Nota de Apoio às Professoras e Professores Estaduais da Rede Pública de Ensino

14/04/2015 at 19:50 1 comentário

Elo Estadual São Paulo 13 de abril de 2015

Reproduzimos a seguir a nota de apoio divulgada pelo Elo São Paulo na última semana.

Rede Sustentabilidade no Estado de São Paulo se manifesta em apoio e integra-se à luta das/dos professores da Rede Estadual de Ensino Público em suaspautas e reivindicações que, até a presente data, não foram atendidas pelo Governo Estadual.

Reforçamos o sentimento de total indignação e repúdio às atitudes do Sr. Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, referentes ao Ensino Público no Estado, tentando silenciar o movimento do nosso professorado através de um discurso sofista e deslocado das questões voltadas à realidade da Rede Pública de Ensino, no qual afirma que “não há greve de professoras(es) no Estado de São Paulo”, ou até mesmo atribuindo ao movimento a característica de “novela”, na tentativa de tornar irrelevante a luta por melhorias efetivas na qualidade da Educação no Estado de São Paulo no que tange ao Ensino Público paulista.

É notória a alta adesão do professorado às iniciativas que buscam melhorar as condições de trabalho e, com isso, melhorar a qualidade da educação; tamanha grandeza de espírito percebe-se tanto nas manifestações que tomam as ruas quanto nas salas de aula vazias em todo o Estado, graças ao apoio de mães e pais que não têm mandado seus filhos e filhas à Escola e que têm participado das passeatas em apoio à greve.

Convidamos a Sociedade para refletir junto conosco sobre as questões educacionais – com a certeza de que este debate pela qualidade do Ensino Público Estadual repercutirá, de fato, em mudança com envolvimento e participação, não apenas do professorado, mas de mães, pais, estudantes, movimentos sociais, representantes da sociedade civil, partidos políticos, representantes do Executivo e Legislativo, e também da Mídia, em seu papel informativo.

A Educação de Qualidade e a Sustentabilidade como práticas são as únicas molas de transformação social e consolidação real da Democracia no Brasil.

A remuneração às(aos) docentes deve ser digna, permitindo-lhes, além do acesso a bens culturais que proporcionem aprofundamento em seu saber, qualidade de vida e harmonia com o meio onde vivem.

Se a Educação é responsabilidade da Sociedade como um todo, acreditamos que não há sentido em oferecer adicionais financeiros ao professorado e às escolas como meios de alcançar melhoria educacional. O Bônus por desempenho é desestimulante e injusto.

Cabe pensarmos que a profissão docente exige preparo das aulas e estratégias para fomentar a autonomia intelectual, o pensamento crítico e os saberes necessários à inserção social. Por isso, é fundamental que o Estado de São Paulo implemente a Jornada da Lei do Piso (Lei Federal 11.738/2008) pela qual destina-se ao professorado um terço de suas aulas para preparo e correção de atividades.

Nosso Estado não cumpre essa Lei Federal. 

Para que haja qualidade no Ensino Público deve-se eliminar, dentro do próprio professorado, a segregação responsável pelo surgimento de categorias extremamente desiguais, que levam à redução dos direitos de professoras(es) contratados e não efetivos. Outro erro grave é a não contratação de Professoras(es) Coordenadores em Unidades Escolares com menos de 8 salas de aula. Além disso tudo, temos o problema das salas abarrotadas.

É urgente que se ofereça ao professorado paulista um Plano de Carreira que contemple a evolução profissional por formação e tempo de serviço. É absurda adiferença entre os salários pagos na Rede Pública de Ensino de São Paulo e os pagos nas Escolas Privadas.

Tal realidade, tão desfavorável, leva o professorado da rede pública a dobrar e até triplicar sua jornada de trabalho para equiparar seus ganhos e ter uma vida digna.

O falso discurso que afirma que a(o) professor deve ser vocacionado (e não bem remunerado) é, em grande parte, responsável pela má qualidade educacional, o que fica evidenciado pelos números nacionais e internacionais de avaliações da qualidade do ensino paulista.

Rede Sustentabilidade convoca seus membros, pessoas amigas, sua militância, simpatizantes e  ativistas estaduais para o debate, tanto em sua Sede Estadual quanto nas redes sociais virtuais, para participarem, inclusive, das manifestações do professorado.

Reforçamos nossa crença e esperança na ação necessária das Mídias que informam de modo isento, sejam elas transmitidas, virtuais ou impressas. Elas devem cumprir seu papel histórico nesta questão tão importante – que é de todas e todos os cidadãos paulistas e brasileiros que lutam por uma educação pública que contribua para o desenvolvimento sustentável da sociedade.

Comissão Executiva da Rede Sustentabilidade de SP.

São Paulo, 09 de abril de 2015

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Continuamos na luta. Queremos que o governo apresente propostas à categoria. “É absurdo pais não irem às ruas com greve de professores”, diz docente da USP

1 Comentário Add your own

  • 1. Waldemir Araújo Miranda  |  15/04/2015 às 03:02

    “Quero aqui, realçar,reforçar,ampliar mais ainda a questão da Luta por um Ensino de Qualidade e Sustentabilidade à vida de nossos co-cidadãos,comprometendo-me a erguer às alturas, vozes que nunca silenciar-se-ão,por ocasião de nossos mais nobres e renomados nomes cravados nos DIPLOMAS,que obtivemos desde o momento solene e, sob os inúmeros aplausos de pé, reconhecidos e merecidamente aprovados por grandes MESTRES da EDUCAÇÃO”.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,910,555 hits

%d blogueiros gostam disto: