Governo envia dois novos projetos de lei para a ALESP

26/09/2013 at 20:51 102 comentários

● Acaba a prova para os professores da “categoria F” ● Prova para “categoria O” não será mais eliminatória ● “Quarentena” será reduzida de 200 para 40 dias ● Todos os professores podem converter 30 dias de licença prêmio em dinheiro.

Pontos negociados durante a greve dos professores estão sendo concretizados

Entre os dias 19 de abril e 10 de maio, realizamos uma greve que chamou mais uma vez a atenção da sociedade para a questão salarial, a carreira e as condições de trabalho da nossa categoria e seus impactos sobre a qualidade do ensino.

A força do movimento, apesar das condições adversas em que se realizou, levou à Avenida Paulista milhares de professores, que realizaram memoráveis passeatas até a sede da Secretaria da Educação. Nossa perseverança conseguiu obter negociação com o Secretário da Educação, na qual ficaram acordados importantes pontos da pauta de reivindicações, levando à suspensão do movimento.

A diretoria da APEOESP, comprometida com a luta dos professores, não deixou e nunca deixará de lutar até as últimas consequências para que cada um dos pontos negociados se torne realidade. E isto está ocorrendo.

Parabéns aos professores e professoras que se mobilizam e acreditam na força e na luta da nossa categoria.

Até o momento, já foram concretizados:

Assunto

Encaminhamento

Observações

Salários

– Elevação do   reajuste de 6% para 8,1% em julho de 2013.

 

O Secretário   acordou que negociará salários ainda no segundo semestre de 2013.

Concurso

– Realização   do maior concurso da rede, com 59 mil vagas. As inscrições estão abertas e a   prova será realizada em 17/11.

– O curso da escola de formação deixa   de ser etapa eliminatória do concurso e passa a ser parte do estágio   probatório, sem caráter eliminatório.

 

Continuamos   lutando para que seja realizado também concurso para PEB I.

Professores da   “categoria F”

Fim da prova   de avaliação anual – PLC 34/2013.

 

Professores da   “categoria O”

Prova   classificatória para os professores da categoria O.

PLC 34/2013

Redução da quarentena de 200 para 40   dias até 2016.

PLC 34/2013

Direito a férias é adquirido com 12   meses de exercício e não mais de “efetivo” exercício. (PLC 34/2013)

Manutenção da possibilidade de   prorrogação dos contratos.

A APEOESP irá   apresentar emendas para aperfeiçoar o PLC 34/2013 de acordo com as   necessidades da categoria.

Queremos que os professores da   “categoria O” tenham as mesmas condições dos professores da “categoria F”,   até que sejam efetivados por meio de concurso público.

 

 

 

O direito ao IAMSPE para os   professores da categoria O é objeto de Projeto de Lei que será encaminhado   pelo Governo à ALESP.

Remoção

Direito à   remoção e uso do artigo 22 para professores em estágio probatório, assim como   para os demais professores efetivos e estáveis. As inscrições estão abertas.

 

Licença-prêmio

Direito de   converter em pecúnia 30 dias da licença-prêmio (PLC 35/2013).

 

IAMSPE

O IAMSPE não   será privatizado. Esta foi uma das bandeiras da nossa greve.

 

Reposição e   pagamento das aulas e retiradas das faltas dos prontuários.

 

As aulas estão   sendo repostas e pagas. As faltas serão retiradas.

 

Regulamentação   da Lei 1143/2011 – alteração do plano de carreira

 

Na comissão   paritária, além de outros avanços conseguidos, nossa proposta (memorial do   professor) derrotou a do governo por oito votos a três, como mais uma   possibilidade de promoção na carreira, além da prova, de acordo com a escolha   do professor. O governo pretendia que fosse obrigatório que o professor   fizesse também a prova.

O Secretário   já anunciou que a base para discussão de uma nova carreira será a lei   complementar 444/85 (Estatuto do Magistério), abrindo a possibilidade de   recuperarmos direitos que nos foram retirados. Uma carreira atraente foi um   dos pontos da greve.

Jornada do   piso

 

Será discutida   ainda no segundo semestre

A SEE   discutirá a implantação da jornada do piso, levando em conta a homologação do   Parecer CNE-CEB 18/2012.

Perícias   médicas

 

Na esteira do   movimento realizado, já conseguimos uma    alteração no sistema de perícias médicas, permitindo que médicos de um   polo possam atender outros polos, visando reduzir a necessidade de   agendamento em regiões mais distantes. Continuaremos lutando pelo   aprimoramento deste atendimento, para atender às necessidades dos   professores.

 

Temos   conseguido junto à CGRH reagendamentos de perícias inicialmente marcadas para   locais distantes das residências dos professores.

 

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Inscrições para concurso de PEB II devem ser abertas nesta quinta, 26/09 Melhor Educação para um mundo melhor

102 Comentários Add your own

  • 1. Emerson Arquimedes  |  27/09/2013 às 03:41

    Bebel esse senhor quer se reeleger, nunca mais PSDB nem por reza brava, vamos a luta como sempre fomos, porque esse povo tem que cair, se Deus quiser….

    Responder
  • 2. Fábio Oliveira  |  27/09/2013 às 18:19

    Prezada Bebel,

    A SEE publicou em seu site que os professores ingressantes poderão optar pela jornada reduzida, e quanto aos já efetivos que não puderam optar por essa jornada, afinal, não somos todos professores pertencentes a mesma categoria?Qual o posicionamento do Sindicato perante tal fato? E, podemos aguardar alguma ação por parte do Sindicato para defender a isonomia?

    Atenciosamente,

    Prof Fábio Oliveira

    Responder
    • 3. apeoesp  |  01/10/2013 às 13:58

      Prezado professor Fábio,
      A SEE não está disponibilizando a jornada reduzida. Esta é uma das razões pelas quais estamos orientando os professores que tiverem sua inscrição indeferida por este motivo a procurar o departamento jurídico para ingressarem com ações individuais.
      Bebel

      Responder
  • 4. Prof Clovis  |  27/09/2013 às 19:05

    A retirada das faltas do prontuário é imediata após a reposição ou depende de alguma outra coisa?

    Responder
    • 5. apeoesp  |  01/10/2013 às 13:42

      Prezado professor Clóvis,
      Pelo que foi acordado com a SEE, a retirada é imediata, após a repsoição.
      Bebel

      Responder
  • 6. Vilma  |  28/09/2013 às 07:49

    Prezada Bebel,
    Segundo a notícia abaixo, o governo continua a passar por cima das decisões superiores. O que devemos fazer nesse caso?
    Estamos quase no final do segundo semestre, a lei do piso, com certeza, não será cumprida mais um ano…
    Abraços

    http://www.agora.uol.com.br/trabalho/2013/09/1348905-servidor-da-educacao-podera-ter-revisao-de-ate-1774.shtml

    Responder
    • 7. apeoesp  |  01/10/2013 às 13:29

      Prezada professora Vilma,
      Nós estamos lutando pelo cumprimento da lei do piso. Estamos cobrando do Secretário a negociação prometida. Temos ações judiciais tramitando em Brasília (STJ e STF). O parecer 18/2012, que determina a negociação sobre a jornada do piso foi homologada pelo Ministro da Educação. Não pretendemos e não vamos desistir. Queremos a aplicação da lei e continuaremos a pressionar.
      Bebel

      Responder
  • 8. oliveira.  |  28/09/2013 às 11:59

    Concordo plenamente com o fim das provas para a categoria f; pois;foi uma de nossas reivindicações, agora os pontos das provas que suamos para conquistar não conta mais nada, existem casos de profs. que estão há mais tempo na unidade e não foram tão bem nas provas, pegarão aulas na frente dos aprovados. Desculpe não é uma posição egoísta e sim de esclarecimento. Obrigado.

    Responder
    • 9. apeoesp  |  01/10/2013 às 13:24

      Prezado professor Oliveira,
      A classificação volta a ser feita com tempo de serviço e pontos de títulos. As notas da prova deixam de existir.
      Bebel

      Responder
  • 10. Adriana  |  29/09/2013 às 02:29

    Na escola onde trabalho (E.E. Padre Conrado Sivila Alsina), aqui na D. E. Guarulhos Norte, a supervisora está bradando que vai fechar umas 13 salas… Ela argumenta que houve muita evasão e “é muita folga para os professores ficar trabalhando com número reduzido de alunos nas salas” (palavras dela!). Detalhe: com as evasões que ocorreram este ano, estamos trabalhando com um número de 30 a 35 alunos em cada sala… Isso não me parece pouco…! A sala que tenho menos, está com 27…
    O que acontece com esse pessoal? Fazem questão de salas de aula entulhadas de alunos. No ano passado eu tinha sala com 54 alunos e era insuportável. É isso o que eles desejam? Se forem fechadas 13 salas, como a mulher afirmou (parece que já é certo!), muito professor, efetivo inclusive, vai ficar sem aula…

    Responder
    • 11. apeoesp  |  01/10/2013 às 13:03

      Prezada professora Adriana,
      Vou levar ao assunto ao conhecimento do gabinete da SEE. A APEOESP é contra o fechamento de classes e salas. Se necessário, vamos organizar um movimento contra esta medida.
      Bebel

      Responder
    • 12. Washington  |  05/10/2013 às 02:21

      Na escola em que trabalho vai fechar 4 salas de 6º ano em 2014… Ninguém sabe explicar o porquê…. Alguns dizem que é por causa da municipalização do EF, dizem que o Estado ficará somente com o EM e o Profissionalizante…. Dizem ainda que é intenção do governo em tornar suas escolas em escolas de tempo integral…. Acreditar em quê ??? Por que estão sendo fechadas salas para 2014 ???

      Responder
      • 13. apeoesp  |  05/10/2013 às 12:51

        Prezado professor Washington,
        Por favor, envie um email para presiden@apeoesp.org.br. Estamos fazendo um levantamento de todos os fechamentos de classes e escolas para questionar o Secretário da Educação e reverter este quadro. Informe detalhes: nome da escola, DE, as classes etc.
        Obrigada.
        Bebel

  • 14. alan ueda  |  29/09/2013 às 13:03

    Olá Profª Bebel
    O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta quinta-feira (26/9/2013 ) o estado do Rio Grande do Norte a pagar a perdas decorrentes de conversão salarial de cruzeiros reais para URV (Unidade Real de Valor) a servidores. Os ministros mantiveram a decisão da Justiça Estadual que determinou que o estado recompusesse o salário de uma servidora e fizesse o pagamento de valores atrasados, de acordo com norma federal.
    A decisão atingirá 10.897 processos que estavam parados em todo o Judiciário aguardando decisão do STF. Os estados da Bahia e de São Paulo e a cidade de Belo Horizonte serão afetados pela decisão porque também participaram do processo. O índice de correção será definido em cada estado quando os processos forem executados na Justiça.
    Está decisão do Supremo, vai ajudar o processo contra o Estado??? Como?????
    Abraços
    Profº Alan

    Responder
    • 15. apeoesp  |  01/10/2013 às 13:02

      Prezado professor Alan,
      Pedi ao departamento jurídico um parecer sobre o assunto. Informarei no blog assim que tiver um posicionamento.
      Bebel

      Responder
  • 16. neusa  |  29/09/2013 às 21:55

    Quais os argumentos que o nosso governador tem utilizado para não implantar a nova jornada? Sendo que o estado do Paraná tem menos recursos financeiros e já conseguiram implantar a nova jornada, reduzindo de 32 para 26 horas/aula. Se ele está se utilizando do argumento que faltara professor,eu acho, que de uma certa forma ele já resolveu isso, abrindo “oportunidade” para os professores pegarem mais aulas, além da carga completa.

    Responder
    • 17. apeoesp  |  01/10/2013 às 12:53

      Prezada professora Neusa,
      Concordo com você. Já passou da hora de termos implantada a jornada do piso. Ainda neste semestre, o Secretário comprometeu-se a negociar a implantação. Estamos cobrando e pressionando pela negociação.
      Bebel

      Responder
  • 18. Luiz  |  29/09/2013 às 22:05

    Prezada prof. Maria Izabel,

    A senhora vai fazer algum comentário sobre o tratamento que os colegas do RJ estão recebendo do governo de lá? Ou isso somente acontece quando o governante de plantão não é aliado ao partido de sua simpatia?

    Luiz

    Responder
    • 19. apeoesp  |  01/10/2013 às 12:52

      Prezado professor Luiz,
      A APEOESP é uma entidade estadual. Verifique o blog e verá que não faço comentários sobre as greves de professores ou outras categorias, sobretudo as que ocorrem em outros estados. Cabe à CNTE, entidade nacional, manifestar-se a respeito. Por outro lado, já me pronunciei em muitos momentos com críticas a medidas tomadas por governos de todos os partidos, inclusive o que conta com minha simpatia e filiação. Nenhum partido está isento de erros e falhas e a APEOESP é uma entidade suprapartidária.
      Bebel

      Responder
      • 20. Luiz  |  02/10/2013 às 01:14

        A senhora fez no passado vários comentários sobre a greve dos professores de MG. Basta ver o arquivo de seu blog.
        E, com todo respeito, a entidade Apeoesp pode ser estatutariamente apartidária, mas a impressão que tenho da diretoria em comando é, sim, de proselitismo partidário.
        O partido atualmente no poder de SP, infelizmente, tem administrado tragicamente a educação de SP. Mas, observando os demais estados, a coisa não é muito diferente não. Em alguns, como no RG, é até pior.

        Luiz

      • 21. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:52

        Prezado professor Luiz,
        Fizemos comentários sobre uma greve que teve a ver com a luta pela implementação da jornada do piso, uma questão que diz respeito diretamente à nossa situação no estado de São Paulo. Uma situação que envolve uma questão da qual fui relatora no Conselho Nacional de Educação. A APEOESP não é entidade nacional e não me cabe fazer pronunciamentos sobre todos os movimentos que ocorrem no Brasil. No entanto, este espaço é livre para que você e qualquer outro professor se manifeste.
        Bebel

  • 22. Edson Ferreira  |  30/09/2013 às 13:07

    Bebel , este começo de mês de Outubro promete , o desgovernador Geraldo reconheceu nível Universitário para os policiais civis, que terão aumento ente ano de 15% retroativo a 1º de março e 25% em 2014. Ele já fala em dar o mesmo aumento para os militares.
    Ele não se comprometeu a dar um novo aumento neste semestre?
    Creio que este é o momento, não que os policiais não mereçam o aumento , é justo e necessário, mas e nós professores todos com nIvel universitário e varias pós graduação , como ficamos? Vamos aceitar a receber menos que um telefonista da policia civil? menos que um praça da policia militar? Vamos as ruas , vamos ter como exemplo os professores da rede municipal do Rio de Janeiro.
    Bebel ou reagimos agora ou calamos de vez. A categoria está descontente, Vamos fazer um chamado geral. A situação já passou do limite dos professores. Aumento de salário já e 25% no próximo ano e vamos preparar com festa o fim do desgoverno do PSDB que massacra os professores em São Paulo.
    Assim com eu , milhares de professores só estão esperando o sindicato fazer a convocação. OU NOS TRATA IGUAIS A OUTRAS CARREIRAS COM NÍVEL UNIVERSITÁRIO OU NÃO FECHAMOS O 4º BIMESTRE.

    Responder
    • 23. apeoesp  |  01/10/2013 às 12:25

      Prezado professor Edson
      Houve compromisso do Secretário de discutir a política salarial ainda neste semestre. É preciso lembrar que nossa greve de 2010 conquistou uma política de reajustes salariais entre 2011 e 2014 e que parte das perdas foi reposta. Queremos agora a reposição total das perdas e aumento real e vamos estabelecer um calendário de mobilizações para lutar por isto.
      Bebel

      Responder
  • 24. vanessa  |  30/09/2013 às 13:16

    Bebel…
    Procede essa informação, de que os professores da categoria O terão direito a evolução funcional caso estejam há quatro anos no estado?
    Grata
    Vanessa.

    Responder
    • 25. apeoesp  |  01/10/2013 às 12:22

      Prezada professora Vanessa,
      Ainda não está sendo possível discutir este aspecto do plano de carreira. A rediscussão do plano será objeto da fase seguinte dos trabalhos da comissão paritária.
      Bebel

      Responder
  • 26. Maria  |  30/09/2013 às 20:10

    Olá Bebel! Como fica a situação do professor que deseja fazer o concurso apenas para pontuação ou evolução? Neste novo formato ainda é possível?

    Responder
    • 27. apeoesp  |  01/10/2013 às 11:52

      Prezada professora Maria,
      Quando o professor faz o concurso, mas não assume o cargo, fica com os pontos correspondentes.
      Bebel

      Responder
  • 28. Carla Pita  |  30/09/2013 às 20:14

    Olá Bebel, por favor como estão as negociações para a implantação da jornada do piso ? Obrigada.

    Responder
    • 29. apeoesp  |  01/10/2013 às 11:51

      Prezada professora Carla,
      Há o compromisso do Secretário de negociar a implementação neste segundo semestre, para 2014. Frente à homologação do parecer 18/2012, o Secretário Adjunto disse que a SEE está discutindo o assunto. Temos ainda ações judiciais em Brasília. A perspectiva é de negociar a implantação paulatina, conforme determina o parecer 18/2012.
      Bebel

      Responder
  • 30. Maria  |  01/10/2013 às 19:38

    Olá Bebel, por favor quando vai sair o resultado da prova de promoção por merito ? Será o pagamento retroativo a junho?Obrigada.

    Responder
    • 31. apeoesp  |  05/10/2013 às 14:01

      Prezada professora Maria,
      Ainda não sabemos quando sai o resultado. O pagamento é retroativo a julho.
      Bebel

      Responder
  • 32. Carlos  |  01/10/2013 às 20:27

    Cara presidenta. Sou obrigado a concordar com um comentário feito anteriormente. Se policiais civis e militares terão reajustes ainda esse ano, nós também devemos lutar por isso. Pelo menos uma paralisação com assembeia deveria ser definida para pressionar o governo este ano, pois ano que vem vão alegar, como sempre, que é ano eleitoral e coisa e tal… e nós ficamos no prejuízo de novo.

    Responder
    • 33. apeoesp  |  05/10/2013 às 14:00

      Prezado professor Carlos,
      Nossa categoria teve um reajuste de 8,1% neste ano, que seria de 6% se não tivéssemos realizado a greve. Gostaria de saber qual foi o índice de paralisação na sua escola durante os 21 dias de greve e se haveria disposição para um novo movimento ainda neste semestre. Acredito que devemos parar de nos referenciar em outras categorias e realizar as nossas próprias lutas, aderindo a elas no momento certo e valorizando as conquistas alcançadas.
      Bebel

      Responder
  • 34. Prof. Segis  |  02/10/2013 às 21:39

    Olá Bebel!
    Por favor gostaria de uma informação. Sou de Bertioga (DE de Santos) . Fizemos nossa reposição dos dias parados na greve em junho, julho e agosto (terminamos na 1ª semana de agosto) e até agora ñ recebemos nenhum tostão ref. a reposição (já conferi o hollerith de outubro e não consta nenhum pagamento). Segundo a direção da nossa escola toda a digitação foi feita no mês de agosto. Fizemos reclamações junto a ouvidoria mas até agora nenhuma solução. Por acaso poderia nos informar quais os caminhos seguir? reclamar junto a DE ou diretamente a CGRH?? Desde já agradeço e gostaria de ressaltar que acho o seu blog um ótimo canal de comunicação e que sempre sigo as informações postadas aqui postadas. obrigado Prof. Segis

    Responder
    • 35. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:49

      Prezado professor Segis,
      Por favor, envie os dados dos professores (nome e RG) e o nome da escola para presiden@apeoesp.org.br para que possamos tomar providências junto à SEE.
      Obrigada.
      Bebel

      Responder
  • 36. Jefferson  |  02/10/2013 às 23:22

    Bebel, ainda não vi nada sobre o pagamento das férias para os docentes que ingressaram em 2012. O nosso sindicato já obteve alguma informação, pois segundo a fala do secretário, já estamos no prazo de pagar os professores…ok?

    Abs

    Responder
    • 37. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:46

      Prezado professor Jefferson,
      A última informação que obtivemos é a de que a Secretaria da Fazenda ainda não determinou a data exata para a folha suplementar. Na segunda feira farei novo contato.
      Bebel

      Responder
      • 38. Washington  |  10/10/2013 às 01:25

        Fiquei sabendo que devemos fazer um requerimento de próprio punho, juntar os holleritts de julho a outubro e protocolar junto à DE para poder receber o 1/3 de férias…. A informação procede ?

      • 39. apeoesp  |  10/10/2013 às 12:25

        Prezado professor Washington,
        De que fonte veio a informação? Você é da categoria O?
        Bebel

      • 40. Washington  |  10/10/2013 às 13:14

        A informação veio de uma professora que trabalha na DE Leste 2. Ela, por sua vez recebeu a informação de sua diretora.
        Não, não sou categoria O, sou professor efetivo concursado desde 2012.

      • 41. apeoesp  |  14/10/2013 às 16:37

        Prezasdo professor Washington,
        Em contato com a CGRH, recebemos a informação de que um correio eletrônico nesta semana orientará as escolas sobre os procedimentos para o pagamento das férias. Possivelmente poderá haver algum formulário para ser assinado.
        Bebel

  • 42. PROF LUIZ  |  03/10/2013 às 13:20

    prezada Presidenta
    Peço licença para colocar um texto para corroborar com meu comentario:
    Após a aprovação pelo Senado do projeto de lei de Vale Cultura ontem, 05 de dezembro, o primeiro benefício de inclusão cultural já está quase virando realidade aos trabalhadores brasileiros. A partir do acordo entre governo e oposição, a votação ocorreu em tempo recorde no plenário e agora segue para a reta final: a sanção da presidência. Se aprovado por Dilma Rousseff, o benefício entrará em vigor já nos primeiros meses de 2013.

    Minha pergunta: esta sendo feito algo para que nossa classe tenha também este direito? Julgo que seria muito importante!

    Responder
    • 43. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:37

      Prezado professor Luiz,
      Pelo que sabemos, a lei não envolve os serviços públicos diretos, pois o benefício está vinculado à dedução no imposto de renda no limite de 1%. Empresas estatais poderão participar.
      Bebel

      Responder
  • 44. san  |  03/10/2013 às 13:22

    Bebel, bom dia! O professor PEB II, cat. f. que não atingiu a média da prova em anos anteriores, pode se escrever para escola de período integral??Eu gostaria de me inscrever para praia grande.Estou readaptada até final deste ano por motivo de cirurgia do coração, mas no próximo ano quero retornar. Poderei participar/ inscrever??Obrigada e parabéns pelo dia do professor !!Abraços. Fique com deus.

    Responder
    • 45. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:32

      Prezada professora Sandra,
      Assim que votado o projeto de lei complementar 34/2013, a prova para professor da categoria F deixa de existir. Desta forma o problema se resolve.
      Bebel

      Responder
  • 46. Luciana  |  03/10/2013 às 16:03

    Bebel estou com um problema, fiz um plano Uniodonto como filiada do sindicato e até agora não recebi a carteirinha o que impede que eu passe em consulta.
    Entro em contato com o grupo que fez o seguro e eles alegam que a responsabilidade não é deles, que devo entrar em contato com a APEOESP.
    Engraçado que o valor da próxima mensalidade já está agendado no banco.

    Responder
    • 47. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:27

      Prezada professora Luciana,
      Creio que não podemos tratar de um caso específico desta forma. É preciso verificar o que ocorreu. Você fez o contato com a APEOESP? Qual foi a resposta obtida? Que providências serão tomadas? Apenas afirmar que a mensalidade está agendada, como se fosse uma irregularidade, não ajuda a resolver o problema. O pagamento da mensalidade é o que está correto nesta história; errado é o atraso no envio da carteirinha. É preciso saber o que houve, antes de fazermos juízos de valor, porque uma eventual falha humana localizada não pode colocar em questão um entidade. Falhas acontecem em todo lugar. Peço antecipadamente desculpas pelo transtorno e sugiro que realmente faça o contato solicitado, para que o problema se resolva.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 48. Renan  |  03/10/2013 às 22:07

    Em que pé anda a ação judicial da lei do piso?

    Responder
    • 49. apeoesp  |  05/10/2013 às 13:10

      Prezado professor Renan,
      O governo conseguiu êxito, embora de maneira irregular que estamos contestando no Conselho Nacional de Justiça, aqui no TJ/SP. Estamos agora com ações no STJ e no STF, em Brasília, onde nossas chances de êxito são muito maiores que em SP. Mas tínhamos que esperar a decisão do TJSP.
      Bebel

      Responder
      • 50. Ladin  |  07/10/2013 às 16:39

        Alerta vermelho!

        Então, pela via mais rápida que era a justiça de SP, já se tem uma perda importante nas negociações que a apeoesp anunciou como “A greve dos professores conquistou…” Sabe lá quanto tempo isso pode levar na esfera federal…

        Atenção… faltam apenas alguns dias para o termino deste ano… outros itens relevantes como carreira e salário ainda não obtiveram respostas… se nos próximos dias nada acontecer… não podemos deixar de manisfestar… pois 2014 é ano de eleição… isso significa que estas coisas ficarão, mas um vez, para os próximos anos…

      • 51. apeoesp  |  10/10/2013 às 15:01

        Prezado professor Ladin,
        Qualquer crítica tem que ter como base a verdade. A APEOESP escreveu que a greve conquistou o compromisso do Secretário de negociar ainda neste semestre a implantação da jornada do piso. Estamos cobrando este compromisso, assim como cobramos vários outros compromissos que estão sendo efetivados.
        Creio que temos que lutar sempre, mas sem derrotismo antecipado. O sindicato está fazendo a sua parte.
        Bebel

  • 52. andreia  |  04/10/2013 às 20:43

    educação física não tem aula nem para remoção, quem dirá para o concurso sou categoria f aprovada e se não passar no concurso acho q vou ficar sem aula isso tendo uma boa classificação.

    Responder
  • 53. Wagner  |  05/10/2013 às 21:05

    Boa Noite,
    Gostaria de saber se há alguma novidade sobre a correção dos salários que tiveram perdas com a URV?
    Grato,

    Responder
    • 54. apeoesp  |  10/10/2013 às 15:19

      Prezado professor Wagner,
      Publicarei no blog. É preciso ingressar com ação individual.
      Bebel

      Responder
  • 55. Prof Clovis  |  07/10/2013 às 16:49

    Eu entrei em exercício em fevereiro de 2006, não recebi as minhas primeiras férias em janeiro de 2006 e também não recebi depois. Tenho o direito de receber estás férias atrasadas?

    Responder
    • 56. apeoesp  |  10/10/2013 às 14:58

      Prezado professor Clóvis,
      Sim, tem. Entre em contato com o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 57. Eduardo F Costa  |  08/10/2013 às 17:07

    Olá Bebel

    Sei que aqui não é local mais apropriado para o assunto mas será que não haveria uma chance remota de adiar a prova do concurso pelo menos para o final de novembro. Infelizmente o secretário escolheu um data muito ” apertada” para nós que temos que mexer com notas fechamentos de diários geralmente de dois periodos e etc. A bibliografia é ótima mas ao mesmo tempo extensa creio que não é só eu que estou com essa preocupação se for pelo menos para o dia 27 de novembro seria ótimo para todos que creio que isso não irá atrapalhar para a convocação o qual pretendem convocar no próximo ano. Seria muito bom o intermédio da Apeoesp nesta questão. È uma oportunidade muito grande para ser desperdiçada por falta de tempo para preparação visto que sabemos que a resolução com a bibliografia saiu em agosto mas só agora estamos cientes de que esse concurso irá acontecer peça esse prazo um pouco mais longo para fazermos essa prova.

    Grato

    Responder
    • 58. apeoesp  |  10/10/2013 às 14:26

      Prezado professor Eduardo,
      Infelizmente, creio que não há esta possbilidade, tendo em vista que os professores aprovados tem que tomar posse no início de janeiro de 2014.
      Bebel

      Responder
  • 59. Rosi  |  14/10/2013 às 17:36

    Bebel, sou categoria F e preciso saber se tenho que realizar a prova dia 20 de outubro, pois quando entro no site da VUNESP com todos os meus dados aparece local e data para realização da mesma, se o professor categoria F não aparecer para realizar a prova ele será penalizado de alguma forma? Por tudo o que já li e fui informada, compreendo que estamos suspensos, estou certa?

    Responder
    • 60. apeoesp  |  20/10/2013 às 13:13

      Prezada professora Rosi,
      O professor da categoria F não precisa fazer a prova.
      Bebel

      Responder
  • 61. marciatozzimarcia  |  14/10/2013 às 22:22

    gostaria de saber comop ficarão os contratos de 2012 para categoria O????

    Responder
    • 62. apeoesp  |  20/10/2013 às 13:07

      Prezada professora Márcia,
      Os contratos podem ser prorrogados até o final do ano em que se encerram, portanto, dezembro de 2013. Para ministrar aulas em 2014 é necessário participar de novo processo seletivo.
      Bebel

      Responder
  • 63. Ray  |  14/10/2013 às 23:56

    Bebel, boa noite !

    O professor peb I, categoria F, que não atingiu a média da prova e se escreveu tem que fazer a prova do dia 20/10 ?

    Responder
    • 64. apeoesp  |  20/10/2013 às 13:05

      Prezado professor Ray,
      O professor da categoria F não precisa fazer a prova.
      Bebel

      Responder
  • 65. Rosi  |  16/10/2013 às 22:30

    Bebel, estou aguardando sua resposta referente a prova para categoria F, pois muitos professores como eu estão preocupados sem saber definitivamente se devem ou não comparecer para realizar a prova, já que as unidades escolares não receberam nenhuma rede comunicando as alterações relacionadas pela APEOESP em um de seus fax.
    Fique na paz!

    Responder
    • 66. apeoesp  |  20/10/2013 às 12:41

      Prezada professora Rosi,
      Como publiquei aqui no blog, os professores da categoria F não precisam fazer a prova.
      Bebel

      Responder
  • 67. Ariane  |  18/10/2013 às 16:39

    Boa tarde,

    Bebel repus minhas aulas, referentes a greve, no mês de junho, e até agora não recebi e ninguém sabe responder o motivo, aliás não somente eu, como nenhum professor da minha escola. Minha DE é São José dos Campos.

    Você poderia me ajudar;

    Obrigada

    Responder
    • 68. apeoesp  |  20/10/2013 às 11:56

      Prezada professora Ariane,
      Este assunto já foi levado ao Secretário, que reafirmou que o pagamento será feito. Amanhã voltarei ao assunto em contato com o secretário adjunto, cobrando uma solução imediata.
      Bebel

      Responder
  • 69. Rute Nilva Bego  |  20/10/2013 às 12:06

    Ola.gostaria de saber como fica minha situacao .Sou categoria F nao aprovada,porem neste domingo perdi a prova por incrivel que pareca por causa do horario de verao.Gostaria de saber como fica minha situacao neste caso.Estou muito chateada.

    Responder
    • 70. apeoesp  |  27/10/2013 às 12:46

      Prezada professora Rute,
      O professor da categoria F não precisa mais fazer a prova.
      Bebel

      Responder
  • 71. marciatozzimarcia  |  20/10/2013 às 23:04

    agora fica a pergunta se a atribuição de 2014 será antes como ficara essa duzentena ou quarentena sei lá????

    Responder
    • 72. apeoesp  |  23/10/2013 às 13:53

      Prezada professora Marcia,
      O professor pode realizar a atribuição e entrar em aulas assim que cumprir os 40 dias.
      Bebel

      Responder
  • 73. Rosi  |  21/10/2013 às 01:32

    Bebel,é provável que muitos professores categoria F não tenham comparecido para realização da prova neste dia 20/10, pois como nos foi informado pela APOESP “professores categoria F não precisam fazer a prova”, porém há alguma previsão em relação a data para que essa lei seja sancionada pelo governador, pois o medo é que ele ganhe tempo e só assuma este compromisso em 2014, contudo essas mudanças foram pleiteadas em greve para que fossem assumidas e exercidas ainda em 2013.
    Atenciosamente.

    Responder
    • 74. apeoesp  |  27/10/2013 às 12:33

      Prezada professora Rosi,
      O governador tem 30 dias para sancionar a lei. Está dentro do prazo.
      Bebel

      Responder
  • 75. monica  |  21/10/2013 às 12:55

    ola . peço licença para fazer uma pergunta pessoal …… estou com 46 anos de idade e 12 de efetivo exercicio ( cat f ) posso requerer a aposentadoria aos 50 anos de idade serão 16 anos de efetivo exercicio …..( iniciei no estado em 1989) … grata Monica

    Responder
    • 76. apeoesp  |  27/10/2013 às 12:31

      Prezada professora Monica,
      Sugiro que ligue para 11.33506214 para melhor orientação.
      Bebel

      Responder
  • 77. Nadia Roberta do Nascimento Duraes.  |  21/10/2013 às 14:10

    Bebel, sou da categoria F que foi reprovada, a minha atribuição será na escola ou na diretoria?

    Responder
    • 78. apeoesp  |  27/10/2013 às 12:29

      Prezada professora Nádia,
      Não existem mais professores aprovados e reprovados. A atribuição será na DE.
      Bebel

      Responder
  • 79. kely  |  22/10/2013 às 01:19

    Bebel boa noite!
    SÓ CONFIRMANDO PARA MIM….. CATEGORIA O NÃO VAI TER MAIS APROVADOS E REPROVADOS , VAI SER UMA LISTA UNICA?

    OBRIGADA

    Responder
    • 80. apeoesp  |  23/10/2013 às 14:14

      Prezada professora Kely,
      Sim, uma lista única.
      Bebel

      Responder
  • 81. Rosi  |  22/10/2013 às 12:11

    Bebel, quem são os docentes contratados e os docentes candidato relacionados no edital de convocação para a prova que foi realizada no dia 20/10?
    Fique com Deus!

    Responder
    • 82. apeoesp  |  23/10/2013 às 14:12

      Prezada professora Rosi,
      Contratados são os que já tem vínculo com a rede e os candidatos são os novos.
      Bebel

      Responder
  • 83. Rosi  |  27/10/2013 às 13:58

    Bebel, agradeço por não nos deixar sem respostas, eu particularmente sempre que lhe enviei uma mensagem fiquei satisfeita com sua atenção. Que Deus lhe abençoe e continue lhe orientado, pois sem ele nada podemos fazer!
    Fique na paz!

    Responder
    • 84. apeoesp  |  02/11/2013 às 14:02

      Prezada professora Rosi,
      Muito obrigada. Desculpe-me por nem sempre conseguir responder com a rapidez esperada.
      Bebel

      Responder
  • 85. Ariane  |  28/10/2013 às 02:37

    Boa noite,
    eu repus minhas aulas e até agora não recebi nada. Ninguém sabe me informar nada. E o secretario nao esta cumprindo o acordo.

    Responder
    • 86. apeoesp  |  02/11/2013 às 13:41

      Prezada professora Ariane,
      Temos cobrado isto seguidamente do Secretário. Por favor, informe nome, rg, escola e dre pelo e-mai presiden@apeoesp.org.br.
      Bebel

      Responder
  • 87. Sônia  |  28/10/2013 às 15:03

    Olá Bebel, a prova que fizemos dia 20/10/2013, será classificatória.Correto? E aqueles prof. que são jornalista, nutricionista, etc. ou seja,não possui licenciatura específica p/ educação. Serão classificados com os são licenciados?

    Responder
    • 88. apeoesp  |  02/11/2013 às 13:32

      Prezada professora Sonia,
      Não concordamos com isto, mas o governo trata todos da mesma forma, como professores. Mas o professor habilitado de acordo com a LDB, estando presente à atribuição, pode requerer essa aulas.
      Bebel

      Responder
  • 89. professor Cláudio  |  29/10/2013 às 17:58

    Prezada Bebel,

    Gostaria de registrar e parabenizar a iniciativa da apeoesp , no caso da obrigatoriedade da carteira profissional do professor de educação fisica. Acho um absurdo pedi-la para os professores da área escolar, pois trabalhei por 16 anos em academias e era a unica área a ser cobrada, e mais absurdo ainda é que haviam “professores” de artes marciais e danças, nada contra, mas que nem formados eram, e davam suas aulas tranquilamente, sem serem fiscalizados, e isso ocorre até hoje. O CREF(CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FISICA), nunca nos apoiou em nada, apenas serve para cobrar anuidade (caríssima) e distribuir revistas.Só possuo o CREF porque trabalhei em academias até o ano de 2011. Quando me efetivei ano passado , parei de dar aulas nas academias e assumi no Estado, pedi baixa e foi indefirido, devido a lei . Acredito que o essencial é possuir a licenciatura em educação fisica, pois sim ,é o documento que efetivamente comprova nossa competência e nos dá o direito de exercermos nossa profissão. Desculpe-me pelo desabafo. Obrigado

    Responder
    • 90. apeoesp  |  02/11/2013 às 13:02

      Prezado professor Cláudio,
      Estamos tentando por todos os meios preservar os direitos dos professores. Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 91. Josileide  |  05/11/2013 às 01:13

    Boa noite Bebel,
    Os professores da categoria O, irá participar das atribuições de aula? O ano letivo encerra dia 18/12 e as aulas iniciará dia 27/01, o professor categoria O poderá ir na atribuição antes de cumprir 40 dias?
    Será que o professor só poderá participar da atribuição após 28/01? Para nós da categoria não esta claro as informações.

    Responder
    • 92. apeoesp  |  09/11/2013 às 12:10

      Prezada professora Josileide,
      Sim, mas o contrato só pode ser assinado após os 40 dias.
      Bebel

      Responder
  • 93. Dallaine  |  05/11/2013 às 01:33

    Boa noite Bebel,
    Sobre a lei 1093/2009 ser sancionada pelo governador, há alguma resposta sobre o assunto? visto que dia 08/11/2013 se cumprirá os 30 dias?
    Grata

    Responder
    • 94. apeoesp  |  09/11/2013 às 12:10

      Prezada professora Dallaine,
      Já foi sancionada.
      Bebel

      Responder
  • 95. FRAN  |  06/11/2013 às 12:50

    GOSTARIA DE SABER O MOTIVO PELO QUAL MINHAS PERGUNTÃO NÃO ESTÃO SENDO PUBLICADAS EN NEM RESPONDIDAS???

    Responder
    • 96. apeoesp  |  09/11/2013 às 11:52

      Prezada professora Fran,
      Todas as perguntas são publicadas e respondidas, dentro das possibilidades. Peço desculpas pela demora, mas diversas atribuição dificultam que eu responda com a velocidade desejável.
      Em relação à lei do piso, que é sua pergunta, o Secretário confirmou a negociação para aplicação da lei do piso. Estamos aguardando esta conversa. Provavelmente eles apresentarão dados sobre o impacto em termos orçamentários e contratação de professores e discutiremos o ritmo da implantação da lei. É importante observar, apenas, que as vagas criadas para concurso são inerentes à rede estadual de ensino como está hoje, com a jornada de trabalho vigente.
      Bebel

      Responder
  • 97. dall  |  06/11/2013 às 22:20

    Prezada Bebel,

    O governo esta obrigando professores que tiram licença saúde de dois a quinze dias a fazer perícia em lugares muito distantes,quem mora no interior do estado esta fazendo perícia no litoral.O que a apeoesp esta fazendo a este respeito?
    Precisamos divulgar isto nos jornais locais,uma pessoa que esta doente não deveria passar por um transtorno tão grande.

    Responder
    • 98. apeoesp  |  09/11/2013 às 11:41

      Prezada professora Dall,
      Sim, já denunciamos e cobramos providências do Secretário. Ele disse que haverá polos para perícias em 70 diretorias de ensino até o final do ano e em todas no ano de 2014. No momento, temos conseguido reagendar as perícias para locais mais próximos, desde que o caso nos seja comunicado.
      Bebel

      Responder
  • 99. Carina  |  06/12/2013 às 17:51

    OLÁ BEBEL!

    NA ESCOLA QUE TRABALHO JÁ VIERAM O ASSUNTO DOS 200 DIAS NOVAMENTE, NÃO ESTOU ENTENDENDO, EU JÁ HAVIA LIDO QUE A APEOESP JÁ HAVIA CONSEGUIDO APENAS 40 DIAS… SOU CATEGORIA “o”.

    Responder
    • 100. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:26

      Prezada professora Carina,
      Professores que já tenham tido seu contrato prorrogado duas vezes terão que permanecer afastados 200 dias. Os demais 40 dias.
      Bebel

      Responder
  • 101. Luciana  |  09/12/2013 às 18:02

    Bebel me desculpe mas não estamos entendendo mais nada, uma hora é falado uma coisa sobre os 40 dias agora outra, como assim 200 dias é até julho sem pegar aulas ????????

    Responder
    • 102. apeoesp  |  15/12/2013 às 16:30

      Prezada professor Luciana,
      O departamento jurídico estudou o texto da lei e concluiu que se só aplicam os 200 dias em 2015. A CGRH disse concordar conosco. Aguardamos que nos comuniquem por escrito.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,860,816 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em Temer, inimigo da educação, ve…

%d blogueiros gostam disto: