Estamos em estado de greve contra a bagunça que o governo está fazendo na rede

26/09/2015 at 13:34 17 comentários

Informa urgente 2509Informa urgente 25091Informa urgente 25092Informa urgente 25093

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Governador envia projeto de lei sobre contratação de temporários para a ALESP

17 Comentários Add your own

  • 1. Eduardo  |  26/09/2015 às 23:40

    Compartilhando!!!
    O secretário estadual da Educação, Herman Voorwald, disse que os professores da rede não terão reajuste salarial neste ano. O congelamento dos vencimentos, diz ele, é motivado pela crise econômica e pela queda nas receitas do governo. Entre março e junho, a categoria fez uma greve de 89 dias por aumento – a maior da história da rede.

    “Não terei aprovação da equipe econômica do governo (para um reajuste)”, afirma o secretário. De acordo com Voorwald, “há uma impossibilidade orçamentária de reajuste neste ano”, mas já é discutida com o governo a proposta de aumento salarial para 2016.

    Na gestão anterior do governador Geraldo Alckmin (PSDB), entre 2011 e 2014, o secretário apresentou proposta de reajuste salarial para os quatro anos. Neste mandato, porém, ele reconhece que isso não será possível diante da incerteza econômica. “É preciso que todos entendam o momento pelo qual o País está passando.”
    Segundo ele, após reorganizar a rede, serão chamados os 29 mil remanescentes do concurso para professores do 2.º ciclo do ensino fundamental – que abriu 59 mil vagas. Apesar da restrição de contratações imposta por Alckmin neste mês, Voorwald também pretende, no ano que vem, abrir concurso para quase 1,5 mil diretores.

    Reação

    O secretário reconhece que a reorganização da rede vai provocar “forte reação sindical.” O diálogo com a categoria deve ser dificultado pelo reajuste zero de salários.

    Presidente da Apeoesp, maior sindicato da categoria, Maria Izabel Noronha afirma que os docentes vão se mobilizar novamente. “Fomos acusados de pedir reajuste muito alto e na hora errada”, diz. “Agora eles (Alckmin e Voorwald) vão enfrentar outra greve. Os professores estão insatisfeitos e não vão ficar quietos”, acrescenta.

    A redistribuição das etapas pelas escolas também deve causar mudanças no contingente da rede nos próximos anos. A quantidade de professores temporários, por exemplo, deve cair.

    Quanta falta de respeito conosco

    Responder
  • 2. Ricardo  |  28/09/2015 às 12:47

    Agora eu te pergunto, com que ânimo a gente entra em sala de aula nesse resto de ano?
    Sabendo que no ano que vem iremos estar desempregados.

    Responder
    • 3. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:45

      Prezado professor Ricardo,
      É preciso lutar com todas as forças para que isto não aconteça.
      Bebel

      Responder
  • 4. Lu  |  29/09/2015 às 20:34

    Boa tarde Bebel! Estão dizendo que a categoria F e O, serão extintas em 2016, esta informação é verídica?

    Responder
    • 5. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:19

      Prezada professora Lu,
      Não tenho qualquer informação neste sentido. Apenas boatos.
      Bebel

      Responder
  • 6. Prof. Clóvis  |  29/09/2015 às 20:36

    A mais nova piada do nosso secretário é o uso de smartphone para fazer a chamada.Gostaria de saber se esta informação procede, pois irei comprar um com o aumento que ele nos deu em julho.Obrigado

    Responder
    • 7. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:19

      Prezado professor Clóvis,
      Não sei se a informação procede, mas partindo da SEE, não duvido de nada, com a bagunça que vem fazendo na rede.
      Bebel

      Responder
  • 8. Jair  |  29/09/2015 às 20:46

    por que esperar até outubro se as reuniões estão ocorrendo a toque de caixa…. Sera que só o sindicato não esta vendo isso, ou devemos entender que mais uma vez vamos esperar acontecer para depois correr atras. contra fatos não existe argumentos, e os fatos estão claros em todas os segmentos escolares, não se fala em outra coisa, e então cade o sindicato se mobilizando? como pode pedir adesão se no apogeu de tudo não se sente a presença do sindicato, isso não é um desabafo não, é apenas uma fala que muitos não fazem para não se expor……

    Responder
    • 9. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:17

      Prezado professor Jair,
      Você não está bem informado. O sindicato está se mobilizando em todo o estado. Pais e estudantes também. Em diversas regiões já há recuos das diretorias em relação a escolas que seriam fechadas. Procure a subsede de sua região e participe da mobilização também. Não é porque você não está participando que as coisas não estão acontecendo.
      Bebel

      Responder
  • 10. Prof. Clóvis  |  30/09/2015 às 08:00

    No próximo pagamento tem o desconto das férias, as aulas em minha UE vão até 18/12, como irei gozar os 15 dias de férias até 31/12 e como serão pagas? Obrigado

    Responder
    • 11. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:14

      Prezado professor Clóvis,
      Por favor, procure a subsede ou ligue para 11.33506214 para melhor orientação.
      Bebel

      Responder
  • 12. Ana  |  30/09/2015 às 11:44

    Prezada Profª Bebel,

    Procede a informação de que o Governador encaminhou a ALESP projeto de lei proposto pela SEE com alteração da contratação da categoria O? Sendo verdade, altera algo em quem está terminando o contrato em dezembro/2015? Agradeço o espaço!

    Responder
    • 13. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:13

      Prezada professora Ana,
      Procede. Aprovada, a lei vale para os próximos contratos.
      Bebel

      Responder
  • 14. Luis Fernando  |  30/09/2015 às 16:59

    Agora que vocês conseguiram induzir o Governador a criar uma Lei que aumenta o tempo de vigência dos professores contratados, vamos pedir que ele agilize a chamada do concurso? Senão, estaremos em janeiro e sem convocações e vocês serão os primeiros a serem contra, como ocorreu esse ano, e novamente ferrando com a vida dos remanescentes.

    Responder
    • 15. apeoesp  |  04/10/2015 às 12:05

      Prezado professor Luis Fernando,
      Não induzimos coisa alguma. Esta questão esteve na pauta de greve de 2013, a mesma que conquistou o concurso a que você se refere, mas o governo não cumpriu. Da mesma forma, esteve na pauta da greve de 92 dias que fizemos em 2015, juntamente com a reivindicação de convocação de todos os concursados.
      Ocorre que o Governador publicou um decreto suspendendo as convocações. Ingressamos na justiça com ação para derrubar este decreto. A SEE também se comprometeu a solicitar ao Governador que abra exceção, com base no artigo 2º do decreto. Se você se der ao trabalho de ler os materiais da entidade, antes de fazer críticas infundadas, verá que todas essas informações estão aqui no blog e no portal da APEOESP (www.apeoesp.org.br).
      Caso o Governo pretende fazer o ingresso de concursados no meio do ano letivo, sim, seremos contra. O momento do ingresso deve ser sempre no início do ano letivo, sem bagunçar a vida de professores e estudantes.
      Bebel

      Responder
  • 16. Professor Cícero Bispo  |  07/10/2015 às 07:01

    Bebel, bom dia!
    Todas informações só falam acerca da categoria O, claro que devemos estar contentes pelo projeto encaminhado à ALESP, pois muitos pais de família precisam deste de trabalho, ainda mais em momentos de crise como de agora, todavia tal necessidade está também diante de nós convocados no concurso de PEB I, para o qual gastamos dinheiro e tempo com exames, como foi prometido ingresso para agosto precisei perder aulas extras que tinha na minha escola da Prefeitura SP devido ao eventual acúmulo. Resultado: com esse adiamento tive vários transtornos. Agora eu lhe pergunto: como ficará nossa situação, escolhemos vagas e fizemos exames e não vai haver a nomeação que fora prometida oficialmente conforme o comunicado 19 da CGRH, pois se isso ocorrer buscarei por meios jurídicos, pois tenho toda a papelada do concurso e conto com apoio de vocês. Obrigado

    Responder
    • 17. apeoesp  |  11/10/2015 às 13:57

      Prezado professor Cícero,
      Não entendi sua afirmação. Você leu apenas sobre categoria O? Informações sobre a categoria O são apenas uma pequena parte de inúmeros boletins que tem sido publicados pelo sindicato.
      A APEOESP vem tratando do caso dos concursos com a SEE e ingressou com ação judicial para anular o decreto do Governador, permitindo a convocação e posse dos concursados.
      Veja o que publicamos no boletim Informa Urgente 96:
      “c) Decreto 41466 – concursos
      A SEE confirmou que está preparando recurso ao Governador com base no artigo 2º do Decreto para manter a posse dos professores PEB I já convocados. Também confirmou que está procedendo levantamento das vagas existentes após o concurso de remoção para solicitar autorização para a convocação dos aprovados no concurso de PEB II.
      A APEOESP alertou que se essas providências não forem realmente tomadas , poderá agravar-se a falta de professores. Lembrou ainda que a Fundação Paula Souza conseguiu manter a convocação de concursados com base no artigo 2º do Decreto.”
      E também no boletim Informa Urgente 98:
      “Continuamos na luta pelas nossas reivindicações: Em todo este processo, não deixamos de lado a luta pelas nossas reivindicações. Continuamos lutando pelo nosso reajuste salarial e por todos os pontos que motivaram nossa greve.
      A APEOESP trabalhará pela unidade de todo o funcionalismo em relação à questão salarial, auxílio–alimentação, derrubada do decreto 4166 (que proíbe
      a convocação de concursados e contratações) e outros pontos unificadores.”
      Sim, professor, nós temos agido. Não é possível pensar que um sindicato de professores simplesmente poderia deixar essa questão de lado e cuidar apenas de professores da categoria O, abandonando todos os demais.
      Veja todos os nossos boletins em http://www.apeoesp.org.br ou aqui mesmo no blog. Reproduzo todos.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,928,794 hits

%d blogueiros gostam disto: