SEE divulga calendário de atribuição de aulas

11/01/2015 at 13:18 67 comentários

A Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos divulgou portaria no “Diário Oficial” desta quinta-feira, 8, fixando as datas e prazos para a divulgação da classificação dos professores inscritos  e o cronograma e as diretrizes do processo de atribuição de classes e aulas. A atribuição de aulas terá início no dia 21 de janeiro (abaixo divulgamos a Portaria CGRH-1 na íntegra).

No próximo dia 19, a APEOESP promoverá um encontro sobre a atribuição de aulas com a Diretoria Estadual Colegiada e mais dois conselheiros das subsedes, quando o departamento jurídico da APEOESP esclarecerá dúvidas. Para tanto, o Sindicato já encaminhou às subsedes Suplemento Especial com a Resolução SE 75 comentada.

Durante todo o processo de atribuição, a diretoria do sindicato e o departamento jurídico estão a postos para prestar toda a assistência necessária à categoria.

Diário Oficial
Estado de São Paulo/ Poder Executivo
Geraldo Alckmin – Governador Seção I

Quinta-feira, 8 de janeiro de 2015 – Pagina 59

Portaria CGRH-1, de 7-1-2015

Fixa datas e prazos para a divulgação da classificação dos inscritos e estabelece cronograma e diretrizes para o processo de atribuição de classes e aulas do ano letivo de 2015, nos termos da Resolução SE 75/2013, alterada pela Resolução SE 70, de 29-12-2014

A Coordenadora da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos, considerando a necessidade de estabelecer datas, prazos e diretrizes para o desenvolvimento do processo de atribuição de classes e aulas do ano letivo de 2015, expede a presente Portaria:

Artigo 1º – Após a entrega de documentos e a atualização dos registros de que trata a Portaria CGRH nº 4, DOE 16/12/2014, darse- á a publicação da nova classificação dos docentes candidatos à contratação que estará disponível, em 15/01/2015, no endereço:

http://drhunet.edunet.sp.gov.br/PortalNet . Parágrafo único – O docente que se encontra na condição de aluno, caso participe do processo de atribuição de classe/aulas deverá comprovar matrícula e frequência no respectivo curso no momento da atribuição.

Artigo 2º – A atribuição de classes/anos iniciais do Ensino Fundamental, aulas dos anos finais do Ensino Fundamental e Médio e Educação Especial – SAPE com classes de educação especial exclusiva e aulas de sala de recurso, na Etapa I, a docentes habilitados de que trata o § 1º do artigo 7º e o artigo 8º da Resolução SE 75, de 28/11/2013, obedecerá ao seguinte cronograma:

I – dia 21-01-2015 – Fase 1- na Unidade Escolar, aos titulares de cargo, para:

a) Constituição de Jornada;

b) Composição de Jornada;

c) Ampliação de Jornada;

d) Carga Suplementar de Trabalho Docente.

II – dia 22-01-2015 – MANHÃ – Fase 2 – Diretoria de Ensino, aos titulares de cargo, não atendidos, parcial ou integralmente em nível de Unidade Escolar, para:

a) Constituição de Jornada, na seguinte ordem:

a.1 – aos docentes não atendidos totalmente, na Fase 1;

a.2 – aos adidos em caráter obrigatório.

b) Composição de Jornada, na seguinte ordem:

b.1 – aos parcialmente atendidos na constituição;

b.2 – aos adidos, em caráter obrigatório.

III – dia 22-01-2015 – TARDE – Fase 2 – Diretoria de Ensino – aos titulares de cargo não atendidos na Unidade Escolar, para Carga Suplementar de Trabalho Docente.

IV – dia 23-01-2015 – MANHÃ – Fase 2 – Diretoria de Ensino, para:

a) Designação nos termos do artigo 22 da Lei Complementar 444/1985, aos titulares de cargo a.1 os docentes deverão apresentar classificação final disponível no GDAE, para comprovar as habilitações/qualificações.
Caso a classificação do docente não esteja contemplada com as disciplinas de sua habilitação, o mesmo não poderá ser atendido;

b) Atribuição para o Centro de Estudos de Educação de Jovens e Adultos – CEEJA, aos docentes que atuaram no Projeto em 2014, avaliados favoravelmente e devidamente inscritos para 2015;

c) Atribuição para o Centro de Estudos de Línguas – CEL, aos docentes que atuaram no Projeto em 2014, avaliados favoravelmente e devidamente inscritos para 2015;

d) Atribuição Sistema Prisional e Fundação Casa;

d.1 somente para recondução dos docentes que atuaram nos referidos Projetos em 2014, avaliados favoravelmente e devidamente inscritos para 2015;

e) Recondução PMEC, Escola da Família e Sala de Leitura;

e.1 somente para recondução do docente avaliado favoravelmente em 2014, na mesma unidade ou em outra unidade escolar, da mesma Diretoria de Ensino, devidamente inscritos para 2015.

Parágrafo Único – As Diretorias de Ensino deverão comunicar à Diretoria de Ensino/ unidade escolar de classificação do docente, que o mesmo foi atendido na atribuição para designação nos termos do artigo 22 da LC 444/85 e demais atribuições previstas no inciso IV.

Artigo 3º – A atribuição de classes/anos iniciais do Ensino Fundamental, aulas dos anos finais do Ensino Fundamental e Médio e Educação Especial – SAPE com classes de educação especial exclusiva e aulas de sala de recurso, na Etapa I, a docentes contratados e candidatos à contratação (remanescentes de concurso público) habilitados conforme trata o § 1º do artigo 7º e o artigo 8º da Resolução SE 75, de 28/11/2013, e será efetuada de acordo com o cronograma definido pela respectiva Diretoria de Ensino, com início em 26/01/2015, conforme sua especificidade, devendo ser amplamente divulgado e obedecendo à seguinte ordem:

I) Fase 1 – Unidade Escolar – de carga horária aos docentes ocupantes de função-atividade, na seguinte conformidade:

a) declarados estáveis nos termos da Constituição Federal de 1988;

c) ocupantes de função-atividade.

II) Fase 2 – Diretoria de Ensino – de carga horária aos docentes ocupantes de função-atividade, na seguinte conformidade:

a) declarados estáveis nos termos da Constituição Federal de 1988;

b) celetistas;

c) ocupantes de função-atividade.

III) Fase 2 – Diretoria de Ensino, para:

a) Atribuição da carga horária aos docentes contratados categoria “O” com contrato vigente 2015;

b) Atribuição da carga horária aos candidatos à contratação – remanescentes do Concurso Público PEB II 2014 (homologado DOE 31-01-2014).

IV – A atribuição de classes e aulas na Etapa II aos docentes e candidatos qualificados, em conformidade com o disposto nos §§ 6º e 7º do artigo 7º e no § 1º do artigo 8º da Resolução SE 75, de 28/11/2013 se processará na seguinte conformidade:

§ 1º – Unidade Escolar – Fase 1 – aos docentes da unidade escolar na seguinte ordem:

a) Efetivos;

b) Declarados estáveis pela Constituição Federal de 1988;

c) Celetistas;

d) Ocupantes de Função- Atividade;

e) Contratados – categoria “O”, já atendidos na Etapa I, com aulas atribuídas na respectiva unidade escolar;

f) Contratados – remanescentes do Concurso, já atendidos na Etapa I, com aulas atribuídas na respectiva unidade escolar.

§ 2º – Diretoria de Ensino – Fase 2 – observada a sequência:

a) Todos os docentes de que trata o inciso anterior, não atendida totalmente nas unidades escolares, observada a mesma ordem;

b) Candidatos à contratação.

§ 3º – Diretoria de Ensino – Fase 2 – atribuição para Projetos da Pasta, observado o disposto no inciso IV do artigo 2º desta Portaria.

Artigo 4º – No caso de alguma das datas previstas nos incisos I a IV do artigo 2º desta resolução recair em feriado no municípiosede da Diretoria de Ensino, o evento poderá ser adequado, desde que seja amplamente divulgado.

Artigo 5º – A partir de 29/01/2015, as Diretorias de Ensino poderão proceder à atribuição de classe/aulas nos termos do artigo 21 da Resolução SE 75, de 28/11/2013, aos docentes cadastrados no período de inscrição para atribuição de classes e aulas.

Parágrafo Único – Decorridas todas as fases previstas, as Diretorias Regionais de Ensino que comprovadamente ainda apresentarem déficit de docentes habilitados/ qualificados, poderão, a partir de 02/02/2015, abrir período de cadastramento emergencial, nos termos da Resolução SE 23/2012.

Artigo 6º – Caso não conste no Sistema a Qualificação necessária para as aulas pretendidas, a atribuição das aulas somente poderá ocorrer posteriormente à atualização do sistema de formação curricular, após nova classificação e atualização do sistema de atribuição on line.

Artigo 7º – As turmas de ACDs que, ao final do ano letivo, estiverem funcionando com regularidade, nas modalidades e gênero existentes, tendo sido mantidas pelo Conselho de Escola, serão atribuídas no mês de março do ano subsequente, depois de esgotadas as aulas regulares de Educação Física, no processo inicial de atribuição de classes e aulas.

Artigo 8º – As aulas do Projeto Apoio à Aprendizagem – PAA serão atribuídas após o processo inicial de atribuição de classe/ aulas, em período a ser divulgado pela CGRH.

Artigo 9º – As aulas do Professor Auxiliar – PA serão atribuídas após a avaliação do 1º bimestre, quando constatada a necessidade de recuperação.

Artigo 10 – As aulas de LEM – Inglês, “Early Bird” somente poderão ser atribuídas nas escolas elencadas na Resolução SE 29/2014.

Artigo 11 – A atribuição de classe/ aulas deverá ser realizada pelas unidades escolares/ Diretorias de Ensino de maneira tradicional, já utilizada usualmente. A inclusão da atribuição no sistema on-line será realizada mediante orientação a ser encaminhada em momento oportuno pela CGRH/ CIMA.

Artigo 12 – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

APEOESP reúne-se com a Secretaria da Educação

67 Comentários Add your own

  • 1. Henrique Do Santo  |  11/01/2015 às 13:39

    Bebel,

    Haverá nova resolução de atribuição ou vale a de 2014? Sobre a atribuição das turmas ser a critério do diretor, é veerdade que o professor pode primeiro escolher o turno, e depois o diretor atribui as aulas disponiveis naquele turno de acordo com o que pensa ser o perfil do professor?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  17/01/2015 às 09:25

      Prezado professor Henrique,
      Está em vigor a mesma resolução de atribuição de aulas. Quanto ao direito de escolha do professor, temos ação judicial aguardando sentença, para que ele possa escolher suas aulas. Discordamos do poder do diretor para atribuir aulas de acordo com o perfil, que é subjetivo.
      Bebel

      Responder
  • 3. CARLOS OLIVEIRA  |  11/01/2015 às 14:23

    Preza Maria Isabel

    Revoltado!!!!!! assim que estou.

    Fiz um comentário na Postagem sobre “As conquistas da Apeoesp”, em que me refiro a revolta da não remoção, e meu comentário foi sumariamente ignorado ou seja não foi publicado.

    O que aconteceu????? – Favor publicar meu comentário!!!!

    REMOÇÃO JÁ, REMOÇÃO JÁ!!!REMOÇÃO JÁ!!!!!!

    Carlos Oliveira – Região Vale do Paraíba.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  17/01/2015 às 09:29

      Prezado professor Carlos,
      No dia 11/01 publiquei a seguinte resposta ao seu comentário:
      “Prezado professor Carlos,
      Não nos esquecemos da remoção e temos cobrado em todas as oportunidades. Na audiência pública realizada na ALESP, o Secretário assegurou que será feita no primeiro semestre de 2015. Somente depois haverá a terceira chamada.
      Agradeço sua compreensão e seu apoio, pois de fato simples conversas nem sempre são suficientes para que possamos conseguir as medidas que desejamos.
      Bebel”
      Creio que antes de fazer acusações pesadas contra mim e o blog, deveria verificar melhor.
      Bebel

      Responder
  • 5. Luiza  |  11/01/2015 às 15:24

    Olá Bebel
    Quando não há aulas para ampliar a jornada na Unidade Escolar é possível fazer a ampliação na Diretoria de Ensino, pois na resolução não consta data para ampliação de jornada na DE?
    grata

    Responder
    • 6. apeoesp  |  17/01/2015 às 09:32

      Prezada professora Luiza,
      de acordo com a SEE, sim. Por favor, ligue para 11.33506214 e confirme.
      Bebel

      Responder
  • 7. Moraes Matheus  |  11/01/2015 às 18:59

    E remanescente que está de duzentena poderá atribuir?

    Responder
    • 8. apeoesp  |  17/01/2015 às 09:36

      Prezado professor Moraes,
      Infelizmente, não. A lei Complementar 1083/07 se sobrepõe, determinando a duzentena. Estamos aguardando decisão sobre a liminar que solicitamos para derrubar a duzentena.
      Bebel

      Responder
  • 9. Shirley  |  11/01/2015 às 19:09

    Bebel você não me respondeu em um outro comentário
    Bacharel e aluno vai escolher na frente dos remanescentes?
    Isso é contra a partir do momento em que eu formada e pós graduada escolho depois de uma pessoa que fez faculdade pensando em outros campos.
    Em 2013 eu peguei aula depois de um bacharelado e senhora mesmo me orientou dizendo que estava errado e que eu podia requerer as aulas, fui atras e realmente consegui .
    Se a contração sera da mesma forma, então que os Cat O (habilitados) peguem primeiro e os remanescentes depois, bacharel e alunos por ultimo.

    Responder
    • 10. apeoesp  |  17/01/2015 às 09:41

      Prezada professora Shirley,
      Creio ter respondido sua pergunta.
      Sim, a lei 1093/09 está em desacordo com a LDB, mas o governo não a muda, sendo que não conseguimos derrubá-la na justiça. Para nós, o critério deveria ser a formação e tempo de serviço. Entretanto, ocorre que os professores da categoria O que estão com contrato em vigor devem escolher primeiro para darem continuidade a seus contratos. Entre esses há bacharéis e estudantes Não há como mudar isso sem alterar toda a forma de contratação de temporários, que é nossa luta. Existe um brecha na resolução de atribuição de aulas que permite ao professor habilitado, na sua vez de escolher aulas, reivindicar aulas que estejam com professores não habilitados.Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.

      Responder
  • 11. Magda  |  11/01/2015 às 20:53

    Bebel tudo bem
    Bom é claro que não, nas atuais condições né…..
    Notei pelos grupos do Face e Whats que está havendo uma grande revolta pela atribuição.
    Uma sugestão que dou e que poderia ser passado a SEE é que unifique a lista dos remanescentes e cat o com contrato, assim a injustiça acaba, afinal está havendo uma divisão da cat o em uma outra categoria.
    Para fazer isso eu acho que deveria ser feito pela SEE uma somatória de acordo com a classificação
    Por exemplo:
    Na leste 5 a chamada de matemática parou no 183, a lista vai até 2010, poderia passar esses professores classificados primeiro e a lista de matemática dos cat O continuar apos os remanescentes, ou ainda criar uma pontuação para os remanescentes de acordo com sua classificação e encaixar nas listas.

    O que vejo e acho incorreto é duas listas para Cat O e bacharel passar na frente habilitado para dar aula, esses pontos devem ser discutidos com o Secretario, talvez ele não conheça a lei.

    Responder
    • 12. apeoesp  |  17/01/2015 às 09:50

      Prezada professora magda,
      Nossa luta é pela lista unica de classificação, o que já foi levado inúmeras vezes à SEE. A explicação que nos é dada é que o professor com contrato não pode ser igualado aos demais, pois os primeiros já tem vinculo e os demais buscam ingressar. Juridicamente os já contratados obteriam seu direito na justiça, pois seu contrato está em vigor. Há uma brecha na resolução de atribuição de aulas para que professores habilitados, na sua vez de atribuir aulas, requeiram aulas que estão sendo ministradas por professores não habilitados de acordo com a LDB. Informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 13. Rubens pereira  |  12/01/2015 às 10:34

    Este departamento jurídico da APEOESP, não tem como entrar com pedido de liminar, mandado de segurança ou algo parecido sobre o descumprimento da LDB 9394/96 artigo 26 sobre a facultatividade das aulas de educação física para a população do ensino noturno, questionar este artigo que abre precedente através do artigo 12 que fala sobre o Regimento Escolar que tem força de lei e autonomia pra quebrar esta facultatividade. Tem muita gente boa da Educação Física que precisa trabalhar e tem muita vaga no período noturno e a APEOESP não se mexe, fica aí defendendo maus profissionais que ainda vivem de se escorar e mamar nas tetas do Estado. Acorda APEOESP os tempos mudaram. Rubens

    Date: Sun, 11 Jan 2015 13:18:57 +0000 To: rubenscelsopereira@hotmail.com.br

    Responder
    • 14. apeoesp  |  17/01/2015 às 10:10

      Prezado professor Rubens,
      A primeira coisa a ser feita se uma pessoa deseja criticar outra pessoa ou uma instituição é informar-se. A APEOESP já questionou a lei complementar 1093/09 de todas as formas possível na justiça e ela não foi, infelizmente, considerada inconstitucional. Já ingressamos com ação judicial sobre este ponto e não obtivemos sucesso. Questionamos o Conselho Nacional de Educação, demonstrando que professores estavam obtendo aulas sem a devida habilitação de acordo com a LDB. tendo obtido parecer favorável do CNE. O governo estadual, entretanto, ignorou este parecer e continua a aplicar a LC 1093 da mesma forma. Ao mesmo tempo, temos ação judicial que questiona toda a forma de contratação dos professores da categoria O. Ainda não há sentença. Em função de nossas mobilizações, há um dispositivo na resolução de atribuição de aulas que permite ao professor habilitado, na sua vez de atribuir aulas, requerer aulas que estejam sendo ministradas pro professores não habilitados nos termos da LDB.
      Na presente situação, lutamos pela lista unica de classificação, mas a SEE alega que não pode igualar professores com vínculo (com contrato em vigor) a professores que estão pretendendo a contratação, pois os primeiros venceriam na justiça.
      Esta é a situação, professor, e não qualquer atitude da APEOESP em defender maus profissionais. creio que você incorre em um deslize ético ao fazer julgamentos sobre a direção do sindicato sem conhecer todas as tentativas que já fixemos para mudar esta situação. Aliás, diga-se, nosso sindicato lutou desde o primeiro momento contra a aprovação desta lei, em 2009, fazendo vigília na Assembleia Legislativa, realizando reunião do Conselho de Representantes sob o sol inclemente, por ter o governador José Serra proibido a reunião no ginásio de esportes do Ibirapuera e tantas outras lutas e reivindicações que fizemos em torno disso. Temos história, professor, não chegamos agora.
      Bebel

      Responder
  • 15. ROSANA  |  12/01/2015 às 16:50

    OI! BEBEL

    POR FAVOR ME ELUCIDE ALGUMAS DÚVIDAS COMO SEGUE:
    1ª) SOU CATEGORIA “F” E FUI APROVADA NO CONCURSO DE 2013 P/ LÍNGUA PORTUGUESA.ME EXPLIQUE NÃO ESTOU ENTENDENDO “REMANESCENTES CAT. “O” E OS DA CATEGORIA “F” COMO FICARÁ?? É UMA LISTA DE CLASSIFICAÇÃO GERAL, INDEPENDENTE DE SER “F” OU DA CATEGORIA “O” P/ CHAMADA???
    2ª) QUERO MUDAR DE “UNIDADE ESCOLAR”, SOU DA CATEGORIA “F”, O QUE FAÇO GASTO MUITO P/ TRABALHAR JÁ QUE MORO EM OUTRA CIDADE?
    GRATA!

    Responder
    • 16. apeoesp  |  17/01/2015 às 10:23

      Prezada professora Rosana,
      Se você é da categoria f, fará sua atribuição como categoria F. A lista de remanescentes de concurso é para contratação como categoria O e nada tem a ver com a chamada para posse como efetivo, que está preservada.
      Sobre mudança de sede, creio não ser possível como categoria F, mas informe-se melhor pelo telefone 11.33506214.
      bebel

      Responder
  • 17. Maria clara  |  12/01/2015 às 23:40

    Bebel, trabalhei quatro anos como coordenadora, sendo duas designações diferentes uma de dois anos e sete como PC PEB I e outra de um ano e sete meses, como PCAGP que encerrou em 31 de dezembro ,solicitei na minha escola a incorporação de parte da gratificação, me informaram que só tenho direito a incorporar três anos e não quatro, pois são portarias diferentes e conta somente ano corrido, gostaria de saber se está correto a forma interpretada pela escola. Obrigada.

    Responder
    • 18. apeoesp  |  17/01/2015 às 10:36

      Prezada professora Maria Clara,
      creio que sim, mas você precisa informar-se melhor pelo telefone 11.33506214. Se você estiver sendo prejudicada, poderá ingressar com ação por meio da APEOESP.
      Bebel

      Responder
  • 19. carla  |  13/01/2015 às 12:00

    Bom dia.
    Sou professora de educação física, tenho 2 cargos, em um cargo vou conseguir pegar aulas normalmente, porém no segundo terei que ir para DE completar, pelo fato de nao poder pegar ACD, caso as aulas disponíveis não encaixem no meu horário, sou obrigado a pegar ou vou ter que exonerar? Posso esperar para pegar aulas em março?

    Obrigado.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  17/01/2015 às 10:43

      Prezada professora Carla,
      O que conseguimos na SEE foi que, se surgirem aulas de ACD em março na sua escola, você poderá declinar das aulas que pegou em nível de DE para assumir essas turmas de ACD na sua unidade. Creio que também pode esperar para pegar em março. esclareça melhor este ponto pelo telefone 11.33506214.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 21. Fábio Vieira  |  13/01/2015 às 14:01

    Professora Bebel, Por favor, não houve só avanços, os Professores de Educação Física foram extremamente prejudicados ao não poder atribuir as ACD´S normalmente e sim: Só em março. O que de concreto a apeoesp fará por nós Professores de Educação Física a tempo do dia da atribuição? Sinceramente, acredito que irá permanecer como está… Ou posso estar errado?

    Responder
    • 22. apeoesp  |  17/01/2015 às 10:46

      Prezado professor Fábio,
      Em nenhum momento dissemos que houve só avanços.
      Em relação aos professores de educação física, a SEE concordou que possam declinar de aulas assumidas em nível de DE para assumirem aulas de CD quando surgirem em sua unidade de frequencia, no mês de março.
      Bebel

      Responder
  • 23. ROSANA  |  13/01/2015 às 19:01

    OI! BEBEL

    IREI LHE PERGUNTAR SOBRE OUTRO ASSUNTO:
    NESTE ANO DE 2015 HAVERÁ GREVE??PORQUE É INADMISSÍVEL( 13% DE AUMENTO).SOLICITO SABER SE HAVERÁ INDICATIVO DE GREVE E QUAL A DATA DE PREVISÃO P/ SER DEFLAGRADA?
    PRECISAMOS NOS MOBILIZAR P/ APLICAÇÃO IMEDIATA DA LEI DO PISO NACIONAL…
    HAVERÁ “MATERIAL IMPRESSO” SOBRE A IMPORTÂNCIA DA GREVE NAS SUBSEDES AQUI NO VALE DO PARAÍBA?

    OBRIGADA!
    UM GRANDE ABRAÇO!

    Responder
    • 24. apeoesp  |  17/01/2015 às 10:56

      Prezada professora Rosana,
      Sim, nossa proposta é de greve. Depende dos professores a decisão. Disponibilizaremos materiais e toda a mobilização necessária.
      Bebel

      Responder
  • 25. Elisa  |  14/01/2015 às 09:59

    Bebel, o professor efetivo que pode acumular na categoria O, ao surgir aulas na escola na atribuição durante o ano é considerado vinculo para atribuir antes dos demais que não possuem esse vinculo com a escola? Considerando o seguinte parágrafo:
    ” Contratados – categoria “O”, já atendidos na Etapa I, com aulas atribuídas na respectiva unidade escolar”.

    Responder
    • 26. apeoesp  |  17/01/2015 às 11:04

      Prezada professora Elisa,
      Em princípio, sim, pois é interesse da SEE fixar o professor em uma única unidade escolar.
      Bebel

      Responder
  • 27. Roângela  |  14/01/2015 às 11:51

    Bom Dia, Sr. Presidenta!

    Acreditamos que a APEOESP já tenha alguma explicação ou informação sobre os motivos da S.E.E. de cortar Coordenadores Pedagógicos da rede, uma vez que segundo Resolução SE 75, de 30-12-2014, as escolas que possuía 03 coordenadores, devido número de salas de aula, e com escolas com 50 salas começaremos com dois coordenadores, isso sem mencionar os cortes de valores. Como desenvolver um projeto pedagógico com 2 coordenadores e o índice de indisciplinas e atendimentos, e ainda sendo provado que em cada dez alunos 01 zerou a redação do ENEM. A educação está dando gritos de socorro e o governo corta verbas?
    A Educação é um dos setores que jamais poderia haver cortes, e segundo informações está previsto cortes de 31% na educação, até que seja aprovado o orçamento anual. Porém temos plena convicção que uma vez cortado jamais será novamente retornado o que se tirou hoje, e principalmente se a escola conseguir manter, e professores consegue se adaptar facilmente, pois já nos adaptamos a várias situações, e o nosso amor pela profissão sempre fala mais alto, porém somente nós sabemos o preço que pagamos pelo desgaste físico e mental. Além de informações de que a bonificação está cortada para este ano de 2015.
    E até o momento não vi nenhuma reportagem sobre isso, ou comentário e principalmente explicação.
    Se puder nos informar se essas informações procede, agradeceríamos.

    Att.

    Responder
    • 28. apeoesp  |  17/01/2015 às 11:10

      Prezada professora Rosangela,
      Tudo isto está vinculado á lógica do governo de gastar o mínimo possível com educação, para gastar em projetos eleitoreiros. Corremos o risco de derem cortados vários projetos no final do ano. Nos mobilizamos e conseguimos com que fossem mantidos, embora com reduções em alguns. Houve redução no PCP e extinção do PCAGP. É por essa razão e por tantas outras que temos que fazer uma forte greve em 2015, para obrigar o governo a sentar na mesa de negociação numa atitude de respeito para com a nossa categoria. Somente com pressão e mobilização poderemos conquistar algo.
      Bebel

      Responder
  • 29. Eduardo  |  14/01/2015 às 21:27

    Olá, gostaria de saber uma coisa. No ano passado tinha 32 aulas e fiz a inscrição para esse ano para pegar 20 aulas. Ou seja, jornada inicial. A resolução 75 de 2013 diz:§ 4º – É vedada a redução de jornada de trabalho, sempre que existirem aulas livres da disciplina do respectivo cargo, disponíveis para constituição na unidade escolar de classificação. Já sei que vão sobrar aulas na minha escola e mesmo assim não vou poder ir para a jornada que escolhi? Isso é justo?

    Responder
    • 30. apeoesp  |  17/01/2015 às 11:24

      Prezado professor Eduardo,
      Defendemos o direito de escolha do professor, mas prevalece a lógica da SEE de garantir aulas para os alunos, contratando o menor número possível de professores. Temos ação judicial neste sentido, mas ainda não conseguimos decisão favorável.
      Bebel

      Responder
    • 31. vera  |  18/01/2015 às 12:39

      Bom dia, Eduardo..
      Estava lendo alguns comentários e ví o seu. Assim, vou tentar ajudar: Pelo que sei, vcê pode sim reduzir sua jornada em relação ao ano passado, já que fez inscrição isto. O que não poderia ocorrer, por exemplo é, se sua 1a opção fosse matemática e 2a de ciências, na hora da atribuição, na sua vez se tivesse 32 aulas de matemática, vcê não poderia pegar 18 de matemática e 2 de ciências, pois ainda teriam aulas disponíveis de matemática na unidade para constituição de jornada. Assim, no seu cargo teria que pegar todas 20 de matemática. Agora, se a carga horária de cada série fosse 6 aulas semanais, então teria que pegar 4 salas totalizando 24 aulas. Ou seja, vcê não é obrigado a assumir mais que sua opção de jornada, pois as aulas que sobrarem serão atribuídas ao próximo classificado na sua escola ou enviadas a D.E. Por enquanto, espero ter conseguido tirar sua dúvida. Vera

      Responder
  • 32. Rosario  |  14/01/2015 às 22:16

    Bebel
    A See deve reanalisar o cronograma de atribuição de aulas, pois até os supervisores das DRE estão inconformados e confusos quanto a bacharel e alunos pegar aula na frente dos remanescentes formados.
    Espero que APEOESP ajude-nos quanto a isso, pois foge da legislação, alem de outros absurdos na resolução, porem em minha opinião esse é o mais grave.
    Segundo uma supervisora se apos a atribuição alunos estiverem com aula e eu não, posso requerer essas aulas, pois sou formada, isso procede?

    Responder
    • 33. apeoesp  |  17/01/2015 às 11:26

      Prezada professora Rosário,
      Já recorremos à justiça (que não se posicionou a nosso favor) e ao Conselho Nacional de Educação, que deu-nos parecer favorável que a SEE ignora.
      É fato que você pode requerer aulas que estejam sendo ministradas por uma pessoa não habilitada.
      Bebel

      Responder
  • 34. Felipe  |  14/01/2015 às 23:23

    Boa tarde Bebel!!!! Gostaria de saber quando sai as novas pontuações no site do GDAE, pois quando entro no site só mostra até 2013. Meu contrato só foi até 2013 não trabalhei na rede em 2014 e sou aprovado no concurso de 2013. Como a senhora tinha dito eu poderia atribuir normalmente mas até a Data de hoje não saiu minha pontuação e nem a opção de ver a pontuação de 2015 estou pedindo algum auxílio para pode me ajudar. Será que houve algum tipo de erro no sistema GDAE? Por favor me ajude.

    Responder
    • 35. apeoesp  |  17/01/2015 às 11:31

      Prezado professor Felipe,
      Em contato com a SEE ficou esclarecido que os professores que não tem contrato em vigor e não são remanescentes de concursos e, ainda, que não tiveram contratos encerrados em 2014, participam da atribuição inicial. Os demais participam da atribuição em 02/02. É o seu caso. Poderá obter aulas neste dia, na DE. Procure a DE para informações sobre sua classificação.
      Bebel

      Responder
      • 36. Felipe  |  20/01/2015 às 19:09

        Entendi Bebel!!!! Mas sou remanescente do concurso de 2013 sou aprovado e não reprovado. ainda na entendi Bebel, Por favor me ajude, Agradeço atenção.

      • 37. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:06

        Prezado professor Felipe,
        Todos os remanescentes do concurso, que não precisem cumprir a duzentena, poderão obter aulas. Se tiver que cumprir duzentena, deve participar do cadastro emergencial, a partir de 02/02, se não conseguirmos derrubar a duzentena na justiça.
        Bebel

      • 38. Felipe  |  20/01/2015 às 19:24

        Dia 31/01/2015 são os remanescente do concurso.Mas como foi saber minha classificação se gdae não a coloca no consigo entender isso.

        a) Atribuição da carga horária aos docentes contratados categoria “O” com contrato vigente 2015;
        b) Atribuição da carga horária aos candidatos à contratação – remanescentes do Concurso Público PEB II 2014 (homologado DOE 31-01-2014).
        IV – A atribuição de classes e aulas na Etapa II aos docentes e candidatos qualificados, em conformidade com o disposto nos §§ 6º e 7º do artigo 7º e no § 1º do artigo 8º da Resolução SE 75, de 28/11/2013 se processará na seguinte conformidade:

      • 39. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:09

        Prezado professor Felipe,
        A classificação deverá ser publicada nesta semana, antes da atribuição.
        Bebel

  • 40. PEDRO T. MARTINS  |  15/01/2015 às 19:17

    Boa tarde Bebel, preciso de sua ajuda para esclarecer uma dúvida:
    Quero ampliar minha jornada, mas não há aulas em minha escola, então eu posso ampliar a minha jornada na Diretoria de Ensino? E qual é a data para ampliação na DE, caso seja possível?
    obrigado

    Responder
    • 41. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:22

      Prezado professor Pedro,
      Sim, é possível. Verifique a data junto à DE.
      Bebel

      Responder
  • 42. Marco Antonio  |  17/01/2015 às 19:54

    Na minha escola sou professor coordenador do ensino fundamental e médio e se encontra uma PCAGP onde ambos foram designados e reconduzidos para o ano de 2015, porem com a nova resolução o PCAGP foi extinto, gostaria de saber se o PCAGP pode requerer meu cargo
    pois na escola vai suportar apenas um PC.

    Responder
    • 43. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:55

      Prezado professor Marco Antonio,
      Não há nenhuma previsão legal de que o ex-PCAGP possa requerer sua função.
      Bebel

      Responder
  • 44. Wanderlei  |  18/01/2015 às 02:55

    A SEE concordou que possam declinar de aulas assumidas em nível de DE para assumirem aulas de ACD quando surgirem em sua unidade de frequência, no mês de março e blá blá, blá………. vcs estão de brincadeira, que declinar em março, o que precisava ter sido resolvido era atribuir as aulas de ACD Janeiro, utilizamos as aulas de ACD para composição de Jornada, sou o 1º a escolher em minha escola e terei que pegar todas as aulas do regular, não irei para outra escola, consequentemente, o que vcs pleitearam a SEE, não contempla a mim e inúmeros Professores de Ed. Física, verei colegas declinando para voltar e pegar as ACDS em suas unidades e eu não, passarei o ano inteiro sem treinar meus alunos (as), os quais já desenvolvo um trabalho a vários anos, estou nesta escola há 15 anos e estou sendo excluído de desenvolver meu trabalho com as turmas de treinamento e nada é feito e quando tem a oportunidade, não faz direito, sentam com a SEE e não sabem nem o que pedir e nem o que solicitar, vcs pensaram em quem tem acúmulo, vcs sabem que nós Professores de Ed. Física, não temos aulas a noite e é muito mais dificil de acumular que outras discilplinas, e que as ACDS, nos davam essa possibilidade, pois colocavamos nossos treinos a noite, o que sempre nos ajudou e essa alteração na portaria depois que escolhemos nossa jornada, isso não tem sentindo, primeiro vc escolha a jornada e depois eles mudam tudo na calada da noite, mexem nas portarias e temos que aceitar e o sindicato fica olhando, ou vcs acham que da para mobilizar a categoria no recesso em Janeiro, estou INDIGNADO com a lentidão e com a fragilidade do sindicato, 21 anos de magisterio, nunca vi tanta humilhação, nas sub categorias de Professores, tantras perdas……. pelo menos se pudessemos declinar de jornada no momento da atribuição isso poderia amenizar o problema, vcs tiveram uma reunião a secretaria adjunta, e pedem para que os professores possam declinar só em março, para voltarem a suas unidades se tiver ACD, vcs estão de brincadeira, na reunião tinham que se posicionar, como nossos representantes ou vão falar mais uma vez que a culpá é nossa, em janeiro não da para se mobilizar é recesso, vcs deveriam nos representar nas reuniões e não sabem nem o que pleitear, A GRANDE MAIORIA DE NÓS PROFESSORES DE ED. FÍSICA QUEREMOS AS AULAS DE ACDS NA ATRIBUIÇÃO INICIAL, PARA COMPOSIÇÃO DE NOSSAS JORNADAS, EM SEGUNDO PLANO DECLINARMOS DE JORNADA NA ATRIBUIÇÃO, PARA NÃO EXONERARMOS CARGOS E TAMBÉM QUEM SABE PODER PEGAR ACDS EM MARÇO, é simples de entender, mas parece que vcs nãoo conseguem entender, quem completar a jornada não poderá declinar e pegar acd em março, mesmo que tenha na unidade, será que fui claro, da para entender e lutar para reverter essa situação, INDIGNADO !!!!!!!!

    Responder
    • 45. apeoesp  |  18/01/2015 às 12:03

      Prezado professor Wanderlei,
      Reafirmo a resposta anterior. Não somos governo, não fazemos as regras. Somos professores como você, eleitos para representar os professores e organizar suas lutas. Temos convocado seguidamente a categoria a mobilizar-se e pressionar a SEE para que não tome medidas como esta. dentro de nossas possibilidades, temos conseguido reverter determinadas medidas, outras não. Para uma mudança grande, importante, que altere os rumos dessa política do governo do PSDB é preciso muita mobilização. Cumprindo nossa obrigação e nosso co,promisso com a categoria, estamos deixando claro que somente uma grande greve em 2015 pode assegurar direitos básicos, como, por exemplo, reajuste salarial. Mas só existe greve se os professores aderirem. Quem faz greve são os professores, não o sindicato.
      Bebel

      Responder
  • 46. Renata  |  19/01/2015 às 02:31

    Bebel, sou categoria F e remanescente do concurso. Em 2014 consegui aulas como F e acumulei com algumas aulas como categoria O. A minha dúvida é a seguinte: Efetuei normalmente a minha inscrição como F, porém, mesmo estando de quarentena não consegui efetuar para O. O meu nome vai sair na lista dos remanescentes para escolha como O, mesmo pegando aulas como F ? Pois, pretendo acumular esse ano também.
    Obrigada

    Responder
    • 47. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:09

      Prezada professora Renata,
      Se já cumpriu a quarentena, provavelmente conseguirá aulas como remanescente do concurso. Caso a quarentena ainda não tenha se concluído, deve esperar o cadastro emergencial (a partir de 02/02) para conseguir aulas. Em todo caso, sugiro que compareça à atribuição dos remanescente e veja sua situação.
      Bebel

      Responder
  • 48. Wanderlei  |  19/01/2015 às 12:54

    Já imaginava esta resposta, a culpa pelas perdas são sempre dos Professores, quem faz greve são os Professores, mas que conquista a credibilidade para os Professores fazerem greve são vcs representantes que deveriam , representar de verdade a categoria, assim não faze, existe todo um emaranhado político entre Sindico e Governo, sou Professor tb na Prefeitura de SP e qd o Presidente da Sinpeem e Aprofeem, convocam a categoria vai, por que será né e olha que lá os salários, jornadas e as condições de trabalho são bem melhores, basta verificar a última greve dos Professores municipais, lá existe credibilidade e força politica, coisa que infelizmente na apeoesp não acontece contra o Governo do Estado, lá quase não se altera portaria de atribuição, rara são as mudanças, temos garantia que optamos uma jornada e podemos pegar nossas aulas que não seremos pego n calada da noite e qd isso acontece o sindicato se posiciona e compra a briga, esgota possibilidades diferente de vcs, estou fazendo um simples comparativo, gostaria muito que meu sindicato me representasse com força, com postura e ineteligencia, por favor revejam suas posições, vcs estão nos representando e procurem fazer bem feito, coisa que já não fazem a tempo, sempre fui de luta, estive acampado na secretaria da educação no governo Covas, apanhamos na Paulista, seguranças que a própria Apeoesp colocou para enfrentar seus afiliados, participo de movimento, não venham com conversinha e blá pra cima de mim , está muito comodo a vcs , tudo jogarem a responsabilidade no Governo e a categoria que não adere aos movimentos, sindicato fraco, categoria fraca, temos ao longo dos anos muito mais perdas do que conquistas e avanços, é simples basta verificar a real condição de trabalho dos Professores e outra em uma das greves da categoria , que era um momento de manter a greve, a nossa Presidente, digo isso por que sei que não é ela que responde essas mensagens, ela subiu e acabou com a greve quando a categoria queria a continuação da mesma……..é simples assim, mas voltando a questão das ACDs então quer dizer que nada vai mudar para os efetivos que pegarem sua jornada com aulas do regular……….legal e nem pleitear que possamos declinar de jornada……..maravilha e aulas do noturno pelo menos poderão ser atribuídas no processo inicial ? vcs sabem me informar pelo menos ou vão dizer que eu tenho que me informar na D.E. ou fazer greve para saber ? LAMENTÁVEL essa inércia do sindicato e a postura em dizer amém em tudo para o governo do Estado e ainda jogar a culpa nos Professores, se não bastasse o governo fazer isso o sindicato tb faz.

    Responder
    • 49. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:14

      Prezado professor Wanderlei,
      Estamos fazendo o nosso papel como sindicato. Reivindicamos, negociamos, mobilizamos, ingressamos na justiça, informamos aos professores e os chamamos para a luta. Não estou culpando ninguém, tampouco aceito ser culpada por algo que foge à nossa governabilidade. Culpabilize o governo, não o sindicato. Não é o sindicato que cria essas regras injustas. Nós lutamos contra elas. Estamos convocando um ato no dia 29/01 contra tudo isso. Estamos chamando a categoria para a greve contra tudo isso.
      Bebel

      Responder
  • 50. ROSANA  |  19/01/2015 às 13:38

    OLÁ! BEBEL
    POR FAVOR ME ESCLAREÇA HAVERÁ AUMENTO DE 13% AOS DOCENTES? OU É SÓ BOATO, PORQUE HOUVE DIVULGAÇÃO NA MÍDIA? È MENTIRA?
    GRATA!
    UM GRANDE ABRAÇO!!!

    Responder
    • 51. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:23

      Prezada professora Rosana,
      Não há nenhuma previsão de reajuste para os professores da rede estadual de ensino. Os 13.1% são o reajuste do piso salarial profissional nacional. O salário base do PEB I era 37% superior ao PSPN em 2009, agora é apenas 8% superior. Nosso salário está sendo corroído. Precisamos ir à greve para recuperar nosso poder de compra.
      Bebel

      Responder
  • 52. Glauter Coelho de Oliveira  |  19/01/2015 às 17:45

    Por favor, gostaria de saber se tenho direito a acerto por final de contrato. Meu contrato encerrou-se em 31/12/14. Sou categoria O. Gostaria de saber dos meus direitos. Obrigado

    Responder
    • 53. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:26

      Prezado professor Glauter,
      Este “acerto” ocorre em fevereiro. Não espere muito. Geralmente pagam resíduos salariais. Se não receber férias, procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 54. Cybelle  |  19/01/2015 às 18:02

    Cara Bebel

    A SEE retira o PCAGP, não abre para novos mediadores e PCs e por fim o P.A. ela irá esperar o mês de março – fim do 1º bimestre – para atribuir e se eu bem entendi somente para os 6ºs anos, pois as demais séries, o PAA irá trabalhar com os alunos que necessitam, isto no contra turno ( parágrafo único 1 letra c da Resolução 73/2014), tudo isto além de salas que estão sendo fechadas(período noturno) e outras superlotadas. Diante deste quadro pergunto como ficará nossa situação: concursados categoria O esperando a 3ª chamada? Sem aula, sem emprego? Peço a gentileza de interceda junto ao secretário por nós. O panorama atual só demonstra que a SEE não está preocupada com os alunos e tão pouco com os professores. Ela coloca funções e retira sem ao menos esperar um tempo, a UE organizar, sem se quer saber se foi positivo, ou necessita de adequações ou não. Enxugam gastos no setor mais importante da vida do país e ao mesmo tempo aumentam os próprios salários, irônico não?!
    Grata
    Cybelle

    Responder
    • 55. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:28

      Prezada professora Cybelle,
      Tudo isso é um absurdo. Por isso estamos convocando todos, inclusive pais e alunos, para o ato público no dia 29 de janeiro, ás 15 horas, na frente da Secretaria da Educação. Vamos protestar e exigir o fim dessa política excludente. E vamos à greve em 2015.
      Bebel

      Responder
  • 56. sueli dos santos leite  |  19/01/2015 às 20:57

    Boa tarde, gostaria de saber se realmente entendi o cronograma de atribuição/2015: sou categoria F , sei que na minha escola vai sobrar esse ano somente 6 aulas de matematica, como sou habilitada em geografia, gostaria de saber se nesse momento (26/01) poderei pegar as 06 aulas de matematica e completar o restante com geografia, como ja foi feito em anos anteriores? Ou tenho que ir para a DE para a atribuição de exata?
    Profª Sueli (Mogi das Cruzes)

    Responder
    • 57. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:32

      Prezada professora Sueli,
      Sim, a previsão é essa.
      Bebel

      Responder
  • 58. Marcio Rosa Teles Cruz de Ferro  |  20/01/2015 às 02:38

    Ola! por favor gostaria de saber o que faço sou professor habilitado e licenciatura plena na disciplina de matemática com habilitação também em física, trabalhei como contratado categoria “O” em agosto de 2012 e o ano todo de 2013 no começo do ano de 2014 trabalhei somente 20 dias e desisti pois consegui um contrato para o ano todo no estado de minas gerais. Este ano não consegui fazer a inscrição no estado de São Paulo e pergunto tenho que esperar o cadastro emergencial ? ou sofro alguma punição por ter desistido ?

    Responder
    • 59. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:37

      Prezado professor Marcio,
      Sugiro que tente voltar pelo cadastro emergencial, mas pode, sim, ter sofrido alguma punição pelo rompimento do contrato, que pode chegar a um afastamento de até cinco anos da rede. Não concordamos com isso. Se for esse o caso, procure o advogado na sua subsede para recorrer.
      Bebel

      Responder
  • 60. Marco Antonio  |  21/01/2015 às 02:12

    Gostaria de saber a respeito para a escola ter um professor coordenador onde não tem os referentes seguimentos ( 8 classes) tanto no Ensino Fundamental e Ensino Médio…e tem mais de oito classes em funcionamento pode comportar um Coordenador Pedagógico teve alguma alteração a respeito desse segmento?

    Responder
    • 61. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:23

      Prezado professor Marco Antonio,
      Nossa luta é para que todos as escolas tenham pelo menos um coordenador. Naturalmente, as escolas maiores devem ter mais coordenadores. este é um dos pontos do ato público que realizaremos no dia 29/01, às 15 horas, em frente à SEE.
      Bebel

      Responder
  • 62. Lily  |  24/01/2015 às 00:15

    Bebel, passei no ultimo concurso em português e espanhol, até agora não fui chamada, devo comparecer em minha diretoria no dia 26/01? Outra coisa a jornada reduzida está mantida? Estou muito confusa queremos fazer nosso trabalho com dignidade, mas parece que o governo quer dificultar tudo, espero escolher aula em minha diretoria de escolha inicial e não no fim do mundo como sempre acontece,

    obrigada

    Responder
    • 63. apeoesp  |  25/01/2015 às 13:42

      Prezada professora Lily,
      A nova chamada ocorrerá no segundo semestre.
      Você deve participar da atribuição. O governo está dificultando a jornada reduzida. Se desejar, deverá ingressar com ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 64. Beatriz  |  05/03/2015 às 00:17

    Bebel, Sou professora desde 2003 (categoria F). Em 2007 voltei à categoria O, e desde então enfrento todo ano o mesmo problema de todos iniciantes. Tenho mais de 38.000 pontos no Estado. Gostaria de saber quando conquistarei novamente a categoria F? Não tenho condição financeira para pagar advogado nessa causa, será que o governo tem algum projeto a favor disso? Outra pergunta se eu nao participei da primeira atribuição na minha sede,, será q posso participar das demais, pois mudei de cidade e estou no aguardo da abertura de inscrição para outra diretoria (gdae) que ainda nao está liberado. Desde já agradeço pela atenção. Obg. Beatriz.

    Responder
    • 65. apeoesp  |  08/03/2015 às 11:45

      Prezada professora Beatriz,
      Foi o próprio governo que criou essa situação. Você procurar o departamento jurídico da APEOESP na subsede. É cobrada apenas uma taxa única para que você ingresse com ação judicial.
      Quanto à atribuição, procure a DE da região para a qual se mudou e inscreva-se.
      Bebel

      Responder
      • 66. Beatriz  |  12/03/2015 às 15:56

        Boa tarde Bebel, então eu ja procurei a DE daqui da minha nova cidade e me informaram q tenho q aguardar abertura inscrição p outra diretoria de ensino no site da GDAE, só q nunca está disponível, portanto não consigo me inscrever.

      • 67. apeoesp  |  15/03/2015 às 11:50

        Prezada professora Beatriz,
        Lamento, mas essa é uma das razões da nossa greve. Os professores são permanentemente desrespeitados e seus direitos não são garantidos.
        Bebel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,910,351 hits

%d blogueiros gostam disto: