SEE amplia prazo para alterações de opção pelo artigo 22 e carga horária.

17/01/2017 at 13:23 8 comentários

O portal http://portalnet.educacao.sp.gov.br/portalnet – opção “Alterar Inscrição”, permanecerá aberto até o dia 18/01/2017 para alterações:

a) Para os docentes titulares de cargo optarem ou cancelarem a opção para a designação pelo Artigo 22, bem como alterarem a opção de jornada.

b) Para os docentes não-efetivos (categorias P e F) optarem ou cancelarem a opção de transferência de Diretoria de Ensino, bem como alterarem a opção de carga horária (quantidade de aulas).

c) Para os docentes contratados ( Cat O) alterarem a opção de carga horária (quantidade de aulas).
Para entrar utilize o login do GDAE e a senha da Secretaria Digital – SED

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

CNTE tem nova direção APEOESP reuniu-se com a Secretaria da Educação para tratar da atribuição de aulas

8 Comentários Add your own

  • 1. Angela  |  18/01/2017 às 12:11

    Bebel bom dia

    Sou ingressante PEB I de 10/02/2016 e agora saiu meu enquadramento via acadêmica, de nivel I para nível IV, o que isso significa de salário. Vc tem essa tabela? E sairá o retroativo, pois está no DO que é desde a posse.

    Grata

    Angela

    Responder
    • 2. apeoesp  |  25/01/2017 às 14:17

      Prezada professora Ângela,
      O acréscimo é de 5% sobre seu salário. É possível que o retroativo saia no próximo pagamento ou em folha suplementar.
      Bebel

      Responder
  • 3. MADALENA  |  19/01/2017 às 05:08

    Bebel ..além da see-sp estar postando lentamente as mudanças, deixa muito claro o valor que da ao professores , Repensam de como podem dificultar todas as categorias, inclusive os efetivos. Hoje em reunião com diretores nas diretorias de ensino, conforme relato pela apeoesp e nas redes sociais, uma das mudanças que chamou minha atenção foi com as substituições, implicando assim ainda mais na contratação de professores, dificultando até a entrada de professores para uma possível coordenação, de uma vez que não mais se largam substituições.
    Também nada foi realizado ate o momento quanto aos professores coordenadores.
    Alguma\s diretorias estão com editais para que a contratação aconteça antes da atribuição, pois uma vez designado o mesmo não precisa mais escolher aulas.
    Portanto, para mim a cada dia dificulta a possibilidade dos professores atuarem nas escolas publicas e terem a oportunidade de mudarem de cargo.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  21/01/2017 às 12:46

      Prezada professora Madalena,
      Você tem toda a razão. O Governo Alckmin aposta no conformismo dos professores. Se não paralisarmos tudo em março e formos para as ruas, continuará agindo desta forma e pior ainda.
      Bebel

      Responder
  • 5. Eduardo Ramos Ervas Fabbri  |  19/01/2017 às 14:38

    Prezada Bebel,
    preciso de sua orientação: foi convocado, nesta terceira chamada do concurso PEB II, apresentei todos os exames e laudos médicos solicitados e, depois de perícia médica realizada no último dia 9, em Ribeirão Preto, foi convocado novamente, conforme publicação no DOE do último dia 14, para exames complementares em São Paulo, na sede do DPME.
    No entanto, no dia da realização da perícia, o médico me assegurou que todos os exames estavam normais, que eu estava apto para o exercício do cargo, tanto que não viu a necessidade de solicitar exames complementares. Entrei em contato com o DPME reclamando sobre o despacho publicado no DOE. Eles responderam que decisão final cabe à junta médica e que eu terei mesmo que comparecer, no dia marcado (14 de fevereiro), para a realização dos exames.
    Porém, rebati a afirmação: questionei se a decisão do perito que me examinou pessoalmente não deveria prevalecer sobre a de uma junta médica, que tomou a decisão a distância, apenas com base em exames anexados no sistema eletrônico do departamento. Eles não responderam.
    Também contestei o fato de ter que realizar a perícia em São Paulo, pois estou desempregado há um ano e não poderia arcar com despesas de viagem, sem que que meu já apertado orçamento ficasse ainda mais comprometido. Mesmo porque, o Estado dispõe de médicos e locais credenciados em minha região.
    Neste caso, diante desta controvérsia, o que você me aconselha a fazer?
    Tal situação já valeria um mandado de segurança?
    Atenciosamente,
    Eduardo Fabbri

    Responder
    • 6. apeoesp  |  21/01/2017 às 12:42

      Prezado professor Eduardo,
      Creio que sim. Mas também acredito que o mandado só será eficaz se você puder demonstrar o que o perito disse, por escrito. Se não for assim, será sua palavra contra a do DPME. Sugiro que procure o/a advogado/a da APEOESP na subsede.
      Bebel

      Responder
      • 7. Eduardo Ramos Ervas Fabbri  |  21/01/2017 às 14:16

        Eu ainda não sou filiado à APEOESP. Estou esperando minha efetivação para poder me filiar. Mas, posso ir lá assim mesmo?

      • 8. apeoesp  |  25/01/2017 às 13:50

        Prezado professor Eduardo,
        Você se refere à subsede da APEOESP? Sim, pode. Será bem recebido.
        Bebel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,830,441 hits

%d blogueiros gostam disto: