Leonardo Boff apoia nossa greve e pede a Alckmin que dialogue

26/04/2015 at 23:19 Deixe um comentário

Extraído do Portal Brasil 247

boffO escritor e teólogo Leonardo Boff fez um apelo para que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), dialogue com os professores, que estão em greve, que teve início no dia 13 de março. A principal reivindicação da categoria é o aumento salarial de 75,33%.

“Quero apoiar aos professores da rede estadual de São Paulo que estão há 50 dias em greve. Apelo ao Governador Alckmin q/os receba e dialogue”, pediu o escritor, peloTwitter.

A presidente do Sindicato dos Professores no Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Maria Izabel Azevedo Noronha, a Bebel, havia informado, na semana passada, que os professores entraram com uma ação na Justiça para coibir que os professores tenham os dias parados descontados.

A categoria também entrou com uma ação no Tribunal Regional do Trabalho solicitando que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) atue como intermediário na negociação com o governo paulista.

A Secretaria Estadual de Educação, que tem como titular Herman Voorwald, informou que os professores receberão uma proposta salarial apenas em julho, o que deixou a categoria mais revoltada. A pasta havia informado, também, que os docentes receberam um reajuste de 45% diluído nos últimos quatro anos.

Mas os professores argumentam que o cálculo incluiu a bonificação para chegar a esse percentual. Se for considerado apenas o salário-base, o aumento foi de 29% em quatro anos, de acordo com a categoria.

Os professores pedem, ainda, equiparação salarial. Segundo o Plano Nacional de Educação, lançado pelo Governo Federal em 2013, até 2020, os salários dos professores devem estar equiparados aos dos profissionais com ensino superior. Em São Paulo, o piso salarial da categoria é de R$ 2.460. A média do salário dos profissionais com ensino superior é de R$ 4.237 reais.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Justiça reconhece legalidade da greve e concede liminar em ação da APEOESP Liminar favorável à greve. Apoio de Leonardo Boff. Na terça, professores em greve doam sangue.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,908,821 hits

%d blogueiros gostam disto: