Decreto do Governador restringe contratações

04/09/2015 at 17:29 78 comentários

Informação preliminar obtida junto à SEE indica que a Secretaria pretende solicitar ao Governador que abra exceção no caso da Educação, em função das vagas existentes. A APEOESP está preparando mandado de segurança se for necessário para assegurar os direitos dos professores contra o decreto do Governador.informa urgente 040915Informa urgente 0409151

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Ações judiciais em defesa dos professores

78 Comentários Add your own

  • 1. keli  |  04/09/2015 às 23:16

    Meu Deus, sou remanescente e estarei na duzentena, ou seja, sem chances de pegar aula ano que vem… Bebel como faço para entrar com ação individual? Pode ser pelo sindicato ou tem que ser particular?

    Responder
    • 2. apeoesp  |  05/09/2015 às 12:06

      Prezada professora Keli,
      A APEOESP está ingressando com ação coletiva contra o decreto. Para ação individual, procure a subsede, se for associada.
      Bebel

      Responder
  • 3. Lucas  |  04/09/2015 às 23:47

    Olá Bebel, o governador acaba de nos dar um banho de água fria com esse decreto. Já existe uma posição concreta? E sobre a prorrogação do concurso, não seria hora de já pressiona-lo para isso? Não ficaremos admirado caso ele volte atrás e também não prorrogue.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  05/09/2015 às 12:02

      Prezado professor Lucas,
      A terceira chamada do concurso foi prometida pelo Secretário da Educação porque há vagas.Não sabemos, porém, a quantidade, em quais disciplinas etc. Legalmente essas vagas não podem continuar sendo ocupada por temporários, existindo concurso em vigor. Por esta razão, estamos preparando mandado de segurança para assegurar a chamada dos concursados. Somente a nossa mobilização poderá garantir a prorrogação do concurso e os direitos dos concursados. Por isso é muito importante a presença de todos na assembleia estadual, no dia 25/09, às 14 horas, na Praça da República.
      Bebel

      Responder
  • 5. jmf_geo@hotmail.com  |  05/09/2015 às 15:47

    Olá Bebêl! Boa tarde! Parabéns pelas conquistas, principalmente ao pagamento dos dias de greve, o Picolé teve que engolir. Gostaria que a Senhora tomasse alguma providência perante a justiça, quanto ao trabalho aos sábados, uma vez que cumpri minha jornada, vejo a convocação as sábados como abuso de autoridade, sendo que trabalhamos de graças isso só acontece na SEE. Por favor, faça algo perante a justiça. Agradeço e sei que a Senhora tem boa vontade. Grata pela atenção. Rosi Cruzeiro.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  06/09/2015 às 14:03

      Prezado professor jmf,
      Isto já foi estudado. Não é possível fazê-lo, pois a remuneração alcança os sábados. O que deve ser feito é a cobrança de trabalho extraordinário por não haver atividade regular prevista.
      Bebel

      Responder
  • 7. Elaine  |  05/09/2015 às 17:39

    Bebel, e os professores peb I que foram convocados, escolheram a UE, mas ainda não assumiram? Como ficará a situação desses professores???

    Responder
    • 8. apeoesp  |  06/09/2015 às 14:02

      Prezada professora Elaine,
      O Governador suspendeu as contratações. Estamos ingressando na justiça para garanti-las na educação.
      Bebel

      Responder
  • 9. Eduardo  |  05/09/2015 às 23:24

    Boa noite, Bebel não podemos ficar calados demorou tanto para ter um concurso e já está demorando para convocar. Porque as coisas ligadas ao estado são tão demoradas? e diferentes Um exemplo o estado de MG tem dois concursos vigentes e a cada mês ocorre duas convocações para professores e sem contar que lá foi dado o aumento sem mais delongas e enrolações. È preciso acabar com esse pacto entre esse carca mano desse secretário, com essas ideias sem fundamento nenhum e o maldito governador eles querem acabar com nós os professores, para eles não é interessante ter efetivos porque sabe que os contratados não fazem greve visto que a grande maioria tem medo manifestar como é possível voltar atrás na contração por concurso público assim sem motivos claros pra isso. Por favor mobilize os advogados para fazer o impossível e possível para impedir que a chamada do concurso não aconteça. Pelo contrário é preciso ter essa convocação. A rede precisa de ter efetivos até mesmo você diz que o professor que é concursado entra pela porta da frente e com todos seus direitos garantidos. Penso que quanto mais pressão o sindicato fizer em cima desse secretário mas teremos chances de fazer ele desistir dessas ideias assim com outros que já passaram pelo cargo e não aguentaram força da pressão do corpo docente e a Apeoesp mobilize mais os professores do interior que ao meu ver são muito distantes das manifestações e mobilizações, não podemos permitir esse disparate é inconstitucional realizar um concurso e não convocar os aprovados. È direito garantido nosso!

    Responder
    • 10. apeoesp  |  06/09/2015 às 14:00

      Prezado professor Eduardo,
      Sim, você tem toda a razão. Não estamos calados e estamos acionando a justiça para garantir os direitos dos concursados.Mas é preciso acabar com a ideia equivocada de que as coisas acontecem porque falta pressão do sindicato. Fizemos 92 dias de greve, com passeatas de milhares de professores durante 14 semanas e o governo não negociou. Mais pressão que isto? O que precisa é que a adesão a nossas lutas seja ainda muito maior. Somente parando tudo de vez é que o governo pode sentir nossa força e nossa união. No dia 25/09 teremos assembleia na Praça da República. Precisamos de todos lá.
      Bebel

      Responder
  • 11. César Renato Gomes de Oliveira  |  06/09/2015 às 02:39

    Senhora presidente,posso entender que essa ação está relacionada a tentativa de garantir uma 3ª chamada?
    Ou estou equivocado?

    Responder
    • 12. apeoesp  |  06/09/2015 às 13:56

      Prezado professor César,
      Sim. Exatamente isso.
      Bebel

      Responder
  • 13. Jessica  |  07/09/2015 às 13:41

    Este decreto também veda a contratação de professores eventuais?

    Responder
    • 14. apeoesp  |  13/09/2015 às 13:01

      Prezada professora Jéssica,
      Como não menciona exceções, sim.
      Bebel

      Responder
  • 15. Juci  |  07/09/2015 às 17:30

    Prezada Bebel, boa tarde!
    Quanto ao concurso de PEB I, os professores que já escolheram vaga/escola, fomos instruídos a fazer os exames e aguardar nomeação em Diário Oficial.
    Pelo que eu entendi, este decreto suspende contratações e convocações de candidatos remanescentes.
    Mas e quanto as nomeações, irão acontecer, ou está suspenso qualquer tipo de admissão, incluindo as nomeações de qualquer concurso?
    Isto que está acontecendo é um absurdo. Um verdadeiro abuso. Estamos aguardando este concurso há anos. Estamos desde o início do ano aguardando a convocação/nomeação/posse.
    Cada hora aparece uma novidade. Já fiz exames médicos (custeados por minha conta) duas vezes este ano, já que a maioria deles tem validade de 180 dias. Como fica nossa situação? Foram mais de 4 mil convocações, ou seja, mais de 4 mil vagas… Se não nomear estes professores e não for chamar os contratados, o que vai acontecer com o ensino público estadual?

    Responder
    • 16. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:58

      Prezada professora Juci,
      Suia pergunta é a base de nossa ação judicial. Os concursos devem ser respeitados e este decreto deve ser revogado para que haja professores nas escolas e os estudantes não sejam prejudicados.
      Bebel

      Responder
  • 17. Lucio  |  08/09/2015 às 16:08

    bom dia Bebel , uma informação , eu pedi remoção , porem não saiu o resultado , agora abriu as inscrições para a atribuição de 2016 sem sair o resultado da remoção , eu me inscrevi tbm para o artigo 22 e como fica ? se sair a remoção o artigo 22 fica cancelado ? . obrigado…

    Responder
    • 18. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:56

      Prezado professor Lucio,
      Você precisa de orientação jurídica. Por favor, ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 19. Cristiane Salvador  |  09/09/2015 às 16:06

    Bebel, será que o governador irá cumprir e pagar a 2ª parcela do bonus dia 15/09?

    Responder
    • 20. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:49

      Prezada professora Cristiane,
      Creio que sim. Fez anúncio neste sentido.
      Bebel

      Responder
  • 21. Daniel  |  09/09/2015 às 18:15

    Bebel por mais que tenhamos uma nova chamada ainda assim não entraram todos por falta de vagas.
    Minha duvida e indignação ao mesmo tempo é “os remanescentes” vão continuar escolhendo por ultimo na atribuição?
    Se somos aprovados futuros efetivos deveríamos escolher antes dos Fs até, essa questão já foi levantada com a SEE? Qual a posição deles?

    Responder
    • 22. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:44

      Prezado professor Daniel,
      Não levantamos essa questão junto à SEE porque os professores da categoria F tem precedência. Eles são estáveis, já pertencem à rede e estão fixados a uma unidade escolar, em situação análoga, neste aspecto, a um professor efetivo.
      Bebel

      Responder
  • 23. Stela Mary Farias de Oliveira  |  09/09/2015 às 20:08

    Como professora da rede estadual há21 anos venho expor minha indignação diante de promessas ao vento.Passei no concurso de 2003 e caducaram. Agora passei em dois cargos em 2013 , estudei por semanas, fiz curso, me dediquei nos finais de semana para que um decreto venha tirar minhas esperanças de anos. Me recuso a aceitar que meus sonhos sejam destruídos desta forma tão fria sem se preocupar com os sentimentos dos professores da rede pública. Estarei na Praça da República e lutarei pelos meus direitos, pois faço parte dos remanescentes que estão esperando para assumir como efetiva há muitos anos. Foram prometidas 59.000 vagas. Chamaram 50.000. Onde estão as 9.000??

    Responder
    • 24. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:42

      Prezada professora Stela,
      Você tem toda a razão. Precisamos nos unir nesse momento. Estamos ingressando com ação judicial, mas é a união de todos, ocupar praças e ruas, denunciar à sociedade que pode dar resultado nessa luta contra o governo.
      Bebel

      Responder
    • 25. Emerson  |  13/09/2015 às 19:42

      Stela, chamaram 50mil, mas somente 37mil ocuparam as vagas, ou seja, ainda restam 22mil vagas e sem contar com as exonerações de 2014/2015 e aposentadorias, que chegaria em torno de 29mil vagas. Há falta de professores e a minha situação é como a sua. Ficarei desempregado se não haver a chamada.

      Responder
  • 26. Ricardo  |  10/09/2015 às 09:56

    Esse governador vai acabar me matando,desde quinta-feira passada que só durmo a base de relaxante

    Responder
  • 27. Diego  |  10/09/2015 às 14:44

    Bebel, estão dizendo que o concurso foi cancelado e que não será prorrogado em mais 2 anos. É verdade? Eu entendi que as convocações foram suspensas, mas… as pessoas estão fazendo um terror com esse Decreto que não sei em quem mais acreditar. Por-Favor, explique a realidade por trás deste Decreto e o que o Sindicato e a SEE estão fazendo para reverter. Obrigado.

    Responder
    • 28. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:34

      Prezado professor Diego,
      o decreto suspendeu as contratações e estamos ingressando com ação judicial para derrubá-lo. Quanto à prorrogação, havia compromisso do Secretário, mas estamos solicitando reunião com ele, pois as coisas se tornaram incertas. Temos assembleia agendada para 25/09, 14 horas, na Praça da República.
      Bebel

      Responder
  • 29. Carlos Donizete  |  10/09/2015 às 17:37

    Tive aulas atribuídas em 01 de setembro e como o BB cancelou minha c/c ontem é que consegui regularizar e chego na escola a GOE me fala que não será possível contratação. Gente os professores estão saindo de licença e não há quem os subistitue

    Responder
    • 30. apeoesp  |  12/09/2015 às 14:45

      Prezado professor Carlos Donizete,
      Estamos preparando ação judicial contra o decreto do governador, mas precisamos demonstrar fatos. Por favor, mande informações detalhadas sobre falta de professores e prejuízos aos alunos em sua escola para presiden@apeoesp.org.br.
      Obrigada.
      Bebel

      Responder
      • 31. Carlos Donizete  |  12/09/2015 às 19:53

        já encaminhei obrigado.

  • 32. tiago  |  11/09/2015 às 18:07

    olá bebel
    Quando teremos algo de positivo para nós professores categoria O.A questão do quinquênio não existe mais, a duzentena continua em vigor, até agora a apeoesp não conseguiu nem agendar uma reunião e nos ficamos como sempre sem rumo.Quando o projeto de nova forma de contratação sairá do papel?

    Responder
    • 33. apeoesp  |  12/09/2015 às 14:43

      Prezado professor Tiago,
      O que você relata é verdadeiro e mostra que tipo de governo temos no estado de São Paulo. Há, porém, um problema de enfoque no seu comentário: não foi a APEOESP que não conseguiu agendar a reunião, mas o Secretário que não se dispôs até o momento a nos receber. Essa observação é importante para que não transfira ao sindicato a responsabilidade que é do governo. Estamos nessa situação por obra do governo e não da APEOESP. O governo fica apenas repetindo que enviará os projetos e não o faz.
      Entretanto, você não abordou o pior fato para a categoria O: o Governador editou decreto proibindo as contratações. Estamos buscando a base legal para ingressarmos com ação judicial.
      Por isso, a presença de todos na assembleia do dia 25/09 é fundamental para lutarmos contra todas essas medidas.
      Bebel

      Responder
  • 34. Fatima freitas  |  11/09/2015 às 18:49

    Prezada Bebel!
    Meu contrato encerra em dezembro de 2015,não estou conseguindo fazer a inscrição. Comecei a trabalhar no estado em feveriro de 2007, fui categoria L e depois O e tenho a portaria S de eventual. Qual é a chance de eu conseguir estabilidade ,se a categoria s é antes da lei de 2009. Se eu não conseguir fazer inscrição, quando vou pegar aula atribuida, se a nova lei não pode mais abrir contrato, só vai existir professor efetivo e F. Temos que ter alguma posição do que vai acontecer realmente, para podermos procurar outro emprego.

    Responder
    • 35. apeoesp  |  12/09/2015 às 14:39

      Prezada professora Fátima,
      O Governador publicou o decreto proibindo novas contratações. Antes disso, havíamos ingressando com mandado de segurança para que todos pudessem se inscrever e participar do processo de atribuição de aulas. É difícil prever o que vai acontecer. Dependemos no momento de decisão judicial.
      Bebel

      Responder
  • 36. LAURA  |  12/09/2015 às 05:13

    Bebel ,poderia nesse momento solicitar que o governo passa se para categoria F,OS PROFESSORES QUE ESTÃO NA REDE COM CONTRATO DE CAT O,EM VIGOr.Pois já que existe esse novo decreto,ele deveria estabilizar a CATEGORIA O.
    SERIA UM BOM COMEÇO,JÁ QUE NÃO SE PODE CONTRATAR MAIS.
    SOLICITEM QUE ELE DE ESTABILIDADE A ESSES PROFESSORES CATEGORIA O,COM CONTRATO EM VIGOR.AO MENOS ASSIM,ESSES JÁ FICARIAM ASSEGURADOS.

    Responder
    • 37. apeoesp  |  12/09/2015 às 14:37

      Prezada professora Laura,
      Sim, podemos solicitar.Porém é preciso lembrar que em 92 dias de greve o Governo não negociou. Sequer o Secretário atende nosso pedido de audiência, feito há mais de um mês. É preciso um movimento ainda mais forte, com união e participação de todos. É fundamental que todos compareçam à assembleia no dia 25/09 para mostrar nossa força e nossa união.
      Bebel

      Responder
    • 38. Emerson  |  12/09/2015 às 16:14

      Passar no concurso que é bom nada! Primeiro priorizar os remanescentes, pois tem o direito legal e ficar com as aulas livres e depois o restante dos cat O.

      Responder
      • 39. apeoesp  |  12/09/2015 às 16:17

        Prezado professor Emerson.
        Para a APEOESP todos os seus associados tem direitos iguais. Não fazemos o papel do Governo. Defendemos toda a categoria e queremos que todos sejam tratados com a mesma dignidade.
        Bebel

  • 40. clayton  |  12/09/2015 às 19:11

    bom dia é a segunda vez que publico minha duvida e parece que não esta sendo aceita por vocês , mais tudo bem , vamos tentar mais uma vez. pedi remoção e agora abriu as inscrições para a atribuição de aulas fiz a inscrição e indiquei o artigo 22 , gostaria de saber se sair a remoção o artigo 22 fica cancelado ? ou mesmo saindo remoção terei que participar do artigo 22 , como funciona isso ?

    Responder
    • 41. apeoesp  |  13/09/2015 às 12:06

      Prezado professor Clayton,
      Você deve entrar em contato com o telefone 11.33506214 para expor sua dúvida e receber orientação.
      Bebel

      Responder
  • 42. Igor  |  14/09/2015 às 18:41

    Vocês conseguiram finalizar o mandado de segurança? Já enviaram para o órgão responsável? Algum retorno do Secretário, M.P ou SEE?
    Quando será o dia da votação do Projeto de Decreto do deputado Carlos Giannazi que susta os artigos do Decreto do Governador? Precisamos saber o dia para que os remanescentes possam estar lá.

    Responder
    • 43. apeoesp  |  20/09/2015 às 13:26

      Prezado professor Igor,
      Não temos informação sobre o dia da votação do projeto do deputado Gianazi, mas sabemos que a tramitação é demorada e a chance de aprovação nula, pela maioria que o governo tem na ALESP.
      Ingressamos com o mandado de segurança e aguardamos a manifestação da justiça.
      Bebel

      Responder
  • 44. Carlos Donizete  |  15/09/2015 às 22:55

    Bebel, caiu o Decreto será que é verdade?

    Bebel eu tive aulas atribuídas em 01 de setembro penso eu que é sé levar as documentações né? Pode ver isso para mim?
    Obrigado.

    Segue o que peguei no face

    PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO
    Nº 12, DE 2015
    Susta os efeitos do Decreto nº 61. 466, de 2 de setembro
    de 2015, que dispõe sobre a admissão, a contratação
    de pessoal e o aproveitamento de remanescentes na
    Administração Direta, Indireta e Fundacional do Estado
    de São Paulo
    A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    DECRETA:
    Artigo 1º Ficam sustados, com fundamento no inciso IX
    do artigo 20 da Constituição do Estado, os efeitos do Decreto
    nº 61.466, de 2 de setembro de 2015, que dispõe sobre a
    admissão, a contratação de pessoal e o aproveitamento de
    remanescentes na Administração Direta, Indireta e Fundacional
    do Estado de São Paulo.
    Art. 2º Este Decreto Legislativo entra em vigor na data de
    sua publicação.
    JUSTIFICATIVA
    O Governador do Estado de São Paulo editou, em 2 de
    setembro de 2015, o Decreto n. 61.466, que dispõe sobre a
    admissão, a contratação de pessoal e o aproveitamento de
    remanescentes na Administração Direta, Indireta e Fundacional
    do Estado de São Paulo.
    Contudo, o referido Decreto, além de extrapolar a competência
    do Chefe do Executivo, fere os princípios e regras
    da Constituição Federal, e desrespeita a jurisprudência do
    Supremo Tribunal Federal, uma vez que proíbe a admissão e a
    contratação de pessoal, bem como o aproveitamento de remanescentes
    de concursos públicos com prazo de validade em
    vigor, no âmbito da administração direta, indireta e fundacional
    do Estado.

    Responder
    • 45. apeoesp  |  19/09/2015 às 12:13

      Prezado professor Carlos,
      O decreto continua em vigor. Este texto é de uma proposta do deputado Carlos Gianazzi, cuja chance de aprovação é nula, pois o Governo tem mais de 70% dos deputados.
      Bebel

      Responder
  • 46. Lúcio  |  18/09/2015 às 05:00

    Olá Bebel,
    Isso é estranho, pois na Portaria recentemente publicada na minha DE (Sul-1) estavam justamente convocando os remanescentes (https://desul1-public.sharepoint.com/Paginas/Inicial/Documentos/Portaria_inscricao2016.pdf). Não é algo contraditório?

    Outra coisa, se puder me ajudar, sou da categoria O, entrei na rede ano passado (2014) e, portanto, esse ano devo completar dois anos de contrato. Tentei confirmar minha inscrição, mas aparece que meu CPF não foi encontrado ou não possuo os requisitos mínimos. É por causa da tal duzentena? Ela não tinha caído?

    Desde já obrigado.

    Responder
    • 47. apeoesp  |  19/09/2015 às 11:32

      Prezado professor Lúcio,
      Em primeiro lugar, em nenhum momento, de nossa parte, houve a informação de que a duzentena havia caído. Houve várias promessas do Secretário de rever a forma de contratação de professores temporários, mas não suspendemos a greve por isso e sim porque houve corte nos salários. Não houve nenhum acordo neste sentido. A duzentena, portanto, prossegue.
      Nós ingressamos com ação judicial para que todos possam inscrever-se e participar do processo de atribuição de aulas.
      O decreto do Governador é superior a qualquer outra instância. Ele cancelou as contratações.
      Bebel

      Responder
  • 48. Ana  |  19/09/2015 às 00:56

    Boa Noite, Bebel.

    Primeiramente obrigada por toda a luta.

    Estou com duvidas a respeito desse decreto do governador. Sou professora categoria O e estava em duzentena. Com o fim da mesma passei a ir em atribuições, no entanto não consegui aulas, pois o numero de professores sem aula é assustador. Com esse decreto caso haja aulas disponíveis fico impossibilitada de abrir novo contrato este ano?

    Estou na duvida, pois fui em uma atribuição essa semana e na escola me disseram que esse decreto só valeria para novas chamadas do concurso e que eu poderia participar de outras atribuições normalmente.

    Agradeço a atenção,

    Responder
    • 49. apeoesp  |  19/09/2015 às 11:18

      Prezada professora Ana,
      Infelizmente, o decreto cancelou todas as contratações. Estamos agindo juridicamente para que sejam feitas as atribuições.
      Bebel

      Responder
  • 50. Rogerio Garcia  |  19/09/2015 às 15:28

    Quantos já foram contratado do último concurso para PEB II? pois estão informando que foram 50.000, porém acredito que p número esteja bem abaixo disto.

    Responder
    • 51. apeoesp  |  20/09/2015 às 13:02

      Prezado professor Rogério,
      Não tenho os números exatos, mas foram convocados cerca de 33 mil e efetivados em torno de 29 mil. Entretanto, a lei autorizou a criação de 59 mil vagas, mas não necessariamente essas vagas foram criadas. Por isso estamos cobrando da SEE que demonstre quantas vagas existem de fato.
      Bebel.

      Responder
      • 52. Marcel  |  20/09/2015 às 19:16

        Mas o Governo é obrigado a cumprir o que consta no edital, ou seja, preencher estas as 59mil vagas. Correto?

      • 53. apeoesp  |  21/09/2015 às 13:15

        Prezado professor Marcel,
        É o que alegamos em nosso mandado de segurança.
        Bebel

  • 54. Shirley  |  20/09/2015 às 02:32

    Boa noite!!! Quero deixar registrado minha indignação com este governo sem escrúpulos, que sem dó nem piedade está acabando com a educação pública. Sou PEB I há 26 anos e passei para categoria “O”, já entrei com ação junto à APEOESP, estou no aguardo e espero que o retorno seja positivo. Vou entrar na duzentena (palavra horrorosa, que deveria ser excluída), fiz greve, estou repondo, na escola em que trabalho ainda tenho que ouvir chacotas dos colegas, como: “Nossa, você é categoria “O”!!!!!
    ou Poxa, tanto tempo é virou “O”!!!
    Até a diretora ” O que você vai fazer agora sem contrato e sem aula”????
    Ahhhh sem contar que alguns colegas viraram a cara e não falam mais comigo e com as outras colegas que também fizeram greve
    Isso é o fim….estou quase jogando tudo pra ar…está difícil!!!!

    Responder
    • 55. apeoesp  |  20/09/2015 às 12:53

      Prezada professora Shirley,
      Entendo o que sente.Infelizmente há pouco o que falar neste momento, a não ser que, como sindicato, estamos buscando todas as saídas possíveis e imagináveis.É muito triste ver que colegas se voltam contra os próprios professores, quando deveríamos nos unir todos contra as atitudes do governo. Somos milhares e podemos ser muito fortes. Espero que possamos ter uma grande assembleia no dia 25/09 para podermos enfrentar tudo isto.
      Bebel

      Responder
  • 56. Gustavo  |  20/09/2015 às 19:36

    Professora Bebel, boa tarde!

    Sou professor Gustavo, fui aprovado e convocado no concurso peb I 2014, escolhi vaga em maio, no momento citado nos orientaram quanto à realização dos exames admissionais, pois a nomeação sairia em junho ou julho, o que não ocorreu como já deve saber, sendo assim adiada para o final do ano, e houve um comunicado pela SE que a nomeação sairia em hábil para que os exames não percam a validade. Agora surgiu este decreto que impede novas contratações. Diante de tantas informações incorretas ou mentirosas como proceder, pois pretendo buscar meios jurídicos de resolver a questão, pois nós, candidatos, gastamos dinheiro com exames médicos e também tivemos que nos ausentar do trabalho ( no meu caso Prefeitura) para a realização destes. Assim sendo, se não houver a tal nomeação pretendo entrar na justiça, pois há vagas e houve um gasto desnecessário com exames e taxa de inscrição, é possível pleitear algo na justiça? Tenho toda a papelada do concurso e há como entrar com um MS individual.

    Obrigado!

    Responder
    • 57. apeoesp  |  21/09/2015 às 13:12

      Prezado professor Gustavo,
      A APEOESP já ingressou com mandado de segurança coletivo contra o governador em nome de todos os consursados. Aguardamos decisão judicial que derrube este decreto. Nada impede que você também entre com ação individual.
      Bebel

      Responder
  • 58. Aparecido Burian Celarino  |  21/09/2015 às 19:46

    DE QUANTO SERÁ O NOSSO REAJUSTE, REFERENTE AO PERÍODO 2014/15. nÃO HOUVE INFLAÇÃO NESSE ESPAÇO DE TEMPO?

    Responder
    • 59. apeoesp  |  27/09/2015 às 13:38

      Prezado professor Aparecido,
      Segundo decisão do governo, não teremos reajuste. Por isso fizemos a greve.Infelizmente muitos professores acreditaram nas promessas do governo, que não se confirmaram.
      Bebel

      Responder
  • 60. Vivian  |  23/09/2015 às 22:29

    Bebel com esta nova história de mudar os ciclos nas escolas me surgiu uma dúvida, como fica os concursados PEBI que já escolheram as escolas, ou seja se a escola que eu escolhi não tiver mais o ensino fundamental I como vai ficar?

    Responder
    • 61. apeoesp  |  26/09/2015 às 13:23

      Prezada professora Vivian,
      Boa pergunta. A SEE inventou essa bagunça e nem eles sabem como ficará. Vamos barrar essa desorganização na rede.A luta é nossa e precisamos nos unir aos pais e estudantes.
      Bebel

      Responder
  • 62. Silvana Romano Novaes  |  24/09/2015 às 11:25

    Bom dia, Bebel, estou lendo os comentários dos colegas e acabo de me desanimar, tenho 22 anos de magisterio, por erro da direção me tornei cat.O esse ano caio nessa bendita duzentena e estou pensando em entrar com mandado de segurança,para inscrição e aulas, mas diante do que li, caso consiga isso como abrirei novo contrato se a palavra dele e acima de tudo…é um absurdo, será que eles não veem que se tantos professores estão entrando na justiça é sinal que essa lei precisa de uma reformulação, e como ficaremos sem trabalho…nem sei o que falar tamanha tristeza, 22 anos jogados fora..sairemos com uma mão na frente e outra atrás é revoltante….

    Responder
    • 63. apeoesp  |  26/09/2015 às 13:16

      Prezada professora Silvana,
      Creio que você deveria tentar na justiça, por meio da APEOESP, tornar-se categoria F.
      Entendo seu desânimo. Não é para menos. Este governo só nos ataca. Temos que nos unir e lutar para mudar isso. Não temos alternativa.
      Bebel

      Responder
  • 64. Rita de Cássia Duarte  |  24/09/2015 às 17:24

    Gostaria de uma maior explicação em relação ao item negociado com a SEE no que diz respeito

    “será permitida a reposição em caráter de aulas de recuperação na própria disciplina”

    Minha duvida é a seguinte: será permitido a reposição nessas condições mesmo para as aulas que foram dadas por eventuais?

    Responder
    • 65. apeoesp  |  26/09/2015 às 13:08

      Prezada professora Rita,
      Sim, exatamente. O dispositivo foi pensado justamente para isto.
      Bebel

      Responder
  • 66. Sabrina A S P Shinya  |  15/01/2016 às 14:21

    Bebel, alguma noticia sobre a queda deste decreto?

    Responder
    • 67. apeoesp  |  16/01/2016 às 17:16

      Prezada professora Sabrina,
      Não temos novidades. Evidentemente, poderá ser aberta exceção se houver aulas necessitando de professores. Para isto, temos que lutar contra a superlotação e fechamento de classes.
      Bebel

      Responder
    • 68. Carlos Lima  |  17/01/2016 às 16:20

      gostaria de saber a quantas andas esse decreto eu não consegui aula ano passado e como farei agora? Ainda é válido?

      Responder
      • 69. apeoesp  |  18/01/2016 às 19:57

        Prezado professor Carlo,
        Sim, está em vigor. Estamos tentando derrubá-lo judicialmente.
        Bebel

  • 70. Bruna Loureiro  |  26/01/2016 às 19:00

    Boa Tarde querida!!!
    Gostaria de saber sobre o meu caso que não sou concursada e gostaria de pegar algumas aulas como substitutiva, porém ligei na Leste 1 e me informaram que por causa deste decreto não estão contratando. É vdd isso no meu caso? O que me indicaria? Obrigada

    Responder
    • 71. apeoesp  |  31/01/2016 às 13:36

      Prezada professora Bruna,
      Tudo bem. E com você.
      Sim, é verdade. Há um decreto que proíbe novas contratações. Estamos tentando derrubá-lo. A SEE disse que poderá haver exceção no decreto e cadastro emergencial.
      Bebel

      Responder
  • 72. José Batista  |  22/02/2016 às 18:50

    Boa tarde professora Bebel!
    Há alguma novidade em relação ao decreto? E com relação a convocação do último concurso PEB II, haverá chamada ainda este ano? Outro detalhe importante, há cargos para aulas de espanhol nas duas DE em que me inscreve para este concurso fui aprovado, assim com outros colegas, mas ainda não houve nenhuma convocação para professores de espanhol, como oferecem um cargo que inexiste?
    Desde já agradeço a atenção!

    Responder
    • 73. apeoesp  |  28/02/2016 às 13:27

      Prezado professor José,
      O compromisso da SEE, que cobraremos na próxima reunião, foi o de contabilizar as vagas em março/abril e realizar chamada em maio, para exercício em agosto.
      Quanto ao decreto, ainda não temos nenhuma novidade.
      Bebel

      Responder
  • 74. José Batista  |  07/03/2016 às 21:49

    Boa tarde professora Bebel!
    Agradeço o esclarecimento. Agora resta aguardar que a SEE cumpra com o acordo. Fico com receio porque fui aprovado em duas Diretorias no cargo de espanhol. E, segundo informações, o cargo de espanhol não existe. Só aulas do Projeto CEL que por legislação, não se configura como aulas para composição de cargo. Foi o que me informou a DE da região a que pertenço.
    Espero que desta vez estes cargos apareçam. Estou na expectativa.
    Mais uma vez, Obrigado!

    Responder
  • 75. Alessandra  |  16/02/2017 às 20:38

    Boa tarde,

    Sou aluna de Licenciatura em Física cursando o último ano.
    Gostaria de começar a dar aulas como professora eventual, pois conforme fui informada, essa é a forma que começamos a dar aulas no Estado, mas para tanto é necessário que haja o cadastro emergencial. Só que devido ao decreto 61/466 esse cadastro emergencial não ocorre…..
    Tem alguma outra forma de conseguir aulas no Estado?
    Perguntando no site da Secretaria Estadual, informaram que deveria protocolar o meu pedido por escrito da Diretoria de Ensino da minha região, Bragança Paulista, isso procede?

    Desde já muito obrigado.

    Alessandra

    Responder
    • 76. apeoesp  |  19/02/2017 às 12:08

      Prezada professora Alessandra,
      Temos lutado, inclusive judicialmente, para derrubar este decreto. Há muito professores desempregados. Porém, ele está em vigor. Creio que o melhor é proceder como foi orientado e aguardar.
      Bebel

      Responder
      • 77. alessandrakaway  |  19/02/2017 às 12:20

        Obrigado…..
        Entrei em contato com a Secretaria Estadual de Educação e me informaram que deveria protocolar um pedido por escrito da Diretoria de Ensino da minha região, mas acredito que essa informação não deve estar correta, não é mesmo?

        Grata.

      • 78. apeoesp  |  25/02/2017 às 13:56

        Prezada alessandrakaway,
        sendo esta a informação oficial, deve segui-la.
        Bebel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,929,228 hits

%d blogueiros gostam disto: