Pau-mandado do Governador, Reinaldo Azevedo ataca os professores novamente

04/06/2015 at 21:56 9 comentários

Reinaldo Azevedo surge de novo em seu blog na revista Veja para defender o Governador Geraldo Alckmin, atacando os professores que há 84 dias estão em greve, sem salários, lutando pelo atendimento de reivindicações salariais, profissionais e educacionais legítimas.

O pretenso jornalista diz que a assembleia estadual realizada no dia 3 de junho na Avenida Paulista tinha mil professores. Não é preciso ser estatístico ou especialista para verificar, pelas imagens, que isto não é verdade. Nossa assembleia reuniu quinze mil professores, de todas as regiões do estado, que deliberaram por maioria pela continuidade da greve, pois estão indignados com a postura intransigente do Governo Estadual e querem respostas para suas demandas. Se a greve não existisse mais, não teria sido aprovada sua continuidade.

Reinaldo Azevedo mente quando diz que na assembleia defendi a suspensão da greve. Houve três propostas e identifiquei-me com a que considerei mais adequada para o momento, ou seja, a continuidade da greve em dias determinados, quando irão ocorrer fatos que dizem respeito à nossa pauta de reivindicações, como a data do julgamento do nosso dissídio, o anúncio do reajuste salarial, o ingresso de projetos de lei e do Plano Estadual de Educação na Assembleia Legislativa e outras.

Esta proposta buscava dialogar com aqueles que queriam a suspensão do movimento e os queriam a sua continuidade por tempo indeterminado. A maioria, após decidir pela continuidade da greve, decidiu que seria por tempo indeterminado. Nosso sindicato é democrático e a decisão da maioria é sempre respeitada.

O que ocorre que é Reinaldo Azevedo não entende de coisa alguma. Não entende de educação pública e não entende de sindicalismo. O que ele entende é de defender o Governador, achincalhando os professores que estão incomodando o seu chefe. Ele é tão mal informado que diz que PSTU, PSOL e PCO são a favor da continuidade da greve, quando qualquer pessoa com o mínimo de informação – que é a matéria-prima de um jornalista – sabe que PSTU e PSOL querem o fim do movimento e defenderam na assembleia a suspensão da greve.

Houve, sim, um conflito localizado provocado por um grupo de professores radicalizados. Se há grupos radicais na APEOESP, Reinaldo Azevedo é também um radical, de direita. Uma direita que se alinha ao um Governo autoritário, que não está nem aí para a qualidade da educação pública, para os direitos e necessidades de professores e estudantes, que não dialoga, não negocia e que tenta acabar com a greve por meio da truculência e do desconto nos salários.

O pretenso jornalista acusa-me de irresponsável, mas irresponsável é o seu Governador, que deixa uma greve perdurar por tanto tempo sem solução. Com ou sem grupos radicais nas assembleias e eu as conduzo até o final; depois disso caminho junto com os demais professores e professoras. Creio que Reinaldo Azevedo não teria essa capacidade.

Maria Izabel Azevedo Noronha
Presidenta da APEOESP

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

O Governo estadual não quer resolver os problemas da educação. Quer derrotar os professores. O Estadão em defesa do PSDB

9 Comentários Add your own

  • 1. Thiago  |  04/06/2015 às 22:33

    Perdemos no STJ Bebel? Qual é o próximo passo?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  06/06/2015 às 12:40

      Prezado professor Thiago,
      Sim, perdemos. estamos com recurso no STF.
      bebel

      Responder
  • 3. Claudia  |  05/06/2015 às 00:33

    Ontem, um colega que está ligado à SEE, disse que a Remoção para professores só irá ocorrer depois da escolha dos que passaram no concurso agora… Isso não é ilegal? Então eles ficarão com as vagas e nós ficaremos com o resto…??? É isso mesmo? Lamentável… Os anos que temos de trabalho não são respeitados!

    Responder
    • 4. apeoesp  |  06/06/2015 às 12:40

      Prezada professora Claudia,
      A remoção ocorrerá no segundo semestre, antes da terceira chamada do concurso de PEB II. Quanto à escolha dos PEB I, as vagas já estavam definidas anteriormente.
      Bebel

      Responder
  • 5. Marcio  |  05/06/2015 às 13:29

    Defendo a volta para as escolas e lá dentro reorganizarmos o movimento. Penso também que hoje a uma pequena minoria em greve compareçe nas assembléias é justamente essa pequena minoria que vota pela greve, portanto se depender desses professores ficaremos em greve pelo resto do ano. A grande maioria dos professores votou pelo retorno às aulas ou seja enquanto a assembleia se reunia eles estavam nas salas de aula. Entendo também que a Apeoesp ao deflagrar a greve deveria ter estudado a possibilidade de empréstimos junto a financeiras com pagamento no reinício as aulas ou quando nossas reivindicações forem atendidas, enfim convênio com cestas básicas e outras necessidades dos professores. Estamos sem dinheiro não somos pelegos mas precisamos voltar a trabalhar.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  06/06/2015 às 12:38

      Prezado professor Marcio,
      Respeito sua opinião e conheço as dificuldades, mas as deliberações são tomadas por maioria nas assembleias. esta é a marca democrática do nosso sindicato e não vai mudar.
      Bebel

      Responder
  • 7. Henrique Silva  |  05/06/2015 às 13:34

    Na quarta perdemos mais uma no stj. http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/06/stj-mantem-desconto-no-salario-dos-professores-pelos-dias-em-greve.html

    Responder
    • 8. apeoesp  |  06/06/2015 às 12:37

      Prezado professor Henrique,
      Sim, é verdade, mas ainda temos recurso no STF.
      Bebel

      Responder
  • 9. Fernando "IntensoFOX" Gaebler  |  12/06/2015 às 20:02

    Republicou isso em Fernando Gaebler.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,831,336 hits

%d blogueiros gostam disto: