Fale para a mídia o que você pensa dela.

27/04/2015 at 02:46 5 comentários

Senhor(a) professor(a)

Se você acha que a mídia está realizando uma cobertura parcial ou inadequada da nossa greve, leia com atenção:

Envie seu protesto aos meios de comunicação. Abaixo, apresento a você um modelo de mensagem que você poderá enviar, incentivando outros(as) colegas a fazerem o mesmo. Apresento também alguns endereços eletrônicos e “Fale Conosco” dessas empresas de jornalismo que blindam o Governo do PSDB e desqualificam a nossa greve.

Vamos exercer nosso direito democrático de cobrar dos meios de comunicação informação correta e isenção.

A mídia precisa saber o que pensamos dela.

Senhores(as) editores(as),

Nós, professores da rede estadual de ensino, estamos em greve há mais de 40 dias. Para vocês, dos grandes meios de comunicação, primeiro a greve não existia (repetindo o que o Governo Estadual dizia); depois, não puderam mais esconder a nossa greve e, agora, quando ela passou a incomodar os pais de nossos alunos (algo que não nos agrada), vocês passaram a nos atacar ferozmente, em vez de cobrar do Governador do Estado que negocie e apresente propostas para nossas reivindicações.

Vocês querem nos julgar e nos condenar, algo que não é função de vocês. Seus veículos de comunicação existem por concessão pública e é seu dever informar corretamente à população. Mas vocês apresentam apenas um lado da história; não querem saber das nossas necessidades profissionais e não querem saber da realidade da escola pública estadual. Vocês não informam, mas deformam a opinião pública.

Estamos de olho e vamos realizar uma grande campanha de fortalecimento de outros meios de comunicação, para quebrar o monopólio que vocês exercem na mídia brasileira para defender interesses de grupos políticos e econômicos contrários aos direitos da maioria da população brasileira.
Professores estaduais em greve

Rede Globo – escolha um ou mais endereços eletrônicos:
ali@alikamel.com.br
karina.godoy@tvglobo.com.br
juliana.bressan@tvglobo.com.br
andre.agostinho@tvglobo.com.br
cnardi@band.com.br
nathalia.lopes@eptv.com.br
maricicapitelli@tvcultura.com.br
radioescuta.redetv@gmail.com
contato@luciana.jor.br
catia.toffoletto@cbn.com.br
Folha de S. Paulo
leitor@uol.com.br
O Estado de S. Paulo- escolha um ou mais endereços eletrônicos:
falecom.estado@estadao.com
fórum@estadao.com.br
spreclama.estado@estadao.com
Diário de S. Paulo – escolha um ou mais endereços eletrônicos:
leitor@diariosp.com.br
Fabrício Cardoso | Executivo
fabricio.cardoso@diariosp.com.br
Alexandre Moreno | Executivo
alexandre.moreno@diariosp.com.br
Fernando Zanelato | Dia a Dia
fernandoz@diariosp.com.br
SBT
http://sbtsaladeimprensa.com.br/FaleConoscoVisitante.aspx
Grupo Bandeirantes
http://www.band.uol.com.br/faleconosco/
Rede Record
http://www.r7.com/institucional/fale-com-o-r7/index.html
TV Gazeta – escolha um ou mais endereços eletrônicos:
http://fcl.com.br/contato/
http://www.tvgazeta.com.br/aovivo/

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Liminar favorável à greve. Apoio de Leonardo Boff. Na terça, professores em greve doam sangue. Anúncio publicado na edição de hoje, 28/04, do jornal O Estado de S. Paulo, página A12:

5 Comentários Add your own

  • 1. Thiago  |  27/04/2015 às 04:02

    Você viu Bebel, que lamentável o comportamento do Geraldo Alckmin? Ele demonstra, claramente estar contrariado e que está mal acostumado a litar com críticas, algo normal para um homem público!

    Responder
    • 2. apeoesp  |  02/05/2015 às 14:52

      Prezado professor Thiago,
      Mostra claramente falta de equilíbrio. Se quer acabar com essa situação, negocie com os professores.
      Bebel

      Responder
  • 3. PAULO PEREIRA CEZAR  |  27/04/2015 às 23:18

    Sugestão para Pinalkimin amolecer: cada professor comprar um livro ou Privataria Tucana ou o Principe da Privataria e levantar como um estandarte o livro. O efeito na multidão em assembleia vai ser genial e devastador quando sair na mídia e nos blogueiros “sujos”. Sujo e borrado ficarão a TUCANALHA. FHC e Serra Vão vender até a mãe para negociar. Vão ficar de joelhos perante a Maria Izabel, presidente da APEOESP.

    Responder
  • 4. Eliana Fernanda Mendonça  |  28/04/2015 às 11:02

    Gostaria que Apeoesp, pressiona-se a UDEMO, pois somente com as duas categorias juntas, e as escolas totalmente fechadas o gverno estará aberto a negociação, parece que somente os professores estão em greve, e os diretores com as escolas abertas recebendo alunos, são dois mundos distintos , somos tds educadores brigando por melhorias e qualidade de ensino, tem que ser tds numa só briga , não só professores, desta forma que está não irá resolver, agora se fechar as escolas que seja por uma semana o governo sentirá pressionado e negociará, então sindicato precione os outros sindicatos UDEMO, AFUSE, etc…

    Responder
    • 5. apeoesp  |  02/05/2015 às 14:36

      Prezada professora Eliana,
      A UDEMO escolheu o seu lado. Nãos temos nenhuma ilusão de que mude. Vamos continuar a nossa luta.
      O governo será obrigado a negociar. Temos ação judicial pelo dissídio e haverá reunião no TJSP no dia 07/05.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,831,336 hits

%d blogueiros gostam disto: