Cobertura das manifestações de 15 de março na TV Record.

16/03/2017 at 13:22 4 comentários

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

Para vencer, é preciso lutar. Essa luta é de todos/as e a hora é agora. Nas escolas, em todas as regiões, organizar a greve!

4 Comentários Add your own

  • 1. Luiz  |  16/03/2017 às 14:50

    Prezada prof. Maria Izabel (sim, presidente sindical, mas antes é colega professora).

    Só para recobrarmos a memória e colocar as injustiças e retoricas em seus devidos lugares, antes de Temer, Dilma já queria uma reforma previdenciária. Veja:
    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,dilma-diz-que-fara-o-possivel-para-garantir-superavit-e-inflacao-na-meta,10000006406“.
    Temer pode ter piorado a proposta, mas ela já vinha sendo forjada com Dilma.
    Por fim, o que vimos ontem foi a volta dos sindicatos e centrais, notadamente a CUT, em combater novamente com guarra e sem constrangimentos algo que piora a vida principalmente das professoras, cuja massa maior de nossa categoria é formada por mulheres que terão menos de 45 anos quando ela for aprovada, jogando-as à insalubridade por terem que trabalhar 24 anos mais e até aos 65 anos. Fico imaginando (ou melhor, “pesadelando”) como será ter que cuidar de classes de alunos que não respeitam nem mesmo os próprios pais por todo esse tempo adicional.
    Cara colega: precisamos dizer claramente que Dilma também iria propor isso e a luta dos sindicatos simpáticos ao governo de plantão seria menos aguerrida. Numa coisa a saída de Dilma ajudou: o aguerrimento sindical aumentou consideravelmente.

    Luiz

    Responder
    • 2. apeoesp  |  19/03/2017 às 14:24

      Prezado professor Luiz,
      Sempre lutamos e lutaríamos contra qualquer proposta que prejudique a nossa categoria o os trabalhadores, independente de quem seja o governante.
      Bebel

      Responder
  • 3. Lane silva  |  16/03/2017 às 17:06

    O problema é que a mídia faz a cobertura tratando a paralisação como coisa negativa, como se não fosse em prol de todos, mostrando os transtornos causados a trabalhadores que, se bem soubessem e pudessem, não estariam reclamando a falta do transporte ou tirando seus carros da garagem em dia de suspensão de rodízio, mas sim juntando aos outros numa paralisação total do país.

    Responder
    • 4. apeoesp  |  19/03/2017 às 14:22

      Prezada professora Lane,
      Sim, precisamos trabalhar muito ainda para que a sociedade tenha a verdadeira noção da importância da educação e dos professores para o país. A mídia não ajuda neste sentido.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,929,226 hits

%d blogueiros gostam disto: