Ofício recebido do Secretário Estadual da Educação

14/05/2015 at 21:55 30 comentários

Ofício secretário 130515 1ofício secretário 130515 2ofício secretário 130515 3

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

APEOESP conquista no TJSP decisão pelo não desconto dos dias parados na greve Comunicado

30 Comentários Add your own

  • 1. Vitório  |  14/05/2015 às 22:11

    E o concurso de remoção PEB II quando acontecerá? E os remanescentes? Aposentadoria?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:42

      Prezado professor Vitório,
      O concurso de remoção para PEB II ocorrerá no segundo semestre.
      A próxima chamada do concurso ocorrerá no segundo semestre para exercício em 2016.
      O secretário diz que estão sendo agilizados os procedimentos para a concessão de aposentadorias, mas que permanecem problemas de sistema.
      Bebel

      Responder
  • 3. MARCOS  |  14/05/2015 às 22:12

    E a lei do Piso? E a data base em março?E a lei das faltas médicas?E a incorporação do bônus?E as aposentadorias e evoluções atrasadas?E o aumento real?
    Não acho que estas proposições do Governo são pra valer além de serem muito aquém do que a categoria reivindica.E mais, esta proposta do item 5 está muito vaga !

    Responder
    • 4. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:40

      Prezado professor Marcos,
      A categoria rejeitou essas propostas e decidiu continuar a greve.
      Bebel

      Responder
  • 5. proeduc  |  14/05/2015 às 22:28

    O utimo item deste oficio parece não coincidir com oque foi informado pela Bebel em ultimo informe.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:39

      Prezado professor Paulo,
      Não entendi. Qual é a divergência?
      Bebel

      Responder
  • 7. MARCOS  |  14/05/2015 às 23:02

    Ah,ia me esquecendo:E o vale coxinha?

    Responder
    • 8. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:37

      Prezado professor Marcos,
      Em reunião anterior o secretário comprometeu-se a “realizar estudos”, mas nada foi mencionado no ofício.
      Bebel

      Responder
  • 9. Katita  |  15/05/2015 às 01:11

    Bebel, boa noite! Posso parecer egoísta mas para nós efetivos nada! Infelizmente nossa jornada nem foi mencionada, não gosto do modo que o governo tratas os OFAS, mas todos temos que pensar que ser contratado deveria ser provisório e não vitalício e o concurso está aí para isso. Infelizmente para nós efetivos só nos sobra sala de aula, também gostaríamos de sair da sala para atuar na mediação, nos projetos de PA e PPA e sala de leitura, principalmente os que estão no fim de carreira como é o meu caso com 28 anos no magistério e só aguardando a idade mínima, não está nada justo para os que prestaram um concurso e foram aprovados. Um abraço Katita

    Responder
    • 10. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:32

      Prezada professora Katita,
      A questão salarial, que atinge todos os professores, está na nossa pauta como o principal ponto, mas o secretário menciona apenas uma promessa de política salarial para quatro anos, sem índices. Em relação à jornada do piso, nada oferece porque diz que já cumpre e o assunto está no Supremo Tribunal Federal. Estamos trabalhando para que seja apressado o julgamento naquele tribunal.
      Há outros pontos na pauta que afetam também os professores efetivos, como as condições de trabalho e superlotação das salas de aula, mas o Secretário também não dá soluções imediatas para esses problemas.
      Por isso a assembleias manteve a greve.
      Bebel

      Responder
  • 11. ALEXANDRE MIRANDA  |  15/05/2015 às 02:30

    Boa noite Sra Presidenta. Por favor, tire uma dúvida.

    Ingressei no Estado pelo concurso de 2013 e trabalhei no ano de 2014. Tive muita dificuldade pedagógica, de transporte (zona rural) e de nível de ensino (sempre trabalhei com fundamental 1 e acabei pegando ensino médio).

    Sempre perguntei sobre o Curso de Formação, formas de me adequar ao ritmo de trabalho e como lidar com a secretaria digital, sobre a filosofia do Estado e nada me foi esclarecido, bem como da previsão de início.

    Não consegui suportar os conflito de ideias (entre o município em que já trabalhava e o Estado em que havia ingressado) e falta de respaldo, acabei pedindo exoneração antes do Curso de Formação me orientar sobre este “mundo” particular chamado Estado.

    Pois bem, minha dúvida, sou respaldado pelo benefício da reconsideração de meu pedido de exoneração com vistas ao não atendimento formativo da Escola de Formação em tempo hábil?

    Se a Sra puder me orientar sobre este ínterim poderei ficar mais ciente de quais medidas tomar.

    Aguardo, abraços.

    Responder
    • 12. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:26

      Prezado professor Alexandre,
      Creio que essa hipótese não existe, mas sugiro que ligue para 11.33506214 para orientar-se.
      Bebel

      Responder
  • 13. Virginia  |  15/05/2015 às 03:02

    Cadê a jornada do piso?????

    Responder
    • 14. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:23

      Prezada professor Virginia,
      Como é de conhecimento de todos, o governo estadual recusa-se a aplicar a jornada do piso e nosso recurso está em tramitação no Supremo Tribunal Federal, onde estamos pressionando para apressar o julgamento.
      Bebel

      Responder
  • 15. Andressa Ortiz  |  15/05/2015 às 03:09

    Boa noite Bebel !
    Me esclarece uma coisa, com essa nova proposta da SEE referente aos contratados, meu contrato vence esse ano foi de 2 anos, ele vai ser prorrogado pra mais um ano ou ficarei de duzentena?
    Aumentou um ano de contrato mas mesmo assim não resolvemos esse problema, pois ficar 180 sem trabalhar é muito tempo, tínhamos que ter pelo menos seguro desemprego como qlq outro trabalhador.

    Responder
    • 16. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:22

      Prezada professora Andressa,
      A nova lei certamente não afetará os contratos em vigor. Por outro lado, não concordamos com essa interrupção de contrato.
      A assembleia rejeitou a proposta do governo e a greve continua.
      Bebel

      Responder
  • 17. Antonio Cavalcanti Rego  |  15/05/2015 às 03:29

    Bom dia, Bebel.

    Na verdade este ofício não apresenta nada. Apenas diz que em trinta dias vai resolver isto e aquilo. Sobre a politica salarial nem informa os índices que serão praticados pelos próximos quatro anos. Mais ainda: o pagamento dos dias parados está na justiça, o governo não diz nada a respeito. Como fica está questão?
    Obrigado.
    Prof. Toninho

    Responder
    • 18. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:21

      Prezado professor Antonio,
      A assembleia decidiu que a greve continua. Cada um deve fazer sua parte para que ela se fortaleça nas escolas.
      Bebel

      Responder
  • 19. Fábio Fetz de Almeida  |  15/05/2015 às 04:01

    Olá,

    Não podemos aceitar tais termos, pois eles não respondem aos anseios dos professores da rede pública estadual que, bravamente, participam de uma greve que busca combater o descaso de um partido que se mantém no poder no estado de São Paulo há décadas, destruindo a educação.

    Assim, devemos nos manter firmes em nosso propósito pois, caso a categoria se renda, assinaremos nosso atestado de óbito político.

    Fábio Fetz de Almeida

    Responder
    • 20. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:20

      Prezado professor Fábio,
      Conforme decisão da assembleia, a greve continua e haverá nova assembleia no dia 22/05, sexta, às 14 horas, no MASP.
      Bebel

      Responder
  • 21. Cida Araujo  |  15/05/2015 às 05:57

    Está claro que ele vai enrolar e não vai dar aumento!Continuemos em GREVE !

    Responder
    • 22. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:19

      Prezada professora Cida,
      Conforme decisão da assembleia, a greve continua.
      Bebel

      Responder
  • 23. miriam1207  |  15/05/2015 às 11:53

    O Governo está sentindo a pressão, mas ainda não oferece nada que nos favoreça realmente.Quando será cumprida a lei do piso? 1/3 de atividades sem alunos? quando teremos valorização e condições minimas de trabalho? Existem muitos itens que não foram mencionados pelo governo e também são muito importantes para a nossa categoria: vale-refeição, transporte, trabalho extra aos sábados, aposentadoria… E o aumento real? Não podemos desistir agora. O que ele oferece é muito pouco perto do que precisamos e merecemos. Somos a categoria que forma outras categorias. NÃO TEM ARREGO!!!!

    Responder
    • 24. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:17

      Prezada professora Miriam,
      A assembleia rejeitou as propostas e manteve a greve. Nossa luta continua.
      Bebel

      Responder
  • 25. luciano  |  15/05/2015 às 17:51

    E sobre as evoluções não academicas que estão paradas? pedi desde outubro e até agora nem noticia!!!
    Não dá aumento e nem progressão?????

    Responder
    • 26. apeoesp  |  16/05/2015 às 17:08

      Prezado professor Luciano,
      Pois é. Cobramos e a promessa é sempre de que os procedimentos estão sendo agilizados. Acordos para o final da greve passam pelos pontos da nossa pauta, inclusive este.
      Bebel

      Responder
  • 27. Eduardo  |  16/05/2015 às 21:53

    Olá Bebel, realmente o senhor Geraldo é duro na queda pois bem a luta continua, tenho uma pergunta o curso de formação que os professores peb II irão realizar em 2015 e 2016 será remunerado? Se não o professor que não realiza-lo está automaticamente exonerado ao fim do probatório?

    Responder
    • 28. apeoesp  |  17/05/2015 às 14:57

      Prezado professor Eduardo,
      O curso não é remunerado e é obrigatório.
      Bebel

      Responder
  • 29. Magali de Cássia Merenda  |  16/05/2015 às 22:47

    Boa Noite Bebel
    Devemos continuar em greve, até termos as reais condições oferecidas pelo governo do Estado. Quanto à equiparação salarial(75%) não podemos deixar de lado na hora de negociar. Mesmo que pelo jeito, seja parcelado, porém deverá ter o acréscimo da inflação do ano vigente. É interessante e essencial na negociação deixar claro essa equiparação e um comprometimento via Diário Oficial, que se a proposta de equipara os salários for parcelada em anos, que seja colocado nos anos subsequentes que teremos também a inflação anual.
    Caso contrário, estaremos sempre em defasagem e o governo dizendo na mídia os índices que concedeu.

    Responder
    • 30. apeoesp  |  17/05/2015 às 14:57

      Prezada professora Magali,
      Sim, também penso da mesma forma.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,911,314 hits

%d blogueiros gostam disto: