Funcionários Públicos e, en­tre outros ataques, estabelece o limite de quatro anos para a concessão de licença “ao funcionário que, por motivo de saúde, estiver impossibilitado para o exercício do cargo” e transfere a realização de perícias médicas para a Secretaria da Educação.

Ÿ- Campanha Estadual por Conselhos de Esco­la autônomos e efetivamente deliberativos.

Caminhada pela saúde dos professores

7_max_1355761724694506004580[1]No dia 14/12, pela manhã, foi realizada no Parque do Ibirapuera uma caminha­da, como parte do Dia Estadual de Luta pela Saúde dos Professores. Centenas de professores participaram, trajando roupas esportivas, orientados por profissionais da área, cedidos pela empresa Gym Pass, com a qual a APEOESP acaba de firmar parceria. Outra empresa parceira, o Grupo Geia, colaborou com o planejamento da ativi­dade, cessão de kit contendo alimentação adequada e folhetos explicativos sobre saúde e profissionais para a necessidade de atendimento, o que, felizmente, não ocorreu.

O CER definiu que a APEOESP deve iniciar imediatamente o planejamento para as Olimpíadas entre as subsedes, que serão realizadas em 2013. Nossa entidade bus­cará, inclusive, o registro desta atividade em órgão oficial (Secretaria Estadual de Esportes, Lazer e Juventude).

Inauguração da Biblioteca da APEOESP

No mesmo dia 14/12, à noite, foi inaugu­rada a biblioteca da APEOESP, que funcionará na Rua 24 de Maio, nº 275, 1º andar, be8_max_1355761638494486004580[1]m próximo da sede central. No acervo inicial, 3 mil livros dos mais variados gêneros, inclusive literatura infantil e juvenil, além de DVDs.

O local, projetado por especialistas da área, é composto por espaços para leitura de livros, leitura de periódicos, leitura de livros infantis e para contar histórias, espaço para assistir DVDs, espaço multimídia para oficinas, reuniões e cursos vinculados às finalidades da biblioteca, além de um espaço de apoio no qual se dará a continuidade da catalogação dos livros e outros materiais.

0_max_1355761634485146004580[1]O evento contou com a presença do representante do Ministério da Cultura no Estado de São Paulo, Valério da Costa Be­mfica; de Raquel Mattes, responsável pela empresa Alexandria Online (que realizou o projeto, detém os direitos do software de gerenciamento do acervo e assessora a APEOESP na implementação da biblioteca); da Presidenta da União Paulista dos Estu­dantes Secundaristas, Nicole Mendes; do ex-Presidente da APEOESP e ex-Deputado Estadual, Roberto Felício e de grande nú­mero de diretores, conselheiros e associa­dos do Sindicato. Na ocasião a professora Maria Izabel Noronha, Bebel, Presidenta da APEOESP, fez questão de destacar que este é apenas o começo de um projeto que será sistematicamente implantado, para atingir todas as 93 subsedes. Conversas neste sentido já estão se iniciando com o Ministério da Cultura e outros parceiros.

A biblioteca terá funcionamento tran­sitório nos meses de janeiro e fevereiro de 2013, em horários que ainda serão definidos e funcionará plenamente a partir de março, quando todo o sistema de ge­renciamento estará instalado

 

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

SEM MOBILIZAÇÃO NÃO HAVERÁ CONQUISTAS!

42 Comentários Add your own

  • 1. Luiz Paulino Ferreira  |  18/12/2012 às 15:39

    E os professores aposentados como fica? Percebo que essa associação só luta para aqueles que estão na ativa.,

    Responder
    • 2. apeoesp  |  18/12/2012 às 20:54

      Prezado professor Luiz Paulino,
      O senhor está completamente equivocado. Nosso sindicato tem uma secretaria exclusiva para cuidar dos assuntos dos aposentados. Os últimos reajustes incluem os aposentados. A GAM foi incorporada aos proventos dos aposentados, mas antes disto a APEOESP ganhava todas as ações neste sentido. Agora vencemos uma ação para que o bônus seja pago aos aposntados. Na discussão da carreira, um dos pontos fundamentais que temos levantado é a correção das injustiças que a LC 836/7 causou aos aposentados. Creio que o senhor não costuma ler o site da APEOESP, nossos boletins, jornais e este blog.
      Bebel

      Responder
      • 3. Wagner  |  03/01/2013 às 15:33

        Enquanto a APEOESP permitir que o governo do Estado de São Paulo continue a precarizar o magistério colocando em sala na condição de professor: estudantes, engenheiros, economistas, advogados e outros profissionais que não conseguem exercer sua profissão com êxito, ou que entram nas escolas somente para complementar sua renda mensal, ajudando o Governo do Estado a mascarar a falta de professores formados, habilitados e devidamente selecionados através de aprovação em concurso público, não só os professores aposentados ficarão prejudicados, como também os efetivos que tanto se prepararam para estar nesta condição. Basta olhar para o caso dos médicos: como a categoria destes profissionais nunca admitiu que estudantes medicassem, que parteiras ocupassem o lugar de obstetras nas maternidades, …,a falta destes profissionais nas periferias não pode ser mascarada, e logo o Governo teve de se mexer e melhorar a remuneração mensal destes profissionais . Será que se o CRM admitisse a contratação de médicos em categoria “O” , ou a admissão de estudantes sem a supervisão de um médico devidamente formado e concursado tal como acontece hoje em nossas escolas estaduais, o Governo estaria se preocupando em melhorar a remuneração destes profissionais?

      • 4. apeoesp  |  04/01/2013 às 14:20

        Prezado professor Wagner,
        Em primeiro lugar, definamos o que é APEOESP. APEOESP é uma entidade que organiza os professores e, portanto, todos os professores filiados são a APEOESP. Em segundo lugar, a APEOESP não está “permitindo” nada. Acredito que você deveria acompanhar melhor nossa atuação, para saber que a APEOESP luta contra a atribuição de aulas, na primeira fase, para qualquer profissional não habilitado de acordo com a LDB. Ingressamos na justiça e não obtivemos, infelizmente, uma sentença nos moldes que pretendíamos. Fomos ao Conselho Nacional de Educação e este emitiu parecer de acordo com o nosso pleito. Ocorre que o governo estadual usa a nota da prova como critério para a atribuição e passa por cima da LDB. Nós continuamos lutando e nossa luta será mais forte se todos se sentirem parte da APEOESP e participarem das assembleias e outras atividades organizadas pelo sindicato.
        Bebel

  • 5. Luiz Paulino Ferreira  |  18/12/2012 às 15:41

    É sempre a mesma ladainha; seu comentário está aguardando moderação. Vcs não admitem que se fale a verdade,

    Responder
    • 6. apeoesp  |  18/12/2012 às 20:55

      Prezado professor Luiz Paulino,
      Não há ladainha nenhuma. Seu comentário, que foi postado hoje, já foi respondido. Tenho uma série de outras atribuições e, infelizmente, não posso responder aos comentários com a presteza que o senhor deseja.
      Bebel

      Responder
    • 7. Madalena  |  22/12/2012 às 14:27

      Sr. Luiz….. a verdade é uma só….PSDB a 20 anos trava a educação,.. Apeoesp tenta por todos os meios mas, a máquina que nos governa é controladora, e parece mesmo governar sozinha…. não faz parte da união….

      Responder
  • 8. Mariana  |  19/12/2012 às 02:34

    Bebel, Se puder me ajudar.. Estou sem saber o que fazer e sem saber o que vai acontecer. Me sinto tratada como um lixo pelo estado. Eu era categoria L e esse ano me tornei O, assinei contrato em fevereiro de 2012, na prova de 2011 eu acertei 38 e juntando meus pontos eu fui classificada como aprovada. Agora para 2013 eu acertei 32 e tenho 9,772 pontos na U.E e na D.E, mas esses pontos não foram acrescentados e minha classificação ainda não saiu? O que vai acontecer? Meu contrato será prorrogado? Mas ae como reprovada eu perco as aulas? O DRHU errou em minha classificação? Por favor Bebel, Me ajude…

    Responder
    • 9. apeoesp  |  23/12/2012 às 12:44

      Prezada professora Mariana,
      A CGRH alega problemas de sistema e diz que vai rever a lista de classificação. Se o problema persistir, procure o departamento jurídico.
      Bebel

      Responder
  • 10. May  |  19/12/2012 às 16:17

    Bebel, entrei com recurso para acrescentar meus pontos de tempo de serviço a pontuação da see e foi dada como indeferida.Sou categoria O. Será que não se acrescenta o tempo de serviço à categoria O? Estou no estado desde 2003. Tenho mais de 5 anos no estado e eles me vem com essa de que não tenho tempo de UE. Não estou entendendo, por favor poderia me explicar? Desde já obrigada. Ass: May

    Responder
    • 11. apeoesp  |  23/12/2012 às 12:22

      Prezada professora May,
      Você tem direito a somar o tempo de serviço se tiver acertado pelo menos 32 questões (PEB II) ou 24 (PEB I). Entre em contato com o departamento jurídico na subsede, ou pelo telefone 11.33506214, a partir de 2 de janeiro.
      Bebel

      Responder
  • 12. Vanilda  |  19/12/2012 às 18:57

    Professor Luiz Paulino, realmente o senhor tem que participar mais das atividades do sindicato, no CR o que tem de aposentado votando Greve para os que estão na ativa fazerem………

    Responder
  • 13. leandro  |  19/12/2012 às 20:48

    Olá Bebel, novamente parabéns por suas respostas claras e objetivas.
    Apenas duas considerações.

    1 – Prof. categpria O, dá aulas como os demais e não temos os mesmos direitos, engraçado né?

    2 – Também ficamos doentes e não podemos usar o Serviço Médico?

    Lamentável, deveriamos dar aulas como somos tratados.
    Abraços e feliz natal.

    Responder
    • 14. apeoesp  |  20/12/2012 às 11:36

      Prezado professor Leandro,
      Exatamente, é o que pensamos. Por isto lutamos para que todos tenham os mesmos direitos.
      Bebel

      Responder
  • 15. Beneito AparecdoFilho  |  20/12/2012 às 09:27

    A nossa profissão que ao longo dos anos foi se transformando de educador ,em cuidador, hoje, dofre mais um revés , ou seja, as atividades educacionais , lecionar, transmitir conteúdos ao que tudo indica com as exigências das provas do SARESP, está se transformando em atividades burocráticas, onde preencher papéis com habilidades e competência, verificar gráficos da empresa de provas é a nossa nova função, ou seja, a escola progressão continuada, a escola das metas, fabricou o professor gerenciador de dados e estatísticas, menos o professor educador e que instrui e passa conhecimento que os alunos precisam.

    Responder
    • 16. apeoesp  |  20/12/2012 às 11:08

      Prezado professor Benedito,
      Você tem toda a razão. Não podemos permitir isto. Por isso a adesão e o engajamento de todos no movimento aprovado pela nossa conferência é fundamental.
      Bebel

      Responder
      • 17. Beneito AparecdoFilho  |  21/12/2012 às 22:35

        Com ceteza farei o que sempre fiz : me envolver nas atividades convocadas pelo sindicato, entretanto penso que muitos dos que estão na representação desse sindicato a exemplo do ano passado não darão a sua contribuição, oviamante não falo de todo da diretoia, falo por exemplo do que eu vejo em inha cidade, professor com representação sindical , não dá as caras nas escola nem para informar
        e nem para lutar.

      • 18. apeoesp  |  23/12/2012 às 10:52

        Prezado professor Benedito,
        Todo diretor, conselheiro e representante da APEOESP assume voluntariamente uma tarefa. E deve ser cobrado por isso na sua região.
        Bebel

  • 19. mimi  |  20/12/2012 às 12:50

    bebel,feliz natal a vc e que 2013 seja repleto de vitorias p/ nossa categoria.paz,saude a todos.que DEUS esteja conosco.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  23/12/2012 às 11:07

      Prezada professora Mimi,
      Muito obrigada. Para você e sua família também.
      Bebel

      Responder
  • 21. Carla  |  20/12/2012 às 15:57

    Prezada Presidenta,
    Acabo de ver o indeferimento do artigo 22, gostaria de saber qual o próximo passo, uma vez que que o sindicato está em recesso…..
    Aguardo demais orientações.

    Responder
    • 22. apeoesp  |  21/12/2012 às 16:18

      Prezada professora Carla,
      Você deve protocolar recurso junto à CGRH. A partir de 2 de janeiro deve procurar o departamento jurídico da Apeoesp.
      Bebel

      Responder
  • 23. Jorge  |  21/12/2012 às 03:43

    Olá Bebel, Esse ano aluno ( curso de Licenciatura ) aprovado vai pegar aula na frente de Professor ( formado ) novamente? A LDB não permite isso. Não podemos fazer nada para mudar ?

    Responder
    • 24. apeoesp  |  21/12/2012 às 16:05

      Prezado professor Jorge,
      Já ingressamos com ação judicial e já formulamos questionamento junto ao CNE, que deu parecer favorável a nós. Porém, o Estado alega que existe lei estadual (1092/2009) que lhe permite fazer isto, com base na nota da prova. O que pode ser feito é qualquer professor habilitado, de acordo com a LDBA, requere imeidatamente essas aulas.
      Bebel

      Responder
  • 25. Descontente  |  21/12/2012 às 05:35

    Bebel,gosto muito de vc ,aliás gosto de seu posicionamento em alguns assuntos mas sou obrigado a concordar com o Professor Luiz Paulino,fiz um questionamento e argumentei e percebi como não era do seu interesse dar explicações vc se quer me respondeu,vou começar achar que seu blog é político e que vc só está publicando aquilo que parece ser conveniente a vc .Não vou reescrever,gostaria que vc publicasse as coisas que enviam pq responder só o que é conveniente é fácil.

    Responder
    • 26. apeoesp  |  21/12/2012 às 16:02

      Prezado professor Descontente,
      Uma relação honesta começa com transparência e honestidade. Alguém que se esconde atrás de pseudônimo já perde metade da razão. Para me acusar ou não de qualquer coisa, é preciso conhecer a situação na qual trabalho. Não respondo o que me convém, mas o que consigo responder em meio a centenas de mensagens que me chegam diariamente. Algumas ficam sem respostas por algumas horas ou mesmo dois ou três dias, mas são em seguida respondidas. Não tire conclusões precipitadas do que não conhece. Seria mais fácil e honeste, simpleesmente, perguntar.
      Bebel

      Responder
      • 27. Madalena  |  22/12/2012 às 14:35

        Bebel….. você esta de Parabéns…afinal nossa luta é de longas datas . Conquistas mil, pendencias não dependem só da apeoesp e sim da boa vontade de todos aqueles que dependemos , em especial nossos governantes…

      • 28. apeoesp  |  22/12/2012 às 17:13

        Prezada professora Madalena,
        Muito obrigada pelo apoio. Esta luta é de todos nós. Feliz 2013!
        Bebel

  • 29. Marcos  |  23/12/2012 às 14:21

    Cara Bebel,

    Isto é um desabafo, sou formado em boa universidade pública, fiz pós na Puc-Minas também renomada, fiz o pós na UNESP com médias acima de 8,5, no entanto, na prova de mérito tirei 9,0 na objetiva e deram-me 1 na dissertativa, isto é tão desestimulante, também pela segunda vez sou aprovado no mestrado PUC-SP e não posso fazer, não tenho direito a bolsa por ter outro cargo. Não dá parar de trabalhar e fazer mestrado, pois quando somos maduros temos compromissos.O professor que se qualificar, buscar atualizar-se, mas é maltratado dentro do sistema, estou pronta para abril de 2013. A comissão paritária deveria tratar deste tema, ou seja, rever o mestrado e que a públicas paulistas oferecessem o mestrado para professores de todas as áreas, mestrado profissional e nossa ambiente de trabalho.

    Responder
    • 30. apeoesp  |  25/12/2012 às 13:18

      Prezado professor Marcos,
      A APEOESP está publicando agora em janeiro um encarte sobre este absurdo.Não aceitamos a prova de mérito como critério para a promoção na carreira. Nossa greve de abril tem este como um de seus pontos.
      Bebel

      Responder
  • 31. Suca  |  03/01/2013 às 00:31

    Pelo que entendi, até o momento a atribuiçao de aulas será no máximo 32 aulas, a lei do piso que havia sido considerada como 26 aulas (horas) não foi aprovada?

    Responder
    • 32. apeoesp  |  04/01/2013 às 14:25

      Prezada professora Suca,
      Sim, foi aprovada e confirmada pela STF. O governo estadual recusa-se a cumprir. Temos sentença favorável no TJSP, mas o governo conseguiu manobrar juridicamente para não implementar a lei, com a colaboração de alguns juízes. Continuamos lutando e estamos preparando a greve para a abril, para obrigar o Estado a cumprir a lei.
      Bebel

      Responder
  • 33. Wagner  |  03/01/2013 às 15:56

    Quanto mais títulos detiver um professor do Ensino Fundamental e Médio, mais desmotivado estará este profissional dentro da rede, pois o exercício da profissão, com excelente qualidade, não requer este tipo de formação( mestrado, doutorado, pós doutorado, etc..). Defender este tipo de formação aos professores da rede para que ocorra a evolução salarial é continuar a dar condições ao governo de manter professores bons e competentes com remuneração baixa.

    Responder
    • 34. apeoesp  |  04/01/2013 às 14:15

      Prezado professor Wagner,
      Não podemos excluir nenhum tipo de possibilidade de evolução, dentro da área educacional. Por outro lado, concordamos que este não deve ser o fator principal, nem exclusivo. Por isto, esta formação acadêmica, na nossa proposta, não leva o professor aos últimos níveis da carreira. Também estamos propondo muitas outras possibilidades de evolução.
      Bebel

      Responder
  • 35. Marcos  |  04/01/2013 às 14:38

    Bebel, sabemos que a luta é árdua, mas passar uma existência apenas na luta é estafante.
    Alguma previsão de quando o novo plano será apresentado?

    Responder
    • 36. apeoesp  |  04/01/2013 às 18:11

      Prezado professor Marcos,
      Ainda não, Marcos. As reuniões da Comissão Paritária serão retomadas, mas ainda não há datas.
      Bebel

      Responder
    • 37. apeoesp  |  04/01/2013 às 18:14

      Prezado professor Marcos,
      As reuniões da Comissão Paritária serão retomadas, mas ainda não há datas. Ainda não há prazo para a apresentação do plano. Não vamos assinar um plano que eventualmente nos prejudique. Queremos discutir a promoção e não aceitaremos a assiduidade como exigência para as possibilidade de evolução pela via não acadêmica.
      Bebel

      Responder
  • 38. maria paula Cavichioli  |  05/01/2013 às 16:37

    Prezada professora Bebel, sou coordenadora pedagógica há 4 anos e meio e gostaria de saber como anda a regulamentação da incorporação dos décimos dos professores coordenadores.Como será esse processo, de que forma essa incorporação acontecerá e quando?

    Responder
    • 39. apeoesp  |  07/01/2013 às 19:09

      Prezada professora Maria Paula,
      Não há regulamentação pendente. A incorporação se dá no momento em que deixa o cargo, proporcionalmente ao tempo exercido.
      Bebel

      Responder
  • 40. Beneito AparecdoFilho  |  07/01/2013 às 10:15

    Parcelaram nossas férias novamente!

    Responder
    • 41. apeoesp  |  07/01/2013 às 18:39

      Prezado professor Benedito,
      Sim, a SEE manteve as férias parceladas. A maior parte da categoria não discorda da medida, pois estão assegurados pelo menos 23 dias em janeiro e os 30 dias de julho.
      Bebel

      Responder
  • 42. FRANKLIN  |  22/02/2013 às 14:24

    Olá Bebel e colegas!!! AVISO!!!! Sou categoria O contrato encerrado 21/12/2012, hoje dia 22/02/2013 saiu o pagamento de férias esta provisionado. Saiu como folha suplementar!!! Depois de tantos não eles pagaram. Abc!!!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,804,952 hits

%d blogueiros gostam disto: