Orientações aos candidatos para a prova do Concurso de Professor de Educação Básica I

13/11/2013 at 12:11 26 comentários

plantão

A Secretaria de Legislação da APEOESP estará de plantão nos dias 16 (das 09 às 17h00) e 17 de novembro (das 07 às 16h00) para atendimento aos professores que prestarão o concurso público. Os interessados poderão ligar para os seguintes números: (11) 3350-6068/3350-6162.

A prova será aplicada em dois turnos (manhã e tarde), no dia 17 de novembro de 2013, nos municípios-sede das 91 (noventa e uma) Diretorias de Ensino.

A Sede Central e as subse­des da APEOESP estarão de plantão, no final de semana do concurso, para orientações e encaminhamentos jurídicos de situações específicas. Ainda no decorrer desta semana serão disponibilizados os formulários para recursos nas subsedes e no site da APEOESP.

Professor/a: sugerimos que procure chegar ao local das pro­vas com pelo menos uma hora de antecedência em relação aos horários de início.

O/a candidato/a deve levar no dia da prova, obrigatoriamente:

a) documento de identificação com foto (RG, Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Con­selhos de Classe, Passaporte, Carteira Nacional de Habilitação etc.), sob pena de não ser admitido na sala;

b) caneta esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente;

c) Cartão de Informação (compro­vante de inscrição), contendo a confirmação da data, sala e endereço do estabelecimento, que deve ser impresso no site da Fundação Getúlio Vargas.

IMPORTANTE – Não se­rão aceitos como documentos de identidade: certidões de nasci­mento, CPF, títulos eleitorais, carteiras de motorista com modelo antigo (sem foto), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de iden­tidade, nem documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

A prova será dividida em dois turnos, para aplicação da parte pe­dagógica (período da manhã) e da parte específica (período da tarde).

a) Parte Pedagógica. Será aplicada das 8h às 12h e será composta por 50 (cinquenta) questões objetivas e 02 (duas) questões dissertativas. As questões objeti­vas e dissertativas versarão sobre o conteúdo pedagógico. Can­didatos inscritos em duas disciplinas farão uma única prova pela manhã.

b) Parte Específica. Será aplicada das 14h às 16 (para candidatos inscritos em uma disciplina) e das 14h às 18h (para candidatos ins­critos em duas disciplinas). A parte específica consiste em 30 (trinta) questões objetivas – o candida­to que optar por duas disci­plinas realizará duas provas distintas, com duas horas de duração cada uma – que terão como referência o conteúdo es­pecífico de cada disciplina.

O/a Candidato/a que deixar de comparecer à Parte Pedagógica e/ou Específica da prova será eliminado/a do concurso.

Será zerada a prova disser­tativa que for assinada ou apresen­tar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do/a candidato/a.

Consulte o local da prova em: http://www50.fgv.br/ConsultaLocalProva.aspx?key=354

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Edital de convocação para a realização da prova do concurso PEB II Progressão continuada ou aprovação automática?

26 Comentários Add your own

  • 1. Rodrigo  |  14/11/2013 às 15:29

    Boa tarde,

    Acabo de verque o prazo para envio de título espirou em 21/outubro, procede? Pois foi alterado o edital, e acabei perdendo. Outra dúvida é a soma de pontos para professores que já forma efetivos no estado(no meu caso, fiquei um mês efetivo do último concurso), é automático a soma desses pontos? especificamente para quem já foi professor do estado, ou deveria enviar algo(o que não consta no edital) para entrega de títulos?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  15/11/2013 às 12:37

      Prezado professor Rodrigo,
      Por favor, para melhor orientação ligue para 11.33506068/33506162.
      Bebel

      Responder
  • 3. Luciano  |  17/11/2013 às 23:53

    A prova de hoje foi a gota dágua!!! simplesmente fora de parâmetro… pior que fuvest

    Responder
  • 4. Luciano  |  18/11/2013 às 15:50

    A APEOESP não vai solicitar que todos que obtiverem nota igual ou superior a 40 sejam classificados?

    Responder
    • 5. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:43

      Prezado professor Luciano,
      Sim, é uma possibilidade. No momento adequado.
      Bebel

      Responder
  • 6. Cristiane Salvador  |  18/11/2013 às 22:31

    Prezada Bebel, a Apeoesp não fará nada quanto ao concurso ?????Muitas reclamações de quem fez a prova…..fomos enganados!!!!!!

    Responder
    • 7. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:37

      Prezada professora Cristiane,
      A APEOESP está agindo. Com base em análise de especialistas, ingressaremos com ações sobre todos os erros de formulação, respostas e aplicação das provas.
      Bebel

      Responder
  • 8. Sheila  |  20/11/2013 às 13:54

    Ola boa tarde, Bebel o sindicato vai tomar alguma providencia em relação as questões que foram pedidas no concurso, mas não constava na bibliografia? Você sabe qual a previsão para o resultado final do concurso?
    Tipo I – Branca
    Questão 1 – A questão não teve o conteúdo contemplado em bibliografia publicada. No edital constava o texto: Resposta à pergunta O que é Esclarecimento, de Kant. Nesse texto, podemos entender os ideais de Kant acerca do Século das Luzes, mas não há padrão para comparar Voltaire, Rousseau e Franklin. Nenhuma outra obra da bibliografia contemplava o pensamento desses autores sobre essa questão (o texto de Rousseau indicado na bibliografia não fazia menção a isso).
    Questão 2 – Não poderia fazer parte da prova, pois o texto “Prolegômenos a toda a metafísica futura”, de Kant, não fazia parte da bibliografia, bem como as referências acerca de Hume no tocante a sua teoria do conhecimento.
    Questão 7 – Na bibliografia foi indicada a leitura do Livro VII da República, de Platão. No entanto, algumas noções contidas na prova são referenciadas no Livro VI, estando fora da bibliografia. Assim, a questão foi colocada no prova de forma indevida.
    Questão 12 – Foi formulada baseada no livro de Coli, sobre a arte. No entanto, nos capítulos indicados, não existem menções sobre a inovação nas obras de arte. Assim, essa questão também foi colocada na prova de forma equivocada.
    Questão 14 – Maclntyre e Araújo não faziam parte da bibliografia.
    Questão 17 – Nozick não fazia parte da bibliografia.
    Questão 19 – Nada na bibliografia referenciava o neoliberalismo.
    Questão 21 – Nada na bibliografia referenciava a bioética.
    Questão 24 – Não havia nada na bibliografia sobre Adorno e Horkheimer.
    Questão 27 – Hans Jonas não estava na bibliografia.
    Questão 28 – Nada na bibliografia referenciava Weber, Adorno, Durkheim, Pierce ou Eliade. Assim, era impossível identificar a qual conceito a tirinha fazia ironizava.
    Questão 29 – Pedro Abelardo não estava na bibliografia.
    Por conta dos equívocos mencionados, os professores de filosofia abaixo-assinados vêm pedir (anulação das questões?/ impugnação do concurso?).

    Responder
    • 9. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:12

      Prezada professora Sheila,
      Em princípio, a APEOESP não pedirá a anulação de um concurso que envolveu mais de 330 mil candidatos. Estamos agindo sobre as questões comprovadamente erradas. Especialistas contatados por nós as estão analisando. É preciso tomar cuidado com autores que não estavam na bibliografia, mas cujos textos foram citados por outros autores.
      Bebel

      Responder
  • 10. Leandro  |  21/11/2013 às 12:50

    Cade a posição da Apeoesp em defesa dos professores nesse momento!! A FGV faz um concurso desses, provas mal formuladas, autores não condiziam a biografia (Filosofia) , repostas erradas e nada do sindicato intervir?????
    Cade os recursos a nosso favor??? Cade o barulho na Mídia sobre esses erros absurdos???

    Responder
    • 11. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:37

      Prezado professor Leandro,
      A APEOESP nunca se manifestou de forma precipitada em relação a nenhum fato, sobretudo se envolve 330 mil candidatos. Estamos atentos ao concurso, orientamos todos os professores na formulação dos recursos, ingressaremos na justiça para anulação das questões comprovadamente erradas e defenderemos os direitos de todos os professores para que ninguém seja prejudicado por erros na aplicação da prova. Divulguei um nota aqui no blog e divulgaremos nota à imprensa com um quadro mais claro do problema.
      Bebel

      Responder
  • 12. Cleber Bertolazo  |  21/11/2013 às 13:57

    O que a Apeoesp vai dizer sobre os inúmeros erros na prova do concursos???!!!! Várias questões com gabaritos trocados, e ainda questões a serem anuladas…

    Responder
    • 13. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:35

      Prezado professor Cleber,
      Veja nota que publiquei no blog. Vamos agir em relação a todos os erros comprovados.
      Bebel

      Responder
  • 14. Hugo  |  22/11/2013 às 00:22

    Professora Bebel,
    Se eu estiver impedido de lecionar no Estado, por quebra de contrato de categoria O e caso venha a ser aprovado no concurso público. Poderei ser impedido de tomar posse?

    Grato
    Prof Hugo Ricardo

    Responder
    • 15. apeoesp  |  24/11/2013 às 13:23

      Prezado professor Hugo,
      No entendimento do Estado, sim. No do sindicato, não. Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 16. apeoesp  |  24/11/2013 às 14:19

    Prezada professora Patrícia,
    Será feita uma média das notas de todo o grupo e a partir daí o cálculo da classificação de cada um, para evitar que se a prova foi muito difícil, muitos sejam prejudicados.
    Bebel

    Responder
  • 17. katia  |  05/12/2013 às 14:28

    Boa tarde Bebel !
    Sou professora categoria O iniciei o meu contrato no ano de 2010, ontem o Sr.diretor da minha escola me avisou que o meu se extingue agora nesse mês de dezembro e eu terei que cumprir no ano de 2014 a duzentenas, os 200 dias afastada sem trabalhar.Eu gostaria de saber se isso procede??

    desde já agradeço a atenção.
    Prof. Katia

    Responder
    • 18. apeoesp  |  08/12/2013 às 12:44

      Prezada professora Katia,
      Na alteração da lei 1093, há restrições há redução da quarentena para quem já teve duas vezes o contrato prorrogado. Mas é preciso aguardar, pois faltam professores na rede e esta regra certamente terá que ser flexibilizada.
      Bebel

      Responder
  • 19. marcia  |  10/12/2013 às 22:40

    Boa Tarde
    Sou professora categoria F aprovada, , no ato da inscrição fiz minha opção por 9 aulas pois tenho acumulo com a prefeitura

    de acordo com a resolução.
    § 4º – A atribuição de classes e aulas aos docentes não efetivos far-se-á de acordo com a carga horária de
    opção registrada no momento da inscrição e, no mínimo, pela carga horária correspondente à da Jornada
    Inicial de Trabalho Docente, integralmente em uma única unidade escolar ou em mais de uma, se houver
    compatibilidade de horários e de distância entre elas.

    Por já estar com a reduzida no ano anterior e ter feito minha inscrição neste ano pela mesma jornada , tenho o direito de continuar na mesma jornada ?

    agradeço resposta
    Marcia R A Leme-

    Responder
    • 20. apeoesp  |  15/12/2013 às 15:57

      Prezada professora Márcia,
      Não. Estamos questionando na justiça. Será necessária ação individual. Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 21. marcia  |  10/12/2013 às 22:43

    Posso entrar com mandato de segurança para pegar só 9 aulas? como agendar um advogado, sou da DE Pirassununga . Vai haver ferias para os advogados?

    Responder
    • 22. apeoesp  |  15/12/2013 às 15:56

      Prezada professora Márcia,
      Procure a subsede. Haverá recesso agora no final do ano.
      Bebel

      Responder
  • 23. vera  |  15/12/2013 às 02:47

    Como disse um colega acima,pergunto : a APEOESP nao vai solicitar que todos que obtiveram nota igual ou maior que 40 sejam classificados ,eu fiz 43 e nao fui classificada.

    Responder
    • 24. apeoesp  |  15/12/2013 às 14:35

      Prezada professora Vera,
      Este tipo de ação é individual. Deve ser feito requerimento à SEE ou eventual ação judicial. A justiça não aceita ação coletiva neste caso. Procure o departamento jurídico.
      Bebel

      Responder
  • 25. Hugo  |  06/01/2014 às 19:59

    Professora Bebel, anda um boato que os professores que passaram no concurso deverão fazer os exames médicos por conta própria. Isto procede?

    Responder
    • 26. apeoesp  |  12/01/2014 às 16:55

      Prezado professor Hugo,
      Sim, os exames correm por conta do professor. Tentamos sem sucesso que o Estado os custeasse.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,830,441 hits

%d blogueiros gostam disto: