Sobre a reunião com o Secretário da Educação

05/03/2016 at 15:40 77 comentários

Reunida com o Secretário Estadual da Educação na tarde de ontem, 04/03, a diretoria da APEOESP tratou, entre outros, dos seguintes assuntos:

a) Salários
Nossa luta é por equiparação salarial com os demais profissionais com formação de nível superior, como determina a meta 17 do Plano Nacional de Educação, que se concretiza na necessidade de um plano para atingir de forma paulatina 75,33% de reajuste salarial.
Transitoriamente, tendo em vista as perdas acumuladas e os baixos salários, reivindicamos da Secretaria Estadual da Educação:
– reposição das perdas decorrentes da inflação do período;
– conversão do bônus em reajuste salarial;
– mesa permanente de negociação para discutir valorização profissional, de acordo com a meta 17 do PNE.

Em reunião realizada no dia 04/03 com o Secretário da Educação, foi definido o seguinte encaminhamento: os técnicos da APEOESP e da SEE se reunirão para analisar essas propostas, para que na próxima reunião com o secretário, em 28/03, possa haver um posicionamento quanto a elas.
Questionado pela APEOESP, disse que já cancelou as assinaturas de jornais e revistas (entre eles o Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, Veja e Época), que vinham consumindo R$ 3 milhões/ano.

b) Direitos dos professores da categoria O
Na reunião realizada com o Secretário em 04/03, levamos novamente a questão relativa à abertura de cadastro para que os professores remanescentes de concursos e da categoria O que cumpriram a duzentena possam participar de atribuições de aulas.
A SEE questionou se haveria realmente a necessidade de contratação desses professores e, diante da informação da APEOESP de que há falta de professores em muitas escolas, ficando os estudantes nos pátios nos horários dessas aulas vagas, a Secretaria comprometeu-se a fazer gestões junto ao Governador para que seja aberta exceção, de acordo com o artigo 4º do Decreto 61.466, para que essas contratações sejam possíveis

c) Governo fará alterações no decreto que regulamenta os direitos dos professores da categoria O
Ainda em relação aos professores da categoria O, a APEOESP cobrou mais uma vez que fosse feita alteração no Decreto que regulamenta a Lei Complementar 1093/2009, para que sejam estendidos pelo novo prazo de contratação (3 anos) as faltas abonadas, períodos de licenças e om pagamento de férias, que hoje é feito apenas no final do contrato. Em resposta, a SEE informou que já existe minuta neste sentido, que será encaminhada ao Governador, alterando o decreto para contemplar esses direitos.
Quanto ao direito dos professores da categoria O ao IAMSPE, a APEOESP está tratando do assunto junto à superintendência do Instituto e a outras instâncias do Governo, para viabilizar o mais rapidamente possível o envio do projeto de lei à Assembleia Legislativa, conforme ficou acertado tanto na greve de 2013, quanto na greve de 2015.

d) Convocação dos aprovados no concurso de PEB II
Diante de questionamento da diretoria da APEOESP, o Secretário da Educação informou que ocorrerá no mês de maio a convocação de 21.000 candidatos aprovados para a escolha de vagas. O detalhamento da agenda desta convocação será informado na reunião de 28/03.

e) Direito à reposição de aulas, pagamento e retirada das faltas dos prontuários
Frente a uma série de denúncias que chegam ao Sindicato de que professores estão sendo impedidos de repor as faltas da greve de 2015, a APEOESP solicitou à SEE que emita comunicado para que essa reposição seja viabilizada nas escolas, sob diversas formas, para que sejam retiradas as faltas dos prontuários dos professores. Solicitou também que sejam estornados com urgência os valores descontados desses professores.
A SEE informou que não emitirá um comunicado amplo, mas dispõe-se a verificar caso a caso, viabilizando soluções.
Assim, solicitamos que todos esses casos sejam encaminhados para presiden@apeoesp.org.br, com o máximo possível de informações, para que sejam remetidos à SEE.

f) punições a professores e estudantes que participaram das ocupações de escolas
Frente a denúncias concretas de abusos perpetrados por diretores de escolas e tentativas de punições a professores e estudantes que participaram das ocupações de escolas durante a luta contra a reorganização, a SEE informou que a orientação que sejam cessados todos os processos de investigação de autoria de supostas depredações em escolas ocupadas e, desta forma, não devem ser realizadas punições. Entretanto, como a SEE fez menção a casos excepcionais, nos quais poderia haver o desenvolvimento de processos, solicitamos que qualquer ocorrência neste sentido seja imediatamente comunicada para presiden@apeoesp.org.br.

g) Professor Coordenador
Uma vez mais, a APEOESP reivindicou da SEE que altere a resolução SE 12/2016, para contemplar as escolas que perderam 1 PC em relação ao ano de 2015, que são aquelas unidades escolares que atendem aos anos/séries finais do ensino fundamental e ensino médio e que possuem até 30 classes, mas não tem o mínimo de classes no noturno. Essas escolas estão perdendo 1 PC.

h) Convênio entre APEOESP e SEE
A APEOESP solicitou à SEE analisar a possibilidade de convênio entre o Sindicato e SEE, possibilitando que seja emitida pela APEOESP a carteira de identificação do professor, para a previsão da Lei Estadual 10.858/2001 (Lei da meia-entrada para os professores). Houve receptividade por parte da Secretaria, que estudará a viabilidade legal, alterando a lei, se necessári

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Justiça questiona Secretário sobre fechamento de classes e reorganização NOTA DE PESAR

77 Comentários Add your own

  • 1. Carlos  |  05/03/2016 às 16:42

    Prezada Presidenta,

    Nesse momento em que a DEMOCRACIA esta em jogo……solicito da senhora duas informações:

    1 – Foi tratado a PROVA DO MÉRITO?
    2 – Vai haver pagamento do bônus?

    Triste, com tudo que leio e assistindo, nos brasileiros, não merecemos esses espetáculos de finais de semana para vender revista.

    Triste….

    Prof Carlos Oliveira.

    Responder
    • 2. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:10

      Prazado professor Carlos,
      Sim, foi tratada a questão da prova de mérito e não houve resposta conclusiva.
      Quanto ao bônus, conforme está no boletim, a hipótese em discussão é utilizar esse valor para um reajuste linear a todos e o prosseguimento de negociações para novos reajustes durante o ano. Uma comissão técnica se reunirá. Haverá nova reunião com o Secretário em 18/03. Nossa posição histórica sempre foi pela transformação do bônus em salário. O assunto passará por deliberação da categoria novamente.
      Bebel

      Responder
  • 3. Thiago  |  05/03/2016 às 16:54

    PROFESSORA E QUANTO AO BONUS?
    E QUANTO AS FALTAS INJUSTIFICADAS ATE A PERICIA????

    voces dissersm que colheriam essas informacoes junto a SEE…

    Responder
    • 4. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:08

      Prezado professor Thiago,
      Não me recordo de ter dito isto, pois o assunto está fora da alçada da Secretaria da Educação. Estamos com ação judicial, aguardando decisão da justiça e vamos às ultimas instâncias para derrubar esta medida.
      Bebel

      Responder
  • 5. Carolina  |  05/03/2016 às 16:58

    Bebel , e quanto ao bonus?

    sabemos que nao e o ideal , mas porque fingir que ele nao existe quando e uma realidade! Estavamos ansiosos por um posicionamento da SEE !!!

    Responder
    • 6. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:07

      Prezada professora Carolina,
      Está em discussão utilizar esse valor para um reajuste linear a todos e prosseguimento de negociações para novos reajustes durante o ano. Uma comissão técnica se reunirá. Haverá nova reunião com o Secretário em 18/03. Nossa posição histórica sempre foi pela transformação do bônus em salário. O assunto passará por deliberação da categoria novamente.
      Bebel

      Responder
  • 7. Joao  |  05/03/2016 às 17:33

    Parabéns !!!!!!
    Muito produtiva a reunião……

    Com todo respeito, mas e o contrato de “outsorssing”

    e as licenças médicas????

    Estamos em março e até agora estamos de bobos, o secretario foi perguntado a respeito do bônus????

    Responder
    • 8. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:05

      Prezado professor João,
      O contrato venceu. O Secretário diz estar buscando uma solução para que a Secretaria fique com as máquinas, por preço menor. Criticou o contrato da forma como foi feito, pois o gasto financeiro era muito superior ao necessário e aceitável.
      Sobre as licenças, o assunto não está afeto ao Secretário da Educação. A APEOESP tem ação judicial e aguarda decisão da justiça.
      Sobre o bônus, como pode ver no boletim, lutamos para que seja transformado em salário para todos. O assunto está em discussão. Nossa posição, aprovada em assembleias e congressos, é contrária ao bônus.
      Bebel

      Responder
  • 9. Ricardo Santos  |  05/03/2016 às 18:48

    E sobre os professores que atingiram a nota na prova do mérito? Quando será divulgado o nome das pessoas que fizeram jus? E quando será o pagamento?

    Responder
    • 10. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:02

      Prezado professor Ricardo,
      Cobramos na reunião, mas não houve resposta conclusiva.
      Bebel

      Responder
  • 11. Matheus  |  05/03/2016 às 22:17

    Bebel, a professora Cleide disse no facebook que a carga reduzida será disponibilizada em alguns casos, por exemplo matérias que tem 1 ou 2 aulas semanais. Se a SEE disse oferecer agora em maio 21 mil cargos então eles continuarão oferecendo a jornada reduzida certo? Caso contrário não teremos nem 10 mil cargos, pois o estado vem fechando mitas salas. Foi dito algo sobre a jornada reduzida?

    Responder
    • 12. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:01

      Prezado professor Matheus,
      Não. Teremos outra reunião em 28/03. Sempre cobramos a jornada reduzida, pois está na lei. Nos casos em que o professor é prejudicado, deve recorrer judicialmente por meio da APEOESP, pois não conseguimos vitória na ação coletiva.
      Bebel

      Responder
  • 13. Alex Prado  |  05/03/2016 às 23:05

    Boa noite Presidente, como informado a SEE ira convocar os professores peb 2. Uma duvida que surgiu foi a seguinte, as aulas que surgiram este ano serão colocadas para escolha ? Obrigado

    Responder
    • 14. apeoesp  |  06/03/2016 às 12:00

      Prezado professor Alex,
      Estamos lutando para isto. Independente de convocação, os estudantes não podem ficar sem aulas. Não sabemos ainda sequer quando será o início de exercício dos novos convocados.
      Bebel

      Responder
  • 15. Eduardo  |  06/03/2016 às 01:11

    Nossa !!!!!!

    Salários ???? nada concreto…

    Instrução sobre abuso das perícias ??????

    Com todo respeito vocês fingem que não existe bônus , já está na rede uma boataria que não vai haver também, ou seja menos um beneficio, e vocês não se manifestam??????

    Parecem que estão preocupados apenas com a “anistia” de colegas que invadiram escola

    Responder
    • 16. apeoesp  |  06/03/2016 às 11:58

      Prezado professor Eduardo,
      Por favor, leia o boletim. A questão salarial está sendo tratada e haverá nova reunião em 28/03. Teremos assembleia em 08/04. Não tenho a chave do cofre, pois certamente não teríamos perdas salariais se pudéssemos decidir sobre os nossos salários.
      Em relação à questão das perícias, já tratamos deste assunto “n” vezes com o Governo. O assunto voltou a ser de competência do DPME e estamos lutando juntamente com demais setores do funcionalismo por mais qualidade, tratamento mais humano e maior descentralização. O assunto não é mais da competência do Secretário da Educação.
      Acho também que não leu o boletim no que se refere a bônus. Que ele seja transformado em salário é um reivindicação da nossa categoria desde que ele existe. Está em discussão utilizar esse valor para um reajuste linear a todos e prosseguimento de negociações para novos reajustes durante o ano. Uma comissão técnica se reunirá para estudar o assunto.
      Na última greve, assim como na anterior, isto foi ponto da pauta de reivindicações. Lamento que não tenha prestado atenção. Foram pelo menos 14 cartazes, um a cada semana.
      Finalmente, é desonesto da sua parte “pinçar” um ponto para tentar desqualificar nossa luta e nosso sindicato. Não é comportamento adequado para um educador.
      Bebel

      Responder
  • 17. Sidnei  |  06/03/2016 às 02:27

    Gostaria de saber sobre os aprovados na disciplina de Espanhol, já que, apesar do detalhamento ser tratado na próxima reunião a disciplina citada tem trâmite diferenciado. É importante lembrar que a Lei Federal propõe a inclusão desta língua na grade curricular. Quando de fato isso ocorrerá e como ficaremos,pois, já se passaram duas convocações e nada foi acertado. Obrigado.

    Responder
    • 18. apeoesp  |  06/03/2016 às 11:52

      Prezado professor Sidnei,
      Nas reuniões anteriores a SEE assegurou que haveria convocação também para Língua Espanhola. Haverá nova reunião em 28/03. Cobraremos.
      Bebel

      Responder
  • 19. Jane  |  06/03/2016 às 03:40

    Bebel. Boa Noite! Parabéns pela luta, sempre nos representando muito bem. Gostaria que Senhora fizesse um questionamento, quanto a chamada do concurso em maio/2016. Excelente mas, com posse em agosto vai desempregar muitos professores . A Senhora poderia pedir para empossar em janeiro de 2017. Com posse em agosto vai ser um tomento para muitos pais de famila, perder aulas no meio do ano complica concorda? Grata pela atenção. Abraços carinhosos.

    Responder
    • 20. apeoesp  |  06/03/2016 às 11:51

      Prezada professora Jane,
      Como informamos, o calendário para posse e exercício ainda não está definido. Esses fatores serão levados em conta pela SEE.
      Bebel

      Responder
    • 21. Carlos  |  08/03/2016 às 15:38

      E os professores que estão desempregados aguardando essa convocação, eles podem esperar até 01/ 17, eles também possuem família.

      Responder
  • 22. Karina Ivagon  |  06/03/2016 às 13:13

    Bom dia Bebel, eu sei que não é o correto, mas vocês deixam as coisas em aberto, nada fica claro…..infelizmente estamos numa situação de dureza, minha escola atingiu o IDESP, e infelizmente muitos de nós estamos precisando desse dinheiro do Bônus, muitos já estão com dívidas a partir do momento que viram suas escolas atingirem a meta…..a resposta que queremos NESTE MOMENTO É…. VAI SER PAGO O BÔNUS OU NÃO VAI ESTE ANO? só espero que você não responda que foi discutida com o secretário transformar o bônus em salário que isso eu já li nos posts anteriores e vi a mesma pergunta feita por vários professores e você respondendo a mesma coisa…..a resposta que queremos é SIM ou NÃO…..vocês fazem estas reuniões e nunca vem com nada definido, é sempre a mesmo coisa……será conversado….será conversado….será conversado….na próxima reunião….na próxima reunião….na próxima reunião…..estamos tão cansados disso, que se você observar, são várias perguntas sobre o mesmo tema…..PRECISAMOS DE COISAS CONCRETA….se você não precisa de dinheiro, nós estamos precisando…..infelizmente estamos contando com esse bônus……

    Grata…..

    Responder
    • 23. apeoesp  |  06/03/2016 às 13:18

      Prezada professora Karina,
      Não entendi muito bem sua afirmação de que deixamos coisas em aberto.
      Vamos esclarecer: a APEOESP não é governo e não tem o menor poder para definir essas coisas. Quem está deixando coisas em aberto é o Governo do Estado de São Paulo e não a APEOESP.
      Cobramos, sim, o pagamento do bônus. Mas, antes de tudo, cobramos a transformação dos valores do bônus em reajuste salarial para todos, como é posição aprovada em congressos e assembleias da nossa categoria. Esta hipótese está em estudo, com a manutenção de uma mesa de negociação para novos reajustes ao longo do ano.
      Você me ofende, mas respondo a você porque tenho a obrigação de fazê-lo.
      Não vou responder suas ofensas pois entendo que esteja nervosa, mas não são justas nem dignas de uma educadora.
      Bebel

      Responder
      • 24. Bruno  |  06/03/2016 às 14:32

        Lamentavel, simplesmente , lamentavel , quando atingimos nossas metas , criamos expectativas , trabalhamos com afinco por um resultado , voces que nos representam fazem o favor de querer mudar a ” regra” do jogo aos 45 do segundo tempo. A proposta para reajuste linear e justa , desde que nao seja feita em Marco , quando todos criam , por cultura, infelizmente por seus baixos salarios, cultura de contar com esse bonus, e em segundo lugar a professora tem razao , essas reunioes parecem a transcricao de atendimento ” call center” tudo no gerundio….Bebel desculpe o desabafo, mas que desanimo, aguardamos ansiosos por esta reuniao e voce nao fizera o que afirmou aqui, a pergunta e simples , SIM OU NAO ? HAVERA O PAGAMENTO DO BONUS ? SO ISSO , E AI COM JUSTEZA NEGOCIAR UMA MUDANCA PARA O PROXIMO ANO….DECEPCAO ” ISTO DEFINE BEM ……

        A sr ten td razao, nao representa o governo , mas por muitas vezes nao entendo a quem representam….

      • 25. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:33

        Prezado professor Bruno,
        A APEOESP não concorda e nunca concordará com política de bônus. Temos resoluções de congressos e assembleias neste sentido. Não concordamos que uns recebam um valor, outros menos e outros nada.
        Fui ao Secretário para cumprir a pauta do sindicato, que pede reajuste salarial para todos e todas. No ano passado, o Governo arrumou 1,2 bilhão para pagar bônus e tentar desmobilizar a nossa greve, mas não arrumou dinheiro para nos dar reajuste salarial. Quem quiser continuar tendo ilusões em bônus (que recebe uma só vez e não repercute na carreira e na aposentadoria) pode continuar, mas não com a concordância da APEOESP. Em 15 anos, se o dinheiro do bônus fosse transformado em reajuste, teríamos um salário 75% maior. É só fazer as contas.
        Bebel

      • 26. Marcia  |  10/03/2016 às 18:26

        Sinceramente acredito que o governo dará um reajuste irrisório, que já estaria em seus planos, colocará o nome de “reajuste linear” e acabará com o bônus por resultados… De mal a pior

      • 27. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:02

        Prezada professora Marcia,
        A APEOESP tem posição contrária ao bônus desde que ele existe. Se todo o dinheiro que foi usado para pagar bônus tivesse sido utilizado para reajustes lineares, a média de reajustes que poderiam ter sido dados seria de 6% ao ano. Significa que nosso salário hoje seria 75% maior do que é.
        Bebel

  • 28. Domingues  |  06/03/2016 às 13:30

    PREZADA PRESIDENTA; FOI MUITO PRODUTIVA A REUNIÃO; PARECE QUE ESSE NOVO SECRETÁRIO É MAIS FLEXÍVEL NAS NEGOCIAÇÕES.ESPERAMOS QUE NESSA REUNIÃO DO DIA 28 SE CHEGUE EM UM PERCENTUAL DE AUMENTO……..TRANSFORMAR O BÔNUS EM SALÁRIO É O MAIS JUSTO DOS JUSTOS…O PROF. MERECE, TEM NÍVEL SUPERIOR E TEM QUE RECEBER A ALTURA DE OUTRAS PROFISSÕES DE NÍVEL SUPERIOR. UM GDE. ABRAÇO AOS INCANSÁVEIS PROF. PELA LUTA DE UMA EDUCAÇÃO MEHOR.NÃO ESQUEÇAMOS DOS APOSENTADOS…

    Responder
  • 29. Karina Ivagon  |  06/03/2016 às 14:22

    Em nenhum momento eu quis te ofender, só que como muitos professores perguntaram, só queremos saber se vai ser pago o bônus este ano ou não? Essas coisas de discutir a transformação do bônus em reajuste nesta época está parecendo uma manobra para que o governo venha até a mídia e coloque em destaque o seguinte: NÃO VAMOS PAGAR O BÔNUS ESTE ANOS, POIS ESTAMOS ESTUDANDO UMA REINVIDICAÇÃO DA PRÓPRIA CATEGORIA EM TRANSFORMÁ-LO EM REAJUSTE……e assim o governo ganha tempo não nos pagando e também não nos dando reajuste nenhum, está me parecendo coisas “COMBINADAS”…..me desculpe.

    Responder
    • 30. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:35

      Prezada professora Karina,
      Vocês, que só estão preocupados com bônus, não querem entender que somos uma única categoria e não aceitamos essa divisão que o governo nos impôs. Não fui ao Secretário para perguntar sobre a data de pagamento de bônus, que uns recebem e outros não. Fui cumprir a pauta do sindicato, que pede reajuste salarial para todos e todas. A APEOESP nunca concordou com bônus e nunca concordará. No ano passado, o Governo arrumou 1,2 bilhão para pagar bônus e tentar desmobilizar a nossa greve, mas não arrumou dinheiro para nos dar reajuste salarial. Quem quiser continuar tendo ilusões em bônus (que recebe uma só vez e não repercute na carreira e na aposentadoria) pode continuar, mas não com a concordância da APEOESP. Em 15 anos, se o dinheiro do bônus fosse transformado em reajuste, teríamos um salário 75% maior. É só fazer as contas.
      Bebel

      Responder
  • 31. Rafael Paulo Ferreira  |  06/03/2016 às 17:16

    Professora Bebel e equipe Apeoesp!
    Também tenho as mesmas angústias que os outros professores: esperando Bônus, prova de mérito e reajuste salarial. A luta é difícil e a vontade de desistir ´é grande. Mas tenho certeza que a Apeoesp, inclusive você tem sido um gigante. Ver colegas daqui mesmo ofendendo e criticando incoerentemente a Apeoesp e ver vc continuar lutando e respondendo educadamente a cada um! Isso me ajuda a seguir em frente. Deus abençoe você e seu destemor! Peço desculpas pelos colegas que com razão tem seus corações tomados pelo ódio, mas precisamos concentrar nossa luta para o caminho certo. Vou aguardar a próxima reunião com a certeza de que minhas angústias estão sendo levadas por alguém competente como você! Um abraço…

    Responder
    • 32. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:30

      Prezado professor Rafael,
      Muito obrigada.
      Sou presidenta do sindicato. Minha pauta é aquela aprovada pelas assembleias, congressos, diretoria e outras instâncias da APEOESP. Não me abalarei porque algumas pessoas individualistas entram aqui para ofender-me.
      Durante todos esses anos, mesmo com a APEOESP sendo contra, o governo sempre pagou o bônus. Não me venham com essa agora de que não paga por causa do sindicato. No ano passado, estávamos em greve e ele arrumou R$ 1,2 bilhão para pagar bônus e deixou os professores sem reajuste. Se esperam que eu concorde com isso, não concordarei jamais.
      Nossa pauta de reivindicações é reajuste salarial para todos e todas, não pagamento de bônus.
      Bebel

      Responder
  • 33. Vera  |  06/03/2016 às 17:24

    Bebel te admiro e te respeito muito, inclusive a instituicao ( APEOESP) que se esta dificil com voces lutando por nos imagine sen sindicato.

    Feita essa consideracao ( justa) , acredito que beira o anedotario essas reunioes com a secretaria, sao milhares de colaboradores da educacao esperando pela parcela do bonus, e voces in loco” com secretario nao conseguem, ou nao querem informar nos se havera o pagamento ou nao?????

    Sso falta nao haver pagamento e nem a incorporacao no salario , dai a missao” estara concluida e daremos mais margem , para aquela parcela de professores ignorantes q ja sao contra o sindicato para se abastecerem…..triste…

    Responder
    • 34. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:26

      Prezada professora Vera,
      Não fui ao Secretário para perguntar sobre a data de pagamento de bônus, que uns recebem e outros não. Fui cumprir a pauta do sindicato, que pede reajuste salarial para todos e todas. A APEOESP nunca concordou com bônus e nunca concordará. No ano passado, o Governo arrumou 1,2 bilhão para pagar bônus e tentar desmobilizar a nossa greve, mas não arrumou dinheiro para nos dar reajuste salarial. Quem quiser continuar tendo ilusões em bônus (que recebe uma só vez e não repercute na carreira e na aposentadoria) pode continuar, mas não com a concordância da APEOESP. Em 15 anos, se o dinheiro do bônus fosse transformado em reajuste, teríamos um salário 75% maior. É só fazer as contas.
      Bebel

      Responder
  • 35. Lima  |  06/03/2016 às 18:58

    Boa Tarde !!!!
    Sabemos que todos, sem exceção, erramos e acertamos, mas acredito que mais uma vez a APEOESP deu um “tiro no pé” , é inacreditável como vocês não tem habilidade para negociar….

    Como assim competência do “DPME” estamos falando em orientações , do CGRH ou sei lá de que núcleo para INJUSTIFICAR a falta dos docentes antes da perícia, algo totalmente arbitrário e ILEGAL, e o secretário homem doutrinado do Direito não deve ser questionado, já que a orientação administrativa partiu de um orgão da pasta??????

    Como assim TRANSFORMAR BÔNUS EM SALÁRIO ???? AGORA ??? DEPOIS QUE JÁ ESTAMOS SABENDO QUEM RECEBRIA O BÔNUS?????? DE ACORDO COM A DIVULGAÇÃO DO IDESP….PENSE BEM, O GOVERNO JÁ NÃO PRECISA NEM ARRUMAR ARTIFÍCIO ARGUMENTATIVO PARA NÃO PAGAR O BÔNUS ESTE ANO, VOCÊS JÁ DERAM, UMA SUGESTÃO !!!!!
    PARABÉNS…..DAÍ ELE CORTA O BÔNUS E COMEÇA OUTRA SÉRIE DE REUNIÕES INFINDADAS SEM RESULTADOS CONCRETOS E NÃO TEREMOS ESSE DINHEIRO INCORPORADO TAMBÉM……

    tudo é tão simples , a professora tem razão, não tem ninguém aí que possa entrar em contato com a secretaria em nome do sindicato e responder se*sim ou não*, ou teremos que ficar sabendo pela nossa mídia provinciana, pela fel lha ?

    Acho melhor mandarmos email para o jornal ” agora” pra vê se eles entram em contato e respon dem objetivamente (sim ou não), porque pelo sindicato está difícil

    OBRIGADO

    Responder
    • 36. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:22

      Prezado professor Lima,
      Pessoas iluminadas como senhor não precisam de interlocutores. Já analisou, julgou e condenou. De toda forma, mesmo sendo uma reles professora, vou tentar lhe explicar as posições do nosso sindicato.
      Nós, da APEOESP, ingressamos na justiça contra a decisão do governo de considerar injustificadas as faltas dos professores que aguardam perícia médica e publicação de licença médica. Não entendo porque, então, está nos criticando neste ponto.
      Quanto à transformação do bônus em salário, esta é a posição da APEOESP desde que o governador José Serra inventou essa forma absurda de discriminação contra professores e professoras que trabalham e que recebem valores irrisórios ou nada recebem, enquanto outros recebem valores mais altos. Não existe hora para lutar pelo que é certo. Não sei por onde o senhor andava para não saber que nunca concordamos com bônus, continuamos não concordando e nunca vamos concordar. Queremos reajuste salarial para todos. Não essa concorrência que o governo inventou entre professores e da qual o senhor parece gostar.
      Se quer um sindicato que lute por melhores salários para toda a categoria – e não por um bônus que o senhor receberá uma única vez e que muitos sequer receberão – podemos continuar conversando. Agora, se quer saber se receberá o “seu” bônus, pode recorrer a quem quiser, porque essa não é a pauta do sindicato.
      Bebel

      Responder
  • 37. Celso D Bueno  |  06/03/2016 às 23:33

    Na próxima reunião espero não ver tantas respostas “será discutido na próxima reunião”. Quanto ao bônus já estamos no dia 06/03 e se o governo tivesse a intenção de pagar, o secretário já estaria sabendo. Ele vai alegar que vai transformar em salário futuramente… A verdade é que provavelmente não terá bônus muito menos aumento. Ao final da décima quinta reunão descobriremos “tudo isso será discutido e respondido na próxima reunião”.

    Responder
    • 38. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:13

      Prezado professor Celso,
      O que será discutido na próxima reunião é a transformação do bônus em reajuste salarial para todos os professores. A política de bônus foi imposta pelo governo do Estado contra a vontade dos professores e a APEOESP sempre aprovou posicionamentos contra essa política em congressos e assembleias. Não estamos lutando por pagamento de bônus, quando alguns recebem e outros não. Uns recebem R$ 2 mil, a maioria recebe valores irrisórios e grande parte não recebe nada. Queremos reajuste salarial para todos.
      Bebel

      Responder
  • 39. Cybelle Carvalho de Oliveira  |  06/03/2016 às 23:39

    Cara Bebel
    Boa noite!
    Venho através deste solicitar informações a respeito do concurso PEBII. Tenho visto algumas postagens que indagam sobre nós remanescentes assumirmos em agosto, postagem em que alguns não concordam e solicitam a intervenção do sindicato, para que esta ocorra em Janeiro de 2017. Como remanescente e anciosa no aguardo desta chamada, já esperando a quase dois anos, no momento desempregada, não concordo com este questionamento que sugere ser levado na próxima reunião com a SEE sobre a nossa posse acontecer somente em janeiro de 2017, visto que o concurso foi aberto para todos, seja todos puderam fazer a prova, já que se tem o entendimento que a única forma de ingresso no serviço público, é através de concurso. Entendo as dificuldades, pois também as vivo ( estou pela primeira vez em 10 anos desempregada), mas sabemos de antemão quando assinamos o contrato de trabalho, tratar se de um serviço temporário, o que implica em hoje termos aulas e o amanhã não sabermos! Ano passado não ocorreu a chamada entre novembro/dezembro, e, em 2013 a posse ocorreu em agosto, porque agora intervir? É justo? E todo sacrifício, espera, dificuldade, como fica? Peço desculpa pelo desabafo. Tenho a certeza que a senhora que sempre usou de bom senso, novamente o fará. Obs: a que se ressaltar que quando no governo Serra veio as mudanças das categorias, o sindicato fez sua parte, avisou e chamou a todos para luta, poucos ouviram e hoje vivemos esta situação caótica
    Grata
    Att
    Cybelle

    Responder
    • 40. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:10

      Prezada professora Cybelle,
      A APEOESP tem posição histórica, reafirmada em congressos e assembleias, contra o ingresso de professores concursados no meio do ano letivo.
      Bebel

      Responder
  • 41. Severino  |  07/03/2016 às 11:57

    A duração do contrato da catégoria passa a ser de 3 anos, mas o quê ocorrerá com os que estão em contrato aberto, mas entrariam em duzentena em 2017?

    Responder
    • 42. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:06

      Prezado professor Severino,
      Poderão obter aulas neste período. Verifique se o contrato pode ser rescindido caso não obtenha aulas – ligue para 11.33506214.
      Bebel

      Responder
  • 43. PROFGILSILVA  |  07/03/2016 às 14:40

    BOM DIA BEBEL…SOBRE A RETIRADA DO COORDENADOR O SECRETÁRIO EMITIU ALGUMA POSIÇÃO SOBRE ESSA GRANDE PERDA PARA AS ESCOLA PRINCIPALMENTE AS ABRIGAM ANOS FINAIS E ENSINO MÉDIO…

    Responder
    • 44. apeoesp  |  13/03/2016 às 18:04

      Prezado profgilsilva,
      A SEE solicitou que apresentássemos exemplos de escolas que tiveram essa perda. Por favor, encaminhe detalhes para presiden@apeoesp.org.br.
      Bebel

      Responder
  • 45. Thiago  |  08/03/2016 às 10:56

    Presidente, bom dia !

    Acredito que já passamos da hora de saber se haverá bonus???

    Os milhares de servidores estão ansiosos, por favor será que é tão difícil obter essa informação com a secretaria???

    Obrigado

    Responder
    • 46. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:08

      Prezado professor Thiago,
      Cabe à SEE responder sobre isto. Nossa luta é por reajuste salarial para todos os professores. A APEOESP nunca concordou com política de bônus.
      Bebel

      Responder
  • 47. Gilmar  |  09/03/2016 às 17:09

    Boa tarde sobre a reversão da resolução que retirou muitos coordenadores e desfalcou centenas de escola nosso secretário afirmou algo??

    Responder
    • 48. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:07

      Prezado professor Gilmar,
      Insistimos sobre este ponto. Pediram para citarmos casos concretos de escolas onde isto ocorreu, entre 2015 e 2016. Se tiver um caso concreto, por favor, informe em presiden@apeoesp.org.br.
      Bebel

      Responder
  • 49. fabiana  |  09/03/2016 às 23:52

    Boa noite Bebel! A pergunta é simples, vai haver o pagamento do bônus este mês? E isso que todos querem saber!!!! Ira ter ou não???????????

    Responder
    • 50. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:05

      Prezada professora Fabiana,
      Não sabemos. A SEE tem dito que ainda não está garantido. Lutamos por reajuste salarial para todos os professores. Esta sempre foi nossa posição e continua sendo.
      Bebel

      Responder
  • 51. Claudia  |  10/03/2016 às 02:48

    Vai ter chamada peb II sem remoção antes??? Isso não pode acontecer! A apeoesp precisa garantir o direito de quem já está na rede. Remoção antes e escolha depois!

    Responder
    • 52. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:05

      Prezada professora Claudia,
      A remoção ocorrerá no segundo semestre. E depois nova chamada.
      Bebel

      Responder
  • 53. Daiane  |  10/03/2016 às 15:10

    Será que a nova chamada para o concurso PEB II vai gerar o mesmo desconforto que em 2014? Professores perderem aulas no decorrer do ano? e mais uma vez por ser categoria O ficarem à deriva? Sei que ainda será discutido dia 28/03, mas, poderiam pensar melhor antes de efetivarem o exercício! Afinal o momento não é de perder emprego.

    Responder
    • 54. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:04

      Prezada professora Daiane,
      As decisões são da SEE. A APEOESP tem posição histórica contra ingresso no meio do ano letivo.
      Bebel

      Responder
  • 55. Marcia  |  10/03/2016 às 18:15

    Bebel, você não acha que se colocando contra o Bônus, corremos o risco de perdemos o bônus anual e ainda recebermos um aumento irrisório, com o governo alegando que seria o tal reajuste linear???

    Responder
    • 56. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:03

      Prezada professora Marcia,
      Todos os professores trabalham e todos merecem reajuste salarial.
      Bebel

      Responder
  • 57. Marcia  |  10/03/2016 às 18:21

    Boa tarde,
    Esse reajuste linear deve ser discutido depois do nosso aumento real, do contrário ficaremos sem o bônus e sem reajuste algum. Esse ano eu espero receber o bônus anual.

    Responder
  • 58. Edna Santana  |  11/03/2016 às 03:07

    Olá Bebel, gostaria de ressaltar o comentário da prof Jane, que foi infeliz ao, por egoísmo de perder suas aulas, quer que a chamada, no qual estudamos, passamos,e estamos esperando ha 3 anos seja prorrogada, para que ela não perca as aulas! Veja bem: “Muitos pais de familias ficarāo desempregados?” A ironia da frase está em não se lembrar que muitos pais de família cat O que passaram (ou nao) no concurso e estão de 200 ou não pegaram aula, TAMBEM ESTÃO DESEMPREGADOS!! Sei que o sindicato luta para que todos os profs tenham aula e trabalhem justo. Porém, querer que uma chamada de concurso seja protelada pela 3 vez, para não atrapalhar o andamento de profs que estão com essas aulas que são de direito de quem foi aprovado, já é egoísmo.
    Em 2014 perdi minhas aulas também para um prof ingresante, e não achei injustiça, pois as aulas eram por direito de quem passou no concurso. São muitos os profs que ficaram indignados com esse comentário, que foi parar nas págs de um grupo de profs remanescentes. Estamos ansiosos demais, e no nosso pleno direito, para que seja plantada incertezas ao secretário, quanto às datas desse cronograma, que já foi definido desde dezembro do ano passado. Faremos de tudo para que nossa chamada seja ainda este ano, não queremos “tirar nada de ninguém”, queremos fazer valer o direito de assumir um cargo público, mediante concurso, no qual passamos.
    Obrigada pelo espaço, e desabafo.

    Responder
    • 59. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:00

      Prezada professora Edna,
      É difícil conciliar todos esses interesses, pois todos tem razão. A APEOESP luta por todos. A informação é que a chamada ocorrerá em maio.
      Bebel

      Responder
      • 60. Érik  |  14/03/2016 às 15:44

        A diferença é que a LEI está a favor dos remanescentes e não dos contratados ou cat F. Vou fazer valer a lei.

    • 61. Eduardo Ramos Ervas Fabbri  |  19/03/2016 às 19:47

      Muito bem, Edna… estou na mesma situação que você, sou remanescente do concurso, estou ansioso, desempregado e aguardo a chamada ocorrer desde o ano passado. Acho que eu, você e todos os remanescentes deveriam nos unir para pressionarmos o secretário da educação a cumprir sua promessa de nos convocar em maio. Já enviei mensagem, no site do estado, ao governador e ao secretário e acho que todos os remanescentes deveriam “bombardear” o site de mensagens exigindo a convocação já. Será que conseguiríamos arrumar a lista e contatos dos remanescentes para fazer um abaixo-assinado? Abraço!

      Responder
  • 62. ivo.freitas  |  11/03/2016 às 16:43

    Prezada Bebel!
    Não adiantou muito esse afastamento de 180 dias, se não abrir novas contratações, por que só no estado tem que ser assim, na prefeitura todo ano abre contrato e surgindo vagas eles chamam os concursados não tem mês marcado para a convocação. outra coisa na prefeitura tem aumento de salário e os temporários tem direito trabalhista no final do ano, e no estado nem aumento o governador quer dar mais. o bônus ele está estudando para ver se vai pagar que o Brasil está em crise,mas para aumentar o salário deles não existe crise. E desanimador ate agora não consegui pegar aula, as contas acumulando e cada ano que passa fecha mais salas e as que ficam estão repleta de alunos. Desculpe o desabafo eu sei o que está ao seu alcance você está fazendo, mas esta faltando muita coisa para mudar nessas contratações de professores temporários, porque não pode ser igual a prefeitura encerra o contrato no final do ano e abre novas contrações no começo do ano, nem por isso temos vinculo com a prefeitura. quando for a próxima reunião conversa com ele pergunta qual a diferença das contratações do estado e da prefeitura. Pergunta se ele não fica sensibilizado com pais de família que tem que trabalhar e não pode, porque as contratações esta suspensa.

    Responder
    • 63. apeoesp  |  13/03/2016 às 16:59

      Prezado professor Ivo,
      Você tem toda a razão. Acredite, temos levado questões como essas a todos os secretários. Vamos insistir sempre, claro.
      Bebel

      Responder
  • 64. karina Ivagon  |  13/03/2016 às 17:27

    Por todas as suas respostas aos colegas acima sobre o Bônus….significa nas entrelinhas das suas respostas que “NÃO TEREMOS BÔNUS” … parece que são coisas combinadas. Dia 28/03 ainda pra decidir se vai pagar o BÔNUS ou não…eu também quero aumento de salário….agora, enquanto não houver uma decisão para o nosso aumento…então que venha o BÔNUS….estamos sem dinheiro…muitos se endividaram contando com esse dinheiro….sinceramente, acho que essa reunião nao valeu de nada….nunca se tem nada definido….como você sempre fala SERÁ DISCUTIDO NA PRÓXIMA REUNIÃO…e assim vai se levando até as próximas outras reuniões…esse é o jeito Bebel nas reuniões, sempre esperando “o depois”….

    Responder
    • 65. apeoesp  |  13/03/2016 às 17:59

      Prezada professora Karina,
      Por que está torcendo minhas palavras? Quem sabe e haverá bônus ou não é o governo. Nós não somos do governo. Nós nunca concordamos com política de bônus. Nós queremos reajuste salarial para todos e todas. O que o governo fará sobre o pagamento do bônus não está na nossa governabilidade.
      Estamos lutando para que todos e não apenas parte da categoria receba dinheiro e isto acontece por meio do reajuste salarial.
      Bebel

      Responder
  • 66. ADRIANA  |  14/03/2016 às 15:17

    Com o perdão da palavra Bebel, a apeoesp é paga para nos representar, e se queremos saber se receberemos o bônus, Qual é o seu papel? Acredito eu que estamos ansiosos por esta informação!! Vejo que está havendo um conflito de opiniões, que não deve ser esquecida nas próximas eleições!! Ah, a apeoesp não tem que ser a favor ou contra algo, ela é a voz dos professores, então quem tem que querer ou não querer somos nós!! obrigada!

    Responder
    • 67. apeoesp  |  20/03/2016 às 14:32

      Prezada professora Adriana,
      A APEOESP não é “paga”. A APEOESP não é uma prestadora de serviços. A APEOESP é uma entidade associativa, na qual as pessoas ingressam por livre e espontânea vontade e cujas decisões são tomadas coletivamente por maioria. Por maioria, em congressos, assembleias, reuniões de diretoria e reuniões do conselho estadual de representantes a decisão foi sempre contra o bônus e a favor de reajuste salarial para todos. Novamente, esta é a decisão que prevalece até o momento. Não queremos valores desiguais para alguns e para outros, nada. Queremos reajuste para todos e vamos continuar negociando durante todo o ano para que saiam novos reajustes. Quem pensa diferente disto pode e deve comparecer na assembleia do dia 8 de abril, propor e votar em posição diferente.
      Quanto ao pagamento do bônus, independente de perguntarmos ou não, o governo está dizendo pelos meios de comunicação que ainda não tem a previsão de data para pagar. Não há, portanto, falta de informação. A informação do governo é esta.
      Bebel

      Responder
  • 68. Sandra Regina Ribeiro  |  16/03/2016 às 12:31

    Bom dia Bebel, por favor, hoje está circulando que os categorias O se tornarão F aqueles que estiverem com contrato aberto e com aulas livres a partir do dia 2 de Junho? Verdade ou possibilidade? Obrigada.

    Responder
    • 69. apeoesp  |  20/03/2016 às 14:27

      Prezada professora Sandra,
      Questionamos a SEE, que respondeu que isto não passa de boato.
      Bebel

      Responder
  • 70. Eduardo Ramos Ervas Fabbri  |  19/03/2016 às 17:25

    Prezada Presidente,
    Sou remanescente do concurso PEB II 2013 e aguardo há longos dois anos pela chamada. Já questionei o governo do estado, por mensagens diretas ao secretário e ao governador, mas eles ainda não me responderam nada em definitivo. Apenas disseram que estão avaliando meu questionamento e responderão em breve.
    Li seu comentário a respeito da posição da Apeoesp, de ser contrária à contratação de professores no meio do ano. Mas, pense bem, se a convocação poderá causar desemprego, não somos culpados por isso, pois o concurso foi aberto a todos. Eu estou desempregado desde já e tenho direito legal de assumir o cargo. Se, para alguns, a convocação ainda vai causar desemprego, eu já vivo esta situação desde o ano passado.
    Então, não é justo que a própria Apeoesp, que deveria nos defender nesta causa, lute para que fiquemos ainda mais um ano desempregados.
    Se isto acontecer, a Apeoesp não me representa.
    Abraço!

    Responder
    • 71. apeoesp  |  20/03/2016 às 14:26

      Prezado professor Eduardo,
      A SEE informou que a convocação será feita em maio. Informou que a maior possibilidade é a de escolha e posse em 2016 e ingresso em 2017. A APEOESP não toma as decisões do Estado. A APEOESP tem posições votadas em Congresso contrárias ao ingresso no decorrer do ano letivo. A APEOESP tem 188 mil associados e toma suas decisões em assembleias, congressos, reuniões do conselho de representantes e reuniões de diretoria.
      O concurso para PEB II, com 59 mil vagas, ocorreu porque a APEOESP lutou, os professores fizeram greve e na negociação, foi viabilizado o concurso. Milhares já foram chamados e tomaram posse. Nesses momentos, quem a APEOESP representou?
      Bebel

      Responder
      • 72. Eduardo Ramos Ervas Fabbri  |  20/03/2016 às 20:47

        Obrigado por responder prontamente.
        Não sabia sobre a pressão exercida pela Apeoesp para viabilização do concurso. Muito bom saber isso. Sendo assim, ela bem representou os professores. Parabéns.
        Mas, continuo não concordando com a posição da entidade de ser contrária ao ingresso de professores no meio do ano. Quem está desempregado, como eu, não escolhe dia ou mês para começar a trabalhar e a ganhar o sustento de sua família, não é mesmo?
        Assim, acredito que você, como presidente da Apeoesp, deveria pressionar o secretário da Educação, na próxima reunião do dia 28/03 a convocar, dar posse e início imediato aos remanescentes do concurso.
        O que adianta ser convocado, tomar posse e não poder ganhar salários?
        Ou, os que tomarem posse passarão a receber algum salário ou a fazer o curso de formação de professores, já ganhando alguma coisa?

      • 73. apeoesp  |  25/03/2016 às 15:45

        Prezado professor Eduardo,
        O professor que obteve aulas em fevereiro, se tiver que sair em agosto, igualmente ficará desempregado. Fora isso, os transtornos para os estudantes, coma troca de centenas de professores em pleno ano letivo.
        Bebel

  • 74. Jeferson  |  21/03/2016 às 19:33

    Entendo e apoio a briga pela incorporação do bônus ao salario dos professores porém, o bonus será pago ou não? Essa eh a duvida de muitos, mas ninguém tem a resposta

    Responder
    • 75. apeoesp  |  25/03/2016 às 15:43

      Prezado professor Jeferson.
      É exatamente essa a questão que está em discussão com a SEE. Não aceitamos que haja dinheiro para pagar bônus (que beneficia uns e outros não) e que não haja para reajuste salarial.
      Bebel

      Responder
  • 76. Eduardo Ramos Ervas Fabbri  |  22/03/2016 às 18:19

    Caríssima Bebel,
    Como todo remanescente do concurso PEB II 2013 e atualmente desempregado, estou ansioso para que a convocação aconteça em maio, com posse imediata. Assim, peço a você e a Apeoesp que utilize este espaço ou o site para conclamar os remanescentes do concurso a pressionar o governo do estado, especialmente o secretário da educação, para que esta convocação realmente aconteça. Sugiro que façam um apelo aos aprovados no concurso, antes da reunião de 28 de março, para que eles enviem mensagens ao governo pedindo a convocação seguida da posse. Eu já fiz a minha parte e enviei mensagens. Ainda aguardo a resposta do governo. Se todos fizerem isso, tenho certeza de que poderemos influir positivamente na decisão.
    Seria possível contar com seu apoio?

    Responder
    • 77. apeoesp  |  25/03/2016 às 15:42

      Prezado professor Eduardo,
      A SEE já confirmou que fará a convocação em maio. Teremos reunião na segunda-feira com o Secretário e vamos reafirmar essa questão. Em 8 de abril teremos assembleia, momento em que, se houver ainda dúvidas, pressionaremos novamente a Secretaria.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,910,351 hits

%d blogueiros gostam disto: