Decreto pode suspender férias do suporte pedagógico e equipes gestoras. Avaliação preliminar indica que docentes não devem ser atingidos

10/10/2015 at 14:33 17 comentários

Informa urgente 091015

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Todos ao ato do dia 20/10 contra a bagunça na rede estadual de ensino!

17 Comentários Add your own

  • 1. Thiago  |  10/10/2015 às 18:13

    Cara Bebel, não seria possível conseguirmos, por meios dos advogados da Apeoesp, a suspensão imediata da “reorganização das escolas” até o governo provar que não haverá prejuízo aos alunos. O dano seria irreparável se essa reorganização for levada até o fim. Sei que a batalha judicial não é garantia, mas ao menos teríamos tempo: o governo seria obrigado a adiar para o ano que vem a reestruturação e nós teríamos tempo para derrubar essa reforma…

    Por um mandato de seguração que impeça a remoção compulsória de milhões de alunos? Isso não é possível Bebel?

    Saudações…

    Responder
    • 2. apeoesp  |  11/10/2015 às 13:25

      Prezado professor Thiago,
      Já decidimos agir junto ao Ministério Público, com base, inclusive, em decisão do Superior Tribunal de Justiça,que determina que a criança tem que estudar perto de casa em escola na qual esteja integrada. O problema é que só podemos agir legalmente quando se comprovar o dano, mediante decisão oficial (decreto ou resolução) da SEE, o que ainda não ocorreu.
      Bebel

      Responder
      • 3. Thiago  |  11/10/2015 às 18:34

        Mas ao menos não seria possível uma ação cautelar impedindo a remoção compulsória de alunos das escolas em que já estão?

      • 4. apeoesp  |  18/10/2015 às 13:46

        Prezado professor Thiago,
        Isto está sendo feito junto ao Ministério Público, que já está questionando o Governo Estadual.
        Bebel

  • 5. Marcia  |  12/10/2015 às 17:20

    Boa Tarde, Bebel.
    Sugiro propaganda na TV Globo: Intervalo da novela das 9 hs e na Record durante a exibição da novela Dez mandamentos. Com o objetivo de alertar pais e alunos contra a reorganização do Alckmim e participação nos protestos dos dias 20 e 29/10/2015

    Responder
    • 6. apeoesp  |  18/10/2015 às 13:42

      Prezada professora Marcia,
      Temos publicado matérias pagas na TV Globo, no Bom Dia São Paulo. Os horários que você sugere tem preços astronômicos.
      Bebel

      Responder
  • 7. Prof. Clóvis  |  13/10/2015 às 19:39

    Não gozei as férias em julho (reposição da greve), o governo pode suspender as férias no final do ano e consequentemente não pagar? Obrigado.

    Responder
    • 8. apeoesp  |  18/10/2015 às 13:32

      Prezado professor Clóvis,
      Sugiro que ligue para 11.33506214 em função da publicação do decreto.
      Bebel

      Responder
  • 9. João  |  13/10/2015 às 22:56

    Boa noite, vocês poderiam esclarecer a questão do sábado 17/10? Por que em algumas escolas o dia é letivo e em outras não? Se me recusar a comparecer tenho desconto? Obrigado

    Responder
    • 10. apeoesp  |  18/10/2015 às 13:31

      Prezado professor João,
      Desculpe-me, mas somente agora vi seu comentário. No calendário escolar não está prevista a atividade no dia 17/10. As escolas, isoladamente, podem realizar atividades, desde que justificadas. Se for convocado, não pode recusar-se, mas pode ingressar com ação para cobrar serviço extraordinário.
      Bebel

      Responder
  • 11. vaniaramalhoigcombr  |  18/10/2015 às 17:15

    sou prof. cat. o, posso tirar um afastamento médico?

    Responder
    • 12. apeoesp  |  24/10/2015 às 13:58

      Prezada professora Vania,
      Pode. Até quinze dias pago pelo estado. Acima disso, pelo INSS.
      Bebel

      Responder
  • 13. Emiko Tamura de Araujo  |  19/10/2015 às 21:10

    Boa noite Bebel,
    Gostaria de saber se APEOESP vai entrar com açao coletiva para os professores com licença premio impedidos de tirar após o decreto; sendo que estes estão preste a aposentar.
    O CPP já estão fazendo e a APEOSP fará?

    Responder
    • 14. apeoesp  |  24/10/2015 às 13:52

      Prezada professora Emiko,
      A APEOESP fará.
      Bebel

      Responder
  • 15. Francine Talarico  |  21/10/2015 às 10:11

    Olá, sou professora contratada categoria “O”. E, no final de 2015 entrarei na Duzentena. Não pude me inscrever para o ano letivo de 2016, e fui informada pela GOE da escola onde estou que todo professor que entrará na Duzentena não poderia se inscrever. Inclusive, no próprio site do GDAE não era possível e a seguinte mensagem era informada: “CPF não permitido para cadastro”.
    Enfim, gostaria de saber o que será possível fazer para o ano letivo de 2016 quanto a Duzentena? E, sobre o “decreto ou rádio peão” que diz que os contratos terão validade de 3 anos? Isso procede? Haverá algum decreto permitindo a renovação dos contratos que entram na Duzentena em dezembro? Muito Obrigada!

    Responder
    • 16. apeoesp  |  24/10/2015 às 13:21

      Prezada professora Francine,
      Solicitamos que a SEE permitisse o cadastro dos professores da categoria O. Ficaram de criar um cadastro específico, mas nada foi feito. Pela lei, professores que já utilizaram a quarentena tem que cumprir a duzentena para fazer contrato. Isso não mudou. Existe um projeto de lei tramitando na ALESP que amplia contrato para 3 anos, mas o intervalo passará de 200 para 180 dias. Fizemos emendas para eliminar e reduzir esse intervalo, mas o governo tem ampla maioria.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,805,200 hits

%d blogueiros gostam disto: