O Governo do Estado quer entregar o Hospital do Servidor e o IAMSPE para uma das empresas do grupo Andrade Gutierrez. Não vamos permitir!

22/03/2013 at 09:25 28 comentários

HSPEnosso

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

NO DIA 19 DE ABRIL OS PROFESSORES ENTRAM EM GREVE Ação da APEOESP para pagar bônus aos aposentados entra em fase de execução

28 Comentários Add your own

  • 1. Prof. Sergio Luiz  |  22/03/2013 às 18:10

    è lamentvel o que querem fazer conosco nessa onda de poder do PSDB que vai acabar nas proximas eleições. Eles estão no fim.

    Responder
  • 2. Prof. Sergio Luiz  |  22/03/2013 às 18:11

    Chegou o Fim do Psdb, começou já na Cova e agora vai para o BURACO

    Responder
  • 3. Marilena  |  25/03/2013 às 03:05

    É mais uma do nosso PSDB – acabar com o servidor é tirar de nós uma conquista de anos de esforços……..

    Responder
    • 4. apeoesp  |  26/03/2013 às 09:57

      Prezada professora marilene,
      Não Vamos permitir.
      Bebel

      Responder
  • 5. Luiz  |  25/03/2013 às 15:51

    Gostaria de tirar uma dúvida com relação a falta médica parcial:
    Tenho um atestado em que o médico colocou que saí da consulta 12h. Entro 13h, o médico é fora do município onde leciono. Então, como na lei está escrito que posso me ausentar até 3 horas no início, meio ou término do meu trabalho, calculei o horário da saída da consulta mais 3 horas = 15 horas. Cheguei em minha escola para a 2ª aula que começa as 14h50, ou seja estou dentro das 3 horas da qual tenho direito, mas meu diretor não aceita este entendimento e me deu falta nas duas primeiras aulas, pois disse que a lei não contempla horário de trânsito, que o que tenho direito é o tempo que fiquei sentada na cadeira do médico. que então,eu que peça ao médico para colocar que fiquei lá as 3 horas.Agora não posso fazer isso, pq isso é crime. O que faço?

    Responder
    • 6. apeoesp  |  30/03/2013 às 17:20

      Prezado professor Luiz,
      Desculpe-me pela demora em responder. Você tem razão. Procure o departamento jurídico na sua subsede ou ligue para 11.33506214 para verificar como proceder.
      Bebel

      Responder
  • 7. fabiana  |  25/03/2013 às 17:12

    ola Bebel!!! E verdade que não vão pagar o bônus 2013?????

    Responder
    • 8. apeoesp  |  26/03/2013 às 09:56

      Prezada professora Fabiana,
      Não existe nenhuma informação neste sentido. É lei e tem que ser cumprida, mesmo que discordemos dela, pois preferiamos reajuste salarial. Puro boato.
      Bebel

      Responder
  • 9. Prof. Clovis  |  26/03/2013 às 16:33

    É a quarta vez que escrevo, sem resposta, sobre a cobrança de perícias médicas. Em ATPC a equipe gestora nos passou os valores que teremos que pagar para efetuar as perícias. Gostaria de esclarecimento se esta informação é verdadeira.
    Obrigado

    Responder
    • 10. apeoesp  |  27/03/2013 às 02:36

      Prezado professor Clóvis,
      Nada encontrei na legislação que estabeleça este tipo de cobrança.
      Bebel

      Responder
    • 11. Fernanda  |  30/03/2013 às 02:26

      Professor, perdoe minha intromissão, afinal o sr. não dirigiu a pergunta a mim. Porém, irei responder-lhe no intuito de esclarecer esta controvérsia. Não haverá cobrança alguma. A resolução em questão trata dos valores pagos aos profissionais médicos que serão contratados para os procedimentos ali listados. O que ocorrerá é que as perícias realizadas aos servidores da educação terão uma equipe específica, talvez até mesmo em função da demora atual das perícias. Houve um enorme mal entendido com relação ao entendimento dessa resolução, fruto da desinformação de alguns gestores.

      Responder
      • 12. Prof. Clovis  |  30/03/2013 às 19:27

        Obigado pelos esclarecimentos

  • 13. Luiz  |  29/03/2013 às 21:02

    Pq vc não respondeu a minha dúvida?

    Responder
    • 14. apeoesp  |  30/03/2013 às 17:20

      Prezado professor Luiz,
      Desculpe-me pela demora em responder. Já publiquei a resposta.
      Bebel

      Responder
  • 15. Fernanda  |  30/03/2013 às 02:29

    Boa noite! Gostaria de saber a fonte dessa notícia. Grata

    Responder
    • 16. apeoesp  |  30/03/2013 às 16:51

      Prezada professora Fernanda,
      São várias fontes, entre elas a Comissão Consultiva Mista do IAMSPE, por meio do representante da APEOESP; o SindSaúde; o próprio superintendente do IAMSPE, que diz ser contra a medida.
      Bebel

      Responder
      • 17. Fernanda  |  30/03/2013 às 23:27

        Obrigada pela resposta. Busquei a fonte da notícia para saber quais os serviços que seriam alvo da PPP, pois é disso que se trata e não de uma privatização. Independentemente de opiniões sobre a eficácia da medida (devo aqui afirmar o quanto tenho enormes dúvidas da capacidade administrativa do PSDB), acho de extrema importância que sejam passadas informações pelo site da APEOESP e não apenas posicionamentos. Isso é democracia. Por óbvio que o sindicato deve se posicionar, mas apenas alegar que “é contra” sem explicar aos seus afiliados os motivos para isso, beira a manipulação das massas. O que, tenho plena certeza, não é o objetivo deste sindicato.

      • 18. apeoesp  |  01/04/2013 às 14:52

        Prezada professora Fernanda,
        O posicionamento do Sindicato foi tirado em assembleia estadual, na Praça da Sé, com a presença de mais de cinco mil professores. O IAMSPE foi construido com a nossa contribuição, sem nenhum aporte do Estado, que agora pretende privatizá-lo. Não importa o nome que tenha, o processo é de transferir o controle e os benefícios financeiros advindos do IAMSPE e do Hospital do Servidor para a iniciativa privada. Não há manipulação alguma. Somos contra esta privatização, isto sim, uma manipulação do governo do PSDB.
        Bebel

  • 19. Maria de Lourdes Moreira  |  01/04/2013 às 17:57

    O IAMSPE esta tão ruim que não tem como piorar.. O SUS é
    melhor, por que não precisa ir até HSPE, para tirar um raio X e as maorias das consultas e exames. Estou desde 2006 com forte dor na coluna por causa de uma herne de disco na lombar e os neuros cirurgiões estão levando na bricadeira,além da dor forte e também dificuldade de locomoção , resolvi fazer om convernio pelo APOESP. e pagar caro. O IAMSPE precisa expandir o atedimento Hospitalar com cobertura total, em todos municípios do Estado de São Paulo . O estado deveria ajudar os funcionários pagar um convernio particular pagando uma parte.para.O HSPE não consegue atender todos os pacîêntes, por uma cirurgia tem que esperar muitos anos .

    Responder
    • 20. apeoesp  |  01/04/2013 às 19:31

      Prezada professora Maria de Lourdes,
      Respeito a sua opinião, mas creio que não se trata de comparar, tomando por base um baixo padrão de atendimento. Nós, funcionários públicos estaduais, criamos e sustentamos o IAMSPE com nossas contribuições. Merecemos um ótimo atendimento e devemos lutar por ele. Se aceitarmos como justificativa para privatização ou transferência do controle que o atendimento não está bom, abriremos mão progressivamente de tudo o que é público ou é gerido com a nossa participação, embora o IAMSPE tenha a nossa participação apenas indireta. Temos que lutar para melhorar, sempre.
      A APEOESP oferece convênios como medida complementar, mas não abrimos mão da luta pela melhoria do IAMSPE, e concordamos que o atendimento tem que ser expandido para todas as regiões do estado.
      Bebel

      Responder
  • 21. Fernanda  |  02/04/2013 às 01:39

    Cara Bebel, creio ter sido bastante clara quando disse que sim, sendo o espaço virtual de um sindicato, deve haver o posicionamento deste, porém com informação, o que até o momento não houve. Além disso, me entristece ler de sua parte, uma pessoa pela qual mantenho toda a consideração a afirmação de que uma PPP é o mesmo que uma privatização. Pois não é. Aliás, é sim, uma parceria que em regra visa ampliar os serviços de um órgão, dando maior celeridade em seu atendimento. Algo natural diante das condições atuais do IAMSPE. Parceria esta já adotada pelo governo federal em outras circunstâncias. Lembrando ainda que não vamos pagar nada além daquilo que já pagamos.
    A opinião deste sindicato é absolutamente válida por diversos motivos, mas trabalhem com informação por favor. A lei que regula este tipo de parceria é a Lei 11.079/2004, caso alguém se interesse em saber a diferença entre uma PPP e uma “privatização”.

    Responder
    • 22. apeoesp  |  03/04/2013 às 15:31

      Prezada professora Fernanda,
      Uma coisa é pensar-se em PPP para construir-se algo que de que o país necessita e não existe. PPP para passar o controle de algo que existe, no qual o Estado ne nega a investir e que é mantido com nossas contribuições, é privatização. Somos contra. Queremos a melhoria do atendimento e queremos que o Estado aporte no IAMSPE a sua cota-parte.
      Bebel

      Responder
  • 23. Fernanda  |  04/04/2013 às 03:30

    Bebel, o que o sindicato quer eu e todos nós já sabemos pelo amplo material distribuído pelas escolas. Mas insisto em minha opinião de que, enquanto educadores e formadores de opinião, devemos sempre trabalhar com fatos. Portanto, você pode não concordar, mas tanto no site do sindicato, quanto nos materiais divulgados falta informação. Com informações todos podem tirar suas conclusões e defendê-las com bons argumentos. Do contrário é apenas “barulho”.
    Aliás, com todo o respeito, creio que nosso sindicato não foi muito efetivo nas últimas greves e para mim o ponto é exatamente esse, informação. Enquanto cada um se preocupar apenas com sua própria categoria, com a porcentagem de seu bônus e com essas “divisões” que se criaram entre nós, não teremos qualquer efetividade para lutarmos por melhorias. Claro que seria uma temeridade atribuir tudo isso ao sindicato, mas talvez esteja na hora de mudar um pouco a abordagem.

    Responder
    • 24. apeoesp  |  05/04/2013 às 17:19

      Prezada professora Fernanda,
      Sendo esta a terceira resposta que lhe dou sobre o mesmo assunto, questiono se, na verdade, pela viés da suposta “desinformação” do sindicato não estaríamos discutindo posições contra e a favor da privatização.
      Nosso sindicato é contra, por considerarmos que a concessão, via Parceria Público Privada de um bem público já construido, estabelecido e no qual foram investidos esforços e recursos financeiros do funcionalismo público estadual é privatização.
      Basta-nos a informação de que se pretende privatizar um bem público e sua gestão. Cremos que a nossa categoria é perfeitamente capaz de compreender o que oorre e de se posicionar.
      Quem é favorável deve produzir os argumentos coerentes com esta posição.
      Bebel

      Responder
      • 25. Fernanda  |  25/04/2013 às 14:20

        Cara Bebel. Novamente lhe agradeço a atenção. Entendo que você seja uma pessoa ocupada e que talvez responder aos comentários seja desgastante. Então, não é necessário que haja uma quarta resposta.
        Sim, certamente temos pontos de vista diversos com relação ao que você chama de privatização. Mas entendo que isso seja saudável, afinal isso é democracia. A mesma que permite que existam sindicatos e manifestações de toda a sorte. Permaneço não concordando com o posicionamento deste sindicato no tocante ao Hospital do Servidor. Mas não creio ser necessário argumentar mais a respeito.
        Porém gostaria de ver esse mesmo empenho aplicado em outros assuntos, digamos, mais urgentes. Cito a greve e os colegas que estão sendo substituídos por eventuais em suas aulas. Algum posicionamento do sindicato?
        Entenda, acompanho dentro do possível este blog por de fato me interessar pelas ações do sindicato e suas posições. Minhas criticas e questionamentos visam apenas discutir de forma inteligente tudo o que nos interessa enquanto categoria e não afrontar quem quer que seja. Como já disse, creio que só cheguemos à conclusões importantes quando discutimos os problemas. Para mim, engajamento político e sindical não é apenas concordar com o sindicato, mas fazer dele um instituto melhor.Obrigada.

      • 26. apeoesp  |  27/04/2013 às 10:39

        Prezada professora Fernanda,
        Há , sim, posicionamento do sindicato, publicado no site da entidade e enviado por meio de boletim para todas as subsedes. O procedimento da SEE é ilegal.
        Bebel

  • 27. João  |  07/05/2013 às 00:54

    Cara Bebel e demais professores, eu sou funcionário público, mas de outra secretária ( Segurança) Tenho 57 anos e estou aposentado faz 2 anos , as mazelas são quase as mesmas , baixos salários, falta de prestigio perante a sociedade, risco de morte,doenças do trabalho (tenho diabetes e hipertenção) no nosso serviço ,as pessoas trabalham doentes com depressão e o pior armadas !!!!! Por isso o indice de suicídios é muito grande na polícia em geral , só que o governo não divulga. Na nossa categoria só tem uma coisa boa, não existe a figura do policial temporário.São todos funcionários públicos efetivos. Na minha opinião a carreira de professor efetivo vai ser extinta, é triste dizer isso , mas é o que penso. Fiz todo o ensino fundamental e médio durante a Ditadura Militar e me lembro dos professores bem vestidos, motivados,bem pagos . Existia um clima de muito respeito dos alunos pelos professores e vice e versa. Em qualquer país civilizado do mundo o professor é tratado com admiração e carinho. Infelizmente estamos longe disso. Os anos passam e passam e professor cada vez menos prestigiados .Mas eu sou otimista ! Quem sabe até 2213 o governo vai melhorar o nosso ensino !!!! Quem viver verá, não é mesmo !!!!! Abraços a todos os Mestres , a categoria mais importante do País !! A Maior riqueza de um País não está no seu solo ou na sua fauna, mas na formação e educação de seu Povo!!!

    Responder
    • 28. apeoesp  |  07/05/2013 às 18:05

      Prezado senhor João,
      Não cesso de lutar e acreditar que uma educação pública de qualidade é possível. Esta transformação não depende de providências que vão além de nossas capacidades. Elas dependem de nossa decisão, de nossa determinação, de nossa capacidade de nos indignarmos e de lutar. Claro, há momentos em que desanimamos um pouco, tantas são as dificuldades, mas logo olhamos ao nosso redor e voltamos a querer a mudança, tão necessária. Em 2014 teremos eleições. Elas são fundamentais para alterar este estado de coisas.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,858,372 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em

%d blogueiros gostam disto: