Morre Fidel Castro

26/11/2016 at 16:28 Deixe um comentário

 

Deixa como legado um país onde educação e saúde são prioridade absoluta.

fidel

Com a morte de Fidel Castro, vai-se uma das principais figuras do nosso tempo, sessenta anos após seu desembarque em Cuba no navio Granma, proveniente do México, acompanhado de um grupo de jovens revolucionários, com os quais realizou a luta final contra o ditador Fulgencio Batista. Teve assim início uma nova etapa na história de Cuba e da América Latina.

Fidel morre aos noventa anos. Em 1957, junto com Ernesto “Che” Guevara e mais 79 expedicionários, já tentara derrubar o ditador, mas foi surpreendido pelo Exército e derrotado. Fidel, seu irmão Raúl e Che se refugiaram na Sierra Maestra, onde travaram duros combates, até que em 8 de janeiro de 1959 as tropas revolucionárias entraram em Havana. Aos 32 anos, Fidel iniciou um profundo processo de transformação em seu país, influenciando a juventude do continente e de todo o planeta e contribuindo para mudanças profundas no cenário mundial.

Tão logo assumiram o poder, Fidel e seus companheiros iniciaram um processo de implementação de medidas estruturais que visavam o fortalecimento da economia cubana, a distribuição de renda, geração de empregos, combate à fome e ao analfabetismo, Entre essas medidas, a nacionalização das empresas, a reforma agrária e a concessão de crédito a pequenos produtores, sinalizando ao mundo a orientação política que estava se construindo na ilha, após um rápido período de indefinição ideológica. Logo os Estados Unidos demonstraram sua insatisfação e procuraram de todas as formas reverter tais medidas. Não o conseguindo, o governo norte-americana decidiu romper relações com Cuba em 1961.

Cuba, na época, dependia totalmente do mercado norte-americano. Para manter as necessidades vitais de seu povo, Fidel aliou-se à União Soviética, que passou a importar produtos cubanos e a exportar para Cuba, de forma subsidiada, alimentos e itens básicos para o funcionamento da ilha. Com isto, rompeu-se a hegemonia dos Estados Unidos no continente americano, o que levou ao acirramento da guerra fria na região. Houve muitas tentativas frustradas do governo norte-americano para a derrubada de Fidel, incluindo atentados e tentativas de assassinato. Em 1962, os Estados Unidos ordenaram o bloqueio econômico total à ilha, isolando o regime, uma política que se seguiu até a atualidade. Hoje, um processo de reaproximação está em curso, mas ainda há muito a ser feito até que uma normalização total seja completada e o bloqueio seja finalmente encerrado.

A luta de Fidel contra o imperialismo norte-americano e a afirmação de Cuba como um dos países mais solidários em toda a história marcaram profundamente a formação de muitas gerações de jovens em todo o mundo. Destemor e idealismo são marcas da trajetória do Comandante Fidel, como gostava de ser chamado.

Sob sua liderança, Cuba erradicou a fome, a miséria, o trabalho infantil e universalizou acesso a educação e saúde. Sobretudo nos países mais pobres da África e da América Latina, é comum a presença dos médicos cubanos, para prestar o atendimento que outros países mais ricos não se dispõem a prestar.
Cuba, um pequeno país, mostrou que é possível enfrentar e derrotar o gigante imperialista e construir um caminho próprio para o desenvolvimento e a justiça social. E foi Fidel Castro quem construiu este caminho.

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

VI Conferência Estadual de Educação e XXV Congresso Estadual da APEOESP Ensino médio de Temer expurga aluno pobre e fortalece cursinhos, afirma Dieese

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,911,308 hits

%d blogueiros gostam disto: