Imprensa divulga queda da liminar que determina que os dias parados não podem ser descontados

09/05/2015 at 00:52 28 comentários

Òrgãos de comunicação publicaram que a Justiça cassou a liminar concedida em Ação Civil Pública impetrada pela APEOESP para que não haja desconto salarial pelos dias da paralisação e corte de ponto.

Estamos aguardando confirmação oficial e, como já foi informado anteriormente, recorreremos até a última instância para que o direito legal de greve seja respeitado, tendo em vista que há decisões favoráveis do Supremo Tribunal Federal em casos semelhantes.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Orientações jurídicas sobre o desconto dos dias parados

28 Comentários Add your own

  • 1. Roseana  |  09/05/2015 às 09:38

    Olá Bebel, sou categoria O, minha escola esta participando da greve. Gostaria de saber em relação a minha categoria. Estou terminado meu segundo contrato da categoria. E sigo as noticias pela Web e também televisão, gostaria de saber qual são as reinvindicações para nós da categoria O??Pois vejo muito sobre salários e também salas fechadas. Abraços

    Responder
    • 2. apeoesp  |  09/05/2015 às 16:21

      Prezada professora Roseana,
      Você pode se informar bem mais aqui pelo blog e pelo site da APEOESP (www.apeoesp.org.br). Na sua escola não tem nenhum cartaz da greve? Na pauta de reivindicações constam:
      Fim da duzentena e da quarentena e por uma nova forma de contratação dos professores temporários, com garantia de direitos.
      Emergencialmente, fim da duzentena, ficando apenas a quarentena.
      Pelo direito de atendimento no IAMSPE para os professores da categoria O.
      Sem deixar de lembrar que salários melhores, melhores condições de trabalho, fim da superlotação das classes também beneficiam os professores da categoria O.
      Bebel

      Responder
  • 3. Evaneide  |  09/05/2015 às 14:08

    Bebel, o recurso ao Supremo, nesses casos, costuma demorar? Seria interessante se saísse logo, pois daria fôlego aos que estão a mais de 50 dias em greve e estão se vendo forçados a voltar por questões financeiras.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  09/05/2015 às 16:16

      Prezada professora Evaneide,
      Não há uma previsão, mas estamos com um ótimo advogado. Vamos pedir uma decisão liminar, rápida, justamente por se tratar de questão de sobrevivência dos professores e professoras.
      Bebel

      Responder
  • 5. Eduardo  |  09/05/2015 às 18:41

    Olá Bebel sou professor estou de greve desde o começo, porém a escola que trabalho ainda não aderiu com força o movimento, com receio dos descontos e das contas contas a pagar. Gostaria de dar algumas idéias que acredito que iria ajudar na hora da sensibilização da comunidade e da imprensa. Um dos pontos a ser tocado é o aumento de nossas despesas com enfase na contá de água, luz, gás, gasolina e alimentos, mas com dados e argumentos citando por exemplo que a carreira municipal tem dialogo com o secretario isso ira feri-lo moralmente como um secretario negocia e o outro não, como a escola particular tem aumento e o estado não. não sei se estou sendo claro as estratégias de pressão tem que ser usadas aqui na sul 3 várias escolas sucateadas abandonadas, com goteira, quadra descoberta, falta papel higiênico e muito mais tem que citar isso o tempo todo dando nome aos bois e cobra-lo duramente eu sei que o reajuste é o foco mas se ficarmos só no reajuste não passamos credibilidade tem usar os minutos de televisão para comover a população. Mostrando simplesmente a realidade das escolas. Porque a globo não vai mostrar e nem o resto da mídia, então cada vez que você tiver a oportunidade na tv de falar cita um problema real de cada escola mas tem que ser estes chocantes para que o nosso governador tenha que se explicar o tempo todo já que não tem arrego vai pra cima com tudo pede para galera que visita escola tirar foto, filmar o que puder tudo que possa ser usado contra nosso governador, sem medo vamos com tudo. Pode crer que mesmo que ele não ceda vai doer nele sim. Questione os colegas das mídias se os filhos deles estudam no estado? Sei que você é corajosa e não estou querendo dizer o que tem que fazer, mas acredito que teremos muito sucesso, mas precisamos ser mais enfáticos dando nome as escolas com problema e cobrá-lo duramente. Como o piso do município pode ser maior que o do estado? Será que ele responde?

    Abs e não tem arrego.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  10/05/2015 às 14:37

      Prezado professor Eduardo,
      Copiei e vou considerar todas as suas sugestões. Não gosto muito de comparar um Secretário com outro, porque não sabemos o que vai dar na Prefeitura e não quero imiscuir-me em assuntos de outra categoria, mas o fato é que este Secretário não dialoga mesmo. A denúncia da situação das escolas é fundamental e vou orientar a todos para que enviem materiais.
      Muito obrigada. Estamos juntos.
      Bebel

      Responder
  • 7. Marcos  |  09/05/2015 às 23:24

    Bebel,com a cassação da liminar devemos ainda preencher os requerimentos e modelos 12 para solicitar os estornos ou,só quando houver decisão favorável em outra estancia superior?

    Responder
    • 8. apeoesp  |  10/05/2015 às 14:27

      Prezado professor Marcos,
      Devem continuar preenchendo. Vamos pressionar de todas as formas.
      Bebel

      Responder
  • 9. Maria  |  10/05/2015 às 00:07

    Boa noite Bebel, estou de greve e não pretendo voltar para sala de aula , enquanto esse governador não negociar conosco.

    Mas gostaria de informação sobre um outro assunto, Bebel estou esperando minha EVOLUÇÃO FUNCIONAL DESTE 2013, procurei A diretoria de ensino em busca de informação, o setor responsável me informou que O SISTEMA PARA HOMOLOGAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL DOS PROFESSORES ESTA FECHADO DESDE NOVEMBRO DE 2014, por esse motivo não tem como homologar nenhuma Evolução. Já mandei vários e-mails para a ouvidoria da Secretaria Da Educação , PRIMEIRA INFORMAÇÃO ERA QUE O SISTEMA SERIA ABERTO EM MARÇO, A SEGUNAD EM ABRIL e ate o momento esse sistema não foi aberto. O que devo fazer diante desta situação? Se este e um direito do professor que não esta sendo respeitado.
    Att

    Maria

    Responder
    • 10. apeoesp  |  10/05/2015 às 14:26

      Prezada professora Maria,
      Parabéns. Vamos enfrentar este governo autoritário.
      Quanto à evolução funcional, temos cobrado do Secretário nas reuniões e publicamente. Na reunião do Tribunal de Justiça cobrei dele na frente do juiz e ele nada disse.
      Individualmente você pode também acionar a SEE. Procure o departamento jurídico na subsede.
      Bebel

      Responder
  • 11. Alcides Vieira Lima  |  10/05/2015 às 01:54

    Boa noite Bebel, gostaria de saber se há possibilidade de ajuizar o governo por prevaricação ou fraude e anunciar na imprensa ou nas propagandas pagas na tv a respeito das notas bimestrais que as escolas foram instruídas a atribuírem aos alunos com professores em greve.

    Responder
    • 12. apeoesp  |  10/05/2015 às 14:19

      Prezado professor Alcides,
      Já ingressamos no Ministério Público contra o Governo em relação a esta questão.
      Bebel

      Responder
  • 13. Julia  |  10/05/2015 às 03:38

    Olá Bebel, por gentileza na reunião de quarta com secretário cobre novamente a 3 chamada do concurso PEB II, reforce a necessidade da prorrogação do mesmo e cobre o número de convocados, pois no edital dizia 59 mil vagas e não sabemos ao certo quantos já foram convocados. Obrigado

    Responder
    • 14. apeoesp  |  10/05/2015 às 14:18

      Prezada professora Julia,
      Já houve acordo sobre esses pontos, mas vou reforçar e pedir por escrito. Foram até o momento convocados entre 38 e 39 mil.
      Bebel

      Responder
      • 15. Guilherme  |  10/05/2015 às 18:25

        E quanto dessas vagas foram preenchidas? É verdade que o secretário convocará 31 mil professores na terceira chamada?

      • 16. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:23

        Prezado professor Guilherme,
        Segundo a SEE, algo em torno de 38 mil vagas foram preenchidas. Haverá nova convocação no segundo semestre, mas as vagas serão definidas após o concurso de remoção.
        Bebel

  • 17. Rose  |  10/05/2015 às 21:56

    Boa noite. E quanto a remoção. alguma novidade?

    Responder
    • 18. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:21

      Prezada professora Rose,
      O concurso de remoção será realizado no segundo semestre deste ano.
      Bebel

      Responder
  • 19. Luis Henrique  |  11/05/2015 às 13:28

    Cara Presidente!

    Confesso que minhas forças estão se exaurindo por motivos óbvios. Com certeza alguns já desistiram e outros pensam nisso. Quero continuar mas acredito que se até agora não nos levaram a sério é necessário mudar algumas estratégias. Sugiro que ao invés de nos reunirmos no MASP para descer até a SEE, cheguemos logo na Paça da República. Já temos visibilidade, chegar no final do expediente na SEE não tem sentido, temos que estar lá durante o expediente e só sair com alguma proposta. Muita gente sobe no caminhão e falam demais, então que seja lá na porta do Hermann.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:21

      Prezado professor Luis Henrique,
      Já propus, pessoalmente, várias vezes assembleias na Praça da República. Ocorre que a enorme maioria continua preferindo fazer as assembleias no MASP.
      Bebel

      Responder
  • 21. Prof Clóvis  |  11/05/2015 às 14:43

    Como ficou o “apoio” da Alesp à nossa greve, só no discurso? É necessário fazer o fundo de greve funcionar imediatamente, estamos sem dinheiro para sobreviver.

    Responder
    • 22. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:19

      Prezado professor Clóvis,
      Sim, ficou só no discurso. Quanto ao fundo de greve, está em funcionamento. Procure a subsede. É preciso que todos colaborem na arrecadação de fundos.
      Bebel

      Responder
  • 23. Rita  |  11/05/2015 às 17:53

    Ola Bebel, gostaria de saber em relação a categoria O.Segundo o governo quem não participara da duzentena são os professores que ja cumpriram três contratos?? Obrigada. Abraços

    Responder
    • 24. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:18

      Prezada professora Rita,
      O professor poderá usar a quarentena uma vez. Nas outras será a duzentena.
      Bebel

      Responder
  • 25. FERNANDO ALVES DA SILVA  |  11/05/2015 às 20:07

    Olá Srta Bebel, sou professor firme na greve desde o dia 13, estou estranhando não ter noticias oficiais da liminar derrubada. Foi confirmada, e se sim o que ou em que pé estamos?

    Fernando- Guarulhos

    Responder
    • 26. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:17

      Prezado professor Fernando Alves da Silva,
      Sim, a liminar foi derrubada e recorremos ao Supremo Tribunal federal, onde encontra-se nas mãos da Ministra Carmen Lucia.
      Bebel

      Responder
  • 27. Cristiane Salvador  |  12/05/2015 às 01:45

    Bebel, será que corre o risco do Governador colocar em pauta novamente a minuta do novo estatuto do magistério, que ele colocou em setembro do ano passado e retirou por causa da pressão do sindicato?

    Responder
    • 28. apeoesp  |  17/05/2015 às 15:11

      Prezada professora Cristiane,
      Creio que nossa greve impediu esse movimento, mas devemos continuar sempre atentos e mobilizados.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,911,314 hits

%d blogueiros gostam disto: