Governador autoriza convocação de PEB I

09/07/2017 at 14:43 28 comentários

Finalmente, depois de muitas cobranças da APEOESP e da nossa categoria, o Governador do Estado publicou autorização para a convocação de mais Professores de Educação Básica I aprovados em concurso. Veja abaixo a publicação no DOE neste sábado, 8/7, página 4:

DESPACHOS DO GOVERNADOR,
DE 7-7-2017
No processo SE-402-13, vols. I a III (SGP-42.554-14), sobre autorização para a nomeação de 547 Professores Educação 
Básica I: “À vista dos elementos de instrução do processo, das manifestações favoráveis das Secretarias de Planejamento e Gestão e da Fazenda e com fundamento no parágrafo único do art. 1º do Dec. 61.466-2015, autorizo a Secretaria da Educação a adotar as providências necessárias para a nomeação de 547 Professores Educação Básica I, aprovados no concurso público regido pelas Instruções Especiais SE-02-2014 e homologado
por publicação no D.O. de 20-3-2015, ficando condicionadas as nomeações ao limite das despesas relativas à substituição dos
docentes temporários e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares atinentes à espécie.”

Anúncios

Entry filed under: Artigos.

MP dá parecer favorável aos readaptados Justiça determina que Estado conceda reajuste salarial

28 Comentários Add your own

  • 1. Cibele Soares  |  10/07/2017 às 19:21

    Ola querida Bebel!

    Infelizmente a autorização desses 547 cargos não são suficientes para suprir as necessidades da rede! Tanto, que o polo 1 que abrange a cidade de São Paulo não ira entrar para essa sessão de escolhas!

    Para se ter uma ideia, em São Paulo (polo 1), existem mais de 1.500 cargos que foram para sessão de escolha em 2015, porém os professores não assumiram efetivamente (reprovados na pericia, não apresentaram documentos para posse, entre outros). Enfim, se o governador já tinha autorizado a convocação para esses cargos e eles não foram tomados posse, então deveriam retornar para os remanescentes!!

    Não concordamos com a politica do atual governo que anos apos anos sucateia a Educação!

    Por favor Bebel continue nos ajudando, passamos no concurso e é o nosso direito assumir os cargos vagos!

    Grata pela sua costumeira atenção!
    Professora Cibele.

    Responder
    • 2. apeoesp  |  15/07/2017 às 18:00

      Prezada professora Cibele,
      Sua luta é a nossa luta. Confesso, porém: está muito difícil negociar com este governo, que não o menor compromisso com a educação.
      Bebel

      Responder
  • 3. Any Mery Sousa  |  12/07/2017 às 18:06

    Boa tarde Bebel….fiquei contente com essa autorização, mas fiquei na dúvida..essa chamada(547) abrange o Estado de SP? porque se for será bem pequenas às chances das pessoas entrarem, por exemplo..se hoje tem a situação infeliz de que as salas de aulas do Coordenador e do Vice diretor são livres, e se tem muita gente aposentada ( PEB I) por que só essas vagas? Têm muitos pólos…e todos têm professor trabalhando, mas sabemos que infelizmente estamos na mão do governador…paramos, fazemos paralisações e ainda sim…ele não chama todos…

    Responder
    • 4. apeoesp  |  15/07/2017 às 17:37

      Prezada professora Any,
      Não sei que idade você tem, mas as novas gerações estão começando a viver aquilo que nós, mais velhos, vivemos na ditadura militar: os governos fazem o que querem e não estão interessados em atender direitos e necessidades da população. Assim está agindo o governo Alckmin, sobretudo após o golpe que instaurou Temer na Presidência da República. Depois de muita pressão, autorizou esta nova chamada, completamente insuficiente, pois é de âmbito estadual.
      Bebel

      Responder
  • 5. Francielle  |  16/07/2017 às 02:31

    Boa noite Bebel!
    Gostaria de saber a respeito da 4º chamada concurso PEBII, a APEOESP não vai fazer nada a respeito das aulas que foram reservadas para os professores que não são efetivos, pois não ingressaram por meio de concurso ( Cat. F), pois esse procedimento executado pelo governo não aconteceu nas outras convocações para ingresso, e porque agora pode? Eu era a próxima a ser convocada e tinha aulas na escola perto da minha casa, só que as aulas estão com professor categoria F isso é injusto! Sou associada da APEOESP como tantos outros professores! Todos nós somos professores independente de categoria e o que é direito tem que ser respeitado!

    Responder
    • 6. apeoesp  |  22/07/2017 às 14:48

      Prezada professora Francielle,
      A APEOESP lutou para que 80 mil professores temporários (antigos OFAs) não fossem demitidos em 2007. Eles se tornaram categoria F. São estáveis e não podem ser demitidos sem o devido processo legal. Estão nas escolas e fazem parte das equipes escolares. Portanto, devem ter aulas.Por que o Estado manteria professores estáveis nas escolas sem aulas, pagando no mínimo o equivalente a 12 aulas semanais? Esta situação foi criada pelo Governador Serra quando pretendeu fazer essa demissão em massa. Hoje, a garantia de que os professores da categoria F possam manter suas aulas é uma medida coerente.
      Bebel

      Responder
      • 7. Sônia  |  31/07/2017 às 23:03

        Prezada professora Boa
        Você tem alguma informação sobre a remoção para este ano?

      • 8. apeoesp  |  06/08/2017 às 13:52

        Prezada professora Sonia,
        Não haverá remoção. Ela não é mais obrigatória anualmente desde 2013, quando o parágrafo segundo do artigo 24 do Estatuto do Magistério foi alterado.
        Bebel

      • 9. Maria Imaculada T. Gutierrez  |  02/08/2017 às 12:28

        Bebel, fui da antiga categoria OFA desde o ano de 1995. Quando veio o concurso para PEBII (reivindicação da Apeoesp) em 2003, após “suar” muito com estudos próprios, fui aprovada. Meu salário não suportava pagar os cursinhos e os da Apeoesp não era possível eu frequentar devido aos diversos horários que eu tinha para lecionar para receber ao menos o suficiente para manter minha família (meu esposo desempregado e meus quatro filhos menores de idade em fase de estudos, na época). Fui chamada para tomar posse somente no ano de 2008. Com todo o respeito aos colegas categoria F, eu concordo com a Francielle, visto que muitos colegas OFAs da época sequer tiveram a preocupação de se preparar para os concursos. Quando tomei posse, assumi aulas de vários professores antigos que sequer preparavam aulas de qualidade (também reivindicação da Apeoesp), muito menos se preparavam para os concursos, mesmo trabalhando uma só escola em um só horário, enquanto eu usava até meus fins de semana para me preparar. A Apeoesp tem lutado muito pela qualidade de ensino nas escolas e sabemos que os diversos governadores que tivemos dificilmente atende aos nossos anseios. Entretanto, professores que não procuram se qualificar e assim também se capacitar para preparar melhores aulas, devem sim se “conformar” com o fato de professores concursados assumirem suas aulas, afinal não passamos nos concursos por mero acaso, mas como eu disse, “suando” muito, estudando até mesmo em dias e horários que poderíamos estar descansando e/ou ficando com nossas famílias. Não tenho nada contra meus colegas categoria F, mas sabendo que os raros concursos que os governadores nos “ofertam” como esmola, temos que assumir essa batalha. Eu até ajudo meus colegas categoria F a se preparar para os concursos, portanto desejo que eles sejam os próximos a serem nomeados. Como disse a Francielle é o justo. Obrigada.

      • 10. apeoesp  |  06/08/2017 às 13:51

        Prezada professora Maria Imaculada,
        A APEOESP luta por concursos públicos para ingresso na escola pública. A APEOESP é contra a estabilidade como forma de burlar concursos. O que ocorreu com os professores da categoria F, que eram OFAs em 2007, não foi escolha nem reivindicação deles. Foi uma situação criada pelo governador Serra, que queria desligar 65 mil professores de uma vez para que não fizessem parte do sistema estadual de previdência. A estabilidade, neste caso, foi a forma de evitar essa demissão em massa e a imposição, já naquele momento, da famigerada contratação por tempo determinado. Não podemos culpá-los. Eles não pretenderam burlar os concursos. Foi uma contingência do momento e da ação do governador Serra. Sendo estáveis, não há nenhum sentido em não terem aulas a eles destinadas.
        Bebel

  • 11. ROSI  |  23/07/2017 às 14:07

    Bebel, tenho praticamente 20 anos de estado, sou categoria F e agradeço pelo luta pela manutenção da nossa categoria com aulas atribuidas. Estou sempre engajada nas lutas convocadas pela APOESP lutando por todas categorias, se temos instabilidade precisamos sim de aulas garantidas.
    Obrigada mais uma vez.
    Deus nos abençõe!!!!!

    Responder
    • 12. apeoesp  |  30/07/2017 às 16:12

      Prezada professora Rosi,
      É uma questão de coerência. Se lutamos para que não fossem demitidos e tivessem estabilidade, é correto que tenham aulas.
      Bebel

      Responder
  • 13. Kátia Cilene Saccomani Colovatti  |  26/07/2017 às 11:15

    Bom dia Bebel, precisamos sobre o julgamento do projeto pasta, teve no dia 25/07 conforme havia me informado ? Qual foi o resultado sobre a recondução dos mediadores? Agradeço desde já.

    Responder
    • 14. Kátia Cilene Saccomani Colovatti  |  28/07/2017 às 13:15

      Bom dia Bebel, qual foi o resultado do julgamento do projeto pasta? Por favor, nos responda… é MTA ansiedade querida…estou com apenas 6 aulas. Obg

      Responder
      • 15. apeoesp  |  31/07/2017 às 13:11

        Prezada professora Kátia,
        Entendo sua ansiedade, que é nossa também. Mas embora constasse na pauta do julgamento do dia 25, o caso ficou para ser julgado apenas em 8/8.
        Bebel

    • 16. apeoesp  |  31/07/2017 às 13:11

      Prezada professora Kátia,
      Embora constasse na pauta do julgamento do dia 25, o caso ficou para ser julgado apenas em 8/8.
      Bebel

      Responder
      • 17. Kátia Cilene Saccomani Colovatti  |  10/08/2017 às 13:00

        Bom dia!!! Como ficou nossa situação? Não teve novamente o julgamento? Qual foi a nova justificativa agora?

      • 18. apeoesp  |  13/08/2017 às 12:41

        Prezada professora Katia,
        O julgamento ocorreu e o Estado está obrigado a reconduzir os professores. Estivemos na quarta-feira na SEE para cobrar a execução da sentença. Não sabemos se o Estado tentará ainda algum recurso, mas neste momento está obrigado a cumprir a sentença.
        Bebel

  • 19. Márcia Silveira Franco  |  26/07/2017 às 13:16

    Bom dia Bebel!
    Gostaria de saber informações sobre o julgamento dos Projetos da Pasta, que segundo boletins seria dia 11 e depois adiaram para 04. Já enviei e-mail para a sede central e pediram para ligar na sub sede. Sub sede disse que não sabe de nada. Sou de Campinas.

    Márcia

    Responder
    • 20. apeoesp  |  31/07/2017 às 13:11

      Prezada professora Mácia,
      Embora constasse na pauta do julgamento do dia 25, o processo ficou para ser julgado apenas em 8/8.
      Bebel

      Responder
  • 21. Cleuza Gomes  |  29/07/2017 às 17:21

    Eu sou professora categoria o, estou no Estado a cinco anos dando aulas na Fundação Casa, passei por uma quarentena, tive medo de uma duzentena e agora estou com o fantasma dos 180 dias. Como a Apeoesp tem tratado esse assunto com o Estado?

    Responder
    • 22. apeoesp  |  30/07/2017 às 15:37

      Prezada professora Cleuza,
      Como sempre tratamos desde 2009. Somos contra qualquer tipo de quarentena ou duzentena e já ingressamos com diversas ações na justiça contra esse tipo de intervalo entre os contratos. Entretanto, a justiça tem dado ganho de causa para o governo. O governo não pretende recuar de um mecanismo que ele mesmo criou, para que os professores da categoria O não estabeleçam vínculo com o Estado. Estamos exigindo que o governo encaminhe à Assembleia Legislativa o projeto de uma nova lei de contratação de professores temporários, como determina a estratégia 18.20 do Plano Estadual de Educação. Ali está determinado, inclusive, que os direitos sejam equiparados aos dos professores efetivos.
      Bebel

      Responder
  • 23. Ademilson Galdino da Silva  |  31/07/2017 às 19:37

    Boa tarde! gostaria de saber quais as medidas para garantir as chamadas aos professores aprovados no concurso de 2013 para PEB II , e qual o prazo para esse chamamento ,pois foram ofertadas 59 mil vagas…

    Responder
    • 24. apeoesp  |  06/08/2017 às 13:53

      Prezado professor Ademilson,
      As chamadas estão ocorrendo. Foram feitas quatro e uma quinta está prevista para o mês de outubro.
      Bebel

      Responder
  • 25. Any Mery Sousa  |  06/08/2017 às 16:37

    Boa tarde….soube que o governo fez nova chamada para os PEB 1s, mas não teve chamada para os Pólos….4 e 1…Será que ainda vai ter? uma vez que tem muita vaga no pólo 4!E gostaria de saber também a respeito da atribuição do ano que vem….Penso que a atribuição deveria ser na DE e não na UE…para os professores categoria F….Como era antes..fica mais claro..observar o processo de atribuição e também não segura professor e nenhuma unidade!

    Responder
    • 26. apeoesp  |  13/08/2017 às 12:52

      Prezada professora Any,
      Este governo não tem compromisso com a educação. Estamos, sim, cobrando uma nova chamada para PEB I, pois há vagas. Em relação à atribuição, a APEOESP defende que seja centralizada. Em alguns casos, professores resistem quando a atribuição na escola lhes favorece.
      Bebel

      Responder
  • 27. Fatima  |  19/08/2017 às 02:47

    CHAMOU TODOS OS POLOS REERENTE AO CONCURSO PEB I 2014 E O POLO 4 FICOU DE FORA. ALGUMA NOTICIA…

    Responder
    • 28. apeoesp  |  20/08/2017 às 11:11

      Prezada professora Fátima,
      A SEE afirma que haverá nova chamada em outubro.
      Bebel

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 4,908,821 hits

%d blogueiros gostam disto: