Edital de convocação para a realização da prova do concurso PEB II

07/11/2013 at 14:21 218 comentários

Diário Oficial do Estado de São Paulo                            Estado de São Paulo/ Poder Executivo

                                  Geraldo Alckmin – Governador Seção I

Quinta-feira, 7 de novembro de 2013 – Pagina  208

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO – COORDENADORIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE PROFESSOR EDUCAÇÃO BÁSICA II – SQC-II-QM
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA

A Coordenadora da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos da Secretaria de Estado da Educação, de acordo com o item 3 do Capítulo VII – Da Prestação das Provas, das Instruções Especiais SE 02/2013, disciplinadoras do concurso para provimento de cargos de Professor Educação Básica II, SQC-II-QM do Quadro do Magistério da Secretaria de Estado da Educação, torna pública a convocação para a Primeira Etapa (Prova – parte objetiva e Prova – parte dissertativa), conforme disposições a seguir.

1. A prova – parte objetiva e parte dissertativa – será aplicada em um único dia, na data de 17 de novembro de 2013, em dois turnos, nos municípios-sede das 91 (noventa e uma) Diretorias de Ensino da Secretaria de Estado da Educação, na seguinte conformidade:

1.1 Período da manhã: Será aplicada a Parte Pedagógica da prova, a qual consiste em 50 (cinquenta) questões objetivas e 2 (duas) questões dissertativas, tendo como referência o conteúdo pedagógico, das 8h às 12h (conforme horário oficial do Estado de São Paulo). Os candidatos inscritos em 2 (duas) disciplinas farão uma única prova pela manhã, referente à Parte Pedagógica da prova, a qual será válida para ambas as inscrições.

1.2 Período da tarde: Será aplicada a Parte Específica da prova, a qual consiste em 30 (trinta) questões objetivas, tendo como referência o conteúdo específico para cada disciplina do cargo, das 14h às 16h (para os candidatos inscritos em 1 (uma) disciplina) e das 14h às 18h (para os candidatos inscritos em 2 (duas) disciplinas), em ambos os casos conforme o horário oficial do Estado de São Paulo.

1.3 O Cartão de Informação (comprovante de inscrição) contendo a confirmação da data, sala e endereço do estabelecimento para onde o candidato deverá se dirigir estará disponível no site da Fundação Getulio Vargas (http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/pebsp), a partir de 13/11/2013, sendo de inteira responsabilidade do candidato sua impressão, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

1.3.1 Eventualmente, se, por qualquer que seja o motivo, o Cartão de Informação do candidato não estiver disponível, este deverá, entrar em contato com a Fundação Getulio Vargas por meio de correio eletrônico (concursopebsp@fgv.br) ou pelo telefone 0800-2834628, das 8h às 17h30min.

1.4 Quanto à Parte Específica da disciplina do cargo, os candidatos que se inscreveram para 2 (duas) disciplinas realizarão 2 (duas) provas distintas no período da tarde, correspondentes a cada uma das inscrições, na seguinte conformidade:

a) 30 questões objetivas, referentes à 1ª inscrição;

b) 30 questões objetivas, referentes à 2ª inscrição.

1.5 O candidato que deixar de comparecer à Parte Pedagógica e/ou Específica da prova será eliminado do Concurso.

2. O candidato deverá comparecer ao local designado para a prova, constante deste Edital de Convocação, com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos, munido de:

a) original de um dos seguintes documentos de identificação, com foto: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Corpo de Bombeiros Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; Cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Conselhos de Classe que, por força de Lei Federal valem como documento de identidade, como por exemplo, as da OAB, CREA, CRM, CRC etc.; Passaporte; bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia, na forma da Lei nº 9.503/97);

b) caneta esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente;

c) Cartão de Informação (comprovante de inscrição) no concurso.

2.1 somente será admitido na sala ou local de prova o candidato que apresentar um dos documentos discriminados na alínea “a” do item 2 deste Capítulo, desde que este permita, com clareza, a sua identificação.

2.2 caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização da prova, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o  registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo 30 (trinta) dias, sendo então submetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados, de assinaturas e de impressão digital em formulário próprio.

2.3 a identificação especial será exigida, também, do candidato cujo documento de identificação gere dúvidas quanto à fisionomia, assinatura ou à condição de conservação do documento.

2.4 não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo sem foto), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade nem documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

2.5 não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo do documento.

3. Não será admitido na sala ou no local de prova o candidato que se apresentar após o horário estabelecido para o seu início.

4. No período da manhã, todos os candidatos terão quatro horas para a realização da prova e somente poderão se retirar da sala após 90 (noventa) minutos de aplicação, contudo sem levar o caderno de prova.

4.1 O candidato poderá levar o caderno de prova, no período da manhã, somente nos últimos 60 (sessenta) minutos que antecedem o término da aplicação.

5. No período da tarde, serão adotados os seguintes critérios:

5.1 Os candidatos inscritos para uma disciplina terão duas horas para a realização da prova e somente poderão se retirar da sala após 60 (sessenta) minutos de aplicação, contudo sem levar o caderno de prova.

5.1.1 O candidato poderá levar o caderno de prova somente nos últimos 30 (trinta) minutos que antecedem o término da aplicação.

5.2 Os candidatos inscritos para duas disciplinas terão quatro horas para a realização da prova e somente poderão se retirar da sala após 90 (noventa) minutos de aplicação, contudo sem levar o caderno de prova.

5.2.1 O candidato poderá levar o caderno de prova somente nos últimos 60 (sessenta) minutos que antecedem o término da aplicação.

6. Dos critérios de avaliação da prova – parte dissertativa:

6.1 A parte dissertativa da prova será corrigida conforme critérios a seguir, para cada questão:

ADEQUAÇÃO DA ARGUMENTAÇÃO EMPREGADA

Quesito avaliado – Pontuação

1 – Pertinência de conteúdo e abordagem – 6,00

USO DA LINGUAGEM

Quesito avaliado – Pontuação

1 – Domínio da norma padrão – 2,00

2 – Estrutura textual – 0,50

3 – Objetividade, ordenação e clareza das idéias – 0,50

4 – Coesão textual – 1,00

TOTAL – 10,00

6.1.1 No item 1 do uso da linguagem (domínio da norma padrão), serão avaliados, entre outros aspectos: 1 – Ortografia, acentuação e crase; 2 – Inadequação vocabular; 3 – Repetição ou omissão de palavras; 4 – Falha de construção frasal ou falta de paralelismo; 5 – Pontuação; 6 – Emprego de conectores; 7 – Concordância verbal ou nominal; 8 – Regência verbal ou nominal; 9 – Emprego e colocação de pronomes; 10 – Vícios de linguagem, estruturas não recomendadas e emprego de maiúsculas e minúsculas.

6.2 Receberá nota 0,00 (zero) a resposta à questão que:

a) fugir à modalidade de texto solicitada e/ou ao tema proposto;

b) apresentar textos sob forma não articulada verbalmente (apenas com desenhos, números e palavras soltas ou em versos) ou qualquer fragmento de texto escrito fora do local apropriado;

c) for assinada ou apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato;

d) for escrita a lápis, em parte ou em sua totalidade;

e) estiver em branco;

f) apresentar letra ilegível.

6.2.1 Para a redação das respostas de cada questão, o candidato deverá formular texto com a extensão mínima de 10 (dez) e máxima de 18 (dezoito) linhas. Na hipótese de texto redigido abaixo do mínimo de linhas estabelecido, o candidato receberá nota 0 (zero) na questão.

6.2.1.1 Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima permitida.

6.2.2 Será penalizado no item 1 da “Adequação da argumentação empregada” (pertinência de conteúdo e abordagem) o candidato cuja resposta abordar de forma tangencial, parcial ou diluída em meio a divagações e/ou colagem de textos e de questões apresentadas nas provas.

6.3 Na aferição do critério de correção gramatical, por ocasião da avaliação do desempenho na prova – parte dissertativa a que se refere esse Capítulo, poderão os candidatos valer-se das normas ortográficas em vigor antes ou depois daquelas implementadas pelo Decreto Presidencial nº 6.583, de 29 de setembro de 2008, alterado pelo Decreto nº 7.875, de 27 de dezembro de 2012, em decorrência do período de transição previsto no art. 2º, parágrafo único da citada norma, que estabeleceu o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

6.4 O candidato que não devolver sua folha de texto definitivo será ELIMINADO do concurso.

6.5 A redação da prova – parte dissertativa deverá ser manuscrita na folha de textos definitivos, em letra legível, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, a fim de que, eventualmente, o candidato não seja prejudicado na avaliação por parte da Banca Examinadora.

6.5.1 Não será permitida a interferência e/ou participação de outras pessoas, salvo em caso de Candidato com Deficiência, cuja deficiência impossibilitar a confecção da redação pelo próprio candidato, bem como de candidato que solicitou atendimento especial, observado o disposto no item 13 do Capítulo IV – DAS INSCRIÇÕES e no item 4 alínea “b” do Capítulo V – DAS INCRIÇÕES PARA CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA das Instruções SE nº 02/2013. Nesse caso, o candidato será acompanhado por fiscal da Fundação Getulio Vargas, devidamente treinado, para o qual deve ditar o texto, especificando oralmente a grafia das palavras e os sinais gráficos de pontuação.

6.6 A folha de texto definitivo da parte dissertativa da prova não poderá ser assinada, rubricada ou conter, em outro local que não o apropriado, qualquer palavra e/ou marca que identifiquem o candidato, sob pena de anulação da prova. Assim, a detecção de qualquer marca identificadora no espaço destinado ao texto definitivo acarretará a anulação da prova e, consequentemente, a eliminação do candidato deste Concurso Público.

6.7 O espaço para rascunho no caderno de provas é de preenchimento facultativo. Em hipótese alguma o rascunho elaborado pelo candidato será considerado na correção da prova pela Banca Examinadora.

6.8 A prova dissertativa terá caráter eliminatório e classificatório e será avaliada na escala de 0 (zero) a 20 (vinte) pontos. Será eliminado do concurso o candidato que obtiver 0 (zero) pontos na prova dissertativa.

7. Para a realização das provas o candidato deverá observar, ainda, todas as instruções e disposições relativas às provas, contidas nas Instruções SE nº 02/2013.

 

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Entidades nacionais repudiam declarações preconceituosas de Cláudio de Moura Castro Orientações aos candidatos para a prova do Concurso de Professor de Educação Básica I

218 Comentários Add your own

  • 1. Carlos  |  07/11/2013 às 22:54

    Bebel é com muita tristeza que eu vejo as ações do governo contra a Educação e contra a categoria.
    Após a leitura de um pará grafo do edital do concurso fiquei indignado, se corretamente está minha interpretação.

    Somente será corrigida a prova – parte dissertativa, dos candidatos aprovados na parte objetiva,
    considerando-se 3,5 (três e meio) vezes o número total de cargos disponíveis para cada Diretoria de
    Ensino. Ou seja, se uma DE oferecer 10 vagas em Português, somente serão corrigidas as provas dissertativas dos 35 primeiros colocados na prova objetiva.

    Será isso mesmo?
    Essa foi a grande conquista do Sindicato e dos professores, pelos meus cálculos milhares de professores serão reprovados mesmo indo bem na parte objetiva,

    Responder
    • 2. apeoesp  |  09/11/2013 às 11:24

      Prezado professor Carlos,
      O assunto já foi esclarecido durante audiência pública com o Secretário no dia 30/10. Serão corrigidas, no mínimo, 206 mil provas, tendo em vista o número total de vagas oferecidas. este número poderá, inclusive, ser maior, dependendo da performance dos candidatos, pois o critério de correção das provas é a curva de Gauss.
      Bebel

      Responder
  • 3. Alberto  |  07/11/2013 às 23:20

    Olá Bebel,
    Eu gostaria de saber quanto de “aumento” receberá quem passou do nível 1 para o 2 (na prova do “mérito”). As provas em que recebia-se 25% eu não pude fazer. Se for o caso mesmo, vou receber só 10%: acho MUITO, MAS MUITO injusto. Vou carregar uma diferença de salário ETERNA comparado aos meus colegas. Outra coisa, apesar de ter passado dessa vez, eu pesquisei bastante as notas e comparei-as. Posso dizer SEM QUALQUER MARGEM PARA DÚVIDAS: as (enormes) discrepâncias nessa prova foram igualmente injustas e absurdas assim como da outra (2012). Em outras palavras: as provas subjetivas foram corrigidas (mais uma vez) sem nenhum critério e tão somente barraram alguns e promoveram outros. Simples assim. Está mais do que na hora da Apeoesp agir pesado juridicamente. Inacreditáveis injustiças já foram cometidas no ano passado. Esse ano a coisa se repete. Vocês têm dormido no ponto e permitido esses disparates evidentes. O governo tem saído impune (e a VUNESP idem) dessa GRANDE FARSA QUE É O “MÉRITO”. Já chega: muitos foram prejudicados e poucos foram premiados sem merecerem.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  09/11/2013 às 11:21

      Prezado professor Alberto,
      Creia, a APEOESP já estudou todas as formas jurídicas para combater os absurdos da prova de mérito, mas a justiça não acata ações relativas a critérios para correção de provas, por considerar um assunto “subjetivo”, a não ser que se constate fraude evidente. Obviamente, já denunciamos, inclusive durante a nossa greve com um panfleto ilustrado com gráficos e demonstrativos, as manobras do Estado para aprovar o mínimo de professores possível na prova de mérito e, assim, não investir na valorização profissional.
      Atualmente o reajuste é de 10%, teoricamente para que mais professores tivessem acesso ao aumento, pois retiraram o limite anterior de 20%. Mas está acontecendo o contrário. Por isso somos contra esta prova de mérito para promoção e aprovamos na comissão paritária, como alternativa, o memorial do professor.
      Bebel

      Responder
  • 5. jane Barros  |  08/11/2013 às 08:42

    Bebel, gostaria de saber se a apeoesp vai fazer alguma coisa contra a dissertativa da prova do mérito?Pois como vcs devem saber houve erros na média e na dissertativa, caso contrario o que posso fazer para entrar com recurso.Antecipo agradecimentos

    Responder
    • 6. apeoesp  |  09/11/2013 às 11:16

      Prezada professora Jane,
      A exemplo de situações anteriores, como a prova de mérito anterior, nem mesmo a justiça aceita ações judiciais que tratam de critérios de correção de provas, sobretudo se não são objetivas. Como da vez anterior, registramos nosso protesto junto à SEE. Esta é uma das razões pelas quais somo contra a prova de mérito como mecanismo para a promoção na carreira. Conseguimos aprovar na comissão paritária o memorial do professor como alternativa à prova de mérito, para que o profissional possa apresentar para avaliação o conjunto de sua atuação na escola e na rede.
      Bebel

      Responder
  • 7. Katita  |  11/11/2013 às 15:55

    Boa tarde Bebel!!!!! Desculpe o espaço, minha escola sofre ataques de vandalismo e sempre OMITE da DE e nunca faz B.O, sabe o diretor não é efetivo e me parece não gosta de dizer que algo não vai bem!!!! Enfim, hoje cheguei para dar aula e pela SEGUNDA vez neste ano mina sala foi invadida e depredada, além de pertences da própria escola e livros para didáticos, rasgaram meu diário, meu portifório e diário de bordo……pois bem estava tudo bagunçado e mandaram eu ir pra sala com os alunos e arrumar os armários……eu vim pra casa pois com todo respeito as arrumadeiras e faxineiras …..SOU PROFESSORA….agora quero saber se terei que fazer outro diário e mapa da classe???? Não acho justo eu ter fazer toda a papelada e a escola nem aí …..nem pra fazer um B.O por depredação …… Desde já agradeço a compreensão.

    Responder
    • 8. apeoesp  |  15/11/2013 às 13:30

      Prezada professora Katita,
      Creio que a documentação terá que ser refeita para que os estudantes não sejam prejudicados. Entretanto, é preciso que sejam tomadas providências. É preciso levar o caso à Diretoria de Ensino, mas entendo que os professores não queiram se identificar. Um movimento coletivo da escola seria o mais indicado, pois fortaleceria a coletividade contra os vândalos. Sugiro que procure a subsede da APEOESP da região para que ajudem a organizar um movimento na escola. Entretanto, se não desejar realizar este movimento, envie um relato do que acontece na escola para presiden@apeoesp.org.br para que possamos levar o caso à Secretaria da Educação.
      Bebel

      Responder
  • 9. cristina  |  13/11/2013 às 11:14

    cada coisa que se inventa, não pode usar borracha nem lápis na prova… ! Se temos que escrever duas pergunta discursiva, como não podemos usar lápis e borracha, sendo que toda indicação de não errar a prova e preenchimento de gabarito, é sempre a dica de fazer e preencher a lápis ? Absurdo isso !

    Responder
  • 10. tanner  |  14/11/2013 às 12:17

    Eu passei no de 2009 mas no dia da minha atribuição cancelaram. e agora vem este concurso tosco. É pura enganação “o maior concurso da história” vai ter o maior numero e reprovação em um concurso no MUNDO. Obrigado Geraldinho!

    Responder
    • 11. apeoesp  |  15/11/2013 às 12:43

      Prezado professor Tanner,
      Não sei a partir de que informações você tirou tais conclusões, mas espero sinceramente que esteja totalmente equivocado.
      Bebel

      Responder
  • 12. MARIA SALETE DE PAULA BENHA  |  14/11/2013 às 17:13

    paguei o boleto do concurso peb2 de historia meu cpf saiu errado por este motivo não consigo saber o meu local DE PROVA

    Responder
    • 13. apeoesp  |  15/11/2013 às 12:36

      Prezada professora Maria Salete,
      Você precisa ligar para a FGV. Tente também solicitar auxílio no plantão jurídico da APEOESP. Fones 11. 33506068. 33506162.
      Bebel

      Responder
  • 14. Alexandrina  |  14/11/2013 às 23:34

    Concordo com a professora Jane Barros visto que uma correção sem critérios poderá tornar esse processo mais injusto. O memorial do professor e a progressão acadêmica, considerando especialmente a situação dos professores que vivem longe dos polós univeristários seria mais justo.

    Responder
    • 15. apeoesp  |  15/11/2013 às 12:33

      Prezada professora Alexandrina,
      Lançamos o memorial como única forma de promoção, mas não foi aceito. Então se tornou alternativa à prova.
      Bebel

      Responder
  • 16. Fran  |  19/11/2013 às 08:47

    Esse concurso foi pura enganação, esses critérios para fazer a correção, não acredito que existam 59 mil vagas, pois se isso fosse verdade a avaliação não teria sido tão ridícula quanto foi, quando eu li que não podia usar lápis e borracha para fazer a dissertativa fiquei assustada, pois isso é horrível, sem falar que a ordem dos fiscais era entregar a prova, sem orientação nenhuma, e mandar a gente fazer, sem falar nas questões especificas da área. A G.V. deixou muito a desejar.

    Responder
    • 17. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:32

      Prezada professora Fran,
      Todos os problemas do concurso estão sendo analisados e ingressaremos com todas as ações necessárias para que os professores não sejam prejudicados.
      Bebel

      Responder
  • 18. Marcelo  |  19/11/2013 às 11:59

    quantas questões se deve acertar na prova objetiva para ser aprovado? quantos porcentos??

    Responder
    • 19. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:31

      Prezado professor Marcelo,
      Isto dependerá da média de todo o grupo, que será calculada com base na curva de Gauss.
      Bebel

      Responder
      • 20. therah2009A  |  25/12/2013 às 17:25

        Achei um tremendo absurdo só aprovarem alguém em relação a média do grupo. Mesmo que o professor acerte 50% da prova será reprovado, e ainda com pouquíssima pontuação faltando. Lamentável e ridícula essa atribuição de pontos, ter que depender da nota dos outros pra ser aprovada no concurso, afff.

      • 21. apeoesp  |  29/12/2013 às 13:04

        Prezada professora Therah,
        Não apenas esta forma de classificação está prevista no edital, como nós mesmos, da APEOESP, divulgamos várias vezes que está seria a forma de aferição das notas. Em disciplinas onde um grande número de professores foi muito bem, a nota média subiu. Em compensação, em disciplinas onde o aproveitamento foi menor, a média caiu e mais professores foram aprovados, inclusive muitos que não haviam acertado o mínimo de questões. No primeiro caso, pelo método tradicional poderia haver mais professores aprovados, entretanto o número daqueles que estariam com médias maiores também seria muito grande, praticamente inviabilizando as chances dos que estivessem pior classificados. Ou seja, nas disciplinas com médias maiores os que estão mais atrás estariam prejudicados de toda forma e nas disciplinas onde a média foi menor, muitos professores puderam ser beneficiados.
        Nos casos de professores onde a pontuação que faltou para a média foi muito pequena, deve procurar o departamento jurídico da APEOESP para verificar a viabilidade de uma ação judicial.
        Boa sorte.
        Bebel

  • 22. thais  |  19/11/2013 às 14:14

    Olá! referente aos critérios de avaliação, são 80 questões ao todo, será considerado válido quem acertou pelo menos 40 questões dessas 80 ou metade das 50 do pedagógico e metade das 30 do especifico ?

    Responder
    • 23. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:29

      Prezada professora Thais,
      A avaliação será pelo total.
      Bebel

      Responder
  • 24. Talita Christofalo  |  19/11/2013 às 15:52

    Boa tarde professora. Existe uma previsão de quando sairá o resultado final do concurso, já com a curva de Gauss para finalmente sabermos se realmente entramos ou não. Obrigada

    Responder
    • 25. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:26

      Prezada professora Talita,
      Ainda não. Ainda estamos na fase dos recursos.
      Bebel

      Responder
  • 26. Joao  |  19/11/2013 às 17:31

    Boa tarde
    Gostaria de saber como funciona para avaliação a curva de Gauss?
    Será por disciplina ou geral?
    Obrigado

    Responder
    • 27. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:25

      Prezada professor João,
      Será realizada por disciplina.
      Bebel

      Responder
  • 28. Katia  |  20/11/2013 às 00:17

    Olá, gostaria de saber se tenho chances… na prova pedagógica de 50 questões eu acertei 29, mais da metade, mas na prova especifica eu fui mal, de 30 acertei apenas 9 questões, será que tenho chances? se acaso eu for bem na dissertativa? ass. Katia

    Responder
    • 29. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:20

      Prezada professora Katia,
      É muito difícil sabermos isto agora. É preciso aguardar.
      Bebel

      Responder
  • 30. Tatiani  |  20/11/2013 às 12:24

    Cara Maria Izabel gostaria de saber o que o sindicato fará por nós professores injustiçados nessa última prova de concurso público??? Falo em nome dos colegas de todas as disciplinas, em especial a minha Língua Portuguesa, cuja prova estava totalmente descontextualizada, mal elaborada e fora da bibliografia exigida. Ontem saiu a publicação do gabarito, eu e outros colegas já detectamos ao menos 15 questões com erros no gabarito, já estamos elaborando nossos recursos, porém, quero saber qual será a contribuição do sindicato diante de erros tão grotescos por parte de instituição avaliadora????
    Sem mais, agradeço a atenção.

    Responder
    • 31. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:17

      Prezada professora Tatiani,
      Publiquei um primeiro texto no blog. Estamos acompanhando e verificando todos os erros. Além dos recursos dos professores, também ingressaremos com ações judiciais com relação às questões comprovadamente erradas.
      Bebel

      Responder
  • 32. MARLON TAVARES REIS  |  20/11/2013 às 15:54

    Olá,
    Fiz 40 pontos da prova objetiva, não tenho chance, né???

    Obrigado.

    Responder
    • 33. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:10

      Prezado professor Marlon,
      Não é possível avaliar neste momento. Sua classificação dependerá também da performance de todos os demais candidatos, que será ponderada pela curva de Gauss.
      Bebel

      Responder
    • 34. Jackeline N. Lopes  |  26/11/2013 às 00:38

      Se vc não acertou metade da específica não.

      Responder
  • 35. Alexandre Cicero lopes  |  20/11/2013 às 17:46

    Gostaria de em posição do sindicato referente às questões erradas de pedagogia e específicas de concurso da fgv. Um absurdo.

    Responder
    • 36. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:07

      Prezado professor Alexandre,
      Além dos recursos individuais, ingressaremos com ação judicial pela anulação.
      Bebel

      Responder
  • 37. lity  |  20/11/2013 às 22:14

    por favor, gostaria de saber qts acertos é preciso na pedagogica e específica para ser aprovado, é 50% de cada ou não?

    Responder
    • 38. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:04

      Prezada professora Lity,
      Trata-se de uma prova de 80 questões dividida em duas partes. Conta-se, portanto, como uma única prova.
      Bebel

      Responder
  • 39. Robéria de Oliveira  |  21/11/2013 às 01:12

    Olá boa noite , gostaria de saber como vai ser feito o calculo para curva do concurso ? eles irão fazer duas curvas, uma com a média de acertos das questões pedagógicas e outra com a curva da específica ? To muito ansiosa , porque acertei mais em uma e menos na outra, mas ao total das duas, fiz mais de 40 acertos! Alguém poderia me explicar?

    Responder
    • 40. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:50

      Prezada professora Robéria,
      O cálculo é feito sobre as duas partes da prova, que se constitui de 80 questões.
      Bebel

      Responder
  • 41. cleiton  |  21/11/2013 às 21:42

    oi bebel gostaria de saber se tem uma previsão para a correção das provas dissertativas e tambem para a classificação geral dos aprovados em cada disciplina

    Responder
    • 42. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:32

      Prezado professor Cleiton,
      Ainda não temos esta informação. O concurso está na fase de recursos, ainda.
      Bebel

      Responder
  • 43. Marisa  |  21/11/2013 às 22:09

    Boa noite, quro saber quando sairá a classificação dos que fizeram a prova dos ofas?
    grata,
    Marisa.

    Responder
    • 44. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:31

      Prezada professora Marisa,
      Provavelmente na primeira semana de dezembro, mas ainda não temos esta informação.
      Bebel

      Responder
  • 45. luciara  |  22/11/2013 às 00:27

    Minha pontuação nas duas provas somam 36pontos serei aprovada com a pontuação da dissertação.?

    Responder
    • 46. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:30

      Prezada professora Luciara,
      Não temos elementos para afirmar isto ou o contrário. É preciso aguardar o resultado dos recursos e a correção das provas.
      Bebel

      Responder
  • 47. joaocarlosdiasdesouza  |  22/11/2013 às 03:10

    olá. apeoesp…
    PRESIDENTA BEBEL E SEUS FUNCIONÁRIOS, DESTE SINDICATO.
    Eu, estou indignado com a situação da prova excludente de PARTE PEDAGÓGICA, deste último concurso. E também da prova excludente de GEOGRAFIA.
    Nunca fui tão mau na PROVA de concursos.Vocês, sabem qual é a Média oficial, com a utilização da CURVA, neste certame?
    Bom, MUITO OBRIGADO.
    Admiro muito a luta por, este sindicato com nós professores. Abraços.

    Responder
    • 48. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:22

      Prezado professor João Carlos,
      O escore padronizado será igual a 40, mas haverá todo um cálculo que leva em conta a nota média de todo o grupo e desvio padrão, para que ninguém seja prejudicado pelo fato de a prova, eventualmente, ter sido muito difícil.
      Bebel

      Responder
  • 49. Leonardo  |  22/11/2013 às 11:43

    Esse valor de 677 para 9 aulas como menciona o edital, ja ta incluido o beneficios como GAM e outros que porventura existirem?

    Responder
    • 50. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:20

      Prezado professor Leonardo,
      Infelizmente, sim. Nossos salários são realmente muito baixos.
      Bebel

      Responder
  • 51. Erivelto  |  24/11/2013 às 04:17

    Fiz prova de ciências e de biologia, mas estou preocupado com o número de vagas por disciplina que não foi divulgado. Onde estão essas 59 mil vagas?

    Responder
    • 52. apeoesp  |  24/11/2013 às 12:58

      Prezado professor Erivelto,
      Estamos cobrando insistentemente essas informações da SEE e voltaremos a fazê-lo nesta segunda-feira.
      Bebel

      Responder
  • 53. Francisco Fabiano Pires de Sousa  |  24/11/2013 às 21:23

    Professora Maria Izabel, gostaria de tirar a seguinte dúvida: caso passe neste último concurso e escolha a jornada inicial de trabalho docente, depois que assumir o cargo, poderei alterar minha jornada para integral no ano seguinte se quiser ?Caso não possa possa alterar minha jornada, eu posso pegar mais de 19 aulas como carga suplementar na atribuição até o limite de 32 se quiser ?

    Responder
    • 54. apeoesp  |  01/12/2013 às 15:45

      Prezado professor Francisco,
      Somente no ano seguinte, sim.
      Bebel

      Responder
      • 55. Jean Alves Silveira  |  24/12/2013 às 22:09

        Srª Bebel sou de Goias e aqui temos a liberdade de pegar até 60h desde que haja aulas suficiente para completar a carga horaria. Mas pelo questionamento do colega vi que não me atentei para carga horaria deste do concurso. Logo a minha duvida é a seguinte: Sendo aprovado neste concurso eu só poderei pegar no maximo 32 aulas? E em 2015 eu terei a liberdade de pegar mais aulas?

      • 56. apeoesp  |  29/12/2013 às 13:09

        Prezado professor Jean,
        Sim. No primeiro ano, apenas a sua jornada.
        Bebel

  • 57. Cristiane  |  24/11/2013 às 23:34

    Por favor gostaria de saber, a escolha das vagas será em uma das duas diretorias escolhidas, pois prestei o concurso no interior e moro em sp?

    Responder
    • 58. apeoesp  |  01/12/2013 às 15:44

      Prezada professora Cristiane,
      Primeiro, na primeira opção, depois na segunda e, ainda numa terceira, onde haja vagas remanescentes.
      Bebel

      Responder
  • 59. karina  |  26/11/2013 às 00:36

    Gostaria de saber se alguem fez prova de filosofia e sociologia, e o que acharam? Achei muito dificil.

    Responder
  • 60. Marinho  |  27/11/2013 às 10:06

    Prezada Bebel,

    O Professor que não fez a 2a. questão da prova dissertativa, terá a sua 1a. questão concluída também zerada? Esse professor obteve 49 pontos na parte objetiva!
    Obrigada!

    Responder
    • 61. apeoesp  |  01/12/2013 às 14:56

      Prezado professor Marinho,
      É preciso aguardar. Creio que não, pois são duas as questões. O problema é que a nota será baixa.
      Bebel

      Responder
  • 62. ULISSES TUPY DE AGUIAR  |  27/11/2013 às 10:23

    Bom dia!
    Estou sinceramente preocupado com minha situação profissional; fiz o concurso na área de matemática que por sinal achei difícil pelo tempo de prova. Fiz 37 pontos pelo gabarito oficial, provavelmente não passei. Pela lei complementar poderei dar aula só depois de agosto, ou seja 200 dias letivos por que já tenho dois contratos. Como faço para sustentar minha familia?

    Responder
    • 63. apeoesp  |  01/12/2013 às 14:55

      Prezado professor Ulisses,
      É uma pergunta que não tenho condições de responder, infelizmente. Somos contra a lei complementar 1093 e lutamos para que este tipo de contratação deixe de existir.
      Entretanto, aguarde a classificação do concurso, pois a forma de correção, curva de Gauss, poderá reverter a situação, pois depende da média de todo o grupo.
      Bebel

      Responder
  • 64. Agnaldo  |  28/11/2013 às 00:39

    Consegui classificação com 40 questões, gostaria de saber se as duas dicertativas me ajudarão em uma melhor posição e ser efetivado?

    Responder
    • 65. apeoesp  |  01/12/2013 às 14:36

      Prezado professor Agnaldo,
      Sim, poderão ajudar, dependendo da avaliação.
      Bebel

      Responder
  • 66. Reginaldo  |  30/11/2013 às 03:45

    Olá Bebel: Tenho uma dúvida !!! Por que alguns professores em seus Holerites têm a REF/GRAU-FAIXA/NÍVEL 001/A e outros 001/B.Qual a diferença ou igualdade entre ambas???
    Obrigado !!

    Responder
    • 67. apeoesp  |  01/12/2013 às 14:09

      Prezado professor Reginaldo,
      Sugiro que ligue para 11.33506214 para tirar essa dúvida.
      Bebel

      Responder
  • 68. Divanildes  |  30/11/2013 às 21:13

    Será que já tem alguma previsão de quando sairá a lista de classificados?

    Grata
    Divanildes

    Responder
    • 69. apeoesp  |  01/12/2013 às 13:45

      Prezada professora Divanildes,
      Ainda não. Não deve demorar, em função dos prazos. Mas há a correção das provas dissertativas, que está sendo feita.
      Bebel

      Responder
  • 70. Jorge Silva  |  04/12/2013 às 15:19

    Com as infinidades de perguntas ridículas que fazem os professores, não entendo como conseguem passar no concurso. Não vi ninguém perguntar: Quando sai a lista de aprovados ?

    Responder
    • 71. apeoesp  |  08/12/2013 às 13:06

      Prezado professor Jorge,
      Ainda não temos esta informação.
      Bebel

      Responder
  • 72. wil  |  05/12/2013 às 20:11

    olá, tem alguma possibilidade desse concurso ser anulado? e quem fez curso, e conseguiu passar, sera prejudicado? desde já, agradeço.

    Responder
    • 73. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:39

      Prezado professor Wil,
      Não se está aventando a possibilidade de anulação do concurso.
      Bebel

      Responder
  • 74. LOURENÇA MORAES CARRILHO  |  06/12/2013 às 03:10

    acerte i36 questões neste concurso para professores a minha dissertativa vai para a correção e os tiutlos tambem

    Responder
    • 75. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:33

      Prezada professora Lourença,
      Creio que sim, mas não tenho elementos para afirmar com certeza.
      Bebel

      Responder
  • 76. IZABEL ANTUNES  |  07/12/2013 às 11:07

    Bom dia!
    Gostaria de saber se já tem previsão para o concurso para Diretor?
    Obrigada!

    Responder
    • 77. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:20

      Prezada professora Izabel,
      Ainda não temos esta informação.
      Bebel

      Responder
  • 78. Amóz Leme de Souza Júnior  |  07/12/2013 às 12:10

    Cara Bebel, gostaria de saber se há possibilidade dos aprovados no concurso não assumirem seus cargos no primeiro dia de aula (2013) e, se isso ocorrer, os “cat F” perderão as aulas livres para esses novos efetivos ? Se isso ocorrer será muita sacanagem da SEESP.
    Estou apreensivo pois os prazos estão muito apertados.
    Grato pela atenção. Prof. Juca

    Responder
    • 79. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:20

      Prezado professor Amóz,
      Sim, esta possibilidade existe e decisão individual de cada professor concursado. Informe-se sobre a situação ligando para 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 80. Maria Julia  |  08/12/2013 às 10:37

    Olá Bebel, em relação ao concurso,existe a possibilidade das correções das questões dissertativas serem amenas ou apenas acrescidas de pontos em função do prazo a ser cumprido e as incoerências nas correções das objetivas?

    Responder
    • 81. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:07

      Prezada professora Maria Julia,
      Trata-se de pergunta impossível de responder. É preciso aguardar.
      Bebel

      Responder
  • 82. wil  |  08/12/2013 às 21:24

    olá Bebel , tenho outra dúvida, na dissertativa eu inverti uma resposta, coloquei a resposta da segunda na primeiro, tem possibilidade de ser zerada? e se uma for zerada, já serei eliminado do concurso? obs: acertei 54 no total. grato.

    Responder
    • 83. apeoesp  |  15/12/2013 às 16:47

      Prezado professor Wil,
      Se eles perceberem seu engano, não será zerada. Se for zerada, você será eliminado, mas neste caso creio que vale uma ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 84. alex  |  11/12/2013 às 13:30

    Bom dia professores, uma colega diretora informou que as questoes dissertativas NAO seriam corrigidas. Algum dos colegas tem alguma informação

    Responder
    • 85. apeoesp  |  15/12/2013 às 15:49

      Prezado professor Alex,
      Não serão corrigidas apenas aquelas dos que foram considerados reprovados.
      Bebel

      Responder
  • 86. Divanildes  |  12/12/2013 às 19:13

    Bebel, consegui vizualizar com outro provedor, o resultado é somente preliminar, sendo média do acerto do grupo=43,39 / nota/escore padronizado=41,59, isso ´para Língua Portuguesa, só serão corrigidos os aprovados.

    Obrigada

    Responder
  • 87. emerson  |  12/12/2013 às 21:36

    com tudo que li sobre os comenrtarios e perguntas dos professores cheguei a conclusão que os professores são carentes de informações e fazem muitas perguntas sem sentido fazendo especulações e ou indagações que são impossiveis de serem respondidas a primeiro momento …eta povo sofredor!

    Responder
  • 88. JULIANA  |  12/12/2013 às 23:01

    BEBEL , ESTOU DESESPERADA, POR FAVOR ME INFORME SE ISSSO ESTÁ CORRETO OU SE DEVO ENTRAR COM RECURSO
    Parte da prova: Conhecimentos Pedagógicos
    Número de acertos: 31

    Parte da prova: Conhecimentos Específicos
    Número de acertos: 12

    Total de acertos: 43
    Média de acertos do grupo: 43,39
    Desvio padrão do grupo: 8,10
    Nota/escore padronizado: 39,61
    Corrige Dissertativa: Não
    Situação: Reprovado

    Responder
    • 89. apeoesp  |  15/12/2013 às 15:24

      Prezada professora Juliana,
      Houve prazo para ingresso de recurso até as 23h59 de sábado (14). Se não ingressou com recurso, por favor, entre em contato com 11.33506214 e verifique o que pode ser feito. Orientamos todos os que tiveram nota maior que a média exigida (40) a ingressar com recurso.
      Bebel

      Responder
  • 90. Fernando  |  13/12/2013 às 03:10

    acertei 40 questoes ao todo na prova,msm assim fui eliminado do concurso por não ter atingindo a média na minha disciplina de educação fisica que foi de 43 questões…tenho alguma chance ainda de ser reconsiderada, ou seja aprovado e corrigido minhas respostas dissertativas… obrigado Fernando.

    Responder
    • 91. apeoesp  |  15/12/2013 às 15:19

      Prezado professor Fernando,
      O prazo para recursos da nota encerrou-se às 23h59 de 14/12. Espero que tenha ingressado com o recurso. Se não, entre em contato com o telefone 11.33506214 e veja se algo pode ser feito.
      Bebel

      Responder
  • 92. Néia Tons Azuis  |  13/12/2013 às 03:25

    Ola Bebel, obtive, 41 acertos, porem no resultado do dia 12 consta que minhas questões dissertativas não foram corrigidas, Sera que poderá ocorrer ainda correções ou já é definitiva
    a reprovação. Haja vista que o gabarito para chegar ao definitivo foram alterados e até mesmo questões anuladas ou “dadas” a todos. Aguardo sua resposta e desde já agradeço a atenção, Prof. Idineia

    Responder
    • 93. apeoesp  |  15/12/2013 às 15:18

      Prezada professora Néia,
      Houve prazo para recursos até 23h59 de sábado (14). Espero que tenha ingressado com seu recurso. Caso contrário, ligue para 11.33506214 e veja se algo ainda pode ser feito.
      Bebel

      Responder
  • 94. Rodrigo  |  14/12/2013 às 16:56

    Acertei 34 questões de matemática, porém a curva foi de 34,55. Alguém mais esta nesta situação, ou esta tentando reverter esta situação. Será que para quem ficou por pequenissima pontuação poderá ter sua situação alterada após os recursos. Elaborei um recurso pedindo para reavaliar o escore alegando a possibilidade de haver erro procedimental ou material.

    Responder
    • 95. apeoesp  |  15/12/2013 às 14:56

      Prezado professor Rodrigo,
      Foi possível o ingresso de recurso até as 23h59 de 14/12/2013. Caso não tenha ingressado, procure o departamento jurídico para verificar o que pode ser feito.
      Bebel

      Responder
  • 96. Raquel  |  14/12/2013 às 17:58

    Prezada Professora,
    Estou eu indignada com os resultados da correção do concurso…minha nota foi 41 e não vão corrigir a dissertativa, pois a media de pontuação da minha turma foi de 43,63, fiz a metade e de nada serviu, estou arrasada, devo entrar com recurso ou nada mais será feito???(Raquel-Profa Ed. Fisica)

    Responder
    • 97. apeoesp  |  15/12/2013 às 14:43

      Prezada professora Raquel,
      Sim, você deve ingressar com o recurso.
      Bebel

      Responder
  • 98. erivelto  |  14/12/2013 às 22:04

    Olá, eu passei na objetiva, agora vcs sabem dizer qual é a previsão do resultado da dissertativa e será que convocam em janeiro?

    Responder
    • 99. apeoesp  |  15/12/2013 às 14:39

      Prezado professor Erivelto,
      Ainda não temos esta previsão. Ao que tudo indica, devem convocar em dezembro para escolha em janeiro.
      Bebel

      Responder
  • 100. Edilene  |  20/12/2013 às 10:46

    Olá Bebel
    Fiz 37 acertos em minha disciplina, a nota de corte foi 37,68 e fui reprovada, um concurso como este cheio de erros e alterações será que tenho alguma chance de reverter este resultado? entrei com recurso e caso seja negado o que posso fazer??

    Responder
    • 101. apeoesp  |  22/12/2013 às 15:12

      Prezada professora Edilene,
      Poderá tentar a via judicial, por meio da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 102. Evelin  |  21/12/2013 às 14:27

    Bebel, além da faculdade de Letras, eu tenho faculdade de Pedagogia, ainda dá tempo de apresenta-la como título ?

    Responder
    • 103. apeoesp  |  22/12/2013 às 14:42

      Prezada professora Evelin,
      Creio que sim, mas só interferirá na classificação para atribuição nos anos seguintes.
      Bebel

      Responder
  • 104. Amóz Leme  |  21/12/2013 às 14:31

    Bebel, ao que tudo indica, a nomeação dos professores do concurso ocorrerá após o início das aulas. Como ficará a vida do categoria F e O? Aqueles que não passaram no concurso ficarão desempregados?

    Responder
    • 105. apeoesp  |  22/12/2013 às 14:47

      Prezado professor Amóz,
      Não é possível prever esta situação neste momento. O professor da categoria F não ficará desempregado, pois tem estabilidade, com um mínimo de 12 horas de permanência na escola.
      Bebel

      Responder
      • 106. prof Silva  |  22/12/2013 às 23:53

        Os professores O/F devem ficar atentos às aulas e também as suas contas para pagar, pois muitas aulas vão ser de professores que assumirão assim que tomarem posse no concurso, e como o edital previu 9 aulas, vai ter enxurrada de professores assumindo com certeza.

        O estado não deveria ter feito concurso sem que os professores assumissem no início, mas aconteceu!!!

      • 107. apeoesp  |  23/12/2013 às 14:58

        Prezado professor Silva,
        Os concursados assumirão as aulas em março. Em muitos casos, coincidirão com os professores aprovados no concurso.
        Bebel

  • 108. Professor Ricardo  |  24/12/2013 às 04:05

    Sou aluno com 50% do curso concluído,e fui aprovado no concurso,caso eu seja convocado,perderei a minha vaga?

    Responder
    • 109. apeoesp  |  24/12/2013 às 11:29

      Prezado professor Ricardo,
      Infelizmente, sim. É preciso ser habilitado de acordo com a LDB para tomar posse.
      Bebel

      Responder
  • 110. Viviane  |  24/12/2013 às 20:37

    Bebel não apresentei os títulos ( tempo de magistério), para o concurso, ainda dá tempo?

    Responder
    • 111. apeoesp  |  29/12/2013 às 13:10

      Prezada professora Viviane,
      Você precisa dirigir imediatamente à FGV ou à CGRH para verificar se ainda existe esta possibilidade, pois a classificação já está sendo feita.
      Bebel

      Responder
  • 112. Mário Roberto Faria  |  25/12/2013 às 03:32

    Mário Roberto- CARA BEBEL, QUE CRITÉRIO É UTILIZADO NO TEMPO DE SERVIÇO PARA ACRESCER Á PROVA?
    GRATO

    Responder
    • 113. apeoesp  |  05/01/2014 às 13:57

      Prezado professor Mário,
      De acordo com a Resolução SE 75/2013 o tempo é computado da seguinte forma:
      I – o tempo de serviço prestado no respectivo campo de atuação no Magistério Público Oficial do Estado de São Paulo, com a seguinte pontuação e limites:
      a) na Unidade Escolar: 0,001 por dia, até no máximo 10 pontos;
      b) no Cargo/Função: 0,005 por dia, até no máximo 50 pontos;
      c) no Magistério: 0,002 por dia, até no máximo.
      Bebel

      Responder
  • 114. Edilene  |  25/12/2013 às 15:24

    Bebel entrei com recurso ref ao concurso e o mesmo se quer foi lido apenas criaram um texto de resposta e replicaram para todos os outros…fiz 37 acertos a curva foi 37,68 como posso entrar com uma ação judicial para que o meu caso e de vários outros possa ser analisado de verdade ????

    Responder
    • 115. apeoesp  |  29/12/2013 às 13:08

      Prezada professora Edilene,
      Sim. Procure o departamento jurídico para que seja avaliada a viabilidade de uma ação judicial.
      Bebel

      Responder
      • 116. Edilene  |  10/01/2014 às 18:42

        Bebel, quero muito agradecer pela atenção, recebi retorno do Dr. Jeferson via e-mail e já está fundamentando o meu caso e de outros que também procuraram por vocês. Muito obrigada!!

      • 117. apeoesp  |  12/01/2014 às 14:05

        Prezada professora Edilene,
        Imagine. É nossa obrigação. Tenha a certeza de que a APEOESP fará todo o esforço a seu alcance para defender seus direitos e dos demais professores. Infelizmente, a decisão final não é nossa.
        Boa sorte.
        Bebel

  • 118. paulo  |  26/12/2013 às 16:04

    todos aprovados serão convocados em março, ou obedecerá a lista de classificação,se for pela lista gostaria de saber quantos serão chamados de inicio(sou de presidente prudente).

    Responder
    • 119. apeoesp  |  29/12/2013 às 12:41

      Prezado professor Paulo,
      Serão chamados de acordo com a classificação. Infelizmente, não tenho como responder sua pergunta sobre Presidente Prudente.
      Bebel

      Responder
  • 120. Luana  |  26/12/2013 às 22:59

    Gostaria de saber como será o andamento do concurso, agora que foram lançados os candidatos aprovados.Tem algum prazo estipulado para classificação e atribuição das aulas!

    Responder
    • 121. apeoesp  |  29/12/2013 às 12:36

      Prezada professora Luana,
      Em janeiro será divulgada a classificação e chamada para escolha de aulas. Em fevereiro a chamada para a posse. Haverá necessidade exames laboratoriais e perícia médica.
      Bebel

      Responder
  • 122. Erivelto  |  27/12/2013 às 14:59

    Boa tarde, podem me fazer um grande favor, não moro em São Paulo e no resultado da prova discursiva tirei 16,30 (8 em cada) então acredito ter sido aprovado, e não quero ser pego de surpresa na convocação. Podem por favor me enviar informações se as convocações ocorrerem através de jornais impressos. meu email teixeiraer@yahoo.com.br. Grato

    Responder
    • 123. apeoesp  |  29/12/2013 às 12:31

      Prezado professor Erivelto,
      Você será convocado por e-mail e outras formas de contato que preencheu na sua ficha. A convocação é individual e feita pela SEE. Não podemos fazê-la.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 124. Sandra Regina Ribeiro  |  29/12/2013 às 14:21

    Bom dia! Fui aprovada no concurso PEB II, já tem um ano e meio que entrei com recurso de revisão de categoria F, pois fiquei como categoria “O”, mesmo dando aula desde 2004,perdi em primeira instância e agora aguardo a segunda? o que eu faço? tenho que anular o mais rápido possível para poder assumir o concurso? senão poderei perder?Obrigada

    Responder
    • 125. apeoesp  |  05/01/2014 às 13:54

      Prezada professora Sandra,
      Por favor, consulte o departamento jurídico na subsede ou entre em contato com o telefone 11.33506214 para esclarecer sua dúvida.
      Bebel

      Responder
  • 126. João Fagundes  |  29/12/2013 às 16:03

    Preciso saber dos companheiros se posso tomar posse em nome de meu irmão, ele sofreu acidente em Goiás e não poderá estar aqui caso seja convocado em janeiro.

    Responder
    • 127. apeoesp  |  05/01/2014 às 13:48

      Prezado professor João,
      Sim, desde que ele lhe passe uma procuração, tenha a documentação e o oriente sobre suas preferências.
      Bebel

      Responder
  • 128. Nádia  |  30/12/2013 às 14:07

    Bom dia. Ouvi comentários que em concursos passados, pessoas classificadas reprovaram na perícia médica por estar acima do peso. Em outras palavras (gordo (a)). Existe de fato a possibilidade disso acontecer? E se acontecer, há chances de entrar com recurso? Desde já, agradeço a resposta.

    Responder
    • 129. apeoesp  |  05/01/2014 às 13:35

      Prezada professora Nádia,
      Existe. Caso ocorra, deve imediatamente buscar o departamento jurídico da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 130. Luiz Antonio de Souza  |  02/01/2014 às 18:56

    Boa Tarde. Gostaria de saber se os professores aprovados neste concurso poderão pegar 40 aulas/semana ou apenas a carga mínima de aulas (19 aulas) pois no edital esta descrito que a carga para professores seria 19 aulas. E quanto a bonificação ela será paga mesmo para quem dar 40 aulas semanais?

    Responder
    • 131. apeoesp  |  04/01/2014 às 11:52

      Prezado professor Luiz Antônio,
      No primeiro ano, terá que permanecer na jornada escolhida.
      Bebel

      Responder
      • 132. Luiz Antonio de Souza  |  06/01/2014 às 15:45

        Isto significa que só poderei assumir 19 aulas no primeiro ano?

      • 133. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:05

        Prezado professor Luiz Antônio,
        Sim. Para melhor informação, ligue para 11.33506214.
        Bebel

  • 134. Renata  |  02/01/2014 às 19:04

    Boa Tarde!
    Fiz 56 pontos na prova objetiva e 13,40 na dissertativa, estou com situação aprovada, gostaria de saber se nós temos que realizar nas Diretorias de Ensino algum procedimento antes de sermos informados pelos orgão competentes, pois me disseram que devo fazer uma inscrição na Diretotia de Ensino?
    Grata,

    Responder
    • 135. apeoesp  |  04/01/2014 às 11:50

      Prezada professora Renata,
      Você será convocada para realizar a escolha da escola, na DE que escolheu.
      Bebel

      Responder
      • 136. Renata  |  06/01/2014 às 10:31

        Obrigada

      • 137. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:13

        Disponha.
        Bebel

  • 138. Roberto Candido Pontes  |  03/01/2014 às 02:54

    por favor gostaria de saber como posso acompanhar chamada para posse ou eles enviam correspondência para nosso endereço

    Responder
    • 139. apeoesp  |  04/01/2014 às 11:34

      Prezado professor Roberto,
      Sim. Você receberá e-mail.
      Bebel

      Responder
  • 140. andreza  |  03/01/2014 às 12:31

    Gostaria de saber como vai ser a escolha? Caso não tenha vaga na diretoria na qual me inscrevi como vai ser o encaminhamento para a lista de classificação geral para escolha em outras diretorias?

    Responder
    • 141. apeoesp  |  04/01/2014 às 11:33

      Prezada professora Andreza,
      Sim. Exatamente. Você poderá escolher em outra diretoria.
      Bebel

      Responder
  • 142. Evelin  |  03/01/2014 às 23:32

    Bebel, eu passei raspando neste concurso, 45 pontos na objetiva, e 13 pontos na discursiva, sendo que a média do grupo foi de 43,39. Você acha ainda tenho chance de ser nomeada este ano de 2014? Moro em São Paulo/SP, zona Leste.

    Grata
    Evelin

    Responder
    • 143. apeoesp  |  04/01/2014 às 11:13

      Prezada professora Evelin,
      Tudo depende da situação da disciplina na sua região e nas demais regiões de sua escolha. Não conseguimos obter ainda da SEE a relação de vagas por DE.É preciso aguardar.
      Bebel

      Responder
  • 144. Rogerio Eijo  |  05/01/2014 às 19:53

    Boa noite. Sou Professor categoria F e sendo aprovado no concurso, pergunto se posso manter os dois cargos se os horários permitirem?

    Responder
    • 145. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:26

      Prezado professor Eijo,
      Não, pois é um cargo e uma função-atividade. A exceção, recente, é o acúmulo com a condição de categoria O até 65 horas semanais.
      Bebel

      Responder
  • 146. Viviane Cristina Huber Pinto de Araújo  |  05/01/2014 às 22:36

    Olá Bebel, fui aprovada no concurso de Sociologia, mas agora estou preocupada, pois ainda me falta 1 semestre pra concluir o curso. Se for chamada agora perco a chance de ingressar? Obrigada e aguardo ansiosa sua resposta. Viviane

    Responder
    • 147. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:21

      Prezada professora Viviane,
      Se for associada da APEOESP, procure o departamento jurídico na subsede e veja o que pode ser feito para assegurar seu direito.
      Bebel

      Responder
  • 148. João Alves  |  06/01/2014 às 01:40

    Meu Deus … Quantas perguntas sem fundamento. As pessoas prestam um concurso, sabem as regras e depois reclamam. Bebel você vai para céu,sem dúvida !

    Responder
  • 149. Erivelto  |  06/01/2014 às 01:49

    Cara Bebel, parabéns pelo serviço que está prestando, atendendo prontamente aos questionamentos; Você saberia me dizer o prazo que o candidato terá para comparecer ao local de convocação? Grato e feliz ano novo. Passei para biologia e ciências.

    Responder
    • 150. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:16

      Prezado professor Erivelto,
      Ainda não tenho esta informação. O prazo não deverá ser longo. Em geral há um período de 30 dias para posse, mas, no caso de professores, há a questão da atribuição de aulas.

      Responder
  • 151. JULIANA COCHITO  |  06/01/2014 às 09:49

    Cara Professora.
    Passei no concurso com as seguintes pontuações: Ciências Biológicas: 44 acertos, media de acertos do grupo de 37,79 e na dissertativa 12,5…na de Biologia 47 acertos, média do grupo de 43,95 e 12,5 na dissertativa…gostaria de saber quais são sem rodeios as reais chances de ser chamada para esse concurso…lembrando que fiz minha inscrição equivocada optando por regiões difíceis com SÃO JOSE DO RIO PRETO E JOSE BONIFÁCIO.
    Já lecionei eventualmente e minha primeira impressão não foi a das melhores…pouco substitui na minha área…sempre nas outras…fiquei meio traumatizada. Hoje sou concursada na prefeitura do meu município Poloni, mas não é na área da educação, amo lecionar, mas é difícil sem uma garantia de segurança ou estabilidade.
    Desculpe professora pelo desabafo!
    Grata!!!

    Responder
    • 152. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:14

      Prezada professora Juliana,
      Não tenho condições de responder sua pergunta, infelizmente. Suas chances dependem do número de vagas e número de aprovados em sua disciplina, na região escolhida. Isto ainda não foi divulgado.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 153. Miriam Alves Moreira  |  06/01/2014 às 12:26

    Oi Bebel … por favor estou enviando a mesma pergunta pela terceira vez… estou ansiosa !!!!!!!!! Me formo em sociologia somente no fim de 2014, mais passei no concurso … Caso eu seja chamada na primeira fase é possível argumentar (de que maneira ?) para que voltem a me chamar na segunda fase, quando já estiver com o diploma em mãos ?? obrigado…

    Responder
    • 154. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:12

      Prezada professora Miriam,
      Já respondi à sua pergunta. Somente pela via judicial você poderá tentar manter sua vaga até que receba o diploma. Se for associada da APEOESP, procure o departamento jurídico, na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 155. Humberto  |  06/01/2014 às 17:55

    Fui aprovado no concurso para a disciplina de Química, porém, embora já esteja formado, meu diploma ainda não foi emitido pois demora por volta de 6 meses para ficar pronto. Qual é o momento em que terei que apresentar o diploma caso seja chamado ? E se o diploma ainda não estiver pronto ? A declaração de conclusão de curso é suficiente ? Ou eu serei desclassificado ?

    Responder
    • 156. apeoesp  |  12/01/2014 às 17:01

      Prezado professor Humberto,
      Caso seja associado da APEOESP, deverá recorrer ao departamento jurídico no momento da posse para que garantam seu ingresso mesmo sem o diploma.
      Bebel

      Responder
  • 157. Kelly Cristina  |  07/01/2014 às 03:31

    Bebel, como ficará a situação das pessoas que acertaram 50% da prova? Alguma coisa será feita em nosso favor?
    Muito obrigada !!!

    Responder
    • 158. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:42

      Prezada professora Kelly,
      O edital não garante aprovação com acerto de 50% das questões. Ele detalha o método de aplicação da curva de Gauss.
      O concurso aprovou de mais de 107 mil professores.
      Não há concurso sem aprovados e reprovados. A curva permitiu, em algumas disciplinas, que professores que não teriam sido classificados pelo método anterior pudessem sê-lo agora. Nas disciplinas onde o aproveitamento foi melhor, a média subiu. Neste caso, ainda que você fosse considerado classificado, seria apenas uma formalidade, tendo em vista o elevado número de candidatos classificados à sua frente.
      Nos casos onde a desclassificação foi por apenas alguns décimos, o professor poderá procurar o departamento jurídico para que seja analisada uma ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 159. edvaldo  |  07/01/2014 às 03:56

    sou Edvaldo Vieira de Oliveira e fiz 43 pontos em Lingua Portuguesa e nao consegui aprovação sendo que conta no edital que a aprovação seria apartir de 40 pontos.

    Responder
    • 160. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:41

      Prezado professor Edvaldo,
      Creio que há um equivoco. O edital não garante aprovação com acerto de 40 questões. Ele detalha o método de aplicação da curva de Gauss.
      O concurso aprovou de mais de 107 mil professores.
      Não há concurso sem aprovados e reprovados. A curva permitiu, em algumas disciplinas, que professores que não teriam sido classificados pelo método anterior pudessem sê-lo agora. Nas disciplinas onde o aproveitamento foi melhor, a média subiu. Neste caso, ainda que você fosse considerado classificado, seria apenas uma formalidade, tendo em vista o elevado número de candidatos classificados à sua frente.
      Nos casos onde a desclassificação foi por apenas alguns décimos, o professor poderá procurar o departamento jurídico para que seja analisada uma ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 161. Andreia  |  07/01/2014 às 09:48

    Bom dia,estou indgnada com esse concurso,gabaritos alterados toda hora,recursos respondidos errados,fora o que aconteceu na aplicacao,como em taboao que provas vieram trocadas e foram xerocadas,nunca vi um concurso assim e revolta maior e ser reprovada por 0,41 em Potugues,devido uma curva,onde foram anuladas questoes da parte pedagogica que ate agora nao entendemos,onde esta s justica?

    Responder
    • 162. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:38

      Prezada professora Andreia,
      A APEOESP agiu em relação a todos os problemas que nos chegaram ao conhecimento.
      De fato, houve muita confusão e incompetência na aplicação das provas. O Estado não pode continuar contratando empresas sem know-how e seriedade. Gastam-se milhões e pessoas são prejudicadas.
      Entretanto, o concurso aprovou de mais de 107 mil professores. Não há concurso sem aprovados e reprovados. A curva permitiu, em algumas disciplinas, que professores que não teriam sido classificados pelo método anterior pudessem sê-lo agora. Nas disciplinas onde o aproveitamento foi melhor, a média subiu. Neste caso, um candidato que fosse considerada classificado, seria apenas uma formalidade, tendo em vista o elevado número de candidatos classificados à sua frente.
      Se a diferença tiver sido apenas por alguns décimos para a desclassificação, este professor poderá procurar o departamento jurídico para que seja analisada uma ação judicial.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 163. Elena  |  07/01/2014 às 10:47

    Bebel…fiz 43 pontos…sou de história e fui reprovada…estou mto triate e desanimada com essa Situação…será que temos alguma chance??? obrigada…. Elena

    Responder
    • 164. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:33

      Prezada professora Elena,
      Se, no seu caso, a diferença tiver sido apenas por alguns décimos, você pode procurar o departamento jurídico para que seja analisada uma ação judicial.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 165. Mônica Kelly Nascimento  |  07/01/2014 às 12:27

    Sou professora de Artes e acertei 43 questões na prova do concurso porém a curva passou em 44,11 queria saber o que vocês estão fazendo para nos ajudar, pois acertei 50% da prova.Se é possível alguma ajuda nessa altura do campeonato.

    Responder
    • 166. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:31

      Prezada professora Monica,
      Você deve procurar o departamento jurídico, para que seja analisada a viabilidade de uma ação judicial.
      O edital, porém, não assegura a aprovação com 50% de acertos, mas apenas atingindo a nota da curvsa.
      Bebel

      Responder
  • 167. Jéssica  |  07/01/2014 às 13:10

    Me digam uma coisa… Então quer dizer que esse anula, não anula, retifica, lança gabarito, muda gabarito, aprova, depois desaprova, vai ficar por isso mesmo? Quer dizer, só porque sabíamos que haveria um cálculo por curva no edital, temos que aceitar nossas notas e ficar calados? Os inúmeros erros da FGV, as bizarrices, como não poder usar lápis numa prova de matemática, o pessoal de Biologia que tinha passado e depois não tinha mais e o tanto de gente que não passou por décimos nessa prova estranha, vão ficar por isso mesmo? Cadê o apoio do sindicato uma hora dessas? Não defendo o cancelamento do concurso, pois não acho justo prejudicar mais gente, mas analisar como chegaram nessa bendita curva, seria interessante… Entrar com uma ação individual, ver caso por caso… Se quisermos, a essa altura do campeonato, iria demorar muito. Por favor, vcs são grandes, pensem em algo… façam algo, não nos decepcionem!!!

    Responder
    • 168. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:29

      Prezada professora Jéssica,
      O método de correção pela curva de Gauss consta no edital do concurso. Portanto, não cabe ação judicial neste caso. Ela permitiu a aprovação de mais de 107 mil professores. Não há concurso sem aprovados e reprovados. A curva permitiu, em algumas disciplinas, que professores que não teriam sido classificados pelo método anterior pudessem sê-lo agora. Nas disciplinas onde o aproveitamento foi melhor, a média subiu. Neste caso, ainda que um professor fosse considerado classificado, seria apenas uma formalidade, tendo em vista o elevado número de candidatos classificados à sua frente.
      Uma ação judicial contra um concurso que aprovou 107 mil pessoas não teria a menor chance e provocaria uma revolta inimaginável.
      Ingressamos com ações e recursos contra todas as questões legalmente passíveis. A FGV reconheceu diversos erros e os corrigiu.
      Caso a diferença de nota de um candidato tiver sido apenas de alguns décimos, causando reprovação, poderá procurar o departamento jurídico para que seja viabilizada uma ação judicial.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 169. marina  |  07/01/2014 às 13:43

    bom dia , acho um absurdo essa tal de curva no concurso de professor do estado pois fiz 43 pontos e fui reprovada prestei para artes acho que vcs deveriam entrar com uma açao judicial pois no edital falava 50% da prova e ja esta habilitado não acho certo tanta gente ficar prejudicado por favor nos ajudem

    Responder
    • 170. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:23

      Prezada professora Marina,
      O método de correção pela curva de Gauss consta no edital do concurso. Portanto, não cabe ação judicial neste caso. Ela permitiu a aprovação de mais de 107 mil professores. Não há concurso sem aprovados e reprovados. A curva permitiu, em algumas disciplinas, que professores que não teriam sido classificados pelo método anterior pudessem sê-lo agora. Nas disciplinas onde o aproveitamento foi melhor, a média subiu. Neste caso, ainda que você fosse considerada classificada, seria apenas uma formalidade, tendo em vista o elevado número de candidatos classificados à sua frente.
      Se, no seu caso, a diferença tiver sido apenas por alguns décimos, você pode procurar o departamento jurídico para que seja tentada uma ação judicial.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 171. Ana Lúcia  |  07/01/2014 às 20:26

    Bebel, Venho por meio deste reclamar pela total falta de respeito demonstrado pela Fundação Getúlio Vargas, onde presidiu o último concurso público para PEB II do Estado de São Paulo.
    No dia 12/12/2013 saiu o Resultado preliminar da prova objetiva onde constava: Total de acertos: 44
    Média de acertos do grupo: 43,85, Desvio padrão do grupo: 7,39, Nota/escore padronizado: 40,16, Corrige Dissertativa: Sim, Situação: Aprovado. No dia 24/12/2013 saiu o resultado DEFINITIVO da prova objetiva onde constava os mesmos dados citados acima, por consequência disso foi corrigido minha dissertativa onde constava os seguintes dados: ESPELHO DE CORREÇÃO INDIVIDUAL
    RESULTADO PRELIMINAR
    Descrição do concurso
    Concurso Público Professor Educação Básica II
    Inscrição
    354207383 Nome do Examinando
    Cargo PEB II – Biologia Nota Final na Prova Discursiva 14.50 Situação Aprovado
    Com esses dados manifestei minha total satisfação me expondo em redes sociais, no serviço, na família, amigos a felicidade de ter conseguido ser aprovada no concurso público, pois tinha pensado ter sido realizada em meus objetivos e dar um futuro melhor ao meu esposo e filho. Não aceitei um emprego de Professor temporário em uma escola particular por motivo desse concurso, pois indaguei que esperaria ver qual o horário de aula iria pegar. Pois bem, a vaga foi dada a outro profissional da área.
    No dia 28/12/2013 foi publicado uma retificação onde consta os seguintes dados: Total de acertos: 43, Média de acertos do grupo: 43,95, Desvio padrão do grupo: 7,49, Nota/escore padronizado: 38,99, Corrige Dissertativa: Não, Situação: Reprovado.
    Todas as reclamações enviadas a FGV estão sendo respondidas assim: Eventuais questionamentos acerca das provas deverão ser realizados pela via própria, conforme normatizado no edital de abertura do concurso, através da interposição de recursos administrativos em link específico disponibilizado no site no prazo recursal. Onde irei entrar com recurso sendo que o prazo era de 13 à 14/12/2013?
    Estou me sentido totalmente prejudicada moralmente, pois me expus para todos. Me ajuda por favor.

    Responder
    • 172. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:13

      Prezada professora Ana Lúcia,
      Remeti seu caso ao departamento jurídico, solicitando que o advogado entre em contato consigo para que seja impetrada ação judicial, conforme a base legal. Aguarde um contato por e-mail.
      Bebel

      Responder
      • 173. Ana Lúcia  |  15/01/2014 às 01:30

        Obrigada Bebel.

  • 174. Regina  |  08/01/2014 às 16:39

    Olá Bebel gostaria de saber se ainda há possibilidade para recurso do concurso público, tentei entrar em contato com o dep. jurídico da apeoesp, mas estavam de férias.Na disciplina de língua portuguesa obtive 43 acertos, a curva foi 43,39 e depois mudou para 43,41.
    Aguardo resposta

    Responder
    • 175. apeoesp  |  12/01/2014 às 15:41

      Prezada professora Regina,
      Sim. Procure o departamento jurídico na sua subsede. Nos casos em que a diferença é muito pequena, vamos tentar uma saída judicial.
      Bebel

      Responder
  • 176. Daniela  |  08/01/2014 às 20:52

    Fiquei indignada com esse concurso fiz mais de 50% e não fui aprovada, revoltada e o sindicato que não tem postura para com a categoria, mas sim, favor do governo, até quando….
    Daniela

    Responder
    • 177. apeoesp  |  12/01/2014 às 15:36

      Prezada professora Daniela,
      O concurso aprovou mais de 100 mil professores. 20 mil deles serão chamados neste ano. mais 39 mil em 2015. Estes milhares de professores não devem estar revoltados. Desconheço concurso onde todos sejam aprovados e chamados. Não me parece que nossa postura seja a favor do governo.
      Em muitas disciplinas, a curva de Gauss permitiu que professores com médias abaixo de 40 fossem classificados. Pelo método anterior, seriam todos desclassificados. Ou outras, onde a performance da maioria foi muito boa, a média subiu. Pelo método anterior, embora acertando mais de 50% das questões, ficaria numa classificação muito baixa, pois muitos outros estariam muito bem colocados, tornando quase nula a possibilidade de ser chamada.
      O método de correção da prova estava no edital, desde o início. Qualquer recurso contra este método deveria ser feito antes da aplicação da prova.
      Finalmente, se a diferença entre sua nota e a média de classificação tiver sido muito pequena, você pode entrar em contato com o departamento jurídico, na subsede, para ajuizar ação individual.
      Boa sorte.

      Responder
  • 178. izaura mariaborges  |  09/01/2014 às 05:15

    prezada senhora, mandei um comunicado para apeoesp, que logo apos divulgarem o resultados dos recursos da objetiva postei minha resposta que a fgv mandou, e todos meus colegas postaram que receberam a mesma resposta,ou seja nem leram nossos recursos, estavam identicos não mudaram nem um avirgula; o que a senhora diz sobre isso?

    Responder
    • 179. apeoesp  |  12/01/2014 às 15:16

      Prezada professora Isaura,
      Tudo o que se refere ao concurso é tratado tanto pelo Estado quanto pela justiça de forma individual. Você precisa dirigir-se ao departamento jurídico, na subsede, munida desta resposta, para verificar se o fato constitui ilegalidade que possa embasar um recurso judicial.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 180. IRACISASSAKI@IG.COM.BR  |  09/01/2014 às 12:35

    Olá, fui aprovada no concurso e sou da cat. F. Gostaria de saber se eu não assumir o cargo, perco a categoria F e que a aprovação não vale para pontuação.
    Aguardo. Obrigada.
    IRACI

    Responder
    • 181. apeoesp  |  12/01/2014 às 15:12

      Prezada professora Iraci,
      Você não corre o risco de deixar de ser categoria F.
      O concurso vale pontos para a classificação.
      Bebel

      Responder
  • 182. Manoel  |  10/01/2014 às 14:03

    Boa tarde!
    Fiz 40 pontos na prova do concurso a nota de corte foi 42,2 em química. Creio que fui prejudicado com a mudança de gabarito e questões anuladas onde foi favorecido outros candidatos.
    Tem como entrar com recurso ainda?

    Responder
    • 183. apeoesp  |  12/01/2014 às 14:37

      Prezado professor Manoel,
      A correção das provas foi feita conforme estabelecido no edital (Curva de Gauss). A APEOESP está ingressando com ações nos casos em que a diferença foi muito pequena. Por favor, entre em contato com o departamento jurídico na subsede ou ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 184. Luciene Ferraciolli  |  10/01/2014 às 16:48

    Minha pergunta foi apagada a respeito de entrar com mandato de segurança por meu esposo ter acertado mais de 50% da prova do concurso e ter sido reprovado por décimos, é assim então que tratam os associados, apagando suas perguntas, e nem mesmo respondendo nada à respeito mesmo que seja uma resposta negativa!!! Tudo bem!!! Eu e meu esposo estamos indo nos descredenciar deste sindicato, e com certeza passarei o caso adiante convencendo a todos que façam o mesmo!!! Nesses anos que sou efetiva já presenciei o bastante!!!

    Responder
    • 185. apeoesp  |  12/01/2014 às 14:27

      Prezada professora Luciene,
      Gostaria, em primeiro lugar, de desculpar-me consigo, pois realmente não percebi seu questionamento em meio ao grande número de mensagens que temos recebido. Verifique que são dezenas de comentários por dia. Dependendo da ocasião, pode chegar a 60, 70 comentários em um só dia.
      Não apagamos comentários. Pode ocorrer, como foi o caso, alguma dificuldade para alguma resposta. Verifiquei, inclusive, que tenho respondido a várias dúvidas suas, encaminhando para melhores informações junto ao departamento jurídico, quando não disponho de informação técnica no momento.
      Quanto ao caso de seu marido, estamos, sim, ajuizando ações judiciais. Peça a ele que procure o departamento jurídico na subsede.
      Peço novamente desculpas pelo ocorrido e que reflita se este fato justificaria, de fato, a desfiliação do sindicato. Faço um apelo para que reveja sua posição, pois precisamos cada vez mais fortalecer a nossa organização sindical.
      Bebel

      Responder
  • 186. Reginaldo Lioci  |  10/01/2014 às 17:31

    Gostaria de informações sobre o concurso tem coisas que me deixaram dúvidas, fiquei melhor classificado na minha segunda opção do que na primeira, no ato da escolha poderei escolher onde fiquei melhor classificado.

    Responder
    • 187. apeoesp  |  12/01/2014 às 14:11

      Prezado professor Reginaldo,
      Pela informação de que disponho, primeiro terá que escolher ou declinar a primeira opção; depois a segunda e, finalmente, poderá ainda escolher onde ainda haja vaga. Por favor, confirme pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 188. Miriam Alves Moreira  |  11/01/2014 às 10:36

    O seu comentário aguarda moderação.
    Oi Bebel … por favor estou enviando a mesma pergunta pela terceira vez… estou ansiosa !!!!!!!!! Me formo em sociologia somente no fim de 2014, mais passei no concurso … Caso eu seja chamada na primeira fase é possível argumentar (de que maneira ?) para que voltem a me chamar na segunda fase, quando já estiver com o diploma em mãos ?? obrigado…

    Responder
    • 189. apeoesp  |  11/01/2014 às 11:31

      Prezada professora Miriam,
      Desculpe-me, sua pergunta já foi respondida no dia 05/01. Disse-lhe que em geral isto não é possível. O adiamento da posse só é possível de ser feito por um período de 30 dias e por um prazo um pouco maior em casos específicos. Disse também para ligar para o telefone 11.33506214 para obter melhor orientação.
      Bebel

      Responder
  • 190. Marcio  |  11/01/2014 às 18:33

    Boa tarde, Bebel! Sou formado em Biologia, e por distração fiz minha inscrição para ciências e só percebi quando as inscrições estavam encerradas. Prestei a prova para ciências e passei no concurso (57º colocado DEcentro-sul). Porém só posso trabalhar a noite (onde a grande maioria das aulas disponiveis sao de biologia). Existe alguma chance de eu escolher aulas de biologia ou reverter / assumir um cargo de biologia? Existe qq possibilidade? Nao gostaria de perder o cargo!!! Obrigado!!!

    Responder
    • 191. apeoesp  |  12/01/2014 às 13:56

      Prezado professor Márcio,
      Infelizmente, creio que não. Porém, você precisa de uma orientação jurídica, pois é possível que seja vislumbrada alguma solução. Por favor, ligue para 11.33506214.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 192. Osias Batista Alves JUnior  |  12/01/2014 às 01:53

    Oi Boa Noite!

    Estou com duvida sobre o numero de vagas das DE que me optei, tem algum orgão ou site para que possa ter essa informação.

    Obrigado.

    Responder
    • 193. apeoesp  |  12/01/2014 às 13:03

      Prezado professor Osias,
      Temos tentado diariamente obter esta informação junto à SEE, porém isto ainda não foi possível. Solicitamos reunião com a Secretária Ajunto e com o próprio Secretário, para tratarmos deste e de outros assuntos, mas ainda não foram agendadas. Continuamos trabalhando neste sentido.
      Bebel

      Responder
  • 194. Marinho  |  12/01/2014 às 12:20

    Já saiu a classificação por D.E. e disciplina! Bebel quando o sindicato vai obter as informações para os professores sobre o número de vagas e possível convocação para a efetivação? Infelizmente só na SEESP que não divulgam as vagas existentes para um concurso público! Bebel por favor você como nossos representantes poderia obter tais informações e solicitar divulgação junto aos orgãos de impressas! Obrigado!

    Responder
    • 195. apeoesp  |  12/01/2014 às 13:00

      Prezado professor Marinho,
      Acabo de publicar no blog o comunicado da SEE sobre a classificação. Temos insistido com a SEE para obter informações sobre o número de vagas por diretoria de ensino, mas ainda não fomos atendidos. Em nossos contatos, fomos informados que os candidatos começarão a ser chamados neste mês. A perspectiva é de que muitos já possam assumir ainda antes do início das aulas. De fato, as informações estão incompletas, mas temos feitos contatos diários com a SEE para obtê-las.
      Bebel

      Responder
  • 196. Daniela  |  13/01/2014 às 20:26

    Olá Bebel!
    Uma dúvida, independente da classificação, dentro do período de validade do concurso, todos serão convocados?
    Tenho visto professores aprovados neste concurso que estão preocupados em não serem chamados por falta de vagas!
    Há essa possibilidade de algum aprovado ficar sem convocação?

    Desde agradeço a atenção!

    Responder
    • 197. apeoesp  |  19/01/2014 às 03:08

      Prezada professora Daniela,
      Sim, há esta possibilidade, pois são mais de 116 mil aprovados para 59 mil vagas. Ocorre que o concurso poderá ser prorrogado por mais dois anos, surgindo novas vagas.
      Bebel

      Responder
  • 198. Marcelo  |  14/01/2014 às 17:23

    Prezada
    Bebel

    Gostaria de saber como vai proceder a escolha das vagas minha primeira opção é Suzano e a segunda é Leste 2, eu prefiro Leste 2, eu sou obrigado a pegar a primeira opção, e se eu for convocado pelas as duas simultaneamente aonde tenho q comparecer primeiro

    Responder
    • 199. apeoesp  |  19/01/2014 às 01:38

      Prezado professor Marcelo,
      Você deve comparecer à primeira opção. Pode declinar e tentar a segunda opção, havendo vagas. Mas a SEE ficou de divulgar instruções mais claras sobre processo de escolha.
      Bebel

      Responder
  • 200. Adriana de Faria Angelo  |  16/01/2014 às 23:06

    Ola, minha dúvida esta no que se refere ao total de aulas para ingressar , pois no edital diz que :

    I – DOS VENCIMENTOS
    Os vencimentos iniciais de Professor Educação Básic
    a II – Faixa 1, Nível I, estarão de acordo
    com a Jornada Inicial ou Jornada Reduzida de Trabal
    ho Docente, em conformidade com a Lei
    Complementar 1.204, de 1.º julho de 2013, reajustáv
    eis com percentuais que sejam legalmente
    estabelecidos para os servidores da mesma classe co
    nforme tabela a seguir:
    DENOMINAÇÃO DA JORNADA
    CARGA HORÁRIA SEMANAL
    (nº de aulas)
    VALOR
    PECUNIÁRIO
    Jornada Reduzida de Trabalho
    Docente
    9 aulas R$ 677,35
    Jornada Inicial de Trabalho
    Docente
    19 aulas R$ 1.354,70
    II – DOS REQUISITOS PARA PROVIMENTO DO CARGO
    1
    – De acordo com o Anexo III da Lei Complementar nº
    836, de 30, publicada no DOE de 31-12-97, no
    que concerne à habilitação/qualificação dos profiss
    ionais de educação
    . Portanto pelo que pude entender po-se ingressar com 09 aulas, mas há comentário que não !! que tem que ser 19, e agora qual é o certo ?

    Responder
    • 201. apeoesp  |  18/01/2014 às 11:55

      Prezada professora Adriana,
      A SEE limitou o ingresso à jornada inicial. Isto está em contradição com a lei e com este trecho das instruções especiais do concurso. Por isto ingressamos com ação judicial e estamos aguardando a decisão.
      Bebel

      Responder
  • 202. Denilson de Oliveira  |  16/01/2014 às 23:51

    Boa noite!

    Sei que já efetuaram a mesma pergunta várias vezes, porém, repetirei:

    Quando teremos as informações sobre o número de vagas por diretoria de ensino?

    Obrigado!!

    Responder
    • 203. apeoesp  |  18/01/2014 às 11:52

      Prezado professor Denílson,
      É uma cobrança que temos feito diariamente à SEE. Disseram que estão em vias de nos remeter.
      Bebel

      Responder
  • 204. andrea  |  17/01/2014 às 05:29

    Bebel, boa noite..

    acabei de me formar em Licenciatura em Artes Visuais e passei nesse concurso Peb II que aconteceu agora no fim de 2013. Acho que tive uma colocação satisfatória: 36a em uma ED e 8a em outra ED no interior. Existe uma maneira de saber sobre essas colocações em relação à Diretoria de Ensino? Como avaliar se esse 8o lugar é uma classificação boa dentro da demanda da Diretoria? Desculpa pois ainda desconheço os tramites da parte burocrática da Educação.

    Outra pergunta: Qual o tipo de exame médico é requerido para quem foi aprovado? Vale a pena fazer antes e deixar pronto?

    Responder
    • 205. apeoesp  |  18/01/2014 às 11:45

      Prezada professora Andrea,
      Você precisa informar-se junto à DE pretendida sobre o número de vagas disponíveis, já que esta relação ainda não foi publicada.
      Quanto aos exames médicos, é bom tê-los prontos, se sua classificação é satisfatória. Tem que ser recentes (seis meses). São:
      a) Exames laboratoriais: hemograma completo; glicemia de jejum; PSA prostático – para homens acima de 40 anos de idade; TGOTGP- Gama GT; uréia e creatinina; urina tipo I e urocultura se necessário;
      b) ECG (eletrocardiograma), com Laudo;
      c) Raio X de tórax, com Laudo;
      d) Colposcopia e colpocitologia oncótica (mulheres acima de 25 anos ou com vida sexual ativa) – validade 360 dias para mulheres até 50 anos e 180 dias para as acima de 50 anos;
      e) Laudo Mamografia e Ultrassonografia de mama, se necessário – (mulheres a partir de 40 anos) – validade 360 dias para mulheres até 50 anos e 180 dias para as acima de 50 anos.
      f) Exame de Laringoscopia indireta ou Vídeo Laringoscopia com foto;
      g) Audiometria Vocal e Tonal.
      Boa sorte,
      Bebel

      Responder
  • 206. Silvia  |  05/02/2014 às 17:07

    Boa tarde? prestei o concurso na area de educação especial def. intelectual sou a nº15 na primeira chamada parou no nº 14 ouvir comentarios de algumas candidatas que iria terminar a faculdade em agosto e outras no final do ano, porém elas escolheram ,elas podem assumir sem o diploma ouvir dizer que entraria com mandato de segurança pode isso? Ja trabalho na rede e ja sou formada a 16 anos me senti prejudicada gostaria de uma orientação.

    Responder
    • 207. apeoesp  |  09/02/2014 às 13:20

      Prezada professora Silvia,
      Sim, é possível ingressar com mandado de segurança, mas tudo dependerá da decisão judicial.
      Bebel

      Responder
  • 208. Marcelo Jose Marcelino Machado  |  06/02/2014 às 06:54

    Os convocados que foram aprovado no concurso poderão completar sua jornada além do cargo já neste momento em março ou ´so ficaram com as aulas do cargo.Fui aprovado e não fui chamado ainda,ok,sou catg. F sociologia e filosofia,estou com carga completa pois agora vão tomar posse os aprovados , perco todas as aulas ,,

    Responder
    • 209. apeoesp  |  09/02/2014 às 12:37

      Prezado professor Marcelo,
      No primeiro ano, devem ficar com a jornada escolhida.
      Bebel

      Responder
  • 210. silvia  |  11/02/2014 às 23:20

    Boa noite Bebel, voce me respondeu que uma pessoa que não terminou a faculdade pode entrar com mandato de segurança ela pode ganhar? fiquei chocada pois no edital estava bem claro que a pessoa deveria estar formada , o que eu devo fazer estou sendo prejudicada pois tem poucas sala de ed. especial e por causa dessas duas eu não consegui me oriente por favor. Silvia

    Responder
    • 211. apeoesp  |  16/02/2014 às 14:35

      Prezada professora Silvia,
      Quem decide é a justiça. A APEOESP, se acionada por qualquer professor a ela associado, tem a obrigação de ingressar com as ações judiciais pertinentes e isto ela tem feito. Ocorre que a ação não é para que o diploma seja dispensado e sim para que a vaga fique garantida se a pessoa vai, por exemplo, formar-se em três ou quatro meses.
      Bebel

      Responder
  • 212. Edilene  |  28/02/2014 às 13:52

    Bebel

    Preciso esclarecer uma dúvida sou profa categoria F..caso haja um egresso em Minha U.E e perco as aulas livres que me foram atribuídas, é feita novamente outra atribuição interna entre os professores categoria F?? ou seja, o professor que estiver com as aulas de substituição de diretor efetivo também corre o risco de perder suas aulas para outro F de pontuação maior??????
    ONDE ENCONTRO ISSO NA LEGISLAÇÃO?
    Desde já agradeço
    Edilene

    Responder
    • 213. apeoesp  |  03/03/2014 às 12:48

      Prezada professora Edilene,
      Você poderá requerer essas aulas, pela ordem de precedência da atribuição, prevista na resolução de atribuição de aulas (Res. 75/2013). Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 214. Edilene  |  02/03/2014 às 00:39

    Bebel
    Estive verificando as postagens onde vc informa que a apeoesp está analisando casos que foram reprovados por milésimos, eu fui reprovada por apenas 0,68 pontos , nota padronizada 39.28..muitos aprovados nao atingiram os 40 pontos…entao por que não é possível a tentativa de reverter isso????…VEJA ABAIXO O E-MAIL ENVIADO POR SEUS ADVOGADOS..

    Boa tarde Profa. Edilene,

    Após a reunião do Departamento Jurídico, ocorrida dia 13/01, tiramos o entendimento de que não há base jurídica para questionarmos os resultados do concurso, no que diz respeito à aplicação da Curva de Gauss, uma vez que foi adotado, para este concurso, o parâmetro do desempenho do grupo (candidatos que concorreram para o mesmo cargo/disciplina) e não o critério de 50% de acertos (como era nos anos anteriores).

    Assim, só podemos alegar direito líquido e certo (fundamento do mandado de segurança) para os que tiveram mais de 40 pontos (escore padronizado), ou seja, depois da aplicação da metodologia adotada no item “6”, do Capítulo VIII, das Instruções Especiais do Concurso, e que ainda assim não tiveram a prova corrigida, pois ficaram retidos no “filtro” previsto no item “9” (“Somente será corrigida a prova – parte dissertativa, dos candidatos aprovados na parte objetiva, considerando-se 3,5 (três e meio) vezes o número total de cargos disponíveis para cada Diretoria de Ensino”). Nesses casos, solicitaremos a correção da prova objetiva e pediremos a classificação posterior dos candidatos.
    Analisando a situação concreta narrada pela professora, verifica-se que seu escore padronizado não atingiu os 40 pontos, ou seja, a senhora obteve nota/escore padronizado de 39,28. Infelizmente, não há base para o MS nesse caso, pois não há hipótese de arredondamento.
    Ainda estamos analisando algumas questões da prova objetiva, junto a alguns especialistas, para ver se dá para modificamos a correção.
    Att.

    Jeferson

    Responder
    • 215. apeoesp  |  03/03/2014 às 13:30

      Prezada professora Edilene,
      Sim, este foi o entendimento do departamento jurídico, após analisar a situação, a legislação e os editais do concurso.
      Bebel

      Responder
  • 216. PEDRO AMARO SARAIVA _  |  05/12/2015 às 23:13

    Estamos no final do ano de 2015 e o concurso 2013 – PEBII, quando seremos chamados.

    Responder
    • 217. apeoesp  |  06/12/2015 às 12:01

      Prezado professor Pedro,
      Não sabemos. Há um decreto do governador que proíbe novas chamadas. Toda essa confusão da reorganização também ajudou a atrasar tudo. E ainda não há um novo secretário.
      Bebel

      Responder
      • 218. PEDRO AMARO SARAIVA _  |  12/12/2015 às 18:48

        Obrigado Profª Bebel é muito importante a existência desse canal de informação, pois vários professores também aguardam pela chamada mui ansiosamente. Grato Pedro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,805,200 hits

%d blogueiros gostam disto: