APEOESP reúne-se com a Secretaria da Educação

15/01/2015 at 12:05 91 comentários

SEE examina possibilidade do professor de Educação Física declinar aulas em outra unidade, caso sejam abertas turmas de ACD na sua unidade sede, em março.
Ação judicial da APEOESP pelo fim da duzentena pode ter decisão sobre liminar no início da próxima semana.
Sindicato cobrou da SEE alteração na atividade prevista para o dia 17/10 (sábado) e o pagamento de serviço extraordinário pelo trabalho aos sábados não letivos.
Entre outros pontos.

INFORMA URGENTE 15 01 15INFORMA URGENTE 15 01 15 1

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

SEE divulga calendário de atribuição de aulas Governo do PSDB inicia sexto mandato fazendo os professores pagarem a conta

91 Comentários Add your own

  • 1. Prof Clovis  |  15/01/2015 às 12:27

    Não é a “Justiça do Patrão” que vai nos dar o que é nosso de fato e de direito. Greve neles o mais breve possível. Obrigado.

    Responder
  • 2. nara  |  15/01/2015 às 12:27

    Se quem tem que cumprir a quarentena,como vai poder participar da atribuição sendo que o GDAE não abre para novas inscrições?

    Responder
    • 3. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:03

      Prezada professora Nara,
      Em contato com a SEE foi esclarecido que a atribuição de aulas para quem teve o contrato encerrado em 2014, ou nunca teve vínculo com a rede, ou ainda que teve contrato encerrado em anos anteriores e não remanescente de concurso será a partir do dia 02/02 na DE.
      Bebel

      Responder
  • 4. carlos  |  15/01/2015 às 12:54

    Bebel, e o retroativo da prova mérito, nada ainda?

    Responder
    • 5. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:03

      Prezado professor Carlos,
      Teremos um contato com a SEE nesta segunda-feira, quando iremos cobrar este pagamento.
      Bebel

      Responder
  • 6. rubens celso pereira purificação  |  15/01/2015 às 15:43

    Sou professor de educação física há 3 anos e considero estas aulas de ACD um retrocesso diante da proposta curricular do estado e dos PCNs. Vejo o trabalho da APEOESP sem sentido para manter essas aulas, vocês poderiam lutar para q se cumprisse a LDB 9394/96 e a Constituição Federal de 1988, onde naquela o artigo 12 tem redação as respeito do Projeto Político Pedagógico onde sabemos que não é respeitado, e sim é algo engessado, e este documento dá poderes para quebrar a facultatividade das aulas de educação física no período noturno, aulas que não existem para os profissionais de educação física no noturno.

    Responder
    • 7. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:09

      Prezado professor Rubens,
      Temos recorrido à justiça todas as vezes que a SEE desrespeita a legislação. A SEE está irredutível quanto às aulas de ACD, inclusive no que se refere à atribuição em março. Temos ação judicial para que todas as aulas sejam oferecidas na atribuição inicial, para todas as turmas compostas pelas unidades escolares. O que conseguimos em negociação é que o professor possa declinar de aulas assumidas em outras unidades, quando surgir turma de ACD em sua própria unidade, em março.
      Bebel

      Responder
    • 8. Wanderlei  |  17/01/2015 às 19:26

      Sr Rubens Celso Pereira, respeito sua posição, mas você não representa nossa categoria, leia esse texto e faça uma reflexão, Texto de um colega, Professor de Ed. Física em nossa região…

      Olá meu nome é Alexandre do Prado, sou Professor efetivo na E.E. Padre Simon Switzar desde 2007 e em todas atribuições para completar minha jornada escolho as Atividades Curriculares Desportivas com o objetivo de incentivar os alunos a prática
      esportiva e por gostar muito da iniciação esportiva, porque sei o quanto isso poderá beneficiar não apenas o aluno dentro da comunidade escolar, mas pelos seus benefícios que perdurarão a vida toda do cidadão. É comprovado cientificamente que o aluno que aprende algum esporte durante sua vida terá muitos benefícios.
      Esses ganhos são constatados em todas as turmas que acompanho a mais de 7 anos e há um laço de respeito, companheirismo, amizade, dedicação, objetivos traçados durante alguns anos com as turmas e alunos que treino e competimos não são em vão. Há um comprometimento em ambas as partes, direção, professor e aluno. E este ano de 2014 atingimos objetivos na escola e fora da escola relevantes para o aluno e comunidade escolar.
      E agora de maneira abrupta e no penúltimo dia do ano de 2014 a Secretaria da Educação do Governo do Estado de São Paulo altera a resolução abaixo:
      Resolução SE 74, de 30-12-2014
      Altera dispositivos da Resolução SE 2, de
      14-01-2014, que dispõe sobre Atividades
      Curriculares Desportivas nas unidades escolares
      da rede pública estadual
      O Secretário da Educação, à vista do que lhe representou a Coordenadoria
      de Gestão da Educação Básica, CGEB, Resolve:
      Resolve de alguma maneira mexer na vida de muitos professores que possuem um trabalho muito sério com as turmas de treinamento e somente poderão na atribuição escolher salas de aulas. As atribuições das ACD´s serão feitas apenas em Março. Prioridade são as salas. E na escola onde fica o Esporte, onde fica a Educação Física em nosso País?
      Em segundo plano? Acho nem isso. Infelizmente os nossos Gestores: Federal, Estadual, Municipal e as nossas Confederações que deveriam se preocupar em desenvolver, massificar e qualificar as modalidades por elas geridas, não estão nem um pouco preocupadas com o Rumo do Esporte em nossa Nação.
      Cadê a coerência das Pastas das Secretarias da Educação e do Esporte? Será que esqueceram dos Jogos Escolares? Se as ACD’s forem atribuídas somente em Março como será a preparação e rendimento das equipes? Será que estão
      preocupados? Ou só querem tapar os buracos que só aumentam a cada ano com a falta de professores em sala de aula?
      Será que os nossos governantes nunca pensaram que se nossas crianças e jovens pudessem em alguma fase de suas vidas empenhar-se na prática de algum esporte o quanto de benefício teríamos? O quanto de meninos e meninas desocupados ou ocupados com coisas que só fazem o mal o Esporte Salvaria? O quanto de jovens não perderíamos para as drogas ou delitos? O quanto de cidadão saudáveis teríamos e não precisariam tentar utilizar os serviços públicos de saúde, que também está um caos. O quanto de cidadãos disciplinados estariam espalhados em todas as camadas da sociedade?
      Realmente estou enojado com o tamanho da corrupção, dos tantos mandos e desmandos, indicações aos cargos públicos apenas por estarem filiados a um partido que apoiou a tal candidato. Esta é a credencial, afinidade política, fazer parte da mesma panela. Um exemplo, o Ministro do Esporte de 2015, como diria os futebolísticos, “chupou laranja com quem?”, traduzindo para os não entendidos, fez o quê para o Esporte, praticou o quê, formou-se em Educação Física onde?
      Um Brasil para todos. Um Brasil para todos o quê? Um Brasil onde o pobre continua pobre e apenas sobrevivendo e dependendo das bolsas que no fundo é uma troca de voto. Um Brasil onde a lei é uma para os Ricos e Políticos e outra para os simples cidadãos.
      Agora o lema é: ” Brasil: Pátria Educadora”. Lindo lema. Mas quem Educará? Quem poderá ser o nosso Referencial para chamar as lideranças do país para educar os alunos da Nação? Infelizmente hoje não vejo autoridade, moral, ética, amor, sensibilidade, caráter, dignidade. O corpo docente, quer dizer os políticos só podem ensinar o que sabem. Será que ensinarão coisas relevantes e transformadoras para povo?
      Queria muito que meu País me desse a oportunidade para desenvolver o meu potencial de Educador Físico, e fazer a coisa que mais amo fazer e com um salário digno, que é treinar crianças e jovens numa modalidade esportiva e formar um Excelente Cidadão. Eu sei que sou um referencial de cidadão, de professor, de ética e tenho o respeito e admiração de meus alunos, mas infelizmente querem tirar o que mais gosto de fazer numa Escola Pública. E a cada ano que passa, sinto que não há espaço para o Esporte de qualidade na Educação como em outros países desenvolvidos. O que me deixa triste que se realmente não há espaço para o que
      mais amo fazer numa escola, não há espaço para mim, não espaço para meus sonhos e não terá espaço para vender meus sonhos.
      Prof. Alexandre do Prado – Cref. 013733 G/SP Um Educador Físico que sempre tentou educar a Pátria através do Esporte.

      Responder
  • 9. Karina  |  15/01/2015 às 17:26

    Boa Tarde Senhora Bebel!! Sou remanescente do concurso e categoria O leciono desde 2007 sempre ativa participando de cursos e aprimorando meu trabalho e agora estou desesperada em saber que poderei ficar 200 dias sem poder exercer minha profissão por favor vcs tem uma definição sobre a duzentena? Oque temos direito a receber pelo termino de contrato? Estou muito preocupada tenho uma família para sustentar. Agradeço antecipadamente a sua atenção.

    Responder
    • 10. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:15

      Prezada professora Karina,
      Estamos aguardando para o início da semana que vem uma decisão sobre a liminar que solicitamos pelo fim da duzentena.
      No final do contrato você recebe apenas resíduos salariais e férias, se tiver completado o período a que tem direito. Se deixar de receber fárias, deve procurar o departamento jurídico para verificar o que pode ser feito.
      Bebel

      Responder
  • 11. Vilma  |  15/01/2015 às 18:45

    Cara Bebel,
    Alckmin reajustou os salários dele e do resto, mas, e o nosso?
    Nada se ouve falar…
    Abraços

    Responder
    • 12. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:17

      Prezado professora Vilma,
      Sugiro que leia os materiais da APEOESP inclusive o jornal da APEOESP enviado aos associados e publicações no site do sindicato e neste blog.
      Nossa perspectiva é de greve em 2015 para obter negociação salarial.
      Bebel

      Responder
      • 13. Vilma  |  17/01/2015 às 12:22

        Pois é, prezada Bebel, tenho lido e acompanhado as publicações, bem como as que o governador esperou lançar nas férias pra tirar a nossa paz. Só lamento o desrespeito pela categoria, como vc disse acima, “Nossa perspectiva é de greve em 2015 para obter negociação salarial.”
        Abraços

      • 14. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:34

        Prezada professora Vilma,
        Sim. Não temos outra alternativa.
        Bebel

  • 15. Luiza  |  15/01/2015 às 21:40

    Presidenta, a SEE deu autonomia para que as diretorias elaborem o cronograma das atribuições como também a priorização nas atribuições. Algumas diretorias estão colocando os remanescentes a frente dos bacharéis e alunos, enquanto outras como a “D.E Centro”, os alunos possuem prioridades.
    É de ciência de todos que os alunos, bacharéis ou tecnólogos só poderão atribuir aulas em extrema necessidade, caso falte professores. E nesse momento há vários aprovados do concurso esperando a efetivação, o estado não está passando por necessidades por conta que há LICENCIADOS aprovados no concurso!!!! Então eu peço para que impeça que alunos e bacharéis tenham essa preferência.

    Responder
    • 16. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:31

      Prezada professora Luiza,
      A ordem estabelecida pela SEE é a de que professores com contrato atribuem primeiro e em seguida os remanescentes de concurso. Na resolução de atribuição de aulas está estabelecido que um professor licenciado pode requerer aulas que estejam sendo ministradas por uma pessoa não habilitada. Vamos levar novamente este assunto à SEE.
      Nossa luta é pela classificação única, de acordo com a titulação e o tempo de serviço, mas a SEE, apesar de parecer do Conselho Nacional de Educação, mantem essa classificação que coloca não habilitados à frente de habilitados.
      Bebel

      Responder
  • 17. Elaine  |  15/01/2015 às 22:17

    Jornada do Piso????

    Responder
    • 18. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:34

      Prezada professora Elaine,
      Como temos informado em nossos materiais e aqui no blog, a ação está no STF aguardando a nomeação do juiz relator.
      Bebel

      Responder
  • 19. silvana lofego  |  15/01/2015 às 23:32

    Aproximando o primeiro dia de atribuição, volto ao assunto sobre o “direito de escolha do professor”, como proceder no dia 21, se possível um modelo de requerimento, para resguardar direito de recorrer a justiça.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:36

      Prezada professora Silvana,
      A APEOESP está com ação judicial coletiva tramitando no TJSP. Esperamos uma decisão para o início da semana. Vou levar a sugestão de requerimento ao departamento jurídico.
      Obrigada.
      Bebel

      Responder
  • 21. Ana  |  15/01/2015 às 23:38

    Olá Bebel tudo bem?

    Agradeço por toda a luta, em especial a nós professores categoria O em risco da duzentena.

    Caso o pior aconteça, o professor em duzentena não pode se quer abrir contrato como eventual? Há informações muito desencontradas na minha D.E. Chegaram a me dizer que há essa possibilidade, no entanto perderia a categoria O, isso procede?

    Obrigada,

    Ana

    Responder
    • 22. apeoesp  |  17/01/2015 às 12:37

      Prezada professora Ana,
      Teremos um contato com a SEE na segunda-feira. Vamos levar esta questão para melhor esclarecimento.
      Bebel

      Responder
  • 23. João Vieira  |  16/01/2015 às 01:13

    Maria Izabel, referente à possibilidade de o docente decidir suas classes sem interferência do diretor, o que decidiram na reunião? A atribuição é no dia 21 de janeiro, a decisão da justiça sobre tal possibilidade sairá atempo da atribuição de aulas?

    Responder
    • 24. apeoesp  |  18/01/2015 às 10:57

      Prezado professor João Vieira,
      Há uma diferença de entendimento entre a APEOESP e a SEE, que afirma estar garantido esse direito. sabemos que não, por isso estamos com ação judicial em tramitação, aguardando decisão.
      Bebel

      Responder
  • 25. Fernanda  |  16/01/2015 às 10:38

    Olá Bebel.

    Bem e a respeito da prova de mérito???
    E o andamento da vida funcional??
    Estamos aguardando uma resposta

    sem mais

    Obrigada

    Responder
    • 26. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:03

      Prezada professora Fernanda,
      Este assunto será tratado com a SEE nesta segunda-feira.
      Bebel

      Responder
  • 27. Cintia Maria  |  16/01/2015 às 15:20

    e o aumento da prova do mérito, não falaram nada?
    Faz mais de 6 meses quefizemos a prova e nada de aumento, é uma vergonha?

    Responder
    • 28. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:07

      Prezada professora Cintia,
      Concordo inteiramente. É uma vergonha mesmo. Este assunto será tratado em contato que faremos amanhã com a SEE.
      Bebel

      Responder
  • 29. Carlos Roberto  |  16/01/2015 às 16:02

    Bebel, e prova do mérito, alguma novidade sobre a promoção?

    Responder
    • 30. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:10

      Prezado professor Carlos,
      Não ainda. Vamos tratar deste assunto com a SEE em contato que teremos nesta segunda-feira.
      Bebel

      Responder
  • 31. Paulo  |  16/01/2015 às 16:47

    Olá Bebel, gostaria de saber se há alguma notícia da ação no STF da jornada do piso, se está a ser julgada como está? Obrigado.

    Responder
    • 32. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:11

      Prezado professor Paulo,
      A ação aguarda a nomeação do juiz relator para entrar na pauta do STF. Creditamos o atraso ás mudanças que houve no tribunal.
      Bebel

      Responder
  • 33. Denise Góes  |  17/01/2015 às 15:22

    Boa Tarde!
    Gostaria de saber se as aulas do noturno que já estão homologadas não poderão ser oferecidas no primeiro dia da atribuição para composição de jornada. Há um boato que essas aulas também só poderão ser atribuídas em março. Se não foi publicado em D.O. as DEs podem fazer isso? Será muito prejudicial essa decisão também. Grata!

    Responder
    • 34. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:35

      Prezada professora Denise,
      Creio que se refere às aulas de ACD. Sim, infelizmente é verdade. A SEE até mesmo alterou a resolução de atribuição de aulas para isto.
      Bebel

      Responder
  • 35. Denise Góes  |  17/01/2015 às 18:17

    As aulas do noturno mencionada em post anterior, refere-se as de Educação Física! Grata!

    Responder
    • 36. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:37

      Prezada professora Denise,
      Ah, sim, como supus.
      Bebel

      Responder
  • 37. Wanderlei  |  17/01/2015 às 19:33

    Espero que a questão das ACDs sejam revertidas, a APEOESP, não pode ser um bonequinho de presépio, a situação é séria, quer dizer desemprego, pois não se trata de um problemas só para os Professores Efetivos, problemas de acúmulo de cargo, Professores em várias escolas, adidos, exclusão aos Profissionais de Ed. Física, que procuram Educar tb através das práticas desportivas, ESPORTE+ EDUCAÇÃO = Construção de um País Digno, QUEM TRABALHA com ACD, acredita nisso, caso não se modifique essa situação, lutem para que possamos declinar nossa jornada no ato da atribuição, pelo menos isso APEOESP, pois a regra muda depois que vc faz a sua opção de jornada, isso não pode acontecer, NÓS PROFESSORES DEEDUCAÇÃO ESTAMOS INDIGNADOS, COM A LENTIDÃO PARA SE RESOLVER AS COISAS !!!!!!!!!!

    Responder
    • 38. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:54

      Prezado professor Wanderlei,
      A APEOESP não é e não será bonequinho de presépio, mas a APEOESP não é sua direção, seu prédio, sua estrutura e sim a categoria mobilizada. Quando é necessário, os professores tem que vir para a rua fazer a pressão necessária.
      Em 05/12 convocamos a categoria para uma manifestação em frente à SEE para que pudéssemos mostrar nossa força e impor nossas reivindicações, num momento em que a SEE queria extinguir os projetos da pasta e tomar outras medidas ainda mais restritivas. Como você lá esteve mobilizou a sua escola e seus colegas da área, viu que o comparecimento, embora bom, não foi suficiente para impor a pressão que queríamos. Ainda assim, conseguimos evitar a extinção dos projetos e conseguimos duas outras modificações na resolução de atribuição de aulas que beneficiaram professores de diversas áreas e aqueles que aguardam aposentadorias. Também temos atuado para evitar fechamento de classes, que prejudica milhares de professores. Temos diversas ações judiciais tramitando, em defesa de diversos direitos dos professores na atribuição. Agora, face a essa mudança, pressionamos a SEE, mas sem possibilidade de convocar uma grande manifestação, face ao recesso. O que conseguimos foi negociar que o professor possa assumir as aulas de ACD que surjam em sua unidade, no mês de março.
      Nós, da APEOESP, não somos o governo. Não se trata de lentidão, mas de poder. Não somos o poder no Estado de São Paulo. Eles está nas mãos do PSDB, cujo governador foi reeleito no primeiro turno pela população.
      Agora, em 2015, vamos ter que ir à greve para conquistar nosso direitos, Nem ao menos previsão de reajuste salarial temos. Quem faz a greve éa a categoria, todos nós juntos. Se os professores não se mobilizarem, não será questão de lentidão ou não: não haverá o atendimento de nossas reivindicações.
      Ofensas e acusações não irão resolver nossos problemas.
      Bebel

      Responder
  • 39. Sílvia  |  17/01/2015 às 21:20

    Bebel,
    gostaria de saber sobre o meu pagamento de férias. Sou efetiva e não recebi. Tive 2 faltas e tirei minha licença prêmio de 15 dias em Junho e 15 em Novembro. Não entendi. Agradeço se puder esclarecer-me. Um grande abraço.

    Responder
    • 40. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:56

      Prezada professora Silvia,
      Você deve procurar o departamento jurídico na subsede para ajuizar ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 41. Matheus  |  17/01/2015 às 22:49

    Olá, Professora Bebel,
    O sindicato tem uma ideia de quantos professores PEB II de fato assumiram na 1° e 2° chamada tendo em vista que vários não compareceram e muitos já exoneraram? O concurso já venci em Janeiro de 2016, até lá teremos quantas chamadas? Agradeço a atenção.

    Responder
    • 42. apeoesp  |  18/01/2015 às 11:57

      Prezado professor Matheus,
      Não temos essa informação oficial, embora tenhamos requerido à SEE. Foram chamados mais de 39 mil, mas não sabemos efetivamente quantos assumiram. A SEE prometeu divulgar esse quadro,,necessário para o concurso de remoção.
      Bebel

      Responder
  • 43. Laís  |  18/01/2015 às 02:37

    Olá
    Gostaria de saber porque os professores remanescentes do concurso escolherão depois do O? E quando eles serão chamados?
    E como vai funcionar o PAA? Eu terei que trabalhar as 19 aulas de “eventual”, dar aula de apoio em outra horário e ainda dar aula realmente de eventual quando a escola quiser? Não estou entendedo como ficará o projeto, tem como explicar por menores?

    Obrigada! Laís

    Responder
    • 44. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:18

      Prezada professora Laís,
      Escolherão depois pelo fato desses professores já serem contratados do Estado e estarem em plena vigência de seus contratos, que vencerão em 2015.
      Em relação ao PAA, este professor fica à disposição da coordenação pedagógica da escola. Ele pode auxiliar com aulas de reforço para determinados alunos ou substituir outros professores em pequenos períodos. Deve ainda auxiliar a coordenação em tarefas que envolvam o apoio pedagógico na escola.
      Bebel

      Responder
      • 45. Laís  |  26/01/2015 às 01:17

        Boa noite,
        mas se por acaso um professor quiser pegar o PAA e só puder dar aula a noite. Como ficará se a escola exigir que ele auxilie com aulas de reforço em outro horário?
        E sobre os remanescente, então os categoria O correm o risco de perder as aula que pegarem, quando os remanescente assumerem o cargo?
        Obrigada

      • 46. apeoesp  |  31/01/2015 às 13:31

        Prezada professora laís,
        O PAA deve seguir o horário e as tarefas designadas pela escola.
        O professor da categoria O não perde aulas para o remanescente do concurso, que também será contratado como categoria O.
        Bebel

  • 47. Ana ligia  |  18/01/2015 às 11:33

    Olá Bebel!!Gostaria de parabenizar sua equipe da subsede de Avaré,precisei de algumas informações e eles me atenderam muito bem.Obrigado.
    Tenho tres dúvidas:
    (1ª )Quem já foi categoria F e hoje é O,tem como recorrer na justiça para voltar a ser F???. Obs_perdi a categoria por mudança de serviço do meu marido.
    ( 2ª)O único contrato meu como O foi de 03/2013 a 09/14(pedi dispensa novamente por mudança de serviço do conjugue),mas já deram 12 meses trabalhados.Eu não deveria ter recebido férias???
    (3ª) Estou sem aulas,meu ultimo salário foi em 09/2014.Posso me afiliar a apeoesp???Pois fui atrás agora e não consegui.Obrigado.

    Responder
    • 48. apeoesp  |  18/01/2015 às 12:06

      Prezada professora Ana Ligia,
      Em primeiro lugar, por força do estatuto, só pode filiar-se à APEOESP quem está atuando nas redes públicas de ensino. Quem já é filiado pode permancer um tempo, mesmo que não consiga aulas, depois terá que retirar-se se continuar sem aula.
      Quando filiar-se, poderá, sim, abrir processo judicial para voltar a ser categoria F.
      Quanto às férias, o Estado só considera os doze meses dentro do mesmo ano. Neste caso, poderá abrir processo judicial para reivindicar o pagamento de férias proporcionais.
      bebel

      Responder
  • 49. Vagner Rangel  |  18/01/2015 às 11:53

    Bebel, sou remanescente e nunca lecionei. Quais documentos devo levar para no dia da escolha? Me disseram que preciso levar um documento chamado “modelo CRGH”, o que ser isso? Onde posso achar? E além disso, quais outros documentos serão necessários?

    Responder
    • 50. apeoesp  |  25/01/2015 às 10:42

      Prezado professor Vagner,
      desconheço este documento,
      Você deve levar seus documentos pessoais, diploma e histórico escolar, pois foi inscrito automaticamente para a atribuição de aulas.
      Bebel

      Responder
  • 51. Denise Góes  |  18/01/2015 às 12:24

    Bom dia…as aulas do noturno (aulas de Educação Física já homologadas para este ano do noturno REGULARES e não de ACD) Também NÃO SERÃO atribuídas na fase inicial. Sempre tive essas aulas atribuídas para minha composição de jornada. Não teve nada publicado a respeito mas há um comunicado da DE para que não seja atribuída este ano também na fase inicial. A DE pode fazer isso por pura decisão dela sem a publicação em D.O.? Só esse comunicado basta? Estão complicando demais nossas vidas! Grata!!!

    Responder
    • 52. apeoesp  |  25/01/2015 às 10:43

      Prezada professora Denise,
      Sim, é verdade. Já fizemos contato com a SEE, que confirmou essa orientação. Estamos tentando modificar isto. Teremos reunião com o Secretário nesta semana. Vamos insistir.
      Bebel

      Responder
  • 53. Denise Góes  |  18/01/2015 às 12:28

    No post acima, quero deixar claro que não são aulas de ACD mas das SALAS DE AULA DO PERÍODO NOTURNO, Grata mais uma vez!

    Responder
  • 54. Rubens Teixeira  |  18/01/2015 às 19:45

    Olá Bebel, tudo bem?

    Solicito um exclarecimento a respeito da prova de mérito pois, poderá fazer a opção pela prova ou apresentar o memorial. Até o presente momento ainda não li nada sobre o memorial. Assim sendo peço o especial favor de me informar sobre o memorial e se ele poderá ser utilizado já para esse ano. Muito obrigado.

    Rubens Teixeira.

    Responder
    • 55. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:04

      Prezado professor Rubens,
      De fato, a regulamentação do memorial já deveria estar pronta. Ocorre que algumas entidades, sobretudo UDEMO e APASE, realizaram um movimento para paralisar os trabalhos, pois o decreto de promoção precisa ser republicado por ter saído com algumas incorreções. Nós, da APEOESP, queremos continuar o trabalho, ao mesmo tempo em que se providencia a republicação do decreto, mas ficamos isolados. Desde o início dos trabalhos da comissão que está regulamentando o memorial, a nova diretoria da APASE tem criado alguma dificuldade, pois quer rediscutir conceitos e questões que já estão estabelecidas, inclusive no próprio decreto, com apoio da UDEMO.
      Esta é a situação que vivemos no momento, que terá que ter alguma solução em breve.
      Bebel

      Responder
  • 56. Regina Maria Ferreira da Silva de Campos  |  19/01/2015 às 03:08

    Prezada Bebel,
    Gostaria de saber qual a situação dos processos para mudança de categoria dos professores de 2009 e 2010,pois já se passaram alguns anos,será que obteremos êxito?

    Responder
    • 57. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:10

      Prezada professora Regina,
      Sim, há vários casos em conseguimos a mudança, mas é preciso ver a situação de cada processo. Por favor, procure o advogado na subsede ou sede central e verifique o andamento.
      Bebel

      Responder
  • 58. ROSANA  |  19/01/2015 às 13:31

    OI! BEBEL
    SOLICITO QUE LEVE P/ PAUTA DE SUAS REUNIÕES COM O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO POR FAVOR, “OS SÁBADOS QUE TRABALHAMOS NO ANO DE 2014” E NÃO RECEBEMOS POR HORÁRIO EXTRAORDINÁRIO E AGORA EM 2015(TRABALHAR DE GRAÇA AOS SÁBADOS) NOVAMENTE???
    *****BEBEL HAVERÁ INDICATIVO DE GREVE, DO JEITO QUE ESTÁ NÃO DÁ, “NÃO TEM APLICAÇÃO DA JORNADA DO PISO” , SECRETARIA DIGITAL(TRABALHO EXTRA), SALÁRIO “DEFASADO” NÃO É MESMO???
    A APEOESP IRÁ DEFLAGRAR A GREVE EM 2015 ANTES DE MARÇO????AH!!!! PROFESSORES ACORDEM SEM MOBILIZAÇÃO(SEM GREVE) NÃO DÁ MAIS!!!
    OBRIGADA POR TUDO!!!
    UM ABRAÇO!

    Responder
    • 59. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:21

      Prezada professora Rosana,
      Nosso indicativo é de greve. No dia 29/01 realizaremos a reunião do CER e à tarde um grande ato público. O CER deve definir o calendário que desembocará na greve.
      Bebel

      Responder
  • 60. Vilma  |  19/01/2015 às 17:44

    Prezada Bebel, me dá uma luz.
    Hj houve uma prévia da atribuição. Minha jornada é de 24 aulas/português. Eu queria 20 + 4 de inglês/correlata pra compor as 24, isso pode ou tem que esgotar o português? Ficou no ar, a resolução 75/2013 está meio obscura. Cada um diz uma coisa! Só que sobram, tanto inglês quanto port. e irão pra atribuição na DE. Agradeço se vc puder esclarecer.
    Abraços

    Responder
    • 61. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:25

      Prezada professora Vilma,
      Não tive oportunidade de responder essas perguntas antes, devido a minhas atribuições. Espero que tenha visto e entrado no chat que montamos para tirar essas dúvidas.
      Bebel

      Responder
  • 62. Laís  |  19/01/2015 às 18:21

    Boa tarde

    Gostaria de saber por que os professores remanescentes do concurso irão escolher depois da categoria O? Qual é o motivo para isso?
    E saber sobre o PAA, como vai funcionar? Li o decreto, mas tem pontos que não compreendi, poderia explicar de forma simples.

    obrigada Laís

    Responder
    • 63. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:29

      Prezada professora Laís,
      Respondi a essa pergunta em outro post.
      Bebel

      Responder
  • 64. Prof Clovis  |  19/01/2015 às 18:51

    Boa tarde, estou voltando da minha UE e lá fui informado que para dar conta dos 100 dias letivos no segundo semestre teremos que trabalhar até 22/12 e ainda mais (no mínimo) 6 sábados. Planejamento, replanejamento, dia do Saresp, um dia na escola do meu filho não são dias letivos. Trabalhamos não somos remurados e ainda com ameaça de falta injustificada. Greve neles. Obrigado

    Responder
    • 65. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:31

      Prezado professor Clovis,
      Já levamos essa questão para a SEE, exigindo o pagamento de horas extras e a redução do número de sábados. A Secretária Adjunta disse que o calendário ainda pode sofrer modificações. Vamos continuar lutando por isso.
      Bebel

      Responder
  • 66. Fernanda  |  19/01/2015 às 19:11

    Olá Bebel!!
    Hoje vocês estiveram na SEE conversando sobre a prova de mérito 19/01/2015? Tem alguma novidade para repassar para os professores que realizaram a prova?
    Estamos aguardando uma resposta?

    Obrigada

    Fernanda

    Responder
    • 67. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:32

      Prezada professora Fernanda,
      A previsão inicial de pagamento é abril!! Mas retroativo a julho de 2014.
      Bebel

      Responder
  • 68. Professor  |  20/01/2015 às 02:58

    Bebel, não sei se chega à você a informação que vou dar sobre fechamento de salas.

    O que acontece, muitas vezes, é que diretores, para evitar matrículas de “alunos problemas” fazem o possível para deixar salas no maior limite possível para que as diretorias de ensino não forcem a entrada de alunos de transferências por questões disciplinares ao longo do ano.

    Só que a consequência disso são salas abarrotadas e menos salas de aulas para a atribuição.

    Mas não condeno completamente diretores que fazem isso, pois as escolas são completamente desamparadas em casos de alunos com sérios problemas disciplinares. Por exemplo, a falta de profissionais Agente da Organização Escolar facilita o vandalismo do prédio. Então essa é uma tentativa, na minha visão equivocada, de fechar a escola à problemas.

    Sem falar em casos sérios de ocorrer catraca seletiva em algumas escolas. Dependendo do “perfil” do aluno, tem escola que não aceita a matrícula e manda bater em outra escola.

    Isso é coisa que a gente fica sabendo de comentários – não temos provas. Mas a questão de superlotação de salas e diminuição de salas de aula passa pela necessidade de “fechar” a escola.

    Por exemplo, se tem 90 alunos na escola de 9º ano, o que alguns diretores fazem: ao invés de fecharem 3 salas de 30 alunos, fecham duas de 45 para não haver mais vagas… Aí o professor vai ter demanda de trabalho aumentada, por ter mais alunos, e menos salas para a atribuição.

    É uma discussão séria que precisa ser feita. Contamos com o sindicato para solucionar problemas decorrentes dessa prática.

    Grato…

    PS. Eu queria fazer um apelo ao sindicato em nome de professores iniciantes: Gostaria que o sindicato entrasse forte com a defesa de acabar com a obrigação de professores com menores pontuações terem que pegar aulas em mais de uma escola se faltar salas de aula na sede. Nós, professores, que dependemos de ônibus, às vezes fica impossível ir de uma escola para outra.

    O número de aulas que faltam para completar a jornada poderia ser cumprida como substituição para professores que faltam, ou ainda, como professor auxiliar em outras salas de aula. Mas todo ano é essa angústia – eu que só tenho 3 anos de rede – sobre “se vai sobrar salas ou serei obrigado a pegar aulas em outra escola”…

    Obrigado de novo

    Responder
    • 69. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:40

      Prezado Professor,
      Sim, temos tido conhecimento desses casos e os levamos à SEE. Temos pedido para que todos informem pelo email presiden@apeoesp.org.br os casos de fechamento de classes. Não precisa se identificar, mas deve ser informada a escola, o número de classes que estão sendo fechadas, períodos e demais informações.
      No dia 29/01 vamos fazer um ato público ás 15 horas na frente da SEE para denunciar tudo isso.
      Bebel

      Responder
  • 70. paulo  |  20/01/2015 às 15:22

    o meu contrato venceu em 2014 , como é meu primeiro contrato terei que cumprir quarentena , eu ministrei aulas no projeto dos presídios mas não foi permitido que fizesse o cadastro no gdae e no projeto do presidio para esse ano então perdi as aulas.
    eu sou remanescente do ultimo concurso, mesmo assim terei que esperar até dia 2 de fevereiro ?

    Responder
    • 71. apeoesp  |  25/01/2015 às 11:48

      Prezado professor Paulo,
      Como remanescente de concurso sua atribuição ocorrerá a partir de 27/01. Informe-se na sua DE.
      Bebel

      Responder
  • 72. Ivone Donizete de Oliveira Bueno  |  20/01/2015 às 19:49

    Por que os professores efetivos não podem trabalhar como PA na escola para não ficar adido?

    Responder
    • 73. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:10

      Prezada professora Ivone,
      De acordo com a SEE poderão fazê-lo, em março, abril, quando for feita atribuição. Estamos cobrando que publiquem essa orientação.
      Bebel

      Responder
  • 74. Jiane  |  20/01/2015 às 21:58

    Ola Bebel boa noite,
    Tenho uma dúvida a esclarecer, sou professora efetiva ingressante
    em julho/14 até então era cat O com novo contrato iniciado em 2014, pedi desligamento tenho algum valor à receber de férias e 13º proporcionais aos meses de fev a jul/14?
    Desde já agradeço o espaço e os esclarecimentos …

    Responder
    • 75. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:12

      Prezada professora Jiane,
      O Estado não paga esses valores. É preciso ingressar com ação individual. Procure o advogado na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 76. Pj Moraes  |  20/01/2015 às 23:14

    Boa noite professora Bebel trabalho no Programa Escola da Família desde 2003 (Unesco) e em 2007 passamos para a Secretaria do Estados de Educação. Desde então recebemos como Peb I, Nível I, Faixa I. Sem direito a evolução e também não conseguimos fazer a inscrição para prestar a prova de Mérito. Gostaria de saber se a Senhora pode esclarecer o motivo do referido impedimento, uma vez que já questionei a Diretoria de Ensino e nenhuma resposta foi dada. Grato pela atenção.

    Responder
    • 77. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:15

      Prezado professor Pj,
      Tem direito aos benefícios da carreira os professores efetivos, concursados na Secretaria da Educação. Sendo este o seu caso, levaremos o problema ao Secretário da Educação.
      Bebel

      Responder
  • 78. Edivaldo Duque  |  21/01/2015 às 00:11

    gostaria de saber se a atribuição para educação especial será para inicio das aulas, ex.alunos de libras não teria que ter o professor já no primeiro dia de aula?porque algumas escolas pedem em março abril etc…

    Responder
    • 79. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:18

      Prezado professor Edivaldo Duque,
      As regras impostas pela SEE não são compreensíveis. Parecem-nos apenas pretextos para economizar dinheiro, com prejuízo para a educação. Por razões como essas vamos realizar um grande ato público no dia 29/01, às 15 horas, na frente da SEE e nossa perspectiva é de greve em 2015, para exigirmos mudanças nas políticas educacionais e reajuste salarial.
      Bebel

      Responder
  • 80. katia Araujo  |  21/01/2015 às 03:20

    Boa noite Bebel!
    Sou professora categoria O, leciono dez do ano de 2010 e só recebi férias 2 vezes que é quando o meu contrato se extinguiu. Isso esta correto?

    Responder
    • 81. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:24

      Prezada professora Katia,
      No nosso entendimento, não, mas o Estado não paga férias proporcionais. Procure o departamento jurídico na subsede para verificar a viabilidade de ação judicial para receber seus direitos.
      Bebel

      Responder
  • 82. Clarice Ap. Rotta Dias  |  21/01/2015 às 13:00

    Oi Bebel, conforme li em comentários anteriores, professores com contrato atribuem primeiro que os remanescentes e tb antes daqueles que estão de quarentena e que pela resolução de atribuição de aulas um professor licenciado pode requerer aulas que estejam sendo ministradas por uma pessoa não habilitada. Isso nos dá o direito de após cumprido a quarentena requerer essas aulas atribuídas a estudantes não licenciados? outra coisa que não está claro ainda para mim, sou categoria O cumprindo quarentena desde o dia 20/12/2014 e sou remanescente de concurso. Em qual fase da atribuição me encaixo? Na minha DE me informaram que participo da atribuição como categoria O pois quando as aulas iniciarem a quarentena já terminou, mas como se não consegui fazer inscrição? E como remanescente posso participar mesmo estando de quarentena? Por favor me esclareça. As informações aqui estão confusas. obrigada

    Responder
    • 83. apeoesp  |  25/01/2015 às 12:27

      Prezada professora Clarice,
      Você participa da atribuição juntamente com os demais remanescentes do concurso. Poderá obter as aulas e assinará contrato quando vencer a quarentena. Se não for possível, aí sim, terá que participar do cadastro emergencial.
      Você, como habilitada, poderá requerer aulas de professor não habilitado.
      Bebel

      Responder
  • 84. Priscila  |  22/01/2015 às 21:22

    Boa Noite Bebel
    Meu e Priscila meu contrato encerrou-se no final do ano e gostaria de saber quando sera pago a rescisão.

    Responder
    • 85. apeoesp  |  25/01/2015 às 13:05

      Prezada professora Priscila,
      Será feita em fevereiro. Informe-se na escola ou na DE.
      Bebel

      Responder
  • 86. Angelica  |  24/01/2015 às 00:01

    Olá Bebel.

    E o andamento da vida funcional??Evolução pela via não academica??? Não se fala mais nada .A SEE e o sindicato estão quietos e nós na esperança e nada.
    Estamos aguardando uma resposta
    sem mais
    Obrigada

    Responder
    • 87. apeoesp  |  25/01/2015 às 13:45

      Prezada professora Angélica,
      O sindicato não está quieto. Como publicamos em nossos boletins e aqui no blog, já tratamos duas vezes desse assunto com o Secretário da Educação. Ele afirma que não deu ordens para paralisar os procedimentos, mas sabemos que isto está ocorrendo. Vamos voltar a tratar disto na próxima reunião. Se desejar, procure o departamento jurídico na subsede e ingresse com ação judicial.
      Bebel

      Responder
  • 88. jones martins de freias  |  25/01/2015 às 00:39

    Cansado de esperar. Bebel cadê o valor das férias do antigo Categoria L? Será q pagam até 2020? Está virando piada isso!!!

    Responder
    • 89. apeoesp  |  25/01/2015 às 13:33

      Prezado professor Jones,
      Não entendo e não aceito seu tom comigo. Não cobre de mim ou da APEOESP neste tom o que é responsabilidade do governo. Fizemos e estamos fazendo nosso papel. Lutamos e recorremos à justiça. Ganhamos liminar e ganhamos a sentença. Entremos com pedido de execução e o governo recorreu. Nossa obrigação é lutar e estamos fazendo isso.
      Bebel

      Responder
  • 90. Cilene Costa  |  27/02/2015 às 03:33

    Boa noite Bebel!
    Sobre a situação do terceiro coordenador nada mudou!
    Trabalhamos em uma escola com 59 turmas e o dirigente pediu a cessação da designação do terceiro coordenador.
    De que serviu o Comunicado de 30-01-2015?
    Estamos indignados!

    Responder
    • 91. apeoesp  |  28/02/2015 às 12:12

      Prezada professora Cilene,
      Conforme consta no Boletim Informa Urgente nº 11, “Em relação à ampliação para três PCPs em escolas que tenham no mínimo 30 turmas de 6º a 9º ano do ensino fundamental e ensino médio, independente do turno, a APEOESP informou que diretores e dirigentes não estão cumprindo a determinação por não ter sido alterada a Resolução. A SEE afirmou que a alteração na Resolução está sendo providenciada.”
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,860,816 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em Temer, inimigo da educação, ve…

%d blogueiros gostam disto: