Meios de comunicação se unem contra a nossa greve

25/04/2015 at 14:28 4 comentários

Além do Estadão, também a Folha de S. Paulo dedica editorial à desqualificação da nossa greve. Embora reconheça que somos salários são ruins e que precisamos ser valorizados, utiliza os mesmos falsos dados fornecidos pela Secretaria Estadual da Educação e publicados pelo jornal no dia 20 de abril e desmentidos pela APEOESP.

Aliás, a Folha comprometeu-se a publicar uma nova matéria, contendo as informações salariais corretas enviadas pela APEOESP, mas não o fez, demonstrando que o jornal está a serviço do Governo contra o nosso movimento.

Também a reportagem que publica na edição de hoje pouco fala sobre as nossas reivindicações e sequer registra que nossa greve continua pela recusa do Governo em negociar a apresentar propostas. A maior parte do texto é dedicada a discorrer sobre tumultos ocorridos após a nossa manifestação, envolvendo pessoas não identificadas e jornalistas da Rede Globo e do SBT.

É importante ressaltar que o Sindicato não apoia ações violentas e que nossas manifestações tem sido pacíficas. Nosso foco é a conquista das reivindicações. A APEOESP não pode ser responsabilizada por fatos que ocorrem fora do contexto de suas atividades, envolvendo grupos sobre o quais nada sabemos, podendo até mesmo tratar-se de provocadores. No momento dos tumultos, dirigentes da APEOESP ajudaram a proteger os jornalistas até que estivessem em segurança.

Observa-se claramente uma articulação entre os meios de comunicação que até então tem blindado o Governador do Estado e agora partem para uma ofensiva coordenada contra a nossa greve. Não se trata de uma novidade para nós. Foi assim, em maior ou menor grau, em greves anteriores.

De nossa parte, decidida a continuidade da greve em uma assembleia com 50 mil professores, trata-se de retornar às escolas, conversar com nossos colegas que ainda não aderiram, conversar mais uma vez com toda a comunidade, intensificar as ações nas ruas e em frente às diretorias de ensino, mostrar a toda a sociedade a gravidade da situação as escolas estaduais, a justeza da nossa greve e nossa disposição de ir até o fim nesta luta.

Somos professores, somos aguerridos, estamos em luta por educação pública de qualidade e pela valorização da nossa profissão. Não vamos desistir. Reajuste zero, não dá. Por isso a greve vai continuar!

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Estadão defende o Governo do PSDB contra os professores Justiça reconhece legalidade da greve e concede liminar em ação da APEOESP

4 Comentários Add your own

  • 1. Amelia Tavares  |  25/04/2015 às 22:44

    Ola Bebel,

    Sou filha de professor e entendo muito bem a situação que vocês estão passando, gostaria de lhe dar uma sugestão: os não professores, pais, familiares ou simplesmente população que apoia, gostaríamos de manifestar o nosso apoio, será que o sindicato conseguiria organizar uma passeata no domingo para que essas pessoas que mencionei manifeste o apoio a greve dos professores, a população também tem interesse que nossos professores se sintam seguros e em situação justa de trabalho para que possa desempenhar as suas funções com dignidade.
    Bom de qualquer forma fica aqui registrado o meu apoio a greve dos professores.

    Responder
    • 2. apeoesp  |  02/05/2015 às 15:01

      Prezada senhora Amélia,
      Sim, isto foi aprovado na nossa última assembleia. Estamos pensando em organizar talvez na próxima semana. Vamos divulgar amplamente.
      Obrigada.
      Bebel

      Responder
  • 3. Matheus  |  27/04/2015 às 22:52

    Bebel, bom noite. A minha diretoria de ensino abriu cadastro emergencial para todas as matérias. Eu, sendo um remanescente posso fazer o cadastro emergencial, compensa fazer este cadastro ou não será necessário?
    Quem tem prioridade nas atribuições? O professor remanescente ou estes de agora que entrarão através do cadastro emergencial?

    Responder
    • 4. apeoesp  |  02/05/2015 às 14:46

      Prezada professor Matheus,
      Primeiro as aulas tem que ser oferecidas aos professores classificados. Depois aos demais.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,860,816 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em Temer, inimigo da educação, ve…

%d blogueiros gostam disto: