PCO desorienta os professores

15/09/2014 at 19:24 14 comentários

Mais uma vez o grupo Educadores em Luta (do Partido da Causa Operária – PCO) vem a público fazer terrorismo e espalhar o pessimismo entre os professores e professoras. Desta vez sobre o processo de atribuição de aulas.
A APEOESP vem constantemente denunciando as mazelas da rede estadual de ensino e responsabilizando o governo Alckmin pelas más condições de trabalho, baixos salários, falta de infraestrutura das escolas, falta de uma carreira que atenda a nossas necessidades, violência nas escolas, adoecimento profissional e contratação precária de professores. Entretanto, para cada um desses pontos, a entidade desenvolve campanhas, convoca a categoria à luta, realiza assembleias, atos e passeatas, reivindica, agenda negociações com o governo, aciona o Estado juridicamente. Enfim, a APEOESP não só fala, a APEOESP age!
Por isso, a nossa categoria mantém na direção do sindicato aqueles que efetivamente lutam por ela e me confiou, pela quarta vez (a terceira consecutiva), a tarefa de presidir o sindicato.
O PCO não tem representatividade na base e dedica-se a apostar no “quanto pior, melhor”. Muito discurso, pouca prática. Se ocorressem todas as catástrofes que esse grupo anuncia, os professores e professoras já teriam morrido.
Não ignoramos, por certo, os problemas da atribuição de aulas; tanto que já solicitamos audiência com o Secretário da Educação, em caráter de emergência, para tratar deste ponto e de nossa pauta de reivindicações. Um dos problemas é a ameaça de desemprego que paira sobre os professores cujos contratos se encerram em 2014, por causa da manutenção da “duzentena”. Não estamos inertes diante desse problema e vamos recorrer a todos os meios, inclusive judiciais, como fizemos de forma vitoriosa no início deste ano.
Mas não se pode tentar transformar vitória em derrota. Com nossa luta, conquistamos o maior concurso da rede. Mais de 116 mil aprovados, mais de 40 mil candidatos PEB II foram convocados. Claro, lutamos para que todas as vagas sejam preenchidas e que o máximo possível de aprovados no concurso sejam convocados rapidamente. Agora, dizer que os aprovados serão transformados em categoria O não é uma afirmação verdadeira. É preciso esclarecer que o fato de um professor ser contratado como categoria O nesta atribuição de aulas não invalida sua aprovação no concurso e ele poderá, sim, ser convocado a assumir um cargo como efetivo.
Como todos sabem, temos uma assembleia estadual marcada para o dia 25 de setembro, quinta-feira, ás 10 horas, no MASP (Avenida Paulista). O PCO queria esta assembleia ainda em agosto, quando não teriam sido publicadas essas regras da atribuição e a assembleia cairia no vazio.
Temos consciência de que enfrentamos um governo sem compromisso com a educação pública e com a valorização do magistério. A diferença entre nós e o PCO é que nós organizamos a luta dos professores para derrotar os projetos do governo e conquistar nossos direitos e reivindicações, enquanto o PCO apenas desorienta os professores.

Maria Izabel Azevedo Noronha
Presidenta da APEOESP

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Deu na Imprensa: Jornal Dia a Dia Professores da categoria O que estão na rede não precisarão fazer prova

14 Comentários Add your own

  • 1. Maurício  |  15/09/2014 às 20:00

    O grupo do PCO inventam coisas sem estar a par das leis. Se um professor instruído soubesse de seus direitos, este saberia que o aprovado no concurso jamais perderia o concurso por ter aceitado ser contratado. Pelo contrário, não sabemos quando irá acontecer a terceira chamada e o aprovado, diferente das outras vezes, este poderá estar na sala de aula como temporário até que chegue a convocação. Entre esperar a convocação sendo contratado ou ficar fora da U.E, prefiro ganhar o meu trocado até o momento em que for convocado.

    Responder
    • 2. Valquiria  |  21/09/2014 às 18:01

      Prezado Professor Maurício, concordo plenamente com você. Um concurso só é encerrado quando não há remanescentes e nesse concurso o que não falta são professores aptos a lecionar. Esperaremos a terceira chamada ganhando experiencia.
      Um abraço.

      Responder
  • 3. ROBERTO GONCALVES DA SILVA  |  15/09/2014 às 22:38

    Boa noite Bebel!

    Gostaria se fosse possível…perguntar se vai ter o concurso de remoção? tendo em vista que o comentário e que não haverá.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  21/09/2014 às 12:10

      Prezado professor Roberto,
      A SEE já anunciou que não pretende fazer o concurso de remoção. Estamos cobrando um posicionamento por escrito e poderemos ingressar com ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 5. Waldemir Araújo Miranda  |  16/09/2014 às 02:47

    A Apeoesp deverá impedir que seus associados e demais agentes do Quadro do Magistério sofram desorientação por quaisquer partidos alienantes. Acredito que a entidade exista para garantir, respaldar e assegurar ética e moralmente a conduta de TODOS os trabalhadores em Educação.

    Responder
  • 6. Leandro Oliveira  |  16/09/2014 às 03:20

    Prezada Bebel:

    Em ano eleitoral pode haver concurso publico? Pois a Secretaria da Educação abriu inscrições para professor PEB I! E para Supervisão e Direção vai ter?……Como fica?

    Responder
    • 7. apeoesp  |  21/09/2014 às 11:55

      Prezado professor Leandro Oliveira,
      Sim, vai haver. A autorização do Governador foi publicada antes do período eleitoral.
      Bebel

      Responder
  • 8. Val  |  16/09/2014 às 14:32

    boa tarde a todos. nao consigo entender porque complicar tanto a convocaçao do concurso… alguem tem um palpite? bj a todos.

    Responder
  • 9. katita  |  17/09/2014 às 00:38

    Bebel, boa noite! Desculpe o espaço, gostaria de saber sobre a nossa jornada, eu sei que está no STJ, mas 2014 já está se findando e para 2015 teremos alguma novidade? Mesmo que seja paulatina?.Acho estranho essa demora, sabemos muito bem das falas do nosso desgoverno…sempre dizem que estão estudando e depois dizem para o próximo ano não haverá tempo hábil, não é possível que nos enrolem mais um ano!!!Um abraço Katita

    Responder
    • 10. apeoesp  |  20/09/2014 às 10:31

      Prezada professora Katita,
      Não temos novidade, mas estamos esperançosos de que com a mudança na Presidência do STF o processo tenha andamento.
      Bebel

      Responder
  • 11. Mariangela  |  24/09/2014 às 02:19

    Boa noite Bebel. Gostaria de saber como fica a situação de um professor da categoria F caso passe no concurso, mas nos exames médico é reprovada. obrigada!

    Responder
    • 12. apeoesp  |  27/09/2014 às 12:44

      Prezada professora Mariangela,
      Até o momento em que passe a ter outro vínculo com a rede, permanece na situação anterior. Porém, tendo sido reprovado para o exercício da profissão, do ponto de vista de saúde, sua permanência poderá eventualmente ser questionada. Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214 ou no departamento jurídico, na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 13. Regina  |  24/09/2014 às 11:46

    como ficarão as pessoas que tem somente o magistério?????

    Responder
    • 14. apeoesp  |  27/09/2014 às 12:38

      Prezada professora Regina,
      A APEOESP ingressou com ação judicial para garantir a inscrição de todos.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,854,049 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em

%d blogueiros gostam disto: