Esclarecimentos sobre a Portaria CGRH 11/2013 – atribuição de aulas

08/08/2013 at 23:48 74 comentários

Diante da estranheza causada pela Portaria CGRH nº 11/2013, que dispõe sobre as inscrições para o Processo de Atribuição de Classes e Aulas e a Realização da Prova do Processo Seletivo Simplificado para o ano Letivo de 2014, a qual menciona a prova de avaliação para professores da categoria F (abrangidos pela LC 1010/07), a Presidência da APEOESP entrou em contato com a Secretaria da Educação para cobrar a manutenção do que foi acordado ao final da greve de abril-maio 2013, ou seja: a extinção desta prova para os professores da categoria F.

Foi-nos explicado que, em virtude do recesso parlamentar e ajustes jurídicos, não foi possível o encaminhamento do projeto de lei para a Assembleia Legislativa anteriormente, o que será feito nos próximos dias. Segundo a SEE, tão logo seja aprovado o projeto, a classificação dos professores da categoria F para a atribuição de aulas voltará a ser feita considerando-se o tempo de serviço. Devemos, então, pressionar os deputados estaduais para que aprovem o projeto rapidamente, assim que o governo o enviar à Assembleia Legislativa.

Reproduzimos, a seguir, íntegra do comunicado da CGRH sobre esta questão.

“Para Maria Izabel Azevedo Noronha

Presidenta da APEOESP

Este Centro de Ingresso e Movimentação do Departamento de Administração de Pessoal da Coordenadoria de Gestão de Recursos Huma­nos da Secretaria de Estado da Educação, ao qual compete planejar, instruir e orientar os processos anuais de atribuição de classes e aulas das esco­las, norteando as Diretorias de Ensino quanto à sua gerência e desenvolvimento esclarece que em virtude da necessidade do cumprimento de prazos e cronogramas já estabelecidos por esta Pasta, a Portaria CGRH n.º 11, de 05/08/2013 orienta e informa aos docentes contratados, bem como àqueles que pretendem atuar na rede estadual de ensino, procedimentos iniciais para participação no Processo Seletivo Simplificado Docente para Atribuição de Classes/ Aulas 2014.

Considerando que, encontra-se em trâmite, proposta de alteração da LC 1.093/2009, faz-se necessário garantir aos docentes abrangidos pelas disposições da LC 1.010/2007, a inscrição para participação no Processo Seletivo. Desta manei­ra, ocorrendo alterações previstas em legislação, este Centro de Ingresso e Movimentação reali­zará as ações necessárias, adaptando os sistemas de cadastro/inscrição docente, atendendo o que se fizer necessário.

Atenciosamente

CEMOV/DEAPE/CGRH”

 

 

 

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Resolução sobre Gratificação de Atividade Pedagógica Manifestação do 14 de agosto pela apuração do desvio de verbas do Metrô de SP

74 Comentários Add your own

  • 1. Marcela  |  09/08/2013 às 00:00

    Não entendi… a portaria fala que os professores categoria O devem realizar a prova. Mas um dos acordos para o encerramento da greve não foi a desobrigação da realização dessa prova para os professores cat. O uma vez que já tivessem atingido a nota mínima?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  09/08/2013 às 23:03

      Prezada professora Marcela,
      Conforme informado em diversos boletins da APEOESP e textos neste blog, o governo afirmou que isto não era viável legalmente e manteve a prova, tornando-a classificatória e não mais eliminatória. Continuamos insistindo pela sua extinção.
      Bebel

      Responder
  • 3. MAURO DA COSTA  |  09/08/2013 às 01:07

    Bebel fiz a inscrição para a prova do mérito e no GDAE está dizendo que não poderei fazer a prova porque não atendo o requisito assiduidade, no entanto, estou sem entender, estou com um bloco de licença prêmio para ser contado e nem falto, o que devo fazer?

    Responder
    • 4. apeoesp  |  09/08/2013 às 22:59

      Prezado professor Mauro da Costa,
      Procure o departamento jurídico na subsede para providências cabíveis.
      Bebel

      Responder
  • 5. Emerson Arquimedes  |  09/08/2013 às 03:19

    Bebel do céu, estou aguardando tanto 2014, mas tanto que você não tem noção, porque que não esperam o projeto de lei até parece que foi acordado e esquecem de tudo, somente senhores, olha vamos aguardar o desenrolar, na minha opinião estão querendo fazer testes.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  09/08/2013 às 22:58

      Prezado professor Emerson,
      A informação da SEE é a de que os projetos estão pronto aguardando apenas providências formais do Palácio dos Bandeirantes para serem encaminhados à ALESP.
      Bebel

      Responder
  • 7. Isis Beatriz  |  09/08/2013 às 15:06

    Boa tarde,
    gostaria que através da presidente da APEOESP, uma atitude fosse tomada, a APEOESP não tem o respeito e a lisura de se quer responder e-mails estarei indo pessoalmente para fazer umareclamação formal. Pois vocês também estão infringindo leis,estatutos.
    Att,

    Isis Beatriz

    Responder
    • 8. apeoesp  |  09/08/2013 às 22:54

      Prezada professora Isis,
      Não consegui saber de que se trata. Poderia encaminhar seu e-mail para presiden@apeoesp.org.br?
      Bebel

      Responder
  • 9. Paulo Roberto Lizas  |  09/08/2013 às 21:41

    Desculpe-me, mas estou estranhando mais ainda.
    Lembro-me que ao fim da greve chegou um comunicado da APEOESP, dizendo que uma das negociações acertadas era a extinção das provas obrigatórias para os professores de categoria O já aprovados no concurso anterior, agora não vejo este assunto em lugar algum.

    Responder
    • 10. apeoesp  |  09/08/2013 às 22:53

      Prezado professor Paulo,
      Creio que há um equívoco da sua parte. Não houve boletim vinculando o fim da prova para categoria O a concurso anterior. De fato, pautamos a questão da extinção da prova para categoria O, simplesmente, mas em vários boletins posteriores, inclusive textos aqui no blog, informamos que o governo não aceitou extinguir a prova e sim torná-la classificatória. Nós continuamos lutando para que a prova seja extinta. Este assunto está em praticamente todos os materiais que a APEOESP editou desde maio.
      Bebel

      Responder
  • 11. scamargo2margo  |  10/08/2013 às 13:02

    Bebel, sendo a prova classificatória para categoria O, como seria o processo de atribuição ? Quais seriam as mudanças de fato na hora do professor participar da atribuição de aula na diretoria ?

    Responder
    • 12. apeoesp  |  17/08/2013 às 15:15

      Prezado professora sacamargo,
      Todos poderão participar do processo inicial de atribuição. Não há aprovados e reprovados.
      Bebel

      Responder
  • 13. CRIS  |  11/08/2013 às 02:28

    OLHA BEBEL , ESTOU COM DUVIDA SOBRE A INSCRICAO: SOU PROFESSORA CATEGORIA F,E PELO QUE ENTENDI NAO FAREMOS MAIS A PROVA E NOSSA CLASSIFICACAO SERA PELOS PONTOS E TITULOS CORRETO? MAS SE EU FOR TRABALHAR COMO TEMPORARIO TEREI QUE FAZER UMA INSCRICAO A PARTE E, COMO JA PASSEI EM PROVA ANTERIORES COMO CATEGORIA F NAO PRECISAREI FAZER NOVA PROVA? LI A RESOLUCAO E ESTOU EM DUVIDA
    GRATA CRIS

    Responder
    • 14. apeoesp  |  17/08/2013 às 15:16

      Prezada professora Cris,
      Esta dúvida levaremos para o secretário na próxima reunião, dia 2 de setembro, pois não está clara esta situação.
      Bebel

      Responder
      • 15. prof Silva  |  22/08/2013 às 23:28

        Está claro, sim, todos candidatos efetivos e estáveis candidatos ao segundo cargo devem fazê-la!!!
        É só ler o comunicado novamente, Portaria CGRH nº 11 , de 05.08.2013.
        Artigo 2º – Os candidatos à contratação temporária serão classificados para participar do processo inicial de atribuição de classes e aulas, desde que, participem da Prova de Avaliação – 2013, a ser realizada pela Secretaria da Educação.
        Tem vários incisos no artigo afirmando a prova, não importa se efetivo ou estável, todos devem fazê-la!!!
        É só ler e prestar atenção!!!

      • 16. apeoesp  |  23/08/2013 às 02:48

        Prezado professor Silva,
        Creio que não leu o comunicado. Tão logo a ALESP aprove o projeto de lei que extingue a prova para professores da categoria F, esta portaria, neste item, terá que ser modificada. No momento, não pode haver conteúdo diferente na portaria, tendo em vista que a lei 1093/2009 ainda não foi alterada.
        Bebel

  • 17. Cristina F C Porto  |  11/08/2013 às 21:02

    E sobre o novo plano de carreira… Li a última minuta da reunião e vi que pouca coisa mudou. Por exemplo o interstício continua longo entre os níveis. E também anteriormente eu já havia solicitado a inclusão do pós-doutorado como fator de aperfeiçoamento (já que esta atividade tem a mesma finalidade e tempo de uma especialização) mas não foi incluído, assim o pós-doutorado que fiz não pontua nada para a SEE, o que é muito injusto visto ser uma pesquisa tão ampla. Por favor, Bebel vê na próxima reunião se não dá para acrescentar este item no quadro de cursos que pontuam.
    Obrigada.

    Responder
    • 18. apeoesp  |  17/08/2013 às 15:19

      Prezada professora Cristina,
      Os interstícios não serão discutidos agora, pois mudanças na lei ficarão para um próxima etapa. Vou levar a sua reivindicação quanto ao pós doutorado. Talvez fique para a próxima etapa também.
      Bebel

      Responder
  • 19. oliveira.  |  12/08/2013 às 20:07

    PREZADA PRESIDENTA BEBEL; GOSTARIA DE SABER A RESPEITO DOS PROF. CATEGORIA F QUE FORAM APROVADOS NAS PROVAS; ESSES PROFESSORES PEGARÃO AULAS APÓS OS PROF.DE CATEGORI F QUE FORAM REPROVADOS NAS PROVAS ; E POR APRESENTAREM MAIS TEMPO DE SERVIÇO.COMO FICAM OS DE CATEGORIA F QUE FORAM BEM NAS PROVAS?OBRIGADO.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  17/08/2013 às 15:00

      Prezado professor Oliveira,
      A partir do momento em que a ALESP aprovar a extinção da prova, ela deixará de ser critério para a atribuição.
      Bebel

      Responder
  • 21. C  |  12/08/2013 às 22:40

    Bebel, eu não sei o que dizer se choro ou rio, participaei de todos os processos seletivos e passei em todos com ótimas notas, estudei e consegui nesses três anos ficar no topo da tabela de classificação categoria F. Se a nota da prova não ter mais eficácia, voltarei ao rabo da fila; pergunto: isso é justo? Por que os professores que não conseguiram a aprovação não estudaram? Ficam anos e anos no estado, não estudam e querem apenas regalias. O estado não precisa de professores experientes e sim professores competentes. A essas alturas do campeonato, cancelar a prova colocará muitos professores aprovados em desvantagem, Se isso acontecer, teremos um sindicato dividido.

    Responder
    • 22. apeoesp  |  17/08/2013 às 14:48

      Prezado professor C,
      A APEOESP sempre lutou pelo fim desta prova. Consideramos que ela não avalia todas as capacidades e competências do professor e que o te mpo de serviço tem que ser valorizado. A prova pode tê-lo beneficiado, mas prejudicou outras centenas de professores.
      Bebel

      Responder
  • 23. Edna  |  13/08/2013 às 00:23

    Não houve engano, e se houve, não foi de nossa parte, pois recebi vários informes na minha casa, inclusive levei para a escola para mostrar aos colegas, e cheguei a perguntar aqui mesmo para você Bebel,e na íntegra,(copiei e colei) estava escrito em informes, sobre os avanços:

    “Fim da prova exigida dos professores da chamada “cate­goria O” que já pertencem à rede estadual.”

    Responder
    • 24. apeoesp  |  17/08/2013 às 14:44

      Prezada professora Edna,
      Como já esclarecemos diversas vezes, houve sim este ponto na reunião de negociação, mas o governo alegou problemas jurídicos, na medida em que a legislação federal obriga a processo seletivo para contratações por tempo determinado. Continuamos lutando para que os professores que já fizeram a prova uma vez não tenham que fazê-la de novo.

      Responder
  • 25. kely regina  |  13/08/2013 às 01:25

    Bebel…
    Você sabe me falar como será a atribuição de aula para 2014, somente efetivos e Cat.F. poderão acumular cargo…podendo entrar como contratados….como será essa classificação ?Entrarão na mesma lista nossa Cat.O?
    AGUARDO RESPOSTA
    ABRAÇOS

    KELY

    Responder
    • 26. apeoesp  |  17/08/2013 às 14:42

      Prezada professora Kely,
      Sim, somente efetivos e categoria F. Precisamos aguardar a resolução de atribuição de aulas para verificar quais são os procedimentos adotados neste caso.
      Bebel

      Responder
  • 27. Edilza  |  13/08/2013 às 22:37

    Bebel, a gerente de minha escola falou que o prof. da categoria F reprovado não precisa fazer prova isto é verdade, por favor responda. Obrigada

    Responder
    • 28. apeoesp  |  17/08/2013 às 14:29

      Prezada professora Edilza,
      Por favor, leia o esclarecimento publicado acima. A prova para o professor da categoria F será extinta, tão logo a LESP aprove o projeto de lei que será enviado.
      Bebel

      Responder
  • 29. Flávia  |  14/08/2013 às 10:28

    Cara Maria Izabel…..ouvi rumores na escola, vindo da secretária de que além da extinção da carga reduzida eles tbm iriam extinguir a jornada integral, ou seja de acordo com ela se eu que tenho 26 aulas e este ano optar pelas 32 para o ano que vem não poderia ampliar a carga para a integral e somente suplementar…confere??? aguardo resposta…obrigada.

    Responder
    • 30. apeoesp  |  17/08/2013 às 14:22

      Prezada professora Flávia,
      São rumores, nada há de oficial. Quanto à jornada reduzida, estamos recorrendo judicialmente.
      Bebel

      Responder
  • 31. André Luiz  |  14/08/2013 às 13:22

    Bom dia, sou categoria F não aprovado gostaria de saber se tenho que participar da prova do processo seletivo porque minha diretora disse que a prova tinha sido extinta e agora me disseram que foi um mal entendido e tenho que participar da prova normalmente.
    Obrigado

    Responder
    • 32. apeoesp  |  17/08/2013 às 14:18

      Prezado professor André,
      Tão logo seja extinta a prova – o projeto de lei será remetido à ALESP – a portaria será alterada e não terá que prestar a prova.
      Bebel

      Responder
  • 33. Andre Luiz  |  14/08/2013 às 18:45

    Sou categoria F reprovado e minha diretora disse que a prova no final do ano tinha sido extinta e para minha surpresa hoje a secretaria da escola disse q a prova será aplicada normalmente, me explique o que acontece???? OBRIGADO

    Responder
    • 34. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:59

      Prezado professor André,
      Creio que não leu o esclarecimento que está publicado acima. A prova para a categoria F será extinta. Consta ainda na portaria porque a lei ainda não foi modificada. Tão logo o projeto seja aprovado na ALESP, a portaria será modificada.
      Bebel

      Responder
  • 35. Débora Cortizo  |  14/08/2013 às 19:18

    Prezada Bebel,
    Gostaria de esclarecer uma dúvida, no ano passado tirei uma compulsória devido a uma conjutivite e apenas as abonadas, fiz a inscrição do mérito e a resposta veio que falta assidiudade, licença compulsória conta como falta nesse caso.

    agradecida

    Débora

    Responder
    • 36. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:57

      Prezada professora Débora,
      O governo conta, mas não concordamos. Procure o departamento jurídico na subsede para recorrer.
      Bebel

      Responder
  • 37. Silvio.  |  14/08/2013 às 19:40

    Bebel perguntei em outro post mas não encontrei resposta…pelo jeito então a jornada reduzida será extinta??? Não foi oferecida na remoção, não estão dando opção para quem vai se inscrever no processo de 2014…Isso realmente procede? A jornada reduzida vai acabar mesmo??? Se acabar só atesta ainda mais a incompetência do Estado em atrair ( e manter) profissionais para dar aulas…a maioria dos efetivos optou pela reduzida e o Estado ficou sem professor para dar aulas.,.e ainda anunciam a opção de contratação temporária como se fosse uma conquista…é sacrificar mais ainda o professor estadual sacrificado…porque não pagam salário dignos como faz a prefeitura de São Paulo…Aguardo.

    Responder
    • 38. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:56

      Prezado professor Silvio,
      A intenção do governo é extingui-la, mas isto é ilegal. Teria que modificar a LC 836/97. Por isto estamos recorrendo ao judiciário.
      Bebel

      Responder
      • 39. Silvio  |  21/08/2013 às 03:36

        Bebel obrigado pela atenção de costume…realmente eles fizeram tanto alarde com a criação das jornadas reduzidas e integral e agora querem extingui-lás…qual o motivo alegado por eles? Que não tem professores? Que tal pagar salários dignos…adoraria dar aulas só no estado e não em três turnos…E é muito saber que o sindicato está atento mais essa manobra do governo…acabar com a jornada reduzida é atestar imcompetência…tem como entrar com ação e exigir jornada reduzida????Aguardo.Abraços. Silvio.

      • 40. apeoesp  |  23/08/2013 às 03:21

        Prezado professor Silvio,
        Sim. O professor que se sentir prejudicado deve ingressar com ação por meio da APEOESP.
        Bebel

  • 41. Daniel  |  14/08/2013 às 22:01

    Acho que o governo de SP não vai cumprir novamente a jornada do piso. São um bando de irresponsáveis. Veiculam na tv que o estado está melhorando a educação sendo que o professor não tem tempo suficiente para preparar suas aulas. Tem que sobrar mais dinheiro para eles roubarem!

    Isso não uma crítica a você, Bebel! É ao estdo de SP!

    Responder
    • 42. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:51

      Prezado professor Daniel,
      Não desisto tão fácil de uma luta e os professores também não. Faremos atos, passeatas, greve se preciso, mas vamos continuar lutando.
      Bebel

      Responder
  • 43. malu  |  14/08/2013 às 23:43

    BOA NOITE BEBEL !
    ESTOU MUITO AFLITA POIS,ESTAVA CERTA QUE NÃO TERÍAMOS MAIS A PROVA PARA OS PROFESSORES CATEGORIA F REPROVADO MAS AGORA COM ESTE ARTIGO DA SEE CHEGUEI A CONCLUSÃO QUE MAIS UMA VEZ TEREI QUE FAZER ESSA PROVINHA.

    Responder
    • 44. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:50

      Prezada professora Malu,
      Creio que não leu o esclarecimento que publiquei neste blog. Uma vez aprovada a lei, cai a exigência da prova. O projeto será enviado à Assembleia Legislativa.
      Bebel

      Responder
  • 45. Sílvia  |  15/08/2013 às 02:04

    Olá Bebel
    Tenho uma dúvida. O professor que tem jornada reduzida (9 aulas), poderá manter para o ano que vem se permanecer na mesma UE?
    Agradeço.
    Um abraço.

    Responder
    • 46. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:46

      Prezada professora Silvia,
      Sim, para quem já possui. Não será mais oferecida para novos, mas estamos recorrendo judicialmnte.
      Bebel

      Responder
  • 47. Alexandre  |  15/08/2013 às 06:04

    Esse tipo de atitude é sempre igual. Promessas e mais promessas e terminam em pizza. Acordos e mais acordos e nada concreto ao professor. Promessas…
    Creio que não teve equivoco nenhum no que o profº Paulo disse. Também vi anúncio da APEOESP colado na minha escola dizendo que a prova para a categoria F e O não seriam obrigatórias e sim classificatórias.
    Quer dizer que se não fizermos a prova não poderemos lecionar logo de inicio e as notas anteriores de nada servem para classificação?
    Tudo na mesma pelo jeito… Enquanto isso muitos nem fizeram prova nenhuma e estão lecionando em caráter de emergência. Projetos que disseram ser conquistas engavetados, meses após a greve, e agora dizem que o governo não aceitou o que tinha aceitado e que a APEOESP divulgou; só rindo…

    Responder
    • 48. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:45

      Prezado professor Alexandre,
      Creio que você não leu corretamente o boletim da APEOESP nem o esclarecimento publicado neste blog, que vem do próprio governo.
      A prova do professor da categoria F será extinta e a do categoria O será classificatória. Os projetos serão enviados à ALESP, como diz o próprio governo. Sendo aprovados, as resoluções automaticamente se modificam, pois não podem contrariar a lei.
      Quanto aos acordos, sim, eles tem que ser firmados pelo sindicato com o governo. Eles serão tanto melhores, quanto melhores forem nossas mobilizações. suponho, assim, que você tenha realizado as três semanas de greve em abril-maio e que sua escola tenha se paralisado totalmente, graças ao seu empenho na luta. Se todos tivessem agido da mesma maneira, teríamos tido uma vitória muito maior, pois campanha salarial é pressão e a pressão tem que ser grande para levar um governo intransigente a conceder o que desejamos
      Bebel

      Responder
  • 49. monica  |  15/08/2013 às 14:54

    Bebel e os professores da categoria f que não atingiram a media serão obrigados a fazer aprova no final do ano .

    Responder
    • 50. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:08

      Prezada professora Monica,
      Conforme esclarecimentos que publicamos, esta prova será extinta. Ocorre que o projeto de lei ainda não foi encaminhado à ALESP. Por isso a prova ainda é citada.
      Bebel

      Responder
  • 51. Elsa  |  16/08/2013 às 12:59

    Cara Bebel
    Fiz a inscrição da 22 e efetivei este ano. Como devo proceder? Quando sai deferido ou indeferido? Há uma data?

    Responder
    • 52. apeoesp  |  17/08/2013 às 13:21

      Prezada professora Elsa,
      Ainda não temos esta informação.
      Bebel

      Responder
  • 53. daniel  |  16/08/2013 às 23:36

    Vcs irão fornecer material da especifica pra estudo do concurso publico? Tinha uma apostila para estudo no site mas parece que tiraram!

    Responder
    • 54. apeoesp  |  17/08/2013 às 12:55

      Prezado professor Daniel,
      Sim, mas a bibliografia acaba de ser modificada. Estamos providenciando novos materiais.
      Bebel

      Responder
  • 55. Marcos Z Farhat Jr  |  22/08/2013 às 18:33

    Atualmente possuo jornada reduzida, porém optei pela jornada inicial na inscrição para atribuição de aulas 2014. Poderei declinar na hora da atribuição e manter minha jornada reduzida?

    Responder
    • 56. apeoesp  |  23/08/2013 às 02:51

      Prezado professor Marcos,
      Segundo informação recolhida junto à SEE, quem já possui jornada reduzida poderá mantê-la. Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 57. verônica  |  30/08/2013 às 07:54

    olá eu fui na diretoria norte 2 para fazer a inscrição para atribuição de 2014, mas eu já terminei o curso de Pedagogia e estou com o certificado de conclusão e que está escrito no mesmo que eu estou aguardando o histórico escolar e o diploma que vai ficar pronto dia 22-09, mas as supervisora me dieram que sem o histórico escolar vai da indeferido a minha inscrição. Isto é verdade ou eu posso entrar com algum recurso

    Responder
    • 58. apeoesp  |  30/08/2013 às 08:57

      Prezada professora Verônica,
      Se for associada da APEOESP, procure o departamento jurídico para garantir a sua inscrição com o documento provisório, O diploma deve ser exigido quando for assumir aulas.
      Bebel

      Responder
  • 59. daniel  |  02/09/2013 às 22:37

    A Apeoesp oferecerá curso preparatório para concurso? (Sou da DE Norte2)

    Responder
    • 60. apeoesp  |  03/09/2013 às 02:50

      Prezado professor Daniel,
      Sim. Procure a subsede.
      Bebel

      Responder
  • 61. Helio Jr  |  04/09/2013 às 22:36

    Eu trabalho na Diretoria de ensino e de surpresa em uma reunião foi abordado sobre uma minuta do processo de atribuição 2014, onde consta que os readaptados, professores que trabalham na DE e das escolas tempo integral não participaram da atribuição(mesmo os efetivos- não terão aulas atribuídas) e caso tenham que voltar no meio do ano 2014 terão que participar da atribuição e pegar aula onde tiver, e não souberam explicar sobre a pontuação e no exemplo citado se atribuição do outro ano (2015) poderemos voltar a sede.. Isso é legal ?

    Responder
    • 62. apeoesp  |  08/09/2013 às 18:20

      Prezado professor Hélio Junior,
      Ainda não tivemos acesso à minuta. A SEE nos assegurou que poderemos acompanhar a elaboração da minuta de atribuição de aulas, por meio de uma equipe técnica entre a SEE e a APEOESP. Não vamos permitir prejuízos aos professores.
      Bebel

      Responder
  • 63. Mary Ferreira  |  02/10/2013 às 01:04

    Olá Bebel, boa noite!
    Hoje na minha U.E ouvi falar sobre a mudança de carga reduzida para o professor categoria F de 12 aulas para 19 aulas.
    Ouvimos tb que será extinta a carga reduzida de 12 aulas….e que o termo categoria F passará para P.A.P………isso PROCEDE?

    Responder
    • 64. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:55

      Prezada professora Mary Ferreira,
      Não há nenhuma alteração na situação do professor da categoria F a não ser extinção da prova. Com a extinção da prova, deixa de existir as horas de permanência. Assim, é possível que o governo estimule os professores a assumirem mais aulas, limitando a carga reduzida, pois faltam professores.
      Bebel

      Responder
  • 65. Fran  |  21/10/2013 às 13:33

    Gostaria de saber se na atribuição de aulas para 2014, todos os professores cat. O, cat.F, etc, estarão em um mesmo listão ou continuará a discriminação.

    Responder
    • 66. apeoesp  |  27/10/2013 às 12:30

      Prezada professora Fran,
      Lutamos por uma lista única, mas ainda haverá a divisão: efetivos, estáveis, celetistas, categoria F, categoria O, nesta ordem.
      Bebel

      Responder
  • 67. Marcelo Schimtt  |  24/10/2013 às 00:57

    Bebel, gostaria de saber se eu professor cat. O se não aprovado no processo seletivo, vou poder participar da atribuição de aulas 2014?

    Obrigado.

    Responder
    • 68. apeoesp  |  27/10/2013 às 12:08

      Prezado professor Marcelo,
      Não existirão mais aprovados e reprovados. A prova é classificatória. Havendo aulas, poderá participar.
      Bebel

      Responder
  • 69. ronaldo zanini  |  13/12/2013 às 19:38

    Gostaria de saber se teremos algum argumento para recorrer sobre a obrigatoriedade de cat F de atribuir 19 aulas<

    Responder
    • 70. apeoesp  |  14/12/2013 às 15:06

      Prezado professor Ronaldo,
      O jurídico está estudando a questão, mas em princípio não há. O professor ficaria com 12 aulas apenas se não passasse na prova (que não é mais obrigatória) ou se não houvesse aulas disponíveis.
      Bebel

      Responder
  • 71. ronaldo zanini  |  13/12/2013 às 19:43

    Existe algum meio juridico de me afastar das minhas funcões(PROF. CAT F) o sem perder a cat. Estou necessitando resolver problemas pessoais.

    Responder
    • 72. apeoesp  |  14/12/2013 às 15:03

      Prezado professor Ronaldo,
      Creio que não, mas informe-se pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 73. Marcos Paulo Dias  |  18/09/2014 às 11:34

    Prezada presidente Bebel, meu contrato como categoria “O”, teve inicio em 10/2013, poderei realizar minha inscrição para atribuição de aulas 2015, e a informação que poderei também ter aulas atribuidas na própria sede, procede?

    Atenciosamente.

    Professor Marcos Paulo Dias

    Responder
    • 74. apeoesp  |  20/09/2014 às 09:54

      Prezado professor Marcos,
      A primeira versão das inscrições não permitia a inscrição de professores com contrato vencendo em 2014. A SEE informou que está revendo este ponto. Outro ponto é a duzentena, que ainda é imposta aos professores. Ingressamos com ação judicial para que seja permitida a quarentena a todos os professores.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,931,923 hits

%d blogueiros gostam disto: