26/08/2019 at 00:30 20 comentários

Entry filed under: Artigos.

20 Comentários Add your own

  • 1. sandra Lopes  |  29/08/2019 às 01:32

    OLá Bebel!
    Quero saber onde encontro textos/legislação para embasamento sólidos que justifiquem a NÃO municipalização. Vcs da APEOESP tem algum tipo desse material impresso ou arquivo para poder compartilhar? Preciso para entregar para a prefeita da minha cidade. Fico no aguardo
    obrigada

    Responder
    • 2. apeoesp  |  15/09/2019 às 19:41

      Prezada professora Sandra,
      Vou pedir para minha assessoria enviar material para você.
      Bebel

      Responder
  • 3. Carlos roberto  |  02/09/2019 às 15:05

    oi Bebel. Queria uma informação.Minha progressão via não acadêmica venceu e é retroativa a outubro de 2013. Porém me pagaram só os últimos três anos de retroativo. Tem como cobrar? o que faltou?

    Responder
    • 4. apeoesp  |  15/09/2019 às 19:40

      Prezado professor Carlos Roberto,
      Por favor, ligue para 11.33506214 ou marque horário com o advogado na subsede. Peça para levantarem a sua situação e lhe orientarem.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 5. Cassiano  |  10/09/2019 às 13:08

    Como fica a situação dos readaptados com acumulo de cargos?
    Tenho 24 anos na mesma escola. Vou ser obrigado a sair?
    Isso é justo? Tenho limitações fisicas trabalho proximo da minha casa.
    Por favor verifiquem e publiquem sobre a nosssa situação nas escolas de tempo integral. Obrigado.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  15/09/2019 às 19:28

      Prezado professor Cassiano,
      Essa é nossa preocupação também, por isso lutamos para que todos os professores fiquem, a não ser que queiram mesmo sair.
      Bebel

      Responder
  • 7. SANDRA  |  18/09/2019 às 18:50

    Bebel, sou professora na rede estadual e municipal, estou readaptada no estado e em fase de readaptação no município, porém já afastada das funções de professora. Em meu município temos 4 jornadas diferentes, 24, 30, 36 e 44 horas, sendo que exerço a de 44 horas à mais de 4 anos. Porém, agora querem me proibir de escolher esta jornada, pois estou em processo de readaptação, isto é possível, podem cercear meu direito a escola da jornada? Desde de já agradeço.

    Responder
    • 8. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:45

      Prezada professora Sandra,
      No nosso entendimento, não podem. Procure a subsede da região, pois ali o advogado poderá lhe dar uma melhor orientação.
      Bebel

      Responder
  • 9. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  21/09/2019 às 16:56

    Vou mandar meu comentário até vcs publicarem, segundo o informe apeoesp, vcs defendem que professor cumpra htpl na escola, que porra é essa, vcs enlouqueram?
    Não quero e não posso, não ficar 40 horas num ambiente cruel e insalubre, e mais, pq voltaram a se referir ao atpc e atpl com htpc e htpl?

    Responder
    • 10. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:40

      ReformaNãoauditoriaJÁ
      Prezado senhor ou senhora que não se identifica, em que momento a APEOESP está defendendo que o professor cumpra HTPL na escola?
      Bebel

      Responder
      • 11. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  10/10/2019 às 11:34

        Pela jornada do piso
        Outro aspecto que fere os direitos dos pro-
        fessores é o fato de que toda a carga horária de
        40 horas semanais, incluindo o HTPC e o HTPL,
        tem que ser cumprida integralmente dentro da
        unidade escolar. Não concordamos e não acei-
        tamos. Ao contrário, continuamos lutando pela
        implementação da chamada jornada do piso,
        prevista na lei 11.738/2008, que prevê no míni-
        mo 33% da jornada para atividades extraclasse,
        como preparação de aulas, formulação e corre-
        ção de provas e trabalhos, leituras e formação
        continuada no próprio local de trabalho.
        Aqui d. Bebel, no informe n° 56
        Preparação de aula, correção, no local de trabalho?
        Se refere ao ATPC E ATPL como HTPC E HTPL?
        qual é?

  • 12. Claudia  |  03/10/2019 às 00:25

    O que aconteceu com a nossa pontuação??? Fomos roubados!
    Da forma como as coisas foram colocadas, quem puder pegar jornada completa vai passar na frente de quem não pode e a ordem classificação será jogada no lixo????
    O que o sindicato vai fazer?

    Responder
    • 13. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:37

      Prezada professora Cláudia,
      O sindicato ingressou com ação judicial para que a carreira do magistério seja respeitada.
      Bebel

      Responder
  • 14. José Oswaldo Camara Pereira  |  03/10/2019 às 12:17

    Bom dia, cara Bebel! Por favor você poderia explicar fica nossa aposentadoria após a reforma, o que mudará?

    Responder
    • 15. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:35

      Prezado professor José Oswaldo,
      Agora, professoras precisam trabalhar até os 57 anos e professores até os 60 anos, com um mínimo de 15 anos de contribuição, para se aposentarem. Para obtermos o valor integral da aposentadoria (no máximo o teto do INSS) calculamos que teremos que contribuir durante 40 anos!
      Você poderá encontrar informações mais detalhadas, inclusive sobre a regra de transição, em: http://www.apeoesp.org.br/publicacoes/reforma-da-previdencia/.
      Bebel

      Responder
      • 16. José Oswaldo Camara Pereira  |  07/10/2019 às 10:51

        Obrigado, Bebel! Essa reforma sendo aprovada já nos pega, ou teremos que esperar uma reforma estadual? Caso precise o que nosso governo pensa? Pretende manter as regras federais, melhorar ou piorar?

      • 17. apeoesp  |  13/10/2019 às 12:23

        Prezado professor José Oswaldo,
        A reforma federal vale para todos.Porém uma reforma estadual pode piorar, porque Doria diz que aumentará a alíquota de contribuição de 11% para 14%.
        Bebel

      • 18. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  10/10/2019 às 11:38

        Pela jornada do piso
        Outro aspecto que fere os direitos dos pro-
        fessores é o fato de que toda a carga horária de
        40 horas semanais, incluindo o HTPC e o HTPL,
        tem que ser cumprida integralmente dentro da
        unidade escolar. Não concordamos e não acei-
        tamos. Ao contrário, continuamos lutando pela
        implementação da chamada jornada do piso,
        prevista na lei 11.738/2008, que prevê no míni-
        mo 33% da jornada para atividades extraclasse,
        como preparação de aulas, formulação e corre-
        ção de provas e trabalhos, leituras e formação
        continuada no próprio local de trabalho.
        Aqui d. Bebel, no informe n° 56
        Preparação de aula, correção, no local de trabalho?
        Se refere ao ATPC E ATPL como HTPC E HTPL?
        qual é?
        E que porra de conquista é essa do sindicato professor trabalhar até os 60 anos e ter que contribuir por 40 anos para ter o salário integral?

      • 19. apeoesp  |  13/10/2019 às 12:19

        Prezado(a) ReformaNÃOauditoriaJÁ,
        Sua frase “E que porra de conquista é essa do sindicato professor trabalhar até os 60 anos e ter que contribuir por 40 anos para ter o salário integral?” mostra que você pretende brincar nesse espaço ou não acompanha absolutamente nada do que o sindicato publica.Somos totalmente contra a reforma da previdência de Bolsonaro e, portanto, nunca falamos em conquista alguma nesse aspecto. Ao contrário, lutamos insistentemente contra essa reforma. Sugiro que se informe melhor. Da mesma forma, a ação que está no STF pela jornada do piso é nossa e vencemos em todas as demais instâncias. Portanto, não perca seu tempo em nos ensinar sobre a jornada do piso, inclusive porque o parecer do Conselho Nacional de Educação homologado pelo Ministro da Educação que determinada como deve ser aplicada é de minha autoria.
        Bebel

  • 20. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  13/10/2019 às 15:37

    Pela segunda vez Bebel, vc tenta desqualificar minha fala, a primeira vez pelo anonimato e segunda pela expressão “que porra é essa”, e o que de fato eu perguntei vc não respondeu, não estou de brincadeira não, nunca estive, não tenho tempo para isso, sou filiado à apeoesp há 24 anos, e não estou contente com o desempenho do sindicato, e se estou criticando, estou no meu direito, assim como muitas vezes elogiei.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 5.353.420 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em

%d blogueiros gostam disto: