26/08/2019 at 00:30 20 comentários

Entry filed under: Artigos.

20 Comentários Add your own

  • 1. sandra Lopes  |  29/08/2019 às 01:32

    OLá Bebel!
    Quero saber onde encontro textos/legislação para embasamento sólidos que justifiquem a NÃO municipalização. Vcs da APEOESP tem algum tipo desse material impresso ou arquivo para poder compartilhar? Preciso para entregar para a prefeita da minha cidade. Fico no aguardo
    obrigada

    Responder
    • 2. apeoesp  |  15/09/2019 às 19:41

      Prezada professora Sandra,
      Vou pedir para minha assessoria enviar material para você.
      Bebel

      Responder
  • 3. Carlos roberto  |  02/09/2019 às 15:05

    oi Bebel. Queria uma informação.Minha progressão via não acadêmica venceu e é retroativa a outubro de 2013. Porém me pagaram só os últimos três anos de retroativo. Tem como cobrar? o que faltou?

    Responder
    • 4. apeoesp  |  15/09/2019 às 19:40

      Prezado professor Carlos Roberto,
      Por favor, ligue para 11.33506214 ou marque horário com o advogado na subsede. Peça para levantarem a sua situação e lhe orientarem.
      Boa sorte.
      Bebel

      Responder
  • 5. Cassiano  |  10/09/2019 às 13:08

    Como fica a situação dos readaptados com acumulo de cargos?
    Tenho 24 anos na mesma escola. Vou ser obrigado a sair?
    Isso é justo? Tenho limitações fisicas trabalho proximo da minha casa.
    Por favor verifiquem e publiquem sobre a nosssa situação nas escolas de tempo integral. Obrigado.

    Responder
    • 6. apeoesp  |  15/09/2019 às 19:28

      Prezado professor Cassiano,
      Essa é nossa preocupação também, por isso lutamos para que todos os professores fiquem, a não ser que queiram mesmo sair.
      Bebel

      Responder
  • 7. SANDRA  |  18/09/2019 às 18:50

    Bebel, sou professora na rede estadual e municipal, estou readaptada no estado e em fase de readaptação no município, porém já afastada das funções de professora. Em meu município temos 4 jornadas diferentes, 24, 30, 36 e 44 horas, sendo que exerço a de 44 horas à mais de 4 anos. Porém, agora querem me proibir de escolher esta jornada, pois estou em processo de readaptação, isto é possível, podem cercear meu direito a escola da jornada? Desde de já agradeço.

    Responder
    • 8. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:45

      Prezada professora Sandra,
      No nosso entendimento, não podem. Procure a subsede da região, pois ali o advogado poderá lhe dar uma melhor orientação.
      Bebel

      Responder
  • 9. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  21/09/2019 às 16:56

    Vou mandar meu comentário até vcs publicarem, segundo o informe apeoesp, vcs defendem que professor cumpra htpl na escola, que porra é essa, vcs enlouqueram?
    Não quero e não posso, não ficar 40 horas num ambiente cruel e insalubre, e mais, pq voltaram a se referir ao atpc e atpl com htpc e htpl?

    Responder
    • 10. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:40

      ReformaNãoauditoriaJÁ
      Prezado senhor ou senhora que não se identifica, em que momento a APEOESP está defendendo que o professor cumpra HTPL na escola?
      Bebel

      Responder
      • 11. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  10/10/2019 às 11:34

        Pela jornada do piso
        Outro aspecto que fere os direitos dos pro-
        fessores é o fato de que toda a carga horária de
        40 horas semanais, incluindo o HTPC e o HTPL,
        tem que ser cumprida integralmente dentro da
        unidade escolar. Não concordamos e não acei-
        tamos. Ao contrário, continuamos lutando pela
        implementação da chamada jornada do piso,
        prevista na lei 11.738/2008, que prevê no míni-
        mo 33% da jornada para atividades extraclasse,
        como preparação de aulas, formulação e corre-
        ção de provas e trabalhos, leituras e formação
        continuada no próprio local de trabalho.
        Aqui d. Bebel, no informe n° 56
        Preparação de aula, correção, no local de trabalho?
        Se refere ao ATPC E ATPL como HTPC E HTPL?
        qual é?

  • 12. Claudia  |  03/10/2019 às 00:25

    O que aconteceu com a nossa pontuação??? Fomos roubados!
    Da forma como as coisas foram colocadas, quem puder pegar jornada completa vai passar na frente de quem não pode e a ordem classificação será jogada no lixo????
    O que o sindicato vai fazer?

    Responder
    • 13. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:37

      Prezada professora Cláudia,
      O sindicato ingressou com ação judicial para que a carreira do magistério seja respeitada.
      Bebel

      Responder
  • 14. José Oswaldo Camara Pereira  |  03/10/2019 às 12:17

    Bom dia, cara Bebel! Por favor você poderia explicar fica nossa aposentadoria após a reforma, o que mudará?

    Responder
    • 15. apeoesp  |  06/10/2019 às 11:35

      Prezado professor José Oswaldo,
      Agora, professoras precisam trabalhar até os 57 anos e professores até os 60 anos, com um mínimo de 15 anos de contribuição, para se aposentarem. Para obtermos o valor integral da aposentadoria (no máximo o teto do INSS) calculamos que teremos que contribuir durante 40 anos!
      Você poderá encontrar informações mais detalhadas, inclusive sobre a regra de transição, em: http://www.apeoesp.org.br/publicacoes/reforma-da-previdencia/.
      Bebel

      Responder
      • 16. José Oswaldo Camara Pereira  |  07/10/2019 às 10:51

        Obrigado, Bebel! Essa reforma sendo aprovada já nos pega, ou teremos que esperar uma reforma estadual? Caso precise o que nosso governo pensa? Pretende manter as regras federais, melhorar ou piorar?

      • 17. apeoesp  |  13/10/2019 às 12:23

        Prezado professor José Oswaldo,
        A reforma federal vale para todos.Porém uma reforma estadual pode piorar, porque Doria diz que aumentará a alíquota de contribuição de 11% para 14%.
        Bebel

      • 18. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  10/10/2019 às 11:38

        Pela jornada do piso
        Outro aspecto que fere os direitos dos pro-
        fessores é o fato de que toda a carga horária de
        40 horas semanais, incluindo o HTPC e o HTPL,
        tem que ser cumprida integralmente dentro da
        unidade escolar. Não concordamos e não acei-
        tamos. Ao contrário, continuamos lutando pela
        implementação da chamada jornada do piso,
        prevista na lei 11.738/2008, que prevê no míni-
        mo 33% da jornada para atividades extraclasse,
        como preparação de aulas, formulação e corre-
        ção de provas e trabalhos, leituras e formação
        continuada no próprio local de trabalho.
        Aqui d. Bebel, no informe n° 56
        Preparação de aula, correção, no local de trabalho?
        Se refere ao ATPC E ATPL como HTPC E HTPL?
        qual é?
        E que porra de conquista é essa do sindicato professor trabalhar até os 60 anos e ter que contribuir por 40 anos para ter o salário integral?

      • 19. apeoesp  |  13/10/2019 às 12:19

        Prezado(a) ReformaNÃOauditoriaJÁ,
        Sua frase “E que porra de conquista é essa do sindicato professor trabalhar até os 60 anos e ter que contribuir por 40 anos para ter o salário integral?” mostra que você pretende brincar nesse espaço ou não acompanha absolutamente nada do que o sindicato publica.Somos totalmente contra a reforma da previdência de Bolsonaro e, portanto, nunca falamos em conquista alguma nesse aspecto. Ao contrário, lutamos insistentemente contra essa reforma. Sugiro que se informe melhor. Da mesma forma, a ação que está no STF pela jornada do piso é nossa e vencemos em todas as demais instâncias. Portanto, não perca seu tempo em nos ensinar sobre a jornada do piso, inclusive porque o parecer do Conselho Nacional de Educação homologado pelo Ministro da Educação que determinada como deve ser aplicada é de minha autoria.
        Bebel

  • 20. ReformaNÃOauditoriaJÁ  |  13/10/2019 às 15:37

    Pela segunda vez Bebel, vc tenta desqualificar minha fala, a primeira vez pelo anonimato e segunda pela expressão “que porra é essa”, e o que de fato eu perguntei vc não respondeu, não estou de brincadeira não, nunca estive, não tenho tempo para isso, sou filiado à apeoesp há 24 anos, e não estou contente com o desempenho do sindicato, e se estou criticando, estou no meu direito, assim como muitas vezes elogiei.

    Responder

Deixe uma resposta para Carlos roberto Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Mensagem da Presidenta da APEOESP às professoras

Clique no play para ouvir.

Blog Stats

  • 5.353.426 hits

Comentários

apeoesp em
apeoesp em

%d blogueiros gostam disto: