APEOESP continua na luta pela ampliação do reajuste salarial de julho, aumento real e jornada do piso

16/04/2014 at 15:14 38 comentários

APEOESP continua na luta pela ampliação do reajuste salarial de julho

Como é público, a partir de 2011 o governo instituiu unilateralmente o mês de julho para os reajustes salariais, até este ano de 2014. Nós, da APEOESP, em conjunto com todo o funcionalismo, lutamos para que se aplique a lei aprovada pela Assembleia Legislativa, que prevê a data-base no mês de março. O fato, porém, é que os professores tem garantido em julho deste ano um reajuste salarial de 7%. Os reajustes salariais anuais, é preciso lembrar, embora insuficientes, foram conquistados como resultado da nossa greve de 2010.

No momento, a APEOESP negocia com a Secretaria da Educação, com base no artigo 5º da lei complementar 1143/2011, a ampliação deste reajuste previsto para julho deste ano. Em contato telefônico com a SEE, a APEOESP foi informada de que prosseguem os estudos neste sentido prosseguem no âmbito do governo.

A APEOESP continua lutando por um reajuste maior em 2014 e por um plano de ganho real de salários que parta do salário mínimo do DIEESE para PEB I, rumo aos 75,33% de aumento necessários para que nossos vencimentos sejam equiparados aos das demais profissões com formação em nível superior.

Estudos para nova forma de contratação dos professores da categoria O

Neste contato com a SEE, a Presidenta da entidade, professora Bebel, voltou a cobrar do governo soluções para a situação dos professores da categoria O, contratados precariamente, sem direitos básicos. Durante o contato, a partir de cobranças e sugestões formuladas pela APEOESP, a SEE admitiu a realização de estudos sobre uma possível nova forma de contratação dos atuais professores da categoria O, de forma a assegurar-lhes condições dignas de contratação e de trabalho.

Concurso de PEB II

A SEE informou que serão chamados até a primeira quinzena de maio 30 mil novos concursados. A lista de vagas será publicada no dia 17/04.

Professores concursados que estão adidos

A Presidenta da APEOESP relatou à SEE casos de professores que ficaram adidos nas escolas que escolheram, por falta de aulas, sendo que há aulas disponíveis em sua escola de origem. A SEE considerou não haver motivos para que isto ocorra, tendo em visto que orientação era propiciar a opção por escolas da DRE com aulas livres disponíveis.

Assim, os professores devem comunicar às subsedes para que enviem à sede central, por meio do endereço presiden@apeoesp.org.br todos os casos desta natureza para que a SEE possa corrigir a situação.

Professor Coordenador Pedagógico

Também foi informada à SEE a existência de casos de PCP que solicitaram a incorporação anual de 1/10 pelo exercício da função, mas não foram atendidos. Da mesma forma, todos os casos desta natureza devem ser comunicados à sede central pelo e-mail presiden@apeoesp.org.br.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

IAMSPE estuda projeto de lei específico para atendimento aos professores da categoria O Governador autoriza abertura de concurso para PEB I

38 Comentários Add your own

  • 1. Lucio  |  17/04/2014 às 11:27

    Bebel o estado mentiu, hoje dia 17 não saiu as relações das vagas no D.O
    No começo do ano saiu na página Suplementos e assim que fui dar uma olhada jo D.O de hoje esta página nem apareceu. Mentira!!!!!!

    Responder
    • 2. apeoesp  |  18/04/2014 às 12:57

      Prezado professor Lucio,
      Esta foi a informação da SEE. Como sempre, algum problema de organização. Creio que sairá nos próximos dias.
      Bebel

      Responder
      • 3. Claudia  |  01/05/2014 às 23:59

        Bebel, gostaria de saber se há possibilidade de ter uma terceira chamada para o concurso peb II.Obrigada.

      • 4. apeoesp  |  03/05/2014 às 15:45

        Prezada professora Claudia,
        Deve ocorrer, sim, mas não temos ainda nenhuma informação a respeito.
        Bebel

  • 5. Fabio  |  17/04/2014 às 15:11

    Caros, sobre o concurso PEB II, as informações são de fato verídicas ou apenas novos boatos?

    Responder
    • 6. apeoesp  |  18/04/2014 às 13:00

      Prezado professor Fábio,
      Não publicamos boatos. As informações foram prestadas pela Secretaria da Educação.
      Bebel

      Responder
  • 7. Fábio Vieira  |  17/04/2014 às 18:18

    Bebel, por favor, você conversou com o Secretário referente ao ingresso, será esse ano e irá bagunçar tudo em vários aspectos? Ou será ano que vem? Obrigado!

    Responder
    • 8. apeoesp  |  18/04/2014 às 13:01

      Prezado professor Fábio,
      Insistimos para que seja apenas em 2015, mas o Secretário está irredutível e alega pressão do Ministério Público em função da falta de professores.
      Bebel

      Responder
  • 9. Fábio Vieira  |  17/04/2014 às 18:40

    Vi uma resposta sua que: o Secretário afirma que o ingresso será esse ano, que tem o apoio do Ministério Publico… E que a apeoesp já se posicionou a favor de ser em 2015… Ok. Qual a posição deles? Será que a SEE tem ciência da bagunça que vai se tornar o ano letivo em vários aspectos? O que a APEOESP fará além de apenas se posicionar contra? Isso é uma situação muito séria.

    Responder
    • 10. apeoesp  |  18/04/2014 às 13:02

      Prezado professor Fábio,
      Você retratou bem a situação.
      Bebel

      Responder
  • 11. Luana Ribeiro  |  17/04/2014 às 20:37

    Bebel a senhora informou que sairia hoje (17/04) a relação de vagas para a segunda chamada do Concurso PEB II, mas não encontrei nada até agora. Essa informação é verdadeira?

    Obrigada

    Responder
    • 12. apeoesp  |  18/04/2014 às 11:56

      Prezada professora Luana,
      A informação é da própria Secretaria da Educação, o que a faz verdadeira. Quanto a terem cumprido o previsto, aí é outra história.
      Bebel

      Responder
  • 13. Renata  |  18/04/2014 às 14:21

    r Pra mim quem naum quer q o ingresso aconteca esse ano ainda sao os que ainda nao tem o diploma e quem esta com medo de perder as aulas! eu sou categoria O a 5 anos naum tenho nenhum direito, ano passado fiquei gravida e o governo naum encerrou meu tcontrato apartir de maio acaba minha licenca e terei de ficar 40 dias fora de sala pra assinar novo contrato e meu filho como fica nesse temoo morre de fome?????? eu quero mto essa nova chamada pra eu poder me efetivar e dar uma vida digna ao meu filho, entao peco que a apeoesp e a Sr presidente pensem em quem lutou e conseguiu e merece ter seu merito reconhecido!! naum e egoismo e necessidade!! grata ( desculpa o desabafo)

    Responder
    • 14. Miriam  |  22/04/2014 às 18:36

      Professora Renata
      Por favor este é um espaço de professores. Use a linguagem escrita formal, ou pelo menos não confunda este espaço com as redes sociais onde muitas pessoas criaram linguagem especifica para se comunicar. O assunto é do interesse de muitos, mas a forma como você escreveu depõe contra você mesma.
      Fica a dica.

      Responder
  • 15. Rosi  |  18/04/2014 às 16:13

    Bebel, o combinado seria 20.000 ingresso este ano, insista com o secretário da educação para que os demais ingressos sejam efetivados em 2015, pois sou categoria F e fui obrigada a pegar aulas livres em minha unidade de frequência, quando poderia ter pego substituição na Diretoria, chega de tanto descaso com os professores.
    Desde já muito obrigada.

    Responder
    • 16. apeoesp  |  20/04/2014 às 12:57

      Prezada professora Rosi,
      Sim, temos insistido. Ocorre que a pressão verbal não é suficiente neste caso. Por outro lado, há a pressão de milhares de concursados que querem ingressar neste ano. Infelizmente, existe esta contradição na categoria. Nossa posição, votada em CER e assembleia, é pelo ingresso em 2015.
      Bebel

      Responder
  • 17. Fabiane  |  18/04/2014 às 21:34

    Olá, Bebel! Envio novamente minha dúvida, pois não encontrei a resposta, Por meio do GOE da escola em que estou atualmente por meio do artigo 22, soube que houve um levantamento de vagas para novo ingresso há alguns dias. A minha dúvida é que se houve algum cargo que surgiu por meio de aposentadoria de professor, esse cargo vai para quem está ingressando sem passar por concurso de remoção? Ingressei no concurso de 2004 e desde então tento voltar para a minha região por remoção, perderei essa oportunidade para um ingressante? Qual a posição da apeoesp e da secretaria da educação diante disso? O que aconteceu com o artigo do estatuto do magistério que diz ser obrigado por lei de oferecer primeiro para remoção? Aguardo resposta. Obrigada.

    Responder
    • 18. apeoesp  |  20/04/2014 às 12:54

      Prezada professora Fabiane,
      Infelizmente, uma lei supera outra. A ALESP aprovou uma nova lei de concursos que permite a realização de novo concurso nessas condições. A alegação foi a de que não daria tempo para realizá-lo e suprir a falta de professores. Você pode contestar judicialmente, por ser prejudicada. Neste caso, creio que cabe ação individual. Por favor, procure o departamento jurídico na subsede, na sede central ou ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 19. Daniel  |  22/04/2014 às 11:53

    Bom dia!

    Sou formado em matemática, possuo no meu histórico acadêmico 252 horas de física mas não possuo nenhuma menção no meu diploma, atualmente dou apenas aulas de física na DE Leste 1. Fui aprovado no concurso e gostaria de saber se poderei ingressar.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  27/04/2014 às 12:22

      Prezado professor Daniel,
      Creio que poderá ter problemas quanto a isso, pois é preciso ter a habilitação no diploma, mas sugiro que ligue para 11.33506214 para informar-se e orientar-se a respeito.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 21. MARILENA  |  23/04/2014 às 04:04

    BEBEL

    Na questão do acerto PC , referente a incorporação 1/10 muitos professores que largaram o cargo e também o vice-diretor, estão aguardando que o sistema seja implantado. É uma vergonha termos que aguardar um sistema para podermos receber , inclusive atraso que eles próprios fazem questão de irem esticando o pagamento. Pagamento seja lá o valor deve ser acertado o mais rápido possível. Eu aguardo acerto a 4 anos e, sinto um descaso e até uma falta de ética da parte da SEE de como continuam nos tratando..É lamentável essa situação. Professor parece ser uma bola para eles. As DE informam que devem aguardar o sistema . Até quando? aposentamos? Salário não se atrasa. Por favor só vocês mesmo para ajudar a solucionar mais este descaso. Como sempre conto com a apeoesp.
    Obrigada.

    Responder
    • 22. apeoesp  |  27/04/2014 às 12:37

      Prezada professora Marilena,
      Levamos estes casos à Secretaria da Educação. A secretária adjunta estranhou e disse que os procedimentos deveriam estar normais. Sugeriu que todos verifiquem em seus holerites se houve alteração do salário base e consequente exclusão da rubrica da gratificação, o que indicaria a incorporação. Se realmente não houve a incorporação, por favor, envie um e-mail com seus dados para presiden@apeoesp.org.br.
      Bebel

      Responder
  • 23. Renata  |  23/04/2014 às 12:06

    Porque naum respondeu meu comentario???? e pq sou a favor do ingresso e vc esta fazendo vista grossa????? vcs mesmo lutaram pra esse concurso, quem passou tem direitod ser chamdo.e.merito!!! Ninguem foi enganado todos sabiam que.haveria.ingresso, se realmente ha falta de professor naum vai mudar muito, pois grande parte dos que passaram ja estao na rede!!! parem de ser egoista sempre havera aula para todos!!!!! Eu sou O e quero deixar de ser, estudei muitoo, foram varios sabados estava gravida e fui firme tods entaum eu mereco pelo neu esforco!!!!!!

    Responder
    • 24. apeoesp  |  27/04/2014 às 12:46

      Prezada professora Renata,
      Democraticamente publiquei seu comentário. Você não fez nenhuma pergunta que exigisse uma resposta da minha parte. Pelo contrário, você classificou seu próprio comentário como um desabafo. Isto não lhe dá o direito de faltar ao respeito para comigo, pois não faltei ao respeito com você em nenhum momento. A posição da APEOESP – e não só minha, em particular – é a de que o ingresso deveria ocorrer apenas no início do ano letivo (como sempre tem sido), para não haver tumultos durante o processo pedagógico, tanto para professores quanto para os estudantes. Não se trata de egoísmo – pelo contrário. Como presidenta da APEOESP, encaminho as decisões tomadas pelo sindicato. Este posicionamento foi aprovado no Conselho de Representantes e na assembleia estadual. Entendo perfeitamente seu ponto de vista e seu interesse, mas há também outro ponto de vista e interesse dentro da categoria. A APEOESP não toma a decisão – ela cabe ao governo – mas nosso posicionamento é este.
      Bebel

      Responder
  • 25. Bruno Souza Nardini  |  26/04/2014 às 16:27

    Bruno
    Olá, Bebel! Em relação à eliminação do processo seletivo, para professores categoria ”O” que passaram no concurso mas não assumiram, vai ocorrer?
    Obrigado.

    Responder
    • 26. apeoesp  |  27/04/2014 às 14:41

      Prezado professor Bruno,
      A SEE está analisando.
      Bebel

      Responder
  • 27. Isa  |  27/04/2014 às 14:44

    Bebel, porque a aposentadoria dos professores demora tanto a sair????
    Seria uma boa saida procurarmos um advogado para saber se tem prazos legais???

    Responder
    • 28. apeoesp  |  03/05/2014 às 12:34

      Prezada professora Isa,
      A SEE diz que agilizou a sua parte, mas que a demora é na SPPREV. É possível, sim, ingressar com mandado de segurança para agilizar o processo. Por favor, procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 29. João Carlos Capeldi  |  27/04/2014 às 18:02

    Prezada Bebel,

    Como fica a situação dos professores que já são efetivos em uma determinada escola há mais de 15 anos e queiram ter dedicação plena e exclusiva, com gratificação de 75%? Serão eles obrigados a prestarem outro concurso que dê direito a tal dedicação exclusiva e exonerarem o atual cargo, podendo mudar até de cidade para esse novo cargo? Perderão as vantagens do cargo atual? A senhora poderia nos esclarecer com respeito a isso?

    Responder
    • 30. apeoesp  |  03/05/2014 às 12:46

      Prezado professor João,
      Esta é a pretensão da SEE, mas nossa posição é contrária. Consideramos que um professor já concursado não deve prestar novo concurso e sim optar pelo novo regime, se vier a ser implantado.
      Bebel

      Responder
  • 31. Ana Ligia  |  29/04/2014 às 12:47

    Olá, Bebel!!Sou categoria O .Ministrei aulas até 2010,fiquei 3 anos fora da rede e voltei em março de 2013 e este ano foram atribuídos PAA dia 20/03 .Gostaria de saber se o meu contrato é o mesmo do ano passado, ou se este ano iniciou um novo contrato???Nossos direitos de abonadas, que são só duas é para os dois anos???Desculpe pela pergunta,mas quem deveria responder (escola ou diretoria de ensino)estão sempre ocupados para responder suas duvidas.

    Responder
    • 32. apeoesp  |  03/05/2014 às 13:33

      Prezada professora Ana Ligia,
      Seu contrato pode ser prorrogado até final de 2014. É, portanto, o mesmo.
      Bebel

      Responder
  • 33. João Carlos Capeldi  |  01/05/2014 às 13:07

    Prezada Professora Bebel,

    Volto ao assunto da dedicação plena e exclusiva.
    Nessa, o professor terá de cumprir as 32 aulas com alunos, mais 3 aulas de ATPC e o restante de 13 aulas em local de livre escolha ou deverá cumprir as 40 horas semanais somente na unidade de ensino?
    Esse projeto que está sendo discutido na SEE contempla os CEEJAs ou somente as escolas regulares?
    Espero suas respostas para todas as minhas perguntas.

    Obrigado.

    Prof. João

    Responder
    • 34. apeoesp  |  03/05/2014 às 15:05

      Prezado professor João,
      Estamos aguardando que a SEE apresente uma minuta para que possamos tomar posição e apresentar pontos para discussão.
      Bebel

      Responder
      • 35. João Carlos Capeldi  |  09/05/2014 às 15:53

        Prezada Bebel,

        Gostaria de saber se ainda está valendo a não contagem de faltas médicas e licenças saúde para fins de disponibilidade e aposentadoria? Precisamos de trabalhar realmente os 25 ou 30 anos de efetivo exercício para obtermos a aposentadoria especial?

        Obrigado.

        Prof. João

      • 36. apeoesp  |  11/05/2014 às 15:33

        Prezado professor João,
        Infelizmente, nada ainda mudou neste aspecto. A aposentadoria especial para professores é de 25 anos de efetivo exercício para mulheres e de 30 anos de efetivo exercício para os homens.
        Bebel

  • 37. Rita  |  02/05/2014 às 19:00

    Prezada Bebel, boa tarde. Estou no magistério faz 22 anos e exerci a função de vice diretor por mais de 5 anos, hoje estou em sala de aula e, se for possível, qual é a Lei que estabelece incorporação de salário de vice diretor e quais os procedimentos que devo tomar junto a secretaria da escola?

    Responder
    • 38. apeoesp  |  04/05/2014 às 13:54

      Prezada professora Rita,
      A incorporação é das gratificações, na base de 1/10 por ano. Você deve requerê-la na escola.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,830,441 hits

%d blogueiros gostam disto: