Veja minha entrevista ao jornalista Paulo Henrique Amorim – 14/04/2015

15/04/2015 at 03:55 3 comentários

Globo faz como Alckmin: greve de professor não existe

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

“É absurdo pais não irem às ruas com greve de professores”, diz docente da USP Veja como foi a audiência pública na ALESP em 15/04.

3 Comentários Add your own

  • 1. Aldo José Camargo  |  21/04/2015 às 13:15

    Prezada Sr.ª Presidente,

    Cumprimento-a cordialmente e me atrevo a expor minha opinião no ponto, tal como segue:

    Se o governo se dispusesse a adotar a progressão salarial dentro do proposto em números reais seriam recomposição do poder aquisitivo de R$ 365,00, em termos percentis, isso significa até 2020:
    2015 = +15,1% — Salário Médio = R$ 2.780,82;
    2016 = +13,1% — Salário Médio = R$ 3.145.10;
    2017 = +11,6% — Salário Médio = R$ 3.509,93;
    2018 = +10,4% — Salário Médio = R$ 3.874,96;
    2019 = +9,4% — Salário Médio = R$ 4.239,20.
    Cabe ressaltar que essa ação não se mostra tão inexequível, uma vez que em termos percentuais o salário mínimo foi reajustado nos últimos anos e em mesmo período relativo na média em 9,68% a.a. (estou considerando o fator finanças públicas e não valores absolutos em reais, antes que venham dizer que o salário mínimo é bem menor que o nosso, neste item o que se cuida é política econômica de renda, e considera-se tanto em um quanto em outro o impacto previdenciário). No caso aqui proposto vemos que a média estabelecida como proposta pela APEOESP relativamente ao comparativo com o salário mínimo é de 11,92% a.a. (acréscimo gradual a juros compostos como deve ser) o que supera em apenas 2,24% o reajuste do salário mínimo conforme exposto.
    Dessa forma, é evidente que a reivindicação é apenas no que tange a recomposição do poder aquisitivo tal como proposto e não de reajuste considerando a inflação anual que deve ainda ano a ano durante sua implementação ocorrer para que o ganho não se mostre financeiramente ineficaz porque pode-se correr o risco de adotar a metodologia acima apenas e termos perdas anuais no poder aquisitivo do salário, sobretudo, pressionado pela inflação.
    Por fim, entendo, data vênia, que esta proposta como aqui expus é mais racional do ponto de vista de defesa porque tal como adotada tem ao cabo um reajuste total de 59,6% (já em 2020 com o salário recomposto) e evidentemente mais negociável que 75,33% a juros simples.
    Espero ter contribuído para o debate!
    Fraternos abraços a todos!.:.

    Responder
    • 2. apeoesp  |  21/04/2015 às 19:45

      Prezado professor Aldo,
      Muito obrigada pela sua contribuição. Ela faz todo o sentido. Esperamos que o Governo saia de sua posição de nada oferecer e possamos de fato negociar.
      Bebel

      Responder
      • 3. Aldo José Camargo  |  21/04/2015 às 20:07

        Prezada Presidente,

        Agradeço pela oportunidade de contribuir positivamente para a discussão.

        Fraternos abraços!
        Professor Aldo.:.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,931,923 hits

%d blogueiros gostam disto: